Câmara Municipal

Tag: aplicativo

Receita paga hoje restituições do 3º lote do Imposto de Renda 2019

Domingos Matos, 15/08/2019 | 11:17

A Receita Federal paga nesta quinta-feira (15) as restituições do terceiro lote do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2019. Segundo o Fisco, estão sendo liberados R$ 3,8 bilhões a 2.978.614 contribuintes. O lote contempla também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018.

Deste total, 7.532 contribuintes são idosos acima de 80 anos, 44.062 entre 60 e 79 anos, 6.888 com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave, e 24.513 cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet, ou ligar para o Receitafone, 146.

Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistência de dados identificada pelo processamento.

Nessa hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza ainda aplicativo para tablets e smartphones, o que facilita a consulta às declarações e à situação cadastral no CPF - Cadastro de Pessoa Física.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá fazer requerimento por meio da internet, utilizando o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá entrar em contato pessoalmente com qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento (telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer instituição. 

 

Bahia apresenta parcerias com municípios em fórum nacional de educação

Domingos Matos, 14/08/2019 | 10:12

A formação continuada para coordenadores pedagógicos e gestores escolares, o programa estadual de avaliação escolar e um aplicativo que coloca toda a gestão da escola na palma da mão do gestor. Essas são parcerias propostas pelo Governo do Estado para os municípios baianos durante o 17º Fórum Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação. Na noite de ontem (13), o governador Rui Costa e o secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, participaram da abertura do evento, em Costa do Sauípe. 

Entre os assuntos apresentados, o governador destacou o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), válido até 2020. "Em qualquer nação desenvolvida, o pilar é a educação. Agora temos a oportunidade de ter um novo Fundeb, que, com certeza, deverá ter uma participação maior do governo federal. O Brasil possui uma grande riqueza, que é a receita da concessão e exploração do petróleo e do gás, que pode e deve financiar a educação básica do país. Isso pode ser realidade se nos unirmos e buscarmos esse debate, para que os deputados e senadores traduzam a garantia desses recursos na nova legislação do Fundeb", afirmou Rui.  

Já Jerônimo Rodrigues comentou que uma das parcerias entre o Estado e os municípios é o plano de formação continuada, que terá a primeira etapa iniciada em setembro, com gestores e professores das redes municipais. "Estamos apresentando também um aplicativo que talvez seja a nossa grande oferta. O #escolado proporcionará à gestão da escola todas as informações sobre alimentação, estrutura física, perfil profissional de cada educador e a vida escolar dos nossos estudantes. Nós queremos dialogar com a Undime estadual para que, assim que nós estivermos com o aplicativo testado e aprovado, ele seja levado também para as escolas municipais", disse. 

O secretário revelou que outra contribuição do Governo do Estado para a educação municipal é um sistema de avaliação da educação. "Não podemos ficar reféns do Ideb, que é importante, mas estamos oferecendo um debate de um sistema estadual de avaliação, o sistema Sabe".

O presidente da Undime Bahia, Williams Panfile Brandão, também ressaltou a parceria entre o Governo do Estado e os municípios baianos. "Tivemos um momento muito importante que foi o nosso fórum estadual, em abril, e contamos com o apoio total da Secretaria da Educação do Estado. De lá para cá, a gente vem trabalhando diversos projetos em parceria. Os municípios estão ávidas pela formação que vai começar em setembro. O Estado tem fortalecido esse regime de colaboração". 

O evento reúne secretários de educação de 5568 municípios brasileiros, em quatro dias de programação. "No último dia será elaborada a carta do fórum, que será tornada pública no nosso site e também encaminhada para o Ministério da Educação, para conhecimento do ministro e de todas as secretarias. A carta nasce das contribuições que vão surgindo das mesas", explicou o presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Alessio Costa Lima. 

