BAHIAGAS - 25 ANOS

Tag: baiano

Inaugurada 14ª Policlínica Regional de Saúde em Senhor do Bonfim

Domingos Matos, 11/11/2019 | 16:41

A décima quarta Policlínica Regional de Saúde foi entregue à população pelo governador Rui Costa, nesta segunda-feira (11), em Senhor do Bonfim, no norte do estado. Com um investimento de R$ 23 milhões, a unidade dará assistência a 11 municípios da região que formam o Consórcio Interfederativo de Saúde: Andorinha, Antônio Gonçalves, Campo Formoso, Cansanção, Filadélfia, Itiúba, Jaguarari, Nordestina, Ponto Novo, Queimadas e Senhor do Bonfim.

“Esta é mais uma unidade de saúde na Bahia planejada e construída num modelo integrado. O Governo do Estado construiu a policlínica e o custeio com a manutenção será dividido entre o Estado e as cidades que fazem parte do consórcio, sendo que cada município pagará de forma proporcional a sua população”, explicou o governador.

A Policlínica de Senhor do Bonfim já começa a funcionar a partir desta terça-feira (12), oferecendo atendimento gratuito para cerca de 350 mil moradores da região. A unidade conta com uma equipe formada por 67 profissionais, incluindo médicos, enfermeiros, psicólogo, farmacêutico, nutricionista, ouvidor, assessores técnicos, assistente social, técnicos em enfermagem, técnicos em radiologia e assistentes administrativos. Ônibus equipados com ar condicionado e internet wi-fi realizarão o transporte dos pacientes que moram nos municípios vizinhos.

A unidade oferece consultas em especialidades como angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastrenterologia, neurologia, ortopedia, oftalmologia, otorrinolaringologia, ginecologia/obstetrícia, mastologia e urologia. Também serão realizados exames como ressonância magnética (com e sem contraste), tomografia (com e sem contraste), mamografia, ultrassonografia com doppler, ecocardiografia, ergometria, mapa, holter, eletroencefalograma, raio-X, eletrocardiograma, endoscopia, colonoscopia, nasolaringoscopia, colposcopia, histeroscopia, cistoscopia, entre outros, ligados às especialidades de oftalmologia.

Na ocasião, o governador recebeu o título de Cidadão Bonfinense, entregue pela Câmara Municipal e entregou nove ambulâncias e um aparelho de ultrassom para municípios da região, totalizando um investimento de R$ 960 mil.

Policlínicas Regionais
Treze Policlínicas Regionais de Saúde já estão em funcionamento na Bahia. As unidades oferecem atendimentos a cidadãos das regiões de Guanambi, Jequié, Irecê, Alagoinhas, Feira de Santana, Valença, Santo Antônio de Jesus, Teixeira de Freitas, Paulo Afonso, Juazeiro, Vitória da Conquista e Jacobina e Itabuna. Ao todo, mais de sete milhões de baianos, em 279 municípios, já são contemplados pelas unidades. Além das que já estão em funcionamento e da entrega em Senhor do Bonfim, outras cinco policlínicas estão em construção nos municípios de Salvador (duas unidades), Barreiras, São Francisco do Conde e Simões Filho.
 

Infraestrutura
Ainda em Senhor do Bonfim, o governador autorizou a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) a publicar o edital de licitação para a construção do Aerodrómo de Senhor do Bonfim, que contempla a construção da pista de pouso e decolagem, taxiway e pátio de estacionamento de aeronaves. Com investimento de mais de R$ 19 milhões, a obra terá uma configuração e infraestrutura básica, capaz de atender a operação de aeronaves típicas da aviação geral regional em atividade no país.

Rui também inaugurou obras de pavimentação na BA-131, na rotatória e no trecho que dá acesso à Policlínica. Também foram inaugurados quatro quilômetros de pavimentação com capa selante no trecho que dá acesso à BR-407, no povoado de Umburanas. Um investimento de R$ 2,3 milhões.
 

Outras ações

Rui Costa ainda autorizou um convênio no Âmbito do Projeto Pró-Semiárido com a Central das Associações da Agricultura Familiar do Território do Piemonte Norte do Itapicuru (CAAFTIPNI), para implantação do Empório da Agricultura Familiar, e outros dois convênios no Âmbito do Projeto Bahia Produtiva com a Associações dos Camponeses e Camponesas do Projeto de Assentamento Jiboia.

Na área de abastecimento, foi autorizada a implantação de um Sistema de Abastecimento de Água para abastecer o povoado de Picada. As obras irão receber um investimento de R$ 287 mil.

Também na oportunidade, o governador anunciou a implantação do sinal de telefonia celular da operadora Claro nas localidades de Tijuacu, Missão do Sahy e Quicé, através do Programa Fala Bahia.

Rogério Ferrari lança novo livro de fotografias - Parentes

Evento ocorrerá no Centro Cultural de Olivença, sábado, dia 9

Domingos Matos, 07/11/2019 | 10:33

O fotógrafo baiano Rogério Ferrari lança, nesse sábado (9), às 14 horas, no Centro Cultural de Olivença, seu trabalho mais recente, o livro Parentes, em que retrata a luta dos povos indígenas na Bahia. 

