Vane quer contratar empresa para tratar lixo, a 10 dias do fim do governo

Domingos Matos, 18/12/2016 | 14:53
Editado em 18/12/2016 | 15:04

A licitação, na modalidade concorrência, número 002/2016 (clique na imagem para ler o edital), é daquelas que primam pela estranheza na forma, nos personagens, nas datas e nos prazos... Por exemplo, a forma: não será conduzida pela Comissão Permanente de Licitação e, sim, por uma comissão "especial" de licitação. Sobre os personagens, citem-se-lhes os nomes: Marcelo Augusto Almeida Andrade, presidente, e Islana Alves dos Reis e Marcos Antônio Matos Monteiro, membros.

Sobre a data: estava prevista para ocorrer no último dia 14. No dia 12, essa super comissão especial de licitação recebeu e rejeitou um pedido de impugnação, e tocou o barco. Tudo liberado para seguir, a partir dessa semana natalina, como se ninguém estivesse vendo. Na verdade, poucos estão vendo.

A respeito dos prazos, eis a síntese do escândalo: contrato de 15 anos - ou seja, as quatro futuras gestões. Lógico que qualquer contrato desse quilate obrigatoriamente ultrapassa o período de mais de uma gestão, para se tornar atrativo. O que se estranha nesse quesito é justamente o timing. Uma licitação da qual a atual administração não poderá, sequer, ver implantado o serviço licitado.

Capacidade financeira

Segundo o edital, não haverá remuneração do município à empresa, que deverá tirar seu lucro e amortizar seus investimentos com o que apurar dos serviços concedidos. Em tempo: não se trata de coleta de lixo, mas de acolhimento do lixo domiciliar que for coletado, para destinação final, em armazenamento ambientalmente correto ou transformação, a exemplo de compostagem acelerada, biodigestão, energia, carvão, biogás etc. A empresa deve transformar esses produtos em renda. (Caso não cumpra o contratado, o município se obrigará a fazer o serviço, aí, sim, usando recursos de uma taxa de limpeza pública, aprovada em lei municípal de 2015).

Há dúvidas quanto à capacidade financeira da empresa que se habilitou ao certame. Empresa constituída há pouco tempo (2011), com capital social baixo - recentemente aumentou para R$ 800 mil -, mas entrando em uma concorrência que exigirá investimentos de R$ 40 milhões, segundo cálculos do município. Claramente, pelo que se desenha a partir desses dados, a empresa pretende um financiamento externo para bancar os investimentos - já que não haverá pagamento da prefeitura para remuneração do contrato.

Abre parêntese: No passado, em outras plagas, notícias davam conta de empresas que ganhavam licitações para coleta de lixo abrindo mão da remuneração do município. A elas, bastavam a posse do contrato, que lhes garantiria empréstimos milionários no Banco Mundial. Depois, "pocavam" o CNPJ, pra usar um termo mais relacionado à turma que usa CPFs de laranjas patra comprar carros e nunca pagar uma parcela, e o município ficava visado para esse tipo de financiamento pelo BM. Fecha parêntese.

Risco

Ao longo do processo, um grupo de vereadores reagiu à tentativa de licitação. O município fez ajustes e agora está pronto para entregar o serviço a uma empresa que não tem - pelo que foi declarado no processo - condições financeiras para tocar o empreendimento. Mesmo assim os vereadores pediram para que o processo fosse suspenso, mas no ritmo que a carruagem é tocada, até o próximo dia 20 o contrato será assinado. O risco de o contribuinte pagar por isso lá na frente, via Taxa de Limpeza Pública, está escrito nas estrelas e no contrato.

Vale um olhar mais atento para essas licitações em fim de governo. Basta olhar o Diário Oficial, onde pipocam diariamente. E, nesse fim de mandato, a fertilidade está em alta. A cada dia a prefeitura dá à luz uma dessas.

Fernando será entrevistado no programa Bom Dia Bahia, na Rádio Nacional

Domingos Matos, 16/12/2016 | 18:24
Editado em 16/12/2016 | 18:36

O prefeito eleito de Itabuna, Fernando Gomes, será o entrevistado deste sábado, dia 17, do “Bom Dia Bahia”, programa que vai ao ar a partir das sete da manhã pela Rádio Nacional AM-870. Ele vai falar sobre as propostas de governo, como será a sua administração e quais os desafios que enfrentará à frente do município a partir de janeiro de 2017.

A entrevista, ancorada por Ederivaldo Benedito, terá a participação de Celina Santos, redatora do jornal “Diário Bahia”, e Joel Filho, integrante da equipe da Radio Nacional. Produzido por Alana Tais, o programa tem reportagens de Hélio Fonseca, e a participação dos ouvintes, por meio do fone 3613-2498 e do Zap 99112-6474.

Ieprol amplia atividades em Itabuna investindo em educação

Domingos Matos, 16/12/2016 | 11:22
Editado em 16/12/2016 | 11:25

Depois de se qualificar ao longo dos últimos treze anos como um instituto de educação profissional e excelência, oferecendo cursos técnicos, de especialização e qualificação nas áreas  Saúde, Meio Ambiente, Gestão e Negócios e Desenvolvimento Educacional e Social, o Ieprol amplia suas ações no Sul da Bahia. Agora, numa parceria com o Sistema de Ensino Poliedro, que ocupa o primeiro lugar no ranking do país em material didático segundo a Rabbit Research e com elevado índice de aprovação em exames vestibulares e no Enem, lança para 2017 o Colégio Ieprol, com cursos a partir do ensino fundamental até o segundo grau.

O colégio ocupa três dos seis andares do edifício Vila Rica e está segundo a diretora Inatiane Martins, equipado com oito salas de aula, biblioteca, espaço para estudo individual e coletivo, data-show, laboratórios de anatomia humana, de química, de física e de informática, além de investir na implantação de um sistema de segurança com monitoramento de vídeo e na qualificação de uma equipe de 10 professores das diversas disciplinas, que estão recebendo treinamento no Sistema Poliedro, que trabalha com um sistema de módulos contextualizados.

Século XXI

A proposta, segundo ela, é pensar numa escola para o século 21, que fuja do modelo de educação tradicional e associe o aprendizado com o desenvolvimento de competências do aluno para o mundo, que está em constante mudança, e para a própria  vida, oferecendo a opção de serem, no futuro, os profissionais que desejarem, com o diferencial de serem os melhores na sua opção.

Como inovação projeto inclui aulas intensivas de inglês – ao invés de uma por semana são oferecidas cinco horas aulas, através de um programa de dual language - , além de matérias inovadoras como robótica – já nas disciplinas do ciclo básico -  e mecatrônica. O colégio também oferece aos pais e alunos um sistema de consultoria educacional.

Poliedro

Inatiane Martins explica que  o sistema Poliedro foi criado e vem funcionando com excelência na área a educacional há mais de 20 anos, com mais de 140 escolas parceiras instaladas em 20 estados do Brasil, apresentando resultados extraordinários em aprovação e desenvolvimento de alunos. Diz ainda que “o Poliedro investe no desenvolvimento de um projeto educacional integrador, com uma metodologia sólida e recursos tecnológicos que auxiliam na organização e no planejamento de estudos, o que motiva e desperta a paixão dos professores pelo ensino e dos alunos pela aprendizagem”.

