Tag: brasileiros

Levantamento: Em cada dez brasileiros, dois foram vítimas de fraudes nos últimos 12 meses

Domingos Matos, 29/11/2019 | 09:21

As transações financeiras pela internet e a circulação de consumidores nos centros de compras crescem consideravelmente com a chegada de datas importantes para o varejo, como a Black Friday e o Natal. Crescem também os riscos de exposição a fraudes e golpes financeiros. Um levantamento realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) revela que em cada dez brasileiros, dois (19%) foram vítimas de alguma fraude financeira nos últimos 12 meses.

Os dados mostram que o principal problema enfrentado pelos consumidores fraudados é o não recebimento de algum produto que deveria ter sido entregue em sua residência (34%). Outros golpes mais comuns envolvem a entrega de um produto com características diferentes do especificado pelo vendedor (28%) e a clonagem do cartão de crédito ou débito (27%). Há vítimas que tiveram documentos falsos usados na realização de compras (15%) e pessoas que notaram transações bancárias não autorizadas em suas contas (15%).

De acordo com o levantamento, quase um terço (30%) dos consumidores foram vítimas de fraude em transações ou compras feitas pela internet. Outros 15% relatam que os golpes aconteceram nas operações realizadas em bancos, sejam agências ou sites e 10% em lojas físicas de grandes varejistas. Há ainda 6% que citam golpes em operações com financeiras e outros 6% em pequenos comércios.

 

Black Friday 
De modo geral, a pesquisa mostra que 44% das vítimas de fraudes tiveram algum prejuízo financeiro após ocorrência, sendo que 46% não conseguiram recuperar os valores perdidos. Outros transtornos ocasionados pelas fraudes foram o stress (34%), perda de tempo para tentar resolver a situação (20%) e a necessidade de ajustar o orçamento para cobrir prejuízos (17%).

Na avaliação do gerente de produtos do SPC Brasil, Michel Felix, as fraudes causam sérios danos aos consumidores que, ao terem suas informações pessoais utilizadas indevidamente, sofrem não apenas prejuízos financeiros, como também podem enfrentar uma verdadeira dor de cabeça. “Além de perder dinheiro, o consumidor pode enfrentar a burocracia de abrir boletim de ocorrência e avisar os órgãos competentes sobre o ocorrido”, afirma Felix.

Alguns cuidados podem ser observados para evitar as fraudes. A pesquisa investigou os comportamentos dos consumidores antes da ocorrência da fraude e identificou que 8% forneceram, acidentalmente, seus dados pessoais para terceiros através de ligação ou e-mail. Já 7% tiveram os documentos furtados, 7% tiveram dados de cartões falsificados e 6% perderam documentos pessoais.

Para Michel Felix, quem vai comprar na Black Friday deve se certificar da idoneidade do estabelecimento comercial e fazer aquisições apenas em sites seguros e confiáveis. “Alguns sites maliciosos tentam atrair o consumidor com a oferta tentadora de promoções com preços muito baixos. Por isso, antes de fazer qualquer compra pesquise sobre a reputação da empresa e redobre atenção em sites de comércio eletrônico. Também é importante ter cuidado com e-mails fraudulentos. A recomendação é não clicar em link duvidosos. Em vez disso. Procure digitar o endereço do site na barra do navegador. Buscar comentários que outros clientes já fizeram sobre a loja é outra dica preciosa para evitar frustrações”, orienta Felix.

 

 

Oito em cada dez brasileiros devem fazer compras na Black Friday

Domingos Matos, 28/11/2019 | 20:34

A cada dez brasileiros, oito pretendem ir às compras nesta edição da Black Friday nesta sexta-feira (29). De acordo com o Instituto Locomotiva, que entrevistou 1.770 pessoas entre os dias 1 e 9 de novembro, a expectativa é que 130 milhões de adultos adquiram algum produto, em todo o país.

O estudo destaca, ainda, dados específicos sobre grupos populacionais. No caso das classes D e E, 86% pretendem aproveitar a ação promocional para comprar. Entre pessoas da classe C, a intenção de compra é semelhante (77%). A margem de erro da pesquisa é de 2,4 pontos percentuais. (Com informações da Agência Brasil)

13º salário: mais brasileiros vão gastar com presentes do que com pagamento de dívidas, diz pesquisa

Domingos Matos, 27/11/2019 | 11:37

O recebimento do 13º salário é sempre um período de alívio para o bolso dos consumidores. Trata-se de um dinheiro extra que pode ajudar tanto no pagamento de dívidas, quanto nas comemorações de Natal e Réveillon. Uma pesquisa feita em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostra que neste ano, mais brasileiros vão se utilizar desse dinheiro extra para adquirir presentes. Na comparação com 2018, aumentou de 23% para 32% o percentual de trabalhadores que vão gastar ao menos parte do 13º salário com a compra de presentes. Em contrapartida, o pagamento de dívidas em atraso é a quarta opção mais citada, com 15% de citações.

