Bahia: Lavagem do Bonfim fortalece a indústria do turismo

Domingos Matos, 17/01/2019 | 13:02

Grande destaque do ciclo de festas que incrementam o turismo, a Lavagem do Bonfim atrai, nesta quinta-feira (17), centenas de milhares de baianos e turistas em um cortejo entre a Igreja da Conceição da Praia e a Colina Sagrada, na capital baiana. A tradição, mantida desde o século XVIII, e a fé do povo baiano fazem desta a segunda maior manifestação popular da Bahia, onde o sagrado e o profano têm espaço de sobra.

Grupos religiosos, artísticos, culturais, famílias baianas e a forte presença dos turistas asseguram a diversidade de uma festa que congrega católicos, mães e filhas de santo com a crença no Senhor do Bonfim ou Oxalá. "A singularidade faz da Lavagem do Bonfim um grande atrativo com o número de turistas ainda maior este ano", afirmou o secretário do Turismo da Bahia, José Alves, durante a caminhada.

A ocupação hoteleira em alta durante janeiro (média de 90% a 93%), a geração de empregos e o crescente movimento no Aeroporto Internacional de Salvador são reflexos positivos da temporada de verão para a economia. "Essa indústria geradora de empregos encontra-se em expansão e tem potencial para crescer na capital e demais zonas turísticas", acrescentou o secretário.     

Os números relativos à capital baiana - porta principal para o turismo baiano - são animadores. Durante o verão 2018/2019, a oferta de voos extras é 18,5% maior que na temporada anterior. Os indicadores prévios para o Carnaval tamb[em são positivos. Juntas, as companhias aéreas já solicitaram autorização para mais de 180 voos extras em março. "Diante da demanda, as companhias aéreas apostam na Bahia", disse o subsecretário do Turismo, Benedito Braga.

Durante os meses de outubro, novembro e dezembro de 2018, o número de pessoas que utilizou o Aeroporto de Salvador cresceu 7,5% em relação ao mesmo período do ano anterior, totalizando 2,15 milhões de passageiros. Este resultado pode ser explicado, entre outros fatores, pelo aumento no número de voos extras na alta temporada. "Vamos investir na promoção do destino, capacitação profissional e diversificação da oferta de produtos para oferecer elevado padrão de qualidade aos visitantes", finalizou o subsecretário.

 

Deixe seu comentário


Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.