UFSB chama estudantes para Inscrição Especial em Componentes Curriculares em vagas não preenchidas

Domingos Matos, 22/03/2017 | 23:55

A UFSB publicou Edital para Inscrição Especial em Componentes Curriculares (CCs) em vagas não preenchidas. A Inscrição Especial em CCs é uma oferta de estudos ao público interessado, visando o preenchimento das vagas não ocupadas no quadrimestre 2017.1 pelos estudantes regularmente matriculados na UFSB.

O estudante em Inscrição Especial fará jus à declaração comprobatória do(s) CC(s) cursado(s), com a respectiva carga horária e nota obtida. Os registros acadêmicos do estudante em Inscrição Especial serão mantidos pela UFSB, inclusive para efeito de aproveitamento curricular em caso de o estudante vir a se tornar discente regular

As inscrições ocorrerão nos dias 27 e 28 de março através de formulário disponível no endereço eletrônico: https://goo.gl/forms/ljNju41R1LwaLcRe2 .

As vagas disponíveis serão preenchidas pelos candidatos na seguinte ordem de classificação:

  1. professoras/es do Ensino Básico;
  2. pessoas vinculadas a instituições parceiras da Universidade;
  3. III. participantes de ações afirmativas e programas de integração social da Universidade;
  4. estudantes regulares de Instituições de Ensino Superior;
  5. portadores de diploma de curso superior;
  6. portadores de diploma de ensino médio ou equivalente.

Para mais informações, acesse: http://www.ufsb.edu.br/editais-2017-2/

Secretário pede pra sair e aponta possíveis irregularidades no governo

Vítor do Amor diz que pedidos "fora dos preceitos da legalidade" motivaram saída

Domingos Matos, 22/03/2017 | 21:55

CARTA ABERTA À POPULAÇÃO DE ITABUNA E À IMPRENSA

Senhoras e Senhores,

Informo que, a partir desta quarta-feira (22), não mais faço parte da equipe de trabalho da Prefeitura Municipal de Itabuna, tendo pedido a minha exoneração do cargo de Secretário de Saúde, durante reunião com a equipe de trabalho, com participação do prefeito desta cidade. Este comunicado visa alguns objetivos, os quais enumero:

1 – Esclarecer que ao atender o convite para assumir a SMS, deixei claro ser um gestor do sistema, portanto, um técnico, sem nenhum envolvimento político e, naquele momento, aceitava a tarefa planejar a recuperação da rede de saúde, que, de acordo com as informações passadas pela autoridade maior do município, precisava de adequações urgentes às necessidades exigidas pela população. Várias foram as reuniões, os contatos, todos deixando claro o objetivo técnico do meu trabalho. As promessas de que não havia envolvimento político partidário foram reforçadas a cada um desses encontros e, como demente à Deus, procurei acreditar;

2 – Ao longo dos primeiros dias de atividade, busquei levantar problemas decorrentes de problemas na gestão passada, que não se adequavam às diretrizes estabelecidas pela atual gestão. Uma das missões, foi trabalhar para as devidas correções, sem a preocupação de publicidade do que estava ou não errado. Naquele momento, muito mais importante que criticar o passado, era pensar no presente e no futuro, pois a cidade carecia de um sistema que pudesse transformar hospitais e postos de saúde, em ambientes propícios ao atendimento das necessidades da população, especialmente a mais carente. Os 32 Postos de Saúde, 12 Unidades de Média e Alta Complexidade e um Hospital Municipal, 3 Centros de Atenção Psicossocial, Odontocentro e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência(Samu), foram alvo da atenção de toda a equipe de trabalho, com levantamento das ações necessárias para oferecer dignidade a população, a exemplo de abertura de processos licitatórios para reformas que, por vezes agradaram, outras, não, mas, que tiveram um objetivo único: recuperar a autoestima da população da cidade em relação a um dos setores mais importantes da vida de Itabuna.

Ao longo dos pouco mais de quase três meses de contato com a cidade de Itabuna e com o seu gestor, comecei a encarar algumas dificuldades, algumas inerentes ao próprio cargo, outras por falta de total visão do prefeito em relação ao que deveria ser uma gestão voltada para os compromissos técnicos. E nesses conflitos que começamos a travar, notei algo que foge totalmente dos meus princípios: a falta de humanização nas relações e de respeito ao próximo.