 

Polícia investiga empresa de pagamento de valores por fraude fiscais em Una

Domingos Matos, 14/08/2019 | 09:15

A Polícia Civil investiga a empresa de pagamento de valores Pague Rápido por fraudes fiscais, no município de Una, no sul da Bahia. Conforme a polícia, 21 moradores registraram ocorrências na delegacia da cidade após pagarem contas de água, energia elétrica e boletos de cartão de crédito que não tiveram valores repassados para os prestadores de serviço.

Alguns moradores tiveram a água e energia elétrica cortadas e o nome negativado no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

“Pagava o cartão de crédito da minha sogra lá [Pague Rápido], água, energia. Quando eu descobri eu estava com a fatura do cartão da minha mulher em aberto e [a dívida] já estava em R$ 628. O nome da minha mulher até ficou sujo, foi para o SPC”, disse um morador da região, que preferiu não se identificar.

De acordo com o delegado Renato Fernandes, que investiga o caso, a polícia já identificou 191 boletos pagos, através da empresa, que não tiveram os valores repassados aos credores.

“Ele abria uma empresa irregular, ou seja, um ponto comercial, e utilizava aplicativos de pagamentos de contas, que hoje é só baixar pelo celular. Ele recolhia o dinheiro das pessoas e não repassava para a empresa pagadora, então os clientes continuavam com as contas em aberto", explicou o delegado.

Segundo informações do delegado, o inquérito deve ser concluído em até 15 dias. “Ele vai ser indiciado por estelionato, falsificação de documento particular, apropriação inepta qualificada e crime contra a defesa do consumidor e contra a economia popular”.

Em resposta, o dono da empresa Pague Menos, Heverton Cruz, informou que foi constatado falhas no repasse de alguns pagamentos feitos entre 1° e 29 de junho.

“A partir do momento em que foi constatado [falta de repasse de pagamentos] isso, de imediato nós tomamos as medidas cabíveis. Fizemos o levantamento do histórico dos três últimos meses e foi constatado que entre 1° de junho deste ano e 29 de junho, ocorreu falhas. Não foram em todas as contas. As contas que foram constatados, nós reprocessamos”, disse Heverton Cruz.

O dono da empresa disse ainda que está ressarcindo todos os clientes que foram prejudicados com a falta do repasse dos pagamentos. Os moradores precisam levar o comprovante de pagamento que foi entregue pelos funcionários da loja, na sede da empresa, que fica na Avenida Antônio Carlos Magalhães, no bairro Sucupira, em Una.

“Munidos do comprovante, se dirigir ao local que hoje está funcionando na faculdade, na sede da faculdade, com o comprovante para que possa ser ressarcido”, disse. (Com informações do G1)

 

Ibametro lança aplicativo para denúncias da população

Domingos Matos, 09/08/2019 | 19:32

O Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro), que comemora 23 anos de funcionamento em 2019, lançou o aplicativo oficial do órgão. A ferramenta possibilita que o consumidor possa atuar junto com o Ibametro, de qualquer lugar, dando opiniões, recebendo informações, fazendo denúncias e colaborando em tempo real. A novidade já está disponível gratuitamente para o sistema operacional Android e, em breve, usuários de iOS poderão fazer o download da ferramenta.

Segundo o diretor-geral do Ibametro, Randerson Leal, o aplicativo foi criado para aproximar a população dos serviços oferecidos pelo órgão. "Ele favorece a comunicação direta com o consumidor, que vai ter nas mãos uma forma rápida e prática de passar informações e fazer agendamentos de serviços e denúncias. Ao identificar alguma irregularidade, basta tirar uma foto dentro do próprio aplicativo e nossa ouvidoria irá receber o arquivo. Assim, nós vamos entrar em contato com o fiscal mais próximo do local para que possa observar e verificar se existe algo errado com aquele produto ou serviço", explica. 

O consumidor que quiser fazer uma denúncia precisa se cadastrar pelo próprio aplicativo. O dentista Henrique Santana aprovou a novidade. "Com o aplicativo, fica muito fácil e rápido entrar em contato com o Ibametro. Acho que todos saem ganhando, tanto o consumidor, que sente mais confiante em ter seu direito respeitado, quanto as empresas, que ficam com o compromisso de melhorar cada vez mais o serviço que oferecem".