A proposta educacional tem como foco promover a formação de um aluno questionador e autônomo, responsável e protagonista de seu próprio processo de aprendizagem. Em paralelo, o projeto educacional visa estimular desenvolvimento do raciocínio lógico de maneira contextualizada, construindo um indivíduo com as habilidades requisitadas para aprovação no ENEM, em vestibulares e ir muito  além. 
(Via Arte e Manhas)

Sinal dos tempos: Malafaia é alvo de mandado de condução coercitiva

Domingos Matos, 16/12/2016 | 10:50
Editado em 16/12/2016 | 11:35

Envolvido em um esquema de resgate fraudulento de créditos de royalties da indústria da mineração, o pastor Silas Malafaia, um dos maiores opositores do PT e do "comunismo generalizado" que só ele e fanáticos quetais enxergam no Brasil atual, foi alvo de um mandado de condução coercitiva hoje, na Operação Timóteo, realizada pela Polícia Federal em várias cidades. Ele é suspeito de "emprestar" contas bancárias para lavar o dinheiro do esquema. O líder religioso estava em São Paulo, e os policiais cisitaram sua casa no Rio de Janeiro - portanto, não encontraram, mas ele garantiu que se apresentará (veja Outro lado).

Certamente ele vai dizer que se trata de obra do diabo, como sempre faz com tudo o que lhe confronta enquanto cidadão. Não é. Levar ao campo espiritual o que é estritamente material é uma estratégia do novo pentecostalismo e dos seguidores da teologia da prosperidade que essa turma prega.

O esquema do qual Malafaia é suspeito de fazer parte envolve informações privilegiadas e uma "jurisprudência" fraudulenta utilizada por escritórios de advocacia para ganhar, na justiça, os direitos creditícios dos royalties que empresas de mineração devem a munucípios Brasil a fora.

"As provas recolhidas pelas equipes policiais devem detalhar como funcionava um esquema em que um Diretor do Departamento Nacional de Produção Mineral detentor de informações privilegiadas a respeito de dívidas de royalties oferecia os serviços de dois escritórios de advocacia e uma empresa de consultoria a municípios com créditos de CFEM junto a empresas de exploração mineral.

Em 2015, os valores recolhidos a título de CFEM chegaram a quase R$ 1,6 Bilhão.

De acordo com a Polícia Federal, o esquema se dividia em ao menos 4 grandes núcleos: o núcleo captador, formado por um Diretor do DNPM e sua mulher, realizava a captação de prefeitos interessados em ingressar no esquema; o núcleo operacional, composto por escritórios de advocacia e uma empresa de consultoria em nome da esposa do Diretor do DNPM, que repassava valores indevidos a agentes públicos; o núcleo político, formado por agentes políticos e servidores públicos responsáveis pela contratação dos escritórios de advocacia integrantes do esquema; e o núcleo colaborador, que se responsabilizava por auxiliar na ocultação e dissimulação do dinheiro", publica o Estadão (reproduzido via DCM).

Outro lado

Em sua conta no Twitter, Malafaia se manifestou e se disse indignado. Afirmou que poderia ter sido "convidado" a depor, em vez de ser obrigado. Garantiu que vai se apresentar. Em sua defesa, disse que recebeu de um advogado - outro pastor - uma oferta de R$ 100 mil, e que não tem como conferir a origem de uma oferta. "Recebo inúmeras ofertas, e as declaro ao Imposto de Renda".

Ofertas de R$ 100 mil. Então, tá.

Previsão: Câmara rejeitará transferência do saneamento para a Embasa; OAS ganhará PPP

Domingos Matos, 14/12/2016 | 13:32

Essa é uma previsão em duas partes. Ela diz que os serviços de água e esgoto ficam (por enquanto com a Emasa) e a segunda prevê que a construtora OAS vai gerir esses serviços em breve.

A primeira deve ser concretizada em instantes, quando a Câmara de Vereadores barrar a transferência de serviços de água e esgoto para a Embasa, por meio de um acordo e cooperação técnica.

A tarde de trabalho dos vereadores começará às 14 horas, e prevê a votação de 10 projetos, em duas sessões, entre os quais a transferência dos serviços de saneamento básico - água e esgoto.

A segunda parte desse exercício de advinhação fica reservada para os primeiros meses do governo Fernando Gomes. A OAS ganhará a outorga dos serviços, por meio de uma PPP (Parceria Público-Privada).

Aguardemos os acontecimentos.

Prefeito eleito de Itaju e vice são diplomados

Domingos Matos, 13/12/2016 | 20:57

O prefeito eleito de Itaju do Colônia, Djalma Orrico, e seu vice, Valério Aguiar, foram diplomados hoje, no fórum de Itororó. Esse é o último passo antes da posse, no dia 1º de janeiro.

O prefeito diplomado agradeceu mais uma vez pela confiança do povo de Itaju e disse que está preparado para dar as respostas que o município necessita em diversas áreas, a exemplo da segurança pública, em parceria com o Estado.

"Fomos vitoriosos em todas as urnas, mas a eleição já passou. Agora é hora de trabalhar pelo bem comum. Serei prefeito de todos, dignificando o cargo e prezando pela transparência na destinação dos recursos públicos", declarou Djalma Orrico.

Prefeitura de Ilhéus convoca procuradores aprovados em concurso

Domingos Matos, 13/12/2016 | 20:43

A Prefeitura de Ilhéus, por meio das portarias de números 555 e 556, publicadas no Diário Oficial nesta segunda-feira, 12, convoca nove aprovados no concurso realizado para provimento de vagas na administração municipal. Os futuros servidores públicos vão ocupar os cargos de procurador (8) e psicólogo (1) e têm 30 dias para se apresentarem à Gerência de Recursos Humanos, no Prédio Anexo de Secretarias, no centro da cidade, para entrega de documentação.

O Procurador Geral do Município, Otávio Augustus Carmo,  ressalta as medidas adotadas durante a atual gestão visando a reorganização institucional da Procuradoria, com a realização do primeiro concurso público da história de Ilhéus para essa carreira e alteração, por lei, da estrutura administrativa do órgão, dentre outras.

Na oportunidade, eles deverão apresentar os seguintes documentos: RG (xerox e original), CPF (xerox e original), CTPS (xerox e original), Título de Eleitor (xerox e original)/Certidão de Regularidade Eleitoral, Certificado de Reservista, Certidão de Estado Civil/Dependentes, carteira do conselho para os cargos definidos em pré-requisito, Regularidade do Conselho Profissional (xerox e original), Comprovante Atualizado de Residência (xerox e original), Declaração de Bens (Imposto de Renda), Registro no PIS/PASEP (caso tenha), Duas fotos recentes 3x4, Diploma de Conclusão do Curso referente à escolaridade mínima exigida para a função, expedido por Instituição de ensino autorizada por Secretaria da Educação ou IES reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e devidamente registrado.

Ainda, Atestado de Antecedentes Policiais e Criminais, Declaração de não acumulação de cargos ou incompatibilidade de carga horária, caso tenha acumulação, declaração de carga horária e escala dos últimos três meses em exercício, Atestado de Saúde Ocupacional e Laudo Médico de Sanidade Mental e Capacidade Física expedidos pelo Serviço de Medicina Ocupacional sob a responsabilidade da Administração, comprovando estar o candidato apto, física e mentalmente, a assumir as atribuições da função (Encaminhamento após a entrega de documentação).

Convocados – Foram convocados, para o cargo de procurador, Paulo Victor Souza Sena, Crys São Bernardo Veloso, Rubens Carlos Vieira, Pedro Vinicius Goes Silva Catarino, Marcos Henrique Mendes Vilela, Carlos Adolfo Costa Prado Neto, Luis Sergio de Souza Carneiro, Julia Gomes de Azevedo. Para a vaga de psicóloga, foi chamada Indyara Ribeiro.