Apesar de ainda jovem, aprendi que não é com gritos, gestos bruscos, atitudes com único objetivo de menosprezar as pessoas ou propostas indecentes que devemos basear as nossas vidas, especialmente quando o bem público está colocado sob a nossa responsabilidade. Temos, enfim, um compromisso com a população, ávida por dias melhores, insatisfeita com o atendimento em todas as unidades de saúde e, a principal missão de alguém com respaldo moral, é, no mínimo, diminuir esse sofrimento. E isso só pode ocorrer com trabalho, feito à base da honestidade.

A forma sugerida, muitas vezes, fugia ao que mandam os preceitos da legalidade e disso sempre fugi e estarei distante, sempre. Este meu comportamento pode ser atestado em órgãos onde trabalhei – Hospital Geral do Estado(HGE-Salvador), Hospital Roberto Santos(HRS-Salvador), Hospital Albino Leitão(São Sebastião do Passé) e Secretaria de Saúde de São Sebastião do Passé, da qual fui titular durante três anos.

A administração pública, na minha visão, sempre exigiu transparência e honestidade e disso nunca abri mão. Por isso, em todos os órgãos por onde passei, tive o grande mérito de ver as contas avaliadas e aprovadas pelo Tribunal de Contas da União, o que não significou nenhum tipo de favor. Afinal, a obrigação do gestor público, é cuidar do bem da população com total honestidade.

Sou brasileiro e, como tal, estou, a exemplo da população, cansado das “mumunhas” políticas, das jogadas sujas, dos dribles desconcertantes que a população tem encarado, todas dadas por gente que sempre busca o melhor para as suas vidas e sequer se importa com os caminhos sujos que seguem e com as práticas delituosas.

Por fim, agradeço a todos pelo carinho de gente que conheci há pouco tempo, mas entendeu as razões das mudanças que, naquele primeiro momento eram necessárias. Deixo um projeto de trabalho honesto e espero que ele seja levado adiante, ao menos nesse item – honestidade no trato com o dinheiro público.

Ao prefeito municipal, a expectativa de que possa cumprir com fidelidade as suas promessas e oferecer um serviço público de saúde à altura da população itabunense.

Aos veículos de comunicação, o agradecimento pelas notícias, entrevistas, destaques e, confesso ter entendido as cobranças. Os gestores públicos são obrigados a encarar com atenção às críticas que saem desses veículos de massa, pois são interlocutores dos anseios da população.

Obrigado a todos,

Vitor do Amor Santos Lavinsky

Conjunto Penal de Itabuna oferece exames preventivos para internas

Domingos Matos, 22/03/2017 | 00:22
Editado em 22/03/2017 | 00:24

Todas as 66 internas do Conjunto Penal de Itabuna (CPI) estão passando por exames preventivos para câncer de colo de útero e diversas outras doenças ginecológicas. A coleta das amostras de material para exames de citopatologia começou na sexta-feira (17) e seguirá essa semana.

A iniciativa é uma extensão das atividades relacionadas à celebração do Dia da Mulher – 8 de março – e é realizada em parceria com uma clínica particular de Itabuna, da médica Mércia Margotto, que se prontificou a fazer a leitura das lâminas.

A empresa Socializa, que faz a administração do presídio em regime de cogestão com o Estado, arcou com o custo simbólico proposto pela profissional. Esse arranjo foi necessário porque poucas delas possuem a documentação necessária para a realização pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Primeira vez

A receptividade entre a população feminina interna do CPI foi total. Muitas delas nunca haviam feito o exame, como destacou uma delas, de 53 anos. “Só tenho a agradecer. Tenho 53 anos e nunca tinha feito esse exame”, comentou essa interna.

Geraldo critica posição de Rui na eleição de 2016

Domingos Matos, 20/03/2017 | 20:33
Editado em 22/03/2017 | 00:23

Do Pimenta

Numa das entrevistas mais longas concedidas após as eleições de 2016, o ex-prefeito Geraldo Simões (PT) fez críticas ao governador Rui Costa por ter se distanciado do processo sucessório municipal no sul da Bahia. “Acho que o governador errou feio ao não vir [à região]”, disse. Simões também revelou que o seu “candidato do coração” ao Palácio de Ondina em 2018 é Jaques Wagner, atualmente ocupando a secretaria de Desenvolvimento Econômico.

