Acusado de ser mandante de crime contra investigador é preso no interior

Domingos Matos, 21/11/2019 | 20:35

Josevaldo Marques dos Santos, o “Meia noite”, foi preso ontem (20), por equipes da 24ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Bom Jesus da Lapa), acusado de ser o mandante da tentativa de homicídio que vitimou um investigador da Polícia Civil, na cidade de Serra do Ramalho, naquela região.

O delegado Marcos de Oliveira Porto, da 1ª DT/Bom Jesus, informou que os autores dos disparos que feriram o policial, na noite de ontem (19), estão sendo procurados. Josevaldo teve a prisão decretada pela Justiça e foi capturado no bairro das Casinhas, em Serra do Ramalho.

Informações que possam auxiliar na identificação e captura dos demais envolvidos no crime, podem ser encaminhadas à polícia por meio de Disque-Denúncia (181). O sigilo é garantido e não é necessário identificar-se. “Meia Noite” deverá ser encaminhado ao sistema prisional.

Feira Baiana da Agricultura familiar começa neste sábado

Domingos Matos, 21/11/2019 | 19:36

A Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária chega à 10ª edição ainda mais forte, para celebrar o crescimento do segmento que se consolidou e ganha cada vez mais o mercado da Bahia e do Brasil.  O evento será realizado de 23 de novembro a 1º de dezembro, no Parque de Exposições de Salvador, durante a Fenagro 2019.

Este ano, além dos produtos já conhecidos, como as cervejas artesanais de umbu e de licuri, linguiça de tilápia, iogurte de café, umbu e licuri e licuri caramelizado, a feira traz novidades como cerveja de maracujá da Caatinga, iogurte de abacaxi, cosméticos feito à base de mel, drinks de café, chopp de licuri, de cupuaçu  e de mel de cacau, barras de chocolate com pimenta, gengibre e muito mais. 

Considerado o maior evento de comercialização da agricultura familiar do país, a feira é organizada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), em parceria com a União das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes/BA), e apresenta na capital cerca de 3 mil produtos, de mais de 400 empreendimentos de toda a Bahia. Em um espaço com 27 armazéns cenográficos, que mostrarão a riqueza produzida por associações e cooperativas da agricultura familiar, o público visitante vai se sentir no interior baiano.

Também estarão sendo comercializados cortes especiais de cordeiro, espetinho de bode, carne defumada de caprino, azeite de licuri, vinho caseiro de jaca, queijo de leite de cabra maturado na cachaça e ao vinho, hambúrgueres de sardinha e de jaca, tilápia, ostra, cafés finos, chocolates, nibs caramelizado e granulado, cachaças,  licores, mel,  pólen,  geleias, café gourmet, flocão de milho não transgênico, castanhas de caju, doces, sorvetes, sequilhos, biscoitos, beijus, artesanato, moda e cosméticos. 

Na 10ª Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária, haverá ainda uma Praça Gastronômica com uma Vila do Forró, uma Cozinha Show, Praça Quilombola, Praça Indígena, Feira de Artesanato e Feira Tecnológica. Destaca ainda para o Simpósio de Pesquisas, as inovações do Balcão Tecnológico, seminários temáticos e eventos diversos, para fortalecer a agricultura familiar da Bahia, além de uma vasta programação cultural. 

 

Expoentes da Agricultura Familiar

Para marcar os 10 anos da Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária, o evento contará com a exposição fotográfica 'Expoentes da Agricultura Familiar', uma homenagem a personagens que contribuíram para a construção da história da agricultura familiar baiana. 

Será lançado também um novo selo da agricultura familiar, que se tornará obrigatório pelas associações e cooperativas a partir da portaria da SDR. Durante a feira, a Bahia fará a adesão, oficialmente, à Década da Agricultura Familiar, lançada pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). 

 

Estado com maior incidência de Anemia Falciforme, Bahia ganhará centro especializado

Domingos Matos, 21/11/2019 | 18:36

Estado brasileiro com maior incidência de Anemia Falciforme, a Bahia ganhará um Centro de Referência em Doença Falciforme. A nova unidade, que funcionará na Avenida Centenário, no bairro do Garcia, em Salvador, deve ser entregue no primeiro semestre de 2020. “As obras já estão avançadas”, foi o que constatou o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, ao vistoriar o prédio, onde está sendo instalado centro.

Com investimento de R$ 7,3 milhões, entre obras e equipamentos, o novo centro será equipado para realizar atendimento ambulatorial nas especialidades de hematologia, ortopedia, hepatologia, oftalmologia, nutrição, psicologia, odontologia, fisioterapia, serviço social, assistência farmacêutica, endocrinologia, cardiologia e enfermagem.

“Aqui teremos todas as especialidades envolvidas no tratamento da doença falciforme. Será um centro que terá um pronto atendimento todos os dias da semana para pacientes em crise, além do atendimento ambulatorial”, explicou Fábio Vilas-Boas.

