Chocolate é comida de boi

Domingos Matos, 12/07/2017 | 07:52

Por Walmir Rosário

Calma, gente, isso acontece lá na Austrália, onde o chocolate serve como iguaria e tranquilizante para os animais da raçaWagyu (japonesa), que são transformados em kobe beef, uma das carnes mais saborosas do mundo. E como tudo tem seu preço, um quilo dessa carne é vendida em todo mundo pelo preço de arrobas que conseguimos vender por aqui.

Ao tomar conhecimento dessa notícia,pensei logo nos benefícios que poderiam trazer à cultura do cacau, com esse incentivo ao consumo do conhecido manjar dos deuses. Já imaginaram quanto embolsariam a mais os nossos produtores exportando mais cacau? Marketing a Canavieiras é o que não falta e teríamos como símbolo a fazenda Cubículo, primeira plantação de cacau da Bahia.

Mas ao relembrar as propostas de aumento da produção de cacau através da elevação do consumo, logo me aquietei pensando no histórico dessas tentativas anos a fio pelo antigo Conselho Consultivo dos Produtores de Cacau (CCPC), que trocou o C de Consultivo pelo N de Nacional.

Ainda recordo das visitas de nossos conselheiros à China, que tinha como missão fazer com que apenas 10% dos chineses tomassem apenas uma pequena xícara diária de chocolate. Entre idas e vindas, a verdade é que se passeou muito e não conseguiram trocar o sagrado chá dos chineses pelo nosso cacau.

Uma lição caseira também me chama a atenção, que seria a introdução do chocolate na merenda escolar, com pioneiras tentativas, todas infrutíferas e de redundante fracasso. Não o porquê, mas a verdade é que essa ideia nunca foi transformada numa política pública, e não cabe a esse pobre escrevinhador pesquisar. É o papel dos cacauicultores.

Longe de mim afirmar – em alto e bom som – que a atitude do pecuarista australiano não irá produzir resultados positivos para o cacau. Também não vou sair por aí recomendando a introdução dessa nobre dieta aos pecuaristas brasileiros. Cabe-me apenas mostrar o que está sendo feito em terras distantes aos nossos patrícios. E vale a pena tomar conhecimento.

Antes de mais delongas, vale explicar que o kobe beef é considerada sinônimo de maciez, com gordura marmorizada e sabor inconfundível, que combina com o paladar dos consumidores que pagam em dólares e euros. Afinal, esses animais recebem um tratamento de luxo e carinho, sem falar da alimentação especial que recebem. Nada mais justo.

Tudo é uma questão de valor e disposição de pagar, como diriam os economistas para explicar a disposição desse seleto grupo de exigentes consumidores. De olho nessa demanda, o pecuarista Scott de Bruin, do Sul da Austrália, passou a investir na alimentação desses bovinos, oferecendo grãos especiais e frutas como maçãs.

Para agregar mais valor ao seu produto, Scott também passou a incluir o nosso chocolate na dieta do rebanho Wagyu, com a finalidade de aumentar as calorias consumidas. Com isso, conseguiu – segundo ele – a elevar o marmoreio da carne, tornando o kobe beef do seu rebanho ainda mais especial e de preço alto.

Acreditem que é a mais pura verdade. O pecuarista australiano consegue servir essa dieta composta por grãos, frutas e chocolate a todo o seu rebanho, formado por 7,5 mil cabeças, quando eles atingem os 30 meses. Ao sentir o cheiro do chocolate, as rezes se aproximam e comem à vontade (acredito que lambendo os beiços, como se diz popularmente).

Para o fazendeiro australiano, o consumo do chocolate faz com que o seu rebanho fique bem alimentado e mais feliz, transferindo esse bem-estar à qualidade e ao sabor da carne. A qualidade do tratamento a esses animais não se restringe ao chocolate e eles também ganham sessões de massagens, acupuntura, ouvem música clássica e dormem em tapetes térmicos, para que não sofram estresse. Um luxo!