Ferrari é um premiado fotógrafo militante, que busca retratar em sua obra as lutas dos povos, especialmente as etnias que lutam para manter sua cultura e tradições - a luta pela sobrevivência, em última análise, se considerado o momento atual e mesmo o histórico de resistência de povos como os ciganos e, nesse caso, dos índios que habitam o território baiano.

O evento terá uma roda de conversa sobre "A Luta dos Povos Indígenas na Bahia", com participação do próprio Rogério Ferrari, Laís e Katu Tupinambá, com certificado fornecido pela Universidade Federal do Sul da Bahia.

Hospital Regional Costa do Cacau realiza procedimento inédito pelo SUS na região

Domingos Matos, 05/11/2019 | 11:09

Duas pacientes do sexo feminino, de 30 e 59 anos, com cálculos em canal biliar, foram submetidas nesta segunda-feira (4), no Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, a colangiopancreatografia retrógrada endoscópica ou CPRE. O procedimento de alta complexidade é inédito pelo Sistema Único de Saúde (SUS) na região, onde a unidade é referência para 70 municípios.

O secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, explica que a CPRE é um procedimento indicado para avaliação diagnóstica e tratamento das doenças que acometem os ductos de drenagem do fígado e do pâncreas. “As pacientes passam bem e em breve estarão com suas famílias, em casa, o que é uma mudança radical no acesso a saúde, pois este e outros procedimentos, a exemplo da hemodinâmica, neurocirurgia e cirurgia cardíaca, eram restritos a capital. Como a saúde é uma das principais bandeiras do governador Rui Costa, trabalhamos em ritmo acelerado para que os baianos tenham serviços de qualidade e resolutividade nos hospitais públicos de toda a Bahia”, afirma Vilas-Boas.

Procedimento

A CPRE é realizada com o emprego de um endoscópio específico que permite a introdução de um cateter pelo orifício de abertura desses canais no intestino. Através deste cateter injeta-se contraste nas vias biliares, permitindo a avaliação radiológica da anatomia local.

Durante o exame, as imagens radiológicas são interpretadas pelo médico endoscopista. Dependendo do diagnóstico e da situação clínica, poderão ser realizados procedimentos adicionais visando o tratamento, como a retirada de cálculos com balão extrator ou cesta, bem como dilatação de estreitamentos (estenoses) com balões ou sondas dilatadoras e drenagem biliar ou pancreática com emprego de próteses.

O Hospital Regional Costa do Cacau atualmente possui 184 leitos para internamento, sendo 30 leitos exclusivos para UTI.

Vacinação contra Febre Aftosa na Bahia começa nessa sexta-feira

Domingos Matos, 31/10/2019 | 08:22

A segunda etapa da Vacinação contra a Febre Aftosa começa na sexta (1º) e vai até o dia 30 de novembro em toda a Bahia. É a mais importante no cadastro de doenças que afetam bovinos e bubalinos. Nessa quarta, o diretor-geral da ADAB, Maurício Bacelar, participou de reunião, em Feira de Santana, com coordenadores e fiscais estaduais de defesa agropecuária para alinhar as estratégias para essa fase da campanha.

A Bahia é zona livre da Aftosa há 22 anos e, a cada etapa, tem alcançado uma maior cobertura de vacinação. A perspectiva da ADAB (Agência Estadual de Defesa Agropecuária), que coordena a Campanha, é atingir uma cobertura superior a 90% em todas as regiões, conforme preconiza a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

Animais de até 24 meses de idade devem ser vacinados e todo o rebanho da propriedade tem que ser declarado nos escritórios da ADAB ou através do site www.adab.ba.gov.br . Os graves impactos na economia do país a partir da sequência de surtos da Febre Aftosa, motivou o Brasil a criar a Defesa Agropecuária. Na Bahia, a ADAB surgiu em 1999 para garantir alimentos seguros e salvaguardar a sanidade dos rebanhos. Desde então, tem alcançado bons resultados para manter o território baiano livre da doença com vacinação, status reconhecido pela OIE.

A perspectiva dos especialistas é que a manutenção do status atual fará a Bahia evoluir, em breve, para condição de Território Livre da Aftosa sem Vacinação, como já acontece com os estados de Santa Catarina e Paraná.

Um único foco de Febre Aftosa é considerado emergência sanitária pois pode fazer retroagir o trabalho de  desenvolvimento da cadeia produtiva, causando incalculáveis perdas para o setor agropecuário, com bloqueio das relações comerciais interestaduais e internacionais, gerando endividamento, desemprego e até desabastecimento. “É fundamental alertar os produtores para manter e elevar o índice de cobertura vacinal do animal e da propriedade, por isso, todo esforço do Governo da Bahia para manter nosso Estado atento na preservação de status livre de Febre Aftosa”, lembrou Maurício Bacelar.

Chapa Itabuna Mais Forte propõe fortalecer o Itabuna Esporte Clube para o Baianão 2021

Domingos Matos, 25/10/2019 | 11:09
Editado em 25/10/2019 | 11:10

Discutir a viabilidade do Itabuna Esporte Clube como time de futebol profissional, preparar uma equipe competitiva para disputar o Campeonato Baiano de 2021, buscar parceria com uma incorporadora para negociar parte da área da sede social, construir um moderno Centro de Treinamento, realizar um diagnóstico da atual situação patrimonial e financeira do clube, promover um recadastramento geral dos sócios e lançar uma campanha publicitária para motivar os torcedores e atrair novos os associados. Estas são algumas das propostas dos integrantes da chapa “Itabuna Mais Forte”, a única que concorre às eleições dos novos presidente e vice-presidente da Diretoria Executiva, e dos membros do Conselho Deliberativo e do Conselho Fiscal do clube. A votação será no próximo domingo, dia 27, na sede social do IEC, no bairro Conceição.

