Tag: beneficia

Operação Verão reforça segurança com 25 mil policiais e bombeiros

Domingos Matos, 04/12/2019 | 15:17

Turistas e baianos terão o reforço de 25 mil policiais e bombeiros no trabalho ostensivo e preventivo em todo a Bahia durante a Operação Verão 2019/2020, lançada pelo Governo do Estado nesta quarta-feira (4), no Jardim dos Namorados, em Salvador. No esquema especial, que segue até 29 de fevereiro, serão investidos mais de R$ 2,7 milhões em plantões extras. A Polícia Militar (PMBA) empregará 23 mil servidores a mais, o Corpo de Bombeiros terá 3.175 profissionais, enquanto a Polícia Civil disponibilizará 327 servidores.

Durante o lançamento da operação, realizada pela Secretaria da Segurança Pública (SSP), foram apresentadas as estratégias da iniciativa, que englobam ações preventivas nas áreas litorâneas, nos pontos turísticos e em eventos da capital, além de ações em outros 50 municípios e localidades. “Essa é a 10ª edição dessa operação, que tem uma importância muito grande porque, além de transmitir a sensação de segurança, ela reduz de forma significativa os índices de criminalidade”, afirmou o subsecretário da SSP, Ary Pereira.

Os serviços de segurança serão reforçados com o apoio de viaturas de duas e quatro rodas, aeronaves, lanchas, motos aquáticas, unidades de atendimento pré-hospitalar, autobombas tanques, assim como animais da polícia montada e cães especializados em busca de pessoas e de materiais ilícitos.

Para o comandante geral da PMBA, coronel Anselmo Brandão, a operação será marcada pelo uso de tecnologia. “Utilizaremos novas viaturas e equipamentos como drones, câmeras de reconhecimento facial e embarcações. Cada região do estado contará com o policiamento, principalmente nos pontos turísticos, para garantir a tranquilidade de todos”, explicou.

Também serão empregados guarda-vidas, mergulhadores e equipes de busca e salvamento. O público do exterior contará com policiais bilíngues em pontos turísticos e áreas de trânsito, como Pelourinho e Aeroporto. As unidades de registro de ocorrências especializadas, a exemplo da Delegacia de Atendimento ao Turista (Deltur), e territoriais terão efetivo fortalecido.

Entre as cidades e localidades litorâneas beneficiadas com o apoio policial estão: Salvador, Lauro de Freitas, Porto Seguro, Arraial D'Ajuda, Trancoso, Santa Cruz Cabrália, Santo Amaro, Morro de São Paulo, Vera Cruz, Itaparica, Itabuna, Ilhéus, Vitória da Conquista, Juazeiro, Paulo Afonso, Barreiras, Bom Jesus da Lapa e Senhor do Bonfim.

 

Centro Público de Economia Solidária inaugura  Empório Litoral Sul em Itabuna

Domingos Matos, 03/12/2019 | 18:21

Será inaugurado em Itabuna, no próximo dia 5 de dezembro, às 17 horas, o Empório Litoral Sul do Centros Públicos de Economia Solidária-Cesol. Localizada na praça Laurindo Conceição, ao lado da Catedral de São José, a loja reúne cerca de 130 associações e cooperativas de 26 municípios.

No local, onde também funcionará a sede do Cesol, serão comercializados produtos como chocolates de origem como  Chocolates Embauba, Buri e marcas da Chocosul como Benevides, Coroa Azul, etc, cerveja e geléia de cacau, farinha, frutas cristalizadas, mel, própolis, camarões e mariscos,  além de artesanato, roupas, trajes de banho e vassouras feitas com garrafas pet recicladas.

O Empório Litoral Sul, que funcionará de segunda a sábado das 8;30 às 18:00 horas e aos sábados, das 9:00 às 13 horas, permitirá a comercialização de produtos da agricultura familiar, com toda a sua diversidade e foco na produção orgânica, num um ambiente moderno e climatizado,  que oferece conforto e comodidade para atender os clientes de Itabuna e região.

De acordo com Thiago Fernandes (foto), coordenador regional do Cesol Litoral Sul, “o Governo da Bahia está investindo na economia solidária e esse espaço  será um grande vetor de escoamento da produção,  valorizando tanto o produtor quanto o consumidor que acredita num  comércio justo e na sustentabilidade”.

 

 O CESOL

Os Centros Públicos de Economia Solidária (Cesol’s), ligados à Secretaria do Trabalho, Emprego e Renda (Setre) do Governo da Bahia,  são espaços multifuncionais públicos, de caráter comunitário, que se destinam a articular oportunidades de geração, fortalecimento e promoção do trabalho coletivo baseado na economia solidária. Consistem em estruturas criadas e mantidas por meio de parceria entre o poder público e a sociedade civil organizada.

Os Cesol’s são uma ação prevista no Programa Bahia Solidária, com apoio financeiro do Fundo de Combate à Pobreza – Funcep, atendendo uma das principais demandas dos atores sociais do movimento de economia solidária. O Cesol Litoral Sul, foi criado em 2013 e retoma as atividades com o apoio do governador Rui Costa, beneficiando cerca de 2 mil famílias de 26 municípios.