Juiz decide diplomar prefeito eleito de Canavieiras

Domingos Matos, 13/12/2016 | 18:30
Editado em 13/12/2016 | 20:37

Tudo não passou de um susto. Essa é a sensação, imagina-se, para o staff da campanha do médico Clóvis Almeida, o Dr Almeida, candidato mais votado em Canavieiras. Até a manhã de hoje, reinava o caos, com a rejeição das contas de campanha e a não-diplomação do candidato pelo juiz André Luiz Santos Britto, da 116ª Zona Eleitoral. O Parecer Técnico Conclusivo, no processo 490.59.2016.6.05.0116, concluiu pela desaprovação, após constatada "grave inconsistência" nas contas apresentadas pelo candidato.

Mas, logo, tudo mudou.

O Dr Almeida foi diplomado na tarde dessa terça-feira (13). Seria amanhã (14), mas o magistrado decidiu ainda antecipar o ato, segundo informações.

Talvez pensando no principío da celeridade.

Dez diplomados exercerão 1º mandato parlamentar em Itabuna

Domingos Matos, 13/12/2016 | 18:05
Editado em 13/12/2016 | 21:02

Dez dos 21 vereadores eleitos em Itabuna que a Justiça Eleitoral diplomou nessa segunda-feira, 12, nunca ocuparam mandato no Poder Legislativo do município.

Exercerão cargo eletivo na Câmara itabunense pela primeira vez: Charliane Sousa – única mulher da Legislatura - e Chicão (ambos do PTB), Zico (PTN), Babá Cearense e Junior do Trator (filiados ao PHS), Nel do Bar (PPS), Ninho (PR) – mais votado nas urnas, na foto à esquerda –, Alex da Oficina (PTC), Robinho (PP) e Enderson Guinho (PDT) – o caçula, com 22 anos de idade.

De outra parte, quatro ex-vereadores retornam à Casa de Leis a partir de janeiro: Ricardo Xavier (PPS), Manoel Junior (PV), Beto Dourado (PSDB), Milton Gramacho (PRTB) – este vai para o 5º mandato.  

Os demais parlamentares (que corresponde aos sete reeleitos) vão para o segundo mandato consecutivo. Aldenes Meire e Jairo Araújo (dupla do PCdoB), Pastor Francisco (PRB), Chico Reis (PSDB), Ronaldão (PMN), Antônio Cavalcanti (PMDB) e Junior Brandão (PT). O petista desempenhará o terceiro mandato legislativo – em 2001 foi vereador pelo PTB.

Suplentes

Também foram diplomados doze suplentes, quatro deles tentaram a reeleição: César Brandão (PPS), Joilson Rosa (SD), Glebão (PV) e Paulinho (PT). Igualmente poderão ser convocados para exercer a função de vereador na condição de substituto (temporário ou definitivo): Marcos Alpoim (PSDB), Erasmo Ávila (PHS), Gerônimo Fiscal (PTC), Gilson Sousa (PMDB), Edinho da Mala (PCdoB), Peloco (PP), Robson Riguad (PTB) e Sandra Rihan (PDT).

E se...

Domingos Matos, 12/12/2016 | 11:21

...E se a prefeitura juntasse a comida desse pasto numa esquina da Almirante Tamandaré...

...Com a vontade de comer desse jegue na Presidente Kennedy (Manoel Chaves)?

 

 

Bahia leva 10 medalhas de ouro em GP Mundial de Kettlebell

Domingos Matos, 12/12/2016 | 09:53

Sete atletas de dois times de Salvador – L3 Fun Training e Movimento Funcional Studio – representando a Bahia conquistaram 10 medalhas de ouro no World Kettlebell Grand Prix Series Brasil. O evento, realizado na última sexta-feira (9), em Curitiba, é a 1º competição em nível internacional da Associação Mundial de Clubes de Kettlebell Sport (WAKSC).

Dentre os vencedores, seis medalhas de ouro ficaram para quatro atletas (2 de Santa Catarina, 1 da Bahia e 1 de São Paulo) treinadas pelo baiano João Rosário, um dos organizadores do evento e fundador da empresa Brutal Strenght and Conditioning, empresa que tem a representação oficial da World Kettlebell Grand Prix Series para realizar campeonatos reconhecidos pela WAKSC no Brasil. No encerramento da competição, ele informou que em 2017 a etapa do mundial será realizado em Salvador, no dia 8 de setembro.

Em 2015, a Bahia sediou o primeiro campeonato de Kettlebell e, nesse último ano, os atletas de algumas equipes da capital baiana vêm treinando forte e aprimorando a técnica dos atletas que já possuem medalhas e bons resultados no esporte. Um dos grandes destaques da competição foi Fátima Regina, 56 anos, da equipe da L3, de Salvador, e suas duas filhas, Gabriela e Lara Guimarães.

Fátima começou a treinar para emagrecimento, virou atleta de Kettlebell Sport e apresentou o esporte para as filhas. Juntas, elas conquistaram 6 medalhas, 2 para cada uma, pois disputara duas provas cada. A performance de Fátima nas provas chamou a atenção de todos presentes. Ela que disputou o Snatch com kettlebell de 8 kg, em 5 minutos, marcando  96 repetições e, no Long Cycle com 2 kettlebells de 8 kg, fazendo em 5 minutos 57 repetições.

Recordes

O Kettlebell Sport utiliza uma técnica de levantamento de peso que exige força e habilidade com o kettlebell, uma bola de ferro com alça que pode pesar 24 quilos na categoria feminina e 32 kg masculina em campeonatos profissionais. Nos últimos dois anos o esporte cresceu no Brasil e desde 2014, quando os primeiros campeonatos foram organizados, o nível técnico e a performance dos atletas aumentaram.

Um exemplo disso foram os recordes alcançados nessa 1º edição do WKGPSBRASIL. Atletas internacionais importantes competiram no GP como o hexacampeão mundial de Kettlebell Sport, o russo Denis Vasilev e o chileno Rodrigo Cañas, da equipe Pesa Russa, a mais importante do país e que sedia também uma etapa do GP, foram homenageados com troféus de reconhecimento pela contribuição ao esporte. Promessas do Kettlebell Sport como o Yuri Menezes, de 9 anos, levantaram o público. Ele competiu no long cycle com 1 kettlebell de 8 kg, marcando 87 repetições. Detalhe, os pais também competiram e os três juntos conquistaram 3 medalhas de ouro e 1 de prata para Florianópolis, Santa Catarina.

O atleta Sandi Martin, do Rio Grande do Sul, fez 74 repetições na prova Long Cycle, com 2 kettlebells de 28kg, atingindo a marca para ser um candidato a master of sports (CMS), título dado a atletas que atingem marcas expressivas em sua categoria.  Assim como os paulistas Leonel Ribas, que executou 173 repetições com 28 kg no snatch e Lindolfo Neto, com a marca de 73 repetições na prova jerk com 2 kettlebells de  28 kg.

Participaram do campeonato 47 atletas de 8 estados brasileiros, além do Chile e Rússia (PR, SC, SP, BA, RS, RJ, PE, DF, CHI, RUS).  O estado do Paraná, que sediou a competição, contou com 12 atletas, e a Bahia com sete, deram uma demostração de que os adeptos do esporte estão levando a sério e dispostos a investir e promover a prática no estado. O campeonato foi uma realização das empresas Brutal Strength and Conditioning, Cross Fit SM30 e teve o patrocínio da Burpes Comfort Fitness.

Itaju do Colônia: prefeito eleito busca parcerias com o governo do Estado

Domingos Matos, 10/12/2016 | 19:09

O prefeito eleito de Itaju do Colônia, Djalma Orrico (PSDB), continua se movimentando para melhorar as condições do município antes mesmo de sua posse. Essa semana, acompanhando do deputado Zé Rocha, participou de audiência com o secretário de Segurança Pública do Estado, Maurício Trindade, para reivindicar melhorias na segurança em Itaju.

