Tag: aulas

FTC Itabuna inicia novo semestre letivo nesta segunda-feira

Domingos Matos, 11/02/2019 | 11:10

Com o primeiro dia de aulas voltado para os alunos veteranos, a Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC) de Itabuna inicia nesta segunda-feira (11)  o semestre letivo 2019.1, cuja previsão de término está para o próximo dia 19 de junho.

Já no dia 18 de fevereiro, a FTC Itabuna estará recepcionando os calouros (novos acadêmicos) que iniciarão a graduação na Faculdade. Para este dia, uma série de atividades de integração estão programadas. O objetivo, segundo a direção da FTC, é proporcionar aos ingressantes momentos de interação com os demais membros da comunidade acadêmica.

Aulas na rede municipal de ensino de Ilhéus começam na próxima segunda-feira 

Domingos Matos, 08/02/2019 | 08:06

O ano letivo de 2019 na rede municipal de ensino começa em sala de aula na próxima segunda-feira(11), conforme calendário escolar confirmado pela Secretaria Municipal de Educação (Seduc). As atividades iniciaram no dia 1°, com a realização da jornada pedagógica que prepara professores, profissionais de educação e servidores para as ações do ano que se inicia.

Cerca de 20 mil alunos são esperados nas 53 escolas de Ilhéus. A Seduc oferece Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino de Jovens e Adultos (EJA). Segundo a secretária municipal de educação, Eliane Oliveira, ainda há vagas disponíveis no município.

A secretária explica que ainda existem cerca de 360 vagas na área urbana da cidade e 800 na zona rural. “Das vagas disponíveis na sede do município, 270 são para alunos do sexto ano, na escola municipal da Princesa Isabel e o restante nas demais unidades escolares da cidade”, diz ela.

 

Pré-vestibular Universidade para Todos aprova 893 estudantes na Uneb

Domingos Matos, 31/01/2019 | 12:03

O pré-vestibular Universidade para Todos (UPT), da Secretaria da Educação do Estado, contribuiu para a aprovação de 893 alunos no vestibular 2019 da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), uma das quatro instituições estaduais de Ensino Superior parceiras do programa. Entre os aprovados, por conta da ampliação do sistema de cotas, estão 43 quilombolas e seis indígenas. Outros 3.153 foram classificados e muitos ainda podem ser convocados pela Uneb nas próximas chamadas para a matrícula. Desde 2007, o UPT já colaborou para o ingresso de mais de 18 mil estudantes no ensino superior.

A indígena Amaranta Almeida da Poncada, da Aldeia Boca da Mata, em Porto Seguro, é uma das aprovadas e vai cursar Enfermagem. “Vou realizar um dos maiores sonhos da minha vida, que é fazer um curso que trará um retorno muito importante para a minha comunidade. Minha intenção é me tornar enfermeira para ajudar o meu povo”, afirma. 

A estudante conta também que a oportunidade de fazer o UPT foi decisiva. “O curso contribuiu muito para que eu passasse na Uneb. Tinha dificuldades na área de exatas, que foram destravadas no curso. As aulas e os professores eram ótimos. Estou muito feliz com esta vitória”. 

A coordenadora do UPT na Secretaria da Educação do Estado, Patrícia Machado, ressalta que as universidades estaduais parceiras – Uneb, Uefs, Uesb e Uesc – estão, atualmente, fazendo o levantamento dos estudantes aprovados nos vestibulares. “Passamos o ano de 2018 voltados para esse foco, com aulas regulares de segunda a sexta-feira; fizemos aulões, revisão e tivemos orientação vocacional para mostrar aos estudantes o perfil de profissional que o mercado hoje deseja e os cursos que temos em cada uma das universidades para que eles tivessem esse conhecimento no momento de fazer a opção, seja no SISU ou no vestibular tradicional”, explica. 

A importância do UPT é também comentada pela coordenadora do programa na Uneb, Simone Wanderley. “Mais uma vez, a Uneb prova que a universidade é um espaço para todos. Esse resultado reforça o alcance social do projeto e reafirma o seu principal compromisso que é democratizar o acesso ao ensino superior”.