– Tenho mais relações com Wagner do que com Rui. Mas [ele vai] para a reeleição com alta possibilidade de sucesso. Rui está sentado na cadeira e tem direito à reeleição. Se olhar para a região, vamos ver coisas extraordinárias sendo feitas – observou o ex-prefeito de Itabuna e ex-deputado federal, citando obras como a Barragem do Colônia, em Itapé, a UFSB, o Hospital da Costa do Cacau e a possibilidade de início das obras de duplicação da Rodovia Ilhéus-Itabuna.

As críticas a Rui e o predileção por Wagner se deram durante o Resenha da Cidade (Rádio Difusora), apresentado por Roberto de Souza.

Geraldo também anunciou o apoio à candidatura de Waldenor Pereira na disputa pelo comando estadual do PT. O ex-prefeito disse manter boas relações com Everaldo Anunciação, presidente e candidato à reeleição, mas acredita que o antigo secretário do seu governo fez muitas concessões que prejudicaram o PT em 2016. “[O partido] caiu de 100 para 30 prefeituras [na Bahia]. Houve concessão exagerada [do PT] aos partidos da base.

Fernando apático

O ex-prefeito também fez críticas ao prefeito Fernando Gomes. Inicialmente dizendo que não se aprofundariam nas avaliações por entender que uma gestão precisa de, pelo menos, 90 dias para ser analisada, Geraldo completou: “Meu pai dizia que espinho que fura já nasce com a pontinha”.

Para ele, o governo do adversário nasce apático, talvez afetado por uma possível decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que acabe cassando a diplomação e, como consequência, o mandato de Fernando. O prefeito ainda tem um processo para ser julgado no Tribunal, em Brasília.

Teste rápido de Zika vírus desenvolvido pela Bahiafarma começa a ser distribuído na Bahia

Domingos Matos, 16/03/2017 | 16:58

Nesta quinta-feira (16) tem início a distribuição de 307 mil testes rápidos para o diagnóstico de infecção por Zika Vírus na Bahia. O dispositivo distribuído pelo Ministério da Saúde foi desenvolvido e produzido pela Bahiafarma, laboratório público do Estado da Bahia, o primeiro do País a obter registro, na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), para um teste sorológico rápido de identificação da Zika.

Este é o primeiro lote enviado pelo Ministério da Saúde para o Estado e corresponde a mais de 50% do total previsto para o ano de 2017. A expectativa é que, em até 15 dias, o lote esteja disponível, prioritariamente, nas maternidades e laboratórios públicos de todas as regiões da Bahia.

A tecnologia do teste rápido indica, em até 20 minutos, se o paciente está infectado ou se já teve contato com o vírus da Zika em algum momento da vida. “Com o dispositivo, é possível identificar infecção recente em populações de risco, como gestantes e recém-nascidos, para prover assistência e orientações adequadas, por meio do acompanhamento de toda a gravidez e do desenvolvimento neuropsicomotor da criança”, afirma o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas.

De acordo com dados da vigilância epidemiológica, em 2016 foram notificados mais de 57 mil casos de Zika na Bahia. Apenas até 21 de fevereiro deste ano, já foram registradas 469 notificações. O Ministério da Saúde adquiriu 3,5 milhões de unidades do teste, que estão sendo distribuídas para a rede pública de todo o Brasil, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Prefeitura de Ibicaraí paga 13º integral no mês de aniversário dos servidores

Domingos Matos, 16/03/2017 | 09:09

O prefeito de Ibicaraí, Lula Brandão, assim que assumiu o Executivo Municipal, em janeiro, autorizou ao secretário de Administração, Planejamento e Finanças, Flávio Campos, que efetuasse o pagamento do 13º salário de forma integral no mês do aniversário do servidor. Antes, os servidores concursados e efetivos recebiam o pagamento em duas parcelas. A primeira era paga no mês de aniversário e a segunda no mês de dezembro, no período natalino, como a maioria dos trabalhadores brasileiros.

Segundo Flávio Campos, a medida tomada pelo prefeito Lula Brandão foi ousada e positiva e atinge diretamente entre 75 e 80 funcionários mensalmente, injetando no mercado local de 80 a 90 mil reais por mês. "Essa ação foi uma forma, dentro da lei, que o prefeito viu de ajudar o servidor no mês de aniversário. Todo mundo sai ganhando. O servidor recebe o 'presente' e coloca as contas em dia e o comércio local é aquecido mensalmente com mais essa quantia", disse o secretário.

