Tag: boxe

Itabunenses conquistam dois títulos, dois vices e um terceiro lugar no Campeonato Baiano de Boxe

Domingos Matos, 17/09/2019 | 17:35

Os lutadores itabunenses que participaram no último sábado (14), do Campeonato Baiano de Box - AOB, promovido pela Federação de Box do Estado da Bahia, conquistaram dois títulos estaduais, dois vice e um terceiro lugar na competição, que serve como vitrine esportiva revelando novos valores para esta modalidade esportiva. A delegação foi liderada pelo treinador Gilmarques Mendes Sabino, instrutor da Federação Baiana de Box, que elogiou o esforço e o desempenho dos atletas na superação de dificuldades, revelando um alto potencial técnico.

A equipe contou com o apoio da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), que contribuiu com a cessão das passagens da delegação. O presidente da FICC, Daniel Leão, estuda a concessão de bolsas para 10 atletas e artistas itabunenses, com alto desempenho, uma questão ainda em estudo na área jurídica e que deve ser encaminhada ao legislativo municipal ainda nos próximos meses.

Conquistas

O melhor desempenho na equipe itabunense ficou com o lutador Samuel Rosa, o mais jovem integrante da delegação, de apenas 13 anos, 52 quilos e que foi campeão baiano Infantil Estreante 2019 e em paralelo, conquistou o título de campeão baiano no Campeonato Aberto 2019. Com uma técnica própria, Rosa é considerado uma das revelações do box itabunense e um atleta com potencial de alto rendimento.

Outro destaque foi Jonatan Passos, de 20 anos, 63 quilos, um lutador médio ligeiro, integrante do Projeto Lutando Pela Paz, coordenado pelo técnico Gilmarques Mendes Sabino, que também é educador social. Ele, conquistou o Vice-campeonato Baiano 2019, na categoria elite e soma agora 18 lutas, com 15 vitórias, seis delas por nocaute e três derrotas por pontos, sendo considerado o melhor atleta da região na sua categoria.

Já Juan Miguel Viana Mota, 18 anos, 75 quilos, conquistou o Vice-campeonato Baiano Estreante 2019, na categoria juvenil e ficou ainda com o terceiro lugar do Campeonato Baiano Aberto de Boxe (AOB).

Governador recebe baianos medalhistas do Pan 2019

Domingos Matos, 15/08/2019 | 12:34

O governador Rui Costa recebeu, no início da tarde de ontem (14), a ciclista Paola Reis e o velejador Rafael Martins, atletas baianos apoiados pelo Governo do Estado que conquistaram medalhas nos Jogos Pan-Americanos Lima 2019. O encontro aconteceu durante o Papo Correria, programa transmitido ao vivo pelas redes sociais do governador.  

Os medalhistas são apoiados pelo FazAtleta - de incentivo fiscal - e Bolsa Esporte - de apoio direto à prática esportiva -, programas executados pela Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), órgão vinculado à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte do Estado (Setre). “No Peru, a Bahia foi destaque no Pan, com a conquista de dez medalhas em diferentes modalidades, inclusive boxe e canoagem. Além do apoio ofertado pelos programas do governo estadual, vamos intensificar a busca por parcerias com a iniciativa privada, afinal, precisamos ampliar o apoio aos atletas que representam tão bem o nosso estado”, assegurou Rui. 

Juntamente com o titular da Setre, Davidson Magalhães, o diretor-geral da Sudesb, Vicente Neto, acompanhou os jovens durante o encontro com o governador. “Além do FazAtleta e do Bolsa Esporte, o governo possui uma série de programas que formam uma política estadual ativa de esporte e lazer. São ações que geram resultados e incluem socialmente”, destacou Vicente.

 

Medalhistas

A medalha de prata nos jogos, na modalidade Bicicross (BMX), foi um presente antecipado de aniversário para a baiana Paola Reis. A atleta, que completa 20 anos nesta quinta-feira (14), fez sua primeira participação em um Pan-Americano, sendo acompanhada de perto pelo treinador, o ex-atleta da categoria Leonardo Gonçalves. “Por ser baiana e nordestina, conquistar essa medalha é uma grande honra, inclusive pelo fato de o BMX não ter tanta visibilidade no Brasil. Desde os 11 anos, quando eu comecei a andar de bike, eu conto com apoio do Governo do Estado, e isso teve peso na minha carreira”, revelou. 