 

Ibametro

O órgão tem como função assegurar o cumprimento da política de metrologia legal e disseminar a qualidade, com o objetivo de proteger o consumidor e estimular a competitividade empresarial. No comércio, o Ibametro realiza fiscalização e verificação metrológica de produtos e serviços colocados à disposição do cidadão. No setor empresarial, presta serviços de calibração, por intermédio de Laboratório Metrológico de Massa, credenciado pela Rede Brasileira de Calibração.

 

Receita abre amanhã consulta a lote de restituição do Imposto de Renda

Domingos Matos, 07/08/2019 | 14:36

Os contribuintes poderão consultar se estão no terceiro lote de restituição de Imposto de Renda, a partir das 9h desta quinta-feira (8). O lote de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física contempla também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018.

O crédito bancário para mais de 2,978 milhões contribuintes será realizado no dia 15 de agosto, totalizando o valor de R$ 3,8 bilhões. Desse total, R$ 298,493 milhões são para contribuintes com prioridade: 7.532 idosos acima de 80 anos, 44.062 entre 60 e 79 anos, 6.888 com alguma deficiência física ou mental ou doença grave, e 24.513 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet, ou ligar para o Receitafone 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações e situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá fazer requerimento por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco. (Com informações da Agência Brasil)

Os montantes de restituição para cada exercício, e a respectiva taxa Selic aplicada como correção, podem ser acompanhados na tabela a seguir:

 

Estado convoca policiais e bombeiros da reserva para recadastramento

Domingos Matos, 06/08/2019 | 07:02

Já está em curso o recadastramento dos servidores estaduais que integram a reserva da Polícia Militar da Bahia e Corpo de Bombeiros Militar da Bahia. Ao todo, 15.836 aposentados, das duas corporações, estão convocados a atualizar seus dados funcionais e assegurar o recebimento de seus benefícios. O recadastramento de inativos do Estado ocorre anualmente, por meio da Superintendência de Previdência (Suprev), da Secretaria da Administração (Saeb). Não responder ao chamado incorre na suspensão de créditos, que serão retomados de forma retroativa tão logo o recadastramento seja efetivado.

O recadastramento deste grupo de servidores será realizado por meio de escalonamento. Aqueles que residem em Salvador e Região Metropolitana deverão estar atentos ao cronograma. Durante o mês de agosto deverão se apresentar aposentados com iniciais de A a I, totalizando 3.789 convocações. No mês de setembro, deverão se recadastrar 4.395 pessoas, com iniciais de J a Z.

Já policiais e bombeiros da reserva residentes no interior do estado (7.652 convocados) poderão se cadastrar regularmente nos meses de agosto e setembro. Em todos os casos, é preciso apresentar documento de identidade oficial com foto atual (em bom estado de conservação), CPF e comprovante de residência atual (contas de água, luz ou telefone). Também é necessário apresentar o número do PIS, para atualização da base de dados do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial).

O recadastramento pode ser feito em uma das 69 unidades do Centro de Atendimento Previdenciário (Ceprev), abrigadas em Postos e Pontos SAC da capital e interior, além do SAC Servidor, que atende no Multishop Boca do Rio, em Salvador. Ainda é possível realizar o atendimento por hora marcada em sete postos: Paralela, Salvador Shopping, Shopping da Bahia, Feira Centro II, Conquista II, Lauro de Freitas e SAC Servidor. O agendamento é feito no Portal SAC (www.sac.ba.gov.br) e pela plataforma do SAC Digital, disponível para aplicativo de celular e no endereço www.sacdigital.ba.gov.br.
Casos especiais - Quem residir em local sem cobertura previdenciária, ou fora do estado da Bahia, poderá efetuar o recadastramento mediante envio dos documentos autenticados para: Suprev - Av. Tancredo Neves, n° 776, Bloco A, Bairro Caminho das Árvores, Salvador – Bahia, CEP: 41.820-904, colocando na parte externa do envelope a palavra “RECADASTRAMENTO”. Aqueles que realizarem o recadastramento via correspondência ainda deve encaminhar atestado de vida, disponível no Portal do Servidor (www.portaldoservidor.ba.gov.br). 