“Vamos resgatar, com planejamento, transparência e responsabilidade, a importância do Itabuna no cenário esportivo baiano, tanto na sede social, quanto no futebol profissional”, garantiu o professor de Educação Física Rodrigo Dantas Xavier-“Digão”, que lidera a chapa na condição de candidato a presidente da Diretoria Executiva. “A intenção dos integrantes da chapa é buscar parceiros para criar uma grande divisão de base, formar novos atletas. O nosso plano é quitar os passivos fiscais e trabalhistas do clube, e construir um moderno CT numa área afastada do centro da cidade”, acrescentou. O ex-presidente Sandoval Benevides concorre ao cargo de vice-presidente.

A chapa, integrada por quarenta e oito membros entre efetivos e suplentes, foi registrada na manhã desta quinta-feira, dia 24. O grupo é formado por ex-dirigentes e ex-atletas, desportistas, empresários, servidores públicos, advogados, professores e jornalistas. “Queremos um Itabuna cada vez mais forte. Com muito diálogo, nos unidos e conseguimos formar uma chapa de consenso e única. A proposta é o IEC negociar parte da área da sede social em troca da revitalização e modernização de outra parte que continuaria pertencendo ao clube. Tenho plena convicção que com profissionalismo, juntos traremos volta a associado à nossa sede, mobilizaremos os torcedores e conseguiremos atrair grandes parceiros e investimentos para o nosso IEC, sempre com a presença do Ministério Público, da Imprensa e de representantes da sociedade”, afirmou.

A chapa

Integram a chapa, na condição de membros do Conselho Deliberativo, Ruy Correia Soares, Evans Maxwel de Araújo, José Matos Conceição, Olívio Martins da Hora, Alberto Elmo Martins, Ederivaldo Benedito Santos, José Paulino Gomes Neto, Carlos Maron Neto, Luis Santana Nascimento, Rommel Serra Vasconcelos, Allah Muniz Góes, Adriano Nunes Seixas, Aurelito Lorenz, Álvaro Almeida de Castro, José Evaristo Cardoso Neto, José Carlos Alves da Silva, Emílio de Moraes Guirra, Erisvaldo Araújo Santos, Ricardo Sampaio Souza, Valter Ramos da Silva, Thiago Nascimento Barbosa, Daniel Rogério Oliveira de Souza, Antônio Eduardo Simões, Gilberto Santana Filho, Gilberto Santana Filho, Waldson Luis Kruschewisky, Luciano José Stelitano, Ademilton Oliveira Ninck, Lucidalva Barbosa Souza, Maria José dos Reis Gonçalves e João Luiz Cordeiro Passos.

Os suplentes do Conselho Deliberativo são: Silvina Jeane Pedra, Carleone Rodrigues de Souza, Carlos Fernandes da Silva Pereira, Gabriel Silva Cavalcante, Samylla Santos Gomes Xavier, George Thadeu Campos, Sebastião Nunes Barros, Crélia Lima dos Santos, Durval Ribeiro Filho e Alex Santos Figueredo. Já o Conselho Fiscal é integrado por Ivanilson de Souza Pontes, Edval Jorge Duarte Caldas e Lucas Cordeiro Passos. Lilian Bastos Ferraz, Carlinéia Lima Santos e Walter Barbosa Júnior são suplentes dos Conselho Fiscal.

Subsecretário Carlos Sodré foi reconduzido em Conselho Nacional de Política Criminal e Prisional

Domingos Matos, 22/10/2019 | 23:33

A Bahia manteve seus postos no Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária. Devido ao trabalho realizado nos últimos dois anos, o conselheiro baiano Carlos Sodré, subsecretário da Secretaria Estadual de Administração Penitenciária, junto com todo o CNPCP, foi reconduzido, por aclamação, junto com seus pares, no último final de semana.

As políticas definidas no CNPCP regem o funcionamento do sistema prisional brasileiro. Diversos avanços foram verificados na agestão que se encerra, a exemplo dos investimentos, por meio do Fundo Penitenciário, em equipamentos de segurança para os agentes penitenciários, bem como aquisição de viaturas e armamentos para garantir a integridade de quem lida com a população carcerária.

Por outro lado, houve forte investimento em educação, especialmente em quipamentos como mesas e carteiras, que servem como forma de estimular a reintegração social dos apenados por meio da educação, em suas diversas nuances.

O novo mandato dos conelheiros terá duração de dois anos. Com inforções da Tribuna da Bahia.

Nova lista suja do trabalho escravo tem 14 empregadores baianos

Domingos Matos, 09/10/2019 | 15:06
Editado em 09/10/2019 | 13:52

Quatorze empregadores da Bahia, entre pessoas físicas e jurídicas, integram a nova lista suja do trabalho escravo, divulgada no último dia 3 pelo Governo Federal.

