SAC Itabuna terá atendimento por hora marcada

Domingos Matos, 16/01/2017 | 14:59

Três postos da Rede SAC, na capital e interior do estado, passarão a contar com atendimento por hora marcada. As unidades instaladas nos shoppings Barra e Bela Vista, em Salvador, e a de Itabuna, na região sul, vão oferecer novos agendamentos todos os dias para emissão de carteiras de identidade, do trabalho e de motorista. O atendimento para estes serviços será no período vespertino e terá início no próximo dia 23, sendo que o agendamento já está disponível. No turno matutino, os três postos continuarão a atender por ordem de chegada.

A iniciativa tem o objetivo de dar maior comodidade aos usuários do SAC, ampliando o atendimento por hora marcada para esses três dos principais serviços oferecidos pela Rede SAC, que passa a contar, agora, com dez postos com atendimento por hora marcada, incluindo as unidades dos shopping Salvador, Paralela e Liberdade, na capital, e as de Lauro de Freitas (RMS), Teixeira de Freitas (extremo sul), Conquista II (sudoeste) e Feira Centro II (centro norte). 
Além do conforto, o cidadão poderá programar suas atividades diárias, sendo beneficiado com mais rapidez e celeridade quando buscar os serviços do SAC. Os interessados em garantir um dos horários agendados já podem acessar o Portal SAC, o aplicativo SAC Mobile, os guichês do atendimento do SAC Fácil nas próprias unidades de atendimento e pelo call center do SAC: 0800 071 5353 (telefone fixo) e 4020-5353 (celular).

O SAC Barra e o SAC Bela Vista funcionam de segunda a sexta-feira, das 9 às 18h, e aos sábados, das 9 às 13h, no piso L1 dos empreendimentos comerciais. A unidade de Itabuna atende de segunda a sexta, das 9 às 18h, no Shopping Jequitibá, situado na Rua Aziz Marrom, s/n, bairro do Góes Calmon. 

Para mais informações sobre os horários de atendimento e toda a documentação necessária destinada a cada um de seus serviços na Rede SAC em todo a Bahia, a Secretaria da Administração do Estado (Saeb) disponibiliza o Portal SAC e os números 0800 071 5353 (telefone fixo) e 4020-5353 (celular).

“RAMON SE MUDOU DA TERRA”

Domingos Matos, 15/01/2017 | 16:29

Por Adroaldo Almeida

No meio da década de 1980 eu cheguei a Itabuna para estudar e trabalhar. Era bancário e sindicalista, mas queria ser escritor. Por revés da sorte, acabei advogado e político, uma lástima. Naquele tempo, transitava na senda da arte entre Buerarema e Ilhéus uma trupe felliniana: Jackson, Betão, Alba, Eva, Gideon, Gal, Delmo, Zé Henrique e, naquela miríade estrelar, ele, claro, RAMON VANE, o mais cênico de todos. A figura de um pintor holandês do século XVII, a recitação de um menestrel medieval e a presença carismática de um franciscano. Um astro rasgando o céu da Mata Atlântica. Nosso Rimbaud trovando no alto da proa de um barco bêbado, singrando os mares e domando as ondas naquela temporada no inferno, atirando poesias contra a estação da ditadura ainda presente.

Eu o encontrava quase todas as noites no curso noturno de Direito da FESPI. Fomos colegas e contemporâneos, nos códigos e na decodificação da Justiça, mas “as leis não bastam, os lírios não nascem da lei”, como aprendemos com Drummond e escrevemos o nome tumulto na pedra.  Era tímido na faculdade, nunca o encontrei no DCE, mas enxergava-o de soslaio num canto da biblioteca do Departamento de Letras, onde ambos acorríamos à procura da consolação na palavra. Porém, como ele sabe agora, jamais encontramos um bálsamo, conforto ou doçura na provisoriedade dessa condenação da existência. Talvez nessa travessia, na eternidade de serafins e cítaras, ele possa declamar todo seu lirismo sem a azáfama e a urgência dos dias terrenos.

Neste domingo acordei com uma mensagem de Gideon Rosa: “Ramon se mudou da terra hoje de madrugada”. Assustado, levantei mudo e pasmo, e essas reminiscências me afloraram durante toda a manhã. Daqui de Itororó, lamentavelmente, não pude ir ao sepultamento, então, mando rápidas e atropeladas letras na ambição de contribuir para desentortar as veredas no seu caminho ao paraíso.

Ramon Vane era um artista, eu me lembro!

Adroaldo Almeida é escritor, advogado e político

Ceplac, UFSB e Uesc debatem na Serin a implantação das redes GigaSul e RNP

Domingos Matos, 14/01/2017 | 09:40

O secretário Josias Gomes, titular da Secretaria de Relações Institucionais (Serin), recebeu em audiência os dirigentes da Ceplac, Juvenal Maynart Cunha, - diretor-geral -, e Jackson Moreira, assessor da área administrativa; o reitor da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Naomar Almeida; o ex-secretário estadual da Educação, Osvaldo Barreto; o pró-reitor de extensão da Uesc, Alessandro Fernandes de Santana; e o professor da mesma instituição, Gesil Sampaio Amarante Segundo.

O objetivo da reunião foi debater a implantação pelo Estado – via Secretaria de Ciência e Tecnologia – da plataforma digital GigaSul, uma internet de alta velocidade, e da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCTI) do governo federal.

“Essa rede veloz de internet beneficiará instituições de ensino e de pesquisa localizadas nos municípios de Ilhéus, Itabuna e Uruçuca, a exemplo da Ceplac, UESC, UFSB, IFs Bahia e Baiano, além do Hospital Regional de Ilhéus e as prefeituras da região” destaca o dirigente da Ceplac.

O secretário Josias Gomes se comprometeu a realizar uma reunião com técnicos de TI das secretarias de Educação, Segurança Pública e Saúde, além da própria SECTI, para formatar uma proposta a ser encaminhada ao governador Rui Costa.

“Trata-se de um grande avanço na prestação de serviços públicos em rede, o que vai ao encontro do que nosso governo já tem realizado. Mas esse é um campo muito vasto e podemos avançar em soluções para atender às demandas da sociedade baiana”, afirma Josias Gomes.

Fortes emoções no Diário Oficial desse sábado

Domingos Matos, 13/01/2017 | 17:52

O Diário Oficial do Estado promete fortíssimas emoções para esse sábado. São aguardadas mudanças em cargos importantes do estado em Itabuna e também no primeiro escalão. Por aqui, a mudança mais significativa deve ocorrer na 5ª Ciretran. Está cotadíssimo para assumir a direção o tenente Gilson Nascimento, coordenador da campanha do Capitão Azevedo, no lugar do advogado Edmundo Tavares.

Já no primeiro escalão, a bola da vez é o grapiúna Vivaldo Mendonça, que tem tudo pra assumir a Secretaria de Ciência e Tecnologia, no lugar do atual Manoel Gomes de Mendonça Neto. Um Mendonça por outro, mas um tem como padrinho o ex-governador Jaques Wagner, hoje presidindo o Conselhão.

Ainda sobre as mudanças no primeiro escalão do governo Rui Costa, outra que está encaminhada é na Sedur: sairia o atual Carlos Martins para dar lugar a Fernando Torres.

