A dois passos do paraíso

Eco Água Ilhéus

Domingos Matos, 06/05/2019 | 08:25

Um lugar especial, com diversas atrações, perfeito para um passeio rural e ecológico. Cercado de piscinas naturais, de mata atlântica e plantações de cacau, o Eco Água Ilhéus pode ser o destino para quem quer a paz do campo sem abrir mão das possibilidades de aventuras nas trilhas ou até um banho de bica - que mais se parece uma cachoeira.

O acesso é pela zona norte de Ilhéus ou pela BA-001 (Itacaré-Ilhéus) e ainda pela estrada Uruçuca-Ilhéus.

Clique na imagem do cartaz para ver detalhes.

Gonschä Chocolat é produzido em Itacaré com cacau 100% orgânico

Domingos Matos, 03/05/2019 | 17:31

Por Daniel Thame

Foi amor à primeira vista. O casal Romain Gonçalves, francês filho de portugueses, e Helen Schaly, brasileira descendente de alemães, foi apresentado a um fruto de cacau durante uma feira de alimentos em São Paulo. Em 2014, em busca de mais qualidade de vida, já estavam residindo em Itacaré, no Sul da Bahia. No ano seguinte, adquiriram a Fazenda Pancadinha, no mesmo município, com uma área 27 hectares, sendo 20 hectares de cacau.

Era o primeiro passo para a realização do sonho que nasceu naquele primeiro contato com o cacau: a  produção de chocolate. “Sempre fomos consumidores de produtos orgânicos, dentro de uma filosofia de vida saudável e respeito à natureza e decidimos que a nossa produção de cacau seria orgânica”, conta Helen.

Com a colheita 100% orgânica, a fábrica de chocolate foi instalada em meio à plantações de cacau. Nascia, em 2019, o Gonschä Chocolat, um autêntico produto tree to bar (da árvore à barra), lançado oficialmente no Chocolat Festival, realizado em abril na Bienal do Ibirapuera, em São Paulo.

“Decidimos investir na produção de chocolates, já que a gente cuida desde a plantação até a colheita e manejo das amêndoas. Processamos esse cacau, que é de ótima qualidade, e fazemos um chocolate premium,  que tem alto valor agregado”, explica Romain. A unidade tem capacidade de produção de 16 quilos por dia, com potencial de ampliação.

O Gonschä Chocolat é produzindo nas versões com 90%, 70% e 40% de  cacau; 70% com laranja, 40% com castanha de caju, 35% chocolate branco, e 35% chocolate branco com nibs.

O verdadeiro chocolate

A meta é atingir inicialmente o mercado baiano, mas já existem projeções para comercialização em São Paulo, onde o Gonschä foi bem recebido no festival, Rio de Janeiro e demais estados do Sul/Sudeste, onde está o principal mercado consumidor, posteriormente o exterior. “Existe uma demanda por produtos de origem, com foco na sustentabilidade. O Sul da Bahia, com a imagem mundial de Jorge Amado, a história, a biodiversidade e os investimentos na qualidade do cacau, tem pelas condições de se consolidar como polo de chocolate”, destaca Romain. “As pessoas vão se acostumar a consumir o verdadeiro chocolate e valorizar a produção ´tree to bar´ (da árvore à barra) e ´bean to bar´ (da amêndoa à barra), com elevados teores de cacau”, diz.

Helen ressalta ainda que “o nosso cacau vai pra Europa e volta como chocolate, um produto muito mais caro. É preciso  um trabalho permanente de valorização e divulgação da produção sul baiana, que tem um chocolate com características únicas no mundo”. “Toda a cadeia produtiva do Sul da Bahia se beneficia com a produção de cacau e chocolate de qualidade”, finaliza.

