Tag: buscam

Geraldo: Sei como resolver o problema da saúde de Itabuna, porque já fiz duas vezes

Domingos Matos, 27/11/2019 | 08:40
Editado em 27/11/2019 | 08:50

O ex-prefeito Geraldo Simões deu entrevista nessa terça-feira (26), à radialista Silmara Sousa, na Rádio Interativa FM. Na saída, comentou sobre a saúde em Itabuna: "Fui questionado sobre o caos na Saúde em Itabuna. Quando fui Prefeito a Saúde não tinha tanto financiamento como tem hoje, mas deixei toda rede informatizada, Gestão Plena funcionando, atendimento de excelência para a população de Itabuna e dos Municípios pactuados".

De acordo com Geraldo, "os hospitais conveniados e demais prestadores recebiam em dia, quando não adiantado, os servidores trabalhavam felizes, sem atraso de salários e com boas condições para desenvolver suas capacidades. Na verdade, não há segredo, mas tem que ter gestão responsável com o dinheiro público, dando o exemplo aos servidores, fornecedores e prestadores, para que cada um se sinta responsável pela excelência do serviço, entendendo que cada ação representa um passo para salvar uma vida ou, pelo menos, assegurar dignidade às pessoas que buscam atendimento."

Anvisa atesta: Banco de Sangue da Santa Casa é considerado como um dos mais seguros da Bahia

Domingos Matos, 19/11/2019 | 09:11
Editado em 18/11/2019 | 20:46

Pelo terceiro ano consecutivo, o Banco de Sangue da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna foi considerado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), como um dos serviços hemoterápicos de melhor classificação sanitária no estado da Bahia.

De acordo com os critérios avaliados através de um roteiro de inspeção padronizado, a unidade obteve um excelente resultado, com 99.4% de adequação. Segundo a verificação das condições de funcionamento do serviço, todas as rotinas obedecem às exigências da legislação hemoterápica. “A pontuação obtida na inspeção classifica o serviço como de baixo risco potencial, que é a melhor classificação para um serviço de hemoterapia. Isso significa, na verdade, que produzimos hemocomponentes de qualidade e que as transfusões realizadas na unidade são de baixo risco para os pacientes”, comenta a biomédica Raquel Gois, coordenadora do laboratório do Banco de Sangue.

Contudo, ela diz que é importante deixar claro que não existe transfusão sem risco. “O que buscamos é realizar os procedimentos críticos da melhor forma possível, para minimizá-los”, diz. E se mostra satisfeita com o resultado. “Estou feliz com o desempenho da equipe, ao mesmo tempo em que me sinto com uma responsabilidade ainda maior em mantermos esse padrão”, destaca. Para Jerônimo Polon, coordenador administrativo do Banco de Sangue, o resultado da inspeção é uma prova de que as revisões nos protocolos de atendimento e as consequentes mudanças implementadas na rotina ao longo dos últimos anos, alcançaram o efeito esperado. “Nos deixa muito feliz saber que estamos disponibilizando um componente sanguíneo seguro para os pacientes”, diz.

A responsável técnica do Serviço, Dra. Regiana Quinto (foto), diz que esse resultado mostra o ganho de qualidade na assistência hemoterápica dentro da Santa casa de Misericórdia de Itabuna. “Observamos que ao longo dos anos nós buscamos nos aprimorar e nos adequar às normas que são sempre atualizadas pela legislação hemoterápica, a fim de oferecer o melhor atendimento ao paciente receptor de sangue”, pontua.

A médica destaca ainda que além de atender aos hospitais Calixto Midlej Filho e Manoel Novaes, o Banco de Sangue tem uma importância regional, por assistir as cidades circunvizinhas. “Prestamos assistência ao Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães com cerca de 350 a 400 bolsas de hemocomponentes por mês e ainda fazemos a distribuição para unidades de outras cidades”, conclui.

 

Governadores do Nordeste buscam investimentos na França, Itália e Alemanha

Domingos Matos, 12/11/2019 | 14:31

Na próxima segunda-feira (18), os governadores do Nordeste iniciam uma série de reuniões na Europa em busca de investimentos para áreas integradoras da região, como sustentabilidade, infraestrutura, turismo, saúde, segurança pública, saneamento e energias limpas. A passagem pela França, Itália e Alemanha é uma das primeiras articulações internacionais feitas pelo Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste (Consórcio Nordeste).

