Tag: cacau

Ricardo Xavier defende frente pelo fortalecimento da região cacaueira

Domingos Matos, 14/02/2019 | 16:27
Editado em 14/02/2019 | 16:31

Repetindo parte do que disse na posse como presidente do Legislativo de Itabuna, Ricardo Xavier (PPS) defendeu a criação de movimento regional pelo fortalecimento da região cacaueira. A nova declaração ocorreu nessa manhã, 14, ao recepcionar dois presidentes de câmaras municipais: Elio Almeida (Pode), de Buerarema; e Gabriel Nascif (PT), de Ubatã, que estava acompanhado do vereador ubatense Davidson Muniz (PTB).

Na visita de cortesia, Ricardo recordou que a luta pelo fortalecimento socioeconômico da região cacaueira é de todos. “O que sugerimos é a criação de uma frente suprapartidária em que o engajamento de cada agente político será determinante para viabilizar ações políticas conjuntas e eficazes”, frisou. O sul da Bahia é formada por 41 municípios e mais de 1 milhão de habitantes.

Ano Legislativo 2019  

Em Itabuna, o Ano Legislativo 2019 (que representa a 3ª Sessão Legislativa) será aberta amanhã, 15, às 14h. Cada Legislatura tem quatro sessões legislativas, uma por ano. A expectativa dos vereadores itabunenses é quanto à mensagem do Executivo, que será lida em Plenário. Nela o Governo explanará a realidade do município e as medidas adotadas pela gestão.

Na foto, (da esquerda para a direita): Babá Cearense (PHS/Itabuna), Robinho (PP/Itabuna), Ricardo Xavier (PPS), Elio Almeida (Pode), Gabriel Nascif (PT), Davidson Muniz (PTB) e Manoel Júnior (PV/Itabuna)

Produtores de cacau devem voltar a acessar crédito rural

Domingos Matos, 12/02/2019 | 15:31

Agricultores familiares produtores de cacau da Bahia devem voltar a fazer financiamento de crédito para implantação, ampliação ou modernização da estrutura de produção, beneficiamento, agroindustrialização do cacau, entre outras ações. A medida foi discutida, nesta terça-feira (12), por dirigentes e técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Rural do Estado da Bahia (SDR) e do Banco do Nordeste, no município de Ilhéus. 

O secretário em exercício da SDR, Jeandro Ribeiro, apresentou as diversas ações que estão sendo realizadas pela secretaria para fortalecer a cacauicultura baiana, como assistência técnica e extensão rural (Ater), apoio à reforma agrária, regularização fundiária, mecanização rural, além dos investimentos realizados por meio de projetos como o Pró-Semiárido e o Bahia Produtiva.

Ribeiro enfatizou que é preciso somar esforços para a região cacaueira: "É um desafio que trazemos, mas essa é uma estratégia de juntar todos os investimentos e potencializá-los como esse acesso ao crédito".

Estiveram presentes técnicos da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR/SDR) e da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater/SDR), além de agentes das prestadoras de assistência técnica e extensão rural (Ater) dos Territórios de Identidade Litoral Sul, Baixo Sul, Médio Rio das Contas e Costa do Descobrimento.
Segundo o superintendente do Banco do Nordeste, José Gomes, com a SDR surgiu a possibilidade de voltar a atender os produtores de cacau: "Estamos aprofundando a discussão para atender os produtores que se encaixarem no perfil para o crédito para que possam retornar as atividades preponderantes na região".

Para operacionalizar crédito para a cacauicultura foram realizados encaminhamentos como visitas às áreas produtivas, capacitação das entidades de Ater e andamento do projeto de conservação produtiva.

*Plano operacional* 
A reunião é desdobramento da estratégia do Plano Operacional para o Cacau e Chocolate da Bahia, lançado pelo Governo do Estado, em novembro de 2018, que atenderá 20 mil agricultores. O plano prevê o desenvolvimento de ações que permitirão elevar, em cinco anos, a produção de cacau na Bahia para 240 mil toneladas/ano, até 2022, e consolidar a fabricação de chocolates finos com certificado de origem no Sul da Bahia.

