Tag: acumulada

Mega-Sena sorteia nesta segunda-feira prêmio de R$ 80 milhões

Domingos Matos, 09/09/2019 | 07:01

A Mega-Sena, que está acumulada pela nona vez consecutiva, sorteia nesta segunda-feira (9) prêmio estimado em R$ 80 milhões.

As seis dezenas serão sorteadas a partir das 20h (horário de Brasília) no Espaço Loterias Caixas, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, na cidade de São Paulo.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) desta segunda-feira, em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. O bilhete simples, com seis dezenas, custa R$ 3,50.

 

Mega-Sena pagará hoje prêmio de R$ 47 milhões

Domingos Matos, 31/08/2019 | 09:47

Neste sábado (31), a Mega-Sena, acumulada, sorteia o prêmio de R$ 47 milhões do concurso 2.184. Também hoje  (31), a Timemania, Dupla Sena e o Dia de Sorte podem pagar, juntos, R$ 5,9 milhões e a Loteria Federal pode premiar em R$ 500 mil.

Os sorteios serão realizados no Espaço Loterias Caixa, aberto ao público e localizado no Terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo.

Aplicado na Poupança da Caixa, o prêmio da Mega-Sena, pode render aproximadamente R$ 174 mil por mês.

O valor é suficiente para adquirir 9 apartamentos de luxo no valor de R$ 5,22 milhões cada.

As apostas podem ser feitas até as 19h de hoje (horário de Brasília) em qualquer lotérica do país e também no Portal Loterias Online (www.loteriasonline.caixa.gov.br).

Após greve de vigilantes, aulas do período noturno são suspensas em algumas unidades da Ufba

Domingos Matos, 28/08/2019 | 12:34
Editado em 28/08/2019 | 11:04

Algumas unidades da Universidade Federal da Bahia (Ufba) decidiram suspender as aulas do período noturno, depois que os vigilantes que prestam serviço para a instituição iniciaram uma greve por tempo indeterminado, na terça-feira (27).

Entre as unidades da Ufba que suspenderam as aulas no período noturno estão o Instituto de Química e Física, a Escola Politécnica, a Faculdade de Direito e o Instituto de Biologia. Não há previsão de quando as atividades vão ser normalizadas nessas unidades.

Segundo os vigilantes, a UFBA possui uma dívida de R$ 15 milhões com a empresa que detém o contrato de terceirização dos cerca de 380 vigilantes.

O Sindicato dos Vigilantes (Sindivigilantes) informou que a empresa garantiu os salários deste mês, mas informou que não terá como arcar com o próximo pagamento. Com isso, a categoria a provou a greve e reivindica que a Ufba pague os salários diretamente aos vigilantes.

Por meio de nota, a Ufba informou que está ciente da paralisação por tempo indeterminado dos vigilantes e que mantem diálogo com a MAP, empresa responsável pelo contrato com os vigilantes, e também com o sindicato, buscando alternativas para reduzir as pendências financeiras.

A nota informa ainda que, para garantir a segurança da comunidade, solicitou que seja mantida 30% da equipe de vigilantes, como prevê a legislação, além de alertar a Polícia Militar para reforçar o entorno dos campi.

 

Semana passada

Na quinta-feira (22), os vigilantes já havia feito uma paralisação de 24h, por conta da situação. Na ocasião, através de nota, a universidade informou que mantinha diálogo com o sindicato da categoria e com a empresa responsável pela contratação dos vigilantes, na busca de alternativas para reduzir as pendências financeiras.

Ainda na nota da última semana passada, a UFBA disse que a grave situação orçamentária atravessada pela universidade e causada pela defasagem da dotação acumulada nos últimos cinco anos, do contingenciamento de recursos e do bloqueio de 30% de seu orçamento pelo Ministério da Educação. A instituição informou ainda que esse quadro vem impedindo a instituição de manter em dia pagamentos a seus fornecedores e que a Reitoria tem buscado solucionar através de diálogo com o Ministério. (Com informações do G1)

 

Vigilantes da UFBA decretam greve por tempo indeterminado

Domingos Matos, 27/08/2019 | 12:40

Os vigilantes que prestam serviço para a Universidade Federal da Bahia (UFBA) iniciaram, na manhã desta terça-feira (27), uma greve por tempo indeterminado. A decisão foi tomada nesta manhã, durante assembleia realizada na portaria do campus de Ondina.

Segundo a categoria, a UFBA possui uma dívida de R$ 15 milhões com a empresa que detém o contrato de terceirização dos cerca de 380 vigilantes.