Pelos meus parcos conhecimentos da pecuária, não sei se o chocolate é o elixir da felicidade para os nobres animais da raça Wagyu do Sul da Austrália, mas de cátedra, posso assegurar que no Brasil não merece confiança o chocolate por aqui consumido. Com raríssimas exceções, oriundas de fabricação caseira (artesanal) e pequenas fábricas.

Cada um tem o sonho de consumo que merece.

_____________

Walmir Rosário é radialista, jornalista e advogado

Fundador da maior comunidade sobre chocolate do mundo estará no Festival em Ilhéus

Domingos Matos, 11/07/2017 | 00:00

Durante a nona edição do Festival Internacional do Chocolate e Cacau – Chocolat Bahia, que acontece de 20 a 23 de julho em Ilhéus, especialistas internacionais ministrarão palestras gratuitas sobre diversos aspectos do setor. 

O passado, presente e futuro do chocolate artesanal será o tema abordado pelo escritor norte americano Clay Gordon, autor do livro Descubra o chocolate: o guia final de compra, degustação e aproveitamento de chocolate fino (em livre tradução). Gordon também é fundador da TheChocolateLife.com, maior comunidade focada exclusivamente no chocolate no mundo.

Os indianos radicados nos Estados Unidos Andal Balu e Mannarsamy Balasubramanian apresentarão tecnologias para processamento do cacau e produção de chocolate artesanal a partir da amêndoa. O casal é proprietário da indústria CocoaTown, em Atlanta, que projeta, fabrica e distribui uma linha de equipamentos compactos para ajudar pequenos produtores a fazer chocolate gourmet bean to bar (do grão à barra). Já a portuguesa Goretti Silva, professora de Turismo e proprietária da empresa Na Rota do Chocolate, na região de Viana do Castelo, em Portugal, trará o tema Turismo associado ao chocolate.

Todas as palestras serão realizadas no Centro de Convenções de Ilhéus, a partir das 16h do dia 22, durante o Chocoday, parte da programação do Chocolat Bahia - 9º Festival Internacional do Chocolate e Cacau. A entrada é gratuita.

Conjunto Penal de Itabuna realiza Feira de Saúde

Domingos Matos, 07/07/2017 | 13:13

Será realizada, na segunda-feira (10), uma feira de saúde no Conjunto Penal de Itabuna (CPI). O evento, em sua segunda edição, é promovido pela Socializa Brasil, empresa que administra a unidade prisional em regime de cogestão com o Governo do Estado, através da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap).

Por meio de parcerias com profissionais médicos, clínicas e ONGs, serão oferecidos, aos internos e internas, atendimentos médicos, palestras educativas e ações preventivas. Diversas especialidades serão contempladas, entre elas clínica geral, ortopedia, odontologia, oftalmologia e nutrição.

Além de atendimentos e consultas nessas especialidades, o Grupo de Apoio e Prevenção à Aids (Gapa), fará oficinas de prevenção e realizará o teste rápido para detecção do HIV. Também serão realizados exames de acuidade visual e teste para detecção da tuberculose.

A II Feira de Saúde do Conjunto Penal de Itabuna é um complemento aos serviços já oferecidos diariamente aos custodiados no CPI. A ideia é reunir num mesmo espaço um grande público, que além de receber atendimentos, será multiplicador das informações de prevenção, tanto junto a outros internos quanto a seus familiares.

No dia a dia, são realizadas dezenas de consultas com clínicos-gerais e outras especialidades, a exemplo de Psiquiatria e Odontologia – incluindo cirurgia buco-maxilar –, além de Psicologia, todas com suporte da Assistência Social, que conta com seis profissionais.

A expectativa é também estender diversos serviços ao público externo, especialmente às visitas e funcionários, que receberão, ao longo da semana, materiais educativos com dicas e orientações para prevenção de doenças e cuidados com a saúde.