Secti e Secretaria da Educação levam internet em alta velocidade para escolas

Domingos Matos, 03/12/2019 | 16:31

Possibilitar que alunos e professores da rede pública estadual tenham acesso a uma internet de qualidade para realizar atividades acadêmicas, auxiliar nos estudos e se informar durante os intervalos das aulas. Esse é o objetivo do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), ao desenvolver o projeto ‘Internet nas Escolas’, que é responsável por levar banda larga de 100Mb para, inicialmente, 10 unidades de ensino em diversos bairros da capital. 

O programa foi elaborado em parceria com a Secretaria da Educação do Estado, a Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb), a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e a Rede Metropolitana de Salvador (Remessa). A expectativa é que o número de escolas contempladas seja ampliado até chegar à totalidade.

As unidades beneficiadas são indicadas pela Secretaria de Educação, que também é a responsável por implementar o sistema de Wifi para que os estudantes possam utilizar o recurso em seus celulares e outros aparelhos eletrônicos. As escolas que estão passando pela fase 'piloto' do programa, ou seja, de análise de resultados, são todas de grande porte e possuem pelo menos 2 mil alunos. 

A secretária da Secti, Adélia Pinheiro, ressalta a importância desta ação integrada com a Secretaria da Educação. “É um projeto que repercute na educação básica, qualificando ainda mais a experiência formativa de jovens e professores através de internet de alta capacidade nas escolas”, destaca.

Já o secretário de Educação, Jerônimo Rodrigues, comemora a interação entre ciência, tecnologia, inovação e educação, listando benefícios da internet nas escolas, como o aprofundamento das pesquisas e a qualidade de transmissão das aulas. “Teremos a capacidade de uma internet de alta velocidade nos ajudando na qualidade de uma aula a distância e a possibilidade de ampliar e a aperfeiçoar a formação de professores. Os trabalhos administrativos também serão agilizados e qualificados. Temos a expectativa de fortalecer os nossos instrumentos e as nossas ferramentas de ampliação dos indicadores e da rede estadual de educação”.

A Prodeb é responsável por fornecer a internet por meio de fibra ótica do sistema conhecido como IDB, a Infovia Digital da Bahia, que foi toda instalada pela Secti. O mesmo sistema é responsável por levar internet para outros 550 pontos de Salvador, como órgãos públicos, delegacias e postos de saúde. Já a Remessa, que cuida da rede metropolitana local e faz parte da RNP, é a responsável pelas partes técnicas do fornecimento do serviço.

A expectativa é que o número aumente para 74 escolas após a fase de testes constatar os resultados positivos. Posteriormente, o intuito é fornecer esta velocidade de conexão para as 230 escolas existentes em Salvador. Os colégios estaduais que já estão conectados pelo sinal de internet são: Presidente Costa e Silva, Governador Roberto Santos, Duque de Caxias, Anísio Teixeira, Edvaldo Brandão Correia, Eduardo Bahiana, Vale dos Lagos, Professora Noemia Rego, Deputado Manoel Novaes e Nelson Mandela.

Funcionário terceirizado excluiu mais de 400 multas de trânsito do sistema da Transalvador

Domingos Matos, 03/12/2019 | 07:01

Um funcionário terceirizado da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), que atuava há mais de 10 anos como assistente operacional do setor de multas do órgão, foi o alvo da segunda fase da Operação Freio de Arrumação, deflagrada na manhã de ontem (03), pelo Ministério Público estadual, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco). Ele é suspeito de praticar crimes de supressão indevida de dados corretos em bancos de dados e possíveis atos de corrupção ativa e passiva e associação criminosa. A Operação tem o objetivo de reprimir fraudes relacionadas à exclusão de infrações de trânsito. 

A pedido do MP, a Justiça determinou o afastamento do funcionário do órgão municipal e a proibição dele sair da capital por 30 dias, sem autorização judicial. Segundo as investigações, o assistente excluiu do banco de dados da Transalvador 444 autos de infração de trânsito, em um período de três meses, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 84 mil aos cofres públicos municipais. As multas excluídas do sistema de forma irregular decorrem de infrações por excesso de velocidade, inutilização de cinto de segurança, entre outras. Na casa do terceirizado, em Narandiba, e na sede da Transalvador, no Vale dos Barris, foram apreendidos documentos, equipamentos eletrônicos, celulares, computadores, apontamentos e bens de valor associados às práticas criminosas. As informações foram apresentadas à imprensa durante entrevista coletiva realizada no final da manhã na sede do MP no bairro de Nazaré, em Salvador. 

Conforme a coordenadora do Gaeco, promotora de Justiça Ana Emanuela Rossi Meira, as investigações continuam para apurar o preço cobrado em cada extinção ilegal de multa e a provável participação de outros agentes, tanto da própria Transalvador, como de cidadãos que se beneficiaram das fraudes. “A lógica e todos os possíveis envolvidos do esquema ainda estão sendo investigados”, afirmou. A operação resultou de uma denúncia encaminhada à ouvidoria da Transalvador, que comunicou o fato ao MP. “É importante que os cidadãos denunciem esse tipo de crime, porque além da corrupção, isso permite que pessoas muitas vezes inabilitadas dirijam, colocando em risco, inclusive , a integridade física da população”, disse. 