Em segundo lugar ficou a intenção de poupar ou investir os recursos do 13º salário (24%), seguido daqueles que vão destinar o dinheiro extra para as comemorações de Natal e Ano Novo (22%). Há ainda 15% de pessoas que vão priorizar o pagamento de contas básicas, como água e luz, por exemplo e, 14% que vão realizar alguma viagem.

Na avaliação da economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, o cenário econômico pouco melhor do que em anos anteriores pode estimular uma disposição maior dos brasileiros em ir às compras com o 13º salário.  “O país se recupera lentamente da crise e ainda sofre com os efeitos negativos da recessão, como desemprego elevado e renda comprimida. Ainda assim, o período mais agudo das dificuldades já foi superado, o que de certa forma, pode estimular um otimismo maior dos brasileiros na hora ir de ao consumo”, afirma a economista.

De qualquer modo, mesmo com o relativo otimismo do brasileiro em gastar neste Natal, a recomendação da economista do SPC Brasil é que consumidores inadimplentes devem destinar esse dinheiro para quitar dívidas com o pagamento pendente e recuperar o crédito na praça. “A prioridade deve ser sempre sair do vermelho e evitar pagamento de juros que se acumulam. Se o consumidor tem apenas uma dívida em aberto, é mais fácil resolver o problema com a chegada deste dinheiro extra. Caso exista mais de uma, a regra geral é priorizar as dívidas que têm os juros mais altos como, por exemplo, cheque especial e cartão de crédito”, afirma Marcela.

 
52% dos consumidores pretendem fazer ‘bicos’ para comprar mais presentes
Caso o consumidor realmente queira utilizar o 13º para a compra de presentes, a dica é não dividir em muitas parcelas para não sobrecarregar o orçamento com as contas de início de ano, explica o educador financeiro do SPC Brasil, José Vignoli. “O ideal é fugir dos parcelamentos e negociar descontos atrativos nas lojas, preferencialmente pagando à vista. Pechinchar deve ser um hábito permanente do consumidor. As famosas lembrancinhas também podem ser um recurso útil para quem quer presentear sem gastar muito”, afirma Vignoli.

A pesquisa do SPC Brasil também mostra que 52% dos entrevistados pretendem fazer bicos ou outras atividades para garantir um dinheiro extra neste fim de ano e, assim, garantir a compra de mais presentes ou de melhor qualidade. “Organização é a palavra mais importante neste Natal. É importante planejar a aquisição de presentes sabendo exatamente o que se quer comprar. Faça uma lista de pessoas que deseja presentear e pesquise valores dos presentes. Depois, defina um limite de gastos. O consumidor deve tomar cuidado para não sobrecarregar o orçamento do começo do ano, quando é preciso lidar com despesas sazonais pesadas como o IPTU e o IPVA, por exemplo”, orienta Vignoli.


Feirão on-line do SPC Brasil vai até 15 de dezembro
Para ajudar os consumidores que possuem contas em atraso a recuperarem seu crédito na praça, o SPC Brasil promove até o dia 15 de dezembro um Feirão On-line de Renegociação das dívidas. Para participar, basta acessar o site www.spcbrasil.org.br/feirao e se cadastrar. Após a autenticação das informações, o consumidor poderá consultar dentro do próprio site se há pendências em seu CPF e se essas dívidas estão disponíveis para renegociação na plataforma. As condições especiais vão desde um parcelamento maior ou um novo prazo para quitar a dívida, até descontos de 90%. São mais de 120 empresas que participam da ação e contempla 15 cidades, sendo 11 capitais (São Paulo, Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza, Recife, Goiânia, Cuiabá, São Luis, Teresina, Rio Branco e Manaus) e quatro cidades do interior do país (Feira de Santana – BA, Ibirité – MG, Pato Branco – PR e Santo Antônio da Platina – PR).


Metodologia

Foram ouvidos 686 consumidores nas 27 capitais para identificar o percentual de quem pretendia ir às compras no Natal e, depois, a partir de 600 entrevistas, investigou-se em detalhes o comportamento de consumo no Natal apenas com trabalhadores que recebem o 13º salário. A margem de erro é de no máximo 3,7 e 4,0 p.p, respectivamente. A uma margem de confiança de 95%. Baixe a íntegra da pesquisa em https://www.spcbrasil.org.br/pesquisas;

 

Adão Negro, Parangolé e Andrezão já são atrações confirmadas para o réveillon de Itacaré 

Domingos Matos, 26/11/2019 | 10:23

A banda Adão Negro, um dos maiores nomes do reggae no Brasil, é uma das atrações também confirmadas para o Réveillon 2019/2020 promovido pela Prefeitura de Itacaré, com o apoio do Governo da Bahia e Câmara de Vereadores. O evento acontecerá na virada do ano, de 31 de dezembro a 1º de janeiro, a partir das 22 horas, na Praia da Coroinha, orla da cidade, aberto ao público. A festa vai contar também com a banda Parangolé e a banda local Bonde do Andrezão. Tudo isso sem contar com o show pirotécnico na virada do ano.

