Parceria Socializa/SRS garante projeto Liberdade Sustentável no CPVC

Domingos Matos, 27/03/2017 | 10:39
Editado em 27/03/2017 | 10:33

A Socializa – Novo Sistema Prisional, empresa que faz administração do Conjunto Penal de Vitória da Conquista em sistema de cogestão com o Governo do Estado, implantou, este mês, mais um polo do projeto Liberdade Sustentável. A implantação é resultado de uma parceria com a Superintendência de Ressocialização Sustentável (SRS) da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (SEAP), que cedeu máquinas de costura.

A demanda do Projeto Liberdade Sustentável – onde se inserem os módulos de Corte e Costura: vestuário e modelagem; Fabricação de Chinelos tipo havaianas; e serigrafia – surgiu a partir do conceito de sustentabilidade da unidade prisional. O objetivo é proporcionar a formação profissional dos reeducandos, visando à emancipação socioeconômica e à construção da cidadania no regresso ao convívio social.

Durante a implantação foi observado que alguns reeducandos já possuem algum conhecimento em atividades na área de corte e costura, de modo intuitivo, necessitando de qualificação profissional a fim de aprimorar seus conhecimentos técnicos. Esse nivelamento será proporcionado pelo Projeto Liberdade Sustentável, o que possibilitará a todos o exercício de atividades profissionais plenas no momento em que forem reinseridos na sociedade.

Itabuna

O projeto Liberdade Sustentável encontra-se em plena atividade no Conjunto Penal de Itabuna (CPI), também administrado pela Socializa, onde a unidade já se autossustenta em relação ao fardamentos (uniformes dos internos e chinelos).

No CPI, o projeto está mais avançado, possibilitando aos reeducandos a confecção inclusive de outros tipos de vestuário, como fardamento da cozinha, pessoal da limpeza e corpo técnico, iniciando o fardamento dos agentes de disciplina. Uma turma já foi, inclusive, certificada com cerimônia de formatura aberta aos familiares.

A filha da lavadeira e o anel de formatura

Domingos Matos, 27/03/2017 | 10:21

Do Blog do Thame

Uma solenidade de formatura da Unopar Itabuna, na sexta, foi marcada por momento de grande emoção. Durante o Culto de Ação de Graças, Thyara Andrade,  que se graduou em Serviço Social, fez questão de prestar uma homenagem à mãe, dona Cecília,  de 77 anos.

Lavadeira durante 40 anos, dona Cecília criou os sete filhos com seu trabalho árduo e digno. “Mãe, o amor por seus filhos foi maior do que a dor e o sofrimento. Obrigada pelo cuidado, amor e dedicação. Valeu a pena cada gota de suor derramada. Nenhuma delas foi em vão. Te amo”, disse Thyara, a primeira da família a concluir um curso de nível superior.

Durante a homenagem, dona Cecília recebeu uma trouxa de roupas, que simbolizava sua luta na criação dos filhos.

Dentro, estava o Anel de Formatura de Thyara.

Vereador vai convocar ex-secretário da Saúde para explicar carta-delação

Domingos Matos, 24/03/2017 | 23:24

Deu no Pimenta

O presidente da Comissão de Saúde, vereador Enderson Guinho (PDT), quer que seja ouvido, na Câmara, o ex-secretário de Saúde de Itabuna Vitor Lavinsky. Em carta aberta, Lavinsky fez críticas ao prefeito Fernando Gomes (DEM), citando “propostas indecentes” e afirmava não abrir mão da “transparência e da honestidade”.

Enderson disse querer, com a convocação de Lavinsky, esclarecer pontos da carta. “Nela, há termos fortes como propostas indecentes, jogadas sujas e mumunhas políticas”, frisou Guinho. Entre os significados dicionarizados de mumunha, constam negócio ilícito e corrupção. “A presença dele na Casa seria de muita valia para a cidade”.