Servidores com impossibilidade de locomoção ou doença grave podem realizar o recadastramento mediante procuração original, emitida até seis meses antes da data atual, ou através de formulário (original e com firma reconhecida) disponibilizado pela Suprev, que devem ser entregues juntamente com: documento de identidade do representante legal, atestado médico original (emitido até trinta dias da data atual do recadastramento), comprovando a impossibilidade do deslocamento. O modelo da procuração também está disponível no Portal do Servidor.

Casos de falecimento deverão ser imediatamente comunicados pelos familiares do ex-servidor, mediante a apresentação da respectiva certidão de óbito em quaisquer das unidades Ceprev ou por meio de envio pelos Correios à Suprev ou via fax: (71) 3103-7220. Por último, no caso de pensionistas do Estado, caso o beneficiário seja maior de 18 anos, deverá ser enviar, ainda, Declaração de Estado Civil e União Estável.

Mais informações, como o calendário de recadastramento, locais de recadastramento e documentação necessária, podem ser consultadas no Portal do Servidor. Dúvidas pelo call center da Previdência Estadual: 0800 071 5353 ou 4020-5353.

 

Pessoas com deficiência ganham oportunidade de trabalho na Rede SAC

Domingos Matos, 05/08/2019 | 19:23

Trinta pessoas com deficiência que vão ter a oportunidade de trabalhar na Rede SAC. O contrato foi assinado na sede da Secretaria da Administração do Estado (Saeb), com a presença do secretário da pasta, Edelvino Góes, e da presidente da Associação Baiana de Deficientes Físicos (ABADEF), Luiza Câmera. Inicialmente, 27 beneficiados vão atuar na recepção em postos SAC de Salvador e outros três na unidade de Lauro de Freitas.

Os trabalhadores vão passar pelo treinamento Modelo SAC de Atendimento e pela capacitação técnica sobre a unidade para a qual prestarão serviço. "As necessidades básicas do ser humano são saúde, educação, trabalho e acessibilidade. E essa parceria traduz e reflete em nosso compromisso de inclusão social como um todo e nossa busca constante de termos os mesmos direitos como qualquer outro indivíduo", ressaltou a presidente da ABADEF.

A parceria entre a Saeb e a associação já havia acontecido entre 2008 e 2016. Edelvino Góes relembrou este momento e reforçou a relevância de atuar na rede SAC. "À época, as observações que nós recebemos foram todas positivas a respeito do trabalho deles. Estamos devolvendo a eles uma oportunidade de realizar esse trabalho no SAC, que é uma instituição que simboliza a eficiência no serviço público", pontuou.

Também presente ao ato, o secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães, enalteceu a preocupação do Governo do Estado em adotar políticas públicas concretas no universo dos direitos humanos e justiça social.

 

Rede SAC

A Rede SAC possui 71 unidades de atendimento, sendo 37 Postos (na capital, região metropolitana e interior) e 31 Pontos SAC. Além disso, operam três rotas do SAC Móvel, unidades itinerantes que percorrem localidades que não possuem SAC. Para outras informações sobre serviços prestados, horários de atendimento e endereços, a Saeb disponibiliza os aplicativos SAC Mobile e SAC Digital, e os portais SAC e SAC Digital.