O futuro mandatário expôs ao secretário a importância da presença física e constante de um delegado de Polícia na cidade, assim como um escrivão, evitando com essa medida o deslocamento das pessoas até Itabuna, que fica a 110 quilômetros, para utilizar os serviços da SSP, como a prestação de queixas.

Outra solicitação foi em relação à presença das polícias Militar e Civil, especialmente no bairro Parque dos Rios, atualmente alvo de disputa entre índios Pataxó Hã Hã Hãe e a população local. O secretário se mostrou sensível ao descrito pelo prefeito eleito e se comprometeu a priorizar as reivindicações, principalmente no bairro Parque dos Rios, no sentido da prevenção a desordem e desarmamento dos litigantes.

Djalma Orrico também foi atendido pelo secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos e Saneamento, Cássio Ramos, a quem pediu melhorias na captação e distribuição de água em Itaju, demonstrando sua preocupação com o sistema de abastecimento, que no período da seca já não atende de forma satisfatória à comunidade.

O passo seguinte foi no gabinete do Dr. Saulo Pontes, diretor da Superintendência de Infraestrutura de Transportes da Bahia, da Secretaria de Infraestrutura, para reivindicar melhorias no asfalto da estrada que liga Itaju a Santa Cruz, assim como a ponte da estrada Itaju-Palmira, que no período das chuvas impossibilita o acesso das pessoas do distrito à cidade. “Estamos em busca das soluções e parceiras, para que Itaju do Colônia possa receber investimentos e ações que venham a melhorar a condição de bem-estar do povo”, afirma o prefeito eleito Djalma Orrico.

(Na foto, o prefeito eleito Djalma Orrico - à direita -, ao ser recebido pelo secretário Maurício Trindade)

Nem Vita nem França; Cavalcante é o nome do PMDB para o Desenvolvimento Urbano

Domingos Matos, 09/12/2016 | 14:18
Editado em 09/12/2016 | 14:33

Apesar de puxar para si a indicação da Secretaria do Desenvolvimento Urbano, o candidato a vice-prefeito na chapa de Fernando Gomes, o seu xará Fernando Vita, não tem o apoio do PMDB para fazer tal escolha. Até porque o nome que ele escolheu, o engenheiro Francisco França, o Chico França, não é aceito pela Diretoria Executiva do partido, que não apenas veta a escolha como indica o Sargento Cavalcante para o posto.

A mensagem é clara: Vita fica como vice-prefeito e, como tal, decorativo no governo. No PMDB, tampouco vai dar carteirada (ele teria indicado Chico França "porque é o vice"), já que o partido, como qualquer outro faria, prefere um nome que transite bem nos aspectos aministrativos e políticos - cargos na estrutura, entenda-se. E Chico França não teria esse perfil, ainda mais num eventual governo de um Fernando Gomes regressando de uma guerra contra três gigantes - a eleição, o TRE e o TSE.

A bem da verdade, sabia-se até pouco tempo, que o próprio França não mostrava apetite para ocupar o cargo. Até a noite de hoje essa história estará melhor delineada. Aguardemos.

Enquanto comemora vitória no TRE, FG já monta estratégia em Brasília

Domingos Matos, 07/12/2016 | 12:26

Após a vitória no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por cinco votos a um, o candidato a prefeito mais votado em Itabuna, Fernando Gomes, já se movimenta em Brasília, à espera do recurso que deverá ser apresentado ainda hoje pelo Ministério Público Eleitoral (MPE). Aliás, refazendo a oração inicial: "Antes da vitória no TRE, Fernando já se movimentava em Brasília, à espera do recurso que o MPE deve interpor ainda hoje, no Tribunal Superior Eleitoral.

Isso mesmo. Sérgio Gomes, filho do candidato impugnado - e agora liberado pela Justiça Eleitoral -, desde ontem já prepara a defesa do pai na capital federal.

O Ministério Público vai apresentar recurso ao TSE em forma de Embargos de Declaração. Quer que a instância máxima da Justiça Eleitoral leve em cosideração a sentença proferida em acórdão do Tribunal de Contas da União, na sexta-feira passada (2), em que negou recurso a Fernando Gomes, que pedia reconhecimento do efeito suspensivo para uma de suas condenações naquele colegiado.

Aliás, esse foi o fundamento do único voto contrário dado a Fernando no TRE.

Prefeito eleito de Itaju participa de encontro de planejamento do PSDB

Domingos Matos, 05/12/2016 | 09:55

Lideranças nacionais e prefeitos eleitos pelo PSDB no estado se reuniram recentemente para planejar os 100 primeiros dias de trabalho nos diversos municípios. As principais orientações recomendam que as diretrizes dos 100 dias devem levar em consideração as prioridades do município, os compromissos assumidos com a população durante a campanha e os projetos e programas contidos no plano de governo. Também foi ressaltada a importância da Lei de Responsabilidade Fiscal, no intuito de se obter um desempenho eficiente na aplicação dos recursos municipais.

Alerta

O prefeito eleito de Itaju do Colônia, Djalma Orrico, aproveitou o momento para abordar o problema  ameaça de retomada por índios Pataxó Hã hã hãe, da área em que se localiza o bairro Parque dos Rios, que ocupa 40% do território do município e se localiza em uma área reivindicada pelos indígenas. O alerta foi ouvido por deputados estaduais e federais, prefeitos eleitos do PSDB baiano e lideranças nacionais, como o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

“É como se estivéssemos atados. O Brasil precisa saber o que está acontecendo em nossa cidade. É inconcebível que o direito desses cidadãos seja pisoteado. Falta bom senso”, declarou Djalma Orrico. Ele agradeceu a todos que estão empenhados nessa luta, a exemplo o deputado Paulo Magalhães, Zé Rocha, João Gualberto, Augusto Castro, Sandro Regis, Euclides Cunha. “Também ao povo do bairro Parque dos Rios, pela resistência e por acreditar no restabelecimento da paz e da ordem na comunidade”.

(Na foto, o prefeito eleito Djalma Orrico e a esposa Cássia Duarte, com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin)

Licitações ilegais fazem TCM rejeitar contas da Câmara de Itabuna

Domingos Matos, 02/12/2016 | 09:04
Editado em 02/12/2016 | 09:07

Na quinta-feira (01), o Tribunal de Contas dos Municípios rejeitou as contas do presidente da Câmara de Itabuna, Aldenes Meira Santos, referentes ao exercício de 2015, sobretudo em função das despesas irrazoáveis e ilegalidades em processos licitatórios. O gestor foi multado em R$4 mil pelas irregularidades contidas no relatório técnico.

A relatoria identificou despesas exorbitantes com a elaboração e realização de concurso (R$425.250,00), publicidade (R$407.046,39), assessoria de contabilidade (R$208.000,00), sistema de gestão arquivista digital (R$88.000,00), serviço de buffet (R$72.616,40), serviço de informática (R$62.400,00), manutenção das impressoras (R$56.320,00) e serviços de cópia (R$28.930,00). Também foram registrados questionamentos sobre diversos procedimentos licitatórios, no valor total de R$668.920,70, de inexigibilidade, no total de R$39.000,00, e de dispensa, na quantia de R$36.000,00.

Cabe recurso da decisão.

Veja + AQUI

 

Santa Casa se livra de contratar médicos pela CLT e eles comemoram

Domingos Matos, 30/11/2016 | 01:16

Médicos que atuam na Santa Casa de Misericórdia de Itabuna estão comemorando uma decisão da Justiça do Trabalho que os impede de serem contratados pelo regime CLT pela própria Santa Casa. A juíza da 3ª Vara do Trabalho de Itabuna, Cristiane Menezes Borges Lima, julgou improcedente uma Ação Civil Pública ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho, que exigia a contratação de todos os médicos que atuam na instituição como empregados, sob o regime celetista. A ação pedia ainda uma multa de R$ 1milhão, a título de indenização por dano moral coletivo.