A operação contou com o apoio da Transalvador e da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pela 1ª Vara Especializada Criminal de Salvador.  A ação contou, ainda, com o apoio técnico da Coordenadoria de Segurança Institucional e Inteligência (CSI) do MP. Deflagrada inicialmente em 12 de setembro deste ano, a Operação Freio de Arrumação já havia cumprido 11 mandados de busca e apreensão e dois mandados de exibição de documentos públicos no Detran e Transalvador, na capital baiana.

Setor de Calçados deve gerar 530 empregos em Barrocas e Ruy Barbosa

Domingos Matos, 28/11/2019 | 18:35

Os municípios de Barrocas e Ruy Barbosa serão beneficiados com R$ 7 milhões em investimentos para a implantação, ampliação e modernização de duas fábricas destinadas ao segmento de calçados que, juntas, vão gerar 530 postos de trabalho. Este aporte financeiro e previsão de empregos é resultado do protocolo de intenções assinado nesta semana pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE).

“Estes investimentos beneficiam os municípios, pois geram empregos e movimentam a economia local. É de extrema importância atrair novos empreendimentos para o estado, gerar e manter empregos para os baianos e baianas. Essas ações nos confirmam que estamos no caminho certo do trabalho realizado na SDE”, destaca o chefe de gabinete da SDE, Luiz Gugé. 

 

A Bootbras — unidade industrial voltada para fabricação de calçados de segurança, uniformes e luvas — implantará uma fábrica no município de Barrocas, e investirá R$ 4 milhões. A indústria tem a capacidade de produção de 1,3 mil pares de calçados por ano, 35 mil conjuntos de uniforme e 40 mil pares de luvas. Com esta implantação, a fábrica prevê a geração de 320 empregos diretos na região de Barrocas.

Já a Calçados Pegada Nordeste LTD — com investimentos de R$ 3 milhões destinados para a ampliação e modernização da unidade industrial — terá capacidade de produção de 368 mil pares por ano. A empresa pretende manter os 1,3 mil empregos existentes e promover a geração de mais 210 vagas.

 

Estudantes de Itororó e Gandu apresentam experiências das fábricas-escolas de chocolate e de carne do sol em Salvador

Domingos Matos, 28/11/2019 | 17:38

As representações das fábricas-escolas da Carne do Sol, do Centro Tecnológico de Educação Profissional (CETEP) do Médio Sudoeste da Bahia, localizado em Itororó, e, de Chocolate, do CETEP do Baixo Sul, situado em Gandu, estão chamando a atenção dos participantes da 10ª Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária (FEBAFES), que acontece até o dia 1º de dezembro, no Parque de Exposições de Salvador. As iniciativas servem como laboratórios para que os estudantes que fazem os cursos técnicos de nível médio tenham aulas práticas e possam desenvolver projetos, pesquisas e intervenções sociais, aperfeiçoando a formação profissional. As duas estruturas estão instaladas no local do evento para que estudantes e professores compartilhem suas experiências com os visitantes da feira.

Na fábrica-escola do Chocolate, os estudantes mostram como é feita a produção de barras de chocolate compostas por 50% e 70% de cacau da região, com direito a degustação. Já na Fábrica-escola da Carne do Sol, além de provar a carne, que é considerada a melhor da Bahia, os visitantes aprendem sobre como é produzida a carne do sol e de que forma os estudantes colocam em prática o que aprendem em seus respectivos cursos.



A estudante Giovana Cristina Gomes, 15, do curso técnico em Nutrição, do CETEP do Baixo Sul, falou do trabalho realizado na Fábrica-escola do Chocolate durante a feira. “A fábrica é muito importante não só para o CETEP, como também para a comunidade, pois nos proporciona uma experiência única de aprendizado prático e de ampliação de conhecimentos. Trouxemos a fábrica para mostrar para as pessoas o quão é bonito a arte de fazer chocolate natural e saudável”, afirmou.

Paola Silva Santos, 18, do curso técnico em Zootecnia, do CETEP Médio Sudoeste da Bahia, também falou sobre a experiência. “É muito bom estar aqui falando sobre a história da carne do sol, desmistificando este nome, pois a carne do sol não fica exposta ao sol. Esta carne é importante, pois é a base da economia da nossa cidade, que é Itororó. É gratificante estar aqui divulgando a nossa carne, a nossa cultura e o trabalho do CETEP realizado com a fábrica”, explicou a estudante.

A estudante Ataisia dos Santos, 17, 9º ano, do Colégio Estadual de Nova Esperança, localizado em Salvador, fez questão de conferir de perto as duas fábricas-escolas juntamente com seus colegas durante visita guiada na feira. “Eu achei muito interessante como é o processo de fabricação da carne do sol, pois gosto muito e, também do chocolate, que realmente possui um sabor natural do cacau. Além disso, tudo o que está sendo exposto na feira serve para mostrar a cultura rica da Bahia e eu estou gostando muito de participar”, revelou.