 

Ilhéus: Governo exige das empresas de transporte coletivo cumprimento do decreto da tarifa

Domingos Matos, 05/08/2019 | 08:11

O prefeito Mário Alexandre exigiu dos gestores das empresas Viametro e São Miguel, concessionárias dos serviços de transporte coletivo, o cumprimento das condições impostas no Decreto 133/2018, que ao mesmo tempo em que reajustou a tarifa, também estipulou algumas medidas para a melhoria do atendimento ao cidadão, a exemplo da instalação de aplicativo de celular para monitoramento dos ônibus (CittaMobi), implantado desde março último, construção de 10 pontos de ônibus, um deles na Praça Coronel Pessoa e outro no Paredão do Hospital São José, além da inclusão de 14 novos ônibus até 30 de julho de 2019 e mais 20 até julho de 2020.

Diante da demora no cumprimento de todas as obrigações por parte das empresas de ônibus, o chefe do Executivo ilheense determinou a abertura de um processo e a convocação dos representantes das empresas para uma reunião, que ocorreu no final da tarde desta sexta-feira (2), em seu gabinete do Centro Administrativo, bairro da Conquista, onde autorizou a Procuradoria-Geral a tomar providências para impulsionar o cumprimento de todas as obrigações.

O Procurador-Geral, Jefferson Domingues lembrou que “em 2018, com o reajuste, foram impostas algumas condições, dentre elas, a entrega de 14 novos ônibus, até o dia 30 de julho de 2019 e mais 20 até julho de 2020”. Até agora, completa Jefferson “sete ônibus foram entregues, e a exigência do prefeito é que sejam imediatamente iniciadas as obras para instalação dos pontos de ônibus na Praça Coronel Pessoa e no Paredão do São José, além da entrega dos outros sete ônibus que a Viametro ainda não apresentou para circulação”.

 

 

Prefeito exige das empresas de transporte coletivo cumprimento do decreto da tarifa

Domingos Matos, 03/08/2019 | 11:52

O prefeito Mário Alexandre exigiu dos gestores das empresas Viametro e São Miguel, concessionárias dos serviços de transporte coletivo, o cumprimento das condições impostas no Decreto 133/2018, que ao mesmo tempo em que reajustou a tarifa, também estipulou algumas medidas para a melhoria do atendimento ao cidadão, a exemplo da instalação de aplicativo de celular para monitoramento dos ônibus (CittaMobi), implantado desde março último, construção de 10 pontos de ônibus, um deles na Praça Coronel Pessoa e outro no Paredão do Hospital São José, além da inclusão de 14 novos ônibus até 30 de julho de 2019 e mais 20 até julho de 2020.

Diante da demora no cumprimento de todas as obrigações por parte das empresas de ônibus, o chefe do Executivo ilheense determinou a abertura de um processo e a convocação dos representantes das empresas para uma reunião, que ocorreu no final da tarde desta sexta-feira (2), em seu gabinete do Centro Administrativo, bairro da Conquista, onde autorizou a Procuradoria-Geral a tomar providências para impulsionar o cumprimento de todas as obrigações.

O Procurador-Geral, Jefferson Domingues lembrou que “em 2018, com o reajuste, foram impostas algumas condições, dentre elas, a entrega de 14 novos ônibus, até o dia 30 de julho de 2019 e mais 20 até julho de 2020”. Até agora, completa Jefferson “sete ônibus foram entregues, e a exigência do prefeito é que sejam imediatamente iniciadas as obras para instalação dos pontos de ônibus na Praça Coronel Pessoa e no Paredão do São José, além da entrega dos outros sete ônibus que a Viametro ainda não apresentou para circulação”.

Programa Centelha Bahia recebe propostas de negócios inovadores até 7 de agosto

Domingos Matos, 16/07/2019 | 11:20

Em 2016, o analista de sistemas Mateus Carvalho participou de um edital de financiamento de negócios inovadores promovido pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb). A oportunidade lhe permitiu desenvolver um aplicativo para mototáxis. Com a experiência, o jovem empreendedor ampliou seu ramo de atuação através dos conhecimentos aprendidos e da rede de contatos que construiu. Atualmente, Mateus possui uma empresa que fornece aplicativos de mobilidade em cidades de médio porte de diversas regiões do país.