 

Começa nesta quarta a matrícula para selecionados nos cursos da Educação Profissional

Domingos Matos, 30/01/2019 | 07:01

Começa nesta quarta-feira (30) e segue até sexta (1º), a matrícula dos estudantes selecionados para os cursos técnicos de nível médio ofertados pela Secretaria da Educação do Estado na forma de articulação Subsequente ao Ensino Médio (Prosub). Neste período, o aluno deverá comparecer na unidade escolar para a qual se inscreveu e foi contemplado.

As 10 mil vagas são para os Centros Estaduais, Territoriais e unidades compartilhadas da rede estadual, em 82 municípios da Bahia, envolvendo todos os 27 Territórios de Identidade. Para a efetivação da matrícula, os contemplados deverão apresentar os seguintes documentos: original e cópia da Carteira de Identidade, do CPF, Histórico Escolar e comprovante de residência atualizado. Como as vagas foram distribuídas segundo a ordem classificatória das médias finais obtidas nas disciplinas Língua Portuguesa e Matemática no último ano/módulo de estudo no Ensino Médio ou equivalente ou com base no resultado obtido no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o estudante também deverá levar, no ato da matrícula, a comprovação das notas de Português e Matemática no ENEM, conforme declarado no ato da inscrição.

As vagas são para 42 cursos. Os cursos mais procurados foram os de Enfermagem, Segurança do Trabalho, Logística e Nutrição em municípios como Salvador, Feira de Santana, Itabuna, Vitória da Conquista e outros. As aulas começaram junto com o ano letivo da rede estadual, em 11 de fevereiro.

Curso de Libras para policiais militares de Paulo Afonso

Domingos Matos, 18/01/2019 | 10:02

A Língua Brasileira de Sinais (Libras) que utiliza combinações de movimentos de mãos, braços e expressões faciais para a comunicação passará a ser utilizada pelos policiais do 20º Batalhão de Polícia Militar (BPM/ Paulo Afonso). Acontece até esta sexta-feira (18), na sede da unidade, o curso básico de Libras voltado para atendimento de ocorrências policiais.

De acordo com o comandante da unidade, tenente-coronel Carlos Humberto Moreira, os 32 alunos soldados que integram a primeira turma da atualização se tornarão multiplicadores do conhecimento. “Pretendemos promover novas turmas para ampliar cada dia mais o número de PMs capacitados”, enfatizou.

O conteúdo do curso, com duração de 40 horas, foi adaptado para o atendimento de circunstancias policiais. “Notamos que, em muitas ocorrências, vítimas ou suspeitos eram surdos e para facilitar o diálogo resolvemos preparar nossos policiais para atender a esse público”, garantiu.

Os militares são ensinados a solicitar documento de identificação, atender pedidos de socorro, pedir calma, identificar se a ação foi roubo ou furto, além de expressões de cordialidade como 'bom dia', 'boa tarde', 'por favor', dentre outras.

As aulas são ministradas voluntariamente pela interprete de Libras Raiane Silva, que também atua no Projeto Superação, e pela presidente da Associação de Surdos de Paulo Afonso, Eliude Nascimento.

 

 

Faculdade de Ilhéus faz inscrições na segunda chance do Vestibular 2019.1

Domingos Matos, 11/01/2019 | 08:02

 

A Faculdade de Ilhéus está com inscrições abertas para a segunda chance do vestibular 2019.1 até o próximo dia 16 de janeiro. Os interessados podem concorrer a vagas para os cursos de graduação em Administração, Ciências Contábeis, Direito, Enfermagem, Engenharia Civil, Nutrição, Odontologia e Psicologia. A prova do exame será aplicada no dia 20 deste mês, sendo que os portões serão abertos a partir das 7h30min.

A instituição completou 16 anos de funcionamento e se notabiliza como uma das mais eficientes faculdades da região, com aulas cem por cento presenciais e cursos bem avaliados pelo Ministério da Educação (MEC). As inscrições para a 2ª Chance no vestibular 2019.1 podem ser feitas pelo site www.faculdadedeilheus.com.br ou de forma presencial, na secretaria da Faculdade, localizada à margem da Rodovia BA-001, trecho Ilhéus-Olivença, km 1,5, bairro São Francisco, zona sul da cidade, no horário das 8 às 21 horas. O valor da taxa de inscrição é de 50 reais.