A gestão da unidade será realizada pela Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado da Bahia (Hemoba), que é referência no atendimento a pacientes com doença falciforme, acompanhando cerca de cinco mil pessoas na capital e no interior, além de ser responsável pela assistência transfusional e farmacêutica, incluindo a dispensação de medicamentos de alto custo, como Hidroxiureia e Deferasirox.

A Doença Falciforme é uma das condições genéticas e hereditárias mais comuns no mundo e é mais prevalente na população negra, apesar de não ser exclusiva. Só na Bahia, estima-se que 30 mil pessoas possuam a condição, que provoca anemia crônica e episódios freqüentes de dor severa, decorrentes da má circulação sanguínea.

Na Bahia, em 2019, até o mês outubro, foram registrados 67 óbitos por transtornos falciformes. Número que já supera as 66 mortes notificadas em 2018.

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 31 milhões no sábado

Domingos Matos, 21/11/2019 | 17:38

Nenhuma aposta acertou as seis dezenas sorteadas no concurso 2209 da Mega-Sena, realizado na noite de ontem (20), em São Paulo.

Com isso, a estimativa de prêmio do próximo sorteio, que ocorre no sábado (23), é de R$ 31 milhões.

As dezenas sorteadas foram 22, 25, 28, 32, 33 e 47.

Quarenta e nove apostas acertaram a quina, com prêmio de R$ 42.445,66. Já a quadra teve 3.746 apostas vencedoras e prêmio de R$ 793.

Estudantes baianos chegam a torneio internacional mostrando o alcance da transformação pela educação

Domingos Matos, 21/11/2019 | 16:37

Em dezembro de 2018, um grupo de seis estudantes do SESI Bahia foi convidado a participar de um novo desafio de robótica educacional: o Fórmula 1 nas Escolas (F1 In Schools, na sigla em inglês). Era o começo de uma aventura que eles não tinham ideia do quanto iria transformar suas vidas.

A proposta era, em três meses, montar um projeto de empreendedorismo, estudar conceitos de aerodinâmica e engenharia automotiva para construir um carrinho de corrida para fazer bonito no Festival Nacional de Robótica, organizado pelo Serviço Social da Indústria (SESI).

Foram envolvidos no projeto o professor de Robótica Robson Nunes, técnico da equipe, e os estudantes Beatriz Mota, líder, Beatriz Valongo, diretora de finanças, João Victor Dias, designer de engenharia, Geovane Santos, responsável pela captação de patrocínio e divulgação, Franciele Moraes, diretora de Marketing e RP e Ícaro Canela de Almeida, o engenheiro de manufatura.

No Festival SESI de Robótica, que aconteceu no Rio de Janeiro e reuniu competidores de todo o Brasil, no mês de março, a equipe não apenas fez bonito. Voltou da competição colecionando prêmios – foram cinco no total – e trazendo para a Bahia o lugar de campeã nacional da competição. A aventura, que ocupou as tardes de Verão da equipe – já que entre dezembro de 2018 e março deste ano, em vez de sol e praia, eles preferiram passar as tardes na escola se preparando para o torneio nacional –, virou um desafio muito maior.

ETAPA INTERNACIONAL

Ontem (20), os campeões da Escola SESI Reitor Miguel Calmon, localizada no Largo do Retiro, em Salvador, vão embarcar para uma aventura ainda mais emocionante, em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes. Além de representar o Brasil na etapa mundial do F1 In Schools, eles vão estar cara a cara com a elite da Fórmula 1 internacional e poderão conhecer como funciona uma prova de velocidade na modalidade esportiva que teve no brasileiro Airton Senna um dos seus principais ícones.

Mais que isso, eles voltarão da viagem trazendo uma experiência única na bagagem e aprendizados que ficarão para toda a vida. A gerente de Educação e Cultura do SESI Bahia, Cléssia Lobo, explica que para o SESI Bahia, ver seus estudantes chegarem tão longe é resultado de um esforço coletivo que tem como origem uma metodologia e um processo educacional que precisa ser celebrado. Ela destaca o importante papel de cada profissional envolvido na rede de apoio que permitiu que os estudantes conseguissem se preparar para uma competição internacional.

Ela destaca o comprometimento da equipe pedagógica, incluindo coordenação, direção da escola SESI Reitor Miguel Calmon, equipe técnica de robótica e professores como parte deste esforço coletivo. "Nós investimos para oferecer aos nossos estudantes a oportunidade de competir em igualdade com as equipes dos países mais avançados porque acreditamos que é a educação que transforma e leva as pessoas a se desenvolverem. Os nossos estudantes vão para uma competição, mas o que nós, educadores, acreditamos é que eles estão em processo de aprendizagem e que esta experiência irá somar para a construção do conhecimento nas habilidades que o futuro da educação exige que é protagonismo, capacidade técnica e criatividade", complementa.