Junto com a esposa Juliana Duque, o velejador Rafael Martins garantiu a medalha de bronze na categoria Vela Snipe, nos Jogos de Lima. “É importante agradecer o apoio do governo baiano, através do Bolsa Esporte, que ajuda muito a gente nos campeonatos e na nossa trajetória como um todo. A participação no Pan era nosso primeiro grande objetivo e nós saímos de Lima com a medalha de bronze. Agora, iremos iniciar o treinamento em outra categoria na vela, pois a Snipe não é olímpica, para podermos lutar por uma participação nos próximos Jogos Olímpicos”, adiantou.  

Além de Rafael, Juliana e Paola, outros atletas baianos abocanharam medalhas na competição, que terminou no último domingo (11), na capital peruana. 

 

Confira a lista completa de medalhistas do estado:

Ana Marcela (Maratonas aquáticas) - Ouro

Isaquias Queiroz - Ouro (Canoagem)

Beatriz Ferreira - Ouro (Boxe)

Breno Correia - Prata (Natação)

Paola Reis - Prata (BMX)

Herbert Carvalho - Prata (Boxe)

Keno Marley - Prata (Boxe)

Rafael Martins e Juliana Duque - Bronze (Vela Snipe)

 

Shopping dos Camelôs de Itabuna elege mesa diretora

Domingos Matos, 16/01/2019 | 13:41

Foi escolhida na manhã desta quarta-feira (16) a mesa diretora que estará responsável pela administração do Shopping dos Camelôs pelos próximos dois anos. A reunião, que elegeu Rosivaldo Santos Dias como representante do novo espaço destinado aos vendedores ambulantes, aconteceu na Secretaria de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, no Centro Administrativo Firmino Alves.

O secretário Jorge Vasconcelos salientou que o município organizou toda a parte estrutural do espaço e, a partir de agora, estará apenas auxiliando os ambulantes em caso de necessidades. “Concluímos toda a parte estrutural, onde também estamos entregando os banheiros prontos, bem como os laudos do Corpo de Bombeiros. Com a entrega das chaves eles passam a ter autonomia administrativa, mas estaremos aqui para dar o suporte que for necessário”, comentou.

O diretor de Indústria e Comércio, Sandro Lopes, explicou que a escolha da mesa diretora tem por objetivo deixar tudo legalmente firmado entre o município e a associação que irá ser responsável pelo condomínio, registrando todas as formalidades legais para dar independência e autonomia administrativa aos vendedores. “Era essencial que se formasse essa mesa diretora que representará todo o condomínio, tendo ainda a responsabilidade da limpeza, segurança, acomodação dos condôminos, deixando a área adequada ao trabalho e confortável aos clientes”, disse.

O sindico do Shopping dos Camelôs, Rosivaldo Santos Dias, destacou a importância da organização administrativa para que o espaço recém-inaugurado tenha sucesso. Rosivaldo ressaltou ainda as qualidades do novo espaço que, segundo ele, está muito mais organizado, seguro e confortável para os consumidores. “Estaremos trabalhando em benefício do shopping dos camelos, com organização, estimulando o povo de Itabuna e Região para que visite o espaço e venham fazer suas compras” conclui.

O Shopping dos Camelôs está localizado na Avenida Inácio Tosta Filho, próximo a agência dos Correios, centro da cidade. O espaço que foi viabilizado pela Prefeitura Municipal de Itabuna, através do Departamento de Indústria e Comércio da Secretaria Municipal de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, possui 55 boxes para acomodar vendedores ambulantes de Itabuna que ocupavam a praça Adami e transversais da avenida Cinquentenário.

