Mutirão da Santa Casa atende população do bairro Ferradas

Domingos Matos, 14/05/2019 | 18:39

O Projeto Santa Casa nos Bairros prestou atendimento aos moradores de Ferradas na manhã do último sábado (11). A ação aconteceu no grupo Escolar Ana Francisca Messias e beneficiou homens, mulheres e crianças que passaram por diversas especialidades como cardiologia, gastroenterologia, pediatria, ginecologia, clínica geral, cirurgião, neurologia e ortopedia.

Dessa vez, o ponto alto do mutirão foi a visita guiada feita pelo médico e provedor da Santa Casa de Itabuna, Eric Júnior, na casa de quatro moradores que estavam impossibilitados de comparecem ao local. Eric, junto com uma equipe multidisciplinar, realizou a consulta e prescreveu exames para cada um dos pacientes.

A comunidade também teve à disposição, serviços de aferição de pressão, fisioterapia, informações sobre nutrição, doação de órgãos e banco de leite, além de teste de audiometria e informações sobre DST AIDS. No Espaço Kids, as crianças se divertiram com as brincadeiras promovidas pela equipe de voluntários, desenharam e pintaram. 

A diretora da escola, Geovanir Lima, e a representante da associação de moradores do bairro, Arkylla Pitombo, se disseram satisfeitas com a ação realizada no bairro pela Santa Casa de Itabuna. O provedor Eric Júnior, ficou agradecido por mais um mutirão. “Mais uma vez quero agradecer a todos os envolvidos no projeto, médicos, enfermeiros e demais profissionais que foram voluntários nessa 13ª edição do Mutirão. Agradeço à diretora Geovanir Lima por ceder o espaço da escola e Arkylla por solicitar o mutirão em Ferradas”, falou. A população ficou satisfeita com o atendimento prestado por todos os nossos profissionais. 

E nada melhor do que ouvir o que a população achou sobre o mutirão: Dona Maria de Jesus gostou muito do mutirão. “Ando com muitas dores nas pernas e na coluna e consegui consulta com o ortopedista. Foi muito bom”, declarou satisfeita.

Vera Lúcia Ramos disse que foi a primeira vez que participou de um mutirão e passou por um cardiologista. “Achei maravilhoso porque no posto de saúde a gente chega e não tem quota para alguns especialistas”, disse.

Roberto Souza gostou do mutirão. “Isso é bacana, interessante, a população anda necessitada e a questão financeira impede a gente de ter um atendimento melhor. Eu vejo como uma ação positiva”, falou. 

“É a segunda vez que eu participo e fui bem atendido. Passei pelo clínico e estou satisfeito”, comentou o Sr. Nicanor.

Ao todo, foram ofertados 280 atendimentos na 13ª edição do Santa Casa nos Bairros, que tem por objetivo, levar saúde e bem-estar para quem precisa. 

O mutirão contou com o apoio da Águia Branca, Cesai, Cerpat, Dissulba e Drogarias Velanes.

 

Deixe seu comentário


Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.