 

Festival Choco Summer incrementa calendário do verão de Ilhéus

Domingos Matos, 12/02/2019 | 10:06

Durante dez dias, de 1° a 10 de fevereiro, ilheenses e turistas se deliciaram com a 3ª edição do Festival Choco Summer, realizado pela MVU Promoções e Eventos, com apoio da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Turismo e Esporte (Setur). O espaço montado na Avenida Soares Lopes, principal cartão postal da cidade, reuniu 48 expositores, a maioria deles empreendedores da área de chocolate.

O festival atende diferentes gostos, por reunir gastronomia, música e negócios, com exposição e comercialização de chocolates em um único ambiente. Este ano, a exposição tronou-se mais um atrativo do projeto “Cidade Verão”, complexo de lazer turístico instalado na Avenida Soares Lopes.

O idealizador do Choco Summer, Marco Lessa, falou sobre a mudança. ”No próximo ano, o festival deve acompanhar o calendário do “Cidade Verão”, por isso deve  começar logo após o Réveillon e se estender até o final de janeiro, terá uma durabilidade maior, pois  vem crescendo ano após ano a quantidade de expositores, a estrutura e a programação cultural”, adianta.

A expositora Laís Farias, de Ipiaú, além dos chocolates tradicionais trouxe amêndoas de cacau caramelizadas com canela. “O produto fez o maior sucesso aqui, assim como o chocolate com 70% de cacau, sem lactose, sem glúten, sem conservantes, é artesanal, gourmet, o mais natural possível. Nossos licores com diversos sabores também foram sucesso de vendas”, comemorou Laís.

 

Policiais da Cipe Cacaueira recebem instruções do Bope

Domingos Matos, 11/02/2019 | 18:18

Trinta horas de treinamento intensivo fizeram com que oito praças da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Cacaueira aprimorassem os conhecimentos num curso de rastreamento e contrarastreamento, ministrado em Ilhéus, no Núcleo de Ensino e Instrução, pelo Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), e encerrado na última quinta-feira (7).

Orientadas pelo soldado PM Élton Barbosa de Oliveira, as atividades, iniciadas na última terça-feira (5), contemplaram dois policiais de cada um dos quatro pelotões da Cipe Cacaueira. Segundo Barbosa, as noções de patrulhamento rural “transformam os policiais em verdadeiros atuantes da tropa de elite”.

O comandante da especializada, major Ricardo José Souza e Silva, afirmou que o curso ajudará o efetivo na localização de criminosos. “A maioria desses bandidos se esconde dentro das matas e rastrear seus passos facilitará a prisão”, declarou, observando que o contrarastreamento, que é uma proteção para a tropa, é aprendida ao longo do curso.

Ainda explicou que essa capacitação em parceria com o BOPE “aumentará a eficiência da tropa, elevando o grau de segurança nas operações, principalmente em relação a ataques a carros-fortes e roubos a banco”.  

SDR e Banco do Nordeste promovem encontro em Ilhéus para discutir abertura de linha de crédito

Domingos Matos, 11/02/2019 | 14:01

Dirigentes e técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Rural do Estado da Bahia (SDR) e do Banco do Nordeste se reunirão, nesta terça-feira (12), às  9 horas, na sede do Banco do Nordeste, no município de Ilhéus, Território de Identidade Litoral Sul, com o objetivo de discutir a abertura de uma linha de crédito para agricultores familiares produtores de cacau. Os recursos são destinados ao fortalecimento da base de produção da lavoura cacaueira.

A reunião integra a estratégia do Plano Operacional para o Cacau e Chocolate da Bahia 2018-2022, lançado pelo Governo do Estado, em novembro de 2018, que atenderá 20 mil agricultores,  e prevê o desenvolvimento de ações que permitirão elevar, em cinco anos, a produção de cacau na Bahia para 240 mil toneladas/ano, até 2022, e, consolidar a fabricação de chocolates finos com certificado de origem no Sul da Bahia.

Participam ainda do encontro técnicos da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) e da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), além de agentes das prestadoras de assistência técnica e extensão rural (Ater) dos Territórios de Identidade Litoral Sul, Baixo Sul, Médio Rio das Contas e Costa do Descobrimento.

 
 
 
 

Itacaré: governo assina Protocolo de Intenções para investimentos no turismo

Domingos Matos, 08/02/2019 | 18:30

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, participou na noite da última terça-feira (05) de uma reunião com o Conselho Municipal de Turismo (Comtur), com o objetivo de discutir e implementar uma série ações voltadas para o turismo do município e as medidas envolvendo os mais diversos setores da cidade. Na oportunidade, o prefeito assinou junto com o Comtur o Protocolo de Intenções “O Turismo que Queremos”, com diversas ações conjuntas e compartilhadas voltadas para o fortalecimento do turismo e o desenvolvimento da cidade.