Como se vê, o DO desse sábado tem tudo pra ser emocionante.

Estudantes de Itabuna apresentam comidas do Mediterrâneo em festival

Domingos Matos, 13/01/2017 | 17:47

Do Mediterrâneo para o Sul da Bahia. Os estudantes do curso técnico em Nutrição e Dietética do Centro Estadual de Educação Profissional em Biotecnologia e Saúde (CEEP), em Itabuna, participaram, na noite desta quinta-feira (12), no espaço Terceira Via Hall, do VII Festival Gastronômico da unidade de ensino, quando apresentaram pratos voltados para uma alimentação saudável. O tema desta edição foi “Dieta da Longevidade”, e que tem base a Dieta do Mediterrâneo.

A atividade alia teoria e prática com situações que dizem respeito ao futuro exercício profissional dos estudantes e representa, também, a culminância dos projetos desenvolvidos ao longo do ano letivo de 2016. Cada sala ficou responsável em abordar as questões culturais, geográficas e comidas típicas de países como Espanha, Portugal, Marrocos, Albânia, Grécia, Itália e Israel. O cardápio mediterrâneo é rico em frutas, hortaliças, azeite de oliva, vinho, peixe, derivados de leite, ervas especiais e outras especiarias que dão um toque diferenciado aos pratos saudáveis.

Além da culinária, o evento também envolveu a música e apresentações culturais dos países estudados. De acordo com a diretora do CEEP, Josonita Marinho, para a realização do festival, os estudantes fizeram pesquisas sobre os países e aprenderam os cardápios. “Cada turma apresentou um prato típico do país estudado e um corpo de jurados avaliou a criatividade, degustação, grau de dificuldade, decoração, apresentação pessoal e temperatura. Isso é muito bom para os estudantes porque eles colocam em prática tudo o que aprenderam durante as disciplinas do curso, inclusive, a terem uma postura profissional”, destaca a gestora.

A estudante Tawane Wene Sena, 18, participou da apresentação de uma dança tradicional italiana, conhecida como Tarantella e ajudou na montagem de um prato típico do país. “Preparamos um saboroso canelone com espinafre, berinjela e queijo de búfala e foi muito bom porque ficamos em primeiro lugar com a nossa comida”, diz contente.

A colega, Cláudia Tiara Rosa, 28, que também participou da organização do prato típico da Itália, falou sobre a importância da alimentação saudável. “É muito importante aprendermos a adotar uma alimentação saudável e poder comer o que a gente planta, evitando os famosos Fast Food, que são comidas gordurosas. Não queremos oferecer somente pratos saborosos e, sim, comidas que façam bem para a saúde”, esclarece a estudante.

Com nova tarifa, Itabuna Card vale até março

Domingos Matos, 13/01/2017 | 10:47

Com o aumento da passagem de R$ 2,50 para R$ 2,85, a validade do cartão Itabuna Card será até o próximo dia 30 de março. É o que informa a Associação das Empresas de Transportes Urbanos (AETU).

A nova tarifa do transporte coletivo público urbano em Itabuna vigora desde o dia 30 de dezembro de 2016. Com isso, de acordo com a legislação, o dia 30 de março de 2017 é a data-limite para realizar a conversão, na sede da AETU.

Após o dia 30/03/2017 os créditos de vales-transportes existentes com o valor da tarifa anterior serão automaticamente cancelados. A AETU também está divulgando este procedimento mediante avisos e cartazes afixados nos coletivos e em pontos de ônibus. Dúvidas podem ser esclarecidas junto à AETU através do fone (73) 3215 1655, das 7 às 17 horas.”

Proposta de Fernando extingue Fundação Marimbeta

Domingos Matos, 12/01/2017 | 22:26

A proposta do governo Fernando Gomes de transformar a Marimbeta (antigo Sítio do Menor) numa diretoria da Secretaria de Educação provocou insatisfação em vereadores de Itabuna. Eles entendem que a medida, proposta na reforma administrativa do Executivo, pode levar à extinção da fundação. O relator da reforma, vereador Júnior Brandão (PT), defendeu o fortalecimento institucional da Marimbeta com o enxugamento da folha e transparência.    

Dirigindo-se ao Procurador do Município, Luiz Guarnieri, o vereador Ricardo Xavier (PPS) pediu que o prefeito Fernando Gomes “reavalie a situação da Marimbeta.” Servidores da entidade encabeçam a tese de uma representação interina, formada por efetivos, enquanto a reforma tramita no Legislativo. Eles brigam pela autonomia administrativa e financeira do órgão fundacional.   

Na segunda, 16, a secretária Anorina Lima deve explicar aos vereadores as alterações na Marimbeta. Concursados e sindicalistas (Sindserv) manifestaram ao chefe do Legislativo, Chico Reis (PSDB) – presente ao encontro – o temor de que os cargos fiquem sem atribuição se a entidade fechar. A Marimbeta dedica-se a crianças e adolescentes em vulnerabilidade social.

Prefeito visita obras da nova Ponte Ilhéus-Pontal

Domingos Matos, 12/01/2017 | 22:21

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, visitou ontem, 11 de janeiro, as obras da nova ponte que ligará o Centro da cidade ao Pontal e toda a zona sul do município. Estiveram presentes ao encontro o vice-prefeito, José Nazal, o secretário municipal de Governo, Sérgio Souza, o presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, Lukas Paiva, o vereador Eri Bar, além dos gestores da construtora OAS, Marcus Vinicius Holanda Teixeira - gerente operacional, Suzano Menezes - gerente de contratos, e Eduardo Metsu, responsável administrativo-financeiro.

Na oportunidade, representantes da construtora apresentaram o cronograma da programação de trabalho no local. As obras já estão na fase de fundações do lado Norte e, em 90 dias, iniciarão o mesmo processo na parte Sul da nova ponte, na localidade de Nova Brasília. A previsão de conclusão da obra é para o segundo semestre de 2018.

Cerca de 100 profissionais estão envolvidos na obra de construção e, até o momento, nenhum acidente de trabalho foi registrado, motivo de orgulho destacado pelo prefeito Mário Alexandre, que afirmou ser “um trabalho de excelência”. O Prefeito disse ainda que “a ponte Centro-Pontal é um sonho para a cidade de Ilhéus e região”.

Detalhes

A nova ponte facilitará a locomoção das pessoas entre as praias do Sul (Morro de Pernambuco) e as do Norte (praia do Cristo), atraindo investimentos na área do turismo e da indústria, com o fortalecimento da economia local. São 533 metros de comprimento e largura de 25,3 metros, com quatro faixas de rolamento, uma ciclovia e uma faixa exclusiva para pedestres. Também faz parte do conjunto da obra um sistema viário de acesso ao Porto do Malhado, distrito industrial do município e o futuro Porto Sul.

Caracterizada pela sua bela arquitetura, Ilhéus terá a primeira ponte estaiada da Bahia. Trata-se de uma ligação suspensa por cabos de sustentação que partem diretamente de um mastro até o tabuleiro da ponte. É considerado pela engenharia o modelo economicamente viável e a melhor opção para ligações maiores que 150 metros.