O superintendente da Educação Profissional e Tecnológica, Ezequiel Westphal, falou da importância da participação dos estudantes no evento. “A feira é extremamente importante para os nossos estudantes, principalmente da área de Recursos Naturais, do curso de Agroecologia e de Agricultura para partilharem suas experiências, demonstrar os resultados dos projetos de pesquisa, do trabalho realizado nas fábricas-escolas e, acima de tudo, o desenvolvimento das tecnologias sociais, dando uma outra perspectiva de pensar o mundo rural integrando com a Educação Básica e a Educação Profissional e Tecnológica”, ressaltou.

Programação – O evento também conta com visita guiada até sexta-feira (29), no turno vespertino. Os estudantes do curso técnico em Guia de Turismo do CEEP em Gestão e Negócios e Turismo Luiz Navarro de Brito apresentam a Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária ao público visitante, especialmente às caravanas escolares, mostrando a importância do evento, bem como a valorização e disseminação da Agricultura Familiar e economia solidária do Estado.

Na Cozinha Show, no dia 29, estudantes dos cursos de técnicos em Cozinha, Técnico em Nutrição e Dietética e Técnico em Panificação do Centro de Educação Profissional Empreende Bahia vivenciarão a prática relacionada aos cursos. Outro destaque é o estande do Programa Primeiro Emprego, que apresenta experiências exitosas com a presença de jovens beneficiados pelo programa.

 

Ex-presidente da Câmara de Ilhéus é afastado do cargo de vereador por 180 dias

Domingos Matos, 28/11/2019 | 08:09

A Justiça determinou o afastamento por 180 dias do ex-presidente da Câmara Municipal de Ilhéus, Lukas Pinheiro Paiva, do cargo de vereador. A decisão acolheu pedido liminar realizado em ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público estadual, por meio dos promotores de Justiça Frank Ferrari e Thomás Raimundo Brito, e foi proferida na segunda-feira (25), pelo juiz Alex Venícius Miranda. A pedido do MP, foi determinada também a indisponibilidade de bens, no valor aproximado de R$ 215,7 mil, do edil e de mais quatro acusados na ação por improbidade administrativa, enriquecimento ilícito e desvio de recursos públicos. As acusações são resultado das investigações realizadas na Operação Xavier, que desbaratou uma organização criminosa instalada dentro da Câmara de Vereadores da cidade.

Conforme a decisão, além de afastado, o vereador Lukas Paiva não poderá frequentar o prédio da Câmara, utilizar dos serviços do órgão e manter qualquer tipo de contato com os servidores da Casa. O juiz acatou as provas trazidas pelo MP de que Paiva tentou prejudicar as investigações do MP a partir de assédio a colaboradores e a estagiários do escritório de advogacia de um dos investigados, além de oferecer cargos fantasmas a um dos acusados para tentar fazê-lo desistir de acordo de colaboração com o MP. “As provas são clarividentes no sentido do mesmo em procurar dificultar o trabalho investigativo realizado pelo Ministério Público”, afirmou o magistrado. 

Segundo a ação, os acusados cometeram fraudes contábeis e falsificação de documentos em esquema de fraudes na escrituração contábil de pagamentos de contribuições previdenciárias ao INSS, por meio de falsificação ou alteração de Guias de Recolhimento Previdenciário, cujos valores registrados eram superiores ao recolhimento efetivamente realizado. Com a fraude, o objetivo era maquiar as saídas ilegais, sem despesas correspondentes, dos recursos da Câmara. 

Lukas Paiva foi apontado como líder do esquema criminoso, executado quando ele ocupava a presidência da Casa. Os outros acusados são: Antônio Lavigne de Lemos, considerado braço direito de Lukas Paiva no cargo de controlador interno da Câmara, ele seria o responsável por fazer pagamentos inexistentes e superfaturados; Rodrigo Alves dos Santos, apontado por gerar guias falsas, adulterar extratos bancários e emitir notas de pagamentos superestimadas; o contador Cleomir Primo Santana, sócio da empresa SCM Serviços de Consultoria Contábil, teria se beneficiado das transferências bancárias e seria o supervisor das fraudes contábeis executadas pelo contador Íkaro Pires Sales de Oliveira. Os dois são apontados como responsáveis pela maquiagem contábil, com montagem de processos de pagamento ideologicamente falsos.

Uesc vai distribuir mudas de árvores

Domingos Matos, 27/11/2019 | 15:32

O Projeto de Extensão “Nossas Árvores”, do Departamento de Ciências Biológicas da Universidade Estadual de Santa Cruz, (Uesc) estará distribuindo gratuitamente, cerca de 2.200 mudas, sendo 2.000 de espécies nativas como: Pau-brasil, Sibipiruna, Biriba, Imbiruçu, Sapucaia, Amescla, Oiti etc. e 200 de introduzidas (Palmeira, Goiabeira Ipê-amarelo).

O Projeto visa beneficiar assentados, comunidades indígenas e agricultores em geral, com o objetivo de estimular a comercialização de sementes e de mudas, visando agregar mais uma fonte de renda às suas propriedades agrícolas, sem provocar danos ao meio ambiente, sobretudo para serem plantadas nas nascentes de córregos e rios.

As pessoas interessadas deverão solicitar as mudas diretamente ao professor Luiz Alberto Mattos Silva, coordenador do Projeto, através do e-mail mattos@uesc.br, informando nome, nome da propriedade rural ou instituição, localização da propriedade, finalidade das mudas e a quantidade de mudas pretendida.