Os aprendizados são muitos. Geovane explica: “Tenho 17 anos e aprendi que precisamos sempre ir atrás do que queremos e não nos deixar abater por um não”, revela o jovem, que descobriu também o quanto gosta de finanças e matemática e agora sonha em fazer licenciatura na disciplina. Responsável pelo disparo do carrinho de corrida na competição, Geovane diz estar preparado. “Tenho consciência do desafio que é participar de uma competição internacional, mas treinei muito e confio na minha capacidade. Vou tirar de letra”, declara, com autoconfiança.

Mais jovem integrante da Sevespeed, Ícaro é o único da equipe de 2019 que vai continuar na escola em 2020, já que ainda está terminando o 2º ano do ensino médio. Sua missão daqui para a frente vai ser compartilhar todo o aprendizado com os novos integrantes da Sevespeed, que há alguns meses já acompanham os treinos da equipe. “Pretendo passar a experiência para os novos meninos e a experiência internacional porque acho que vai agregar muito para a equipe”, explica Ícaro, que ganhou a vaga de engenheiro por se interessar por tecnologia. “Não tinha nenhuma noção de engenharia automotiva, só gostava da ideia de estudar o assunto e comecei a aprender sobre o processo e engenharia”, explica o jovem, que se sente mais “adulto” depois de tudo o que viveu e está vivendo na equipe. “A gente aprende a saber lidar com pessoas”, explica.

 

OPORTUNIDADE

Ícaro, que até o ano passado não tinha noção de que carreira seguir, agora já sabe que quer fazer engenharia mecatrônica. Em uma palavra ele sintetiza o que representa fazer parte da Sevenspeed: “oportunidade”.

Para Beatriz Valongo, a experiência com finanças fez com que ela passasse a contribuir mais para a gestão do orçamento da família. “Aprendi muito mais como controlar o dinheiro e fazer ele render para conseguir abranger todos os gastos, saber no que se está gastando e como”, detalha a estudante. Com o aprendizado, sonha fazer engenharia de produção. “Descobri que gosto dessa parte de finanças e controle de produção”, complementa.

Já Beatriz Mota exercitou com sua voz tranquila, mas assertiva, a função de liderança. “Tudo aconteceu muito rápido. Foi um ano de grandes mudanças: estou terminando o ensino médio, realizando esse sonho de ir para um torneio internacional, atingi a maioridade. A Sevenspeed e o F1 me ensinaram a lidar com tudo isso e aprendi que a pressão se combate com foco e tranquilidade”, revela Beatriz. Sobre a experiência de liderar, ela aprendeu que mesmo que haja limitações, pessoais ou profissionais, “o importante é saber lidar com as diferenças”.

Na função de liderança, ela teve que apoiar os colegas nas diversas áreas. Com isso, acredita que todos amadureceram juntos. Outro ganho, na avaliação dela, foi o fortalecimento da amizade entre os integrantes. “A gente está junto o tempo todo, inclusive nos finais de semana”, conta. E o futuro? Para Beatriz, no momento, é entrar no curso de engenharia mecânica e seguir em frente.

João também acredita que a experiência na equipe Sevenspeed o levará ainda bem longe. Designer da equipe, ele se prepara para ingressar na universidade para cursar engenharia automobilística. “A competição de F1 me ajudou a decidir o que quero fazer para o resto da minha vida”, revela, acrescentando que se tornou mais responsável e aprendeu a focar no aprendizado para atingir seus objetivos. “Estou confiante e sabendo que a gente deu nosso melhor”, complementa João.

Para Franciele Moraes, participar do torneio internacional representa também uma “oportunidade única, rica em conhecimento e experiências”, destaca. “É algo que eu não esperava e sinto orgulho de cada um que fez parte dessa história, da qual eu pude participar com muito ânimo e alegria”.

Orgulhoso com as conquistas individuais de seus alunos e tudo o que superaram para chegar até aqui, o professor Robson Nunes conta o que significou para ele embarcar nesta aventura. “Foi para mim também um novo desafio. Não conhecia esta modalidade (F1 In Schools) e tive que mergulhar fundo nas regras, ponto por ponto, junto com a equipe”, explica. Para ele, 2019 acabou sendo um ano de muito trabalho e a expectativa que “só não são maiores do que o orgulho de estar indo representar a Bahia e o Brasil e ver também estes alunos crescendo e  serem transformados pela educação. O brilho nos olhos, a vontade de vencer deles nos enche de orgulho. É maravilhoso”, complementa o mestre.

Morador de Ibicaraí reclama de superlotação em ambulância que faz transporte de pacientes

Domingos Matos, 21/11/2019 | 15:36

Um morador de Ibicaraí mandou um vídeo para a equipe da TV Santa Cruz, filiada da TV Bahia no sul do estado, para mostrar a superlotação da ambulância que leva pacientes da cidade para o Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus e para hospitais de Itabuna.