Nela, estão os empregadores autuados por submeter trabalhadores a condições análogas à de escravo. Todos os empregadores da lista foram flagrados submetendo empregados a situações degradantes e tiveram o processo administrativo de autuação pela Secretaria de Inspeção do Trabalho do Ministério da Economia concluído antes da divulgação.

A lista contém 190 nomes de pessoas físicas e empresas que passaram por todas as etapas do processo de notificação autuação e aplicação de multa. Além das sanções administrativas, elas respondem a processos na Justiça do Trabalho movidos pelo Ministério Público do Trabalho e a ações criminais, de responsabilidade do Ministério Público Federal. O número elevado de empregadores baianos na lista (7,4% do total do país) se deve às constantes operações de combate ao trabalho escravo promovidas no estado através da reunião de diversas instituições na Comissão Estadual para Erradicação do Trabalho Escravo da Bahia (Coetrae-BA)

Um dos empregadores baianos que apareceram pela primeira vez na relação foi a Vaquejada de Serrinha, a mais tradicional do estado e uma das mais conhecidas no Brasil. Uma inspeção feita em 2016 pelo Ministério Público do Trabalho e por auditores-fiscais do trabalho encontrou 17 trabalhadores em situação de análoga à escravidão, dormindo em redes dentro de um curral, ao lado de fezes de animal. O ambiente era degradante e não tinha geladeira, mesa nem cadeira.

A Bahia está entre os cinco estados com maior número de trabalhadores resgatados, de acordo com o Observatório Digital do Trabalho Escravo, e é considerada referência internacional no combate ao trabalho escravo. As ações fiscais na Bahia seguem um cronograma e um planejamento anual, mas ainda enfrentam dificuldades. Além da reforma trabalhista, o que também sufoca a atuação dos órgãos de fiscalização do trabalho é o corte de recursos orçamentários, a extinção do Ministério do Trabalho, a ampliação do porte e da posse de arma na zona rural, além do discurso que tenta deslegitimar as ações fiscais dos auditores do trabalho.

Quem são os 14 empregadores baianos na lista suja do trabalho escravo

Alan Cassio Ramos Santos
Residencial Ecológico Juerana, Avenida João da Sunga, s/n, Porto Seguro/BA
1 trabalhador resgatado

Amarílio Souza Santos
Fazenda Cachoeira do Espinho e Fazenda Samanta, rod. BA-506, zona rural SN, Vila da Jangada, Cardeal da Silva/BA
4 trabalhadores resgatados

Associação Comunitária Cultural e Recreativa do Distrito Stela Dubois
Obra de construção de casas populares/Assentamento Vila PA, região do Beira Rio, Zona Rural, Santa Rita de Cássia/BA
6 trabalhadores resgatados

Haroldo Gusmão Cunha
Fazenda Rancho Fundo, Região do Capinal, zona rural, Vitória da Conquista/BA
5 trabalhadores resgatados

João das Graças Dias
Fazenda Lagoa do Severiano, zona rural, Presidente Jânio Quadros/BA
1 trabalhador resgatado

Márcia Nascimento Dias
Fazenda Eldorado, Distrito de Vila Brasil, Una/BA
3 trabalhadores resgatados

Marcos José Souza Lima
Rodeio 100 limites, São José do Jacuípe/BA
9 trabalhadores resgatados

Maria Elena Martins
Fazenda Marília, Povoado Matinha, Distrito de Inhobim, zona rural, Vitória da Conquista/BA
1 trabalhador resgatado

Parque de Vaquejada Maria do Carmo Ltda./EPP
Av. Valdete Carneiro s/n, Bairro Vaquejada, Serrinha/BA
17 trabalhadores resgatados

Passos 3 Construções e Serviços LTDA/EPP
Obras no Porto de Ilhéus e Alojamento de trabalhadores situado na Rua Rotary, Cidade Nova, Ilhéus/BA
5 trabalhadores resgatados

Projecamp Engenharia Ltda./ME
Obra na Praça Desembargador Montenegro, nº 07, Centro, Camaçari/BA
5 trabalhadores resgatados

Sandiney Ferreira de Souza
Fazenda Prazeres, Distrito de Monte Alegre, zona rural, Riachão das Neves/BA
6 trabalhadores resgatados

São Miguel Construções Ltda.
Obra do Centro Esportivo Unificado, Bairro Nossa Senhora da Vitória, Ilhéus/BA
9 trabalhadores resgatados

Soebe Construção e Pavimentação S. A.
Alojamento Estrada de Rainha e Alojamento Rua da Lama, Salvador/BA
10 trabalhadores resgatados

Acesse aqui a lista completa

Triatletas se enfrentam pela terceira etapa do baiano em Ilhéus

Domingos Matos, 09/10/2019 | 12:16
Editado em 22/10/2019 | 15:35

Alguns dos mais rápidos triatletas se enfrentaram no último domingo (6), em Ilhéus, durante as provas do Campeonato Baiano de Triathlon, que valeram pela terceira etapa das modalidades Triathlon Sprint e Aquathlon Sprint, e contaram pontos para o ranking do estado. O evento, chancelado pela Federação Baiana de Triathlon (Febatri), reuniu centenas de participantes de alto nível e boa média de público.

Quem foi até a Praia do Cristo, no centro, acompanhou toda movimentação nos mais de 750 metros de natação, 20 quilômetros de ciclismo e 5 quilômetros de corrida. Provas importantes para quem estava em busca de pontos para se consagrar o campeão do ranking 2019. De acordo com a Associação dos Triatletas do Sul da Bahia (AstriSul), faltará apenas mais uma etapa de cada modalidade.