Nos três países, os gestores vão apresentar o funcionamento do Consórcio e um mapa de oportunidades do Nordeste, inclusive com a perspectiva de abertura de parcerias público-privadas (PPP). A comitiva participa de eventos com empresários e tem reuniões com setores econômicos e governamentais em Paris, nos dias 18 e 19, em Roma, no dia 20, e em Berlim, nos dias 21 e 22.

Entre os destaques, estão previstos encontros com o grupo francês Engie, que atua na geração de energia, e a norueguesa Golar, empresa de transporte de gás natural liquefeito. Há ainda a possibilidade de ampliação de parcerias com entidades financiadoras, a exemplo da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) e do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida), que já investem em projetos de sustentabilidade, agricultura e combate à pobreza no Nordeste.

Além do presidente do Consórcio Nordeste, o governador Rui Costa (Bahia), participam da missão internacional os governadores Renan Filho (Alagoas), Camilo Santana (Ceará), João Azevêdo (Paraíba), Paulo Câmara (Pernambuco), Wellington Dias (Piauí), Fátima Bezerra (Rio Grande do Norte) e Belivaldo Chagas (Sergipe), assim como o vice-governador Carlos Brandão (Maranhão).

“Essa missão internacional é bastante representativa na história do Brasil porque estamos conseguindo unir nove estados em uma viagem única para buscar no exterior o desenvolvimento do Nordeste. Vamos mostrar aos investidores estrangeiros o potencial que temos em áreas como turismo e energia renovável. A perspectiva é gerar ainda mais emprego e renda para nosso povo”, comentou o presidente do Consórcio e governador da Bahia, Rui Costa.

 

Sobre o Nordeste

Com 57,1 milhões de habitantes, o Nordeste é responsável por 14,3% do PIB do Brasil. A economia da região é baseada nos setores de comércio e serviços, indústria e agropecuária. Um dos objetivos da criação do Consórcio Nordeste é promover o desenvolvimento social e econômico sustentável da região.

 

 

Professores da Uesc desenvolvem estudo para degradar petróleo

Domingos Matos, 12/11/2019 | 08:10

O vazamento de óleo no litoral do Nordeste, que teve início no mês de agosto, se tornou um dos assuntos mais comentados no país. Com diversos desdobramentos, mas ainda sem uma causa ou solução clara, cientistas buscam alternativas que podem contribuir para reverter a situação. Esse é o caso dos pesquisadores João Carlos Dias e Rachel Rezende, professores da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), que há 17 anos desenvolvem um biorreator, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), com potencial para degradar o óleo encontrado nas praias nordestinas.

O trabalho começou em um laboratório da universidade, com o intuito de investigar micro-organismos da Refinaria Landulfo Alves, para orientar o projeto de pesquisa das alunas Bianca Maciel e Ana Santos. “Isolamos e refrigeramos micro-organismos com potencial de degradação. O objetivo era recuperar compostos do petróleo para se tornarem reutilizáveis”, explica Rachel Rezende.  

A professora relata que até hoje eles alimentam o biorreator, capaz de diluir o material contaminado e ainda tornar o óleo útil outra vez. “Vale lembrar que tudo isso ainda é realizado a nível laboratorial. Com mais possibilidades de investimento, poderíamos ampliar a produção para, quem sabe, chegar a um nível industrial”, ressalta.

Devido aos recentes acontecimentos com o óleo encontrado nas praias do Nordeste, os pesquisadores decidiram testar se os resíduos poderiam ser degradados neste processo. Em quatro dias, o produto se degradou. “Um conjunto de micro-organismos atua de forma mútua utilizando estes compostos como fonte de carbono. Durante a degradação, é produzido um complexo de origem microbiana que diminui a tensão superficial entre óleo e água, tornando o óleo mais solúvel na água e facilitando para que os micro-organismos utilizem os compostos de hidrocarboneto”, destaca Raquel. 

A pesquisadora vislumbra que, no futuro, os benefícios deste processo poderão ajudar a recuperar áreas ambientais que sofreram com a contaminação de resíduos. “Os micro-organismos são os únicos capazes de fazer este tipo de degradação. A gente só precisa estruturá-los”, afirma.

Além da Fapesb, a pesquisa recebeu apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Refinaria Landulfo Alves e do Plano Nacional de Ciência e Tecnologia do Setor Petróleo e Gás Natural (CT – Petro).