De acordo com o prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, o objetivo é de realizar uma grande festa para os itacareenses e turistas, atraindo um grande público, consolidando cada vez o destino turístico completo e movimentando a economia do município. Paralela à festa de réveillon, a Prefeitura de Itacaré também estará realizando um conjunto de ações para receber o grande público não somente na festa de fim de ano, mas também durante toda a alta estação.

O trabalho contempla a melhoria das ruas e manutenção das praias, intensificação do serviço de limpeza, melhoria do trânsito, novos equipamentos para o corpo de Salva-Vidas e manutenção das praças e jardins. E junto com a Coelba e Embasa também está sendo feita a reestruturação de toda a rede elétrica e de abastecimento de água. Já a Polícia Militar está garantindo um trabalho de intensificação da segurança durante toda a temporada, possibilitado muito mais segurança para os itacareenses e turistas.

 

ADÃO NEGRO - A banda Adão Negro foi fundada em meados do ano de 1996. Dois anos mais tarde, gravou seu primeiro disco, Adão Negro, o qual seria lançado somente em 2000. Impulsionado pela força da pirataria, o grupo começou a tornar-se conhecido nas grandes capitais do país, devido ao registro do show que reuniu 25 mil pessoas no Costa Verde, clube localizado na orla de Salvador, resultando no disco pirata da banda mais divulgado no país, chamado "Adão Negro no Costa Verde".

A partir do ano de 2000, a banda começa a incluir na agenda cidades de diversos estados brasileiros desde Fortaleza a Porto Alegre, dividindo o palco com grandes nomes da música nacional. Na discografia da banda liderada por Serginho, álbuns como Adão Negro e Pele Negra se tornaram os grandes sucessos, trazendo músicas como Anjo Bom, Eu Louvei, Louco Louco, Adão Negro, Bota Um, Boa Malandragem, Feed Back e Pele Negra.

 

PARANGOLÉ - Com mais de duas décadas de musicalidade e mistura de ritmos, a banda Parangolé surgiu no bairro da Federação em Salvador, Bahia, no ano de 97, onde todas as tardes os integrantes se reuniam para jogar baralho e, sempre ao fim das partidas, faziam um pagode misturando os ritmos mais dançantes que existiam na nossa música. Contagiando todos que passavam pelo local, não demorou para que as pessoas passassem a perguntar: “Que Parangolé é aquele que está rolando ali?”. No repertório, do show da virada de ano em Itacaré vão estar antigos e novos sucessos, incluindo o hit “Open Bar”, que já ultrapassou a marca de 10 milhões de visualizações no YouTube em pouco mais de dois meses, além de 1,5 de plays no Spotify”. O novo trabalho do ‘Parango’ já está disponível em todas as plataformas digitais e promete ser um verdadeiro sucesso de execução e download.

 

REVEÍLLON N1 - Itacaré também vai realizar um dos maiores réveillons 2019/2020 do Brasil, trazendo para a cidade atrações nacionais e internacionais e atraindo turistas de diversos estados e de vários países. O Réveillon Número 1 será realizado pelo Holding Club, grupo que reúne seis empresas de comunicação e marketing promocional, um dos maiores do Brasil no ramo de eventos, com o apoio da Prefeitura de Itacaré, e contará com uma grande estrutura e segurança para garantir o sucesso da festa. Os shows vão acontecer nos dias 28, 29, 30 e 31 de dezembro, e também do dia 02 de janeiro de 2020 na Praia de Itacarezinho.

Em Berlim, governadores divulgam oportunidades de negócios do Nordeste

Domingos Matos, 22/11/2019 | 12:29

​Governadores dos estados nordestinos desembarcaram em Berlim ontem (21), como parte da articulação internacional do Consórcio Nordeste para atrair investidores e ampliar o fluxo de negócios na região. Em evento na sede da Associação das Câmaras Alemãs de Comércio e Indústria (DIHK), eles apresentaram a empresários do país o mapa de oportunidades no Nordeste. 

Os alemães também tiraram dúvidas com os gestores brasileiros sobre diversas questões, como participação de empresas estrangeiras em licitações. “A formação desse consórcio oferece muitas vantagens, como a participação em licitações internacionais e a atração de investimentos estrangeiros. A condição mais importante para os alemães continuarem investindo no Brasil é a recuperação da confiança no país”, comentou o diretor de Relações Econômicas da DIHK, Mark Heinzel. 

 

Exportações e importações

​A Alemanha é o quarto maior parceiro comercial do Brasil, atrás da China, Estados Unidos e Argentina. Durante a apresentação, o Consórcio Nordeste deu destaque principalmente a áreas integradoras, como sustentabilidade, infraestrutura, turismo, saúde, segurança pública, saneamento e energias limpas, inclusive com a perspectiva de abertura de parcerias público-privadas (PPP). 