O Sindicato dos Vigilantes (Sindivigilantes) informou que a empresa garantiu os salários deste mês, mas informou que não terá como arcar com o próximo pagamento. Com isso, a categoria a provou a greve e reivindica que a UFBA pague os salários diretamente aos vigilantes.

A reportagem entrou em contato com a UFBA, que ficou de se posicionar sobre o caso.

 

Semana passada

Na quinta-feira (22), os vigilantes já havia feito uma paralisação de 24h, por conta da situação. Na ocasião, através de nota, a universidade informou que mantinha diálogo com o sindicato da categoria e com a empresa responsável pela contratação dos vigilantes, na busca de alternativas para reduzir as pendências financeiras.

Na última semana, as aulas noturnas foram suspensas, por conta da paralisação dos vigilantes. Ainda não há informações se o mesmo ocorrerá nesta terça (27).

Ainda na nota da última semana passada, a UFBA disse que a grave situação orçamentária atravessada pela universidade e causada pela defasagem da dotação acumulada nos últimos cinco anos, do contingenciamento de recursos e do bloqueio de 30% de seu orçamento pelo Ministério da Educação. A instituição informou ainda que esse quadro vem impedindo a instituição de manter em dia pagamentos a seus fornecedores e que a Reitoria tem buscado solucionar através de diálogo com o Ministério. (Com informações do G1)

 

Mega-Sena acumula e vai pagar R$ 31 milhões no próximo sorteio

mega-sena, acumulada, R$ 31 milhões

Domingos Matos, 19/08/2019 | 12:32

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.180 da Mega-Sena, realizado no sábado (17) em São Paulo. O prêmio acumulou e a Caixa Econômica Federal deve pagar R$  31milhões na próxima quarta-feira (21), data do próximo sorteio.

As dezenas sorteadas foram: 10 - 12 - 16 - 21 - 28 - 38.

No mesmo concurso, a Quina saiu para 95 apostadores, que vão levar para casa R$ 28.276,52. Os ganhadores que acertaram a quadra vão receber R$ 558,67.

A Mega-Sena paga milhões para quem acertar os 6 números sorteados. Ainda é possível ganhar prêmios ao acertar 4 ou 5 números dentre os 60 disponíveis no volante de apostas. A jogo de seis números custa R$ 3,50.

Receita abre consulta a 1º lote de restituição do Imposto de Renda 2019

Domingos Matos, 10/06/2019 | 08:20
Editado em 10/06/2019 | 09:34

A Receita Federal abre hoje (10) a consulta ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2019. Cerca de 2,55 milhões de contribuintes que declararam Imposto de Renda neste ano vão receber dinheiro do Fisco.

Ao todo, serão desembolsados R$ 4,99 bilhões do lote deste ano. A Receita também pagará R$ 109,6 milhões a 20.087 mil contribuintes que fizeram a declaração entre 2008 e 2018, mas estavam na malha fina. Considerando os lotes residuais e o pagamento de 2019, o total gasto com as restituições chegará a R$ 5,1 bilhões para 2.573.186 contribuintes.

A lista com os nomes estará disponível a partir das 9h no site da Receita na internet. A consulta também pode ser feita pelo Receitafone, no número 146. A Receita oferece ainda aplicativo para tablets e smartphones, que permite o acompanhamento das restituições.

O crédito bancário será feito em 17 de junho. As restituições terão correção de 1,54%, para o lote de 2019, a 109,82% para o lote de 2008. Em todos os casos, os índices têm como base a taxa Selic (juros básicos da economia) acumulada entre a data de entrega da declaração até este mês.

O dinheiro será depositado nas contas informadas na declaração. O contribuinte que não receber a restituição deverá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para ter acesso ao pagamento.

Os dois últimos lotes regulares serão liberados em novembro e dezembro. Se estiverem fora desses lotes, os contribuintes devem procurar a Receita Federal porque os nomes podem estar na malha fina por erros ou omissões na declaração.

A restituição ficará disponível durante um ano. Se o resgate não for feito no prazo, a solicitação deverá ser feita por meio do formulário eletrônico – pedido de pagamento de restituição, ou diretamente no e-CAC , no serviço extrato de processamento, na página da Receita na internet. Para quem não sabe usar os serviços no e-CAC, a Receita produziu um vídeo com instruções.
 

Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio acumulado de R$ 48 milhões

Domingos Matos, 28/05/2019 | 10:29
Editado em 28/05/2019 | 10:09

A Mega-Sena, mais uma vez, está acumulada. O prêmio é estimado em R$ 48 milhões. O sorteio do concurso 2.155 será realizado nesta quarta-feira (29), a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias da Caixa, no Terminal Rodoviário do Tietê, na cidade de São Paulo; e é aberto ao público.

Segundo a Caixa, o valor do prêmio, caso aplicado na poupança, poderia render mais de R$ 178 mil por mês. Também é suficiente para comprar 16 apartamentos de luxo.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer loja lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. O bilhete simples, com seis dezenas, custa R$ 3,50.

Receita abre hoje consulta a lote da malha fina do Imposto de Renda

Domingos Matos, 08/05/2019 | 10:15
Editado em 08/05/2019 | 08:28

A Receita Federal abre hoje (8) consulta ao lote residual de restituição do Imposto de Renda (IR) Pessoa Física de maio. Ao todo, serão desembolsados R$ 260 milhões para 134.720 contribuintes que estavam na malha fina das declarações de 2008 a 2018, mas regularizaram as pendências com o Fisco.

A lista com os nomes já está disponível no site da Receita. A consulta também pode ser feita pelo Receitafone, no número 146. A Receita oferece ainda aplicativo para tablets e smartphones, que permite o acompanhamento das restituições.

As restituições terão correção de 7,16%, para o lote de 2018, a 109,28% para o lote de 2008. Em todos os casos, os índices têm como base a taxa Selic (juros básicos da economia) acumulada entre a entrega da declaração até este mês.

O dinheiro será depositado nas contas informadas na declaração no próximo dia 15. O contribuinte que não receber a restituição deverá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para ter acesso ao pagamento. (Com informações da Agência Brasil)

Cesta básica em 18 capitais teve alta em abril, aponta Dieese

Domingos Matos, 07/05/2019 | 16:39

Em abril, o custo da cesta básica subiu em todas as 18 capitais analisadas pela Pesquisa Nacional da Cesta Básica, divulgada hoje (7), pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

As altas mais expressivas ocorreram em Campo Grande (10,07%), São Luís (7,10%) e Aracaju (4,94%).

A cesta mais cara do país foi a de São Paulo, onde o conjunto de alimentos essenciais custava, em média, R$ 522,05, seguida pela cesta do Rio de Janeiro, R$ 515,58, e de Porto Alegre, R$ 499,38. As cestas mais baratas, em abril, eram as de Salvador, R$ 396,75, e Aracaju, R$ 404,68.

Nos primeiros quatro meses de 2019, todas as cidades analisadas pela pesquisa apresentaram alta acumulada. Os maiores aumentos foram observados em Vitória (23,47%) e Recife (22,45%). O menor aumento acumulado ocorreu em Florianópolis, com alta de 5,35%.

Salário mínimo

Com base na cesta mais cara do país, observada em São Paulo, o valor do salário mínimo em dezembro, necessário para suprir as despesas de um trabalhador e de sua família com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência, seria de R$ 4.385,75, o que equivale a 4,39 vezes o valor do salário mínimo atual, de R$ 998,00. (Com informações da Agência Brasil)

 

Receita abre consulta a lote da malha fina do IR

Domingos Matos, 08/04/2019 | 08:35

A Receita Federal abre hoje (8) consulta ao lote residual de restituição do Imposto de Renda (IR) Pessoa Física de abril. Ao todo, serão desembolsados R$ 210 milhões para 91,3 mil contribuintes que estavam na malha fina das declarações de 2008 a 2018, mas regularizaram as pendências com o Fisco.

A lista com os nomes estará disponível a partir das 9h no site da Receita na internet. A consulta também pode ser feita pelo Receitafone, no número 146. A Receita oferece ainda aplicativo para tablets e smartphones, que permite o acompanhamento das restituições.

As restituições terão correção de 6,64%, para o lote de 2018, a 108,76% para o lote de 2008. Em todos os casos, os índices têm como base a taxa Selic (juros básicos da economia) acumulada entre a entrega da declaração até este mês.

O dinheiro será depositado nas contas informadas na declaração no próximo dia 15. O contribuinte que não receber a restituição deverá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para ter acesso ao pagamento. (Com informações da Agência Brasil)

Davidson Magalhães destaca desafios à frente da Setre

Domingos Matos, 11/02/2019 | 07:30

Ampliar a oferta de emprego e qualificação profissional e as políticas públicas de incentivo ao esporte são as principais metas apontadas pelo secretário estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Davidson Magalhães, empossado, junto com os outros secretários, pelo governador Rui Costa na última quinta-feira (07).