Camelôs começam a trabalhar no novo Shopping Popular de Itabuna

Domingos Matos, 07/01/2019 | 13:22

Os vendedores ambulantes de Itabuna começaram a transferir suas mercadorias na manhã desta segunda-feira (07) para o Novo Shopping Popular, que está situado na avenida Inácio Tosta Filho, próximo a agência dos Correios, centro da cidade. O espaço foi montando pela Prefeitura Municipal de Itabuna, por meio do Departamento de Indústria e Comércio, que é vinculado a Secretaria Municipal de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente.

Aos poucos, os vendedores têm ocupado seus boxes, que antecipadamente foi escolhido por meio de sorteio. Para a maioria deles, o local é “seguro e bem localizado”. O artesão Irineu Santos (Irineu Arte Mania), que há 30 anos trabalhava na praça José Bastos, está otimista com a mudança. “Estou confiante de que será para melhor, todos os vendedores reunidos em um único lugar. Nossos clientes saberão onde nos encontrar”, comentou.

O Secretário de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, Jorge Vasconcelos, destaca que o local que tem capacidade para 55 boxes foi organizado para acomodar os vendedores de Itabuna, que ocupavam provisoriamente a Praça Adami e transversais da avenida do Cinquentenário. “Atendendo a determinação do prefeito Fernando Gomes, que sempre valorizou aquele que produz e busca meios de gerar renda para o sustento próprio e de suas famílias, a partir de hoje não será permitido vendedores ambulantes nas calçadas do centro da cidade, agora eles tem um espaço digno para trabalhar”.

E completou: “Esperamos o período das festas de final de ano passar, pois é um período em que as vendas são aquecidas, para que eles pudessem fazer a mudança com tranquilidade. Agora chegou a hora dessa mudança. Preparamos o espaço atendendo todas as exigências do Corpo de Bombeiros e Vigilância Sanitária. Desejo que todos tenham muito sucesso nesta nova etapa profissional”.

 

Ambulantes devem ser transferidos para o novo shopping popular na próxima segunda-feira

Domingos Matos, 04/01/2019 | 15:01
Editado em 04/01/2019 | 14:41

Uma ação de conscientização dos vendedores ambulantes que se encontram na avenida do Cinquentenário e transversais foi realizada pela prefeitura de Itabuna na manhã de sexta-feira (04). A ação, comandada pelo Departamento de Indústria e Comércio, vinculado a Secretaria Municipal de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, contou com o envolvimento de mais de dez fiscais. “Esta ação antecede a transferência dos vendedores ambulantes para o Novo Shopping Popular, que ocorrerá na segunda-feira (07)”, informou o Diretor de Indústria e Comércio, Sandro Lopes.

“Realizamos mais uma ação com o objetivo de orientar os vendedores ambulantes de Itabuna que a Prefeitura preparou um local apropriado com segurança e conforto para que eles possam não só comercializar suas mercadorias, como também guardar todo estoque, sem precisar do transtorno de levar e trazer mercadoria todos os dias para a área central da cidade”, comentou Sandro Lopes.

E destacou a preocupação do prefeito Fernando Gomes em instalar o Novo Shopping Popular em um ambiente limpo, organizado e com toda segurança necessária. “Estava sendo grande a expectativa em torno da abertura deste novo espaço, mas estávamos deixando o ambiente em condições adequadas, cumprindo todas as normas de inspeção técnica preventiva determinada pelo Corpo de Bombeiros e Vigilância Sanitária”, informou, lembrando que o espaço conta com 55 boxes e banheiros.

STF decide: mandatos de suplentes são dos partidos ou das coligações?

Domingos Matos, 27/04/2011 | 11:20
Editado em 27/04/2011 | 11:40

Chegou o grande dia. O Supremo Tribunal Federal decide nesta quarta-feira (27), em Brasília, a partir das 14 horas, se as vagas abertas na Câmara dos Deputados em decorrência do afastamento dos titulares deverão ser ocupadas por suplentes do partido ou da coligação partidária.

Essa matéria interessa diretamente a deputados que assumiram - ou pretendem assumir - as cadeiras vagas dos muitos deputados nomeados para cargos nos seus estados ou no governo federal.

