Por que o STF estaria "puto" com Dilma...

Domingos Matos, 27/05/2016 | 22:22

Numa das gravações do delator Sérgio Machado, Renan Calheiros relata uma conversa com Dilma Rousseff onde a Presidenta se queixa que, em meio a uma enorme crise institucional, sem precedentes, o presidente do STF, Ricardo Lewandowski, “só quer saber de aumento”.

E que este seria um dos motivos de, nas palavras de Renan, os ministros  estarem “putos com ela”.

Uma matéria da Folha, discreta – o Estadão havia publicado antes, com a mesma discrição, mostra o que os ministros do STF querem.

Privilégios. A consolidação de vários que já existem, alguns novos e, sobretudo, a unificação de todos, nacionalmente, de modo a que toda a corporação os tenha.

A reportagem, de Graciliano Rocha, resume tudo no título: Projeto do STF cria auxílios do berço ao caixão para magistrados.

Boa parte dela está reproduzida na imagem, para facilitar a leitura.

Logo, claro, as benesses também serão estendidas ao Ministério Público.

Deixo a cada um o julgamento ético-moral de homens que, num país pobre e, agora, ardendo na crise, acham isso razoável para, como disse o presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros, João Ricardo dos Santos Costa,”que a carreira de juiz tenha os atrativos necessários para atrair os melhores quadros”.

Melhores em que?

Via Tijolaço

Colégios desfilam em homenagem aos 125 anos de Canavieiras

Domingos Matos, 27/05/2016 | 21:56

Para comemorar os 125 anos de emancipação político-administrativa de Canavieiras, as escolas das redes municipal e particular promoveram um imponente desfile cívico. O cortejo teve início na praça Maçônica, seguindo pela avenida Octávio Mangabeira (rua 13) até a praça da Bandeira, onde está localizado o Paço Municipal e o palanque das autoridades, onde as escolas fizeram as apresentações.

Motivado pelas intermitentes chuvas que caíram na cidade na terça e quarta-feira (24 e 25), o prefeito Almir Melo decidiu transferir a realização do desfile para esta sexta-feira (27). “Procedemos essa mudança para preservar a saúde dos alunos, além do brilho do desfile, que trouxe muitas alegorias representando as belezas da cidade e do Jogos Olímpicos”, justificou o prefeito.

Em sua mensagem aos canavieirenses, o prefeito Almir Melo pediu que eles fizessem uma viagem pelo túnel do tempo para relembrar os avanços de Canavieiras, uma cidade que sempre primou pela altivez em sua história. O prefeito lembrou das lutas pela autonomia administrativa, encetada pelos seus filhos ilustres e que culminou na elevação de cidade, há 125 anos.

Para Almir Melo, a história de Canavieiras está intrinsecamente ligada ao desenvolvimento da Bahia, com a introdução de uma das maiores matrizes econômicas do estado, a cacauicultura, que atualmente ressurge com novas possibilidades. “Canavieiras foi um dos mais importantes centros comerciais do Sul da Bahia, responsável pela geração de riquezas. Não nos abatemos com as dificuldades e estamos trabalhando incansavelmente para reconstruir nossa cidade”, ressaltou.

Rui anuncia aprovação do primeiro teste rápido da Zika desenvolvido no Brasil

Domingos Matos, 25/05/2016 | 19:15

"É com orgulho que anuncio que o teste rápido da ‪‎Zika‬, desenvolvido em parceria entre a ‪‎Bahiafarma e a empresa sul-coreana Genbody Inc.‬, foi aprovado pela Anvisa e poderá ser utilizado no País inteiro para ajudar a enfrentar essa perigosa doença". Foi desta maneira, por meio de seu perfil oficial no Facebook, que o governador Rui Costa revelou o feito histórico para a indústria farmacêutica baiana. O teste rápido para a doença é inédito no país e, de acordo com a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), também é o primeiro teste diagnóstico feito sem a participação da Fiocruz.

Em sua rede social, o governador Rui Costa parabenizou a Bahiafarma e todos os envolvidos na produção do teste rápido: "vocês são a prova da qualidade do nosso serviço público", escreveu Rui. O teste torna mais fácil e rápida a detecção do vírus no organismo de pessoas infectadas.

Ainda de acordo com a Sesab, a realização do teste rápido não apenas confirma o diagnóstico de possíveis pacientes, mas também colabora para o mapeamento de ocorrências da doença, facilitando ações de combate em locais específicos, e auxilia nas pesquisas sobre a doença.

O desenvolvimento do teste rápido para zika vírus teve início no primeiro semestre de 2015, quando começaram a ser detectados casos suspeitos da doença no sul da Bahia e na região de Feira de Santana, centro-norte do Estado.

A Fundação Baiana de Pesquisa Científica e Desenvolvimento Tecnológico, Fornecimento e Distribuição de Medicamentos (Bahiafarma) é um laboratório farmacêutico público que tem como objetivo desenvolver e fornecer produtos, serviços e inovação tecnológica para a saúde pública do País.

Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Marinha alerta para ressaca do mar no litoral baiano

Domingos Matos, 25/05/2016 | 16:49

A Marinha do Brasil, por meio do Comando do 2º Distrito Naval (Com2ºDN), informa que está em vigor, entre as 11h desta quarta-feira (25) e às 09h de amanhã (26), um Aviso de Ressaca, emitido pelo Centro de Hidrografia da Marinha, com previsão de ondas de 2,5 metros na faixa do litoral baiano compreendida entre o município de Porto Seguro e a localidade de Praia do Forte.

A Capitania dos Portos da Bahia (CPBA) e as suas Delegacias subordinadas em Porto Seguro e Ilhéus recomendam precaução aos navegantes. Estão sendo divulgados alertas por fonia, em VHF, e foi encaminhado fax às marinas, iates clubes e empresas de transporte marítimo, reiterando a necessidade de precaução.