Ilhéus é conhecida por ter sediado etapas de campeonatos mundiais de triathlon no passado. A cidade foi a primeira sede da Febatri e da Confederação Brasileira de Triathlon (Cbtri). “O esporte traz riquezas para a população, seja em qualquer modalidade. Quando inserimos uma pessoa no esporte ela tende a seguir uma carreira social esportiva e se torna livre da delinquência e das drogas”, frisou o prefeito Mário Alexandre.

Na avaliação do delegado tecnico, Alberto Kruschewsky, o evento esportivo significou uma semente plantada que deve gerar frutos. “Muito esforço para realizar esta etapa. Uma semente para o retorno dos bons tempos deste esporte na cidade. Festa com belíssimas imagens e exemplo de organização, graças ao apoio da Prefeitura, patrocinadores e apoiadores”, reconheceu.

Foi entregue à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) do governo baiano, proposta que visa realizar evento (triathlon) com provas no sábado e uma Meia Maratona (domingo), como parte da programação de inauguração da primeira ponte estaiada da Bahia. “Vislumbramos a nova ponte com circuito especial, ligando centro histórico ao sul da cidade”, explicaram os organizadores.  

A grande final com as categorias geral masculina e feminina acontecerá ainda neste mês, em Salvador. O título definirá classificação para o Campeonato Brasileiro, que acontece em novembro, no Rio de Janeiro. Para 2020, além de Ilhéus, os organizadores avaliam levar outras etapas do Campeonato Baiano para as cidades de Valença e Porto Seguro. O triathlon é a modalidade que combina três esportes: natação, ciclismo e corrida.

 

Polícia investiga divulgação de fotomontagens com advogada Thatiana Poncino

Ministério Público também investiga o caso

Domingos Matos, 08/10/2019 | 15:51
Editado em 08/10/2019 | 16:28

A Polícia Civil instaurou um inquérito para tentar identificar os responsáveis por espalhar em páginas da internet e nas redes sociais fotomontagens com conteúdo de nudez atribuídas a uma advogada de Itabuna. O Ministério Público (MP) também investiga o caso.

Thatiana Poncino do Nascimento registrou um boletim de ocorrência na quarta-feira (2), embora afirme ser a segunda vez que sofra ataque cibernético. Ela conta já ter sido alvo do mesmo tipo de ação entre 2015 e 2016, época em que não procurou as autoridades por não acreditar que os possíveis criminosos pudessem ser descobertos e punidos.

"Na primeira vez, não tinha esperança de encontrar o responsável. Não tinha a investigação que se tem hoje. Eu também teria que reviver a situação. Mesmo não sendo eu, me senti como sendo aquela pessoa. Era vergonhoso pra mim", desabafou em entrevista ao programa "Encontro com Fátima Bernardes", na manhã de segunda-feira (6).

A advogada divulgou um texto no qual descreve como "constrangedora" a situação por que vem passando. "Situação que entristece, que machuca e que me faz refletir diariamente sobre a maldade humana! Mais uma vez estão circulando na internet fotos de mulheres anônimas nuas juntamente com fotos das minhas redes sociais", escreveu.

Ela explica que as imagens são as mesmas disseminadas anteriormente, e foram adulteradas a partir de fotos retiradas de seu perfil no aplicativo. "O responsável pela montagem cortou a cabeça de mulheres despidas e as enviou juntamente com fotos minhas aqui do Instagram, no intuito de induzir aqueles que as recebem a acreditar que sou eu nas imagens de nudez. Não, não sou eu nessas fotos! Nunca fotografei sem roupa, não pretendo e não vejo problema nenhum em quem gosta desses registros, só não é o meu caso. Eu convido você leitor, por um minuto, a se colocar em meu lugar, a se imaginar sendo vítima dessa conduta criminosa", afirma ela no texto.

A assessoria da Polícia Civil informou que a Deam (Delegacia Especial de Atendimento à Mulher) de Teixeira de Freitas instaurou um inquérito para apurar a denúncia de difamação por meios eletrônicos via redes sociais. "Após o registro, realizado na quarta-feira (2), a delegada Kátia Cielber Garcia já ouviu a vítima e recolheu arquivos digitais para serem analisados e complementarem as investigações, que tem o apoio do Grupo Especializado de Repressão aos Crimes por Meios Eletrônicos (GME)", diz no comunicado.

O MP baiano, por sua vez, afirma que os fatos comunicados e documentos apresentados pela advogada Thatiana Poncino estão sendo analisados pelo Nucciber r (Núcleo de Crimes Cibernéticos) do órgão. As investigações, contudo, correm sob sigilo. "Segundo o promotor de Justiça Moacir Silva do Nascimento Júnior, coordenador do Núcleo de Crimes Cibernéticos (Nucciber) do Ministério Público do Estado da Bahia, estão sendo analisados os fatos comunicados e os documentos apresentados à Promotoria de Teixeira de Freitas pela advogada Thatiana Poncino no último dia 26 de setembro. Ele explicou que, nesse tipo de crime, as investigações correm em sigilo para não prejudicar o resultado das diligências e não causar outros danos às vítimas", afirma.