As novidades da Gonschä podem ser acessadas  no Instagram  @gonschachocolat e em breve será lançado  o site www.gonschachocolat.com.br

Itabuna perde prazo para Plano de Mobilidade

Domingos Matos, 03/05/2019 | 14:33

Findo o prazo (em 30/04/2019) para elaborar seu Plano de Mobilidade Urbana, Itabuna, agora, ficará impedida de receber recursos federais para aquela finalidade. Em 2017, um grupo de trabalho, do qual a Câmara Municipal fez parte, elaborou termo de referência orçando o Plano em R$ 1,5 milhão. Conforme a Prefeitura, a licitação não saiu do papel por falta de recursos.

A mobilidade urbana em Itabuna foi o terceiro tema do Queremos Saber, projeto do Legislativo itabunense para diálogo interinstitucional. No encontro, terça passada, 30, o secretário João Zulato Filho (Sedur) informou que, em 2018, o município pleiteou financiamento para licitar o Plano, contudo os “recursos foram negados” por pendências em certidões negativas.

Palestrante do Queremos Saber, a arquiteta e urbanista Débora Santa Fé enfocou o transporte sustentável (modelo DOTS) no qual é priorizado o deslocamento de pedestres. A partir dele, Santa Fé reforçou o planejamento de cidade 3C (compacta, coordenada e conectada). Para o transporte coletivo itabunense, ela recomendou o BRS – sistema de faixas exclusivas para ônibus.

Entidades de Itabuna ligadas às pessoas com deficiência aproveitaram o Queremos Saber para cobrar mais acessibilidade. Napoleão Santana (Fundesb) e Antônio Alves (AGP), ambos cadeirantes, reclamaram de elevadores com defeito nos ônibus coletivos e de obstáculos em faixas elevadas para pedestres (duas delas recém-construídas na Avenida Ilhéus).

Estudantes de Teatro do CEEP do Chocolate em Ilhéus são aprovados na UFSB

Domingos Matos, 03/05/2019 | 11:33

Seis estudantes do Curso Técnico de Teatro do  Centro Estadual de Educação Profissional do Chocolate Nelson Schaun, em Ilhéus, escola da rede estadual de ensino da Secretaria de Educação da Bahia, foram aprovados para o curso de Artes da Universidade Federal do Sul da Bahia-UFSB, no campus Jorge Amado, em Itabuna. Amanda Cardoso,  Andreina Tainá Guerra Félix Mendes,  Ingrid Santos, Natália Santos,  Mariana Andrade e  Raromine Lopes fazem parte da primeira turma de Teatro do CEEP Ilhéus, que colou grau no mês de março, e estão iniciando a carreira universitária neste semestre.

A professora Valdiná Guerra Félix, Articuladora do Curso Técnico de Teatro, destaca que  “a aprovação dos estudantes na UFSB tem um grande significado para nós, porque reflete o trabalho realizado em três anos, valorizando teoria e  prática na atividade artística”. “Além disso, eles estarão dando continuidade ao processo de formação profissional e acadêmica. A existência do curso Técnico em Teatro despertou novos horizontes para os alunos do CEEP”, disse.

A estudante Natalia Santos comemora o acesso à universidade: “abri mão da aprovação em Direito, para realizar o meu sonho que é cursar Artes, a carreira que escolhi seguir. Estou muito feliz e agradeço ao CEEP do Chocolate pela formação que me possibilitou  o acesso à Universidade Federal do Sul da Bahia”.   

Além da formação básica e da valorização da cidadania, o curso também forma os alunos para assumirem  funções técnicas dentro do teatro como cenotécnica, iluminação, sonoplastia, fotografia cênica, maquiagem, figurino, direção, dramaturgia e atuação.

Cerca de 50 estudantes fazem o curso técnico de nível médio em Teatro no CEEP Chocolate Nelson Schaun, que também oferece os cursos técnicos de nível médio em Agroindústria, Análises Clínicas, Eletromecânica, Guia de Turismo, Hospedagem e Logística.

Câmara de Itabuna reforçará evento focado em pequenas empresas

Domingos Matos, 02/05/2019 | 16:19

Os vereadores de Itabuna foram convidados para o X Congresso Norte-Nordeste da Pequena Empresa, organizado pela Associação das Micros e Pequenas Empresas da Bahia (Ampesba). O chefe do Legislativo itabunense, Ricardo Xavier (Cidadania23) recebeu o convite das mãos do presidente da Associação, Valdir Ribeiro que estava acompanhado do diretor Pascoal Freire.