Os médicos disseram na ação, como testemunhas, que não é interessante para eles o vínculo empregatício, porque “desenvolvem suas atividades profissionais livremente, ora atendendo em seus consultórios, ora realizando cirurgias e ou cumprindo plantões nos mais diversos estabelecimentos médicos e/ou hospitalares existentes no eixo Itabuna – Ilhéus”. Em outras palavras, não gostariam de esterem presos a um único emprego/fonte de renda.

Outra argumentação diz respeito às “dificuldades” que um vínculo como esse geraria na organização dos plantões. Isso porque eles comumente trocam plantões de acordo com suas conveniências, e essa prática acabaria por embaralhar os dados no setor pessoal.

“Somos profissionais liberais e, como tais, autônomos. Não queremos ser empregados, até porque existem peculiaridades na profissão médica que não são atendidas no modelo CLT”, declara a médica neonatologista e diretora do Hospital Manoel Novaes, Fabiane Irla Chávez.

O advogado da Santa Casa - e, indiretamente, dos médicos - na ação foi o "trabalhista-patronal" Francisco Valdece.

Mutirão do Diabético se consolida como catalisador de ações preventivas

Domingos Matos, 29/11/2016 | 13:31
Editado em 30/11/2016 | 01:37

Um mar azul de solidariedade e espírito voluntário. Assim foi o Mutirão do Diabético de Itabuna, realizado no final semana, com ações de prevenção na Praça Rio Cachoeira e atendimento médico no Hospital de Olhos Beira Rio. Foram realizados exames de glicemia, pressão arterial, prevenção da cegueira, educação física, avaliação auditiva, direitos dos diabéticos, saúde bucal, nutrição, psicologia, cadastramento para doação de medula óssea, exames de mapeamento de retina para detecção de retinopatia diabética, exame do pé diabético com triagem dos casos mais graves, exame do rim diabético e tratamento a laser de retina, além do espaço Diabetes Kids, dedicado às crianças.

“O espírito do Mutirão deve permanecer durante todos os dias do ano, porque esse é um trabalho permanente”, disse a presidente da Associação dos Diabéticos de Itabuna, Dra. Marluce Leão. “Viemos aqui para acompanhar um projeto importante, para reproduzí-lo em Salvador e outras cidades da Bahia. O que impressiona não é apenas a estrutura, mas o comprometimento de centenas de voluntários”, destacou o Dr. Mauricio Aquino, presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular-Regional Bahia. 

Eduardo Augusto Fernandes Nilson, coordenador de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, ressaltou que “esse é um modelo para o país e o mundo, pelo foco na prevenção e pela garantia de tratamento aos casos de diabetes detectados. É uma experiência capaz de mobilizar e sensibilizar o sistema de saúde pública”. O Dr. Rubens Belfort, vice-presidente da Academia Nacional de Medicina e presidente da Academia Brasileira de Oftalmologia, afirmou que "o mutirão a cada ano fica melhor, atraindo pessoas de toda a região. É um evento que atrai a atenção de profissionais de várias partes do país, que estão aqui para conhecer e replicar o projeto”.

“A cada ano o Mutirão ganha uma nova dimensão e já é reconhecido em outros países. Isso só é possível porque Itabuna se uniu em torno desse projeto, que hoje não pertence apenas ao Hospital de Olhos Beira Rio e à ASDITA, mas a toda a cidade”, disse o Dr. Rafael Andrade, coordenador do Mutirão do Diabético de Itabuna.

O Mutirão do Diabético foi encerrado com a apresentação do Balanço Geral Especial, comandado por Tom Ribeiro, pela Record TV Cabrália, que além de depoimentos sobre prevenção, contou com as presenças de Tays Reis da Banda Vingadora, Mari Antunes da Banda Babado Novo, Sinho Ferrary, entre outros artistas.

Frente

Políticos, a exemplo de um grupo de vereadores recém-eleitos, visitaram o mutirão no domingo. Entre eles, o vereador-eleito Ninho (foto ao lado, com o representante do Ministério da Saúde) se interessou em saber como toda a estrutura funciona e disse que seu gabinete estará aberto para garantir o fortalecimento do mutirão a partir de 2017.

"Estou aqui com diversos colegas, recém-eleitos, e vou propor a criação de uma frente ampla para defesa da saúde em nosso município, mas queremos dedicar especial atenção a ações como essas, que despertam a necessidade de maior atenção à prevenção e cuidado com doenças como o diabetes e suas consequências para a saúde geral do portador".

Pataxós ameaçam retomar bairro em Itaju do Colônia

Domingos Matos, 26/11/2016 | 14:29
Editado em 26/11/2016 | 14:36

Moradores do bairro Parque dos Rios, em Itaju do Colônia estão assustados com a possibilidade de perderem suas casas. Índios da etnia Pataxó Hã Hã Hãe ameaçam com a retomada da área do bairro, que fica localizado nos limites de uma área de 54 mil hectares, objeto de conflito há mais de 50 anos. O local, totalmente urbanizado, abriga escolas, creche, academia, áreas de lazer, unidade de saúde, igrejas, mercados e padarias, e as casas existiriam no local há mais de 40 anos

O prefeito eleito de Itaju, Djalma Orrico (PSDB), antevendo o tamanho do problema que terá pela frente, levou comitiva a Salvador, para conversar com deputados dos partidos que deram sustentação à coligação da chapa vencedora, “Juntos Somos Mais”, no intuito de reivindicar segurança pelo bem-estar social e buscar soluções pacíficas entre as partes.

Djalma Orrico e o vice-prefeito eleito, Valério Aguiar, após contato com deputados, sugeriu uma visita da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa a Itaju. “Também mobilizamos a bancada federal a fazer alertas no Congresso sobre a causa, além de marcar audiência em Brasília com ministros da área, visando sensibilizar pela necessidade urgente de ações que promovam a paz e a ordem”.

Ausência

Há, como ingrediente agravante, a falta de segurança e a ausência de ações do município e do estado naquelas áreas, o que facilitou o aumento da violência no distrito de Palmira. “A violência ocorre em proporções desastrosas. Já ocorrerem troca de tiros em ruas e avenidas por bandidos que confiam na ausência do Poder Público para gozarem de total impunidade”, denuncia Orrico.

O prefeito eleito disse estar preparado para, “pelo bem do povo de Itaju, trilhar os caminhos árduos de administrar todas as mazelas e problemas que a cidade enfrenta. Esse é o nosso compromisso, a nossa vontade e será, se Deus quiser, a nossa marca: administrar para todos”.

(Publicado originalmente no Jornal Agora. Na foto, reunião com o deputado Zé Rocha)

Morre Fidel Castro, líder da Revolução Cubana

Domingos Matos, 26/11/2016 | 09:34
Editado em 26/11/2016 | 09:36

“Com profunda dor, compareço aqui para informar ao nosso povo, aos amigos da nossa América e do mundo que hoje, 25 de novembro, às 10h29 da noite, faleceu o Comandante em Chefe da Revolução Cubana Fidel Castro Ruz. Cumprindo a vontade expressa do Companheiro Fidel, seus restos mortais serão cremados. Nas primeiras horas da manhã deste sábado (26), a comissão organizadora dos funerais dará ao nosso povo uma informação detalhada sobre a organização da Homenagem póstuma ao fundador da Revolução Cubana”, disse Raúl Castro.