A Comissão da Mulher da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em Itabuna - onde Thatiana atua na área criminal - emitiu nota em que diz repudiar a veiculação de conteúdo criminoso.

Leia AQUI a nota da OAB na íntegra.

Com informações do Universa.

Equipe grapiúna de Taekwondo faz bonito em Campeonato Baiano

Domingos Matos, 07/10/2019 | 22:00
Editado em 09/10/2019 | 15:42

Uma equipe formada por 31 atletas de Itabuna, Ilhéus e Uruçuca, integrantes de projetos sociais, disputou o Campeonato Baiano de Taekwondo, realizado no Clube da Adelba, em Salvador, nos dias 28 e 29 de setembro. Essa é a principal competição do esporte no estado, e a participação do grupo foi possível a partir de ação coletiva de arrecadação de fundos para custeio das despesas.

O resultado não poderia ser melhor: todos voltaram para casa com medalha, sendo que mais da metade como campeões em suas categorias – que vão do infantil ao adulto. Dos 31 lutadores, 19 são treinados pelo professor Alan Santos Santana, faixa preta, responsável pelos alunos de Itabuna e Uruçuca. Desse grupo, 17 foram campeões e dois terminaram como vice-campeões.

Alan Santos é funcionário da empresa Socializa, no Conjunto Penal de Itabuna. Ele explica que ministra as aulas na Base Comunitária de Segurança, em Itabuna, e no espaço do CRAS/CREAS, em Uruçuca.

O Taekwondo é uma arte marcial de origem coreana, que se tornou esporte olímpico, e é difundida em todos os continentes. Preza pelo respeito à disciplina, ao oponente e à natureza. No âmbito do projeto social, são cobrados ainda um bom desempenho na escola regular e a observância dos princípios da arte marcial que praticam.

 

IF Baiano lança edital para cursos técnicos com 270 vagas para Uruçuca

Domingos Matos, 25/09/2019 | 09:16

Vão até o dia 3 de novembro de 2019, as inscrições do processo de ingresso de estudantes em cursos técnicos de nível médio do Instituto Federal Baiano (IF Baiano), instituição presente em 15 cidades no estado. No Campus Uruçuca, estão disponíveis cursos, da forma integrada, em Guia de Turismo (40 vagas) e Informática (70 vagas) e, da forma subsequente, em Agrimensura (40 vagas), Agropecuária (80 vagas) e Alimentos (40 vagas).

Os cursos técnicos na forma Integrada ao Ensino Médio são destinados a candidatos que concluíram, ou estão concluindo, o Ensino Fundamental ou equivalente. Neste caso, o estudante faz o ensino médio junto com o profissionalizante dentro do IF Baiano. Já os cursos técnicos na forma Subsequente são para quem já concluiu, ou está perto de concluir, o Ensino Médio.

 

Como fazer a inscrição

Para se inscrever, os interessados devem acessar ingresso.ifbaiano.edu.br e preencher o cadastro on-line. Antes, é recomendado que o candidato leia o Edital 108/2019 (para cursos da forma Integrada) e Edital 109/2019 (para cursos da forma Subsequente), onde estão disponíveis todas as informações do Processo de Ingresso.

Ao preencher o cadastro, o candidato poderá optar por até duas opções de curso, indicando a ordem de preferência, e escolher campus, semestre de oferta e turno para cada uma das opções.

A taxa de inscrição é no valor de valor de R$ 30,00 (trinta reais) e deverá ser paga através de boleto gerado pelo sistema. Candidatos com cadastro no CadÚnico poderão solicitar dispensa do pagamento da taxa, no período entre 23 de setembro a 4 de outubro de 2019, indicando, no momento da inscrição, a opção pela isenção e informando o Número de Identificação Social (NIS).

 

Como funciona o sistema de reserva de vagas

Para os cursos da forma Integrada, 70% das vagas são reservadas a estudantes oriundos de escolas públicas, 25% para ampla concorrência e 5% para pessoa com deficiência. Para os cursos da forma Subsequente, reserva de vagas é 50% para estudantes oriundos de escola pública, 45% ampla concorrência e 5% para pessoa com deficiência.

 

Exame de conhecimentos

Este ano, o processo de ingresso terá como método de classificação o Exame de Conhecimentos. As provas serão aplicadas no dia 1º de dezembro de 2019, no turno vespertino, nas cidades Alagoinhas, Bom Jesus da Lapa, Catu, Governador Mangabeira, Guanambi, Itaberaba, Itapetinga, Santa Inês, Senhor do Bonfim, Serrinha, Teixeira de Freitas, Uruçuca, Valença e Xique-Xique

No momento da inscrição, o candidato poderá indicar em qual cidade gostaria de realizar o exame. Mas, a distribuição dos locais de prova será divulgada após o período de inscrições, sendo responsabilidade do candidato acompanhar a página do processo seletivo (ingresso.ifbaiano.edu.br) para verificar a informação.

Os exames serão compostos por 40 questões objetivas das áreas de Língua Portuguesa, Matemática, Ciências humanas e suas tecnologias e Ciências da natureza e suas tecnologias. O conteúdo programático, bem como outras informações sobre a prova, estão disponíveis nos editais.