A participação europeia na corrente de comércio do Brasil em 2018 foi de 3,75%. Mais de 54% dos produtos brasileiros exportados para a Alemanha são industrializados, a exemplo de máquinas mecânicas, automóveis, máquinas elétricas e produtos farmacêuticos. Em relação às importações, 99% das mercadorias que o Brasil compra do país europeu são bens industriais.

​O evento foi organizado pela DIHK juntamente com a Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK). A DIHK é a entidade que congrega associações e grupos relacionados ao setor industrial alemão, sendo responsável pela representação de 100 mil empresas privadas, que geram mais de oito milhões de empregos no país. Já a AHK reúne as empresas mais importantes da indústria alemã no Brasil e tem como papel incentivar as relações econômicas entre empresas brasileiras e alemãs.

 

Saneamento 

“Todos os desafios que nós temos se constituem em oportunidades, e temos um desafio enorme na área de saneamento, tratamento de esgoto e resíduos sólidos. É uma oportunidade de negócios para os empresários. Tivemos disciplina fiscal para ganhar capacidade de investimento e isso favorece o ambiente de negócios”, explicou o presidente do Consórcio e governador da Bahia, Rui Costa. 

​A missão do Consórcio Nordeste na Europa será encerrada nesta sexta (22). Participam da viagem também os governadores Rui Costa (Bahia), Renan Filho (Alagoas), Camilo Santana (Ceará), João Azevêdo (Paraíba), Paulo Câmara (Pernambuco), Wellington Dias (Piauí), Fátima Bezerra (Rio Grande do Norte), assim como o vice-governador Carlos Brandão (Maranhão).

Feirão on-line de renegociação de dívidas do SPC Brasil começa nesta quinta

Consumidores de 11 capitais e mais quatro cidades poderão obter descontos de até 90% nas dívidas em atraso

Domingos Matos, 21/11/2019 | 07:30

A partir desta quinta-feira, dia 21, milhões de brasileiros com contas em atraso terão a oportunidade de começar o próximo ano com o ‘nome limpo’. E para isso, nem será preciso sair de casa. O Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) realiza em 11 capitais (São Paulo, Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza, Recife, Goiânia, Cuiabá, São Luis, Teresina, Rio Branco e Manaus) e em mais quatro cidades do interior do país (Feira de Santana – BA, Ibirité – MG, Pato Branco – PR e Santo Antônio da Platina – PR) um feirão on-line de renegociação de dívidas.

Os consumidores interessados podem verificar no site do feirão do SPC Brasil (https://www.negociardivida.com.br/) se as empresas em que estão devendo aderiram ao programa. São mais de 120 empresas, desde bancos, consórcios, operadoras de telefonia, construtoras, supermercados e empresas do comércio e do ramo de serviços, que oferecerão condições especiais para quem estiver interessado em regularizar as pendências. As facilidades contemplam desde um desconto no valor da dívida, que em alguns casos podem chegar a 90%, até a possibilidade de um parcelamento maior ou um novo prazo para quitar a dívida.

O feirão on-line de negociação de dívidas do SPC Brasil começa nesta quinta (21), e vai até o dia 15 de dezembro. Para participar, o consumidor deverá fazer um cadastro no site https://www.negociardivida.com.br/. Após receber a confirmação de autenticidade, o consumidor tem a opção de consultar o seu CPF, gratuitamente, para verificar se há pendências e se elas estão disponíveis para renegociação dentro do próprio site. Também é possível acompanhar o andamento de sua negociação de forma on-line, realizar o download do boleto com as novas condições ofertadas pelo credor e ser lembrado quando estiver perto do próximo vencimento.

Na avaliação do presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, a privacidade e a conveniência são as principais vantagens para uma negociação feita pela internet. “A praticidade em não ter de se deslocar até uma agência bancária ou uma loja para se tentar um acordo com o credor são benefícios bastante atraentes. Os canais digitais já se consolidaram nas transações bancárias e nas compras on-line, agora é a vez das renegociações de débitos ganharem mais espaço nessas plataformas”, avalia Pellizzaro Junior.

 

Natal, 13º salário e FGTS impulsionam renegociação de débitos

Pellizzaro Junior destaca ainda que o fim de ano é o momento ideal para o consumidor colocar as contas em dia, tendo em vista o pagamento do 13º salário e a recente liberação dos recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). “Quem está inadimplente deve priorizar o pagamento de dívidas com esse dinheiro. Estamos nos aproximando das festas natalinas, que é um período em que todos gostam de presentear e aproveitar as promoções. Para isso, é importante fazer um esforço para quitar as dívidas e consumir com responsabilidade para não reincidir nos atrasos”, afirma o presidente.

Dados do SPC Brasil mostra que o volume de consumidores com contas em atraso cresceu 1,58% no último mês de outubro na comparação com o ano passado. A maior parte das dívidas (53%) em aberto no país está ligada a instituições financeiras. Já o comércio responde por uma fatia de 17% do total de dívidas, enquanto o setor de comunicação por 12% e as contas de água e luz por 10%.