Através do seu Projeto de Extensão "Nossas Árvores", a Uesc, há 12 anos vêm oferecendo cursos sobre Técnicas de Coletas de Sementes em Árvores Nativas do Sul da Bahia, Marcação de Matrizes Arbóreas e Produção de Mudas. Em algumas ocasiões estes treinamentos foram oferecidos também aos estudantes de cursos técnicos e superiores de instituições que oferecem formações profissionais através dos cursos de agropecuária, agroecologia, agronomia, biologia, entre outros, com a finalidade de socializar o conhecimento e, obviamente estender os ensinamentos e oportunizar outras comunidades mais distantes e carentes.

Outra ação contínua do Projeto de Extensão é a distribuição de mudas de espécies arbóreas nativas da região, formadas no viveiro do Campus da Uesc, para poder colaborar com as iniciativas referentes à recuperação de nascentes, bem como a recuperação e enriquecimento de pequenas áreas degradadas.

 

O azul da prevenção do diabetes iniciado em Itabuna se espalha pelo Brasil

Domingos Matos, 25/11/2019 | 14:42

Uma cidade azul de solidariedade e voluntariado. O sábado em Itabuna foi marcado pela realização do Mutirão do Diabetes, promovido pela ONG Unidos pelo Diabetes, reconhecido mundialmente pela Federação Internacional do Diabetes e consolidado como o maior evento de prevenção da doença em todo o Brasil.

Numa manhã ensolarada e de céu azul, como se a natureza fizesse questão de aderir à cor da campanha. Mais de 10 mil pessoas foram atendidas nos 20 stands de serviços multidisciplinares e multiprofissionais médicos e educativos, além de 300 crianças no DiabetesKids. 1500 pessoas com diabetes realizaram mapeamento de retina e exame do pé diabético e 300 pessoas com maior risco realizaram avaliação laboratorial, renal e cardiológica. Todos os casos graves de Retinopatia Diabética serão tratados gratuitamente com Laser na retina.

O Mutirão, cujo modelo foi adotado por cerca de 30 cidades brasileiras, contou com a presença de dirigentes de entidades nacionais de medicina e associações de diabetes, que destacaram a importância e as dimensões do evento, considerado o maior do país na prevenção e tratamento da doença.

Dr. Rubens Belfort Junior, da Academia Nacional de Medicina destacou que “o mutirão transformou Itabuna em referência nacional na prevenção do diabetes. A cidade deve ser orgulhar desse projeto iniciado pelo Dr. Rafael há 15 anos e que a cada ano fica melhor e mais abrangente”.

“Estou impressionada com as dimensões do Mutirão e tenho certeza de que essa iniciativa vai se espalhar cada vez mais”, disse a Dra Hermelinda Pedrosa, da Sociedade Brasileira de Diabetes. Ela estará na próxima semana na Córeia do Sul, para a posse da nova diretoria da Federação Internacional do Diabetes e garantiu que vai reforçar a aplicação do modelo itabunense em outros países.

O Dr. Cristiano Caixeta, do Conselho Brasileiro de Oftalmologia, afirmou que o mutirão “é um modelo para o Brasil, atitudes como a do Dr. Rafael servem como exemplo de como se consegue mobilizar uma cidade em prol de uma causa. É fundamental que seja replicado, porque através dessas ações muitas vidas serão salvas”. Para o Dr. Maurício Maia, presidente da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo, “estamos vendo em Itabuna um exemplo para o mundo. O foco da prevenção é fundamental para combater a doença ou fazer o tratamento precoce, evitando cegueira, amputações e outras complicações. Conscientizar a população é um trabalho permanente”. “A Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo, em parceria com o Conselho Brasileiro de Oftalmologia, pretende estender esse magnifico projeto para todas as cidades brasileiras”, disse.

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes destacou que “cuidar da saúde é valorizar a vida. O mutirão é uma ação que beneficia não apenas Itabuna, mas pessoas de toda a região. E mostra para o Brasil que a comunidade pode e deve ser unir em torno de uma causa”. A Dr. Marluce Leão, da Associação dos Diabéticos de Itabuna, parceira do mutirão desde a primeira edição, ressaltou que “esse é um dia especial para os pacientes e para todas as pessoas que recebem orientações e podem ter um estilo de vida saudável”.

O presidente da ONG Unidos pelo Diabetes, Dr. Rafael Andrade afirmou que “um evento de 15 anos é um modelo, porque a partir deste, temos mutirões em cerca de 30 cidades brasileiras, oito deles acontecendo simultaneamente ao de Itabuna”. “A luz azul da prevenção se espalhou a partir de Itabuna e hoje a cidade pode se orgulhar de ser uma referência nacional. Sozinhos não podemos fazer nada, mas juntos podemos fazer um mundo melhor. Essa é uma das grandes lições dos 15 anos do Mutirão do Diabetes".

A Record TV Cabrália apresentou o Balanço Geral Especial do Mutirão, direto da Cidade do Diabetes, com Tom Ribeiro, ao vivo para o Sul, Sudoeste e Extremo Sul da Bahia, com depoimentos e show com a Banda Lordão.