Agnaldo Alves de Souza contou que, na última segunda-feira (18), cerca de nove pessoas estavam no veículo. Ele disse que o problema é frequente. Geralmente, a ambulância que faz o transporte dos pacientes tem lugar para duas pessoas, além do motorista, na parte da frente. Já no fundo, o espaço é para a maca e dois lugares para sentar.

"É um descaso, vergonha. Parece que estão carregando gado. A maca da ambulância está sem forro, sem nada", desabafou o morador Agnaldo Alves de Souza.

A distância entre Ilhéus e Ibicaraí é de 70km e entre Ibicaraí de Itabuna é de cerca de 40 km. O morador que denunciou o caso, Agnaldo, também revelou que alguns pacientes viajam sentados na maca. Nas imagens feitas por ele é possível ver uma criança viajando dentro da ambulância, em um local inadequado, com um cilindro ao lado e as pernas "presas" entre a maca.

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde de Ibicaraí disse que esse foi um caso isolado, que aconteceu porque um dos carros que levariam os pacientes cedo quebrou. Como as pessoas estavam com exames marcados, foram todas no mesmo veículo. A secretaria negou que o problema acontece com frequência. (Com informações do G1)

 

Mais de uma tonelada de carne irregular é apreendida na Bahia

Domingos Matos, 21/11/2019 | 14:35

Uma tonelada e trezentos e quarenta quilos de carne bovina transportada de forma irregular foi apreendida essa semana, por equipes do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), durante a Operação Braço Forte. O flagrante aconteceu na última terça-feira (19), na BA 535, trecho conhecido como Via Parafuso, em Camaçari.

Um caminhão-baú amarelo, de placa NZW 4827, transitava de forma suspeita pela via e alertou os policiais. Ao realizarem a abordagem, os PMs perceberam que o veículo transportava a carne fora dos padrões de higiene sanitária e acionaram a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB).

Felipe Renato Campos de Oliveira, 24 anos, condutor do veículo, e Luiz Paulo Santos Borges de Oliveira, 34, foram capturados em flagrante e encaminhados à 18ª Delegacia Territorial (DT/ Camaçari) e devem seguir para audiência de custódia. A carne será entregue para a ADAB.

 

 

Delegacia da Mulher lança campanha Maria Bonita no Natal e aceita doações

Domingos Matos, 21/11/2019 | 13:34

A Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Periperi, em Salvador, lançou ontem (20), a campanha 'Maria Bonita no Natal', com o objetivo de recolher doações para mulheres carentes e vítimas de violência de gênero atendidas pela unidade. A iniciativa, que poderia inspirar outras unidades da Bahia, segue por tempo indeterminado.

Durante novembro e dezembro, a unidade receberá bolsas usadas abastecidas com batom, absorvente, cremes para pele, cabelo e dental, pente e outros acessórios utilizados no cuidado pessoal. As doações serão disponibilizadas na sede da Deam, em Periperi, para todas as pessoas necessitadas. “As mulheres atendidas aqui podem receber e também doar”, conta a titular da unidade, delegada Simone Moutinho.

A delegada acrescenta que “nosso desejo é trabalhar para aumentar a autoestima e mostrar que elas podem contar com a Deam. É importante que elas se sintam bonitas, amadas, valorizadas e estimuladas a buscarem a unidade sempre que for necessário”.

Bahia é campeã brasileira de pesca em terra firme 2019

Domingos Matos, 21/11/2019 | 12:33

Agora sobram motivos para comemorar. A Bahia é a grande campeã brasileira de pesca em terra firme 2019. No último final de semana, amantes da pesca esportiva de vários estados ocuparam a bem frequentada Praia do Cururupe, em Ilhéus, no Sul da Bahia, durante o Campeonato Brasileiro na modalidade Surf-Casting. Destaque também para o Clube de Pesca de Ilhéus (Clupesil), que arrebatou o título de campeão brasileiro de clubes.

De olho no mar, atletas-pescadores disputaram nas categorias masculina, feminina, máster (acima de 50 anos), sênior (acima de 60 anos) e juvenil (até 18 anos incompletos). Para eles, sol, praias limpas, peixes e a paixão pela pesca esportiva foram os ingredientes necessários. O evento passou a integrar o Calendário Desportivo Nacional Brasileiro e foi realizado pela Federação Baiana de Pesca e Atividades Subaquáticas (FBPAS) com o apoio da Prefeitura.

Os atletas Thiago Carvalho, Alberto Porto, Leandro Luz, Igor Nery e Sidney Macedo formam a seleção baiana campeã brasileira. Na categoria Individual Master, o Eduardo Brito levou o título, seguido de Igor Nery em segundo. Já o Danilo Docio ficou na terceira posição. A classificação geral ficou assim: Clupesil de Ilhéus (1º lugar); Copa Clube de Pernambuco (2º lugar); Clupese de Sergipe (3º lugar); Clupere de Recife (4º lugar) e o Iate Clube Cariacica (5ª lugar) na posição no geral.