PT define posição em relação ao governo de Fernando Gomes

Domingos Matos, 11/01/2017 | 11:17
Editado em 11/01/2017 | 11:23

Da Fanpage do PT no Facebook:

Após reunião na ultima terça-feira (10), o Partido dos Trabalhadores em Itabuna decidiu oficializar sua posição de fiscalização e oposição responsável ao atual governo municipal do prefeito (sub-júdice) Fernando Gomes (DEM). A oposição será firme e responsável, porém, respeitando o que considerar de interesse do município, segundo a resolução aprovada na reunião.

O Partido entendeu que, considerando o histórico das últimas gestões administradas pelo atual prefeito, a falta de compromisso com a coisa pública que sempre protagonizou, além dos primeiros movimentos do novo governo, em que se evidenciou a prática de nepotismo, entre outros atos condenáveis, não haveria possibilidade de conciliação dos projetos políticos.

A resolução também veta participação, ainda que de forma individual, de qualquer filiado do partido no governo Fernando Gomes. “A resolução define, porém, que do ponto de vista institucional, o PT de Itabuna apoiará os investimentos em infraestrutura do governo estadual, que estão sendo realizados na região e que possam vir a ocorrer diretamente em Itabuna”, explica o presidente do Diretório Municipal, Flávio Barreto.

Cima elege nova diretoria

O consórcio será presidido pelo prefeito Antônio Guilherme; Djalma Orrico será o segundo secretário

Domingos Matos, 10/01/2017 | 15:42
Editado em 10/01/2017 | 15:44

O ⁠⁠⁠Consórcio Intermunicipal da Mata Atlântica (Cima), realizou em Camacan, na sexta-feira (6), a eleição e posse de sua nova diretoria. O Cima atua como instrumento de desenvolvimento urbano integrado, e tem desenvolvido ações na região, para atender demandas em comuns dos municípios, no campo do desenvolvimento urbano, saneamento básico, resíduos sólidos, abastecimento de água, dentre outros setores.

A chapa eleita é presidida pelo prefeito reeleito de Santa Luzia, Antonio Guilherme, e composta pelos prefeitos(as), de Jussari, Antonio Valete (vice- presidente), de Arataca, Katiana Oliveira (1ª tesoureira), de Itaju do Colônia, Djalma Orrico (2º Tesoureiro), de Pau Brasil, Barbara Suzete (1ª Secretaria) e de Mascote, Arnaldo Lopes (2º secretário). O prefeito de Santa Luzia e presidente do consórcio, Antonio Guilherme, diz que o intuito de sua nova gestão é dar continuidade às ações que já vem desenvolvendo.

Já o prefeito de Itaju do Colônia e 2º secretário, Djalma Orrico, diz que o consórcio é uma ferramenta de desenvolvimento regional, o que é essencial para o crescimento de cada município associado. "Faremos uma gestão proativa buscando soluções conjuntas, mas voltadas ao bem-estar dos moradores dos respectivos municípios".

Hospital da Mulher vai receber primeiras pacientes a partir de sexta

Domingos Matos, 10/01/2017 | 15:05

Os primeiros leitos de internação do Hospital da Mulher, no Largo de Roma, em Salvador, começam a ser ocupados na próxima sexta-feira (13). Durante a inauguração, na tarde desta segunda (9), o governador Rui Costa se emocionou ao lembrar da mãe, Maria Luzia Costa dos Santos. "Chega a arrepiar. A emoção é grande. Minha mãe morreu de câncer de mama e naquela época havia muita dificuldade para diagnóstico e tratamento. Estou vindo aqui na esperança que, em breve, nenhuma mulher morra mais de câncer de mama, por não ter tido onde se cuidar, se tratar e fazer a cirurgia", disse Rui, acompanhado da primeira-dama, Aline Peixoto.

Nesta terça (10) e quarta (11), de acordo com o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas, o hospital passa por procedimentos de limpeza e esterilização. “Na sexta [13], começamos a trazer mulheres que vão ficar internadas. Na segunda [16], o hospital abre completamente, com todos os ambulatórios, centros cirúrgicos, UTI e enfermaria. Toda a entrada é via sistema de marcação do Estado. As pacientes devem ir para um ambulatório de uma unidade básica de saúde e, sendo necessário, serão encaminhadas para o Hospital da Mulher”.

Importação de cacau de Gana coloca em risco agricultura do Brasil

Domingos Matos, 10/01/2017 | 09:14

Diante da entrada de carga de cacau importado de Gana via Porto de Ilhéus, representando forte ameaça sanitária às lavouras baianas, o secretário da Agricultura, Vitor Bonfim, esteve reunido com representantes da Superintendência Federal da Agricultura da Bahia, da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) e da vinculada Agência de Defesa Agropecuária (Adab), para discutir ações de mitigação dos riscos. A Bahia é o maior produtor de cacau do Brasil, porém, em consequência da escassez de chuvas prolongada, a produção interna foi comprometida, sendo insuficiente para abastecimento da indústria. Das 170 mil arrobas/ano produzidas no Brasil, 110 mil são da Bahia.

A preocupação é com a carga desembarcada recentemente no Porto de Ilhéus, cerca de 15 mil toneladas de cacau vindas de Gana, com previsão de chegada de mais quatro. Entre as principais ameaças de pragas que podem ser trazidas da África estão a Monilíase do Cacaueiro, ainda mais grave que a vassoura de bruxa, da qual a Bahia é Território Livre; a Striga ssp., e a Phythophora megacarya. A Striga spp., também conhecida como “erva de bruxa”, possui grande potencial de disseminação e parasita várias espécies de plantas cultivadas no Brasil como soja, cana-de-açúcar, milho, arroz, trigo, diversas gramíneas utilizadas como pastagens, algumas leguminosas (feijão, caupi), fumo, batata doce, dentre outras. É conhecida como a pior erva daninha do mundo e onde ela ocorre os seus danos são altamente significativos, culminando muitas vezes com o abandono das áreas infestadas, devido à inviabilidade econômica do seu controle.

“Existem medidas a curto prazo que podem ser empreendidas para minimizar os riscos, não podemos nos sobrepor à instrução federal, que regula esta importação, mas serão disciplinados critérios para o desembarque da carga, por parte do governo do Estado. O imprescindível é que ocorra a alteração da IN 47, de competência do Ministério da Agricultura. A partir de estudos, laudos técnicos e larga discussão com o setor produtivo, todos os riscos à produção baiana foram comprovados, e, baseado neles, já elaboramos adequações à normativa, que levarei ao ministro”, declarou Bonfim. Ele destaca que o Porto de Ilhéus está localizado no centro da área de produção de cacau e de biodiversidade, o que agrava ainda mais as ameaças. “É extremamente importante que protejamos a agricultura baiana e brasileira”, concluiu.

A coordenadora do Programa de Prevenção à Monilíase da Adab, Catarina Matos Sobrinho, apresentou alguns dos riscos gerados pela transação comercial, elencando as inadequações da Instrução Normativa do MAPA, a IN 47, que regula a importação e revogou desde 2011 todo o texto da IN 23, de 12 de agosto de 1999 e seu anexo. Entre elas destaca-se a dispensa da presença das missões técnicas do MAPA, responsáveis pelas inspeções fitossanitárias de pré-embarque e dos procedimentos de manejo de risco das partidas de amêndoas fermentadas e secas de cacau, comprometendo fases de avaliação e manejo. Ela destaca também, que a sacaria (material que embala a carga) vinda de Gana, de acordo com a Instrução, pode ser reutilizada, servindo como meio de transporte de doenças, e a análise da carga desembarcada feita de forma visual, o que é insuficiente para detectar estruturas fúngicas e sementes minúsculas de pragas como a striga.