O Mutirão do Diabetes de Itabuna contou com a participação de cerca de 1000 voluntários, entre profissionais de saúde, estudantes, pessoal de apoio e clubes de serviço, como Lions e Rotary. O evento teve como apoiadores a Unimed, Novartis, Prefeitura de Itabuna, Record TV Cabrália, Bayer, Caixa e Governo Federal, Allergan, Terceira Via, Bahiagás, Lap Laboratório, Óticas Carol, Pai Mendonça e Novo Nordisk.

 

Sebrae e Banco do Nordeste firmam acordo para fortalecer os pequenos negócios da região

Domingos Matos, 23/11/2019 | 18:44

O Sebrae e Banco do Nordeste (BNB) assinaram, na sexta-feira (22), um acordo de cooperação técnica com o objetivo de fortalecer e ampliar a competitividade dos pequenos negócios dos nove estados nordestinos, além do norte de Minas e norte do Espírito Santo. A parceria foi firmada em evento realizado na sede do banco, em Fortaleza, que contou com a presença do diretor de Administração e Finanças do Sebrae, Eduardo Diogo, do presidente do Banco do Nordeste, Romildo Rolim e do secretário do desenvolvimento, indústria, comércio, serviços e inovação do Ministério da Economia, Gustavo Ene.

Pelo acordo, os pequenos negócios de cerca de 2 mil municípios que estão na área de abrangência do BNB serão beneficiados com a ampliação do acesso a crédito e capacitações gerenciais, especialmente em áreas ligadas a competitividade, produtividade e inovação. A parceria contempla ainda a realização de pesquisas conjuntas entre as duas instituições, a implantação do fórum anual de desenvolvimento dos pequenos negócios e do circuito de seminários de crédito e o desenvolvimento de soluções de educação financeira para os donos de pequenos negócios.

O diretor de Administração e Finanças do Sebrae, Eduardo Diogo, destacou que o BNB já é um parceiro do Sebrae, mas que o acordo firmado hoje permitirá uma maior sinergia das ações das duas instituições. “Vamos dividir espaços físicos, compartilhar os estudos e pesquisas, criar um grande fórum anual para discutir o desenvolvimento do Nordeste. Vamos trabalhar juntos, de forma mais sintonizada, para entregar o desenvolvimento econômico que o Nordeste e o Brasil precisam”.

Para o presidente do Banco do Nordeste, Romildo Rolim, a parceria celebra a convergência de missões. “O Sebrae fazendo seu papel antecedente ao crédito e o Banco ofertando crédito de forma sustentável. Assim, contribuímos para a perpetuidade das empresas. Queremos ser não apenas financiadores, mas também consultores das micro e pequenas empresas. E a gente não faz um trabalho desses sem parcerias. Por isso que estamos efetivando esse acordo, para cumprirmos nossa missão com mais qualidade, com mais assertividade e atendendo melhor os nossos clientes”, disse Romildo.

O secretário do desenvolvimento, indústria, comércio, serviços e inovação do Ministério da Economia, Gustavo Ene, também destacou a importância da parceria. “O Nordeste tem tradição empreendedora. Então é natural que os esforços do Sebrae, aquele que mais entende do micro e pequeno empreendedor e do MEI, sejam somados ao trabalho do Banco do Nordeste, que tem um papel de facilitador do acesso ao crédito para promover o desenvolvimento desses pequenos negócios”.

Além da diretoria do Banco do Nordeste e de superintendentes da área de microcrédito e MPE, também estiveram presentes na solenidade o diretor superintendente do Sebrae da Bahia, Jorge Khoury, os diretores de Administração e Finanças do Sebrae do Ceará e do Piauí, Airton Gonçalves e Júlio César Filho, a gerente do Sebrae de Pernambuco, Catarina Valentin, e o presidente da Federação Cearense das Micro e Pequenas Empresas (Fecempe), Edivaldo Nunes. Representantes das superintendências estaduais do BNB e representantes do Sebrae nos demais estados acompanharam o evento por videoconferência.

Jovens da Fundac são beneficiados com doação de 1,4 mil livros

Domingos Matos, 23/11/2019 | 12:31

Jovens em cumprimento de medidas socioeducativas de três Comunidades de Atendimento Socioeducativo (Case) foram beneficiados com a doação de 1,4 mil livros arrecadados pela campanha 'Asas ao Pensamento', do Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA). A ação teve o apoio da Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac), órgão da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS).

O ato de entrega ocorreu ontem (22), na Case Salvador. Jovens da unidade, da Case Feminina e da Case CIA realizaram apresentações artísticas. O evento teve a presença do secretário da SJDHDS, Carlos Martins; da diretora-geral da Fundac, Regina Affonso; e da coordenadora do Centro de Apoio Operacional de Defesa da Criança e do Adolescente (Caoca) do MPBA, Marly Barreto.

"Quero registrar a minha alegria com essa campanha do Ministério Público, especialmente pela sensibilidade com os nossos jovens. Não existe pessoa no mundo que não seja transformada com a leitura de um livro. Abracem esses livros, colham tudo que vocês puderem de cada um deles. Com oportunidades, um outro mundo é possível: depende de vocês agarrá-las", pontuou Carlos Martins.