A CPBA permanece atenta à situação do tempo e, em caso de necessidade, poderá ser acionada, em qualquer horário, pelo telefone (71) 3507-3777. Pedidos de auxílio também podem ser encaminhados para o SALVAMAR LESTE, operado pelo Comando do 2º Distrito Naval, por meio do telefone 08002843878.

Prefeita de Coaraci busca parceria com o Estado para pavimentação de ruas

Domingos Matos, 25/05/2016 | 16:39

O secretário de Relações Institucionais da Bahia, Josias Gomes, recebeu em seu gabinete na Serin a prefeita de Coaraci, Josefina Castro, para debater as principais demandas do município. Ela esteve acompanhada pelo deputado estadual Rosemberg Pinto, e pela secretária de Planejamento, Patrícia Leal, e pelo vereador Robson “Binho” Vila Nova.

Segundo a prefeita, a prioridade é a pavimentação das ruas localizadas no centro da cidade. “Esta é a principal reivindicação dos moradores de Coaraci, que estamos lutando para atender no menor prazo possível”, diz Josefina Cstro.

Ela diz que serão contempladas as ruas 21 de abril, J.J.Seabra, Almerinda de Carvalho Santos, João Batista Del Rey, e a Travessa Fernando Mário de Araújo Góes, todas no centro de Coaraci, projeto que se encontra em fase de licitação na Conder.

A prefeita aproveitou o encontro na Serin para solicitar o apoio do Estado – via Bahiatursa – para a tradicional festa de São João do município. “Este ano realizaremos a 8ª edição do nosso festejo de São João e queremos fazer uma festa bem animada para a população e também para atrair os turistas para Coaraci”, destacou.

Sangue novo na Ceplac - SQN

Domingos Matos, 25/05/2016 | 09:49

Como se fosse pouco o que vive a velha senhora da cacauicultura, eis que surge a informação de que a direção-geral da Ceplac pode ser o destino do engenheiro civil (ou arquiteto, há as duas citações) Fernando Vita. Ele mesmo, o coordenador da obra de cobertura do canal do Lava-Pés, na extensão da avenida Amélia Amado, na gestão do Capitão Azevedo (2009-12).

Temos profundo respeito pelos cabelos brancos - além do bigode - do senhor Fernando Vita. Mas, a Ceplac, embora muita gente se esforce em fazer parecer o contrário, não pode ser confundida com um depositório de ex-políticos ou aventureiros renegados pelos palácios.

Embora pareça morta - ou, justamente por isso -, a Ceplac precisa se encontrar com a modernidade, até reverenciando o passado, mas sem se comprometer com sua repetição ad infinitum. Precisa, mais do que de sangue novo, de mentes mais arejadas.

Não que Vita não pudesse, pelas primaveras acumuladas, ter a mente arejada. Mas, o diabo é que a gente tem ouvidos, e já o ouviu falar sobre gestão pública...

O ministro Geddel, apontado como mentor dessa ameaça, bem que poderia pensar nessa região - e na cacauicultura nacional - com mais responsabilidade e menos malvadeza...

Contrato da nova ponte de Ilhéus será assinado na próxima semana

Domingos Matos, 24/05/2016 | 18:43

Durante audiência concedida ontem, 23, ao prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro – licenciado para tratamento de saúde – o governador da Bahia, Rui Costa, informou que o contrato para a construção da segunda ponte Centro-Zona Sul deverá ser assinado até o final da próxima semana. O resultado da nova licitação já foi homologado e a empresa vencedora foi a OAS.

A obra, estimada em 98 milhões de reais, compreende a construção de uma nova ponte sobre a Baía do Pontal, com extensão de 533 metros e um sistema viário de acessos ao Porto Internacional de Ilhéus, Distrito Industrial e futuro Porto Sul, totalizando 2,74 quilômetros. O governador admitiu que já existem na conta do Governo cerca de 45 milhões de reais, provenientes de recursos do BNDES.

Na oportunidade, Rui Costa adiantou que, através do secretário de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, solicitará à empresa vencedora do processo licitatório um cronograma de trabalho sem interrupções. Ele ainda afirmou que não pretende vir a Ilhéus para assinar nova ordem de serviço, mas, sim, para acompanhar as obras quando as mesmas estiverem em andamento.

Mesmo em licença para tratar de complicações advindas de cirurgia de catarata no olho esquerdo, o prefeito se reuiniu com o governador sobre projetos importantes para o município de Ilhéus, acompanhado pelo deputado Eduardo Sales. Ainda no que diz respeito à mobilidade urbana, o prefeito disse o prefeito disse ao governador que enquanto a ponte não é construída, o projeto da Prefeitura é construir uma via alternativa após a ponte Lomanto Júnior como mais uma opção para quem se dirige ao Terminal Urbano e à Avenida Princesa Isabel.

Estradas – O prefeito Jabes Ribeiro reivindicou a assinatura de novo convênio com o Estado para a recuperação das rodovias estaduais que ligam o distrito de Inema a União Queimada e de Banco Central à BR-101. A crise hídrica que afeta o município de Ilhéus e o projeto de saneamento básico da zona sul foram outros assuntos da pauta de reunião.

Rui entrega 11 viaturas da PM durante a Bahia Farm Show

Domingos Matos, 24/05/2016 | 18:32

Nesta terça-feira (24), durante a abertura oficial da 12ª edição da Bahia Farm Show, maior feira de tecnologia agrícola e negócios do Norte/Nordeste, realizada em Luís Eduardo Magalhães, no Oeste baiano, o governador Rui Costa entregou 11 viaturas da Polícia Militar para reforçar a segurança em seis municípios da região. "Nós estamos renovando toda a frota para melhorar o aparelhamento da polícia. Neste momento de dificuldade, escolhemos prioridades, e segurança é uma delas", disse.