“Esse evento privado busca apoio do poder público para que [juntos] possamos fomentar e construir um ambiente favorável ao desenvolvimento”, ressaltou Ribeiro na visita institucional a Xavier na terça, 30. O presidente da Câmara confirmou presença no evento frisando que “tudo que estiver ao alcance da Casa, faremos para beneficiar os pequenos empreendedores itabunenses.”

Nessa edição o Congresso abordará empreendedorismo com desenvolvimento sustentável, tendo entre os palestrantes o vice-governador da Bahia, João Leão, que também é Secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado. O evento da Ampesba está marcado para 17 de maio, às 8h na UESC, com expectativa de 500 participantes, entre empresários, convidados e autoridades.

Entre as demais presenças confirmadas no X Congresso estão os prefeitos Mário Alexandre, de Ilhéus, e Fernando Gomes, de Itabuna; o superintendente do Sebrae/BA, Jorge Khoury; e o deputado federal Helder Salomão (PT/ES).

 

Audiência por videoconferência reúne quatro polos pela primeira vez

Domingos Matos, 02/05/2019 | 08:53
Editado em 02/05/2019 | 09:03

Foi realizada, na terça-feira (30), simultaneamente em Itabuna (Fórum e Conjunto Penal), Serrinha e Salvador, uma audiência de instrução de um processo envolvendo 19 réus, sendo 12 deles custodiados em Itabuna e os demais em Serrinha. Essa foi a primeira vez que uma audiência tão complexa foi realizada por videoconferência.

Conduzida pelo juiz Vicente Reis Santana Filho, a partir do Fórum de Salvador, a audiência permitiu ouvir os réus diretamente dos presídios de Itabuna e Serrinha, enquanto os advogados acompanharam a partir do Fórum de Itabuna.

“Esse tipo de audiência nos garante evitar inúmeros riscos que uma logística de traslado de 19 pessoas poderiam acarretar. Todos foram ouvidos em segurança, tanto em Itabuna quanto em Serrinha”, observa o diretor do Conjunto Penal de Itabuna, capitão PM Adriano Valério Jácome da Silva.

O Conjunto Penal de Itabuna é operacionalizado pela empresa Socializa, em regime de cogestão com o governo do estado, por meio da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap).

 

Jovem itabunense deve disputar Campeonato Brasileiro pelo Bahia de Feira

Domingos Matos, 29/04/2019 | 08:50

Pedro Henrique Roque dos Santos, ou, simplesmente, Colina. Meio-campo habilidoso, chamou a atenção de um olheiro do Bahia de Feira em um jogo de várzea em Pau Brasil.

Colina está prestes a ingressar na disputa do Campeonato Brasileiro, 4ª divisão. O Bahia de Feira, vice-campeão baiano de 2019, vai disputar jogos nos rincões do Brasil.

Bem diferente dos jogos na Eslováquia, onde atuava até pouco tempo. Jogava, mas não falava. “O futebol a gente adapta. Mas a língua... nem inglês eles querem falar... não facilitam. Não deu pra ficar”.

Aos 21 anos, já não é nenhum novato do mundo do futebol, embora não esteja “perdido” para o esporte.

“Pra falar a verdade, já estava desistindo. Adoro jogar, mas aos 21 anos, depois de tantas peneiras e até contratação internacional, cansa”, comenta.

Ver a mãe morando na casa humilde e perceber que de seus pés e sua habilidade poderia sair um futuro diferente era o que o motivava até semana passada, antes de pensar na desistência.

Porém, do mesmo jeito que essa esperança enfraquece, se reacende, como um candeeiro em que se põe mais querosene.

“Eu estava lá em Pau Brasil, disputando um campeonato amador, nem imaginava que tinha alguém me observando. Fiz o meu jogo, para o meu time, e fui abençoado”, lembra.