 

Caixa lança aplicativo para clientes de baixa renda

Domingos Matos, 20/11/2019 | 11:29

A CAIXA lançou o aplicativo financeiro “CAIXA Tem”, voltado a clientes de baixa renda e beneficiários de programas sociais. Nele, será possível realizar pagamentos de contas, transferências e consultas sociais relacionadas ao FGTS e ao Bolsa Família, entre outros serviços.

Com plataforma mais simples e baixo consumo do pacote de dados, o app foi desenvolvido para possibilitar a inclusão financeira e ampliar o acesso aos serviços da CAIXA por pessoas que têm celulares mais simples.

Para utilizar o aplicativo, basta que o usuário insira CPF e senha, que é a mesma para realizar transações. O “CAIXA Tem” possui interface conversacional, facilitando o manuseio do cliente já acostumado com apps como o WhatsApp. Ele também permite a transferência de recursos com a leitura de QR Code e oferece interação humanizada, possibilitando a utilização de chatbots, navegação por comando de voz e leitura das conversas em voz alta (text to speech).

Segundo o presidente da CAIXA, Pedro Guimarães, o novo aplicativo considera o perfil de acesso do público de baixa renda, que geralmente não utiliza todos os produtos oferecidos pelo app tradicional do banco. “Boa parte desses clientes utiliza serviços específicos da CAIXA, como os de consulta e pagamento de benefícios sociais. O ‘CAIXA Tem’ foi pensado para facilitar ainda mais o acesso a esses serviços, com operações mais simples e alinhadas às reais necessidades da população mais humilde. A CAIXA é o banco de todos os brasileiros”, ressalta.

O app, disponível na versão Beta para 10 mil clientes, no sistema Android, está entre os mais leves do mercado, com download de aproximadamente 2,9 MB, funcionando, inclusive, em diversos modelos de smartphones de gerações anteriores.

Prêmio Capes Talento Universitário recebeu 21 mil inscrições do Brasil inteiro

Domingos Matos, 19/11/2019 | 20:37

Mais de 20 mil estudantes que iniciaram a graduação este ano no Brasil vão concorrer a R$ 5 mil no Prêmio Capes Talento Universitário. Promovida pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a inciativa vai premiar os mil primeiros colocados em uma prova de conhecimentos gerais.

Com 80 questões de múltipla escolha, a prova será aplicada em 8 de dezembro, no período da tarde, em sessenta municípios brasileiros, localizados nas 27 unidades da Federação. A lista das localidades será divulgada ainda em novembro. O resultado será comunicado no primeiro semestre de 2020. A banca organizadora é a Cesgranrio.

Projeto – O objetivo do prêmio é valorizar alunos com desempenho de destaque no teste e subsidiar estudos e pesquisas da Capes para a formulação de políticas públicas para a educação superior.

Ao todo, o certame vai distribuir R$ 5 milhões para os candidatos com os melhores desempenhos. As inscrições foram encerradas em 13 de novembro. Para participar, o estudante tem que ser brasileiro e ter iniciado a graduação em 2019, presencialmente ou a distância. Também deve ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017 ou 2018.

Delegação baiana estreou na etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude 2019

Domingos Matos, 18/11/2019 | 17:39
Editado em 18/11/2019 | 17:17

Os 44 atletas que representam a Bahia na etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude, que acontece em Blumenau (SC), já fizeram sua estreia nos tatames com os confrontos de judô e luta olímpica (wrestling) iniciados no último domingo (17) e que seguem até a próxima quarta-feira (20). No final da tarde de sábado (16), a delegação baiana e dos outros estados brasileiros participaram da abertura oficial da competição, realizada no Ginásio de Esporte Galegão.

Nos períodos da manhã e tarde do primeiro dia de competição, 12 dos 44 atletas lutaram para garantir medalhas para a Bahia. No judô, que tem a maior delegação nesta primeira etapa, competiram: Rebeca Silva, primeiro lugar em todos as edições que participou do campeonato baiano de judô  e quinto lugar no nacional, foi à disputa de bronze contra uma atleta goiana, mas não obteve a vitória, ficando na quinta colocação. Em sua segunda participação nos JEJ, Rebeca diz estar sendo muito bacana e uma competição de alto nível.

Já na luta olímpica, competiram, neste domingo, Maria Eduarda,  13 anos, estudante do Colégio Acadêmico de Lauro de Freitas. Na sua estreia em Jogos Escolares, ela chegou até a disputa do terceiro lugar, mas não conquistou a medalha. Quem também lutou por medalha de bronze foi Daniel Tito, mas também não teve êxito.

Além das batalhas de hoje (18), todos os atletas de wrestling que competiram neste domingo voltam para a disputa por equipes, e os meninos ainda competem novamente pela luta greco-romana que se diferencia do estilo livre por ser proibido o uso das pernas para aplicar golpes.