A dimensão da Bahia Farm Show, que no ano passado atingiu a marca histórica de R$ 1,033 bilhão em negócios consolidados, assumindo a segunda posição de vendas por visitantes no Brasil em eventos de agronegócio, também foi destacada pelo governador. "Essa feira orgulha não só os produtores do Oeste, mas de todo o estado. Entendo que, quando se passa por um momento de dificuldade política e econômica, nós temos que buscar alternativas. Por isso nós temos levado o que é o potencial dos produtores da Bahia para o mundo inteiro", afirmou.

Presente em todas as edições, a Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia) se consolidou como a principal financiadora dos negócios gerados no evento.  Clientes da Agência podem financiar até 100% de um investimento no valor de R$ 5 milhões. Já o financiamento para os novos clientes pode chegar a até 90% de um investimento no valor de R$ 4 milhões.

Ainda na ocasião, produtores da região receberam os certificados de inclusão do Programa de Incentivo à Cultura do Algodão da Bahia (Proalba), que este ano tem recursos previstos de R$ 10 milhões.  O Proalba concede redução de até 50% do ICMS sobre o valor da comercialização do algodão em pluma no mercado interno.

Foto: Manu Dias/GOVBA

Geraldo critica venda da Emasa em reunião do PGP

PGP Itabuna, Partido dos Trabalhadores, Geraldo Simões

Domingos Matos, 23/05/2016 | 14:11
Editado em 23/05/2016 | 14:14

O pré-candidato a prefeito de Itabuna, Geraldo Simões (PT), participou de mais uma plenária do Programa de Governo Participativo (PGP), no sábado (21). No encontro, realizado no Colégio Ciso, foram discutidas as prioridades apontadas pela comunidade de diversos bairros do entorno de Fátima. Em seu discurso, Geraldo comentou as reivindicações e criticou a solução apontada pelo governo municipal para a crise da água – a venda da Emasa.

Entre as necessidades apontadas pela população, a crise da água figura como um dos principais problemas. Para Geraldo, é consenso que o município não tem condições de bancar os investimentos necessários para superar a crise do abastecimento de água e do saneamento no município, em torno de R$ 500 milhões.

“Mas vender à iniciativa privada não é a melhor solução. Defendo que seja feito um acordo com o governo do estado: a devolução em troca da construção da barragem do rio Colônia – de forma acelerada – e dos investimentos necessários. O governo do estado pega a Emasa de volta e faz os investimentos que precisamos”, resumiu Geraldo.

A dona de casa Maria São Pedro, do bairro Nova Califórnia, sabe o que Geraldo fala, pela vivência prática. “A gente foi morar lá sem água. Geraldo foi quem botou água na Nova Califórnia. Se não fosse a Emasa, a gente nunca ia ter água encanada?”, questiona, agradecendo a ação do então prefeito Geraldo Simões, em 1996.

E Jucá, quem diria, derrubou o governo interino...

Domingos Matos, 23/05/2016 | 11:08

Diálogo edificante, do prócer do governo interino de Michel Temer, Romero Jucá, devidamente esmiuçado por Paulo Henrique Amorim em seu Conversa Afiada. Precisa de mais o quê, coxinhas, para ir pras ruas contra essa ameaça à Santa Inquisição de Curitiba?

Acompanhe PHA:

Na reportagem de Rubens Valente que derrubou o Governo interino:

Machado (presidente da Braspetro) - Tem que ter uma paz, um ...

Jucá (que trabalha no Palácio, ao lado do Geddel ("vai às compras", segundo ACM), Eliseu "Quadrilha" (segundo ACM) e o gatinho angorá (que, segundo FHC, segundo ACM, não pode ficar perto de um cofre) - Eu acho que tem que ter um pacto.

("Pacto" é o mesmo que "não pode haver caça às bruxas", o acordo que o Padim Pade Cerra e o Temer firmaram, no Estadão, antes do Golpe, para fechar a Lava Jato só com os petistas lá dentro.)

- Machado - Um caminho é buscar alguém que tem (sic) ligação com o Teori (Zavascki), mas parece que não tem ninguém.

- Jucá - Não tem. É um cara fechado, foi ela (Dilma) que botou, um cara...

Burocrata da...

(Pergunta: "burocrata da"...

"Da" o quê?

Qual será a sequencia dessa reação do Jucá, da frase interrompida?

"Da"...

O que será, amigo navegante ?)

Em tempo: a reportagem completa está AQUI

Prefeitura divulga agenda de imunização contra Influenza A

Domingos Matos, 22/05/2016 | 11:52

A Prefeitura de Itabuna, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) está tornando pública uma nova agenda para a imunização contra o vírus da gripe Influenza A (H1N1), com a chegada do quinto lote das vacinas distribuídas pela Secretaria de Saúde da Bahia. Desta vez o público alvo será crianças com idade a partir de seis meses a cinco anos e gestantes. Nesta etapa, a SMS disponibilizará equipes multiprofissionais que, de modo itinerante, estarão nas Unidades Básicas de Saúde previamente agendadas, conforme cronograma divulgado.

A agenda indicará as Unidades Básicas de Saúde e os dias em que as equipes volantes estarão disponíveis para atender o público-alvo. O secretário municipal de Saúde, Paulo Bicalho, explicou que essa medida foi adotada porque o município não conseguiu atingir os 80% da meta estipulada pelo Ministério da Saúde para esses grupos, tendo alcançado cerca de 70%.

Entretanto, o secretário lembra que Itabuna foi o primeiro município a iniciar a campanha de imunização, em 17 de abril passado, quando mais de cinco mil pessoas foram vacinadas. O Ministério da Saúde prorrogou até o dia 31 deste mês o prazo para o encerramento da campanha em todo o país, mas em nível municipal a Secretaria Municipal de Saúde decidiu que vai estender até o dia 6 de junho.

Veja a programação.

 

A (boa) interação entre o público e o privado

Domingos Matos, 22/05/2016 | 11:32

Walmir Rosário*

Em tempo de recursos cada vez mais escassos, só resta aos municípios brasileiros buscar novos paradigmas de administração pública. Há muito não se consegue junto aos governos Federal e estaduais recursos suficientes para atender as necessidades mais prementes dos municípios, com responsabilidades crescentes no atendimento à população.