Eduardo Leal é atleta-pescador e o atual presidente da Confederação Brasileira de Pesca e Desportos (CBPDS). Ele informou que os peixes capturados serão doados às instituições filantrópicas de Ilhéus e Itabuna. Segundo Leal, a pesca desportiva vem crescendo no mundo, mas na sua visão, ainda é pouco explorada no Brasil. “Ilhéus mantém o favoritismo de destacar grandes atletas e os resultados alcançados nesse brasileiro confere o título”, frisou.

Satisfação – Itamar de Souza Lima, do Clube Asfad do Ceará, é um dos atletas participantes da competição. Encantado com o clima de organização na cidade, manifestou sua emoção através das redes sociais. "Fiquei surpreso com a educação do ilheense. Praias limpas, comida maravilhosa, lindas fazendas de gado e biodiversidade preservada. Presenciei centenas de voluntários envolvidos na limpeza das praias. Parabéns aos organizadores e aos vencedores”.

 

Pela primeira vez, Itabuna celebra Dia de Combate à Intolerância Religiosa

Domingos Matos, 21/11/2019 | 11:31

Pela primeira vez, sob a égide de uma lei municipal, a Câmara de Vereadores comemorou o Dia de Combate à Intolerância Religiosa. Proposta por Júnior Brandão (PT), a Lei 2.434/2018 instituiu 16 de novembro no calendário oficial de eventos do Município incentivando a liberdade de professar qualquer crença. Na Casa, a primeira edição da data foi celebrada na última quinta, 14, com Sessão Especial.

Em discursos conciliatórios, lideranças religiosas de Itabuna pregaram o respeito a todas as crenças e também aos não-adeptos de religião. Durante a Sessão Especial, sugeriu-se que a liberdade de consciência seja acrescentada à legislação itabunense, que abarcaria pessoas que negam a existência de Deus (os ateus) e aquelas que a ignoram (os agnósticos).  

A advogada Maíra Vida, da Comissão de Liberdade religiosa da OAB/BA, defendeu o pluralismo religioso com “o exercício pleno da fé” especialmente por grupos mais vulnerabilizados como os de matriz africana. Em sua palestra a conselheira declarou que a liberdade religiosa é de interesse público e contribui para criar “um sistema constitucionalmente inclusivo”.

Presidindo a Sessão Especial, Brandão anunciou que a próxima comemoração da Lei 2.434, no ano que vem, será planejada com a participação dos interessados no combate à intolerância religiosa. “Queremos conviver em paz e com respeito”, declarou o vereador. O planejamento das ações veio como proposta do Conselho Municipal de Políticas Culturais.
 

Nota Premiada Bahia tem seis ganhadores do interior e quatro de Salvador

Domingos Matos, 21/11/2019 | 10:29

A Nota Premiada Bahia realizou ontem (20), o 22º sorteio mensal, contemplando dez pessoas, cada um com um prêmio líquido de R$ 100 mil. Desta vez houve seis sorteados do interior, das cidades de Feira de Santana, Vitória da Conquista, Lauro de Freitas, Ibirataia, Ipiaú e Pojuca, e quatro de Salvador, residentes nos bairros de Mussurunga, Fazenda Coutos, Monte Serrat e Garcia.

A convite da coordenação da campanha, o sorteio foi acompanhado, no auditório da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), por ganhadores de sorteios anteriores e seus familiares e por representantes de outros órgãos estaduais e das entidades beneficiárias de recursos provenientes da Nota Premiada.

Os vencedores desta vez foram Pedro Edinaldo Ribeiro Silveira, Fabiana de Oliveira, Valter Rios dos Reis, Carlos Augusto Conceição Souza, Carine Reis Bonfim, Maria Aparecida Xavier da Silva, Natan Evangelista das Virgens, Lucilene Ferreira dos Santos, Marcos Antonio Machado dos Santos e Iana Gabriela Costa Pereira.

Os resultados podem ser conferidos nos sites da campanha e da Sefaz-BA, no Instagram (@notapremiadabahia e @sefazbahia), no Facebook (/sefaz.govba) e no Twitter (@sefazba).

 

Loteria Federal

Os sorteios tomam por base os resultados da Loteria Federal. Os números dos bilhetes com os quais as pessoas concorrem são divulgados com antecedência no site da Nota Premiada. Para acompanhar todo o processo, basta acessar a página, fazer o login e, no menu 'Minha Conta', escolher a opção 'Bilhetes'. A busca pode ser filtrada pelo período de emissão da nota fiscal. Todas as informações estão disponíveis no site da campanha.

Com este novo sorteio, a Nota Premiada Bahia alcança a marca de 220 participantes contemplados nas premiações regulares, realizadas todos os meses. Somando-se os dois sorteios especiais de R$ 1 milhão, ocorridos em junho de 2018 e março deste ano, o número de premiados chega a 222. Desses, 150 moram em Salvador e 72 no interior. A campanha possui atualmente 512 mil participantes inscritos no site.