Uma das pessoas mais influentes no século XX, e também das mais carismáticas, que marca a identidade coletiva de Cuba, Fidel tinha feito os 90 anos em 13 de agosto e estava afastado da Presidência desde 2006. Emocionado, o irmão mais novo, Raúl - que assumiu o posto em seu lugar - terminou o anúncio da sua morte com a firme frase: "Até a vitória, sempre".

FIdel tinha sido visto pela última vez em público em 15 de novembro, quando recebeu o presidente vietnamita, Tran Dai Quang. Em abril, havia feito um discurso no encerramento do Congresso do Partido Comunista Cubano, no qual falou indiretamente sobre a morte - e seu legado.

"Em breve vou fazer 90 anos, isso nunca me tinha passado pela cabeça e não foi fruto de um esforço, foi capricho da sorte. Em breve serei como todos os outros. A vez chega a todos, mas ficam as ideias dos comunistas cubanos como prova de que neste planeta, se se trabalha com fervor e dignidade, se podem produzir os bens materiais e culturais de que os seres humanos precisam e devemos lutar sem trégua para os obter", disse, na ocasião.

Nascido em 1926 na pequena ilha, Fidel tornou-se uma das personalidades mais conhecidas no mundo. Líder da Revolução Cubana em 1959, derrubou a ditadura de Fulgêncio Batista, apoiada pelos EUA.

Durante três décadas, Castro - "a estrela mais vermelha do mapa latino-americano e caribenho" - foi presidente do Conselho de Estado e do Conselho de Ministros de Cuba, assim como comandante-em-chefe das Forças Armadas Revolucionárias.

Nesses 90 anos de vida, dedicou-se à sua pátria, à revolução cubana, à emancipação dos trabalhadores, às grandes causas da humanidade, à paz e cooperação entre os povos. Uma voz enérgica na denúncia dos crimes do imperialismo e das injustiças do mundo, na interpretação e formulação sobre as questões políticas e socioeconômicas de seu tempo. Um farol para povos que defendem a liberdade, independência, autodeterminação, progresso social, justiça e o socialismo.

Via vermelho.org

Cacos de golpe pra todo lado

Domingos Matos, 25/11/2016 | 11:33

Não há a menor surpresa para este blogueiro na situação que o país enfrenta hoje. E não se fala aqui "apenas" da queda do ministro Geddel Vieira Lima flagrado defendendo um emprendimento particular - e até mesmo próprio. Quem já fez chover na Bahia para decretar calamidade quando ainda havia regras não faria nada diferente sendo o manda-chuva em um governo golpista.

Fala-se do todo. De PECs a reformas, tudo tem um viés privateiro. SUS? É um "sonho de uma noite de verão" para esse governo. Minha Casa Minha Vida para imóveis milionários. Privatização da Educação. Da Petrobras. Do Brasil.

Não espanta, absoluamente, ver cacos de golpe pra todo lado. Estava escrito nas estrelas.

Que comece o mimimi dos que mantiveram seus golpistas de estimação sob a aura da inocência conivente.

A história se repete

Domingos Matos, 24/11/2016 | 09:30

Itabuna está prestes a voltar ao período 2005-08.

Aguardemos.

Eia!

Estudantes mobilizam escolas com projetos pela igualdade étnico-racial

Domingos Matos, 23/11/2016 | 17:28

As unidades escolares da rede estadual promovem durante esta semana diversas atividades alusivas ao Novembro Negro, mês em que se celebra o Dia da Consciência Negra (20). No Centro Estadual de Educação Profissional em Artes e Design (CEEP), localizado no bairro de Nazaré, em Salvador, os estudantes da Educação Profissional participam, até a próxima sexta-feira (25), de uma ampla programação, que inclui seminários, palestras, apresentações musicais e de resultados de pesquisas sobre temas que dialogam com a educação para a diversidade e para as relações étnico-raciais.

O estudante Rian Mourthé, 19, que faz o curso técnico em Instrumentos Musicais, participou de uma apresentação de dança afro ao som da música “Vocês conhecem Zumbi”, interpretada pelo cantar Alexandre Pires. “Nosso objetivo foi contar a história de luta do negro através da expressão artística como uma forma de valorização da nossa cultura”, afirma.

O Colégio Estadual Henriqueta Martins Catharino, localizado no bairro da Federação, em Salvador, também está promovendo até esta quinta-feira (24), a Semana da Consciência Negra. Ao longo da semana, sempre às 14h, os estudantes participam de mesas-redondas, oficinas criativas, apresentações de performances, exibição de documentário e desfile da beleza negra. Já o Colégio Estadual Nova de Sussuarana promove, a partir desta quarta (23), até sexta-feira (25), a Feira de Ciência e Arte com exposição de trabalhos científicos e show de talentos, a exemplo de poesia, dança e música.

A comunidade escolar do Colégio Democrático Estadual Anísio Teixeira, em Potiraguá , realiza, nesta quarta-feira (23), das 8h50 às 16h, um seminário com o tema “O tamanho do seu preconceito?”. No evento serão discutidas as formas de preconceito, penas impostas pela justiça para os crimes de discriminação e sobre algumas leis relacionadas à temática.

Em Itabuna, os estudantes do Centro Territorial de Educação Profissional Litoral Sul II (Cetep), também apresentaram a culminância do projeto sobre a Consciência Negra. Breno Ferreira, 16, do curso técnico em Administração conta que gostou muito da forma como o tema foi abordado. “Achei o evento muito interessante porque foram feitas apresentações de dança, música, desfile da beleza negra, roda de capoeira e declamação de poesias de autoria dos colegas produzidas com base nas informações pesquisadas”, explica.

O que é a era da pós-verdade

Domingos Matos, 23/11/2016 | 09:21

Por Jean Wyllys

A notícia de que o Facebook – até que enfim – decidiu tomar medidas para limitar a circulação de notícias falsas na rede vem pouco depois de a Universidade de Oxford ter escolhido a “pós-verdade” como a palavra do ano, e das polêmicas suscitadas nos Estados Unidos como consequência da série de boatos espalhados pelas redes sociais que contribuíram para o sucesso eleitoral de Donald Trump.

Ou seja, pela primeira vez, parece que academia, políticos sérios e empresas de tecnologia se mostram realmente preocupados com a contaminação da esfera e da opinião públicas por mentiras e calúnias divulgadas na internet e nas redes sociais por criminosos da política e da religião, com o objetivo de manipular a opinião pública.

Nada disso é novidade para as famílias dos mortos por linchamentos motivados por fofocas na internet. E nada disso é novidade, tampouco, para nosso mandato, que trava uma batalha de seis anos contra o próprio Facebook para por algum freio à avalanche de mentiras e calúnias em relação a mim que corre nas redes sociais.

“Jean Wyllys apresentou um projeto de lei para mudar trechos da Bíblia”, “Jean Wyllys disse que sairia do Brasil se o impeachment fosse aprovado”, “Jean Wyllys defendeu a pedofilia”, “Jean Wyllys disse que os negros não podem ser evangélicos”, “Jean Wyllys quer implantar o ensino da religião islâmica nas escolas”, “Jean Wyllys quer obrigar as crianças a mudar de sexo”.

Cada uma dessas e outras estupidezes, inventadas por criminosos que usam as redes sociais para difamar adversários políticos, “viralizou” por meio do Facebook, que nada fazia para impedir que isso acontecesse.

Antes da vitória de Trump, o resultado do Brexit no Reino Unido, a derrota do acordo de paz na Colômbia e as vitórias de Crivella, no Rio, de Dória, em São Paulo, e do candidato do PSDB, em Belém, já mostraram o poder da “pós-verdade” (da mentira aliada ao preconceito) na política contemporânea.