Pedro Colina embarcou ontem, de Itabuna para Feira de Santana, em busca de seu sonho. Na despedida, com a mãe, padrasto e irmã, um quadro simples com a mensagem que o guia em busca de seu sonho: “Mãe é tudo”.

“Faço por ela, para dar uma vida melhor a minha família. Em campo, esqueço os problemas, mas nunca esqueço pelo que jogo”.

Rui diz ter orgulho de realizar um dos maiores investimentos do Brasil em segurança

Domingos Matos, 25/04/2019 | 16:05

A segurança no interior do estado foi reforçada com 127 novos veículos. Na manhã desta quarta-feira (24), o governador Rui Costa entregou as chaves de 91 viaturas para a Secretaria de Segurança Pública (SSP), que serão distribuídas entre as bases comunitárias de segurança e unidades operacionais, na capital e interior. Já a Secretária de Administração Penitenciária (Seap) recebeu 24 veículos de transporte e 12 ambulâncias para atender unidades prisionais. O evento de entrega ocorreu na sede da SSP, em Salvador. 

“Eu me orgulho de estar fazendo um dos maiores investimentos do Brasil na área de segurança pública. O Governo continua empenhado para reforçar a infraestrutura da segurança na Bahia, oferecendo melhores condições de trabalho aos policiais e outros servidores envolvidos na área. Essas ações estão refletindo positivamente nos indicadores e resultados do estado”, ressaltou o governador Rui Costa. 

A entrega faz parte do 1° lote de renovação de contrato de locação de novas viaturas que engloba a renovação de 301 veículos, num valor de mais de R$ 31 milhões para 30 meses. “O Governo tem investido na renovação, tanto da frota quanto de equipamentos, e na promoção de nossos policiais e servidores, o que tem refletido na melhora de nossos indicadores”, afirmou o comandante geral da Polícia Militar, coronel Anselmo Brandão. 

Os municípios beneficiados com as viaturas são Camaçari, Capim Grosso, Conceição do Coité, Cruz das Almas, Feira de Santana, Itabuna, Lauro de Freitas, Porto Seguro, Salvador, Serrinha e Vitória da Conquista. 

Modernização 

As 24 viaturas de escolta e 12 ambulâncias para atendimento de saúde dos presos irão dinamizar a operacionalização das escoltas judiciárias e de atendimento médico hospitalar, respectivamente, nas unidades prisionais. Os veículos recebidos pela Seap serão distribuídos entre as unidades prisionais de Feira de Santana, Ilhéus, Jequié, Paulo Afonso, Salvador, Simões Filho, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista. Já as ambulâncias vão servir às unidades de Feira de Santana, Ilhéus, Jequié, Paulo Afonso, Salvador, Simões Filho, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista.

A ação faz parte de um conjunto de investimentos do Governo do Estado para a modernização do sistema penitenciário, totalizando um valor de mais de R$13 milhões. Entre as ações implantadas estão a aquisição de fardamentos para os servidores, armamentos, equipamentos de baixa letalidade, coletes e escudos de proteção, além de equipamentos para atividades de inteligência.

Abertas inscrições para mais de 3,2 mil vagas em cursos técnicos do Senai

Domingos Matos, 25/04/2019 | 13:48
Editado em 25/04/2019 | 16:11

Estão abertas até 7 de julho as inscrições em processo seletivo para cursos técnicos do Senai Bahia, com para 3.280 vagas em 15 cursos, em Salvador, Alagoinhas, Camaçari, Feira de Santana, Ilhéus, Juazeiro, Lauro de Freitas, Serrinha e Vitória da Conquista. A novidade para este ano é o curso de biotecnologia, que vai ser oferecido na capital.

Do total de vagas, 100 serão bolsas de estudos para alunos de baixa renda e que tiveram pontuação mínima de 550 nas cinco últimas provas do exame nacional do ensino médio (Enem). Podem ser utilizadas as notas dos exames de 2018, 2017, 2016, 2015 ou 2014. Estes candidatos em específico têm até 18 de junho para fazer a inscrição.