De acordo com a Superintendência Federal de Agricultura, para a indústria é mais viável economicamente importar o cacau de Gana do que de outros países, no entanto, lá é proibido o tratamento de mitigação de riscos com o brometo de metila (inseticida, fungicida e herbicida eficaz no controle de pragas quarentenárias como a striga. A IN 47 reduziu o tratamento fitossanitário aplicado às partidas de amêndoas fermentadas e secas de cacau antes do embarque, com a liberação da exigência do tratamento quarentenário com brometo de metila sob inspeção oficial. No entanto, o uso está autorizado para procedimentos quarentenários e fitossanitários para fins de exportação e importação (IN Conjunta IBAMA/ANVISA/DAS Nº 2 de 14/12/2015). A suspensão deste tratamento sem um substituto aumenta o risco de introdução de pragas quarentenárias que afetam não só da cacauicultura, como também diversas outras cadeias produtivas. As pragas quarentenárias são organismos que estando presentes em outros países ou regiões, mesmo sob controle permanente, constitui ameaça à economia agrícola do país ou região importadora exposta.

Como parte das ações do governo do Estado de apoio à cacauicultura, a Bahia foi o primeiro do Brasil a iniciar o desenvolvimento de um Plano Estadual de Prevenção e Controle da Monilíase do Cacaueiro, através da Secretaria da Agricultura/Agência de Defesa Agropecuária (SEAGRI/ADAB). O agente causador da Monilíase é o fungo Moniliophthora, que provoca uma das mais graves doenças da cacauicultura do mundo. Também estiveram presentes no encontro, representado a Superintendência Federal de Agricultura na Bahia, o chefe da Divisa de Defesa Agropecuária (DDA), Paulo Reis, o chefe substituto, Fernando Brito e o superintendente, Osanah Rodrigues Setúval; o superintendente Regional do Plano da Lavoura Cacaueira do Departamento da CEPLAC/MAPA, Antônio Zugaib; o chefe dos Centros de Pesquisas do Cacau (CEPEC) Raúl René Meléndez; o diretor-geral da ADAB, Marco Vargas, além de técnicos da Agência e da secretaria.

Setran - uma secretaria ou uma sereia?

Domingos Matos, 09/01/2017 | 23:02

Por Domingos Matos

O magnetismo que a Secretaria de Trânsito exerce sobre políticos, especialmente os com pretensões eleitorais, ainda está para ser explicado. Deve ser algo tão irresistível quanto o canto de uma sereia. Se não, vejamos.

O trânsito de Itabuna foi municipalizado sob a gestão de Geraldo Simões, entre 2001 e 2004. Ali, teve dois secretários, Ilton Cândido e Iruman Contreiras. Foi das poucas vezes que teve secretários que não tentaram se aventurar em candidaturas a cargos eletivos -- a outra exceção foi no governo Azevedo, como veremos adiante.

Voltemos à nossa linha do tempo.

No quarto governo de Fernando Gomes, entre 2005 e 2008, o secretário foi o vice-prefeito Capitão Azevedo. Candidato a prefeito na eleição de 2008, no qual saiu vencedor.

Governo Azevedo (2009-2012), o secretário Wesley Melo não tentou uma candidatura, assim como os dois na gestão Geraldo Simões #2.

Mas aí chegamos à administração de Claudevane Leite, de triste memória, que começou no longínquo ano de 2013 e se encerrou em dezembro último. Ia tudo bem na Settran, comandada pelo delegado Clodovil Soares, até que o bichinho da eleição picou o então diretor da FICC, Roberto José. Vane queria fazer frente ao PCdoB e permitiu que seu fiel escudeiro acumulasse duas funções tão díspares no governo: diretor de uma fundação que fometava(?) a cultura e a gestão do Trânsito e do Transporte. Em comum nesses setores, talvez, só a queda pelo ramo da serralheria, fosse para fabricar pontos de ônibus ou para distribuir parques infantis pelas praças da cidade. Mas isso é outro assunto.

Roberto José, todos sabem, levou a cabo o racha no governo Vane, que tinha um acordo -- declarado pelo PCdoB e nunca desmentido pelo prefeito -- de que em 2016 seria dele, PCdoB, a vez de disputar a prefeitura. Para bancar uma guerra dessas só mesmo estando onde? Na Settran, é claro! O resultado, todos sabemos, foi uma candidatura a vice-prefeito na chapa de Azevedo, totalmente a contragosto, na qual alcançou o terceiro lugar.

Além de Clodovil Soares e RJ, a Settran, sob Vane, ainda teve o ex-vereador Abraão Ribeiro e o pastor Valério Hafner -- que não se declararam candidatos em 2018 mas também não disseram que rejeitam a ideia.

Chegamos, por fim, ao atual governo. Nove dias de gestão e pela Settran já se passaram - entre pretensos, aclamados e nomeados - três secretários, caminhando para o quarto. O primeiro foi o conselheiro do Transporte Público Municipal, Zenisson Soares, segundo o blog Ipolítica. Isso correu no dia 2. Sabe como é, né? Cadeira vazia... No mesmo dia, a "solução": o servidor Benilson Messias foi aclamado secretário, mas não chegou a ser oficializado.

Para "encerrar" a confusão, o terceiro nome: Sérgio Gomes. Filho do prefeito, já chegou avisando que só ficaria até o próximo ano, porque planeja sair candidato a deputado estadual. Ou seja, a pasta já estava fadada a ter mais um titular, como de fato ocorrerá agora, após a exoneração de Sérgio Gomes, por força das pressões da imprensa e da opinião pública, via redes sociais, além de entidades como a OAB -- por falar nisso, cadê o Ministério Público, tão cioso que era na gestão de Azevedo e em alguns momento da era Vane?

Uma coisa esse blog já crava com certeza: o futuro ocupante -- de direito -- daquela cadeira não será candidato a nada antes de 2020. Pelo simples fato de que o secretário de fato, em que pese tenha sido exonerado do cargo, ainda ouve o canto da sereia e não desistirá da candidatura a deputado estadual.

Editor

Fernando mantém a tradição de ser notícia nacional - agora pelo nepotismo

Domingos Matos, 09/01/2017 | 09:30

O prefeito Fernando Gomes (DEM) foi citado em matéria do jornal Folha de S. Paulo que retrata diversos casos de nepotismo Brasil afora. O prefeito destinou, até agora, três secretarias para parentes -- Sandra Neilma, esposa, para a Secretaria de Assistência Social; Sérgio Gomes, filho, para o Trânsito; e Dinailson Oliveira, sobrinho, para a Administração.

Fernando Gomes, segundo a matéria, argumenta que o nepotismo no primeiro escalão é permitida pelo Supremo Tribunal Federal (STF), por se tratar de nomeação política.

Lapso

A Folha, porém, não deve ter associado o nome à pessoa. A mídia nacional sempre lembra que Fernando Gomes já foi apontado como o maior marajá do Brasil, com salário maior que o do presidente dos Estados Unidos. Dessa vez, parece ter esquecido desse fato extremamente abonador no currículo de FG.