 

Impactos do contingenciamento de verbas em instituições federais serão apresentados no Congresso Nacional

Domingos Matos, 25/09/2019 | 08:12
Editado em 25/09/2019 | 12:36

Durante a audiência pública sobre o contingenciamento de recursos federais às instituições de ensino, ontem (24), na Câmara Municipal de Vereadores de Itabuna, o presidente da Amurc e prefeito de Firmino Alves, Aurelino Cunha declarou que estará levando a temática ao Congresso Nacional, nos dias 1 e 2 de outubro. “A ideia é apresentar as reivindicações debatidas entre representantes de instituições de ensino federal e a sociedade civil sobre a necessidade de liberação de recursos para a manter o funcionamento das unidades”, destacou o gestor.

Durante o debate, a reitora da Universidade Federal do Sul da Bahia - UFSB, Joana Angélica Guimarães ressaltou a importância da instituição para a sociedade e destacou que o seu papel não é apenas formar jovens para o mercado de trabalho, mas de promover o desenvolvimento científico e tecnológico. “Nós estamos para servir a região. Estamos para somar em defesa do patrimônio para que possamos ter o desenvolvimento da nossa região. Nós estaremos lutando para manter a nossa instituição”.

Sobre os impactos, a reitora lembrou que está no projeto de ampliação da UFSB, a criação de outros colégios universitários no Sul da Bahia, que poderão ser comprometidos com o corte de verbas. Nos casos de Porto Seguro e Teixeira de Freitas, onde possuem campus da universidade, a situação é mais grave, tendo em vista que apenas cerca de 30% da obra de ampliação está pronta. “Isso implica no atraso. E, se não conseguirmos recursos para manter essa obra, a gente ficaria com cerca de 70% da obra comprometida”, afirmou a reitora.

O diretor geral do Instituto Federal da Bahia (Ifba / Campus de Ilhéus), Thiago Nascimento destacou a importância de participação da sociedade no debate tendo em vista o impacto regional. Ele ainda explicou que a instituição oferece ensino básico e superior, além de pesquisa e extensão, e vem sofrendo com cortes de verbas desde 2016. Durante a sua fala, o diretor da instituição destacou que está com recursos escassos. “A esperança é de que seja liberado um recurso para a educação ainda esse ano”, revelou Thiago.

Já o Diretor do Instituto Federal Baiano – Ifbaiano / Campus de Uruçuca, Daniel Carlos Pereira falou que a instituição chegou a partir de 2010, ofertando além de ensino médio, cursos superiores que agregou a antiga Escola Média Agropecuária Regional – Emarc. A unidade atende estudantes dos 29 municípios do território litoral Sul, e mantém 240 estudantes diuturnamente na escola. “O impacto chegou a 50% do custeio. Não estão sendo realizadas as visitas técnicas. Esperamos que os recursos sejam descontigenciados para continuar mantendo os alunos no instituto”.

Para o presidente da Câmara, Ricardo Xavier, o momento representou uma grande mobilização, através da Amurc e da Câmara Municipal de Itabuna e o apoio das instituições de ensino, no sentido de assegurar os investimentos para a educação. Ele destacou ainda que o debate contribuiu para que as instituições se fortaleçam e, juntamente com a sociedade civil e acadêmica possam mobilizar ações de apoio a permanência do ensino público federal na região.

A reunião contou com a participação dos vereadores de Itabuna, Jairo Araújo, Aldenes Meira e Enderson Guinho. Ainda estiveram presentes, servidores da UFSB e representantes da sociedade civil organizada.

 

Nota Premiada Bahia apoia filantrópicas de 118 municípios

Domingos Matos, 24/09/2019 | 17:56

Entidades filantrópicas participantes do programa Sua Nota é um Show de Solidariedade, localizadas em 118 municípios baianos, vêm recebendo apoio da campanha de cidadania fiscal Nota Premiada Bahia (NPB), do Governo do Estado. As instituições são das áreas social e de saúde. A Nota Premiada conta com 528 entidades ativas da capital e do interior, que desde o lançamento da campanha, no início de 2018, já receberam ao todo R$ 16,9 milhões, como resultado do compartilhamento de notas fiscais eletrônicas pelos cerca de 498 mil consumidores inscritos.

Além de ajudar as filantrópicas, o participante cadastrado no site www.notapremiadabahia.ba.gov.br concorre a dez prêmios mensais de R$ 100 mil e a prêmios especiais de R$ 1 milhão. É no ato do cadastramento que o cidadão indica até duas instituições, uma da área de saúde e outra da social, com as quais passa a compartilhar cada Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) que tenha sido associada ao CPF inscrito.

Com a criação da Nota Premiada Bahia, que apoia as instituições cadastradas no programa Sua Nota é um Show de Solidariedade, ficou bem mais fácil o compartilhamento das notas fiscais. A informatização do processo, que passa a considerar como válidas as notas fiscais eletrônicas emitidas com CPF, vem permitindo ao cidadão escolher entidades de qualquer um dos 118 municípios. As instituições, entretanto, precisam estar em dia com suas certidões junto ao FGTS e ao INSS, como determina a legislação, para fazerem jus à premiação.

Na modalidade atual, não é necessário mais reunir cupons de papel depositados em urnas físicas. O compartilhamento online, de acordo com a Scretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), democratizou o processo. Cada instituição passou a ter a sua própria urna digital. Isso é especialmente benéfico para as pequenas instituições, que podem ser apoiadas por pessoas de todo o Estado.