A Faculdade de Ilhéus também utiliza os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) para efeito de preenchimento de vagas remanescentes. Focada no compromisso de oferecer um ensino superior de qualidade, a instituição disponibiliza infraestrutura com sede própria, instalações modernas, salas climatizadas, biblioteca e laboratórios equipados que valorizam o binômio ensino-aprendizagem.

Financiamentos – Com a finalidade de garantir o acesso dos estudantes ao ensino superior, a Faculdade de Ilhéus aceita o financiamento de até 100 por cento do curso através do FIES (Fundo de Financiamento Estudantil), do Governo Federal. A instituição também oferece um sistema próprio de financiamento, o Cred-IES–Cesupi, que garante crédito até 70 por cento da mensalidade, sem juros, do início ao fim do curso. Após a conclusão da graduação, o estudante negocia diretamente a quitação do financiamento.

Pronatec e Conjunto Penal de Itabuna promovem curso de padeiro

Domingos Matos, 05/10/2018 | 18:19
Editado em 05/10/2018 | 18:44

Terá início nos próximos dias, no Conjunto Penal de Itabuna (CPI), um Curso Profissionalizante de Padeiro, ministrado pelo Pronatec, em parceria com a unidade prisional. Na manhã de sexta-feira (5) foi realizada a aula inaugural, com a equipe de professores do programa e profissionais da área de ressocialização do CPI. O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) foi criado pelo Governo Federal em 2011, e forma milhares de técnicos por todo o país.

A primeira turma será formada por 15 participantes, todos do regime semiaberto, que assistiram à aula inaugural e já se declararam ansiosos para o início das aulas. O curso será ministrado por profissionais da área de panificação, além de uma equipe multidisciplinar, que coordenará os aspectos pedagógicos, nutricionais e de gastronomia, além de um psicólogo e um chef de panificação.

O evento foi aberto pelo diretor do CPI, Capitão PM Adriano Valério Jácome da Silva, e teve a participação do diretor-adjunto, Bernardo Cerqueira Dutra, do coordenador de Segurança, Fábio Vivas, e da gerência da empresa Socializa – Soluções em Gestão, Yuri Damasceno (operacional) e João Sobral (administrativo), além de representantes de todo Corpo Técnico e equipe de Ressocialização da unidade. Participaram ainda o coordenador estadual do Pronatec, Thiago Guedes Viana, e o coordenador local, Lucaseri Limoeiro Ribeiro, além dos professores que ministrarão o curso nos próximos dias.

O diretor observou que essa é uma grande oportunidade que é oferecida a cada um dos cursistas, que podem transformar sua história a partir do conhecimento que irão adquirir. “Se cada um dos senhores acreditar e se dedicar, com certeza terão condições de dar um novo rumo a suas vidas a partir desse conhecimento. Vocês sairão daqui habilitados a trabalhar em qualquer panificadora. Portanto, se dediquem e aprendam, porque o conhecimento adquirido, só Deus tira”.

O curso foi resultado de um esforço da Superintendência de Ressocialização Sustentável junto à coordenação do Pronatec no estado. “Destaco e agradeço aqui o esforço do superintendente de Ressocialização Sustentável, Dr. Luiz Antônio, que não mediu esforços para que este momento se tornasse realidade. Este é mais um grande passo na trilha da ressocialização, que é o fim maior de qualquer unidade prisional e à qual o interno é apresentado desde sua chegada”.

Investimentos

O Conjunto Penal de Itabuna possui uma unidade de panificação, que fornece pães e outros alimentos para os internos. Essa unidade acaba de receber investimentos em seu maquinário e equipamentos, a exemplo de uma massadeira, cilindro, mesa e armários inox.

O empresário Júlio César Santos, da empresa Requinte Pães, que opera o serviço de panificação na unidade, diz que o investimento vai melhorar o atendimento às demandas do Conjunto Penal e também do curso de padeiro. “Quero parabenizar a direção do presídio e a empresa Socializa e dizer que, como empresário do setor, observo que essa mão-de-obra qualificada faz grande diferença”.