Mas o itabunense, de difícil memória por natureza -- essa é a quinta vez de Fernando como prefeito... -- deve atentar para um detalhe: não querendo o prefeito figurar como marajá novamente, num momento em que só se fala em reduções de salários, é autoexplicativo o fenômeno de tantos parentes e parceiros de negócios nos cargos-chave do governo.

Voltaremos ao assunto.

 

Salas do Empreendedor facilitam a vida de MEIs em 111 municípios

Domingos Matos, 08/01/2017 | 17:07

Os mais de 270 mil Microempreendedores Individuais da Bahia têm agora mais facilidade para utilizar serviços da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-Ba) como emissão da Nota Fiscal Avulsa e do Documento de Arrecadação Estadual (DAE). Isso é possível através da parceria firmada entre a Sefaz-Ba e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas empresas (Sebrae) para disponibilização dos serviços remotos do fisco estadual nas Salas do Empreendedor distribuídas em 111 municípios das diversas regiões da Bahia.

As Salas do Empreendedor são espaços mantidos pelas prefeituras, em parceria com o Sebrae, para disponibilizar serviços para as micro e pequenas empresas. Nesses locais, profissionais treinados prestam informações e orientações sobre a abertura, funcionamento e formalização de empresas, e são também oferecidos serviços aos Microempreendedores Individuais.

Para ajudar os contribuintes da Sefaz-Ba no momento de emitir um DAE ou Nota Fiscal Avulsa, os agentes de desenvolvimento e atendentes das Salas do Empreendedor participaram de um treinamento realizado pela equipe de atendimento da Fazenda Estadual. De acordo com o Sebrae, a missão da Sala do Empreendedor deve estar atrelada à simplificação de processos e à facilitação do dia a dia do empreendedor nos órgãos públicos, garantindo atendimento ágil e de qualidade.

O secretário da Fazenda da Bahia, Manoel Vitório, explica que o termo de cooperação firmado com o Sebrae é mais uma iniciativa com o objetivo de melhorar o atendimento ao contribuinte. "Com esse apoio da Sala do Empreendedor, ampliamos a nossa área de atuação em mais de 100 municípios do interior da Bahia”, observa. Vitório explica ainda que as emissões do Documento de Arrecadação Estadual e da Nota Fiscal Avulsa são dois dos serviços mais procurados pelos contribuintes.

De acordo com Taiane Almeida, analista técnica da Unidade de Políticas Públicas e Desenvolvimento Territorial do Sebrae Bahia, todos os atendimentos e processos relativos aos pequenos negócios podem e devem estar concentrados nas Salas do Empreendedor, e a parceria da Sefaz e do Sebrae se caracteriza em uma ampliação de serviços para as Micro e Pequenas Empresas (MPE). “Quanto mais serviços e parcerias firmadas, maiores serão a simplificação e a desburocratização oferecidas às MPE, fortalecendo e apoiando seu crescimento. O MEI precisa ter a Sala do Empreendedor como um espaço para lhe auxiliar a usufruir e cumprir suas obrigações”, assinala.

A analista técnica do Sebrae ressalta ainda que as Micro e Pequenas Empresas representam 99% dos empreendimentos no Brasil e são consideradas molas propulsoras do desenvolvimento local. “Quanto mais fortes forem as MPE, melhor será a economia dos municípios, e o apoio da Sefaz, com a capacitação para ampliação da disponibilização dos seus serviços na Sala do Empreendedor, é fundamental nesse processo de fortalecimento”.

 

Prefeitura de Ibicaraí e Bombeiros controlam incêndio em lixão

Domingos Matos, 08/01/2017 | 16:40

Na tarde de sábado (7), o lixão municipal de Ibicaraí incendiou em diversos pontos. Os focos cresceram rapidamente e, no início da noite, as chamas invadiram terrenos particulares que ficam próximos ao local, provocando uma grande quantidade de fumaça, que atingiu parte da cidade. Foi preciso a ajuda do Corpo de Bombeiros para conter o fogo.

Segundo informou o secretário de Infraestrutura, Thallis Leal, "logo quando recebemos a denúncia e vimos a gravidade da situação, entramos em contato com o Prefeito, Lula Brandão, e nos deslocamos ao local com toda a nossa equipe. Foi preciso a presença de uma retroescavadeira para revirar o lixo e do carro pipa do SAAE para ir apagando o incêndio e resfriando diversos locais com pequenos focos”, afirmou o secretário.

Durante a ação, Brandão entrou em contato com o corpo de Bombeiros de Itabuna e solicitou uma equipe para ajudar. “Foram mais de 3 horas para apagar todo o fogo. Quero agradecer a minha equipe e ao Corpo de Bombeiros, que se deslocou à nossa cidade e ajudou nessa missão. Temos procurado soluções em relação ao lixão e em breve teremos novidades", concluiu o prefeito.

Deputado propõe lei para coibir a masturbação

Será o fim do onanismo?

Domingos Matos, 04/01/2017 | 15:08

Da coluna de Lauro Jardim, no Globo

Marcelo Aguiar, deputado federal pelo DEM de São Paulo, entrou numa cruzada contra a pornografia e a masturbação. Apresentou um projeto à Câmara propondo que as operadoras telefônicas criem uma maneira de vetar "conteúdos de sexo virtual, prostituição e sites pornográficos". Na justificativa ao projeto, Aguiar diz que há "viciados em conteúdo pornô e na masturbação".

Explica o deputado na justificativa do projeto: "Estudos atualizados informam um aumento no número de viciados em conteúdo pornô e na masturbação devido ao fácil acesso pela internet e à privacidade que celular e o tablet proporcionam. Os jovens são mais suscetíveis a desenvolver dependência e já estão sendo chamados de autossexuais – pessoas para quem o prazer com sexo solitário é maior do que o proporcionado, pelo método, digamos, tradicional."

___________

Em tempo: Que sacanagem é essa?

Prefeitura comprou quase R$ 1 milhão em empresa fictícia

Domingos Matos, 04/01/2017 | 14:25
Editado em 04/01/2017 | 14:26

Uma compra de materiais de construção orientada pelo contrato 337/2016, resultado do pregão 029/2016, promovido pela Prefeitura de Itabuna tem tudo para se tornar mais um escândalo do governo Claudevane Leite. O motivo é clássico: a empresa só existe no papel. Trata-se da AF Neto Materiais de Construção – cuja razão social é Antonio Ferreira Neto – ME – com endereço informado no município de Barro Preto. O valor da compra foi de R$ 928.138,00.

A reportagem procurou o endereço informado tanto na certidão do CNPJ da Receita Federal como na Receita Estadual, e sequer existe. A rua José Alberto Costa da Silva não possui nenhum construção correspondente ao número 324, muito menos uma loja de materiais de construção. Para piorar, a consulta na receita estadual informa que a empresa é INAPTA para operar naquele ramo, e indica o motivo: “artigo 27, inciso 21: operações fictícias – indício de fraude”. Clique na imagem para ampliá-la.

O contrato foi assinado pelo prefeito Claudevane Leite no dia 16 de setembro, e dizia que sua validade duraria até o dia 31 de dezembro ou até a entrega total.