A Feira de Saúde também terá eventos dedicados à saúde da mulher e orientações para o acompanhamento das gestações pelas internas grávidas. Atualmente o Conjunto Penal de Itabuna possui cinco mulheres com gravidez confirmada. A equipe de Enfermagem faz o acompanhamento pré-natal com consultas mensais – na rede pública recomenda-se pelo menos seis ao longo da gravidez, o que é, normalmente, usado como número máximo de consultas.

Via Secom

Canavieiras: Rui inaugura obras e entrega equipamentos para pescadores e marisqueiros

Domingos Matos, 07/07/2017 | 11:29

Neste domingo (dia 9), o governador Rui Costa estará no Canavieiras, no sul do estado, onde participa, a partir das 9h, das festividades em comemoração ao padroeiro do município, São Boaventura. Além disso, ele inaugura obras e entrega equipamentos para trabalhadores da região. Serão inaugurados as reformas do Aeródromo Sócrates Resende e do Posto Rodoviário.

O governador fará ainda a entrega 40 barracas para a Associação dos Produtores Rurais da Região de Canavieiras, além de equipamentos de pesca, mariscagem, salvatagem e beneficiamento de mariscos para 450 pescadores e marisqueiros das reservas extrativistas. Rui também vai assinar a autorização para a Companhia Engenharia Rural da Bahia (Cerb) a realizar estudos hidrogeológicos, visando elaboração de projetos para perfuração de quatro poços na cidade.

Campanha do Hiper Itão distribui mais de R$ 160 mil em prêmios

Primeiro Renault Sandero 0Km da promoção foi entregue nesta quarta (5)

Domingos Matos, 06/07/2017 | 21:04

A Rede de Supermercados Itão distribuirá mais de R$ 160 mil em prêmios durante o 4º PromoItão, com o sorteio de 100 vales-compras e 3 carros 0Km. Nesta quarta (5), Averaldo Santana Barbosa, de Ibicaraí, no sul da Bahia, recebeu a chave do Renault Sandero Expression sorteado em 14 de junho. Rodinei Marikson, gerente do Hiper Itão do Centro Comercial, e representantes de empresas parceiras fizeram a entrega do veículo.

O Sandero foi sorteado no Hiper Itão de Ilhéus. “Estava planejando comprar um carro agora, quando recebi essa notícia”, afirma Averaldo. Ele já planejou a primeira viagem a bordo do Sandero. “Vou para Bom Jesus da Lapa. Viajo para lá quase todos os anos”. A viagem tem data marcada, segundo ele: 2 de agosto.

O supervisor comercial da Rede Itão, Josival Nascimento, também participou do ato de entrega do veículo. Segundo o supervisor, a campanha tem amplitude regional e os resultados a cada sorteio surpreendem. “Temos obtidos resultados fantásticos tanto em número de cupons como na adesão de clientes”, afirma.

Credibilidade

A ação promocional tem a participação de empresas parceiras do Itão. Isaías Neto, supervisor de vendas da Yoki, aponta a imagem da rede de supermercados como um dos fatores que levam a Yoki a participar das campanhas. “O Itão tem credibilidade muito grande em toda a região e em nível nacional. A Nielsen, por exemplo, usa a rede como medição [para aferir consumo]. O Itão é comprometido com o que faz, com o público e o atendimento”.

Arlete Oldenburg, da Mili, também ressalta a imagem da empresa. “Conseguimos crescer com as campanhas do Itão, rede que é grande parceira e empresa séria”. Para Bruno Mariano, da Itaipava/Grupo Petrópolis, as campanhas revelam a força do Itão.

O supervisor regional Maurecy Araújo, da Mauricéa, diz que a participação na campanha representa “o fortalecimento das duas marcas”. Marcos Almeida Júnior, Master e Chocosul, lembra que a relação das duas marcas com a rede de supermercados tem mais de 20 anos, sendo três deles com a Master Distribuidora. “O Itão, para nós, é certeza de visibilidade, uma grande vitrine”, pontua.