Na lista de ações está a elaboração e implantação do Plano Municipal de Turismo, que passa pela harmonização e definição sobre o volume e nicho de visitantes que são desejados pela comunidade itacareense, levando em consideração a geografia, o meio ambiente, a infraestrutura e o desenvolvimento socioeconômico da cidade. Também está prevista a conclusão do Plano Municipal de Saneamento Básico e acompanhamento do Comtur do cronograma de implantação.

Outra ação importante é o aumento da fiscalização e combate a informalidade, tendo em vista a necessária ampliação de receitas pelo município para garantir uma prestação de serviços qualificada aos moradores e aos visitantes. Também se comprometeu a implantar o Serviço de Atendimento ao Turista (SAT), estrutura física relevante para o acolhimento dos visitantes, reforçando a imagem positiva da cidade.

Ainda como parte das ações conjuntas será feita a implantação do Grupo de Trabalho para o desenvolvimento do Circuito Turístico do Rio das Contas e Taboquinhas, que busca valorizar as atrações e belezas naturais que circundam o Rio, tendo por base o Turismo Comunitário, como fazendas de cacau, comunidades quilombolas e ribeirinhas, atrativos naturais, restaurantes e pesca esportiva. O prefeito Antônio de Anízio destacou que grande parte das ações do Protocolo de Intenções já vem sendo implementadas pela Prefeitura de Itacaré e reafirmou a necessidade da participação de todos os segmentos para que fortalecer cada vez mais o turismo da cidade.

 

Tecnologia da Biofábrica é aprovada pelo Banco Mundial

Domingos Matos, 07/02/2019 | 12:30

Representantes do Governo do Estado apresentaram na última terça-feira (05) em Ilhéus, a Biofábrica de Cacau, projeto referência na produção de mudas de qualidade, a integrantes do Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD/Banco Mundial).

A visita faz parte da programação da Missão de Avaliação do projeto Bahia Produtiva, executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), e visa firmar uma parceria com a Biofábrica para fornecer mudas para os beneficiários do projeto contemplados nos editais de Fruticultura e Mandiocultura.

O diretor-presidente da CAR, Wilson Dias, acompanhou a visita e revelou que a  Biofábrica será parceira do projeto: "São mudas de qualidade, de cacau principalmente, mas também de outras espécies  que ajudam os agricultores a terem o maior índice de  produtividade nas suas propriedades. Por isso, fazemos questão de trazer o Banco para conhecer, porque é daqui que a gente pode fluir com essa possibilidade mudas de qualidade em cada propriedade dos agricultores familiares, gerando ampliação de renda e qualidade de vida".

A Biofábrica produz uma vasta quantidade de cultivares, entre mandioca, essências florestais, cacau e outras fruteiras e, recentemente, implantou o Kit Sistemas Agroflorestais (Kit SAF), que reúne mudas de cacau, açaí, graviola, abacaxi, urucum, goiaba, banana, mandioca, ipê, leucena, pau-cigarra, pau-brasil, olho de pavão, entre outras. O Kit SAF tem o objetivo de proporcionar ao agricultor, simultaneamente, um componente produtivo, arbóreo e de alimentação.

Para o diretor do Banco Mundial para o Brasil, Martin Raiser, foi satisfatório ver o trabalho dos especialistas que fazem multiplicar as mudas para entregá-las aos produtores: "Espero muito que essa fábrica continue seu papel de formar mudas de qualidade  para todos os produtores. Visitamos alguns produtores e eles têm planos de expandir  a área de cacau aqui no Sul da Bahia  para resgatar um pouco  a tradição do cacau, mas fazendo isso de maneira  ecologicamente sustentável. Estou muito feliz de ver esse projeto, financiado com os recursos do Banco Mundial, se desenvolvendo".

Segundo o diretor da Biofábrica, Lanns Almeida, a relação com o Banco Mundial e  com a SDR/CAR trará a efetividade de um investimento direto do Bahia Produtiva na compra de um material de alta qualidade genética e agronômica para a distribuição aos projetos atendidos: "Pra gente é um momento importante. Essa missão técnica no banco, aqui no parque fabril, nos enche de muito orgulho".