Nesta manhã e tarde de segunda-feira, a Bahia entra novamente nos tatames com 12 atletas para o combate: Laís da Rocha, Anna Luísa, Juan Pedro e Erick dos Santos pelo wrestling.  Beatriz Anjos, Gabriella Souza, Lívia Ramos, Amanda Santos, João Barbosa, Enzo Santos, Miguel Barreto e Davi Oliveira disputam medalhas pelo judô.
 

Jogos Escolares

A etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude atrairá à cidade catarinense, até o dia 30 de novembro, atletas de todo o país de 14 modalidades esportivas. Além de judô e luta olímpica que já se encontram na cidade sede dos jogos, a Bahia levará, a Blumenau, 179 pessoas, com os dois outros grupos viajando nas seguintes datas: 21 a 26/11 – atletismo, badminton e futsal; 26 a 30/11 – ciclismo, ginástica rítmica, natação, tênis de mesa, vôlei de praia e xadrez.

Toda a delegação da Bahia viaja com passagens cedidas pelo Governo da Bahia, por meio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, tendo o apoio da Secretaria de Educação e da Federação Baiana de Esporte Escolar (Fbee).

 

Um em cada seis homens tem câncer de próstata no Brasil, alerta Inca

Domingos Matos, 16/11/2019 | 16:38

Um em cada seis homens tem câncer de próstata no Brasil, doença que é a segunda principal causa de morte por câncer de pessoas do sexo masculino no país – cerca de 14 mil óbitos por ano. Os dados, do Instituto Nacional de Câncer (Inca), servem de alerta para que os homens não deixem a saúde de lado. Apesar do alto índice da doença, o levantamento mostra que metade dos brasileiros nunca foram a um urologista.

“Infelizmente ainda há muito bloqueio por parte do público masculino em relação ao exame do toque retal. Felizmente, isso tem melhorado um pouco ao longo dos anos. Associado a esse tabu, de ser um exame um pouco mais evasivo, de mexer com a parte da sexualidade masculina, o homem acaba ficando com um pouco mais de receio de ir ao médico”, ressalta Felipe Costa, médico urologista do Hospital do Homem, na capital paulista.

O câncer de próstata, assim como a pressão alta e o diabetes, é silencioso. De acordo com o médico, a única forma segura de se precaver em relação à doença é a consulta clínica. Homens a partir dos 50 anos devem realizar o exame anualmente.

“Há grupos com fator de risco maior para o câncer de próstata: são os negros e aqueles indivíduos que têm história na família com câncer de próstata abaixo dos 60 anos. Para essas pessoas, a partir dos 40 ou 45 anos, eles já devem ter um acompanhamento direcionado para diagnosticar a doença”, ressalta o médico.

Doença lenta

O câncer de próstata, na maioria dos casos, cresce lentamente, não causa sintomas e, no início, pode ser tratado com bastante eficácia. Em outros casos, no entanto, pode crescer rapidamente, espalhar-se para outros órgãos e causar a morte.

“O exame é extremamente rápido, é feito com anestésico local, de uma forma que provoque menos incômodo para a pessoa. Ainda hoje é uma das formas mais seguras e eficientes que a gente tem para poder diagnosticar o câncer de próstata na forma mais inicial”, destaca o médico.

Além do exame preventivo, os médicos recomendam que sejam evitados outros fatores, já conhecidos facilitadores da doença, como alimentação pobre em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais; sedentarismo, consumo de álcool e tabaco.

Segundo o Ministério da Saúde, estimativas apontam que ocorreram 68.220 novos casos da doença em 2018. Esse número corresponde a um risco estimado de 66,12 casos novos a cada 100 mil homens.

A próstata é uma glândula presente apenas nos homens, localizada na frente do reto, abaixo da bexiga, envolvendo a parte superior da uretra (canal por onde passa a urina). A próstata não é responsável pela ereção nem pelo orgasmo. Sua função é produzir um líquido que compõe parte do sêmen, que nutre e protege os espermatozoides. Em homens jovens, a próstata possui o tamanho de uma ameixa, mas seu tamanho aumenta com o avançar da idade.

Bancos começam a enviar hoje informações para o Cadastro Positivo

Domingos Matos, 11/11/2019 | 09:30

A partir de hoje (11), os cinco principais bancos do país e aproximadamente 100 instituições financeiras começarão a compartilhar com os gestores do Cadastro Positivo as informações de pagamento dos consumidores. O SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito), que já faz a gestão do banco de dados de inadimplentes há mais de 60 anos, também atuará como gestor das informações do Cadastro Positivo.

Com a implantação do Cadastro Positivo, todos os brasileiros que possuem operações de crédito e contas de consumo passam a fazer parte de forma automática do banco de dados, sem necessidade de inscrição. A expectativa do SPC Brasil é de que neste primeiro momento, com o compartilhamento de informações financeiras, o banco de dados passe a contar com 110 milhões de inscritos. Esse número ainda deverá crescer, pois nas próximas fases empresas de telefonia, companhias prestadoras de serviços como água, luz e gás e o setor varejista também deverão compartilhar informações de pagamento, o que fará com que o Cadastro Positivo agregue, nos próximos meses, a população não bancarizada.