As doações foram realizadas durante todo o mês de outubro por membros e servidores do Ministério Público, além da população em geral. A campanha também ocorreu em Feira de Santana e Camaçari, totalizando oito pontos de coletas nos três municípios. Além da Case Salvador, também serão beneficiadas com a ação a Case Feminina e a Case Cia. 

Para a diretora-geral da Fundac, Regina Affonso, "a doação desses livros representa muito para nós e para os nossos jovens. Tenho certeza que eles farão muito bom proveito, utilizando a leitura para transformas suas vidas e alcançar novos voos".

A promotora Marly Barreto agradeceu o apoio da Fundac e da SJDHDS à ação. "Nosso objetivo é que se apoderem desses livros, leiam, estudem, consumam de maneira intensa. Agradeço a toda equipe da Fundac pelo apoio à nossa campanha, que mobilizou todo o corpo do MPBA e a sociedade", disse.

As três unidades beneficiadas atendem 323 adolescentes em cumprimento de medida de internação e internação provisória. Esta iniciativa destaca o envolvimento de distintas instituições em ações que visam promover as rotinas pedagógicas desenvolvidas nas unidades Fundac. Outras ações neste âmbito têm sido implementadas por meio de parcerias com a Fundação Pedro Calmon (FPC), universidades e outros atores da sociedade civil.

Estiveram presentes ainda a diretora adjunta da Fundac, Fabiana Burity; gerentes das Unidades de Atendimento Socioeducativo em Salvador e RMS; as promotoras Andréia Ariadna e Edna Cerqueira; além de servidores das instituições.  

Mutirão do Diabetes de Itabuna chega à 15ª edição neste sábado

Domingos Matos, 23/11/2019 | 01:58
Editado em 23/11/2019 | 01:59

A ONG Unidos pelo Diabetes realiza neste sábado (23), o Mutirão do Diabetes de Itabuna, ponto alto da Campanha Novembro Azul. O Mutirão, que acontece das 8 às 13 horas, terá atendimento médico com mapeamento de retina para detecção de retinopatia diabética e exame do pé diabético no Hospital Beira Rio e ações de orientação e prevenção na Praça Rio Cachoeira.

Entre os serviços que serão oferecidos na Cidade do Diabetes, estão  exames de glicemia capilar para detecção do diabetes, avaliação nutricional, cuidados com o pé diabético, utilização correta da insulina, monitoramento do diabetes em casa, direitos do diabético e atividades físicas com avaliação dos pacientes.

A Cidade do Diabetes também contará com o espaço Diabetes Kids, espaço para atividades recreativas e exames de detecção do diabetes em crianças e avaliação e acolhimento para orientação de crianças e adolescentes.

“O Mutirão do Diabetes, que cesta completando 15 anos, é uma grande mobilização de toda a sociedade organizada de Itabuna e da região, envolvendo órgãos públicos, empresas, instituições de ensino e clubes de serviço, numa ação de solidariedade que beneficia milhares de pessoas”,  afirma o Dr. Rafael Andrade, idealizador e coordenador do mutirão e presidente da ONG Unidos pelo Diabetes.

Caged registra criação de 70,8 mil postos de trabalho em outubro

Domingos Matos, 22/11/2019 | 17:38

Beneficiada pelo comércio e pelos serviços, a criação de empregos com carteira assinada registrou, em outubro, o sétimo mês seguido de desempenho positivo. Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia, 70.852 postos formais de trabalho foram criados no último mês. O indicador mede a diferença entre contratações e demissões.

Esse foi o melhor nível de abertura de postos de trabalho para outubro desde 2016, quando as admissões superaram as dispensas em 76.599. A criação de empregos totaliza 841.589 de janeiro a outubro, 6,45% a mais que no mesmo período do ano passado. A geração de empregos atingiu o maior nível para os dez primeiros meses do ano desde 2014, quando tinham sido abertas 912.287 vagas no acumulado de dez meses.

 

Setores

Na divisão por ramos de atividade, cinco dos oito setores pesquisados criaram empregos formais em outubro. O campeão foi o comércio, com a abertura de 43.972 postos, seguido pelos serviços, 19.123 postos. Em terceiro lugar, vem a indústria de transformação com a criação de 8.946 postos de trabalho.

O nível de emprego aumentou na construção civil com a abertura de 7.294 postos e na indústria extrativa mineral, 483 postos. No entanto, três setores demitiram mais do que contrataram: agropecuária, com o fechamento de 7.819 postos; serviços industriais de utilidade pública, categoria que engloba energia e saneamento, 581 postos, e administração pública, 427 postos.

Tradicionalmente, a geração de emprego é mais baixa em outubro. O mês costuma ser marcado pelo reforço no comércio para as contratações de fim de ano. No entanto, a indústria, que reforçou a produção em agosto e em setembro por causa do Natal, desacelera. A agropecuária também dispensa empregados por causa do fim da safra de diversos produtos, como a cana-de-açúcar e café.

 

Destaques

No comércio, a criação de empregos foi puxada pelo segmento varejista, com a abertura de 36.732 postos formais. O comércio atacadista gerou a abertura de 7.240 vagas. Nos serviços, os destaques foram venda e administração de imóveis, com 14.040 postos; transportes e comunicações, 4.348 postos, e serviços médicos, odontológicos e veterinários, 3.953 postos.