Aquele modelo de simples crescimento, calcado na implantação de obras sem planejamento não mais funciona hoje. A população, embora cada vez mais pobre e sem perspectivas, possui modernos instrumentos de comunicação rápidos e eficientes: as chamadas redes sociais, disponíveis em qualquer smartfone conectado a internet.

E o avanço tecnológico provocou uma mudança comportamental em toda a população, sem distinção da sua estratificação econômica e social. Determinada pessoa pode até não saber analisar determinada situação de forma pedagógica, mas tem o conhecimento do fato e sua metodologia de discernimento é o caixa do supermercado.

Daí, o cuidado redobrado do governante em mudar seus conceitos: ao invés do simples e atrasado crescimento, terá que perseguir o desenvolvimento, adotando o planejamento municipal e não só o das finanças, como sempre aconteceu. Qual a cidade que queremos, quais os recursos que dispomos e quais as nossas prioridades?

Tudo isso deverá estar contemplado no Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) como linha mestra a ser seguida. Para elaborá-la, ou reformá-la, precisamos do apoio de técnicos especialistas em cidades e vontade política de executar suas recomendações, transformadas em lei balizadora do zoneamento urbano.

Agora, passados 10 anos da aprovação do Plano Diretor Urbano Municipal, é hora de recolocar Canavieiras no caminho do desenvolvimento, com propostas dentro de novas perspectivas. Para tanto, é primordial instrumentalizar o processo com uma política urbana concreta, baseada na vocação econômica e nas possibilidades futuras.

E parceiros para essa monumental empreitada não faltam. Temos hoje na região a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), com conhecimento acumulado sobre nossos municípios, e a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), com uma proposta acadêmica diferenciada, o que a permite atuar de acordo com a realidade local.

Abrindo um parêntese, essa é a segunda grande oportunidade de Canavieiras integrar o rol dos municípios turísticos de fluxo perene. O primeiro foi o Projeto Canes (Complexo de Atividades de Natureza Econômica e Social), elaborado em 1990 pelos urbanistas André Sá e Francisco Mota e o economista Paulo Gaudenzi.

Nas ações complementares ao projeto Canes, a desapropriação de áreas no centro e na Ilha da Atalaia, para a implantação de hotéis, pousados e cabanas de praias padronizadas, bem como unidades residenciais. O Projeto Canes foi o primeiro grande vetor do desenvolvimento turístico de Canavieiras, proposta era a de transformá-la numa cidade que conseguisse reunir todas as condições de oferecer ao turista uma hospitalidade de primeira linha.

O Projeto Canes contemplava todos os segmentos empresariais – grandes, médios e pequenos – e foi lançado com uma ampla campanha de marketing, que tinha como slogan: “Canavieiras para todos, Canes para os íntimos”. Não bastava apenas implantar as ações para estimular a vinda dos empreendedores, mas que eles fossem diversificados e capazes de atender todas as demandas das alta e baixa temporada.

Passado o mandato, o sucessor não prosseguiu com a mesma política de atração de empreendedores, em especial para o segmento turístico, implantando-os em áreas especiais. O planejamento deu lugar ao achismo e Canavieiras perdeu, à época, uma grande oportunidade de se consolidar como um polo turístico perene.

Proferindo palestra no 3º Congresso da Ampesba, em Itabuna, o prefeito Almir Melo ressaltou que não basta a uma cidade explorar o turismo com as belezas naturais, sem uma completa infraestrutura pública e privada. No entender do prefeito, o turismo deve ser visto e praticado de forma integrada, do contrário ele não voltará e nem indicará aos amigos.

Para tanto, é preciso elaborar um calendário de eventos – fixos e móveis e eventuais – que agrade às mais diferentes culturas, ser hospitaleiro, dispor de boas acomodações e excelente gastronomia e capacitar mão de obra. Além de tratar bem o turista, a cidade deve transmitir confiança nos serviços públicos, como saúde e infraestrutura.

Agora, com a possibilidade de revisão do PDDU, Canavieiras poderá ser a “bola da vez”, com a oportunidade de elaborar um planejamento com técnicos de reconhecida competência, com respaldo das academias. E, de novo, a ocasião poderá reunir o economista Juvenal Maynart, especialista em planejamento de cidades e o Magnífico Reitor Naomar Monteiro Almeida Filho.

Não é por acaso que o destino – ou as oportunidades – conspiram a favor de Canavieiras. Enquanto Juvenal Maynart poderá contribuir com a condução dos trabalhos de planejamento, o reitor Naomar Monteiro terá o condão de implantar o Colégio Universitário, proporcionando a geração do conhecimento que a cidade necessita para promover o desenvolvimento.

Desenvolvimento, e não o simples crescimento baseado em alguns números e estatísticas, é o que nossas cidades precisam para promover oportunidades a todos os segmentos sociais. No caso de Canavieiras, o turismo que se avizinha é o da melhor idade e ecumênico, bastando, apenas que a cidade ofereça todas os serviços que esses turistas se sintam em casa.

É apenas uma questão de vontade política e inteligência para aglutinar o interesse dos diversos segmentos econômicos e sociais na forma de investimentos públicos e privados, com a política e a economia sendo colocada a serviço do povo. Isto demonstrará o amadurecimento da sociedade local, com um novo olhar sobre a cidade, abandonando velhos hábitos políticos e privilegiando Canavieiras como ente federativo.

* Jornalista e advogado

Vídeo da noite: Entrevista de Dilma a Glenn Greenwald (The Interceptor)

Domingos Matos, 20/05/2016 | 00:22
Editado em 20/05/2016 | 00:24

Senador denuncia: Dilma está sitiada no Alvorada pela polícia de Temer

Domingos Matos, 19/05/2016 | 23:29
Editado em 19/05/2016 | 23:46

Essa lei do impeachment é uma loucura. Em Brasília temos dois presidentes morando numa mesma avenida. Uma passou pelas urnas e está afastada: presidente Dilma, no Palácio da Alvorada. E o outro, empossado por maioria simples do senado, virou presidente interino: Michel Temer, morando no palácio do Jaburu.