Para ele, um padeiro qualificado hoje não fica desempregado, porque há uma grande escassez desses profissionais no mercado. “Eu, mesmo, emprego pelo menos 15 profissionais oriundos do sistema prisional, e sei que vou precisar de outros, assim como o mercado como um todo”, afirmou Júlio César.

Ilhéus: Cultura realiza oficina voltada ao edital Manoel Barreto

Domingos Matos, 14/09/2018 | 10:56

A Secretaria da Cultura (Secult) de Ilhéus realiza na próxima terça-feira (18) um curso para elaborar projetos de capoeira. O objetivo é atender a proposta do edital Manoel Barreto, iniciativa que instruirá mestres, contramestres e grupos. As aulas serão ministradas na sede da Secult, a partir das 18 horas, situada à Rua Jorge Amado, 21, um dos corredores do Centro Histórico de Ilhéus. A inscrição está aberta e pode ser feita até o dia 15 de outubro, exclusivamente na sede da secretaria.

Serão habilitadas propostas que estimulem o desenvolvimento da capoeira nos diversos bairros e distritos de Ilhéus. O cronograma de ação deverá ser executado de 7 de janeiro a 15 de fevereiro de 2019. Informações adicionais podem ser obtidas através do telefone (73) 3231-7531. Para acompanhar o edital basta acessar o link http://cultura.ilheus.ba.gov.br/detalhe-da-materia/info/edital-manoel-barreto/91428.

O edital Manoel Barreto é exclusivo para grupos e proponentes de Ilhéus. As propostas inscritas podem contemplar batizados, troca de cordões, aquisição de materiais, realização de ações de formação (seminários, oficinas, cursos, dentre outros) na área da capoeira e distintas formas de criação e apresentação que propiciem o acesso à capoeira. O valor da premiação é de R$ 2.500,00 e serão selecionadas 10 propostas, sendo três pertencentes aos distritos.

Aulas na rede estadual de ensino começam nesta segunda-feira

Domingos Matos, 16/02/2018 | 15:00

O ano letivo na rede estadual de ensino começa nesta segunda-feira (19) para mais de 807 mil estudantes matriculados em 1.251 unidades escolares distribuídas nos 417 municípios da Bahia. Para marcar o início das aulas, a Secretaria da Educação do Estado realiza, na próxima quarta-feira (21), o Programa de Abertura do Ano Letivo - Aula Inaugural, a partir das 8h30, no auditório do Centro Educacional Carneiro Ribeiro - Escola Parque, no bairro da Caixa D´Água, em Salvador. O programa será transmitido, ao vivo, pela TVE Bahia (Canal 10.1).

A programação envolverá apresentações de experiências estudantis, em suas diversas linguagens, entrevistas e exibições de vídeos artísticos desenvolvidos pelos alunos das escolas estaduais. Entre as atrações estarão as apresentações da experiência do Projeto Smartcam – ‘Dispositivo de segurança para ultrapassagem’, premiado na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), e do Grupo Black Dance, do Colégio Estadual Professora Elisabeth Chaves Veloso. Também será feita uma entrevista com a estudante Fabíola Rocha Pereira, premiada melhor atriz no III Festival de Cinema Escolar de Alvorada (RS). Neste ano, o Programa de Abertura do Ano Letivo homenageará os criadores do trio elétrico Dodô & Osmar, com a participação especial dos irmãos Macedo.

Segundo o secretário Walter Pinheiro, o Programa de Abertura do Ano Letivo busca valorizar o protagonismo estudantil. “A realização do evento será toda conduzida todo por estudantes e professores, para que possamos mostrar todo o dinamismo das atividades desenvolvidas nas escolas estaduais, seja no campo das artes, da ciência, da tecnologia, do empreendedorismo, do esporte e do meio ambiente”. Ele acrescenta que, durante a Aula Inaugural, serão apresentadas algumas novidades no que se refere à Inovação e à Tecnologia para o fortalecimento do eixo pedagógico nas escolas.

