CMVI

Tag: aetu

Protesto em Nova Ferradas: AETU pede que prefeitura interfira para que ônibus voltem a circular

Domingos Matos, 17/05/2019 | 16:10

Um protesto de moradores do bairro Nova Ferradas já dura três dias. Até ontem (16), os manifestantes já haviam retidos 19 ônibus das empresas São Miguel e Sorriso. E hoje, segundo informações de usuários do transporte coletivo, o número subiu para 22 veículos.

A população do bairro alega que o movimento é uma forma de pressionar o governo municipal a atender a antigas reivindicações, entre as quais a falta de infraestrutura, como a ausência de pavimentação nas ruas. O grande número de buracos também é motivo  de queixa por parte dos manifestantes, que ameaçam fechar a BR-415.

Com essa atitude, centenas de pessoas, moradoras daquela região, que envolve, além de Nova Ferradas, comunidades como Ferradas, Fernando Gomes, Rua de Palha e os condomínios São José, Jubiabá e Grabriela, estão sendo prejudicas pela falta de coletivo. Estudantes estão sem poder ir à escola. Para muitos trabalhadores, a alternativa tem sido os mototáxis.

Os manifestantes garantem que o protesto só acaba quando um representante da prefeitura for ao local e garantir que a reivindicações serão atendidas.  

Diante dessa situação, a Associação das Empresas de Transporte Urbano (AETU) emitiu nota de esclarecimento, informando que desde o primeiro dia do protesto, enviou ofícios para o comando da Polícia Militar de Itabuna e para a Prefeitura, solicitando condições para que as empresas de ônibus possam voltar a circular nesses bairros e também conseguir a liberação dos ônibus que estão retidos.

Estudantes que ainda estão em aula precisam renovar cadastro junto a AETU

Domingos Matos, 11/01/2019 | 15:01

Numa articulação de alguns pais de alunos e a Secretaria Municipal da Educação de Itabuna (SME), a Associação das Empresas de Transporte Urbano de Itabuna (AETU) oficializou, nesta sexta-feira (11), os procedimentos para que os estudantes da Rede Municipal de Ensino das unidades que ainda estão em aula possam ter acesso à compra dos créditos concernentes ao benefício do Passe Estudantil, através do qual há a concessão de desconto de 50% no valor da passagem.

A informação foi confirmada pelo servidor Marcelo Fontes Assunção (foto), do Departamento de Acompanhamento da Gestão da SME e pela senhora Daiane Nunes, que falou em nome da AETU.

 

Procedimentos

Para continuar tendo acesso à compra dos créditos estudantis, a AETU informa que os estudantes precisam comparecer à sede da AET, portando os seus cartões, para proceder a atualização cadastral. Após a atualização, haverá a liberação automática para compra dos créditos.

Os estudantes que recebem os passes estudantis subsidiados pela Secretaria Municipal da Educação, também precisam comparecer na AETU para proceder a atualização de cadastro.

A AETU está localizada na Avenida Amélia Amado, 132 – Centro. Está aberta de segunda à sexta, das 7h às 17h e não fecha para almoço. Para maiores informações, o número de telefone disponibilizado é o (73) 3215 1655.

 

Com nova tarifa, Itabuna Card vale até março

Domingos Matos, 13/01/2017 | 10:47

Com o aumento da passagem de R$ 2,50 para R$ 2,85, a validade do cartão Itabuna Card será até o próximo dia 30 de março. É o que informa a Associação das Empresas de Transportes Urbanos (AETU).

A nova tarifa do transporte coletivo público urbano em Itabuna vigora desde o dia 30 de dezembro de 2016. Com isso, de acordo com a legislação, o dia 30 de março de 2017 é a data-limite para realizar a conversão, na sede da AETU.

Após o dia 30/03/2017 os créditos de vales-transportes existentes com o valor da tarifa anterior serão automaticamente cancelados. A AETU também está divulgando este procedimento mediante avisos e cartazes afixados nos coletivos e em pontos de ônibus. Dúvidas podem ser esclarecidas junto à AETU através do fone (73) 3215 1655, das 7 às 17 horas.”

Decicientes derrotam empresas do transporte coletivo na Justiça

Domingos Matos, 07/08/2011 | 11:17
Editado em 07/08/2011 | 11:40

Do Pimenta

As empresas de ônibus em Itabuna foram proibidas pela justiça de impor limite diário ao uso de passe livre por parte dos deficientes físicos. A liminar foi concedida pelo titular da 2ª Vara dos Feitos de Relação de Consumo, Cível, Comercial e Fazenda Pública, Gustavo Pequeno, em ação movida pela Defensoria Pública do Estado, OAB-Itabuna e Ministério Público Estadual.

Na decisão, o magistrado impõe multa diária de um salário mínimo às empresas São Miguel e Expresso Rio Cachoeira caso descumpram a determinação. O presidente da OAB-Itabuna, Andirlei Nascimento, disse ao Pimenta que a liminar representa o restabelecimento do direito de ir e vir e vitória das pessoas com deficiência.

A justiça também proibiu as empresas e a Associação das Empresas de Transporte Urbano de Itabuna (AETU) de “interferir na análise dos documentos de habilitação ao beneficio da gratuidade, respeitando a competência exclusiva da Secretaria de Desenvolvimento Social”. Também nesse caso, o judiciário impõe multa diária de um salário mínimo se houver descumprimento da medida.

Itabuna terá cartão para transbordo nos ônibus urbanos

Domingos Matos, 17/07/2011 | 20:36
Editado em 17/07/2011 | 20:38

Foi realizado na sexta-feira (15), às 19 horas, o lançamento oficial do Itabuna Card, em solenidade no Hotel Tarik, com a participação de jornalistas e autoridades. O sistema, que visa à integração do sistema de transporte coletivo, envolve a Secretaria de Transporte e Trânsito e a Associação das Empresas de Transportes Coletivos formada pelas empresas Expresso Rio Cachoeira e Viação São Miguel.

Para o secretário de Transporte e Trânsito, Wesley Gonçalves Melo o novo sistema é inovador e vai permitir o transbordo de passageiros gerando mais facilidades e benefícios para os usuários, que vão pagar uma passagem e utilizar dois ônibus, com um menor custo.

Ele observa ainda, que o novo modelo proposto por uma equipe de técnicos e consultores oferece a possibilidade de melhoria dos serviços de transporte urbano, com uma espera menor nos pontos de ônibus e racionalização das linhas. No estudo preliminar realizado para a implantação do sistema foi detectado que 78% das linhas tinham uma espera superior a 30 minutos e, com o modelo implementado agora, 80% das linhas terão uma espera inferior a 30 minutos.

Wesley Melo explica que o sistema será operado pelos mesmos 100 veículos já existentes: “não haverá nem diminuição e nem aumento da frota, até porque a cidade não comporta um maior número de ônibus, daí a importância dos projetos e estudos visando a melhoria da mobilidade urbana, que vêm sendo implementados pelo governo municipal”.

O sistema do Itabuna Card vai ser operado e controlado, a partir do próximo dia 28, pelas empresas filiadas à Aetu, cabendo à fiscalização à Prefeitura de Itabuna, poder concedente do serviço, a sua fiscalização através da Settran, que vai acompanhar o novo modelo, inclusive atuando na campanha de esclarecimento e orientação à população, uma vez que o sistema mexe com todos os usuários dos transportes de massa na cidade.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.