Terça-feira a noite fui a uma reunião no Palácio da Alvorada, com a presidente Dilma e fui obrigado a parar próximo ao Palácio do Jaburu, me identificar, esperar telefonemas e só então ter autorização pra seguir em frente.

Hoje, junto com o presidente do Congresso Nacional, indo a outro encontro com a presidente Dilma, tivemos que parar em uma barreira pra nos identificar e depois esperar telefonemas e autorização para prosseguir.

Diante disso, fiz um apelo na tribuna do Senado para que esse aparato que monitora e controla o acesso ao Palácio da Alvorada, onde está a presidente Dilma fosse retirado.

Fiz um apelo ao presidente interino Michel Temer e às autoridades instaladas provisoriamente no Palácio do Planalto para que desmonte este esquema e garanta o ir e vir conforme estabelece a Constituição.

Será que a presidente não pode receber uma simples visita sem parecer que está sitiada?

Com todo respeito, mas não acho que medidas como essa sejam democráticas. Não pode haver nenhum tipo de monitoramento sobre as pessoas que queiram ter algum contato com a presidente Dilma.

Medidas como essa são inadmissíveis.

Senador Jorge Viana (PT-AC)

Ibicaraí terá 11 condutores no percurso da Tocha Olímpica

Domingos Matos, 19/05/2016 | 23:11

A tarde do próximo sábado (21), entrará para a história esportiva de Ibicaraí. A cidade é uma das 329 cidades brasileiras que está recebendo o Revezamento da Tocha Olímpica, referente a Olimpíada Rio 2016. Se uma Olimpíada na América do Sul já era um sonho para qualquer atleta, imaginar o maior evento esportivo do planeta no Brasil, mais precisamente no Rio de Janeiro, com a passagem do Revezamento da Tocha pelo Sul da Bahia, e entrando em Ibicaraí, é um presente e a certeza de que um sonho de se tornar atleta olímpico estará sendo plantado em nosso município.

Esse talvez seja o grande legado da passagem da Tocha Olímpica por Ibicaraí: deixar a semente da esperança para as futuras gerações de poderem sonhar com a participação em uma olimpíada.

Em Ibicaraí, o trajeto do Percurso do Revezamento da Tocha Olímpica terá pouco mais de dois quilômetros, com cada condutor carregando a Tocha Olímpica por aproximadamente 200 metros. Serão 11 condutores escolhidos pelos três patrocinadores oficiais - Bradesco, Coca-Cola e Nissan.

Para o comitê organizador local foi um misto de alegria e certa frustração, pois a cada cadastro feito ficava evidente que Ibicaraí tinha muitos outros prováveis condutores que ficaram de fora. A escolha foi criteriosa e feita por patrocinadores, que analisaram cada cadastro e escolheram os onze condutores. Clique AQUI e veja o texto completo e a relação dos condutores ibicaraienses do fogo olímpico.

Texto: Arnold Coelho - Foto: Júnior Ramos

Comunidade do Fátima debate PGP com Geraldo Simões

Domingos Matos, 19/05/2016 | 16:02

No próximo sábado (21), às 9 horas, no Colégio Ciso, a comunidade dos bairros de Fátima, Monte Cristo, Parque Verde, vilas das Dores, Vital Ferreira e da Paz, vão se reunir com o pré-candidato a prefeito Geraldo Simões para mais uma discussão do Programa de Governo Participativo (PGP).

Essa é a terceira reunião do PGP, depois de São Caetano e Nossa Senhora da Conceição. Promovido pelo Partido dos Trabalhadores, o PGP é uma forma eficaz de garantir maior participação popular nas indicações de prioridades que comporão a proposta de programa de governo do partido a ser registrada no TSE.

Nesses encontros são debatidos temas que afligem a população. Geraldo Simões diz que, embora os problemas normalmente sejam conhecidos por todos, o sentido de prioridade apontado pela comunidade pode ser o principal fator a ser considerado em uma eventual tomada de decisão.

“Sem falar que os principais problemas apontados nem sempre correspondem aos que os técnicos imaginam. Outro dado que tenho observado é que a maioria seria de fácil resolução pela prefeitura. Aprendemos muito ouvindo o povo”, reforça Geraldo.

FTC Itabuna realiza Semana de Combate ao Abuso Sexual de Crianças

Domingos Matos, 19/05/2016 | 15:58

Inserida no contexto nacional de luta contra um dos crimes que ainda envergonha a população brasileira e mundial, devido à alta incidência de casos registrados, a Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC) de Itabuna iniciou na última segunda-feira (16) a Semana de Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes, que será encerrada  nesta sexta-feira (20), com exposição de trabalhos acadêmicos, ciclo de palestras e debates sobre o tema.

O evento tem a finalidade de informar a comunidade acadêmica sobre abuso sexual de crianças e adolescentes, enfatizando os direitos, os meios de denúncia, as formas de prevenção, diagnóstico e acompanhamento das vítimas de violência sexual, e que tipos de consequências podem ocorrer. O projeto envolve os colegiados de Fisioterapia, Nutrição, Enfermagem, Psicologia, Farmácia, Biomedicina, Direito e Sistema de Informação, utilizando diversas estratégias para a divulgação das informações, como dramatização, exposição de cartazes, atividades interativas, distribuição de panfletos entre outros.

Durante a abertura da programação, o diretor geral da FTC Itabuna, Januário Lima, ressaltou que a iniciativa tem uma relevância social muito importante, tendo em vista que o assunto “Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” é recorrente e exige uma mudança de postura da sociedade como um todo. “Pois, a partir do momento que nos omitimos, silenciando ou ignorando os fatos que acontecem todos os dias, estamos corroborando, mesmo que inconscientemente, para que aqueles que praticam violência tão nociva continuem impunes”.