Itabuna sedia Seminário Territorial de Formação Continuada

Domingos Matos, 11/11/2019 | 08:11

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia, por meio do Instituto Anísio Teixeira (IAT/SEC), inicia a partir desta semana, a realização dos Seminários Territoriais da Formação Continuada – Saberes e Fazeres. A atividade reunirá diretores escolares, coordenadores pedagógicos, professores, estudantes e representantes das equipes técnicas dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) dos 27 Territórios de Identidade da Bahia.

O Seminário em Itabuna foi aberto às 8 horas da manhã de hoje (11), no auditório da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC), no Centro, com a participação dos educadores dos Núcleos Territoriais de Itabuna, Eunápolis e Teixeira de Freitas.

Ao todo serão realizados 12 encontros, um em cada Polo Formativo que sediou as atividades da Formação Continuada promovida pelo IAT. O último está previsto para acontecer em Juazeiro, no dia 11 de dezembro.

Segundo a diretora geral do Instituto Anísio Teixeira, Cybele Amado, os Seminários Territoriais buscam promover a troca de experiências entre os educadores e a socialização de conhecimentos em relação aos conteúdos trabalhados na Formação Continuada e que impactaram a prática pedagógica em sala de aula. “Esta troca de conhecimento é fundamental, pois acreditamos nos territórios colaborativos e sabemos que juntos encontramos os melhores caminhos para o fortalecimento das aprendizagens”, informou.

Formação Continuada
Por meio do IAT, a Secretaria da Educação está promovendo a Formação Continuada de diretores escolares e coordenadores pedagógicos da Rede Estadual de Ensino, além das equipes técnicas dos NTE. Esta ação tem como foco o fortalecimento das aprendizagens dos estudantes, em especial os que estão entre o 6º e o 9º ano e Ensino Médio.

Diretora Pedagógica do Instituto Anísio Teixeira, Diana Melo explica que a Formação Continuada tem como pilares o currículo, a avaliação e a prática pedagógica. “Este ano realizamos quatro encontros formativos em que trouxemos para pauta as funções, rotinas e práticas inseridas na atuação dos diretores e coordenadores com foco na gestão das aprendizagens, além de temáticas como currículo e avaliação como indutores do planejamento para as escolas e a leitura como disparador para a resolução de problemas”, informou.

Esta ação alcança cerca de 2,3 mil profissionais da educação. Mas, o número já tende a aumentar após o início da Formação Continuada para os municípios em Regime de Colaboração. A expectativa é alcançar cerca de 6 mil profissionais da educação. Em 2020 a Formação Continuada chegará, também, a todos os professores via Educação a Distância (EaD).

Vigilância investiga relação de queimaduras em turista com óleo em praia ilheense

Domingos Matos, 04/11/2019 | 07:00

Depois de dar entrada no Pronto Atendimento da zona sul de Ilhéus, na tarde de sábado (2), o empresário mineiro, Anderson Gabriel Palmela, de 38 anos, sente-se melhor. Ele chegou à unidade com queimaduras no corpo após tomar banho de mar na Praia dos Milionários e relatou que sentiu o incômodo ainda na água. A Vigilância de Saúde Ambiental do município investiga a relação do caso com o óleo encontrado nas praias ilheenses, após desastre ambiental que afeta o litoral nordestino.

Depois de ir para casa e tomar banho, percebeu que os sintomas pioraram.  “Meu corpo começou a coçar e queimar muito no mar. Quando cheguei em casa, no banho, a água ficou escura no chão e oleosa, mas na praia eu não vi óleo”, contou o rapaz ao site Correio. Ele disse ainda que horas mais tarde, foi com o secretário de Saúde, Geraldo Magela até a praia e viu fragmento de óleo no local.

Gleidson Santana, coordenador da Vigilância de Saúde Ambiental, disse que não há como relacionar o caso com a presença de óleo nas praias do Nordeste. “A partir da notificação desse caso, que foi isolado, a Vigilância investiga e alimenta o sistema. Acionamos o Centro de Toxicologia para informar a situação. O rapaz será encaminhado ao dermatologista que fará novos exames”.

Orientação

Enquanto as investigações buscam identificar a origem do problema, a orientação da Vigilância à população é evitar o contato com o óleo, porque existem sintomas pelo contato dermatológico, por inalação e ingestão. Diante disso, recomenda-se a utilização dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) orienta para o caso de entrar em contato com o óleo, a população deve tomar cuidado ao retirar o produto. Se houver reação alérgica, ou ingestão acidental, procurar um posto de saúde mais próximo. Recomenda-se usar água e sabão, fricção mecânica e evitar retirar o produto com soluções tóxicas.