 

 

Presidente do CREA-BA vai falar sobre segurança de barragens em reunião da Amurc e Cimurc

Domingos Matos, 07/02/2019 | 12:03

O presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Bahia (CREA/BAHIA), Luis Edmundo Prado de Campos (foto) estará presente nesta quinta-feira (7), na Câmara de Vereadores de Barra do Rocha, em uma reunião promovida pela Associação dos Municípios da Região Cacaueira e o Consórcio Intermunicipal do Médio Rio das Contas (CIMURC) para tratar sobre Segurança de Barragens.

O 3ª encontro com prefeitos, autoridades e a sociedade civil organizada acontece com o objetivo de discutir ações preventivas visando prevenir possíveis danos ambientais e humano, por conta da barragem de rejeitos da Mirabela. Segundo o coordenador executivo da Amurc, Luciano Veiga, o assunto será ampliado para outras barragens que existem na Bahia e que podem ocasionar o mesmo dano em termos de sinistro.

O presidente do CREA, que é engenheiro civil e especialista em Solo vai apresentar as condições de segurança das barragens da Bahia. Ainda segundo ele, “serão apresentados assuntos relacionados a ação do órgão na região e serão firmadas parcerias com diversos municípios visando uma maior aproximação, principalmente na fiscalização de obras”, completou Luis.

Está prevista ainda na reunião, a assinatura de um termo de cooperação técnica entre a Associação/Município e o CREA/BA, visando a troca de informações para otimizar a atuação do órgão e das prefeituras associadas, além de projetar a implantação de um escritório de assistência técnica de engenharia nos municípios.

A Câmara de Vereadores de Barra do Rocha fica localizada na rua Maria Oliveira Bitencurt, s/n - Centro, Barra do Rocha – BA.

 

Especial Imeam 40 anos: governo confirma convênio com a Polícia Militar

Domingos Matos, 07/02/2019 | 07:09
Editado em 07/02/2019 | 10:06

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, anunciou na quarta-feira (06) a assinatura de um convênio entre a prefeitura, através da Secretaria Municipal da Educação de Itabuna (SME) e a Polícia Militar da Bahia (PM/BA) para implementar no Instituto Municipal de Educação Aziz Maron (IMEAM) a primeira escola municipal da cidade que terá a disciplina militar como modelo orientador de ensino. A formação do convênio dá início à comemoração dos 40 anos do IMEAM e foi confirmada pela secretária municipal da Educação, professora Nilmecy Santos Gonçalves, na sede do Comando Geral da PM, em Salvador. A secretária esteve reunida com o comandante geral, Coronel Anselmo Alves Brandão, com o tenente-coronel Ricardo Albuquerque, assessor do comandante geral; e com o comandante do 15º Batalhão da Polícia Militar (BPM), de Itabuna, tenente-coronel Daniel Riccio, para assinatura do Termo de Cooperação Técnica. O encontro foi acompanhado ainda pelo jornalista oficial do Comando Geral da PM, Washington Silva de Oliveira.

Pelas orientações, o IMEAM passará a contar, já neste ano de 2019, com o mesmo sistema de ensino adotado nas demais escolas militares do estado. Para além do novo modelo de ensino, acontecerão também mudanças importantes na estrutura física na escola, que passará por reforma.

O prédio ganhará a mesma identidade visual praticada pelos CPM’s (Colégios da Polícia Militar): fachada externa baseada nas cores branca, azul e vermelha; e o interior da escola nas cores amarela, azul, branca e vermelha.

A perspectiva da Secretaria Municipal da Educação (SME) é a de que a reforma esteja concluída antes do início do ano letivo, em 16 de maio. O escopo administrativo da escola passará a contar com uma direção compartilhada e oficiais da reserva do 15º BPM farão parte da equipe diretiva, organizados numa direção administrativa e pedagógica militar, um coordenador disciplinar e seis tutores disciplinares.

Um outro diferencial do convênio será o fardamento dos alunos, que também ganhará uma padronização parecida com a dos CPM’s.