Na Bahia, o ex-campeão mundial de boxe, Acelino Freitas, o Popó, luta para ficar com a vaga almejada pelo concorrente Zé Carlos da Pesca. O primeiro, foi o mais votado de sua coligação. O segundo, do seu partido, o PP. Os dois terminaram o último assalto em pleno clinche, a luta não teve nocaute e a decisão será dos juízes.

Veja AQUI uma reportagem do UOL sobre o assunto.

DE RODAPÉS E DE ACHADOS

Domingos Matos, 07/11/2010 | 09:07
Editado em 07/11/2010 | 17:04

Adylson MachadoQuando o tema se esgota em si mesmo, um rodapé pode definir tudo e ir um pouco além.  

Adylson Machado

                                                                              

Debate imprescindível I

Ao encerrar o penúltimo bloco do programa Fórum em Debate (TV Itabuna), presente o deputado eleito Josias Gomes, os jornalistas Maurício Maron, Joel Filho e Marival Guedes, Ederivaldo Benedito abordou, sinalizando para uma discussão futura ou, como mais nos pareceu, emitiu um raciocínio em torno da panaceia que começa a ser construída: o controle social dos meios de comunicação. Expressou, com todas as letras, que o governo Lula e o de Wagner “querem controlar a imprensa”. Este assunto tem reverberado na imprensa local, sem o devido conhecimento e aprofundamento, reproduzindo “preocupações” postas pelos grandes controladores da imprensa nacional.

“Bené”, um dos poucos jornalistas que assumem polêmicos temas e enfrenta os que o enfrentem, considerando a repercussão do que expresse, precisa acautelar-se em torno deste tema, ou reduzi-lo aos limites da verdade factual, que não é aquela difundida e que está próxima da defesa de interesses muito mais particulares que da sociedade.

Debate imprescindível II

O comentado PNDH 3 – que não passa de uma repercussão de decisões tomadas pela sociedade brasileira através de conferências locais, regionais, estaduais e nacional – contempla a necessidade de um controle da sociedade sobre os meios de comunicação, não no sentido de controle de conteúdo (isso fere a liberdade de expressão) mas de fazer valer o previsto na Constituição Federal (arts 221 e 222), ainda aguardando regulamentação, o que implica em estabelecer um marco regulatório, que o diferencia, de água para vinho, de controle de conteúdo, o que é expressamente vedado pela Carta Maior.

Rescaldo I

fhcDa série para não esquecer, o “esquecimento” de José Serra, no pronunciamento ao término da apuração que assegurava a vitória de Dilma Roussef, em relação aos nomes de Aécio Neves e Fernando Henrique Cardoso. Temos que, para Neves, pela falta de empenho; para FHC, pelo excesso de empenho.

FHC ainda foi salvo pelo gongo, que tem o nome da filha (de Serra) Verônica.

Rescaldo II

Buscando a Europa para continuar sua campanha, caiu na besteira de verberar contra Lula. Foi interrompido por um “por que não te calas”, como nos remete oleitor Henrique Chaves.

Nós outros, pobres mortais, os que podemos ir à Europa (não o caso deste escriba), sabemos quão admirado e exaltado é o Presidente Lula por lá.

Serra, externando o inconsciente (Freud explica), sublimando os elogios que fez a Lula internamente (contrariado), inclusive em sede de programa eleitoral, imaginou que o “primeiro mundo” estivesse próximo de seu discurso.

Falou mal do Brasil e de Lula e se deu mal.

Inferno X purgatório

hblemEvitar que o HBLEM se torne um inferno é meio de impedir que a Saúde itabunense se torne sucursal do purgatório. Quanto dos recursos da receita do município destinados, por lei, à Saúde vem sendo regiamente aplicados? A Secretaria de Finanças estaria transferindo corretamente tais recursos para o custeio da Saúde, a cargo da Secretaria específica? E a parcela que caberia ao município de Itabuna para custear o HBLEM tem sido entregue à gestão do hospital?

No contexto de perguntas e mais perguntas, certo é que no embate presente e permanente no Centro Administrativo, vence até agora Carlos Burgos.

No futuro Azevedo pode ser levado a constrangimentos. Se não a coisa mais grave!

Com Saúde não se brinca!