Cerca de 20 dias antes da chegada das primeiras manchas de óleo, a Prefeitura Municipal, junto à Marinha do Brasil, Corpo de Bombeiros Militar da Bahia e órgãos ambientais, articulou uma megaoperação para controle e combate ao óleo, reunindo militares e técnicos com a participação de centena de voluntários para limpeza das praias.

Novo laser produzido na Bahia inova no ramo da nanotecnologia

Domingos Matos, 17/09/2019 | 09:20

Em um momento no qual o investimento na ciência está cada dia mais escasso, cientistas buscam novas formas para continuar trabalhando no país. É neste cenário que o pesquisador da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) Helinando Pequeno, junto ao seu grupo de pesquisa, em parceria com a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), está desenvolvendo um novo tipo de laser flexível que conta com baixo valor de produção e poderá servir à toda área de engenharia, medicina, entre outros.

O laser, que pode ser utilizado para esterilizar equipamentos e possui diversas outras funções, foi baseado em estudos de nanotecnologia, por meio de uma técnica conhecida como eletrofiação. O cientista explica que a ideia é oferecer um material que seja mais eficiente, mais versátil e mais econômico. “A vantagem principal está no custo da produção, pois a matéria-prima utilizada é mais barata em comparação a que é aplicada por outros laboratórios e ainda permite produzir uma quantidade alta do material”, afirma Helinando.

Em uma linguagem mais técnica, o profissional explica que buscou melhorar o limiar da emissão de laser através de nanoprismas de prata nas fibras. Segundo ele, isso representa um bônus numa estrutura opticamente ativa. “Em trabalhos anteriores, já havíamos produzido dispositivos para armazenamento de energia, à base de materiais flexíveis e de baixo custo, como o algodão e a celulose, até que decidimos nos unir ao grupo de óptica não linear e fotônica da UFPE e passamos a produzir novos sistemas com emissão laser”.

A expectativa é que a comunidade científica possa contar no futuro com um laser ecologicamente viável que retorne para a natureza sem agredir o meio ambiente. De acordo com o pesquisador, o grupo já está aprimorando o sistema para atingir este patamar. O projeto, que também já deu origem a alguns protótipos de laser em casca de ovo, ganhou notoriedade a partir da publicação recente na Scientific Reports, periódico de acesso aberto da Nature, revista científica britânica reconhecida mundialmente dentro do setor.

Policiais receberão R$ 40 milhões por redução de mortes no semestre

Domingos Matos, 11/09/2019 | 11:54

Cerca de R$ 40 milhões serão pagos para policiais militares, civis e técnicos que conseguiram reduzir, em pelo menos 6%, os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), na Bahia, no primeiro semestre de 2019, numa comparação com o mesmo período do ano passado. A iniciativa do Governo do Estado faz parte do Prêmio por Desempenho Policial (PDP), ação desenvolvida pela Secretaria da Segurança Pública (SSP), que busca incentivar e reconhecer os esforços no combate à criminalidade.

No total, serão 25,3 mil servidores contemplados, entre eles 19.590 militares, 4.355 civis, 841 técnicos e 563 que atuam em superintendências da SSP. Criado em 2013, o PDP já pagou R$ 172 milhões a 132,5 mil servidores.

“Buscamos sempre valorizar o nosso servidor com novos equipamentos, ampliação das equipes através de concursos, modernização do trabalho com incremento de novas tecnologias, entre outras medidas. O PDP é mais uma ferramenta que reconhece o esforço de todos”, destacou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

TVE estreia série sobre bastidores do jornalismo

Domingos Matos, 06/09/2019 | 15:34

A série de ficção ‘Contracapa’ estreia neste sábado (7), às 22h, na TVE Bahia, e retrata os bastidores da construção da notícia, sob a ótica do jornalismo investigativo. A produção, de 13 episódios, terá dupla veiculação (dois episódios por dias de exibição) e propõe uma discussão sobre o tradicional trabalho jornalístico, suas peculiaridades, contradições e desafios.

Financiada pelo programa Brasil de Todas as Telas, da Agência Nacional de Cinema (Ancine), a série foi dirigida por Guto Pasko, Franco Verdoia e Andréia Kaláboa e acompanha o dia a dia dos jornalistas que se veem envolvidos nas grandes reportagens investigativas, ao mesmo tempo que precisam lidar com dilemas pessoais e um mercado em crise financeira e de credibilidade.