A secretária da Educação de Itabuna, Nilmecy Gonçalves, indica que, nas próximas etapas, os detalhes desta parceria serão apresentados para a equipe gestora da escola, para os professores, estudantes, pais e funcionários; também será elaborado, já nos próximos dias, o Regimento Interno Disciplinar, que será submetido ao Conselho Municipal de Educação de Itabuna (CME); o projeto será socializado com o Ministério Público do Estado da Bahia, com o Fórum Regional dos Secretários da Educação da Associação dos Municípios da Região Cacaueira (FORSEC/AMURC), com o Fórum Municipal da Educação, com a Câmara Municipal de Vereadores,  com o Conselho Tutelar, com o Conselho Municipal de Segurança, com o Sindicato do Magistério Municipal Público de Itabuna (SIMPI) e com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itabuna (SINDSERV). A previsão da SME é a de que, cumpridas todas as etapas, o projeto seja concluído e entregue à comunidade escolar do IMEAM até o final do mês de março.

O comandante geral da PM/BA, Coronel Anselmo Brandão, aponta que a experiência de parceria entre prefeituras e a Polícia Militar já acontece na esfera da Rede Municipal de Ensino de Salvador e em outras cidades do interior, sempre com bastante sucesso e resultados exitosos.

Em Itabuna, o IMEAM será a primeira unidade escolar da rede pública municipal de ensino a contar com esse apoio, mas a proposta do prefeito Fernando Gomes é de estendê-lo para outras unidades escolares.

O IMEAM foi inaugurado em 1979, na primeira gestão do prefeito; foi a primeira escola de grande porte inaugurada no município e o aniversário de 40 anos será comemorado no dia 28 de julho. A assinatura do Termo de Cooperação Técnica será concluída no próximo dia 12 de fevereiro (terça-feira), em Itabuna, quando o comandante geral do 15º Batalhão da Polícia Militar, o tenente coronel Daniel Riccio e o capitão Altamiro Conceição Oliveira (diretor adjunto do CPM de Itabuna) se reunirão com o prefeito e com a secretária municipal da Educação.  Nesta data, o prefeito assinará o Termo de Cooperação Técnica, selando a parceria.

Para Nilmecy Gonçalves, que costurou a efetivação desse convênio entre a PM e a prefeitura, esse momento será um divisor de águas no sentido de resgatar a tradição  histórica e social  do IMEAM, sua qualidade de ensino e a valorização  dos talentos individuais. “Teremos definitivamente um NOVO IMEAM”, disse a secretária, prevendo que a escola retomará a sua predisposição natural para a cultura, com projetos como o da fanfarra e ainda incentivo ao esporte entre os alunos.

O projeto prevê também que a escola ganhe biblioteca e um “Espaço do Registro Histórico” (sala especial com documentos, fotos e publicações que destacarão a história dos 40 anos da escola e as personalidades municipais que fizeram parte do quadro discente da unidade). Também serão aferidas ações específicas e mais incisivas de prevenção e cuidados com o corpo, orientando os alunos para a preservação da saúde.

 

Encontro do Sebrae envolve lideranças no fortalecimento dos pequenos negócios

Domingos Matos, 04/02/2019 | 14:17

O Sebrae em Itabuna promoveu um encontro com lideranças na última quinta-feira (31), para ouvir as ideias e proposições que poderão ser desenvolvidas em conjunto com a Unidade Regional ao longo de 2019. Outra ação como essa acontece na próxima quarta-feira (6), às 8h30, no auditório do Sebrae, em Ilhéus.

A iniciativa, de acordo com a gerente regional, Claudiana Figueiredo (foto), contempla empresas e instituições parceiras que trabalham com o desenvolvimento dos pequenos negócios.

“Estamos fazendo essa escuta mais profunda e ativa de todos os parceiros que têm vínculo com o fortalecimento dos pequenos negócios para entender quais são os gargalos, as dificuldades que eles identificam nas empresas e entidades, para que possamos complementar essas ações, dando sustentabilidade a esses negócios, em capacitações, na busca ao crédito e em todas as outras questões com o fortalecimento dos negócios”, afirma.

Claudiana reforça ainda a participação dos atores locais no desenvolvimento de ações do Sebrae tem um papel fundamental na missão da instituição, que é fortalecer e desenvolver os pequenos negócios de forma sustentável, além de fomentar o empreendedorismo. A ideia é construir um projeto de fortalecimento da região a partir das contribuições que possam gerar impacto efetivo nas ações empreendedoras.