“Além do mais, trazer esta temática para ser fonte de pesquisa e debates na academia é bastante salutar, levando em consideração que muitos dos profissionais que aqui estão sendo formados irão atuar diretamente com situações que envolverão denuncias e casos de crianças e adolescentes vitimas do abuso e exploração sexual, a exemplo dos futuros psicólogos, operadores do direito, biomédicos e enfermeiros”, contextualizou Januário Lima.

Para a coordenadora do evento, professora Amanda Maia, discutir a relação entre violência sexual e saúde pública ultrapassa o domínio exclusivo de uma área do conhecimento. “Deste modo, podemos interagir com várias áreas, pois entendemos o papel que cada uma apresenta em relação à rede de enfrentamento ao abuso e exploração sexual infanto-juvenil e, assim, despertar o interesse dos futuros profissionais para a prevenção, diagnóstico e acompanhamento das vítimas de abuso sexual garantindo integridade física e emocional da criança e adolescente”, argumentou.

Pastoral Rural debate vários projetos na Serin

Domingos Matos, 19/05/2016 | 15:20

O secretário de Relações Institucionais do Estado, Josias Gomes, recebeu em audiência a deputada estadual Fátima Nunes, o coordenador estadual do movimento social Pastoral Rural, José Carlos Dias, Romário Matos e Marta Araújo, da equipe de coordenação da Pastoral.

Na reunião na Serin foram debatidos vários projetos em parceria com o governo do Estado. “Discutimos projetos de aguadas, habitação, crédito para incentivo à produção agrícola, além da implantação de sistemas de abastecimento de água e agroindústrias nos assentamentos rurais”, informa José Dias, coordenador da Pastoral Rural.

Cinco dias após golpe, Temer não recebeu parabéns de nenhum líder

Domingos Matos, 18/05/2016 | 11:19

Já se passaram cinco dias da posse do poetastro do Vilaça e... nada!

Ninguém telefona para dar parabéns e desejar boa sorte!

Nem o Obama, que deve ter lido o informe do cônsul.

Ninguém!

O telefone não toca!

E ele doido pra falar inglês, francês...

Nada!

O telefone mudo.

Enquanto seu "chanceler interino" desmonta, desmoraliza, estupra o Itamaraty, a tentativa suicida de usar a Casa de Rio Branco para destruir o Aecím e o Alckmin, segundo a Folha.

O Cerra usará o Itamaraty até comprar a última ambulância!

E o Obama não ligará!

O Brasil ficou pior que uma Republiqueta de Bananas.

Saiu da América Central e instalou-se não no Líbano, mas na Líbia!

PHA, no seu Conversa Afiada

Vane escancara: ordem é vender a Emasa!

Domingos Matos, 18/05/2016 | 08:53
Editado em 18/05/2016 | 09:04

O prefeito Vane do Renascer, de Itabuna, parece ter mudado de opinião quanto à Emasa. Na terça-feira (17), o prefeito teve reunião com representantes dos trabalhadores da empresa e disse que lançará edital para privatizá-la. A mudança surpreendeu os funcionários. Ele disse que, no edital, terá cláusula que obriga a vencedora da licitação a manter postos de trabalho.

A novidade provocou a ira de sindicalistas e de funcionários. Erick Maia, do Sindae, disse que o sindicato não foi convidado para a reunião, o que lhe causou estranheza.

Fala Erick:

– Sabe-se que o “lobby” das empreiteiras e “setores” da prefeitura de Itabuna é muito forte, principalmente porque essa ação pode render dividendos para alguns e, quem sabe, financiamento eleitoral.     

Para o sindicalista, nenhuma empresa irá absorver mais que 50 funcionários do quadro efetivo da Emasa, “restringindo-os apenas a quadros técnicos da empresa”. “O restante da mão de obra certamente seria terceirizada. Segundo, nenhuma empresa poderá garantir R$ 500 milhões em investimento sem, pelo menos, ter que aumentar a tarifa de água atual em 100%”.

Leia mais no Pimenta

Moradores do Conceição lotam plenária do PGP com Geraldo

Domingos Matos, 14/05/2016 | 18:59
Editado em 14/05/2016 | 19:03

Cerca de 400 pessoas, moradores de bairros como Conceição, Zizo, São Pedro, Real Ville, Vila Zara, São Judas e São Pedro, participaram de mais uma reunião plenária do Programa de Governo Participativo (PGP) do Partido dos Trabalhadores. Essa foi a segunda reunião do PGP, de 10 programadas até o final da pré-campanha. O pré-candidato Geraldo Simões participou do evento, realizado na sede do Itabuna Esporte Clube, na manhã de hoje.

Os moradores apontaram como prioridades a construção de creche, reforma e ampliação dos serviços de saúde nos postos daquela região, além de atenção com a segurança pública. “As prioridades apontadas pela população não são de difícil realização pela prefeitura. O que ninguém entende é porque não se faz”, afirmou Geraldo em seu discurso, lembrando que construiu postos de saúde bem equipados naquela região.

Além da quantidade, chamou a atenção da coordenação da pré-campanha o grande envolvimento dos participantes. Para Geraldo Simões, as pessoas estão aproveitando a oportunidade de opinar e participar. “Para nós é gratificante ver esse envolvimento. O PGP foi compreendido pela população como instrumento de participação coletiva na construção das soluções para as suas demandas”.

Joaquim Barbosa detona o golpe

Domingos Matos, 14/05/2016 | 17:24

Geraldo condena golpe contra a democracia

Domingos Matos, 12/05/2016 | 09:51
Editado em 12/05/2016 | 10:03

Em sua página no Facebook, o pré-candidato a prefeito de Itabuna, Geraldo Simões, condenou o golpe contra a presidenta Dilma, “cometido pelo Congresso Nacional, com o apoio da mídia e da elite que não aceita as políticas públicas de inclusão social e milhões de  brasileiros, e a inaceitável omissão do STF”.