As informações são do jornal AgOra.

Sérgio Gomes é o novo secretário de Trânsito

Terceiro Gomes no governo, Sérgio prova a força desse nome

Domingos Matos, 04/01/2017 | 12:08
Editado em 04/01/2017 | 12:12

Confirmada a nomeação de Sérgio Gomes para a pasta do Trânsito. O nome de Sérgio, que é filho do prefeito Fernando Gomes, foi ventilado na tarde de ontem, mas a confirmação veio há pouco, após a constatação do Pimenta de que o homem já despacha na secretaria. (veja no "Em Tempo"  o porquê do grifo)

Está prevista para hoje à tarde uma reunião do Governo com a cúpula do PMDB, partido do novo secretário, para que este - o PMDB - seja avisado de que possui mais um secretário na gestão.

Nos bastidores, a indicação de Sérgio Gomes é atribuída a outro Gomes, o Josias, secretário estadual de Relações Institucionais do governo Rui Costa. Apesar do sobrenome, não se trata de mais um parente do prefeito.

Com Sérgio Gomes, o PMDB passa a ocupar três secretarias no governo municipal, e todas seriam, segundo a teoria, indicações de Josias. Os outros seriam a secretária de Educação, Anorina Smith e o secretário de Viação e Obras, Francisco França.

Gomes, o nome forte do governo

Não há dúvidas que o nome Gomes tem a força nesse governo. Primeiro, pelo prefeito, Fernando Gomes, que tem fama de ser centralizador. Depois, temos a teoria de que o secretário Josias Gomes tem uma força inconteste na atual administração. Ainda temos outro Gomes a mandar: o sobrinho de FG, Dinaílson (Son) Gomes, na Administração. Parece mesmo que esse nome, de origem latina (Gomo ou Gome), tem o poder.

Em tempo: Gomo ou Gome era um pronome medieval que significava "homem".

Matrícula nas escolas estaduais será de 24 a 31 de janeiro

Domingos Matos, 03/01/2017 | 15:18

A matrícula na rede estadual de ensino será realizada de 24 a 31 de janeiro para os estudantes regularmente matriculados nas escolas estaduais que irão mudar de escola e os novos estudantes que desejam ingressar na rede. Em Salvador e mais 27 cidades (veja relação abaixo), os estudantes oriundos das redes municipais poderão fazer a matrícula pela Internet, utilizando o código que receberam nas suas escolas de origem. Basta acessar o Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br).

O primeiro dia de matrícula (24/01) é direcionado ao estudante da rede estadual de ensino nas seguintes situações: deve mudar de escola porque a atual não oferece a série subsequente, não renovou a matrícula no período determinado ou mudança de domicílio. Entre os dias 25 e 26/01, a matrícula é para os concluintes das séries iniciais e finais do Ensino Fundamental, regularmente matriculados na rede pública municipal no ano letivo de 2016, em razão das escolas não oferecerem a série subsequente.

Alunos novos - A matrícula de novos estudantes que forem cursar qualquer série do Ensino Fundamental acontece no dia 27 de janeiro e do Ensino Médio e suas modalidades, nos dias 30 e 31 de janeiro, devendo ser realizada presencialmente em qualquer unidade da rede estadual de ensino.

Pela internet – Além dos estudantes regularmente matriculados na rede estadual de ensino em 2016, também podem fazer a matrícula pela Internet estudantes oriundos das redes municipais das seguintes cidades: Itabuna, Nordestina, Barreiras, Barro Preto, Barrocas, Brejões, Camaçari, Catu, Dias D’Ávila, Encruzilhada, Eunápolis, Feira de Santana, Glória, Gongogi, Ipirá, Itaberaba, Itapetinga, Lamarão, Luís Eduardo Magalhães, Macajuba, Madre de Deus, Mundo Novo, Paulo Afonso, Porto Seguro, Salvador, São José da Vitória, Serrinha, Simões Filho e Vitória da Conquista.

O cronograma de matrícula da rede estadual abrange toda a Educação Básica e suas modalidades, incluindo a Educação Profissional, na qual são ofertados cursos técnicos de nível médio e de qualificação integrados à Educação de Jovens e Adultos (EJA), de nível Fundamental e Médio.

Documentos necessários – Para a matrícula é preciso apresentar os seguintes documentos: original do histórico escolar ou atestado de escolaridade, firmado pela direção da unidade escolar (deve ser substituído pelo histórico em até 30 dias); original e cópia da certidão de registro civil ou da carteira de identidade (RG); original e cópia do CPF, original e cópia legível com data recente do comprovante de residência (água, luz, telefone fixo ou móvel, gás encanado, Internet, contrato de aluguel, IPTU, cartão de crédito ou TV por assinatura) e o código do SETPS (constante no Salvador Card) para as escolas do município de Salvador.

Ano Letivo começa no dia 06 de fevereiro

O ano letivo de 2017 na rede estadual começa no dia 06 de fevereiro. De acordo com o calendário escolar divulgado pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia, serão realizados 200 dias letivos. O recesso para o Carnaval será de 24/02 a 1º de março, o recesso da Semana Santa, de 13 a 16 de abril, e o recesso junino, de 22 a 25 de junho. O último dia letivo será 13 de dezembro de 2017. Para maiores informações acesse o Portal da Educação: www.educacao.ba.gov.br

A nova Ceplac esperada, após 30 anos de crise!

Domingos Matos, 03/01/2017 | 00:04

Por Juvenal Maynart

Quando a Ceplac foi criada, a revolução verde se baseava em agrotóxicos, as bibliotecas usavam somente papel, a genômica ainda não existia, computadores só eram vistos no seriado O túnel do tempo, e as redes eram apenas instrumentos de pescadores ou de balanço para um bom descanso. A Bahia tinha uma única universidade e apenas dois doutores em ciências agrárias.

O mundo mudou; a Ceplac, idem. Se o mundo e a nossa instituição mudaram, o que estaria errado para que se justifique uma nova Ceplac? A resposta está no tempo do verbo. Sim, o mundo não mudou – o mundo muda a cada instante, todos os dias. A Ceplac, não. Ela mudou, mas parou de mudar. E isso é um atraso imensurável, na era da Tecnologia da Informação e Comunicação,  mesmo que a última mudança tenha ocorrido há dez dias ou há dez anos.

A Ceplac que estamos buscando, em parcerias com o mundo da ciência, inovações e academia hodiernas, terá na Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e na e-agricultura as ferramentas da instantaneidade. Estão aí a GigaSul e a Rede Nacional de Educação e Pesquisa – RNP, do MCTI, para proverem o fazer científico em altíssima velocidade.

Sim, queremos uma ciência viabilizada por meio de redes digitais, a transparência e soluções instantâneas dos editais pautando suas demandas, e extensão por aplicativos. Queremos respostas imediatas, visto que o produtor não tem porquê esperar uma visita “in loco”. O custo tempo nas presenças físicas serão exceções.

A Ceplac tem inserção produtiva nos dois principais biomas de mata e floresta do país – a Mata Atlântica e a Floresta Amazônica. Tanto numa região como noutra, o espaço produtivo será o definidor das necessidades. A roça de cacau cederá lugar a um espaço produtivo, complexo, que tanto produzirá amêndoa quanto chocolate, madeira certificada em casos específicos, ou turismo rural. Com tecnologia e informação em tempo real, surgirá um novo produtor, consciente das potencialidades de seu espaço. Um produtor que perseguirá a sustentabilidade de seu negócio e terá na Ceplac o agente fomentador e o suporte tecnológico de que necessita para gerar riquezas.