Os cursos oferecidos são: Automação industrial; Desenvolvimento de sistemas; Edificações Eletromecânica Eletrotécnica; Logística; Manutenção automotiva; Mecânica; Mecatrônica; Petroquímica; Qualidade; Química; Redes de computadores; Segurança do trabalho; Biotecnologia;

Os interessados devem se inscrever através do site do processo seletivo. A seleção dos interessados nos cursos pagos será feita por ordem de matrícula. Mais informações estão disponíveis no edital do processo seletivo, disponível na internet. (Com informações do G1)

Bancos compartilharão dados de clientes com integração de plataformas

Domingos Matos, 25/04/2019 | 12:42

As instituições financeiras vão compartilhar dados, produtos e serviços por meio de abertura e integração de plataformas e infraestruturas de tecnologia. Esse é o chamado open banking, em que os dados bancários pertencem aos clientes e não às instituições financeiras.

Na quarta-feira (24), o Banco Central (BC) deu início ao processo de implementação do open banking, “com o objetivo de aumentar a eficiência e a competição no Sistema Financeiro Nacional e abrir espaço para a atuação de novas empresas do setor”. O BC publicou o Comunicado 33.455, que estabelece as diretrizes que orientarão a proposta de regulamentação do modelo a ser adotado no Brasil.

“Por meio do open banking, clientes bancários poderão, por exemplo, visualizar em um único aplicativo o extrato consolidado de todas as suas contas bancárias e investimentos. Também será possível, por este mesmo aplicativo, fazer uma transferência de recursos ou um pagamento, sem a necessidade de acessar diretamente o site ou aplicativo do banco”, diz o BC, em nota.

Os requisitos estabelecidos pelo Banco Central indicam que deverão ser compartilhadas, inicialmente, as seguintes informações e serviços: produtos e serviços oferecidos pelas instituições participantes (localização de pontos de atendimento, características de produtos, termos e condições contratuais e custos financeiros, entre outros); dados cadastrais dos clientes (nome, número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas - CPF, filiação, endereço, entre outros); dados transacionais dos clientes (dados relativos a contas de depósito, a operações de crédito, a demais produtos e serviços contratados pelos clientes, entre outros); e serviços de pagamento (inicialização de pagamento, transferências de fundos, pagamentos de produtos e serviços, entre outros).

Para a implementação do open banking estão previstas a publicação de atos normativos e também iniciativas de autorregulação do setor. No segundo semestre, deverão ser submetidas à consulta pública minutas de atos normativos sobre o tema e seu cronograma de implementação.

Quanto à autorregulação, a expectativa é de que fique a cargo das próprias instituições participantes a padronização tecnológica e de procedimentos operacionais, os padrões e certificados de segurança e a implementação de interfaces.

De acordo com o comunicado do BC, o compartilhamento de dados cadastrais e transacionais dos clientes, bem como de serviços de pagamento, depende de prévio consentimento do cliente. (Com informações da Agência Brasil)

Secretários debatem estratégias para a Educação no Sul da Bahia

Domingos Matos, 25/04/2019 | 11:32
Editado em 25/04/2019 | 16:11

Durante uma reunião Ordinária do Fórum Regional de Educação (Forsec) da Amurc, na quarta-feira, 24, os Secretários de Educação dos municípios do Sul da Bahia iniciaram o diálogo para a realização de um Planejamento Estratégico que vai contemplar as principais demandas da educação regional e que será apresentado ao Governo do Estado da Bahia.

A proposta, segundo a presidente do Fórum e secretária de Firmino Alves, Andréa Morais visa a elaboração de um Planejamento Estratégico pontuando as necessidade da educação na região. A ideia é levar o documento até o secretário de Educação do Estado e verificar o que pode ser feito para melhorar a educação nos municípios da região”, relatou Andréa.

“Nós temos a necessidade de dialogar, precisamos de apoio e parcerias para o fortalecimento da educação na região. Dentre as demandas, pontuamos a construção de uma Base Nacional Curricular Comum (BNCC) e a melhoria do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) na Bahia, que no ano passado obteve o pior resultado em relação a outros Estados do Brasil”, destacou Andréa.