Dinastia I

tiagoAnunciam possível candidatura de Thiago Feitosa a vereador em Salvador, para onde estaria transferindo seu domicílio eleitoral, contando com apoio do deputado Estadual J. Carlos.

Análises à parte, Thiago pode estar pretendendo vereança em Itabuna em 2012.

Aqui e lá, no entanto, trará sérios prejuízos e desgastes para a campanha de 2012 em Itabuna, seja Geraldo ou seja Juçara o candidato a Prefeito.

Discurso melhor a oposição não encontrará: “A dinastia GS – como começar a derrubá-la”.

Dinastia II

A posição de GS diante do sonho político do filho será uma demonstração do que pretende politicamente para o futuro: a garantia da expressão política e o poder pessoal como instrumento de benefícios para o povo ou o asseguramento de poder para a família Feitosa Simões.

O tempo dirá.

Itororó I

Não bastasse o que vive o município de Itororó em índices de homicídios, até os que mourejam fora dele estudando são alcançados pela violência.

Carregam o carma nas costas. Atraem. Haja descarrego.

Vade retro, Satanás!

Itororó II

Serra bateu Dilma em Itororó no segundo turno, onde perdera no primeiro. O Prefeito Adroaldo Almeida que dispõe de um programa de rádio na Itapuhy FM (copiando governo federal e estadual) poderá explicar ao povo o que aconteceu.

Inclusive porque demitiu funcionários no período compreendido entre o primeiro e o segundo turno.

Marcos Maurício

magarefeAs charges de Marcos Maurício (marcosmauricio.blogspot.com) situam-se entre as melhores deste Brasil. O traço já se apresenta inconfundível, com especial destaque para um particular domínio dos sinais físicos dos retratados que os identifica.

Rimos a cântaros com a última – Hospital de Base -Vagas Para Médicos – envolvendo a mais recente crise do HBLEM (ver, a propósito, matéria neste O TROMBONE). Diante da ameaça de demissão de médicos a realidade do povo vista pelo chargista reflete a excelência do trabalho de Maurício.

Do Brasil para o mundo

Da série ninguém segura este Brasil, lemos em http://www.advivo.com.br/luisnassif/ que Mônica Bérgamo publicou na quinta 4, que “Massa pode ser preso” se der passagem para seu companheiro de Ferrari, Fernando Alonso. Ameaça concreta do Promotor Paulo Castilho, do Juizado Especial Criminal paulista, com base no Estatuto do Torcedor.

Diante do iminente risco de prisão caberá a Felipe Massa tão somente deixar a manobra para a equipe nos boxes.

Já o Promotor conseguirá seus quinze minutos de fama. Aguardamos, apenas, que utilize o mesmo Estatuto do Torcedor para coibir os abusos no mundo do futebol.

O mais inacreditável

Até quando redigíamos estas notas o silêncio persistia. Outra Macondo no imaginário ou tudo aconteceu em Antares, onde nada ocorreu. Houve ou não a agressão cometida contra uma líder do assentamento D. Hélder Câmara no município de Ilhéus, invadido por um pelotão da Polícia Militar da Bahia por volta das 14:00 horas do dia 23 outubro, sábado, que resultou em tortura, abuso de autoridade, violência contra a mulher e intolerância religiosa?

Se ninguém desmente, tudo é verdade. E o é, sabemos. Inclusive este O TROMBONE publicou manifestação da CUT denunciando a violência e o assunto já reverbera pela internet.

No entanto, surdos, mudos e calados os vários segmentos da mídia impressa e televisiva regional. E não cremos que seja a pedido das autoridades responsáveis pela apuração das violações denunciadas, até porque não se pode conceber que fatos como estes convivam com o Estado de Direito.

Ovo de serpente

A contundente denúncia de Eduardo Anunciação (DIÁRIO BAHIA, de quinta 4) espanta, pela mesquinhez e sordidez do personagem: o presidente da FICC, Cyro de Mattos, buscou o Prefeito José Nilton Azevedo para pedir a cabeça da atriz e produtora cultural Eva Lima, que exerce função naquele órgão, o que teria sido imediatamente repelido pelo alcaide.