Para consultar a relação de instituições participantes, é preciso acessar o site da Nota Premiada Bahia e ir até a opção “Quem participa” => “Instituições”. A busca pode ser filtrada por etapa do programa Sua Nota é Um Show de Solidariedade (a etapa atual é a quinta), por área (se social ou de saúde), por município ou pelo nome da instituição. Outra forma de consultar as instituições cadastradas é acessar o site da Sefaz-BA, na opção “Educação Fiscal” e clicar no banner “Sua Nota é um Show de Solidariedade”.

Prêmios
Para concorrer aos prêmios destinados aos consumidores participantes, é preciso estar inscrito no site e incluir o CPF cadastrado a cada compra realizada em estabelecimentos que emitem a Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e). As premiações baseiam-se nos resultados da Loteria Federal. Todas as compras com CPF na nota eletrônica, desde que o comprador esteja cadastrado no sistema, são convertidas em bilhetes eletrônicos de dez números cada. Como forma de equilibrar as chances dos participantes, o sistema foi programado para estabelecer uma relação decrescente entre volume de compras e total de bilhetes emitidos.
São, no total, oito faixas. Se as compras associadas ao seu CPF somarem até R$ 100 no mês, o participante terá direito a dez bilhetes eletrônicos. Se a soma for de até R$ 200, serão 15 bilhetes. Serão 20 bilhetes quando a soma dos valores das notas for de até R$ 400, 25 bilhetes se as compras somarem R$ 800, 30 bilhetes se a soma for de até R$ 1,2 mil, 35 se chegar a R$ 1,6 mil e 40 se alcançar R$ 2 mil, chegando-se ao máximo de 45 para todas as situações em que a soma ficar acima deste último patamar.

 

250 mil maços de cigarros contrabandeados, avaliados em mais de R$1 milhão, são apreendidos na Bahia

Domingos Matos, 24/09/2019 | 15:32

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu um caminhão do tipo graneleiro carregado com centenas de caixas de cigarros de origem clandestina na manhã desta terça-feira (24), no Km 277 da BR 116, trecho do município baiano de Tucano.

Durante ações de fiscalização e combate ao crime, os policiais abordaram o conjunto carreta (cavalo trator + semi-reboque) que transitava pela BR 116, conduzido por um homem de xxx anos.

No momento da abordagem, o motorista apresentou certo nervosismo e contradições na entrevista, o que levou a equipe a aprofundar a vistoria na carreta. Ele informou que transportava móveis, porém apresentou notas fiscais diversas.

Ao vistoriar o compartimento de carga, os PRFs encontraram cerca de 250 mil maços de cigarros paraguaios. A mercadoria, avaliada em mais de um milhão de reais, era transportada de forma oculta, encoberta por uma carga de móveis.

O condutor foi preso em flagrante e encaminhado à Polícia Judiciária local para formalização dos procedimentos cabíveis. O crime de contrabando prevê pena de dois a cinco anos de prisão.

Recentemente, foi sancionada a Lei 13.804, de 10/01/2019, segundo a qual o condutor que se utilize de veículo para a prática do crime de receptação, descaminho, contrabando, condenado por um desses crimes em decisão judicial transitada em julgado, terá cassado seu documento de habilitação ou será proibido de obter a habilitação para dirigir veículo automotor pelo prazo de cinco anos.

Os números positivos das apreensões realizadas pela PRF na Bahia são um reflexo da estratégia da instituição em investir em tecnologia, integração com as forças policiais e capacitação profissional no combate ao contrabando e descaminho.

 

Operação embarga 260 hectares de áreas desmatadas e aplica R$ 371 mil em multas na Bahia

Domingos Matos, 24/09/2019 | 08:33

Mais de 260 hectares de áreas desmatadas foram embargadas na Bahia durante a primeira semana da “Operação Mata Atlântica em Pé”, que aconteceu em 16 estados brasileiros até a última sexta-feira (20). A operação fiscalizou 27 alvos baianos e aplicou R$ 371 mil em multas. Além disso, emitiu 16 autos de infração em razão de supressão irregular de vegetação nativa, apreendeu 80,84 metros de carvão vegetal e 48,56 metros estéreos de lenha e destruiu 13 fornos que eram utilizados para produzir carvão vegetal de origem ilegal. Os embargos foram efetuados para garantir a recuperação das áreas ou a regularização delas junto ao órgão competente.

Capitaneada pelo Ministério Público, a 'Mata Atlântica em Pé' percorreu os estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. O objetivo dos MPs foi combater o desmatamento e garantir a proteção de regiões que integram o bioma da Mata Atlântica.

As fiscalizações aconteceram com o apoio da Polícia Militar, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e órgãos estaduais ligados à questão ambiental, sendo na Bahia o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). De acordo com dados do Instituto SOS Mata Atlântica e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), a mata atlântica ocupa apenas 12% da sua cobertura original e se situa numa área onde vivem mais de 70% da população brasileira. Os dados, de acordo com o promotor de Justiça Fábio Côrrea, que coordena o Núcleo Mata Atlântica (Numa), do MP da Bahia, explicam o motivo do esforço conjunto do MP nacional para coibir o desmatamento nos polígonos identificados como mais ameaçados, nos quais estão sendo realizadas as fiscalizações. Ainda segundo ele, a operação se estende no estado baiano esta semana.

 

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.