Na indústria de transformação, a criação de empregos foi impulsionada pela indústria de produtos alimentícios e de bebidas, com 3.344 postos; pela indústria de calçados, 1.890 postos, e pela indústria madeireira e de móveis, com 1.166 postos de trabalho.

 

Regiões

Todas as regiões brasileiras criaram empregos com carteira assinada em outubro. O Sul liderou a abertura de vagas, com 27.304 postos, seguido pelo Sudeste com 21.776 postos e pelo Sudeste com 15.980 postos. O Norte criou 4.315 postos de trabalho e o Centro-Oeste abriu 1.477 postos formais no mês passado.

Na divisão por unidades da Federação, 23 estados geraram empregos no mês passado. As maiores variações positivas no saldo de emprego ocorreram em Minas Gerais com a abertura de 12.282 postos; São Paulo, 11.727 postos; Santa Catarina, 11.579 postos, e Rio Grande do Sul, 8.319 postos de trabalho. As unidades da Federação que registraram o fechamento de vagas formais foram Rio de Janeiro, 9.942; Distrito Federal, 1.365; Bahia, 589, e Acre, 367. (Com informações da Agência Brasil)

Criação de tilápia é um dos destaques da Bahia Pesca na Fenagro

Domingos Matos, 22/11/2019 | 10:12

A tilapicultura – criação de tilápia em cativeiro – será um dos destaques da Feira Internacional da Agropecuária (Fenagro 2019), em Salvador. O evento será realizado entre os dias 23 de novembro e 1º de dezembro, e contará com três estandes voltados à atividade. A cadeia produtiva da tilápia será exposta nos estandes da Bahia Pesca, empresa vinculada à Secretaria de Agricultura do Estado (Seagri), por meio de painéis informativos, tanque de criação com mais de 20 mil litros de água, e área de comercialização. A exposição será realizada todos os dias, das 9h às 21h.

“Ao longo dos três estandes, os visitantes conhecerão todo o processo de criação da tilápia, desde a seleção dos reprodutores, que são os peixes de melhor qualidade, até a comercialização”, explicou o presidente de Bahia Pesca, Marcelo Oliveira.
 

Passo a passo da cadeia produtiva

A tilapicultura começa com a seleção dos animais de melhor qualidade, com mais chances de gerar descendentes de alto valor comercial. Logo depois acontece a coleta dos ovos, seguida da larvicultura (as larvas são estocadas em grandes tanques, onde passam por inversão sexual).

“A inversão sexual é importante para assegurar que todas as larvas se tornem machos, que crescem mais e, por isso, são mais lucrativos”, conta o gerente de operações da Bahia Pesca, Antônio Laborda. O passo seguinte é a alevinagem (as larvas são alimentadas intensivamente, durante cerca de um mês, até atingir a fase juvenil).

Em seguida esses peixes jovens (com cerca de 30 a 45 gramas) passam por um processo de engorda de seis a oito meses, até atingir o tamanho de abate (cerca de um quilo). Nessa fase é realizada a despesca dos animais, beneficiamento (evisceração, retirada de escamas e cortes) e comercialização.

Ao final da visitação, baianos e turistas poderão comprar filés, espetinhos, bolinhos, coxinhas, quibes e até hambúrgueres feitos com tilápia.

 

Encontro na Câmara busca “exército de forças” pela Região Metropolitana do Sul da Bahia

Domingos Matos, 19/11/2019 | 08:03

Um encontro nesta terça-feira (19), na Câmara de Itabuna, deverá marcar o início de um movimento pela formalização da Região Metropolitana do Sul da Bahia. Em parceria com a AMURC (Associação dos Municípios da Região Cacaueira) e a ACSULBA (Associação das Câmaras de Vereadores do Sul da Bahia), o evento começará às 16 horas, com a presença de prefeitos, outras lideranças políticas e da sociedade organizada.

Segundo o presidente da Casa, Ricardo Xavier (Cidadania), é o momento de unir um “exército de forças” por esta causa, que beneficiará toda a população. “É uma reivindicação antiga para todos nós; uma região que já teve uma importância muito grande para o desenvolvimento da Bahia e digo até do Brasil e passa por uma situação crítica. Nos últimos anos, não conseguimos fazer ações conjuntas”, argumentou.


“Luta de todos”
Uma vez instituída a Região Metropolitana, Ricardo Xavier frisa o quão extensos e diretos seriam os ganhos para o sul da Bahia. “Também uma nova cultura de desenvolver ações em conjunto, principalmente Itabuna e Ilhéus, como principais cidades, capitaneando todas as outras circunvizinhas. Seriam ações em favor da região. É uma luta de todos, para que, junto com a representação política, possamos ter apoio das entidades de classe”, reforçou.

Ele reconhece tratar-se de uma iniciativa do Estado, com aprovação da Assembleia Legislativa. Porém, ressalta o quanto é necessária uma mobilização regional. “Precisamos encampar essa luta, pra que a gente convença o Governador do Estado a apresentar esse projeto, que seria de grande importância para recuperar o prestígio da região, do ponto de vista administrativo, econômico, social e político”, acrescentou.
 

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.