Na sessão ordinária da quarta (22), vereadores como Jairo Araújo, Antônio Cavalcante, Ricardo Xavier endossaram a importância de ouvir Lavinsky. Ainda na sessão, foram tratados temas como abandono de postos de saúde e o fim do atendimento psiquiátrico no Hospital de Base. De acordo com a médica Célia Kalil, que usou a Tribuna Popular, o setor de psiquiatria itabunense atendia, por ano, 20 mil pacientes.

Antes, O Trombone havia publicado: A lava-jato, o caso Ilheus e a saida de Vitor do Amor (...)"Uma delação informal, não há dúvidas. Resta saber quem se interessa por ela."

Parece que o vereador Enderson Guinho se interessou, como afirma o Pimenta. Observemos o interesse desse interesse.

Barragem do Rio Colônia tem 75%  das obras concluídas

Domingos Matos, 24/03/2017 | 09:21

Essencial para garantir o abastecimento de água para os carca de 220 habitantes de  Itabuna e proporcionar a atração de novos empreendimentos, a Barragem do Rio Colônia, que está sendo executada pela Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs) e Embasa, através do Consórcio Rio Colônia, com recursos do Governo da Bahia e do Governo Federal, está com 75% das obras de estrutura concluídas.

A barragem terá um reservatório de 63 milhões de metros cúbicos, com uma área alagada de 1.322 hectares, uma altura de 21,4 metros, e um volume de 35 mil metros cúbicos de concreto, formando um espelho d’água de 25 quilômetros quadrados. Além de normalizar o abastecimento de água numa região que nos últimos dois anos enfrentou racionamento por conta da longa estiagem, a obra vai contribuir para a revitalização do Rio Cachoeira, que corta Itabuna e tem sua foz em Ilhéus, permitindo o controle da vazão em períodos de seca e de chuvas torrenciais.

O investimento  total é de R$ 108 milhões e além da construção da barragem, que tem previsão de conclusão ainda no primeiro semestre de 2017, inclui a construção de uma estradas no entorno, entre Itapé e Itaju do Colônia, e novas redes de energia elétrica. A população de Itapé, de cerca de 12 mil habitantes, também será beneficiada com a construção da barragem.

Fotos: Dante Gois/Divulgação

Competidores chegam para o 1º Torneio de Kettlebell Sport do Sul da Bahia

Domingos Matos, 23/03/2017 | 00:27

Os primeiros competidores inscritos no 1º Torneio de Kettlebell Sport do Sul da Bahia começam a chegar em Canavieiras a partir da tarde desta quinta-feira (23). Dentre eles estão Fátima Silva e sua filha Lara, que integram a equipe de atletas da L3 Fun Training, liderada pelo treinador Fábio Leal.

Serão duas equipes de Salvador disputando o 1º Torneio Brutal de Kettlebell Sport, que reúnem os atletas mais experientes nesse esporte no estado e virão a Canavieiras determinados a baterem suas marcas e trocar experiências com os atletas da cidade.

Maior equipe - O treinador Fábio Leal está à frente da maior equipe de kettlebell da Bahia, a L3 Fun Training, com 20 atletas, e será a 2ª equipe em número de inscritos no Torneio Brutal de Kettlebell Sport, perdendo apenas para atletas da cidade anfitriã, Canavieiras.

No final de 2016 ele levou uma equipe de 3 atletas para disputar o 1º GP Brasil do campeonato mundial de Kettlebell Sport da WAKSC @wkgpsbrasil realizado em Curitiba, trazendo 4 medalhas de ouro para a Bahia. Além do treinamento de atletas, ele organizou em setembro último o campeonato L3 de kettlebell Lifting em Salvador, que contou com o número recorde de atletas inscritos em uma competição no estado até então, 42.

Dentre os atletas dessa equipe soteropolitana, destaque para os recordes alcançados por Fábio Leal, Fátima Silva e Lara Guimarães, que o maior número de campeonatos disputados e participaram da etapa Brasil do campeonato mundial de kettlebell.