“Vamos trabalhar para manter os direitos conquistados pelo povo brasileiro nos governos do PT e lutar para que se faça justiça, com o retorno de Dilma à presidência, porque a Democracia não pode ser golpeada por interesses escusos”, afirmou.

Servidores apreensivos com o rápido sepultamento da Ceplac

Domingos Matos, 11/05/2016 | 23:15
Editado em 11/05/2016 | 23:24

Não demorou sequer um mês após a posse de fato do diretor-geral da Ceplac Sérgio Murilo - depois de superado o drama do rebaixamento do órgão - para que começassem a ser cavadas as covas onde o novo gestor parece querer enterrar o órgão que administra.

Logo ele que, na posse de direito em dezembro, bradou que não aceitaria a patranha engendrada contra a velha senhora da cacauicultura brasielira nos gabinetes do Ministério da Agricultura. "Não serei o coveiro da Ceplac!", discursou, perante uma plateia cheia de esperança.

Pois bem. Nem um mês se passou desde que a Ceplac livoru-se de coveiros outros, e eis que Murilo já mostra que aprendeu a manusear a enxada em sua vida de agrônomo.

A primeira vítima foi a área administrativa.

Primeiro, rebaixou a Divisão de Administração e Finanças a um mero serviço de Administração e Finanças. Um departamento. E elevou o serviço de Gestão de Pessoas a Divisão de Gestão de Pessoas. E, com essa mágica, tornou-se a Ceplac, talvez, uma das poucas empresas do mundo em que a Administração se subordina ao RH. 

Mais: nomeou para o serviço de Administração um doutor em zootecnia. Um desperdício. O doutor zootecnista seria melhor aproveitado, por exemplo, na Granja, um setor que padece de um especialista em seu comando. Em vez disso, vai cuidar de trocas de lâmpadas, abastecimento de água mineral e cafezinho, combustível e pneus da frota...

A Ceplac possui dezenas de administradores em seu quadro. Mas o coveiro diretor não deixaria de prestigiar um sócio do clubinho Cenex-Cepec, que sempre dominou o órgão.

Por falar em Cenex...

É a menina dos olhos do coveiro diretor Sérgio Murilo. É de lá sua origem; foi lá onde se fez candidato a diretor. O que ele fez com o Cenex (Centro de Extensão)? Enterrou.

Virou um serviço apensado ao Cepec (Centro de Pesquisas).

Aí é onde entra o temor dos servidores. Se ele fez isso com a menina dos seus olhos, imagine o que fará com os outros setrores, normalmente tidos como de segunda categoria pelos sócios do clubinho?

Em tempo: em relação ao monstrengo que criou no setor de administração, já corre uma piada nos corredores: ele não matou a Ceplac, mas criou um belo frankenstein...

Polícia prende quadrilha com uma tonelada de maconha

Domingos Matos, 11/05/2016 | 21:53
Editado em 11/05/2016 | 21:57

Uma operação conjunta da Polícia Federal, CIPE LN, CIPE Central e FT da SSP-BA, resultou na prisão de Marcelo Paiva Caetano Rodrigues, Anderson Sousa Cerqueira, Elton Sousa de Santana, Osvaldo Alex Silva dias, Francisco Lázaro Vasconcelos Martins e Joelmo Nascimento Sousa, em uma fazenda na zona rural do município de Jaguaquara.

Eles foram flagrados com cerca de 900 quilos de maconha, cerca de um quilo de pasta-base de cocaína, um revólver calibre .38, além de quatro veículos (uma Ford Ranger, um Fiat Linea, uma SW4 e até uma ambulância, que seria utilizada para o transporte da droga) e uma motocicleta modelo Honda XR-300.

No galpão no bairro de Itinga, pertencente à família Trípodi, foram encontrados mais 69 quilos de cocaína. Marcelo Paiva Caetano Rodrigues é um dos principais fornecedores de drogas para alta classe da sociedade de Salvador, mas a quadrilha também fornecia drogas para Itabuna, Ilhéus e Porto Seguro.

Um dado que chamou a atenção é que ele vem a ser esposo da cantora Viviane Trípodi, e utilizava a fazenda da família para armazenar e distribuir drogas.

Moradores do Conceição discutem plano de governo com Geraldo

Domingos Matos, 11/05/2016 | 14:42
Editado em 11/05/2016 | 14:45

Após a primeira reunião no bairro São Caetano, na semana passada, chegou a vez do bairro Conceição receber a discussão do Programa de Governo Participativo (PGP) em Itabuna. A plenária do PGP no Conceição vai ocorrer na sede social do Itabuna Esporte Clube, no sábado (14), entre as 9 horas e meio dia, e terá a participação do ex-prefeito Geraldo Simões, pré-candidato a prefeito.

O PGP é a forma adotada pelo Partido dos Trabalhadores para dar protagonismo ao eleitor na discussão das prioridades a serem atendidas em um eventual governo petista na cidade. O ex-prefeito Geraldo Simões é o pré-candidato do partido na disputa pela prefeitura nas eleições desse ano.

O PGP foi utilizado pelo PT na eleição do governador Rui Costa em 2014. Em Itabuna, na primeira reunião no bairro São Caetano, segundo os organizadores, já se mostrou uma ferramenta altamente eficaz para envolver a população nas discussões do que deseja para a cidade.

“Vamos seguir esse modelo, porque entendemos ser o mais democrático, para a construção do Programa de Governo que o PT vai protocolar no TSE no momento do registro da nossa candidatura”, afirma Geraldo Simões.

Em Ibicaraí, PT realiza plenária com o pré-candidato a prefeito Valter da Farmácia

Domingos Matos, 10/05/2016 | 10:38
Editado em 10/05/2016 | 10:37

Na última sexta-feira (06), o Partido dos Trabalhadores (PT) do município de Ibicaraí no Sul da Bahia, realizou uma plenária com sua militância, partidos aliados e apoiadores para discutir as estratégias políticas da pré-campanha a prefeito de Valter da Farmácia e dos vereadores do Partido.