A campanha

O 4º PromoItão já sorteou 50 vales-compras de R$ 500,00 cada um e o primeiro dos três veículos 0km. De julho a novembro, serão sorteados mais 50 vales-compras – 10 deles a cada mês. Em dezembro, a rede sorteará dois Renault Sandero Expression 0km. Todos os cupons depositados em urnas das lojas da rede em Ilhéus e em Itabuna desde o início do ano concorrem aos sorteios mensais.

Uesc divulga nota esclarecendo decisão do TCE

Domingos Matos, 05/07/2017 | 10:37

A Reitoria da Universidade Estadual de Santa Cruz divulgou Nota a respeito da decisão do TCE, que rejeitou as contas de dois ex-reitores, imputando sanções a ambos, em julgamento ocorrido no dia 28 de junho.

NOTA

A título de esclarecimento, em respeito aos ex-Reitores da UESC Renée Albagli Nogueira e Antonio Joaquim Bastos da Silva, esclarecemos à Comunidade que da Decisão do Tribunal de Contas do Estado da Bahia nos autos do Processo nº TCE/003662/2006, no ticiada pela Imprensa Regional, ainda cabe recurso.

Trata-se do Convênio nº 049/2003 firmado entre esta Universidade e a Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC), com interveniência do Instituto Anísio Teixeira, cuja prestação de contas foi feita a o citado Instituto, que, sabe-se agora, por razão que desconhecemos, deixou de encaminhá-la ao Tribunal de Contas do Estado no bojo da prestação de contas da Secretaria da Educação, resultando no julgamento do TCE do dia 28/06/2017.

Certamente, com Recurso de Apelação a ser formulado junto àquela Corte de Contas pelos ex-gestores, a decisão será revertida

Publicada em 30.06.2017

Fórum de Gestores discute violência escolar

Domingos Matos, 05/07/2017 | 10:29

O Núcleo Regional de Educação – NTE 5, realiza nesta quarta-feira o 1º. Fórum de Gestores. O evento, que acontece das 8 às 18 horas no Colégio Modelo Luis Eduardo Magalhães, em Itabuna, tem como tema “Violência Escolar: Políticas Públicas e práticas educativas para o ensino básico”.

O fórum reúne gestores e educadores, além de representantes da comunidade.

Ele fez de novo

Domingos Matos, 04/07/2017 | 21:54
Editado em 05/07/2017 | 08:02

Nas suas andanças pelo sul da Bahia, semana passada, o governador Rui Costa teve dezenas de compromissos, todos documentados por sua eficiente assessoria. Um desses foi a assinatura do convênio de R$ 5 milhões do Programa Bahia Produtiva com agricultores familiares da região. Não é pouca coisa, um convênio desses. O que causou estranheza foi, justamente, o espaço dedicado pela assessoria de Rui a esse evento tão importante: um parágrafo, num texto sobre a visita que fez ao novo Hospital Regional. O evento ocorreu no auditório do Escritório da Ceplac, em Ilhéus.

Numa perspectiva totalmente oposta, a Ceplac - que cedeu o auditório - publicou em sua página um textão, louvando a participação do seu superintendente regional, as reivinsdicações que fez, abusando de fotos suas com o governador e até resgatando uma do passado, com Wagner, para provar sabe-se lá o quê. Padrão neo-petista, em alta por essas bandas.

Eis, então, a solução do mistério que intriga quem lê os dois informes: algum assessor mais atento - ou o próprio governador - percebeu a tentativa de apropriação, pelo "super-hiper", do evento do governador e evitou maiores destaques. Uma pena, por um lado. Um assunto tão importante, morreu empanzinado pelo excesso de fome de um ególotra.

Em tempo, eis o parágrafo definitivo dado pela Secom a respeito do evento:

"Ainda em Ilhéus, Rui assinou convênio do Bahia Produtiva, no valor de mais de R$ 5 milhões, e entregou um caminhão frigorífico para a Associação Territorial de Agroecologia dos Povos da Cabruca e da Mata Atlântica (Teia). O objetivo do programa é financiar projetos de inclusão produtiva e acesso ao mercado, socioambientais, de abastecimento de água e esgotamento sanitário, de interesse das comunidades mais pobres da Bahia, nos 27 Territórios de Identidade do Estado."