Aprenda a ganhar dinheiro fazendo declarações de imposto de renda

Informe Publicitário

Domingos Matos, 16/03/2017 | 01:44

Ultimamente só se ouve falar de crise, não é mesmo? Talvez essa tal crise até esteja te perturbando nesse momento. Então, aqui pode estar a solução: um Curso Prático para ganhar Dinheiro com Imposto de Renda 2017.

Não precisa ser contador. Não precisa ser economista. O professor Silvelândio Martins, um grande contabilista e tributarista, preparou um curso ótimo, com linguagem acessível e voltado apenas para um objetivo: te transformar em um expert em declarações de IRPF. (Clique na imagem)

Você já poderia lucrar usando esses conhecimentos apenas para si, para fazer sua própria declaração. Mas, por que usar todo esse conhecimento apenas uma vez se você pode reproduzi-lo com grandes resultados para dezenas de amigos e futuros clientes, não é mesmo?

Corre que ainda dá tempo!  Comece já a ganhar dinheiro com Imposto de Renda!

Clique para conhecer o curso ou... clique aqui para ir direto ao seu objetivo!

Palestra sobre protagonismo feminino encerra a Semana da Mulher no CPI

Domingos Matos, 14/03/2017 | 08:01

Depois de uma semana com diversas atividades voltadas à valorização das mulheres no Conjunto Penal de Itabuna (CPI), na manhã de segunda-feira (13) foi realizada uma palestra, para as internas, sobre protagonismo feminino. O evento encerrou as atividades da Semana da Mulher no CPI, e contou com a participação do diretor do CPI, Capitão PM Adriano Jácome, do diretor-adjunto, Sargento PM Bernardo Cerqueira Dutra, além do gerente operacional da Socializa – Novo Sistema Prisional, Yuri Damasceno, e do corpo técnico e de ressocialização, responsável pela programação.

A advogada e professora Lara Kauark, especialista em Direitos Humanos e Democracia, e membro da Comissão de Direitos Humanos da OAB-Itabuna, falou sobre a necessária tomada de consciência de todas as mulheres em relação aos seus direitos e deveres, em busca de um protagonismo que a cada dia se afirma na sociedade, ao mesmo tempo em que se faz cada vez mais necessário. “Vocês estão tendo oportunidade de aprender uma profissão, seguir com os estudos. Lá fora, esse conhecimento tornará cada uma de vocês mais empoderada e independente. Acredite em você, faça acontecer”, incentivou a palestrante.

O diretor Adriano Jácome afirmou que as mulheres estão, a cada dia, conquistando mais e mais espaços, em todas as áreas, mesmo naquelas onde a tradição sempre foi de domínio masculino. “Vejo mulheres no comando de aeronaves, assumindo postos de comando em diversos setores. A luta pela igualdade de direitos é constante, e há muito para conquistar. Por exemplo, a equiparação salarial para as mesmas funções desenvolvidas por homens e mulheres. Mas os avanços estão acontecendo”.

Parcerias

A programação da Semana da Mulher no CPI ocorreu entre a terça-feira (7) e a segunda-feira (13), e envolveu desde as visitas, que foram acolhidas na área externa da unidade numa ação da equipe de assistência social, até as internas, que além das atividades sociais, tiveram programados exames preventivos. Já as funcionárias receberam um kit com bombom de chocolate fino e uma mensagem, além de um coffee break no dia 8.

O projeto de valorização da mulher no ambiente do CPI foi idealizado pelo corpo técnico da unidade, envolvendo também a direção que representa o Estado e parceiros, como a Ceplac, que doou os chocolates finos, por meio da Disaf (Divisão de Administração e Finanças) e do Cepec (Centro de Pesquisas do Cacau), e de órgãos do judiciário.

Planserv contabiliza mais de 100 beneficiários “centenários”

Domingos Matos, 13/03/2017 | 13:57

A aposentada Raymunda Rodrigues da Silva é beneficiária do Planserv - Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Estaduais há 40 anos. No último sábado (11) ela completou 106 anos de vida, com saúde e lucidez. A aniversariante do último fim de semana é uma das “centenárias” do plano, que se orgulha de ter mais de 100 beneficiários com mais de cem anos de idade em sua carteira.