O evento reuniu centenas pessoas no Clube da cidade. Wadson Santos presidente do PT, ao apresentar os pré-candidatos, falou do legado de 8 anos da administração petista do município e da importância da continuidade do projeto vitorioso. “É preciso ter orgulho de todas as conquistas neste período. Não podemos retroceder”, frisou o dirigente.

Para o vereador do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) e presidente da Câmara Jesseone Santos Carvalho, é preciso “estar unido, acreditar no projeto e dialogar com todos”, para a continuidade da parceria que mudou a vida da população para melhor.  Participaram também da plenária outros Partidos como o Partido Verde-PV que declaram apoio.

“Muito já foi feito, mas precisamos fazer ainda mais pela nossa comunidade. Preciso da ajuda de todos e vou me entregar de corpo e alma para sermos vitoriosos mais uma vez com este projeto político coletivo", afirmou o pré-candidato a prefeito, Valter da Farmácia.

O prefeito Lenildo Santana lembrou que em 8 anos de gestão petista o município avançou com a construção de unidades de saúde,  casas populares, creches, centros de referências na área social, aquisição de patrulha mecânica, automóveis e outras ações de políticas públicas  que incluíram  milhares  pessoas. “Vamos andar por toda a cidade e distritos, ouvindo a comunidade para construir um plano de governo para os próximos 4 anos do futuro prefeito Valter”, destacou Lenildo.

Itabuna integra protestos contra o golpe

Domingos Matos, 10/05/2016 | 10:24

Em Itabuna, trabalhadores bloquearam as duas pistas da BR-101. Em todo o país, vários atos denunciam o golpe. Leia AQUI

Temer e a fazenda que não é sua: de mordomo a ilusionista

Domingos Matos, 10/05/2016 | 09:57

Deve-se ao MST a descoberta de mais uma história edificante envolvendo Michel Temer.

Militantes invadiram a fazenda Esmeralda, em Duartina, interior de São Paulo, que tem “ligação” com o ex-vice decorativo. Ligação é um eufemismo. Temer nega que seja dele.

Mas encontraram uma correspondência em nome de MT, que foi mostrada para a reportagem da Folha. Os moradores da cidade se referem ao local como “a fazenda do Temer”.

O prefeito, Enio Simão, do PSDB, lembra que participou de um evento com o velho Michel ali mesmo, na propriedade, na campanha eleitoral de 2010. O peemedebista chegou de helicóptero.

Segundo o MST, João Batista Lima Filho, o Coronel Lima, é o proprietário formal da Esmeralda. Ele é “coronel da reserva da Polícia Militar da Paraíba, mas curiosamente é proprietário de milhares de hectares de terras”, afirma o movimento em nota.

Sócio da Argeplan, empresa “especializada em obras públicas no Estado de São Paulo”, como aparece no site oficial, Lima “é a pessoa de total confiança de Michel Temer”, relata a revista Época.

Uma relação que remonta aos tempos em que o amigão começou a carreira no governo de Franco Montoro. Lima teria cobrado propina de 1 milhão de reais, em nome de Temer, para as eleições de 2014.

A fazenda não aparece na última declaração de bens de Temer. Com 7,5 milhões de reais em imóveis, veículos e investimentos, ele era, há dois anos, 4,2 vezes mais rico que Dilma Rousseff. O patrimônio havia crescido 24,2% em quatro anos, colocando-o acima de todos os demais candidatos.

É bonito como um homem que está desde os anos 60 no serviço público, ex-advogado trabalhista, tenha amealhado essa fortuna.

Temer é uma espécie de mestre do ilusionismo em matéria de fazer sumir sua riqueza. Em 2008, declarou em cartório ter comprado terras em Goiás por uma quantia 3 290% maior do que a que foi registrada por ele mesmo na Justiça Eleitoral.

Seis anos antes, quando se elegeu pela quinta vez à Câmara, disse ao TRE que comprou do sobrinho Luiz Antônio Schincariol metade de uma fazenda em Alto Paraíso por 10 mil reais.

Como já possuía a outra metade, tornou-se dono único das terras. Numa escritura de novembro de 1998, no entanto, a compra consta como tendo sido de 339,1 mil reais. Em 2010, ele omitiu um imóvel de 2,2 milhões.

A propriedade que não é de Michel Temer em Duartina tem 1500 hectares. Para efeito de comparação, o sítio obrigatoriamente do Lula em Atibaia tem 17,3 hectares.

Quem sabe se dona Marcela enfiar uns pedalinhos lá no meio a Justiça, ou algo parecido, se anima a ir atrás do caso.

Via DCM

Manhas e artimanhas. E Maranhão revogou a revogação

Domingos Matos, 10/05/2016 | 09:43

Na madrugada desta terça-feira, o presidente em exercício da Câmara, deputado Waldir Maranhão (PP-MA), decidiu revogar a decisão que proferiu pela manhã para tentar anular a sessão da Câmara que aprovou a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

A Secretaria Geral da Mesa da Câmara recebeu a decisão da revogação por volta de 00h20. Em quatro linhas, o comunicado foi enviado ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

"Revogo a decisão por mim proferida em 9 de maio de 2016, por meio da qual foram anuladas as sessões do plenário da Câmara dos Deputados ocorridas nos dias 15, 16 e 17 de abril de 2016, nas quais se deliberou sobre denúncia por crime de responsabilidade número 1 de 2015", diz o texto de sua decisão.

Durante o dia, Renan ignorou a ação de Maranhão, que considerou "intempestiva" –, e manteve a leitura do resumo do relatório e a sessão do plenário desta quarta-feira.

Ao justificar a decisão de tentar anular a sessão da Câmara, Maranhão disse que o objetivo era "salvar a democracia". Depois, foi ameaçado de expulsão pelo seu partido.

Via Brasil 247

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.