A iniciativa fortalece o papel do Forsec e da Câmara Técnica de Educação, que integra o Consórcio de Desenvolvimento Sustentável – Litoral Sul, e que segundo o coordenador executivo da Amurc, Luciano Veiga, tem atraído parcerias importantes, a exemplo dos Institutos Natura, Arapyaú e o Itaú Social para o desenvolvimento da educação regional.

Formação

Ainda na reunião do Forsec, a subgerente da Coordenação de Integração Comunitária da Pró-reitoria de Extensão da Uesc, Cintya Nobre chamou atenção dos secretários sobre a importância incluir os professores que atuam no ciclo de Alfabetização dos municípios na Formação Continuada de Qualidade, que será oferecida pela instituição. A carga horária total do curso será de 112 horas.

O Fórum integra o Programa de Apoio Gerencial Institucional às Prefeituras da Região Litoral Sul – AGIR-LS, desenvolvido pela Amurc em parceria com a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).  

Inadimplência atinge 63 milhões de consumidores em março, aponta Serasa

Domingos Matos, 25/04/2019 | 10:33
Editado em 25/04/2019 | 16:12

São Paulo – O número de consumidores inadimplentes no Brasil chegou a 63 milhões em março de 2019 e registrou recorde desde 2016, quando teve início a série histórica. Isto significa que 40,3% da população adulta do país está com dívidas atrasadas e negativadas. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior (61,0 milhões), o aumento foi de 3,2%, ou seja, dois milhões a mais de pessoas. Na relação março x fevereiro 2018, a alta foi de 1,2%.

“O aumento do desemprego e o repique da inflação nos primeiros meses do ano resultaram em perdas da renda do consumidor, que impacta diretamente na inadimplência. Também a concentração de compromissos financeiros típicos de início de ano (IPTU, IPVA, material escolar etc.) pressionaram o orçamento da população. O recorde de pessoas com dívidas atrasadas em março mostra um patamar elevado e traz prejuízos ao crescimento da economia. Por isso, cresce a importância de ações que ajudem a mudar este cenário, como o recém aprovado Cadastro Positivo, o qual contribui para a prevenção do descontrole financeiro e para o combate ao superendividamento”, diz o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi.

Inadimplência dos idosos apresenta a maior alta

Por faixa etária, a inadimplência é maior nas pessoas de 36 a 40 anos (48,5% delas estão inadimplentes), mas os idosos (consumidores com mais de 61 anos) apresentaram a maior alta (1,9 p.p.) em março de 2019, na comparação com o mesmo mês do ano anterior: 38,8% deles estavam inadimplentes e março/19. Já as faixas de 26 a 35 anos e de 31 a 35 anos apresentaram ligeira queda na mesma relação. 

Dívidas atrasadas com telefonia têm o maior crescimento

Mesmo com a maior representatividade de bancos e cartões (28,1% dos registros de inadimplência são provenientes deste segmento), as dívidas não pagas e negativadas no segmento de telefonia tiveram o maior crescimento (1,6 p.p.) em março de 2019, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, representando agora 13,2% do total. 

Plenário autoriza isenção de IPTU para indústrias de Itabuna

Domingos Matos, 25/04/2019 | 10:18

Visando assegurar a geração de empregos, o Plenário autorizou, por unanimidade, na quarta (24), a isenção de IPTU para indústrias que já estão instaladas em Itabuna. A prorrogação do benefício, por 10 anos, restringe-se às indústrias com, no mínimo, 500 funcionários. Somado a isso, as fábricas estarão obrigadas a aumentar em 20% os postos de trabalho, a cada ano. 

Na Casa, a matéria passou pelo crivo das comissões de Finanças, sob relatoria de Charliane Sousa (PTB) e de Legislação, relatada por Beto Dourado (PSDB). O tucano acatou emendas como a de Babá Cearense (PHS) que definindo a localização das beneficiárias como território de Itabuna. "Isso corrige equívoco do Governo já legalmente inexiste Polo Industrial na cidade", explicou Dourado. 