Se é este o modo de dirigir os destinos do órgão incumbido de administrar e divulgar a cultura itabunense, o prefeito Azevedo está criando típico ovo de serpente.

Hora de assumir

cyro de mattosPelo que temos visto está na hora de Cyro de Mattos assumir a FICC, promovendo projetos – e não extinguindo-os – e buscar recursos para a cultura local. Imaginar, como pensam alguns, que a promoção da cultura local esteja vinculada tão somente à transferências do erário do município não corresponde à realidade. Dentre as suas funções a FICC é uma fonte de angariar recursos.

Como ocorre em todas as dimensões e movimentos sociais a busca junto ao Ministério da Cultura, que fomenta uma gama de atividades, desde que estejam amparados em propostas consistentes, é coisa corriqueira. Para teatro, cinema, biblioteca, pontos de cultura etc. não falta dinheiro.

No caso de Cyro de Mattos, um simples olhar sobre os trabalhos existentes ao tempo em que assumiu a FICC parece demonstrar que tudo está em desalinho e paradeiro. Temos ouvido de atores da cultura local, que em muito dependem da ação da FICC, e só escutamos lamentos diante da inoperância de Cyro de Mattos. Se o Prefeito Azevedo quiser sentir o que hoje representa a contribuição da FICC em desgaste para sua administração converse com alguns artistas.

A vaidade de Cyro de Mattos é tanta que se arvora de juiz diante de projetos que lhe são apresentados, tornando-se júri de um só em suas conclusões para negar míseros reais a muitos jovens que buscam a FICC como centro de esperança para sua autoestima.

Cyro de Mattos não incentiva, apenas centraliza em torno de si o belo propósito da instituição que preside. Dói na alma ver-se que funcionando mesmo na FICC só a propaganda pessoal do Presidente e suas viagens inócuas às custas da FICC.

Talvez não tão inócuas para ele!

Dilma na Bahia

Evidente que a escolha do território baiano para descanso da Presidente eleita ratifica a vocação de nossa costa praieira para reposição de forças de governantes brasileiros. Aécio Neves, por exemplo, nos diz um seu vizinho, sempre voa para os lados da Baía de Maraú. Lula quase sempre esteve por aqui, não necessariamente na Costa do Cacau.

Itacaré, no entanto, ficará marcada pela circunstância. Aguardemos que Dilma retorne depois de empossada.

Pelo menos para inaugurar o complexo intermodal.

Avenida Jorge Amado

saulo pontesEste o futuro – não necessariamente visionário – da hoje rodovia Jorge Amado. O complexo viário resultante da denominada duplicação a tornará uma grande avenida, uma vez que o tráfego pesado alcançará os novos aeroporto e porto de Ilhéus através de grandes semi-anéis e a rodovia tende a ampliar a oferta de espaço para instalação de empreendimentos vários.

É o que pudemos abstrair do engenheiro Saulo Pontes, em conversa recente.

Fale com Saulo

Saulo, reconheçamos, é o grande elaborador de um projeto viário de anel e semi-anéis no entorno de Itabuna. Esteve sempre envolvido nos grandes projetos viários nestes últimos anos.

Quem pretender informação precisa – para não andar escrevendo bobagem – fale com Saulo Pontes.

Reprise

Em 1996 e 2004, Davidson Magalhães e Renato Costa, respectivamente, em que pese jurarem de pés juntos que não, asseguraram a eleição de Fernando Gomes para prefeito de Itabuna. As disputas visando 2012 parecem já haver começado, internas, divisionistas.

Ainda permanece a grande indagação: quem efetivamente detém densidade eleitoral para enfrentar Fernando Gomes nas hostes ditas à esquerda?

No momento – claro que o quadro pode mudar – Davidson, Renato, Wenceslau, Roberto de Souza, Luís Sena, Josias Gomes (se dispuser de domicilio eleitoral) etc. disporiam de força nas urnas para disputar com um Fernando sempre forte (assim o tem demonstrado)?

A não ser que seja relegado ao limbo como ficha-suja. A mácula que já começam, segundo divulgam, imputar a Geraldo Simões.