A produção, ambientada em sua grande parte na redação do jornal fictício Gazeta Brasileira em Curitiba, leva até o público o imprescindível aspecto humano, apresentando de forma íntima e restrita a rotina dos profissionais que trabalham na linha de frente, apurando informações, escrevendo matérias, editando reportagens, ao mesmo tempo em que buscam equilibrar suas convicções pessoais com a pressão advinda de agentes externos.

 

Identificados servidores estaduais com indícios de irregularidades em benefícios previdenciários

Domingos Matos, 05/09/2019 | 18:39
Editado em 06/09/2019 | 01:57

Uma ação conjunta da Corregedoria-Geral do Estado (CGR) e da Auditoria-Geral do INSS detectou indícios de irregularidade no pagamento de benefício previdenciários para 69 servidores estaduais. O Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) instaurou procedimento para apuração dos benefícios, em função deles apresentarem sinais de que não possuem os pré-requisitos exigidos por lei para o recebimento.

A Lei Orgânica da Assistência Social (Lei Federal 8.742/93) estabelece que o benefício só pode ser pago a idosos acima de 65 anos ou para pessoas com deficiência que comprovem não possuir meios de prover a própria manutenção ou de ser mantido pela sua família.

Para ter direito ao benefício, os idosos ou pessoas com deficiência também devem comprovar que não recebem nenhum outro benefício previdenciário e que a renda familiar é inferior a um quarto do salário mínimo por pessoa.

Ação - A ação conjunta foi deflagrada após visitas técnicas de representantes da Corregedoria-Geral do Estado à Auditoria-Geral do INSS, em Brasília. As reuniões entre os membros dos dois órgãos resultaram na decisão de fazer o cruzamento de dados entre o banco de dados dos servidores ativos e inativos do Estado da Bahia com a base de dados do INSS, que abrange todos os vínculos empregatícios e de beneficiários do país.         

O cruzamento das informações identificou 69 servidores do Estado da Bahia que também recebem os Benefícios de Amparo Social ao Idoso ou ao Deficiente (BPC). Diante dos indícios de irregularidades detectados, a CGR solicitou ao INSS a instauração de procedimento apuratório em função dos casos terem ocorrido no âmbito da autarquia federal (INSS).

O secretário da Administração, Edelvino Góes, destacou a colaboração entre esferas públicas Estadual e Federal no combate as irregularidades e na preservação do erário. Na mesma linha ressaltou o Coordenador-geral de Auditoria em Benefícios do INSS, Luiz Claudio Sena. “O acordo de cooperação técnica firmado entre o INSS e a Corregedoria-Geral do Estado da Bahia, cujos resultados fortalecem os controles internos das duas instituições públicas, resultam no zelo com a Coisa Pública, já que buscam evitar fraudes ou irregularidades nos regimes de previdência, garantindo o bom uso de recursos do contribuinte”, explicou o servidor do Instituto Nacional de Seguridade Social.

Movimento nacional apresenta projeto para inclusão socioprodutiva de catadores

Domingos Matos, 02/09/2019 | 11:28

Um projeto para inclusão socioprodutiva de catadores por meio de participação na gestão integrada de resíduos sólidos pelos consórcios públicos da Bahia, iniciativa do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR), foi apresentado ao secretário estadual do Meio Ambiente, João Carlos Oliveira. A exposição ocorreu na última quinta-feira (29), no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador, contando com a participação dos representantes do movimento, João Paulo de Jesus e Ubiratan Barbosa, e a equipe técnica da Sema.

“Como a política do Governo do Estado está voltada para o fortalecimento dos consórcios públicos, e a Sema tem um papel fundamental no processo de educação ambiental na gestão dos resíduos sólidos, entendemos como salutar este projeto de inclusão social e geração de emprego e renda aos catadores”, destacou o secretário, João Carlos Oliveira. Por meio da equipe técnica, a Secretaria vai aprimorar o projeto junto com os representantes do MNCR, sobre um modelo participativo e inclusivo das cooperativas de catadores nesse novo modelo de gestão de resíduos sólidos na Bahia.