Rui autoriza início das obras do Centro de Canoagem em Itacaré

Domingos Matos, 25/09/2017 | 09:44

Além de ser um disputado destino turístico do sul da Bahia e atrair visitantes de todo o mundo para a prática do surf, Itacaré também é banhada pelo Rio de Contas, onde a prática de esportes como a canoagem incluiu a cidade no projeto de formação de novos atletas da modalidade. Na manhã deste sábado (23), o governador Rui Costa assinou no município a ordem de serviço que autoriza a construção do Centro de Treinamento para Canoagem de Itacaré e visitou o local onde o equipamento será construído.

"Quero agradecer a Deus pela oportunidade de estar aqui hoje realizando entregas e assinaturas para melhorar a vida das pessoas. Um centro deste tem um objetivo muito maior que trazer medalhas, mas de colocar os jovens no caminho do bem", afirmou Rui sobre a construção do centro e o apoio ao projeto Remando no Rio de Contas, que atende a 90 crianças em Itacaré.

As obras vão receber um investimento de R$ 952 mil e serão realizadas pela Superintendência dos Desportos do Estado (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). "É uma grande satisfação. Um compromisso que o governador assumiu nos Jogos Olímpicos com os nossos medalhistas Izaquias Queiroz e Erlon de Souza, e hoje estamos aqui transformando uma promessa em realidade", destacou a secretária da Setre, Olívia Santana.

Mais centros

Ubaitaba e Ubatã também terão unidades de treinamento. Na tarde deste sábado (23), em Ubatã, além de autorizar o início das obras do Centro de Treinamento para Canoagem, o governador inaugura a pavimentação em paralelo, contenção e drenagem superficial da Rua Dois de Julho e da 1ª e 2ª Travessa Dois de Julho, no bairro Dois de Julho.

Cada centro de treinamento vai disponibilizar 90 vagas para jovens a partir de 7 anos, portadores ou não de deficiência física, com aulas de segunda a sexta-feira, nos turnos matutino e vespertino, durante um período de 19 meses. Os jovens serão, preferencialmente, alunos de escolas públicas e organizações de ensino que possuam baixos Índices de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e que estejam em situação de risco social.

Festival do Caranguejo volta a agitar Canavieiras

Domingos Matos, 11/09/2017 | 21:22

O Centro Histórico e praias de Canavieiras serão palco de um festival de dar água na boca. De 11 a 15 de outubro, o município sul-baiano sediará o Festival do Caranguejo, com feira gastronômica, nomes da música brasileira, degustação de pratos típicos, artesanato, aulas-show com chefs, workshops, palestras e concursos temáticos.

Parte do festival acontecerá na praia, onde será montado o caranguejódromo, com barracas credenciadas, palcos e competições. Na área do Centro Histórico de Canavieiras, serão realizados os concursos Miss Caranguejo e Masters Chefs. Nessa área, além de toldos e barracas, haverá bares e restaurantes credenciados pela organização do festival.

Além oferta de pratos como bolinho de puã, puã a milanesa, puã recheada, casquinha de caranguejo, moqueca e caranguejo ao molho, ainda haverá espaço para debate científico e capacitação para a comunidade envolvida na comercialização do produto. Ações de conscientização para a preservação da espécie também terão espaço na programação.

De acordo com a organização, haverá sorteio de pratos típicos e premiações entre as barracas. Serão ofertadas algumas premiações para as catadeiras mais antigas e para a melhor estória de pescador. O Festival atenderá a todas as idades de públicos e a todos os nichos de mercados, com participação de todo o trade local, além de envolver barracas de praias, baianas de acarajé. A decoração será totalmente voltada para a proposta ambiental e o respeito ao propósito de sustentabilidade e conservacionismo. (Via Pimenta)

Professora da rede estadual em Itabuna é finalista do prêmio Educador Nota 10

Domingos Matos, 31/07/2017 | 18:03

A professora de Educação Física, Mayllena Carvalho, que leciona no Colégio Estadual General Osório, em Itabuna, na região sul do estado, está entre os 50 educadores finalistas do prêmio Educador Nota 10. Seu projeto “O ensino de Educação Física e as práticas corporais de aventura, desenvolvido com estudantes do Ensino Fundamental e Médio, foi selecionado entre os mais de cinco mil trabalhos inscritos. O resultado será divulgado até o dia 7 de agosto, no site www.educadornota10.org.br.