“É um novo desafio, extremamente facilitado pela experiência acumulada do PCdoB ao longo dos anos frente à Setre. Temos um conjunto de políticas bem sucedidas nas diversas áreas, na intermediação para o trabalho, na qualificação de mão de obra, no fomento ao esporte e no fortalecimento da economia solidária.”, ressalta o secretário.

Formado em Economia pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e mestre na mesma área pela Universidade Federal da Bahia (UFBa) Davidson Magalhães começou sua trajetória docente, na Uesc, em 1990. Atualmente, é professor da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), campus Salvador.

Trajetória - Davidson Magalhães foi vereador, por dois mandatos, em Itabuna, sua cidade natal. No município, exerceu ainda as funções de secretário de Indústria e Comércio e secretário de Articulação Política.

No período de 2007 a 2014, assumiu a presidência da Companhia de Gás da Bahia (Bahiagás). Exerceu a coordenação da Agência Nacional de Petróleo (ANP) no Nordeste, integrou o Conselho Fiscal da Coelba e presidiu o Conselho Fiscal da Neoenergia no Brasil.

Foi deputado federal entre 2015 e 2018. Nas últimas eleições estaduais, tornou-se primeiro suplente do senador eleito Ângelo Coronel.

 

Receita abre consulta a lote da malha fina do Imposto de Renda

Domingos Matos, 08/02/2019 | 10:05

A Receita Federal abre hoje (8) consulta ao lote residual de restituição do Imposto de Renda (IR) Pessoa Física de fevereiro. Ao todo, serão desembolsados R$ 401 milhões para 142,6 mil contribuintes que estavam na malha fina das declarações de 2008 a 2018, mas regularizaram as pendências com o Fisco.

A lista com os nomes estará disponível a partir das 9h no site da Receita na internet. A consulta também pode ser feita pelo Receitafone, no número 146. A Receita oferece ainda aplicativo para tablets e smartphones, que permite o acompanhamento das restituições.

As restituições terão correção de 5,68%, para o lote de 2018, a 107,8% para o lote de 2008. Em todos os casos, os índices têm como base a taxa Selic (juros básicos da economia) acumulada entre a entrega da declaração até este mês.

O dinheiro será depositado nas contas informadas na declaração no próximo dia 15. O contribuinte que não receber a restituição deverá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para ter acesso ao pagamento.

Avança transferência da gestão da água de Itabuna para o Estado

Domingos Matos, 26/07/2016 | 21:47

O processo de transferência da administração dos serviços de água e esgoto de Itabuna para o Governo do Bahia teve um avanço importante,nesta segunda-feira (25), com o acerto dos últimos detalhes para firmação de convênio entre Estado e Município. O assunto foi discutido pelo governador Rui Costa em reunião com o prefeito Claudevane Leite e o presidente da Embasa, Rogério Cedraz, no prédio da Governadoria, em Salvador.

“Esta é uma excelente notícia para o povo de Itabuna. O prefeito está levando as cópias dos documentos que precisam ser retificados pela Câmara de Vereadores do município, para que a gente assine o contrato de transferência e comece a resolver os problemas de falta de água e saneamento da região. A população já convive com a escassez há anos e o Governo do Estado já se mobiliza para intervir”, afirma o governador Rui Costa.

A formação do convênio será analisada e votada na Câmara de Vereadores em caráter de urgência. Em caso de aprovação, um plano de trabalho, envolvendo ações, prazos e investimentos, vai ser construído e executado,imediatamente, na região.  De acordo como presidente da Embasa, Rogério Cedraz, a gestão estadual possui mais recursos para promover medidas efetivas no combate à falta de água e tem assumido a responsabilidade para extinguir a escassez.

“Os serviços de água e saneamento eram administrados pelo município por meio da Emasa e estão caminhando para ser transferidos para a Embasa, uma empresa que atua em todo o estado em termos de tecnologia. A transferência foi pensada justamente porque o Governo do Estado tem mais verba do que o município para resolver a situação em caráter mais dinâmico levando em conta a problemática”, ressalta Cedraz.

A informação já havia sido antecipada pelo governador em visita à região na última semana, quando vistoriou as obras da Barragem do Rio Colônia, 25% concluídas. Com  a previsão de conclusão para o segundo semestre de 2017, o equipamento garantirá o abastecimento regular de água tratada para mais de 350 mil moradores.