Além da apresentação do projeto, a reunião serviu também para a divulgação do encontro regional do MNCR, que será realizado em outubro, na capital baiana, e o encontro nacional dos catadores a ser realizado no mês de novembro, no município de Ilhéus. “O propósito dos encontros é fortalecer os catadores de materiais recicláveis no processo de organização, participação da classe na gestão integradas dos resíduos sólidos com os consórcios públicos e discutir parcerias com os poderes públicos para o fortalecimento das cooperativas e associações de catadores no estado”, explicou João Paulo.
 

MNCR 

O Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR) vem organizando há 16 anos os catadores e catadoras de materiais recicláveis pelo Brasil, buscamos a valorização da categoria e garantindo o protagonismo popular da classe. Como princípios, o movimento tem uma metodologia de trabalho guiada pela autogestão e organização, em que a participação de todos os catadores têm o propósito de ajudar a construir a luta de seus direitos.

 

Perícia vai apontar causa de princípio de incêndio no Instituto Municipal de Ensino de Ilhéus

Domingos Matos, 30/08/2019 | 07:02
Editado em 29/08/2019 | 22:48

Um princípio de incêndio causou um susto nos professores e alunos do Instituto Municipal de Ensino (IME). Por volta das 17 horas da última quarta-feira (28) começou a exalar um cheiro de fumaça que vinha de uma sala interna do prédio. Felizmente o Corpo de Bombeiros chegou ao local e controlou o foco. Engenheiros e técnicos da Coelba e da Prefeitura apuram as causas do incidente. Um laudo técnico será apresentado.

Segundo funcionários, o quadro de energia foi desligado e a Coelba acionada. Alunos, professores e funcionários foram rapidamente retirados para evitar inalação. A diretora Maria Sandra Leone garantiu que mesmo com o incidente, nenhum aluno será prejudicado. “Buscamos tranquilizar o alunado, pais e responsáveis quanto ao retorno das aulas, a fim de não comprometer o período de provas”, explicou a diretora.

Vida preservada – Logo que tomou conhecimento da situação, o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre entrou em contato com a Seduc para saber de mais informações quanto ao estado de saúde das pessoas. “Felizmente, não houve feridos e o fogo foi controlado rapidamente, graças a Deus! Importante saber que a vida de nossas alunos, funcionários e professores foi preservada”, manifestou o prefeito.

A titular da Seduc, Eliane Oliveira relatou que as providências foram tomadas em tempo hábil. Na oportunidade, afirmou à Blitz da Secretaria Municipal de Comunicação Social (Secom) que o Governo Municipal está atento quanto as manutenções nos prédios escolares. A gestora disse que acompanha o cronograma dos serviços e informa as equipes de técnicos revisam periodicamente o sistema elétrico.

O IME foi incluído no projeto de requalificação total com outras 10 unidades escolares. A instituição de ensino possui cerca de 1.300 alunos distribuídos nos turnos, matutino, vespertino e noturno, além de realizar gestão compartilhada com a Escola Municipal Heitor Dias. Também realiza trabalho educacional em parceria com cursos de Teologia, Rotina Administrativa e Pré Militar, totalizando cerca de 1.600 alunos.

 

Ilhéus: prefeito e cabaneiros da Soares Lopes assinam termo para uso dos quiosques

Domingos Matos, 27/08/2019 | 18:37

Na manhã da última segunda-feira (26), o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre assinou, junto com os comerciantes cabaneiros, termo para uso dos quiosques de coco verde que foram construídos na Avenida Soares Lopes, no centro. Construído em espaço mais amplo e organizado, os novos equipamentos atendem as normas de segurança. O termo garante o uso dos quiosques por 10 anos, por ocuparem espaço público de uso comum e passam a contar da data da assinatura.

Por razão das obras de construção da nova ponte que vai ligar o centro urbano à zona sul da cidade, e das obras do sistema viário centro-norte, em andamento, o Governo Municipal assegurou aos cabaneiros um novo espaço. A medida garantiu que eles continuassem a trabalhar de forma legal. Os novos quiosques foram edificados em alvenaria, bloco, cimento, telhas, madeira e iluminação, de acordo com o moderno projeto arquitetônico.