Leia mais no Pimenta

A lava-jato, o caso Ilhéus e a saída de Vítor do Amor

Domingos Matos, 23/03/2017 | 00:06
Editado em 23/03/2017 | 00:15

Há uma relação direta entre o que ocorre no Brasil, com a chamada Operação Lava-jato, as prisões dessa terça-feira (21) em Ilhéus e o pedido de boné do secretário da Saúde de Itabuna, Vítor do Amor. Sinal dos tempos.

A relação entre a Lava-jato e o caso de Ilhéus é evidente: inspiração. O Ministério Público Estadual imitou o que fazem o MPF e a PGR na famosa operação nascida na 13ª Vara Federal de Curitiba.

O que fica mais no campo da especulação é o caso do ex-secretário da Saúde de Itabuna.

Será que quando convidado, o tio, Jaime do Amor - conhecido negociante ligado ao prefeito Fernando Gomes - não chegou a dizer quem era o futuro chefe? Seu modo de agir. A já folclórica forma de tratamento de seus subordinados... E sobre os pedidos “fora dos preceitos da legalidade”, nada?

Claro que há relação.

Um dia após a prisão de agentes públicos e políticos, sob suspeita de corrupção, numa cidade vizinha, de mesmo porte, acaba sendo um alerta.

Mas interessante mesmo é um representante do primeiro escalão de uma prefeitura como a de Itabuna dizer que recebia pedidos estranhos. Logo numa secretaria com o orçamento que a Saúde tem. Não dá para desconsiderar.

Uma delação informal, não há dúvidas. Resta saber quem se interessa por ela.

Nazal defende mais união dos municípios para consolidar desenvolvimento regional

Domingos Matos, 23/03/2017 | 00:01

Ao participar do lançamento do Programa Líder, iniciativa do Sebrae e da Frente Nacional dos Prefeitos, em parceria com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e Associação Brasileira dos Municípios (ABM), o vice-prefeito de Ilhéus e secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, José Nazal, defendeu a importância de mais união entre os municípios que integram o Território Litoral Sul na busca pela consolidação do desenvolvimento regional.

Ilhéus foi a primeira cidade do interior baiano a conhecer o programa e, de acordo com o superintendente do Sebrae Bahia, Adhvam Furtado, essa conquista se dá graças ao potencial, a organização e a importância econômica que a região tem. Nazal participou do lançamento ao lado de lideranças públicas, privadas e representantes do terceiro setor da região sul da Bahia. Estiveram presentes também os secretários Paulo Sérgio dos Santos (Indústria e Comércio) e Alcides Kruschewsky (Comunicação).

Estratégia coletiva - O objetivo do Programa Líder, segundo a gerente regional do Sebrae, Claudiana Figueiredo, é pensar estrategicamente o desenvolvimento sustentável da região, através do estabelecimento de uma aliança que faça convergir interesses de todos nas prioridades identificadas na área em sinergia com as políticas de Estado e do Governo Federal.

Durante o lançamento, que aconteceu ontem (21), no auditório do Hotel Aldeia da Praia, litoral sul de Ilhéus, o vice-prefeito José Nazal destacou ainda que o Território Litoral Sul é composto por 26 municípios, mas metade da população se concentra em Ilhéus e Itabuna, municípios que também detém “muito mais da metade da receita”.

No entanto, destacou Nazal, os dois maiores municípios regionais pouco participam dos debates e não integram sequer o Consórcio da Associação dos Municípios do Sul, Extremo-Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc). “A região passa pela necessidade de os políticos, governantes e das pessoas em geral, se despirem da vaidade pessoal e pensar conjuntamente o processo de desenvolvimento regional focado em iniciativas de desenvolvimento coletivo e de sustentabilidade”, afirmou.