Um novo edital de apoio a negócios inovadores foi lançado pela Fapesb no mês de junho, em parceria com o Governo Federal, e vai receber propostas até o dia 7 de agosto. Mais de um R$1,6 mi estão sendo disponibilizados pelo Programa Centelha. “Toda pessoa que é residente no estado e que tenha a idade mínima de 18 anos pode participar do edital. Não precisa ter empresa neste momento, ou seja, todo mundo que tem um CPF pode fazer o seu cadastro e apresentar suas idéias, explica o responsável pela Coordenação de Competitividade Empresarial Fapesb, Alzir Mahl.

A expectativa do programa é de selecionar 28 projetos de até R$ 60 mil em financiamento cada um. A seleção acontecerá em três etapas. Para inscrições e informações sobre o edital, basta acessar o site www.programacentelha.com.br/ba/. 

“Um apoio financeiro é sempre muito importante, principalmente quando se está começando um negócio, Você precisa do capital para formalizar a empresa, comprar algo junto ao fornecedor e, principalmente, na questão do networking. As pessoas que estão envolvidas no processo de aceleração são pessoas capacitadas, que já viveram aquilo, quebraram a cara. Essa questão de errar é importante, se você escuta alguém que já errou você tem um pouco mais de chance de ter sucesso e aprender com os erros dessa pessoa”, relata Mateus, sobre a oportunidade de ter começado a empreender através da oportunidade de um edital público.

Receita paga hoje restituições do 2º lote do Imposto de Renda

Domingos Matos, 15/07/2019 | 10:35
Editado em 15/07/2019 | 14:33

A Receita Federal começou a pagar nesta segunda-feira (15) o 2º lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2019, e também, as restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018.

Serão depositados R$ 5 bilhões para 3.164.229 contribuintes. Desse total, R$2.362.514.597,42 referem-se a restituição de 15.489 contribuintes idosos acima de 80 anos, 197.895 contribuintes entre 60 e 79 anos, 24.793 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave, e 1.251.906 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Para saber se teve a declaração liberada, é preciso acessar o site da Receita Federal, ou ligar para o Receitafone, no número146.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano.

O dinheiro será depositado nas contas informadas na declaração. O contribuinte que não receber a restituição deverá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para ter acesso ao pagamento. 

Aplicativo Meu CadÚnico leva praticidade às famílias em averiguação e revisão cadastral

Domingos Matos, 09/07/2019 | 17:16

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SDS) da Prefeitura de Ilhéus divulga o novo aplicativo (App) chamado “Meu CadÚnico” lançado pelo Ministério da Cidadania. Mais de seis milhões de famílias incluídas nos processos de Averiguação e Revisão Cadastral podem contar com mais um canal de comunicação, que disponibiliza mensagens direcionadas com orientações para a atualização cadastral.

O Meu CadÚnico é um aplicativo para uso em telefones celulares e tablets que permite consultar se uma família está inscrita no Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal, verificar o Número de Identificação Social (NIS) das pessoas que constituem a família e ainda obter o comprovante de cadastramento. Já foram emitidos, pelo aplicativo, mais de 400 mil comprovantes, desde sua criação em julho de 2018.

O App foi desenvolvido pelo Ministério da Cidadania, é gratuito e está disponível para download nas lojas Google Play e na Apple Store. Para acessar o Meu CadÚnico, a pessoa cadastrada deverá informar o nome completo, data de nascimento, nome da mãe e Estado onde foi realizado o cadastramento. Quando se tratar dos dados de uma pessoa que desconhece o nome da mãe, ou seja, quando a informação registrada no Sistema de Cadastro Único for “Não sabe”, o campo “Nome da Mãe” deverá ser deixado em branco.

Após a confirmação dos dados, o aplicativo apresentará na tela principal dados como: nome e número de NIS do Responsável Familiar (RF) da família; se o cadastro da família está ou não atualizado; se o cadastro possui pendências, como a família ter sido incluída nos processos de Averiguação e Revisão Cadastral e os dados básicos da família como: local e data de cadastramento; data da última atualização; faixa da renda familiar total e por pessoa.