 

Solidariedade 

Para participar, além de estar cadastrado, é preciso incluir o CPF nas compras realizadas em estabelecimentos que emitem a Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e). Os participantes também compartilham suas notas fiscais eletrônicas com 502 instituições beneficentes ativas apoiadas pelo programa Sua Nota é um Show de Solidariedade: quem se cadastra para concorrer aos sorteios deve indicar até duas instituições, uma da área de saúde e outra da área social. 

Desde que o programa teve as regras simplificadas e foi vinculado à campanha Nota Premiada Bahia, já são R$ 19,9 milhões repassados às filantrópicas participantes.

 

Banco de Sangue e Liga Itabunense de Futebol unidos para salvar vidas

Domingos Matos, 21/11/2019 | 09:20

O Banco de Sangue da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna firmou uma parceria com a Liga Itabunense de Futebol – LIF, onde vai receber nesta sexta (22), jogadores e ex-jogadores da seleção de Itabuna, pais de jogadores mirins para doação de sangue.

A ação, que está aberta ao público em geral, tem por objetivo mobilizar toda a sociedade acerca da importância da doação de sangue e faz parte das comemorações do Dia Nacional do Doador de Sangue (25/11) na nossa instituição.

De acordo com o presidente da Liga, Rafle Salume, a ideia é conscientizar o maior número de pessoas para se tornarem doadoras de sangue e assim ajudarem a salvar vidas. “Acreditamos que esporte e saúde caminham juntos e a LIF sempre apoia ações solidárias relacionadas ao tema”, declara. Na oportunidade, a Liga vai prestar uma homenagem ao ex-jogador da seleção de Itabuna, Fernando Riella, que foi considerado como um dos melhores jogadores de sua época.

Para o coordenador de captação, Adelson Bispo, o dia 25 de novembro é uma data que tem por objetivo agradecer aos doadores pelo ato de doar sangue e busca sensibilizar as pessoas sobre a importância desse gesto de solidariedade. “O mês foi escolhido justamente para melhorar o estoque do banco de sangue devido às datas comemorativas de final de ano e carnaval, período crítico em que há uma diminuição expressiva no número de doadores”, destaca.

De acordo com Bispo, ações como essas de trazer a população são importantes para suprir o estoque do banco. “A Liga de Futebol se tornou nossa parceira. Esse ano vai iniciar a sua ação no banco de sangue e a cada três meses estará realizando a doação”, completa.

A programação do Banco de Sangue continua no sábado com chegada da Caravana de Ibicuí e recepção ao Grupo Escalada. Já na segunda, Dia Nacional do Doador de Sangue, os doadores serão recepcionados com um café da manhã e a apresentação do Coral da Igreja Adventista do 7º Dia e distribuição de brindes. 

 

Gacc Sul Bahia realiza Congresso Mirim e Natal das crianças e adolescentes

O evento é promovido pelo GACC com apoio da Equipe Multiprofissional e o Núcleo de Estudos e Orientação em Oncoematologia Pediátrica - NEOOP da Uesc

Domingos Matos, 21/11/2019 | 08:17

O Grupo de Apoio à Criança com Câncer Sul Bahia realiza nesta sexta-feira (22) o IV Congresso Mirim para informar aos pacientes – crianças e adolescentes – com uma linguagem mais acessível, a respeito do tratamento do câncer infantojuvenil, assim como orientar pais e acompanhantes sobre a importância dos cuidados e direitos adquiridos durante o tratamento. O evento acontecerá na Casa de Apoio do GACC Sul Bahia em Itabuna e terá como tema: Ohana, quer dizer família, família quer dizer GACC.

O Congresso será no período da tarde, das 13h30min às 16h, com oficinas, mesas redondas, bate-papos, brincadeiras, musicalização, desafios e dinâmicas com orientações sobre o tratamento para os pacientes e seus familiares de acordo com cada faixa etária e ministrada por profissionais de enfermagem e técnicos, nutrição, assistente social, farmácia, odontologia, pedagogia, psicologia e as médicas da oncologia pediátrica.

Logo após o Congresso, acontecerá também o encerramento da campanha da Polícia Rodoviária Federal “Pare pra mim – A solidariedade continua parando o trânsito”, edição 2019, às 16h na Casa de Apoio do GACC Sul Bahia. O inspetor Marcus Vinicius Rodrigues, chefe da 5ª Delegacia da PRF, em Itabuna, é o coordenador da campanha na região, e lembra que está é a quinta edição do projeto e que a cada ano, as expectativas são superadas. “A cada ano conseguimos atender um maior número de crianças e seus familiares, e isso é o mais importante e muito gratificante.”, salienta.

A solenidade de encerramento que terá a entrega das doações, e passeio com o ônibus da PRF, marca o Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil (DNCCI). Nesta data, o GACC Sul Bahia, juntamente com a Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer (CONIACC) chama a atenção da população para a importância do diagnóstico precoce da doença, pois, quando descoberto cedo, o câncer em crianças e adolescentes tem mais chances de cura.