O projeto tem o objetivo de analisar e identificar as possibilidades, bem como os desafios das práticas corporais de aventura no ensino da Educação Física. Para a prática pedagógica, foram ministradas aulas com oficinas de Patins, Skate, Slackline e Parkpur, além de explorar o repertório de conhecimentos com as atividades de aventura terrestres, aquáticas e aéreas.

De acordo com a professora Mayllena, o projeto foi desenvolvido no percurso da primeira unidade para contextualizar aspectos relevantes frente o desafio de promover oficinas sobre práticas corporais de aventura. “A metodologia utilizada para promover vivências aos alunos por meio de oficinas foi uma inovação pedagógica na tentativa de realizar aulas de Educação Física, permitindo ao aluno vivenciar outras possibilidades corporais”, explica a educadora.

Sobre o prêmio 

A premiação realizada pela Fundação Victor Civita, em parceria com a Fundação Roberto Marinho, reconhece professores da Educação Infantil ao Ensino Médio, coordenadores pedagógicos e gestores escolares de escolas públicas e privadas de todo o país, por desenvolverem projetos em diferentes áreas do conhecimento que destacam a importância da aprendizagem de crianças e jovens. Entre os finalistas, são escolhidos os dez Educadores Nota 10, além do Educador do Ano.

Internas do Conjunto Penal de Itabuna tem aula de zumba

Domingos Matos, 09/06/2017 | 19:01

No começo elas eram poucas, e os passos, desencontrados. Aos poucos, o ritmo da zumba mostrou sua força e o pátio de visitas do Anexo Feminino se transformou num verdadeiro estúdio de dança. Quando o “forró zumbado” de Gonzagão dominou o espaço, as internas do Conjunto Penal de Itabuna (CPI) esqueceram das grades e muros que as cercam. Esqueceram até possíveis divergências de grupos sociais ou origens. E dançaram juntas. 

A ação “Vida saudável na Prisão”, desenvolvida pela empresa Socializa Brasil, que faz a administração do presídio em regime de cogestão com o governo do Estado, através da equipe do Corpo Técnico do CPI, ocorreu na manhã dessa sexta-feira (09), dentro do programa de ações ressocializadoras desenvolvidas naquela unidade prisional. Devido à grande aceitação, a direção do Conjunto Penal e a Socializa já providenciaram a continuidade das aulas, que se darão a cada sexta-feira, pela manhã. 

Terapêutica

A atividade foi acompanhada pelo diretor-adjunto do Conjunto Penal, o sargento PM Bernardo Cerqueira Dutra, representando a direção. “Trata-se de uma ação ressocializadora, sem dúvidas, mas vai além disso. A música e a dança tem um poder catalisador, que ultrapassa a parte sensorial e atinge a alma. Lembremos que o cárcere não é eterno. Acredito que a partir dessas aulas, assim como de diversas outras ações, nossas reeducandas passarão a encarar o desafio da privação de liberdade de uma maneira mais leve”, observa Dutra. 

De acordo com o setor de Psicologia do CPI, que propôs essa ação, as aulas de zumba, além do papel de recreação, também ajudam na parte terapêutica, colaborando efetivamente com o processo de reintegração social. Além de auxiliar no controle da ansiedade, ajuda a evitar a depressão e melhorar o humor, diminuindo o sofrimento causado pelo encarceramento prolongado. 

Edital investe R$ 200 mil em ações de empoderamento feminino

Domingos Matos, 08/03/2017 | 21:38

Na data em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, o Governo do Estado abre inscrições para a iniciativa que vai investir R$ 200 mil em dez projetos que contribuam para fomentar a autonomia, empoderamento, promoção e defesa dos direitos das mulheres. Organizações da sociedade civil podem inscrever no edital Março Mulheres 2017 - Produção Cultural Feminina e Inclusiva até 7 de abril. 

Promovido pela Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), o edital engloba ações de capacitação, como oficinas e rodas de diálogo, além de feiras de inclusão sócio produtiva e aquisição de equipamentos para pequenos empreendimentos. Segundo a coordenadora de autonomia das mulheres da SPM, Michele Fraga, para participar, as organizações devem manter uma relação com o tema. 