UFSB chama estudantes para Inscrição Especial em Componentes Curriculares em vagas não preenchidas

Domingos Matos, 22/03/2017 | 23:55

A UFSB publicou Edital para Inscrição Especial em Componentes Curriculares (CCs) em vagas não preenchidas. A Inscrição Especial em CCs é uma oferta de estudos ao público interessado, visando o preenchimento das vagas não ocupadas no quadrimestre 2017.1 pelos estudantes regularmente matriculados na UFSB.

O estudante em Inscrição Especial fará jus à declaração comprobatória do(s) CC(s) cursado(s), com a respectiva carga horária e nota obtida. Os registros acadêmicos do estudante em Inscrição Especial serão mantidos pela UFSB, inclusive para efeito de aproveitamento curricular em caso de o estudante vir a se tornar discente regular

As inscrições ocorrerão nos dias 27 e 28 de março através de formulário disponível no endereço eletrônico: https://goo.gl/forms/ljNju41R1LwaLcRe2 .

As vagas disponíveis serão preenchidas pelos candidatos na seguinte ordem de classificação:

  1. professoras/es do Ensino Básico;
  2. pessoas vinculadas a instituições parceiras da Universidade;
  3. III. participantes de ações afirmativas e programas de integração social da Universidade;
  4. estudantes regulares de Instituições de Ensino Superior;
  5. portadores de diploma de curso superior;
  6. portadores de diploma de ensino médio ou equivalente.

Para mais informações, acesse: http://www.ufsb.edu.br/editais-2017-2/

Secretário pede pra sair e aponta possíveis irregularidades no governo

Vítor do Amor diz que pedidos "fora dos preceitos da legalidade" motivaram saída

Domingos Matos, 22/03/2017 | 21:55

CARTA ABERTA À POPULAÇÃO DE ITABUNA E À IMPRENSA

Senhoras e Senhores,

Informo que, a partir desta quarta-feira (22), não mais faço parte da equipe de trabalho da Prefeitura Municipal de Itabuna, tendo pedido a minha exoneração do cargo de Secretário de Saúde, durante reunião com a equipe de trabalho, com participação do prefeito desta cidade. Este comunicado visa alguns objetivos, os quais enumero:

1 – Esclarecer que ao atender o convite para assumir a SMS, deixei claro ser um gestor do sistema, portanto, um técnico, sem nenhum envolvimento político e, naquele momento, aceitava a tarefa planejar a recuperação da rede de saúde, que, de acordo com as informações passadas pela autoridade maior do município, precisava de adequações urgentes às necessidades exigidas pela população. Várias foram as reuniões, os contatos, todos deixando claro o objetivo técnico do meu trabalho. As promessas de que não havia envolvimento político partidário foram reforçadas a cada um desses encontros e, como demente à Deus, procurei acreditar;

2 – Ao longo dos primeiros dias de atividade, busquei levantar problemas decorrentes de problemas na gestão passada, que não se adequavam às diretrizes estabelecidas pela atual gestão. Uma das missões, foi trabalhar para as devidas correções, sem a preocupação de publicidade do que estava ou não errado. Naquele momento, muito mais importante que criticar o passado, era pensar no presente e no futuro, pois a cidade carecia de um sistema que pudesse transformar hospitais e postos de saúde, em ambientes propícios ao atendimento das necessidades da população, especialmente a mais carente. Os 32 Postos de Saúde, 12 Unidades de Média e Alta Complexidade e um Hospital Municipal, 3 Centros de Atenção Psicossocial, Odontocentro e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência(Samu), foram alvo da atenção de toda a equipe de trabalho, com levantamento das ações necessárias para oferecer dignidade a população, a exemplo de abertura de processos licitatórios para reformas que, por vezes agradaram, outras, não, mas, que tiveram um objetivo único: recuperar a autoestima da população da cidade em relação a um dos setores mais importantes da vida de Itabuna.