Logo abaixo será exibido o box “Integrantes da Família”, no qual estarão relacionadas as pessoas que compõem a família consultada. Para cada integrante será exibido: nome completo, número do NIS; data de nascimento; parentesco em relação ao RF; e sexo.

Pendências – Em alguns casos, como na imagem ao lado, o App poderá indicar a ocorrência de Pendências. Essas pendências podem ser relativas às verificações realizadas pelo Ministério da Cidadania quanto aos dados de renda informados pela família em relação a outras bases de dados do Governo Federal, isto é, ao processo de Averiguação Cadastral, bem como podem ser referentes à inclusão da família no processo de Revisão Cadastral, indicando que a família está com os dados desatualizados.

Quando o cadastro da família apresentar pendências, é necessário o comparecimento do Responsável Familiar aos postos de atendimento do Cadastro Único para realizar a atualização cadastral. O objetivo do Meu CadÚnico é tornar esse processo de comunicação mais ágil, uma vez que ele apresenta mensagem que orienta o cidadão quanto aos procedimentos a serem adotados nesses casos. Além disso, as famílias que usam o aplicativo ficam sabendo das pendências de maneira imediata.

Para saber quais são as pendências cadastrais relacionadas ao cadastro da família e obter orientações quanto aos prazos e procedimentos necessários para regularização do cadastro, basta clicar na opção “Pendências”. O aplicativo pode gerar um comprovante que atesta que a família e está devidamente cadastrada e faz parte das bases do CadÚnico.

Para todos os cadastros, independentemente de haver ou não alguma pendência a ele relacionada, o aplicativo Meu CadÚnico disponibilizará o comprovante de cadastramento da família. A geração desse documento por meio do aplicativo facilita o acesso da população inscrita no Cadastro Único às informações cadastradas, pois torna desnecessário o comparecimento do RF a um posto de cadastramento da gestão municipal.

Recadastramento de inativos da Educação entre na reta final

Domingos Matos, 08/07/2019 | 18:17

Termina no final do mês de julho o prazo para recadastramento dos servidores inativos da Secretaria da Educação do Estado. Nos dois primeiros meses da ação, encabeçada pela Superintendência de Previdência da Secretaria da Administração (Saeb), foram recadastrados 41.928 inativos em todo o estado, mais de 70% do total convocado. A Suprev pretende recadastrar aproximadamente 60 mil aposentados da pasta.

O procedimento pode ser feito em uma das 69 unidades do Centro de Atendimento Previdenciário (Ceprev), abrigadas em Postos e Pontos SAC da capital e interior, além do SAC Servidor, que atende no Multishop Boca do Rio, em Salvador. Ainda é possível realizar o atendimento por hora marcada em sete postos: Paralela, Salvador Shopping, Shopping da Bahia, Feira Centro II, Conquista II, Lauro de Freitas e SAC Servidor. O agendamento é feito no Portal SAC e pela plataforma do SAC Digital, disponível para aplicativo de celular e no endereço www.sacdigital.ba.gov.br.

Em todos os casos, é preciso apresentar documento de identidade oficial com foto atual (em bom estado de conservação), CPF e comprovante de residência atual (conta de água, luz ou telefone). Também é necessário apresentar o número do PIS e o título de eleitor, caso o aposentado os possuam, para atualização da base de dados do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial).

Na capital e Região Metropolitana são aguardados 5.389 inativos da Educação – com iniciais de N a Z. O escalonamento tem como objetivo atender ao cidadão com mais conforto e comodidade. Para os aposentados residentes no interior e fora da área de cobertura previdenciária, o período do recadastramento teve início em maio e será finalizado ao final do mês de julho.

Não responder ao chamado da Superintendência de Previdência incorre na suspensão de créditos, que serão retomados de forma retroativa tão logo o recadastramento seja efetivado. Mais informações podem ser obtidas pelo Portal do Servidor ou por meio do call center da Previdência Estadual: 0800 071 5353 / (71) 4020-5353.