“Temos exatos 102 beneficiários nesta faixa etária. Este dado nos motiva a continuar trabalhando para proporcionar saúde, bem estar e qualidade de vida aos idosos. O aumento da expectativa de vida da população é uma realidade e precisamos estar cada vez mais preparados para atender da melhor forma a este público tão especial”, declara a Coordenadora Geral do Planserv, Cristina Cardoso.

Dona Raymunda vai pouco ao médico. Ela se alimenta bem, interage com a família e não apresenta problemas significantes de saúde. Contudo, ela é uma exceção, já que com o avançar da idade, a maioria das pessoas apresentam doenças que acabam prejudicando sua qualidade de vida. Por isso, garantir a assistência à saúde dos idosos é fundamental.

De acordo com Cristina Cardoso, 24% dos beneficiários do Planserv têm 60 anos ou mais. O envelhecimento da carteira do Planserv tem afetado as despesas assistenciais com efeitos crescentes sobre os gastos com cuidados de longa duração e alta complexidade. Mesmo assim, ao contrário de outros, que cobram de acordo com a faixa de idade, “o Planserv é um plano solidário na medida em que a contribuição do beneficiário varia de acordo com sua remuneração, o que facilita o acesso e a manutenção dos idosos na carteira da Assistência. Dificilmente, algum aposentado escolheria pagar um plano de acordo com sua faixa de idade se tem à disposição um sistema proporcional ao seu salário”, destaca a gestora.

Outro reflexo da preocupação do Planserv com o envelhecimento da população é a manutenção do Programa de Saúde do Idoso, gerido pela Coordenação de Prevenção da assistência. Com o objetivo de oferecer um atendimento multidisciplinar ao idoso, a fim de estimular sua capacidade funcional e autonomia, o programa beneficia cerca de 1900 beneficiários atualmente. Para isso, conta com cinco prestadores e 52 profissionais cadastrados, entre geriatras, nutricionistas, fonoaudiólogas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e psicólogos.

Parque para desenvolvimento do cacau é lançado na Uesc

Domingos Matos, 13/03/2017 | 09:50

Para inovar e fortalecer a cadeira produtiva do cacau e chocolate no sul da Bahia, foi lançado nesta sexta-feira (10) o Parque Científico e Tecnológico do Sul da Bahia (PCTSul). Durante o evento no campus da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), localizado na rodovia Ilhéus-Itabuna, foi inaugurado o Centro de Inovação do Cacau, primeira iniciativa do Parque que surge para fortalecer a região cacaueira.

O parque é resultado da união de esforços da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Universidade Federal do Sul da Bahia, Ceplac, IFBA, IFBaiano, secretarias estaduais de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e Desenvolvimento Econômico (SDE). Com foco na criação e inovação da cadeia produtiva do cacau e chocolate no sul da Bahia, a previsão é que a estrutura receba investimentos da ordem de R$ 6,5 milhões até 2019. Foram três anos de estudos para o desenvolvimento do projeto da unidade, que irá auxiliar ainda na qualificação dos ensinos técnico e superior da região. 

As primeiras operações do PCTSul terão como foco a cadeia produtiva do cacau, através de um Centro Integrado de Inteligência e Inovação que se dedicará à realização de análises físico-químicas, com foco na melhora da produtividade, qualidade e rastreabilidade das amêndoas, viabilizando o fortalecimento da inserção do cacau baiano nos circuitos produtores de chocolates finos e de origem. 

A reitora da Uesc, Adélia Carvalho, disse que “o Centro de Inovação do Cacau é um pontapé inicial para as atividades do parque. O Centro já está sendo um importante apoio para a cadeia produtiva do cacau, visando a sua qualificação e a inovação da cadeia como um todo.”

Para o reitor da Universidade Federal do Sul da Bahia, Naomar Almeida, o objetivo maior é redinamizar a economia da região, aplicando tecnologia para aumentar a produtividade. 

Também presente ao evento, o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, destacou a importância do trabalho conjunto para a criação do empreendimento. “Acho importante registrar que o Parque é uma integração entre instituições públicas federais, estaduais, universidades e da iniciativa privada. O que muito me alegra é o fato de haver um conjunto de empresas privadas que se associam e sabem que esse é o melhor caminho. Somos o único país do mundo em condições de ir do fruto ao produto, então temos que agregar valor na produção do chocolate”.

(Fotos: Daniel Thame/GOVBA)

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.