Para virar lei, o projeto da isenção tributária, aprovado com emendas pelo Plenário, deve ser sancionado pelo prefeito Fernando Gomes em 15 dias úteis depois do autógrafo (documento enviado à sanção pelo Legislativo). 

REPERCUSSÃO 

Empresários do setor industrial de Itabuna acompanharam a sessão. O gerente da Trifil, Carlos Alberto Gonçalves, informou que a empresa injeta mensalmente cerca de R$ 4 milhões na economia cacaueira e emprega mais de dois mil funcionários. Segundo Gonçalves, a Trifil é hoje "100% itabunense" após o fechamento da fábrica em Guarulhos/SP. 

Falando pela Associação Comercial, o vice-presidente Eduardo Carqueja Júnior, elogiou a decisão do Legislativo de permitir a prorrogação da isenção tributária. Carqueja espera que, em momento posterior, o Executivo itabunense estenda o benefício a todas as indústrias instaladas em Itabuna. 
 

Defesa Civil do Estado visita áreas com risco de deslizamentos em Ilhéus

Domingos Matos, 25/04/2019 | 09:11

Uma equipe da Superintendência da Defesa Civil do Estado, acompanhada da Defesa Civil do município esteve na manhã de quarta-feira (24), visitando áreas com risco de deslizamentos em morros de Ilhéus, a exemplo do Alto do Amparo. A comunidade está entre os 26 morros e uma das 48 áreas com alto risco de deslizamento de encosta e deve receber obras emergenciais. Os altos do Carvalho, Coqueiro, Nerival, Legião e Tapera foram vistoriados.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil no município, Joandre Neres, a ação atende solicitação do prefeito Mário Alexandre, que rapidamente decretou estado de emergência, depois das chuvas que atingiram os morros. “Na ocasião, a Defesa Civil realizou levantamento e mapeamento das áreas atingidas, tendo cadastrado no sistema Integrado de Informações Sobre Desastres. Acionamos a Defesa Civil do estado para fazer a homologação”, explicou Neres.

O superintendente Paulo Sérgio Luz identificou demais áreas que foram fortemente afetadas pelas fortes chuvas que caíram nos últimos meses, deixando várias famílias desabrigadas. “Mais uma vez o município decreta situação de emergência. Não precisa de um volume grande de chuva para colocar residências como estas que se encontram em situação de risco, independente de ter chuva ou não. Com a chuva a situação se agrava ainda mais e a iminência do risco de desastre que é o que ocorre nas localidades que percorremos durante a visita”, salientou Paulo Sérgio.

Um parecer técnico foi elaborado e o titular da Defesa Civil do estado, que parabenizou o trabalho executado pela coordenação em Ilhéus. “Vimos o que foi feito para conter os estragos, como colocação de lonas, recursos para construir contenções de encostas, mas ainda tem muito trabalho para ser realizado. A situação requer uma atenção especial dos governos municipal, estadual e federal. Iremos fazer um relatório para homologar a situação de emergência e agilizar o quanto antes para que as medidas sejam tomadas”, acrescentou.

 

Legislativo retira projeto sobre a FASI após pedido do Governo

Domingos Matos, 25/04/2019 | 08:16

O prefeito de Itabuna Fernando Gomes pediu na quarta-feira (24), a retirada da proposta que criaria dois cargos na Fundação de Atenção à Saúde (FASI) e alteraria a faixa remuneratória de outro. Por maioria de votos, o Legislativo aceitou a solicitação. Segundo o Regimento Interno, “se a matéria já estiver incluída na Ordem do Dia, caberá ao Plenário a decisão sobre o requerimento”.

Na útima segunda-feira (22), as Comissões técnicas já haviam opinado pela rejeição do projeto de lei, seguindo o relator Babá Cearense (PHS). O pedido de retirada, na visão da base oposicionista, ocorreu pelo receio do Governo em ser derrotado em Plenário. Vereador da base aliada, Antônio Cavalcante (MDB) declarou que é “nobre” a atitude [do Executivo] de “reconhecer o erro”.

 

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.