Embora cada um desses resultados eleitorais tenha vários e complexos motivos, é inegável que a boataria e a “viralização” de mentiras e calúnias nas redes sociais jogaram um papel fundamental na estratégia de campanha dos vencedores e influenciaram seriamente o voto popular.

E, ainda que algumas pessoas ditas “de esquerda” recorram a este expediente, a “pós-verdade” é uma arma sobretudo da extrema-direita e de fascistas, instrumentalizada pela direita tradicional e seus veículos de comunicação.

O triunfo da “pós-verdade” e a destruição que esta causou nas relações familiares e vicinais, jogando as pessoas numa arena de ódio, são também frutos da negligência e, em alguns casos, da cumplicidade do jornalismo e das instituições democráticas com esse expediente.

A Polícia Federal, no Brasil, mostra-se completamente incompetente e ineficaz em conter a rede de difamação quando esta vitima políticos e pessoas de esquerda e progressistas, mesmo em posse de indícios que podem lhe levar aos criminosos. Já o Ministério Público tem movido ações contra essas pessoas – sim, contra as vítimas – baseado em mentiras e calúnias que circulam na internet.

Vejamos alguns exemplos recentes. Em Feira de Santana (BA), a Câmara de Vereadores moveria uma moção de repúdio a mim baseada numa mentira ridícula que circula nas redes sociais (que eu apresentei um projeto para “mudar trechos da Bíblia”).

Uma promotora do MP pediu que eu fosse investigado por um boato de internet sobre “tráfico de influência” para que um filme recebesse fundos da Lei Rouanet (e a informação é tão falsa que não só não houve tráfico de influência como a verdade é que os produtores do filme, que não têm qualquer vínculo comigo, sequer solicitaram – e portanto também não receberam – dinheiro da Lei Rouanet.

Também podemos citar o caso da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, que sorriu quando um deputado estadual insultou violentamente a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) por conta de uma calúnia contra ela divulgada na internet (um suposto post no Facebook que ela nunca fez).

Outro exemplo aconteceu recentemente, quando uma enquete (ainda que infeliz) realizada pelo programa de Fátima Bernardes na Rede Globo deu lugar a um uso político vergonhoso e contaminado de mentiras: um deputado federal usou as redes sociais para relacionar a enquete à queda do helicóptero da PM na Cidade de Deus e usou essa falsa relação para atacar a apresentadora do programa.

Na Câmara Federal, a desfaçatez com que deputados e deputadas que perpetraram o golpe contra nossa democracia se revezam na tribuna para reproduzir mentiras e calúnias que circulam na internet é assustadora.

O caminho do próprio impeachment da presidenta Dilma foi pavimentado com a “pós-verdade” – e, nesse caso, com a ajuda dos jornais, revistas e telejornais. O MBL e o Revoltados Online – grupelhos proto-fascistas instrumentalizados por partidos de direita como PSDB, DEM, PMDB e Solidariedade – trabalham apenas com a “pós-verdade”.

Nos EUA, o próprio FBI deu subsídio para a rede de mentiras contra Hillary Clinton, para, no final da campanha, quando a “pós-verdade” já havia feito o estrago, negar as insinuações feitas.

Ou seja, as instituições democráticas que poderiam e deveriam deter essa arma letal nada fizeram porque, uma vez compostas de pessoas, estão elas mesmas repletas de preconceituosos, ignorantes, fanáticos e criminosos que se tornaram militantes da “pós-verdade”. A notícia de que o Facebook vai reagir a tudo isso é bem-vinda e traz alguma esperança a esses tempos sombrios.

Jean Wyllys é deputado federal

Via DCM; publicado originalmente na Carta Capital.

Mutirão do Diabético - Itabuna

Domingos Matos, 23/11/2016 | 09:09

Concurso destaca a Beleza Negra em Itabuna

Domingos Matos, 23/11/2016 | 00:02
Editado em 23/11/2016 | 09:03

O Concurso Beleza Negra, que fez parte das celebrações do Dia da Consciência Negra e das homenagens a Zumbi dos Palmares em Itabuna, reuniu onze candidatas na União dos Servidores Municipais de Itabuna-Usemi. Coordenado por Walmir do Carmo, com apoio de Luzia Lima, o evento contou com as presenças de Mestre Sabará, Caboco Alencar e Dona Bazu,  que foram homenageados como negros que dão suas contribuições para à nossa sociedade. As homenagens foram realizadas grupo Movimento Negro Unificado (Núcleo de Itabuna), presidido por  Roberto Santos Ferreira.

O júri elegeu como vencedores Jeiziane Souza dos Santos , de 15 anos, do bairro Santo Antonio  em 1º. lugar;    Vanessa Ribeiro Soares dos Santos, de 21 anos,  do bairro Novo Horizonte em 2º. lugar e Queila Barbosa dos Santos, de  26 anos, do bairro Sinval Palmeira, em 3º. lugar.

Além das escolha da Garota Beleza Negra, a programação teve ainda musica, dança e poesia, com Rômulo Almeida, Gledson, Sueli da Silva e a participação do Grupo Axé Odara com toque de atabaques e dança sob o comando do Pai Gildo.

Baiano coordena 1º GP mundial de kettlebell no Brasil

Domingos Matos, 22/11/2016 | 22:50
Editado em 22/11/2016 | 22:50

O Brasil sediará pela 1º vez, no dia 9 de dezembro, em Curitiba, Paraná, uma etapa do World Kettlebell Grand Prix Series, da Associação Mundial de Clubes de Kettlebell Sport─WAKSC. O certame tem como coordenador geral o itabunense João Rosário.

Com várias certificações internacionais em kettlebell, o educador físico João Rosário é fundador e ex-presidente da Federação Brasileira de Kettlebell Lifting (FBKL), coordenou os principais campeonatos nacionais de kettlebell do país, é head coach da Brutal Strength and Conditioning. Também é representante da World Association of Kettlebell Sport Clubs no Brasil e está à frente da organização do 1º GP mundial de Kettlebell no Brasil, que contará com a participação das principais atletas que treina, como as catarinenses Flávia Ferreira e Nicole Zaniz.

Ele informa que as atletas tiveram evolução notável e recordes importantes nos últimos 2 anos e, por isso, são consideradas favoritas na prova long cycle. “Em 2 anos de competições, elas já somam juntas 24 medalhas de ouro e apenas 1 prata, sendo 10 medalhas de ouro só esse ano em 3 campeonatos:  Copa Catarinense (2), Campeonato Paranaense (5) e Copa do Brasil de kettlebell Sport no Arnold Classic, no Rio de Janeiro (3), uma vez que elas disputaram até 3 provas por campeonato”, informa. Completam o time a baiana Priscila Beck, campeã brasileira e baiana 2015/2016 e Letícia Krebs, campeã brasileira e paulista 2016.

Para ele, a expectativa do Brasil receber uma etapa do mundial é grande, já que atrairá atletas e equipes de destaque do Brasil e vindos de outros países, como o russo Denis Vasilev, hexacampeão e recordista mundial.

Treinamento e cursos

Levantar uma bola de ferro (kettlebell) na maior quantidade de vezes possível em um período de tempo determinado. Esse é objetivo do kettlebell sport, modalidade que tem um baiano como referência no Brasil na formação de professores e treinamento de atletas premiados. João Rosário viaja pelo Brasil ministrando cursos de formação, workshops, além do envio semanal de planilhas de treino para alunos e atletas de outros estados.

Até o final do ano e mês de janeiro a agenda do educador físico já está reservada para campeonatos e cursos de kettlebell sport no eixo Sudeste-Sul do Brasil, voltados para a formação de professores de educação física, atletas e praticantes do esporte.  “Paralelo aos campeonatos conduzo certificações e workshops de kettlebell enfatizando a técnica dos principais movimentos além da sequência correta de planejamento de um treino com kettlebell potencializando o desempenho e resultados com essa ferramenta”, explica Rosário.