O envio das primeiras informações começa nesta segunda e a expectativa é de que até o dia 19, todos os atuais clientes das principais instituições financeiras do país, que possuem operações de crédito, já estarão com o seu Cadastro Positivo aberto.
  

Consumidor será avisado 

Apesar de a abertura do Cadastro Positivo ser automática, nenhum consumidor será surpreendido. Assim que as instituições financeiras enviarem as informações cadastrais e de pagamento, cada consumidor receberá uma comunicação individual, seja por meio de e-mail, SMS ou correspondência física em sua residência, no prazo de 30 dias, avisando sobre a inclusão de suas informações.

Na notificação, o consumidor receberá informações sobre o Cadastro Positivo e será direcionado para o site do SPC Brasil, onde será possível realizar o cadastro de uma senha para acompanhar a qualquer momento as informações do seu histórico de pagamentos, incluindo o seu score (pontuação da nota de crédito). Essas informações só poderão ser acessadas pelos consumidores após o recebimento da notificação individual.

As informações coletadas pelo Cadastro Positivo serão utilizadas exclusivamente para compor o histórico de crédito e o score (nota de crédito) do cadastrado. Para quem concede crédito, em regra, apenas o score estará visível. O histórico de hábitos de pagamentos do consumidor só será disponibilizado mediante sua prévia autorização. Tanto o score quanto o histórico poderão ser acessados apenas por instituições com as quais o consumidor mantenha ou pretenda manter relação de crédito.

Pela regra, o consumidor só poderá ter suas informações consultadas pelo mercado 60 dias após o recebimento do histórico de pagamentos. Isso significa que os primeiros inscritos já poderão ter seus dados consultados a partir de 12 de janeiro de 2020. A lei do Cadastro Positivo prevê um período de dois anos para o Banco Central colher as informações do mercado e apresentar o primeiro relatório dos impactos da nova medida na economia do país.

Crise atinge micro e pequenas empresas, que lideram inadimplência em agosto

Domingos Matos, 04/11/2019 | 11:40

O Brasil registrou 5,9 milhões de empresas com contas atrasadas e negativadas em agosto/19, segundo levantamento da Serasa Experian. O número, novo recorde da série histórica iniciada em março de 2016, foi puxado pelos micro e pequenos empreendimentos inadimplentes: 5,6 milhões que representam quase 95% do total. Na análise com agosto/18, o total aumentou 9,7% e a alta com relação a julho/19 foi de 1,7%.

Segundo o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, “a estabilização da inadimplência dos brasileiros tende a favorecer a consolidação deste indicador, em algum momento futuro, das empresas. Isso ocorrerá porque quando uma pessoa física paga uma dívida, esta dívida tem sempre um credor – que é pessoa jurídica. No entanto, este movimento ainda deverá demorar a acontecer”.

Considerando companhias de todos os portes, houve aumento da participação daquelas com mais de cinco anos de existência. Os dados mostram que a evolução deste ano até setembro/19, comparada com dezembro/18, revelou uma maior variação entre aquelas com mais de 15 anos – 0,7 ponto percentual –, enquanto as com até cinco anos de existência apresentaram queda de quase 2 p.p.

Setor de serviços puxa alta

Foram os micro e pequenos empreendimentos de serviços os maiores impactados pela inadimplência, representando 48,5% do total, com a maior variação com relação a agosto/18 – 11,1%. Na comparação com julho/19, o número foi de 2,1%. A Indústria apresentou crescimento de 7,0% na análise ano a ano, ainda que tenha a menor representatividade entre aqueles com contas atrasadas. Na análise com julho/19, o setor aumentou 1,8%. Já o Comércio tem representatividade de 42,6%, com altas de 6,4% no comparativo anual e 1,2% na análise mensal.

Carteira de Trabalho Digital entra em vigor a partir de hoje

Domingos Matos, 24/09/2019 | 15:41

Os brasileiros passam a contar, a partir de hoje (24), com a Carteira de Trabalho Digital, documento totalmente em meio eletrônico e equivalente à antiga Carteira de Trabalho e Previdência Social física.

Segundo a Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia, a mudança vai assegurar facilidades para trabalhadores e empregados, com redução da burocracia e custos. Por exemplo: ao ser contratado, o novo empregado não precisará mais apresentar a carteira em papel. Bastará informar o número do CPF ao empregador e o registro será realizado diretamente de forma digital.

Prevista na Lei da Liberdade Econômica, sancionada na últma sexta-feira (20), a Carteira Digital é disciplinada pela Portaria nº 1.065, da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, publicada na edição desta terça-feira do Diário Oficial da União .

O documento digital está previamente emitido para todos os brasileiros e estrangeiros que estejam registrados no Cadastro de Pessoa Física (CPF). Cada trabalhador terá de habilitar o documento, com a criação de uma conta de acesso no endereço específico.