Uber: ferramenta desenvolvida no Brasil fará checagem de dados de clientes

Ferramenta U-Check foi desenvolvida em parceria com a Serasa

Domingos Matos, 04/07/2019 | 11:42

A Uber e a Serasa Experian anunciam hoje uma parceria para validação das informações dos usuários do aplicativo.  A ferramenta que fará a checagem, denominada U-Check, foi a primeira a ser desenvolvida pelo recém-constituído time de engenheiros do Centro de Desenvolvimento Tecnológico (Tech Center) instalado pela empresa em São Paulo em parceria com o time de engenheiros da Uber em San Francisco (EUA).

O projeto, integrado com as soluções de qualidade de dados da Serasa Experian, permitirá que a Uber, a partir dos dados fornecidos pelo usuário no cadastro, como o CPF, obtenha informações adicionais via API. A verificação do cadastro cobrirá todos os novos usuários que optarem por não adicionar um cartão de crédito no momento de se registrarem já a partir deste mês.

"O compromisso com a segurança é a prioridade da empresa, por isso a Uber está permanentemente desenvolvendo e aprimorando soluções para tornar as viagens cada vez mais seguras e confiáveis", explica o diretor do Tech Center da Uber no Brasil, Marcello Azambuja.

"Dados precisos e confiáveis garantem a segurança e melhoram a experiência do usuário. A nova ferramenta, que integra a solução InfoMais da Serasa, irá facilitar as verificações cadastrais, tornando o sistema mais robusto", diz o Diretor de Produtos da Serasa Experian, Luiz Junqueira.

O U-Check, primeira solução a ser desenvolvida internamente pelos engenheiros do Tech Center da Uber instalado em São Paulo, abre ainda novas possibilidades para verificações diversas no futuro. Além disso, também poderá ser utilizado pelo aplicativo no mundo todo.

Estudante baiano cria aplicativo que auxilia na preparação para o Enem

Domingos Matos, 10/06/2019 | 18:00

Criar uma ferramenta que ajude estudantes na preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Esse foi o principal objetivo do baiano Daniel Peixoto ao transformar uma ideia inovadora em realidade. Idealizador do aplicativo Liceu Enem, o estudante do curso de Ciência da Computação, da Universidade Federal da Bahia (Ufba), conta que o aplicativo já está disponível, gratuitamente, para Android e iOS, em versão beta. O lançamento oficial deve acontecer no mês de julho com nova versão que deve incluir um modo competitivo conectado às redes sociais.

Batizado em homenagem a Escola de Aristóteles, o Liceu tem um diferencial para outros Apps voltados ao Enem. “Conversando com as pessoas, percebi que a deficiência ocorria quando o estudante errava a resposta. Então me veio a ideia de trazer a resolução de cada pergunta. Programei um algoritmo que permite que o estudante, em caso de erro, seja direcionado a um vídeo com a resolução. Dessa forma, ele vai solucionar a questão e entender para que o erro não se repita”.

As inovações pensadas por Daniel não estão resumidas apenas à criação do App Liceu. Em agosto de 2017, ele participou e foi premiado em uma das edições do Desafios Bahia Hackathon, capitaneado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia (Secti), na Campus Party. “Fomos premiados no hackathon com viagem e barraca para a edição nacional da Campus. Tivemos também mentorias e recebemos um prêmio em dinheiro. Foi um incentivo bem legal”, lembra.

Com várias ideias em mente, o estudante planeja se inscrever no Edital do Programa Centelha, que tem foco em empreendedorismo tecnológico e será lançado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), em parceria com a Finep, no próximo dia 18. O Centelha Bahia prevê o investimento de R$ 1,6 milhão (R$ 60 mil por proposta aprovada) para capacitar empreendedores para o desenvolvimento de produtos, processos ou serviços inovadores.

 

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.