Em novembro, ele ministra cursos no eixo sudeste-sul, nas cidades de São Caetano do Sul-SP (26/11), Curitiba-PR (27/11) e em Joinville-SC (03/12). Fechando o ano na Bahia, com o workshop de kettlebell na Academia XPRO Training em Itabuna nos dias 17 e 18 de dezembro. E em 2017, o calendário de competições organizadas por Rosário se inicia no dia 28 de janeiro, com o Torneio Brutal de Kettlebell Sport, em Canavieiras, Bahia, primeiro realizado no sul do estado que contará com a presença de atletas locais, da capital e de São Paulo.
Todas as informações no site www.brutalsc.com.br ou no whatsapp (73) 99827-9091
 

Até onde vai o efeito suspensivo celebrado por FG no TCU?

Domingos Matos, 22/11/2016 | 12:52

Há cerca de 20 dias o ex-prefeito Fernando Gomes, candidato mais votado votado nas eleições de outubro, em Itabuna, e impedido de tomar posse devido ao indeferimento de seu registro, comemorava um efeito suspensivo nas condenações que ostenta no Tribunal de Contas da União (TCU). São essas condenações - são várias dentro de um processo - as maiores dores de cabeça para o político itabunense.

Depois de devidamente comemorado e noticiado, o efeito suspensivo na condenação de Fernando Gomes (DEM) foi questionado por alguns adversários, especialmente o segundo colocado na disputa eleitoral, o médico Antônio Mangabeira (PDT). Para esses, esse efeito suspensivo seria frágil demais para justificar uma diplomação e a posse de um candidato tantas vezes condenado nos diversos tribunais de contas.

Se há uma precariedade nessa resolução do relator não se pode cravar estando de fora. Mas, como ensina o 'mestre' Delcídio do Amaral em seu depoimento ontem, na Lava Jato, "política é feita de gestos".

O "gesto" da ausência de um desembargador justo no dia da votação do recurso do ex-prefeito no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que poderia, apoiado na suspensão da condenação no TCU, conferir a liberação do registro de sua candidatura - e todas as consequências que poderiam advir desse ato - parece ser bem significativo: tudo que sobe, desce (ou, tudo que é suspenso, é temporário).

Ah, quem quiser conhecer os itens alcançados pelo efeito suspensivo do TCU, basta clicar AQUI. São extamente os 9.3 (e seus subitens), 9.4 (e subitens) e 9,5 do Acórdão 446/2010, no processo 001.929/2002-9.

Concurso Beleza Negra na programação do Novembro Negro

Domingos Matos, 19/11/2016 | 10:34

O coletivo de Entidades Negras de Itabuna realiza, desde o dia 16 até o dia 20, o Novembro Negro, em homenagem aos 321 anos da morte de Zumbi dos Palmares.

De acordo com Walmir do Carmo, militante do movimento negro, “esse evento é fruto da uma construção coletiva, a partir das demandas de cada entidade envolvida no coletivo, que tem em comum o desejo de celebrar e discutir a memória de um dos ícones da luta  pela igualdade racial”.

A programação tem oficinas, exposições,  roda de conversa, sarau, peça teatral, filmes, visita ao monumento a Zumbi e o Concurso Beleza Negra, que ocorree hoje, na Usemi, às 19 horas.

Confira na programação o que rolou e o que ainda pode ser conferido:

Dia 16 – 19 horas

Noite do Tambor – Apresentações Culturais na Praça Laura Conceição com as Comunidades Tradicionais de Matriz Africana

De 17 a 19 –  Espaço Mário Gusmão

Feira de Artesanato – Associação Itabunense de Artesãos – AIART

I Mostra Fotográfica do Ponto de Cultura Associação do Culto Afro Itabunense – ACAI/Projeto Cultura em Ação

Dia 17 – 9 horas – Espaço Mário Gusmão

Fórum de Agentes e Gestores Culturais do Litoral Sul

14 horas – Centro de Cultura Adonias Filho

Mostra Audiovisual, Cineclubista – Cine Debate Mário Gusmão

Dia 18 – 14 horas – Auditório do SIMPI

Oficina de Dança Afro: “ Os Quatro Elementos” – Corpo e Ancestralidade

19 horas – Espaço Mário Gusmão

Roda de Conversas – Povos Tradicionais de Mariz Africana: “Acesso ao Direito ou Direito ao Acesso?”

Outras Atividades:

Dias 16 a 17 – Semana da Diversidade

Complexo Integrado de Educação de Itabuna –  CIEI

Dia 16 –  das 10 as 11:30 Horas

Oficinas Temáticas sobre Diversidade : Empoderamento  da menina negra e estética

16 horas – Centro de Cultura Adonias Filho

Espetáculo Anjo Negro: A Memória de Mário Gusmão

Direção Egnaldo França

***

Dia 19 – 19 horas – Centro de Cultura Adonias Filho

Espetáculo de Dança Afro Contemporânea: “Saga de Guerreiros”

20 horas – USEMI

Concurso Beleza Negra – direção Walmir do Carmo, coordenação:  Luzia Lima

Entrada 1 kg de alimento não perecível

Dia 20 – 14 horas  – Praça Olinto Leone

Sarau Kizomba de Resistências

16 horas – Visita ao Monumento a Zumbi dos Palmares

Avenida Princesa Isabel, próximo a Prefeitura

Juvenal volta à Ceplac como diretor-geral

Domingos Matos, 14/11/2016 | 20:30
Editado em 14/11/2016 | 20:31

A nomeação de Juvenal Maynart para a direção da Ceplac em Brasília foi publicada hoje no Diário Oficial da União. Juvenal foi superintendente da Ceplac na Bahia entre 2011 e 2015 e saiu elogiado por produtores e reconhecido pelo funcionalismo, especialmente pelo dinamismo que imprimiu à sua gestão. A expectativa é que retome o projeto interrompido em 2015.

A passagem de Maynart pela Sueba foi marcada pela luta pela modernização da legislação ambiental que favorecesse a produção de cacau em áreas de cabruca. Essa batalha começou com a importância da cabruca reconhecida pela ONU na Rio+20, como uma das 10 premissas para uma agricultura sustentável no Brasil.

A Bahia aprovou nova Lei Ambiental, com um capítulo relativo às áreas agrossilvipastoris, entre as quais a cabruca foi contemplada e em seguida regulamentada como espaço produtivo, passível de manejo. Como resultado prático, já foi dada a primeira autorização de manejo da cabruca.

Também marcou a passagem de Juvenal pela Sueba a intensa parceria com a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), numa relação mais que institucional, mas de antevisão do que uma universidade federal poderia gerar em termos de desenvolvimento para a região como um todo e para o negócio cacau e chocolate em particular.

O resultado dessa parceria pode ser observado na materialização do Parque Científico e Tecnológico do Sul da Bahia, parceria da Ceplac, UFSB, Uesc e institutos federais de Educação, já com o primeiro laboratório de Biotecnologia em Alimentos, com ênfase em cacau e chocolate, sendo inaugurado nos próximos dias. O próprio campus Jorge Amado tem a marca da parceria da UFSB com a Ceplac, que doou parte do terreno, onde já está sendo construído o Centro de Formação em Tecnologias Agroflorestais.

“Quando servi na Superintendência da Bahia, cuidei para que o interesse público prevalecesse, sem abrir mão de que o domínio das tecnologias garantisse o paradigma da sustentabilidade e que a ciência voltasse a ser a balizadora a expansão das atividades produtivas, da conservação do meio ambiente e da transformação social de toda a região. Creio que cumpri meu dever”.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.