 

eSocial

Empresas que já usam o eSocial poderão contratar funcionários sem a necessidade de exigir deles o documento físico. Isso vai facilitar o acesso ao mercado, pois não será mais necessário apresentar a carteira de trabalho em papel para ingressar em um novo emprego, resultando em simplificação e desburocratização.

Com as novas regras, as anotações que antes ficavam na CTPS de "caderninho azul" passarão a ser realizadas eletronicamente. Para acompanhar essas anotações, o trabalhador poderá utilizar um aplicativo especialmente desenvolvido para celulares (com versões IOS e Android) ou acessar o ambiente.

A Carteira Digital tem como identificação única o número do CPF do trabalhador, que passa a ser o número válido para fins de registro trabalhista.

Operação embarga 260 hectares de áreas desmatadas e aplica R$ 371 mil em multas na Bahia

Domingos Matos, 24/09/2019 | 08:33

Mais de 260 hectares de áreas desmatadas foram embargadas na Bahia durante a primeira semana da “Operação Mata Atlântica em Pé”, que aconteceu em 16 estados brasileiros até a última sexta-feira (20). A operação fiscalizou 27 alvos baianos e aplicou R$ 371 mil em multas. Além disso, emitiu 16 autos de infração em razão de supressão irregular de vegetação nativa, apreendeu 80,84 metros de carvão vegetal e 48,56 metros estéreos de lenha e destruiu 13 fornos que eram utilizados para produzir carvão vegetal de origem ilegal. Os embargos foram efetuados para garantir a recuperação das áreas ou a regularização delas junto ao órgão competente.

Capitaneada pelo Ministério Público, a 'Mata Atlântica em Pé' percorreu os estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. O objetivo dos MPs foi combater o desmatamento e garantir a proteção de regiões que integram o bioma da Mata Atlântica.

As fiscalizações aconteceram com o apoio da Polícia Militar, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e órgãos estaduais ligados à questão ambiental, sendo na Bahia o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). De acordo com dados do Instituto SOS Mata Atlântica e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), a mata atlântica ocupa apenas 12% da sua cobertura original e se situa numa área onde vivem mais de 70% da população brasileira. Os dados, de acordo com o promotor de Justiça Fábio Côrrea, que coordena o Núcleo Mata Atlântica (Numa), do MP da Bahia, explicam o motivo do esforço conjunto do MP nacional para coibir o desmatamento nos polígonos identificados como mais ameaçados, nos quais estão sendo realizadas as fiscalizações. Ainda segundo ele, a operação se estende no estado baiano esta semana.

 

Itacaré realiza palestra sobre a “Prevenção do Suicídio”

Domingos Matos, 16/09/2019 | 07:07

A Prefeitura de Itacaré se une à campanha nacional Setembro Amarelo de Combate ao Suicídio, promovendo uma série de ações, palestras e informações sobre os riscos desse problema e a abordagem de um tema tão complexo que tem tirado muitas vidas. E como parte dessas ações, a Secretaria de Desenvolvimento Social de Itacaré estará realizando na próxima quarta-feira (18), a palestra com o tema “Prevenção ao Suicídio – Setembro Amarelo”, com a psicóloga Ana Paula Laranjeira.

A palestra acontecerá às 10 horas da manhã na sede da Secretaria de Desenvolvimento Social, ao lado do Clube Pirajá, e é aberta a todas as pessoas interessadas em conhecer mais sobre o problema e descobrir as formas de ajudar cada vez mais a mostrar o dom da vida. De acordo com a secretária de Desenvolvimento Social de Itacaré, Sirlândia Lyrio, o objetivo desse trabalho é alertar a comunidade sobre o problema, acompanhar e prestar assistência as pessoas, nformar sobre os fatores de riscos e as formar de apoio, como elevar a autoestima, o bom suporte familiar, os laços sociais estabelecidos, atividades de lazer, o senso de responsabilidade com a família e mostrar a importância da vida.

Setembro Amarelo é uma campanha brasileira de prevenção ao suicídio, iniciada em 2015. É uma iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). O mês de setembro foi escolhido para a campanha porque, desde 2003, o dia 10 de setembro é o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio. A ideia é promover eventos que abram espaço para debates sobre suicídio e divulgar o tema alertando a população sobre a importância de sua discussão.

No Brasil, o suicídio é considerado um problema de saúde pública e sua ocorrência tem aumentado muito entre jovens. De acordo com números oficiais, 32 brasileiros se matam por dia em média, sendo essa uma taxa maior do que a de vítimas de AIDS e da maioria dos tipos de câncer. De acordo com um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) de 2014, o Brasil está em oitavo dentre os países com maior número de suicídios. No mundo, o suicídio é a terceira causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos e a sétima causa de morte de crianças entre 10 e 14 anos de idade. A OMS também afirma que o suicídio tem prevenção em 90 por cento dos casos.

 

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.