O Brasil possui uma vasta legislação que busca zero trabalho escravo e uma legislação trabalhista (CLT) que garante ao trabalhador o respeito aos seus direitos. Tem uma indústria consolidada. Uma rede de educação ampliada e inclusiva – hoje, um índio concluindo o curso de Medicina não choca, estimula.

Não podemos pensar em criar e incentivar apenas produtores de commodity cacau. Podemos, devemos e seremos dominadores de toda cadeia produtiva. Em rede, com informação, inovação e tecnologia. Teremos chocolateiros e muito mais. O PCTSul (Parque Científico e Tecnológico do Sul-baiano) será estímulo ao empreendedorismo local. Afinal, segundo Schumpeter, “o capitalismo – para vingar – só precisa de crédito e empreendedorismo”.

Para encerrar, fragmento de Tabacaria, do mestre Fernando Pessoa:

Come chocolates, pequena;
Come chocolates!
Olha que não há mais metafísica no mundo senão chocolates.
Olha que as religiões todas não ensinam mais que a confeitaria.
Come, pequena suja, come!
Pudesse eu comer chocolates com a mesma verdade com que comes!
Mas eu penso e, ao tirar o papel de prata, que é de folhas de estanho,
Deito tudo para o chão, como tenho deitado a vida.

Juvenal Maynart é diretor-geral da Ceplac

Djalma Orrico toma posse em Itaju do Colônia

Domingos Matos, 02/01/2017 | 17:42
Editado em 02/01/2017 | 17:47

O prefeito de Itaju do Colônia, Djalma Orrico, tomou posse no domingo (1º), em uma cerimônia no Espaço de Eventos da Ninha, às 17 horas. O presidente do Câmara Municipal, Jucelino Pires, deu posse ao novo gestor. A programação do dia começou com a posse dos vereadores e a eleição da Mesa Diretora da Câmara, pela manhã. à tarde, às 16 horas, uma missa foi celebrada na Igreja Santo Antônio, antes do ato de posse.

Djalma Orrico defendeu mais investimentos no município, em parceria com os governos do estado e federal, especialmente na área de segurança pública e urbanização, além de uma gestão voltada para a população mais carente.

O prefeito esteve acompanhado da primeira-dama, Cássia Duarte, e dos secretários que vão auxiliá-lo na administração.

Mário Alexandre promete gestão humanizada em Ilhéus

Domingos Matos, 02/01/2017 | 17:17

A cerimônia de posse dos vereadores, vice-prefeito e prefeito de Ilhéus aconteceu na tarde desse domingo (1º), no Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães. O ato, que contou com a presença de diversas autoridades e de um público que lotou o anfiteatro, foi marcado pelo discurso humanista de Mário Alexandre, o Marão (PSD). Médico reconhecido pelo tratamento que prega como prefeito, Marão (à direita na foto) conclamou todos os secretários a agir da mesma maneira no desenvolvimento de suas funções. “Ninguém será maltratado nas secretarias e o diálogo será constante”, enfatizou o novo gestor.

Segundo Marão, Ilhéus precisa se desenvolver respeitando os seus recursos naturais. Disse que a sustentabilidade vai ser uma marca do governo, destacando que os termos da carta-compromisso com a plataforma Cidades Sustentáveis serão respeitados. Também garantiu que se esforçará ao máximo para que a cidade inicie uma nova era, com “tempos de alegria”, expressão presente nas primeiras peças publicitárias da gestão.

O vice-prefeito José Nazal (Rede Sustentabilidade) fez um discurso com forte emoção. Disse que a cerimônia de posse foi o momento mais importante da sua vida, tanto dos 61 anos vividos como do resto dos seus dias. Garantiu que vai dar tudo de si para que Mário Alexandre seja o melhor prefeito dessa terra e que não tem dúvidas de que os que mais precisam serão prioridade no governo.

Participaram da posse os deputados federais Bebeto Galvão (PSB-BA) e Paulo Magalhães (PSD-BA), a deputada estadual Ângela Sousa (PSD) e o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (DEM), entre outras autoridades.

Secretário visita unidades da Sesab em Ilhéus

Domingos Matos, 02/01/2017 | 16:51
Editado em 02/01/2017 | 17:18

Em ritmo acelerado, as obras de reforma e ampliação da emergência do Hospital Geral Luiz Viana Filho, em Ilhéus, foram visitadas nesta quinta-feira (29) pelo secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas. O projeto visa qualificar o atendimento à população. Além da emergência, estão sendo requalificados o estacionamento e a entrada da unidade.

No sábado (31), às 10h, Fábio Vilas-Boas fará uma visita às obras do Hospital Regional da Costa do Cacau, em construção no município de Ilhéus. A nova unidade deve ser entregue no primeiro semestre de 2017. "Será um equipamento hospitalar com 180 leitos nesta primeira fase, incluindo leitos de terapia intensiva adulto e neonatal. Ainda teremos o serviço de cirurgia cardíaca, que será responsável por atender toda a região sul", explica o Secretário. Na segunda fase, mais 120 leitos serão entregues. "Trata-se de um equipamento hospitalar de grande porte", afirma.

Só na construção, o investimento é de quase R$ 80 milhões. Com o hospital, a capacidade de atendimento hospitalar na região será dobrada. A unidade contará com equipamentos modernos e ofertará atendimento em ortopedia, cardiologia, dentre outras especialidades, e 30 leitos de UTI nessa primeira etapa.

Transparência e planejamento são prioridades em Itacaré

Domingos Matos, 02/01/2017 | 09:58

Governar com transparência, integração, planejamento e com a união de todos. Esse foi o compromisso assumido pelo prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, e pelo o vice-prefeito Genilson Souza durante a solenidade de posse e transmissão de cargo, realizada na manhã de domingo (1º). A solenidade teve início com um culto ecumênico na praça São Miguel reunindo pastores evangélicos de várias congregações, o padre Ednaldo, o ex-prefeito Jarbas Barbosa, vereadores, lideranças políticas e comunitárias.

O prefeito Antônio de Anízio falou dos desafios que terá pela frente, garantindo que atuará com responsabilidade com o bem público e pautará sua gestão no compromisso de fazer de Itacaré uma cidade melhor, com mais oportunidades e garantindo mais desenvolvimento, emprego a renda. Também fez questão de colocar que o momento é de união de todos, independente de partidos políticos, religião ou grupos. Já o ex-prefeito Jarbas Barbosa reafirmou que a missão de governar é árdua e difícil, mas disse que confia na competência, na responsabilidade e na experiência de Antônio de Anízio para conduzir os destinos da cidade.

Logo após o ato ecumênico foi a vez da solenidade de posse dos vereadores e eleição da mesa diretora do Legislativo Municipal. Na Câmara de Vereadores o prefeito falou da importância dos legisladores como representantes do povo e da necessidade da independência e harmonia dos poderes para construir uma cidade melhor. Também destacou que é preciso garantir a qualificação profissional dos jovens e adultos e que para isso buscará parcerias com órgãos e instituições de ensino e formação para preparar e qualificar as pessoas para o mercado de trabalho. Também apresentou o novo secretariado e falou do compromisso de cada um com o cidadão e com o desenvolvimento de Itacaré.