Na opinião de Mário Alexandre é dever da administração municipal cuidar de seus munícipes. “A empregabilidade e a renda destes trabalhadores foram garantidos pela nossa gestão. No ano passado me reuni com esses comerciantes, buscamos uma solução conjunta e favorável, e a partir de agora, tem um instrumento que confere a eles legalidade para trabalhar”, salientou o prefeito.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Urbanismo, Jerbson Moraes, “todo o entorno será revitalizado, proporcionando assim mais conforto e comodidade para turistas e nativos”, disse. Alegria para o cabaneiro “Cabeça”, que há 30 anos vende seus produtos à ilheenses e turistas. “Desde quando cheguei aqui trabalhei muito e continuarei trabalhando com alegria e satisfação, pois foi garantido pra gente, isso não tem preço”, comemorou.

Depois de concluídos, os quiosques vão harmonizar com o traçado da nova ponte. O governo mantém a meta de ter os equipamentos funcionando na próxima temporada de verão. O ato contou ainda com a presença dos secretários municipais, Átila Docio (Infraestrutura); Hélio Ricardo (Comunicação); superintendente Paulo Sérgio (Indústria e Comércio) e dos comerciantes cabaneiros da Avenida Soares Lopes.

 

Itabuna: Taxistas buscam alternativas contra a retirada de praça da Rodoviária

Domingos Matos, 26/08/2019 | 18:26

Na tarde desta segunda-feira (26) estiveram presentes na Câmara de Vereadores os representantes dos taxistas, que trabalham na praça da Rodoviária de Itabuna. A categoria foi buscar apoio da vereadora Charliane Sousa contra a intenção do prefeito Fernando Gomes em retirar os mesmos da localidade com realocação da praça para as proximidades do posto Teúna.

Na oportunidade, os vereadores Enderson Guinho e Jairo Araújo também participaram da reunião e os taxistas reivindicam que a prefeitura ouça a sugestão e modifique a praça para o estacionamento em frente a rodoviária.

"Expliquei aos taxistas que, enquanto vereadores, não temos prerrogativa para impedir esse tipo de ação. Mas, que eles podem contar conosco numa reivindicação tão justa, onde estaremos recorrendo aos meios cabíveis para impedir tal ação e que irá prejudicar os trabalhadores, ressaltou Charliane”.

Sesttran: prazo para cadastramento dos Motofretistas será encerrado na próxima sexta-feira

Domingos Matos, 10/08/2019 | 17:29

Com o objetivo de legalizar a atividade de “Motofrete” no município, a Secretaria de Segurança, Transporte e Trânsito – Sesttran está realizando o cadastramento dos profissionais que trabalham realizando serviço de entregas em todas as modalidades, tais como: botijão de gás, água mineral, pizza, peças, medicação, dentre outras. A convocação para que a categoria compareça à Sesttran foi feita através do Edital de Chamamento Público Nº 01/2019, publicado no Diário Oficial do Município, em 10 de junho.

Todos os profissionais que exerçam a atividade sejam eles pessoas físicas ou jurídicas precisam realizar o cadastramento.  Os Motofretistas deverão comparecer à Diretoria de Transportes, na sede da Sesttran (Bairro Lomanto), no horário de 9 às 15h. O cadastramento teve início no dia 11 de junho e foi prorrogado pelo órgão até a próxima sexta-feira (16), quando será encerrado. Os prestadores do serviço necessitam apresentar: Carteira Nacional de Habilitação (CNH); Foto 3X4; Comprovante de endereço atualizado; Título de eleitor, com quitação eleitoral; Documento do veículo atualizado (CRLV); Certidão de Antecedentes Criminais; Nada consta da habilitação; Dados da empresa, cooperativa ou associação a que estiver vinculado e a Carteira de Trabalho (CTPS).

O titular da Sesttran, Gilberto Santana, pontua “que o objetivo da ação após o cadastramento prévio da categoria é legalizar a atividade de Motofrete no município, permitindo assim ao órgão: gerir, disciplinar e fiscalizar a prática regular do serviço. Para isso, serão feitas vistorias anuais obrigatórias, das quais só poderão participar os profissionais já devidamente cadastrados junto ao órgão. Através do cadastramento buscamos traçar o perfil do ofertante desse tipo de atividade”, conclui. Já o Assessor da Diretoria de Transportes, Pedro Miguel K. Júnior destaca “que o órgão objetiva também, elaborar um diagnóstico da realidade dos Motofretistas, nos termos da Lei Municipal Nº 2.260 de 19 de dezembro de 2013, que regulamenta o serviço individual de passageiros e cargas”, finaliza. Quaisquer outros esclarecimentos poderão ser obtidos na sede da Sesttran, junto à Diretoria de Transportes, ou pelo telefone: (73) 3214-7768, ramais 226/227.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.