“A gente perdeu 97% das nossas principais fontes de captação. O município está realmente precisando desta imensa contribuição do Estado, que já vem ajudando. Sem dúvida, a firmação do convênio e a transferência da gestão da água vai impactar numa melhor condição de vida para os moradores de Itabuna”, enfatiza o prefeito de Itabuna, Claudevane Leite. 

Sobre esgotamento sanitário, o Governo do Estado ressalta que é “prioritária” a necessidade de colocar Itabuna no mesmo patamar de outras cidades da Bahia do mesmo porte, como a cidade de Jequié, que tem mais de 70%de rede de esgoto instalada, e Vitória da Conquista, que passa de 80% de rede de esgoto.

Como medida de emergência, o Estado também autorizou a Embasa a adquirir um dessalinizador que custa R$ 3 milhões, para o abastecimento da cidade de Itabuna até o ano que vem, quando a população vai contar com água acumulada na Barragem do Rio Colônia.

Sangue novo na Ceplac - SQN

Domingos Matos, 25/05/2016 | 09:49

Como se fosse pouco o que vive a velha senhora da cacauicultura, eis que surge a informação de que a direção-geral da Ceplac pode ser o destino do engenheiro civil (ou arquiteto, há as duas citações) Fernando Vita. Ele mesmo, o coordenador da obra de cobertura do canal do Lava-Pés, na extensão da avenida Amélia Amado, na gestão do Capitão Azevedo (2009-12).

Temos profundo respeito pelos cabelos brancos - além do bigode - do senhor Fernando Vita. Mas, a Ceplac, embora muita gente se esforce em fazer parecer o contrário, não pode ser confundida com um depositório de ex-políticos ou aventureiros renegados pelos palácios.

Embora pareça morta - ou, justamente por isso -, a Ceplac precisa se encontrar com a modernidade, até reverenciando o passado, mas sem se comprometer com sua repetição ad infinitum. Precisa, mais do que de sangue novo, de mentes mais arejadas.

Não que Vita não pudesse, pelas primaveras acumuladas, ter a mente arejada. Mas, o diabo é que a gente tem ouvidos, e já o ouviu falar sobre gestão pública...

O ministro Geddel, apontado como mentor dessa ameaça, bem que poderia pensar nessa região - e na cacauicultura nacional - com mais responsabilidade e menos malvadeza...

O PT está com Newton, mas pode cair no colo de Jabes

Domingos Matos, 03/09/2011 | 11:38
Editado em 03/09/2011 | 11:43

Walmir Rosário

walmirO Partido dos Trabalhadores (o PT ilheense) está numa sinuca de bico. Desempenha uma missão política, mas pode ser que não tenha como entregar a mercadoria faturada: o apoio ao candidato à sucessão do prefeito Newton Lima. É bem verdade que os petistas abandonam um projeto sem pestanejar caso ordens superiores determinem. “Somos soldados do partido”, costumam explicar.

Desta vez não será muito diferente, apesar dos projetos que dormem nas gavetas de militantes e pretendentes ao cargo de autoridade máxima do município. Eles foram pensados, repensados e elaborados com muitas discussões, contudo, raramente poderão ser executados, por culpa pura e simples dos próprios petistas.

Simplesmente o nome tido e havido como o ideal para ganhar uma eleição “pulou fora do barco” e não admite, sob qualquer hipótese, emprestar seu nome à empreitada: ser candidato a prefeito de Ilhéus. O nome do desistente: Josias Gomes, deputado federal e líder da corrente maioral do PT ilheense, que antes da eleição chegou a alimentar essa esperança, transferindo seu domicílio eleitoral para Ilhéus.

Agora, com as benesses que o cargo lhe dispensa, agraciado que é como um dos representantes, ou “homens de ouro” do todo-poderoso José Dirceu, não admite, sequer, discutir intramuros essa possibilidade. Para ele, simplesmente, melhor seria embarcar num chamado “projeto B”, mantendo os “companheiros” nos cargos disponíveis da administração municipal.

As posições a serem ocupadas serão as mesmas, mas o autor do projeto futuro atende por outro nome: Jabes Ribeiro, do Partido Progressista (PP). Não que considerem o melhor e o mais apropriado para governar Ilhéus, apesar da experiência acumulada em 14 anos em que esteve mandando e desmandando no Palácio Paranaguá, mas o projeto mais viável, tendo em vista as posições nas pesquisas de intenção de voto.