Já o Natal das Crianças e adolescentes, terá inicio após o passeio com a PRF, que trará de ônibus o papai Noel. As crianças serão recebidas na Casa de Apoio com o Coral Chico de Assis, que apresentará cânticos de Natal, enquanto Papai Noel anuncia o acendimento das luzes de Natal e fará a entrega dos presentes e confraternização das famílias.

 

SERVIÇO:

Local: Casa de Apoio do GACC Sul Bahia

Data: 22 de novembro de 2019

O que: IV Congresso de Oncologia Pediátrica – 13h30min às 16h

O que: Encerramento campanha “Pare pra mim” PRF (entrega doações e passeio com as crianças de ônibus) – 16h

O que: Natal das crianças e adolescentes do GACC (Coral Chico de Assis e entrega dos presentes pelo Papai Noel) – 17h30min

                                              

 

Feirão on-line de renegociação de dívidas do SPC Brasil começa nesta quinta

Consumidores de 11 capitais e mais quatro cidades poderão obter descontos de até 90% nas dívidas em atraso

Domingos Matos, 21/11/2019 | 07:30

A partir desta quinta-feira, dia 21, milhões de brasileiros com contas em atraso terão a oportunidade de começar o próximo ano com o ‘nome limpo’. E para isso, nem será preciso sair de casa. O Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) realiza em 11 capitais (São Paulo, Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza, Recife, Goiânia, Cuiabá, São Luis, Teresina, Rio Branco e Manaus) e em mais quatro cidades do interior do país (Feira de Santana – BA, Ibirité – MG, Pato Branco – PR e Santo Antônio da Platina – PR) um feirão on-line de renegociação de dívidas.

Os consumidores interessados podem verificar no site do feirão do SPC Brasil (https://www.negociardivida.com.br/) se as empresas em que estão devendo aderiram ao programa. São mais de 120 empresas, desde bancos, consórcios, operadoras de telefonia, construtoras, supermercados e empresas do comércio e do ramo de serviços, que oferecerão condições especiais para quem estiver interessado em regularizar as pendências. As facilidades contemplam desde um desconto no valor da dívida, que em alguns casos podem chegar a 90%, até a possibilidade de um parcelamento maior ou um novo prazo para quitar a dívida.

O feirão on-line de negociação de dívidas do SPC Brasil começa nesta quinta (21), e vai até o dia 15 de dezembro. Para participar, o consumidor deverá fazer um cadastro no site https://www.negociardivida.com.br/. Após receber a confirmação de autenticidade, o consumidor tem a opção de consultar o seu CPF, gratuitamente, para verificar se há pendências e se elas estão disponíveis para renegociação dentro do próprio site. Também é possível acompanhar o andamento de sua negociação de forma on-line, realizar o download do boleto com as novas condições ofertadas pelo credor e ser lembrado quando estiver perto do próximo vencimento.

Na avaliação do presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, a privacidade e a conveniência são as principais vantagens para uma negociação feita pela internet. “A praticidade em não ter de se deslocar até uma agência bancária ou uma loja para se tentar um acordo com o credor são benefícios bastante atraentes. Os canais digitais já se consolidaram nas transações bancárias e nas compras on-line, agora é a vez das renegociações de débitos ganharem mais espaço nessas plataformas”, avalia Pellizzaro Junior.

 

Natal, 13º salário e FGTS impulsionam renegociação de débitos

Pellizzaro Junior destaca ainda que o fim de ano é o momento ideal para o consumidor colocar as contas em dia, tendo em vista o pagamento do 13º salário e a recente liberação dos recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). “Quem está inadimplente deve priorizar o pagamento de dívidas com esse dinheiro. Estamos nos aproximando das festas natalinas, que é um período em que todos gostam de presentear e aproveitar as promoções. Para isso, é importante fazer um esforço para quitar as dívidas e consumir com responsabilidade para não reincidir nos atrasos”, afirma o presidente.

Dados do SPC Brasil mostra que o volume de consumidores com contas em atraso cresceu 1,58% no último mês de outubro na comparação com o ano passado. A maior parte das dívidas (53%) em aberto no país está ligada a instituições financeiras. Já o comércio responde por uma fatia de 17% do total de dívidas, enquanto o setor de comunicação por 12% e as contas de água e luz por 10%.

 

Câmara abre movimento de união por Região Metropolitana do Sul da Bahia

Domingos Matos, 21/11/2019 | 07:01

O clima de mãos dadas e palavras de consenso predominou na reunião em defesa da Região Metropolitana do Sul da Bahia, promovida na terça-feira (19), no Plenário da Câmara de Vereadores de Itabuna. Como anfitrião e entusiasta da causa, o presidente do Legislativo, Ricardo Xavier (Cidadania), sublinhou a importância de uma luta sem divisões de cunho político-partidário.