Dentre as propostas, o coordenador executivo da Associação dos Municípios da Região Cacaueira, Luciano Veiga, falou da economia dos pequenos negócios. Ele reforça que é de fundamental importância realizar um “diagnóstico da economia local, visando levantar as melhores práticas nos municípios, além de fomentar o desenvolvimento de políticas públicas de desburocratização e compras públicas.

Crédito

Outro assunto bastante debatido por representantes da Caixa Econômica Federal foi a necessidade de investir em ações de orientação para a obtenção de crédito nas instituições financeiras.

O superintendente do banco, Marcus Vinícius Nascimento, explicou que os Microempreendedores Individuais (MEI) buscam, cada vez mais, captar crédito para investir em seus negócios. Mas, segundo ele, essa necessidade precisa estar alinhada às premissas essenciais de gestão.

Visando alinhar as necessidades, a gerente do Sebrae destacou que a instituição continuará investindo na transformação digital dos pequenos negócios, combinando ações voltadas para o meio físico.

“Continuaremos trabalhando com a orientação para o crédito, acreditando que a economia vai dar um ‘salto’, e trabalhando também com consultorias mais customizadas, indo nas necessidades dos segmentos”, conclui Claudiana.

O encontro reuniu também representantes da Associação das Micro e Pequenas Empresas do Estado da Bahia (Ampesba), do Fórum Empresarial da Bahia e da Associação das Pequenas e Microempresas de Itabuna (Apemi).

Projetos produtivos da Bahia recebem visita de representantes do Banco Mundial

Domingos Matos, 04/02/2019 | 13:09

Um grupo formado por representantes do Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD/Banco Mundial) e da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), realiza, de segunda-feira (04) a quarta-feira (06), a Missão de Supervisão do projeto Bahia Produtiva.

O objetivo é apresentar os avanços nos três anos de projeto, em especial com a questão ao acesso de mercado, além de aprimorar os instrumentos de controle e avaliação sobre os impactos na renda e na qualidade de vida das famílias beneficiadas.

A programação conta com visita ao Assentamento Terra Vista, no município de Arataca, área reflorestada com espécies nativas da Mata Atlântica com a tecnologia do plantio a partir do método Cabruca, à Fábrica de Chocolate da Agricultura Familiar, em Ibicaraí, e ao Instituto Biofábrica do Cacau, em Ilhéus, que tem como objetivo o cultivo e disseminação de mudas de frutas de espécies subtropicais. O grupo visita também a comunidade Quilombola de Tererê e a Cooperativa de Pesca Repescar, em Itaparica. 

 

Projetos produtivos da Bahia recebem visita de representantes do Banco Mundial

Domingos Matos, 04/02/2019 | 13:09

Um grupo formado por representantes do Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD/Banco Mundial) e da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), realiza, de segunda-feira (04) a quarta-feira (06), a Missão de Supervisão do projeto Bahia Produtiva.

O objetivo é apresentar os avanços nos três anos de projeto, em especial com a questão ao acesso de mercado, além de aprimorar os instrumentos de controle e avaliação sobre os impactos na renda e na qualidade de vida das famílias beneficiadas.

A programação conta com visita ao Assentamento Terra Vista, no município de Arataca, área reflorestada com espécies nativas da Mata Atlântica com a tecnologia do plantio a partir do método Cabruca, à Fábrica de Chocolate da Agricultura Familiar, em Ibicaraí, e ao Instituto Biofábrica do Cacau, em Ilhéus, que tem como objetivo o cultivo e disseminação de mudas de frutas de espécies subtropicais. O grupo visita também a comunidade Quilombola de Tererê e a Cooperativa de Pesca Repescar, em Itaparica. 

 

Ilhéus: cultura, tradição e realidade se misturam em exposição da artista Nadja Alves 

Domingos Matos, 01/02/2019 | 09:08

Apesar dos serviços de restauração e pintura iniciados esta semana no Teatro Municipal de Ilhéus, o maior espaço de expressão cultural do município abre as portas para a exposição de 11 telas da artista plástica itabunense, Nadja Alves, na próxima segunda-feira (4). As peças estarão expostas no foyer, até o final de fevereiro, das 8 às 18 horas, com entrada gratuita.

São pinturas que trazem um colorido especial e remetem a lugares, afazeres e sentimentos, em um mix de cultura, tradição e realidade. Nadja Alves descobriu a pintura em 2011, e desde então vem mostrando seus trabalhos em várias cidades do interior e na capital. Em Ilhéus, já expôs duas vezes consecutivas no Cana Brava Resort e quatro no TMI. “São pinturas que representam a região cacaueira, a simplicidade e o cotidiano de seu povo”, diz a artista.