Ao longo dos pouco mais de quase três meses de contato com a cidade de Itabuna e com o seu gestor, comecei a encarar algumas dificuldades, algumas inerentes ao próprio cargo, outras por falta de total visão do prefeito em relação ao que deveria ser uma gestão voltada para os compromissos técnicos. E nesses conflitos que começamos a travar, notei algo que foge totalmente dos meus princípios: a falta de humanização nas relações e de respeito ao próximo.

Apesar de ainda jovem, aprendi que não é com gritos, gestos bruscos, atitudes com único objetivo de menosprezar as pessoas ou propostas indecentes que devemos basear as nossas vidas, especialmente quando o bem público está colocado sob a nossa responsabilidade. Temos, enfim, um compromisso com a população, ávida por dias melhores, insatisfeita com o atendimento em todas as unidades de saúde e, a principal missão de alguém com respaldo moral, é, no mínimo, diminuir esse sofrimento. E isso só pode ocorrer com trabalho, feito à base da honestidade.

A forma sugerida, muitas vezes, fugia ao que mandam os preceitos da legalidade e disso sempre fugi e estarei distante, sempre. Este meu comportamento pode ser atestado em órgãos onde trabalhei – Hospital Geral do Estado(HGE-Salvador), Hospital Roberto Santos(HRS-Salvador), Hospital Albino Leitão(São Sebastião do Passé) e Secretaria de Saúde de São Sebastião do Passé, da qual fui titular durante três anos.

A administração pública, na minha visão, sempre exigiu transparência e honestidade e disso nunca abri mão. Por isso, em todos os órgãos por onde passei, tive o grande mérito de ver as contas avaliadas e aprovadas pelo Tribunal de Contas da União, o que não significou nenhum tipo de favor. Afinal, a obrigação do gestor público, é cuidar do bem da população com total honestidade.

Sou brasileiro e, como tal, estou, a exemplo da população, cansado das “mumunhas” políticas, das jogadas sujas, dos dribles desconcertantes que a população tem encarado, todas dadas por gente que sempre busca o melhor para as suas vidas e sequer se importa com os caminhos sujos que seguem e com as práticas delituosas.

Por fim, agradeço a todos pelo carinho de gente que conheci há pouco tempo, mas entendeu as razões das mudanças que, naquele primeiro momento eram necessárias. Deixo um projeto de trabalho honesto e espero que ele seja levado adiante, ao menos nesse item – honestidade no trato com o dinheiro público.

Ao prefeito municipal, a expectativa de que possa cumprir com fidelidade as suas promessas e oferecer um serviço público de saúde à altura da população itabunense.

Aos veículos de comunicação, o agradecimento pelas notícias, entrevistas, destaques e, confesso ter entendido as cobranças. Os gestores públicos são obrigados a encarar com atenção às críticas que saem desses veículos de massa, pois são interlocutores dos anseios da população.

Obrigado a todos,

Vitor do Amor Santos Lavinsky

Conjunto Penal de Itabuna oferece exames preventivos para internas

Domingos Matos, 22/03/2017 | 00:22
Editado em 22/03/2017 | 00:24

Todas as 66 internas do Conjunto Penal de Itabuna (CPI) estão passando por exames preventivos para câncer de colo de útero e diversas outras doenças ginecológicas. A coleta das amostras de material para exames de citopatologia começou na sexta-feira (17) e seguirá essa semana.

A iniciativa é uma extensão das atividades relacionadas à celebração do Dia da Mulher – 8 de março – e é realizada em parceria com uma clínica particular de Itabuna, da médica Mércia Margotto, que se prontificou a fazer a leitura das lâminas.

A empresa Socializa, que faz a administração do presídio em regime de cogestão com o Estado, arcou com o custo simbólico proposto pela profissional. Esse arranjo foi necessário porque poucas delas possuem a documentação necessária para a realização pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Primeira vez

A receptividade entre a população feminina interna do CPI foi total. Muitas delas nunca haviam feito o exame, como destacou uma delas, de 53 anos. “Só tenho a agradecer. Tenho 53 anos e nunca tinha feito esse exame”, comentou essa interna.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.