“Como Ilhéus e Itabuna, as duas maiores cidades, não conseguem desenvolver ações em conjunto? Na região, cidades com potencial no turismo, na agricultura, no comércio. Então, esse movimento não pode ser do partido A, partido B, cidade A ou cidade B. Tem que ser todos os prefeitos, vereadores, entidades, todos unidos. Essa apresentação aqui é para a gente ganhar soldados por um exército. Que dessa forma a gente convença o governador Rui Costa, que tem sido uma presença constante em nossa região”, disse, sobre a primeira instância antes do pleito chegar à Assembleia Legislativa.

A primeira discussão deste recomeço contou com a parceria da AMURC (Associação dos Municípios do Sul, Extremo-sul e Sudoeste), representada pelo secretário executivo, Luciano Veiga; e da ACSULBA (Associação de Câmaras do Sul da Bahia), com a presença do diretor e ex-vereador ilheense Joabs Ribeiro.


“Grande caminhada”
Veiga apresentou linhas gerais do que se pretende buscar, sempre destacando elementos considerados cruciais para ver legitimada uma Região Metropolitana que tenha a cara da região, e não algo vindo “de cima para baixo”. Entre tais pontos estruturantes, aeroportos, institutos de educação, policlínica, universidades e associações sólidas.

Uma das especificidades a defender é um apoio para os municípios circunvizinhos às 13 cidades componentes da pretensa Região Metropolitana – hoje com 600 mil habitantes. “Estamos rediscutindo e trazendo um nivelamento, trazendo à tona o que foi discutido até agora e qual é a pretensão do que queremos. É um trabalho que será modelado e apresentado ao governo do estado. Agradecemos o apoio da Câmara de Vereadores, para darmos esse primeiro passo de uma grande caminhada”, sintetizou.

Por sua vez, o advogado Joabs Ribeiro criticou a forma como ocorre o planejamento nos municípios sul-baianos, confessou esperar a continuidade do movimento ora iniciado e ressalvou: “Não entender a importância do cacau é dar um chute na história”.


Ação conjunta
Representando o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre (PSD), o secretário de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, Jerbson Moraes, reiterou que a cidade está aberta a ser parceira da causa e, inclusive, propôs que a próxima reunião sobre o mesmo tema ocorra lá. “Nossa região, que viveu muito tempo exclusivamente do cacau, sente a necessidade de ampliar as políticas públicas com relação a interesses comuns dos municípios. Se estivermos unidos, o custo dos investimentos pode ser bem menor”, reforçou.

Ex-presidente e hoje um dos diretores da Associação Comercial de Ilhéus, Nilton Cruz recorreu a números para lamentar a linha decrescente que a economia local seguiu. “No passado, o PIB da região chegou a mais de 60%. Nós construímos a Bahia e hoje temos 1,5%. Nossas cidades se completam; tem que parar com esse negócio de bairrismo”, assinalou.

O tom de comparação também permeou a fala do prefeito de Buerarema, Vinícius Ibrann (PSDB), que defendeu a ação conjunta para reerguer esta parte do estado. “Infelizmente, não pude acompanhar quando o cacau manteve todo o progresso da Bahia durante décadas. Mas, na história recente, só consigo compreender nossa região definhando. Temos que nos apegar a projetos inovadores, porque tudo que a gente tem vivido não está dando certo”, conclamou.


“Depende de nós”
Em nome do prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, o procurador Luiz Fernando Guarnieri ressaltou o quanto é pertinente a discussão sobre criação da Região Metropolitana ter como norte a valorização, o desenvolvimento socioeconômico. “A partir do momento que nós consigamos minimizar essas vaidades regionais e pensar na região como um todo, direcionar as ações com um único viés de interesse, vamos conseguir desenvolver a região”, arrematou.

Subcomandante da Polícia Rodoviária Estadual, o Capitão Encarnação fez uma analogia entre o novo recorte da Bahia e a Polícia Militar, atualmente com mais comandos. “Acredito que é exitoso esse formato e a participação popular deve ser efetiva. Até os turistas cobram investimentos nesse sentido, por ver recursos naturais notórios na região. Já temos muito em recursos naturais; só depende de nós”, opinou.
A reunião contou com a presença de advogados; assessores parlamentares; atores; dirigentes partidários; jornalistas; vereadores e ex-vereadores; professores; servidores públicos, sindicalistas, taxistas, além de vários outros profissionais liberais.

Para concluir, devemos citar o presidente da subseção itabunense da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Edmilton Carneiro. Ele evidenciou riquezas para referendar a Região Metropolitana do Sul da Bahia: a Mata Atlântica, a proximidade com “o litoral mais bonito do Brasil” e o cacau. “Nós temos tesouros a explorar; não existe avião sem asa, Piu-piu sem Frajola, Ilhéus sem Itabuna. Precisamos de, no mínimo, união pra colocar os projetos em dia”, poetizou.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.