Segundo a chefe municipal dos Espaços Culturais, Jeniffer Horrana, a programação do TMI está suspensa até março, por conta das intervenções necessárias que são realizadas no local nos meses de janeiro e fevereiro.

 

Prefeitos vão debater ações preventivas sobre a Mirabela nesta quinta-feira em Itacaré

Domingos Matos, 31/01/2019 | 08:00

Prefeitos vinculados a Associação dos Municípios da Região Cacaueira - Amurc estarão reunidos nesta quinta-feira (31), às 9hs, no auditório do hotel Ecoporan, em Itacaré para debater, juntamente com os técnicos do Governo do Estado da Bahia, Ministério Público, representantes dos municípios da Bacia do Rio de Contas e a comunidade regional, as ações que serão adotadas coletivamente para prevenir possíveis danos ambientais e humano, por conta da barragem de rejeitos da Mirabela.

A reunião estratégica foi proposta pelo prefeito de Itacaré e presidente do Consórcio Litoral Sul, Antônio de Anízio, tendo em vista que o município seria um dos destinos mais afetados caso ocorra um acidente de grandes proporções. Nesse sentido, a reunião vai tratar sobre os eventuais riscos que representa para a comunidade regional, as ações que serão adotadas de forma coletiva, bem como o laudo técnico que está sendo elaborado pelo Inema e Secretaria do Meio Ambiente.

O Ecoporan Hotel fica localizado na avenida Ecoporan Condomínio Conchas do Mar.

Prefeitos e sociedade atuarão em conjunto com órgãos de controle para fiscalização da Barragem de Mirabela

Domingos Matos, 29/01/2019 | 15:01

Durante uma reunião na segunda-feira (28), em Barra do Rocha, prefeitos dos territórios, Litoral Sul e do Rio de Contas definiram a participação de entidades no Conselho Deliberativo e Consultivo de Gestão e Acompanhamento da Barragem de Rejeitos de Mirabela. Ao mesmo tempo, os gestores estarão solicitando uma audiência com o governador e técnicos do Estado para um maior entendimento dos laudos técnicos da Mineradora.

O encontro promovido pela Associação dos Municípios da Região Cacaueira -  Amurc reuniu prefeitos dos municípios de Barra do Rocha, Aurelino Leal, Ubaitaba, Itacaré, Gongogi, Ubatã, Itagibá, Ipiaú e Firmino Alves, que deliberaram por encaminhar uma carta aberta ao governador do Estado, solicitando uma audiência e a apresentação de laudos técnicos dos órgãos do Estado, que são responsáveis pela fiscalização e credenciar a barragem na região.

Sobre a criação de um Conselho Permanente, composto por vários segmentos da sociedade, o prefeito de Barra do Rocha, Luís Sérgio Alves destacou que a iniciativa é fundamental “para que possamos estar de fato fazendo uma fiscalização não somente agora, mas uma avaliação permanente para que toda a região possa ter segurança maior com relação aos equipamentos que existem na Bahia”, esclareceu o gestor.

O prefeitos reforçaram a importância de um Conselho suprapartidário, que deverá ser composto por órgãos de fiscalização e controle dos municípios da área de atuação e impacto da mineradora, do Estado, da União, do Ministério Público e de representante da Sociedade Civil Organizada.

O presidente da Amurc e prefeito de Firmino Alves, Aurelino Cunha destacou que a reunião foi bastante proveitosa, no sentido de buscar uma solução em conjunto sobre a fiscalização da barragem. “Vamos nós prevenir e juntar com o governo do Estado, o Inema e demais órgãos para avaliar o laudo técnico dos órgãos fiscalizadores e permanecer acompanhando as ações da mineradora”.

O resultado do laudo técnico sobre o estado da Mirabela deverá ser emitido até o final da semana por profissionais do Instituto Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos – INEMA e da Secretaria de Meio Ambiente da Bahia – SEMA, que estão fazendo uma vistoria no local. A expectativa sobre o parecer técnico será assunto de uma reunião prevista para esta quinta-feira (31), às 9 horas, com entidades representativas em Itacaré, e a participação de prefeitos da região, no auditório do hotel Ecoporan.

 

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.