Depois de tudo

Rir pra não chorar!

as traçastraços

Adylson Machado é escritor, professor e advogado, autor de "Amendoeiras de outono" e " O ABC do Cabôco", editados pela Via Litterarum

Prefeitura ‘propõe' mudança de camelôs para o Centro Comercial

Domingos Matos, 24/05/2010 | 11:50
Editado em 05/04/2010 | 15:49

O secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Carlos Leahy, afirmou hoje que a prefeitura vai aproveitar as obras na avenida o Cinquentenário para reordenar o comércio nas calçadas daquele centro de comércio.

Reordenamento, nesse caso, é a remoção dos vendedores ambulantes, mas também a proibição de comerciantes formais explorarem as novas calçadas. Segundo Leahy, na próxima semana será concluída a primeira etapa do projeto, com a colocação de meios-fios, e iniciada a mudança nos passeios com placas intertravadas.

"A partir daí não vai ser mais permitida a ocupação dos espaços daqueles com atividades do comércio informal". A deliberação é definitiva. "O governo propõe a transferência dos vendedores informais para boxes no Centro Comercial de Itabuna".

Essa "proposta", porém, ainda não foi explicada pelo município. Há, apenas, um conselho do secretário. "Os interessados devem procurar a Secretaria da Indústria, Comércio e Turismo para informar-se sobre o projeto".

A Mãe e o Monstro

Domingos Matos, 24/05/2010 | 11:50
Editado em 06/05/2010 | 00:10

dani

Daniel Thame | www.danielthame.blogspot.com

O que leva uma pessoa de classe média-alta e pretensamente instruída a agredir covardemente uma criança de apenas dois anos?

O que leva um ser humano (humano?) a cometer tamanha brutalidade contra alguém frágil, sem condições de se defender e que está despertando para a vida?

O que leva alguém a adotar uma criança abandonada pela mãe e em vez de lhe dar carinho e atenção, a ofende e agride a ponto de deixar marcas em todo o corpo?

Quantas e quantas crianças não são ofendidas, agredidas e molestadas por pessoas que deveriam protegê-las e zelar por elas, até que tenham condições de cuidar da própria vida?

Essas perguntas vem à propósito diante do revoltante caso da procuradora de Justiça aposentada Vera Lúcia Sant'Anna Gomes, de 57 anos.

Vera Lúcia, que mora num bom apartamento, desfruta de confortável situação financeira e é daquelas pessoas que, quando encontramos na rua podemos apontar como "respeitável senhora", tinha um lado obscuro, que se revelava entre quatro paredes.

Na intimidade do lar, Vera Lúcia agredia, de forma covarde e sistemática, uma menina de dois anos e dez meses, que estava sob sua guarda provisória, em processo de adoção.

De acordo com empregadas que trabalharam na casa da procuradora aposentada, a criança era vítima de agressões verbais e de espancamentos freqüentes. Os laudos da polícia confirmam a pancadaria: a menor tem marcas nos braços, nas pernas e no rosto.

Os olhos da menina, de tão inchados, mais se parecem com os de um boxeador exposto à fúria de um adversário mais forte.

No caso da criança, esse adversário - forte, brutal, terrivelmente agressivo- era alguém que ela estava aprendendo a chamar de "mãe", mas talvez fosse mais apropriado chamar de "monstro".

Abandonada pela mãe biológica, agredida por aquela que se oferecia como a mãe adotiva e redentora, a criança terá que passar por um penoso processo de acompanhamento multidisciplinar, para evitar traumas que podem comprometer o seu desenvolvimento físico e mental.

Para que possa receber carinho sem se assustar com medo de, em vez do afago, vier o tapa, a pancada, a dor.

Que mundo é esse em que uma criança é exposta à tamanha barbárie?

A resposta para essa e tantas outras perguntas em situações que nos igualam ao mais irracional dos animais, talvez não esteja no vento.

Talvez esteja em cada um de nós, numa sociedade que despreza o ser o valoriza o ter. Que despreza valores morais e prioriza as coisas materiais.

Soa meio ingênuo, mas em parte explica porque existem por aí tantos demônios a massacrar anjos indefesos...

 

Daniel Thame é jornalista e blogueiro

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.