Em seguida, após a posse do prefeito e do vice-prefeito, foi realizada a transmissão de cargo na Prefeitura de Itacaré. O ex-prefeito Jarbas Barbosa entregou as chaves da prefeitura reafirmando a confiança de que Antônio de Anísio fará um governo de mudanças e transformações e garantiu que irá contribuir com a nova gestão para viabilizar novas obras, serviços e investimentos na cidade. O prefeito Antônio de Anízio agradeceu ao povo pela confiança e garantiu que estará diuturnamente visitando cada bairro, rua e localidade de Itacaré para ouvir o povo, dialogar com as comunidades e realizar as ações que o município precisa.

Derrota na Câmara e obra simbólica marcam posse de Fernando Gomes

Domingos Matos, 01/01/2017 | 16:32

O presidente da Mesa Diretora da Câmara de Municipal de Itabuna, para o biênio 2017-2018, será o vereador Chico Reis (PSDB). Ele obteve 12 votos - participava do chamado G-12 -, ante 9 do outro candidato, Ronaldão (PMN). A Casa será comandada por Chico Reis (presidente), Ricardo Xavier (1º vice-presidente), Babá Cearense (2º vice-presidente), Charliane Sousa (1º secretário), Milton Gramacho (2º secretário) e Enderson Guinho (3º secretário).

A ascensão de Chico Reis sacramenta a primeira derrota política do prefeito Fernando Gomes, mesmo a eleição tendo ocorrido antes de ele ser oficializado no cargo, o que viria a ocorrer, justamente, pelas mãos do novo presidente, em seguida à sua eleição. Gomes trabalhou para que Ronaldão fosse o presidente do Legislativo, e foi derrotado.

Rotatória

Após tomar posse, Fernando Gomes mandou abrir a rotatória da ponte que dá acesso ao São Caetano e à avenida Aziz Maron. Não chega a ser uma decisão baseada em estudos de engenharia de trânsito ou sequer determinada por um secretário de Transporte e Trânsito, pasta que sequer teve um titular indicado - possivemente será extinta nessa configuração (Transporte e Trânsito).

Assim começa o novo governo: mal articulado politicamente e com uma boa dose de demagogia em forma de obra-petisco. Aguardemos para ver o que será das grandes questões que perturbam o itabunense: a violência, a dengue, zika e chikungunya, a urbanização e a mobilidade urbana, pra ficar em alguns dos nossos problemas mais vsiíveis.

Equilíbrio necessário

Domingos Matos, 30/12/2016 | 12:40

Por Domingos Matos

Nesse domingo (1), serão concluídos os atos da Eleição 2016, pelo menos no que diz respeito à posse dos declarados eleitos e diplomados para exercer seus mandatos. Antes da posse do prefeito declarado eleito Fernando Gomes, tomarão posse do mandato os vereadores eleitos e reeleitos, para, logo em seguida, elegerem a Mesa Diretora da Câmara. Aí é onde reside a chave do que será o próximo período administrativo em nosso município.

Supondo que o prefeito Fernando Gomes não sofra nenhum revés por conta de suas pendências judiciais, o que levaria, em determinados casos, a uma queda da chapa - prefeito e vice -, caberá ao comando do Legislativo determinar o ritmo do que entra na pauta das discussões e votações no Parlamento. Isso é muito. Basta lembrar o que aconteceu com a presidenta Dilma em 2016. Coube a Eduardo Cunha a decisão de acatar e determinar a tramitação do pedido de impeachment da mandatária e o resultado todos conhecemos.

Pois bem. O ideal na democracia seria que o Executivo e o Legislativo estivessem de fato separados, mas trabalhando harmonicamente. Mas a democracia também é a ditadura do voto. Assim, pedir que vereadores ávidos por "poder" pensem no quanto teriam de poder se fossem - como sistema, não como individuos - independentes do Executivo seria pedir demais.

O que queremos dizer é que os vereadores tem a chance de se fazerem poderosos no domingo, na medida em que escolham sua presidência de maneira autônoma. Que entendam a primeira lição do Parlamento: ser da base aliada do Executivo não significa dar a ele - Executivo - as rédeas do Poder que representam.

Nada os impede de serem aliados do prefeito, mas não precisam entregar a própria dignidade no primeiro ato. Está provado na história que algum equilíbrio se faz necessário.

Que a força e a sabedoria estejam com vocês!

Editor

Prefeito eleito de Itaju se reúne com governador Rui Costa

Domingos Matos, 22/12/2016 | 22:56

Em audiência com o governador Rui Costa, o prefeito eleito de Itaju do Colônia, Djalma Orrico, e o vice Valério Aguiar, solicitaram a recuperação da BA-667 e reforçaram o pedido da segurança no município, já feito ao secretário da Segurança, Maurício Trindade.

O futuro gestor também solicitou apoio para melhorias no bairro Parque dos Rios. Segundo Orrico, o  governador se mostrou sensível aos pleito e garantiu que, após a posse, irá marcar audiência com o ministro das Cidades, para tentar viabilizar os anseios da comunidade. "Assumimos um compromisso com o povo de Itaju do Colônia e estamos cumprindo ainda antes da posse. Vamos fazer um governo para todos".

Uma nova Ceplac é possível - mas é a última chance

Domingos Matos, 22/12/2016 | 09:42
Editado em 22/12/2016 | 10:47

Na semana passada, o diretor-geral da Ceplac, Juvenal Maynart, foi recebido pelo secretário estadual das Relações Institucionais da Bahia, Josias Gomes. Na conversa, Maynart atualizou o governo do estado sobre o novo modelo de inserção produtiva nas áreas de mata atlântica (na verdade, roças de cacau no sistema cabruca), a partir da nova Lei Ambiental da Bahia, regulamentada pelo Decreto da Cabruca (que instituiu a Portaria 10.225/2015), publicado pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente.

Mas a discussão envolveu também o projeto administrativo que o diretor está formatando para o órgão do Ministério da Agricultura. “Discutimos temas como a inserção produtiva nos dois principais biomas florestais do Brasil - Mata Atlântica e Floresta Amazônica -, a partir das plataformas digitais Gigasul, da Bahia, e da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCTI)”, destaca Maynart. Também participaram da reunião o assessor da área administrativa da Ceplac, Jackson Moreira, e o assessor da Serin, Martiniano Costa.

Como se vê, a nova Ceplac proposta por Juvenal Maynart, com apoio da UFSB, nascerá sob o signo da Tecnologia da Informação e Comunicação. Se não vingar a partir dessas novas segundas bases, o problema só poderá ser genético: estará em seu DNA coronelista, enriquecido com genes sessenquatenários e descendentes. Se não der certo, estará de braços abertos - para um abraço de urso - a própria UFSB.

Por tudo isso, cresce a percepção que essa é a última chance para a Ceplac.

Vídeo mostra o bullying de Sérgio Moro com a defesa de Lula

Foi na oitiva da 3.498ª testemunha do tríplex no Guarujá

Domingos Matos, 22/12/2016 | 08:18

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.