O desembarque do projeto de coligação com o PSB de Newton Lima, que mantém as posições inalteradas, e o embarque no barco de Jabes Ribeiro tem outro propósito: tratar a política ilheense de forma eleitoreira, colocando-o no mesmo balaio de outras cidades baianas. Nas cidades em que o PT vai bem, o PP apoia, mudando as posições de acordo as conveniências.

O futuro da cidade pouco importa para os “caciques” petistas, que não fazem questão de avaliar a construção político-eleitoral executada anos a fio. A contabilidade eleitoral demonstra que a posição tomada pela direção estadual do PT caminha na contramão, ao desprezar a densidade conquistada nas últimas campanhas. Mesmo tendo perdido as duas eleições, o cabedal de votos dos petistas cresceu de 22 para 27 mil votos.

Uma das muitas máximas é que não se faz política olhando para o retrovisor, mas desprezar sua história e seus ganhos acumulados pode levar ao suicídio eleitoral. Ainda mais quando o candidato preferido pelos dirigentes estaduais e nacionais pode nem mesmo viabilizar sua candidatura, caso não seja o ungido pelo governador Jaques Wagner. E esse é o único sustentáculo da pré-campanha de Jabes.

Os argumentos utilizados pelos “caciques” petistas são frágeis e não se sustentam numa simples plenária realizada com a base ilheense. A começar pela aliança com o PSB, adversários da eleição e coligados de hoje, contra qualquer possibilidade da volta de Jabes ao poder. O sentimento da base não admite essa aliança e nem mesmo discute a tese de apresentar um candidato a vice.

O que está em jogo não é o “antijabismo”, até pelo simples fato de haver condições reais de vitória da coligação firmada entre o PT e o PSB, agora, com finalidade administrativa, e política, para o futuro. Entretanto, o cortejo ainda deixa os petistas atônitos, principalmente quando lembrado os conchavos que podem ser feitos por cima, isto é, pelo governador, que pretende ampliar a base de sustentação na Assembleia Legislativa e os prefeitos das maiores cidades do estado.

A verdade é que existe a possibilidade de uma ação feita de cima pra baixo, sempre colocando um militante do PT como vice. E essa estratégia é posta diante da ameaça da candidatura do médico Rui Carvalho, hoje filiado ao Partido Republicano Brasileiro (PRB). Dr. Rui – queira ou não – é um candidato que empolga as bases com suas propostas de romper com o status quo reinante.

Não pode ser descartada a história de Rui Carvalho, mas setores do PT ilheense preferem – e fazem todo o esforço – no sentido de viabilizar uma candidatura própria. Para viabilizar esse voo, pretendem “fazer política 24” horas por dia e conseguir bons resultados nas futuras pesquisas de intenção de voto. Nesse caso, ofereceria ao PSB um lugar honroso na chapa majoritária: o de vice-prefeito, com garantia de duas ou três secretarias.

Quem tem se esforçado para colocar em seu nome na praça é o vereador licenciado e atual secretário da Indústria, Comércio e Planejamento, Alisson Mendonça, ligado ao deputado Geraldo Simões. E quem mais incentiva Alisson é justamente a facção contrária dentro da mesma corrente, liderada por Josias Gomes, diante da indefinição.

Alisson também já angariou a simpatia de seus companheiros e até de correntes mais a esquerda, como a liderada pelo ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, haja vista a cultura petista de ampliar o poder hoje existente. E essa equação é simples: “Se já temos o governo federal e o estadual, porque não o municipal”, ainda mais quando se trata de uma cidade importante como Ilhéus.

Caso persista a ideia dos “caciques” petistas em jogar “goela abaixo” dos “companheiros” de Ilhéus a candidatura de Jabes Ribeiro, por certo haverá grande resistência e possibilidades de intermináveis rachas. Os rachas são previsíveis e poderá beneficiar as candidaturas do PSB e do PRB, que poderão caminhar juntos.

E os “companheiros” estão certos, pois ainda lembram de quando ofereceram o vice para Jabes Ribeiro, após intermináveis juras de fidelidade e amor eterno. Eleitos, o companheiro José Henrique Abobreira foi nomeado secretário da Agricultura e só, somente só. Afinal, quem manda é o prefeito, que detém a caneta e a chave que liga o diário oficial.

Pior do que perder uma eleição é ganhar e não governar.

Walmir Rosário é advogado, jornalista e editor do site www.ciadanoticia.com.br

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.