Grupo arrecada cobertores e agasalhos para vítimas do frio em Itabuna

Domingos Matos, 04/07/2017 | 21:33

O grupo `Quem tem frio tem pressa` está arrecadando cobertores e agasalhos para as doar às pessoas que vivem em situação de rua em Itabuna e que estão sofrendo com as baixas temperaturas.

Na cidade, dezenas de pessoas dormem em praças ou nas marquises de lojas e precisam de apoio para enfrentar um dos invernos mais rigorosos dos últimos anos no Sul da Bahia.

As doações podem ser feitas através dos telefones (whatsapp) 73- 98864 5161 (Carol), 73- 99142 3498 (Roberta Oliveira) e 73-98874 4564.

Faça sua doação. Um gesto solidário vai levar calor e um pouco de conforto a quem precisa.

Novos convertidos

Domingos Matos, 30/06/2017 | 00:13
Editado em 30/06/2017 | 00:29

Por Domingos Matos

Quem é protestante sabe. Mesmo quem não o seja, mas que se preocupe minimamente em observar a vida ao seu redor, ao se deparar com um chamado “evangélico” trajando vistosos ternos e portando um exemplar da Bíblia Sagrada em tamanho desproporcional à idade/acuidade visual, logo imagina: “eis um novo crente”. Como tudo que é novo tende ao extrapolo, da conversão religiosa ao namoro, a conversão política também salta aos olhos pelo exagero típico.

Isso pode ser comprovado na visita que o governador Rui Costa fez a Ilhéus e Itabuna. Na Terra de Gabriela, aonde primeiro chegou para vistoriar a ponte e entregar obras e convênios, foi recebido por uma típica comitiva de novos convertidos. À frente da missão, gravata vermelha, ninguém reconheceria o prefeito de Itabuna, fernando Gomes, se não soubesse – ou deduzisse – de sua condição de neo petista.

Prudentes dirão que é “apenas” um novo costista, um adepto do governador Rui Costa, dependente que sempre foi de governadores estaduais em seus infindáveis mandatos como prefeito de Itabuna. Mas aquela gravata vermelha não era sem motivo. Não demora será filiado – por Salvador – no Partido dos Trabalhadores.

Para reforçar esse entendimento, outro sinal, pouco discreto, emitido pela figura mais emblemática da direita itabunense – visto que Fernando tem esse lado governista que não lhe confere uma identidade ideológica permanente – Maria Alice Pereira ostentava um conjunto vermelho.  Vermelho mesmo, como muitos petistas nem vestem, justo por serem petistas, e não neo petistas. Claro, era para afirmar nas imagens, que sabia que circulariam pelas redes, a sua disposição à futura filiação. Mera formalidade, já que se considera petista (de Salvador) de primeira hora.

(Mas esse blogueiro se orgulha – humildemente – de ter feito a melhor sequência de imagens para traduzir tudo o que vai escrito até aqui. Elas podem ser conferidas ao final do texto).

Não se sabe, pela impossibilidade natural, se Deus fica contente com os novos convertidos na medida dos exageros que esses cometem, ou se prefere o low profile dos crentes antigos. Mas, em termos mundanos e políticos, esses novos fieis foram um regozijo para o líder. Tanto que Rui Costa confirmou publicamente o que muitos acreditavam ser um blefe fernandiano, como tantos outros até confessados pelo próprio: o governador vai participar do aniversário do prefeito, nessa sexta-feira.

O “culto” da quinta-feira (28) em Ilhéus teve esse enredo, senhores. Uma romaria, novos convertidos louvando fervorosamente e comportando-se de maneira exagerada na adulação. Porém, tudo movido por um sentimento nada ecumênico e pouco recomendável para espíritos superiores, como diria o papa do ateísmo (Nietzsche): a vingança.

Irmandade mais volátil, impossível.

_____________

Domingos Matos é jornalista e blogueiro, editor de O Trombone

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.