“Temos projetos de agenda de trabalho decente, aula de dança, de capoeira, entidades de mulheres em comunidades rurais e muitas outras. As associações não precisam ser exclusivamente de mulheres, mas precisam, na descrição de atividades, estar relacionadas à autonomia e ao enfrentamento da violência”, explica Michele. As inscrições devem ser feitas na sede da SPM, na Avenida Tancredo Neves, em Salvador, ou através do envio da documentação pelos Correios. 

Capacitação

Organizações contempladas no edital de 2016 também podem participar, como o Centro de Estudos e Assessoria Pedagógica (Ceap), selecionado com o 'Projeto Político Pedagógico nas Escolas Municipais Parceiras do Ceap e o Empoderamento de Mulheres'. Em parceria com a Universidade Federal da Bahia (Ufba), as aulas do projeto começaram nesta quarta-feira (8), com o objetivo de capacitar gestores de escolas infantis públicas de Salvador a partir de temas como diversidade, questões de gênero, combate à discriminação e respeito às mulheres. 

Segundo a coordenadora da capacitação, professora Denise Guerra, o objetivo é sensibilizar os gestores para que eles levem os assuntos para as unidades escolares. “Queremos atingir essas escolas de forma abrangente, porque são questões que envolvem as famílias, os estudantes, os funcionários e os professores”. 

Feira e debates

A Associação Educativa e Cultural Didá também foi selecionada em 2016, com a 'I Feira Empreendedora da Didá'. O evento reuniu cerca de 50 mulheres, que apresentaram seus trabalhos e também discutiram o espaço das mulheres na sociedade. A associação vai se inscrever mais uma vez neste ano, em busca de atingir mais pessoas. 

“Essa iniciativa é fundamental porque as mulheres estão em todos os espaços, fazendo diferença, e precisam de caminhos para realizar. Foi isso que o edital nos proporcionou em 2016. No nosso caso da Didá, que trabalha com a mulher negra, o edital é necessário e bem-vindo. Esse tipo de parceria possibilita uma transformação social na vida dessas pessoas”, afirma a coordenadora de projetos da Didá, Viviam Caroline. Mais informações sobre o Março Mulheres 2017 estão disponíveis no site da SPM (http://www.mulheres.ba.gov.br). 

Fotos: Camila Souza/GOVBA

Conjunto Penal de Itabuna investe na formação de brigadistas

Domingos Matos, 15/02/2017 | 11:02

Em cumprimento à NBR-ABNT 14276, que disciplina a implantação de brigadas de incêndio em locais de grande aglomeração, a empresa Socializa, que faz a co-gestão do Conjunto Penal de Itabuna (CPI) com o Governo do Estado, está capacitando todo seu corpo funcional como brigadistas de emergências. A capacitação faz parte da estratégia de investimentos da empresa buscando minimizar fatores de risco, especialmente após situações ocorridas em presídios de outros estados.

O curso é coordenado pelo engenheiro de segurança da Socializa, Rafael Pinheiro, e tem carga horária de 16 horas/aulas, nas modalidades teórica e prática. "Trouxemos para ministrar esse curso o renomado instrutor Cosme da Fonseca, um profissional altamente qualificado e atualizado no que diz respeito aos novos procedimentos preconizados pela NBR 14276, da ABNT, e à legislação específica", afirma.

Pinheiro destaca que o curso envolve simulações de atendimentos em primeiros-socorros, métodos de combate a incêndio, classes de fogo e técnicas de resgate entre outros. "Além de Itabuna, a Socializa busca oferecer esse curso em todas as unidades que administra, com profissionais capacitados nas áreas de saúde e segurança do trabalho", observa o engenheiro de segurança Rafael Pinheiro.

De acordo com o gerente operacional da Socializa no CPI, Yuri Damasceno, todo o material necessário ao atendimento da NBR-ABNT 14276 está sendo adquirido pela unidade, uma vez que, implantadas as brigadas de incêndio de acordo com a norma, a instituição fica obrigada a dar cumprimento a todos as exigências nela contidas. "Por exemplo, agora, todo ano teremos uma simulação de incêndio e também faremos uma reciclagem do treinamento".

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.