Tag: caravana

Itacaré sedia Seminário Respeita As Mina na próxima sexta-feira (27)

Domingos Matos, 24/09/2019 | 10:16
Editado em 24/09/2019 | 11:14

A Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia (SPM-BA) realiza o Seminário Respeita as Mina Litoral Sul na próxima sexta-feira (27), no auditório do Hotel Ecoporan, em Itacaré, a partir das 14 horas, em celebração aos dois anos de atividade do projeto de mesmo nome. A programação inclui ato institucional e cultural, além de entrega de certificação.

A secretária da SPM-BA, Julieta Palmeira, participará das atividades no município. Para Julieta, as caravanas do projeto Litoral Sul têm deixado um legado importante: a sensibilização da sociedade civil para um tema crucial que é o enfrentamento à violência de gênero, além de promover a capacitação da rede de atenção à mulher e de segurança nas localidades visitadas.

As caravanas do Litoral Sul resultam de emenda parlamentar do ex-deputado federal e atual secretário do Trabalho, Emprego e Renda, Davidson Magalhães e seguem os mesmos moldes das caravanas Respeita as Mina com rodas de diálogo e oficinas para juventude, representantes da sociedade civil, rede de atenção à mulher (nas cidades que dispõe de CRAM e outros órgãos da rede), rede de atenção.

Com atividades iniciadas em outubro de 2017, a equipe do projeto visitou 26 municípios, atendendo a cinco mil mulheres e qualificando 1.500 agentes de rede de segurança e atenção à mulher. Até o momento foram 21 caravanas, sendo 15 no Território de Identidade Litoral Sul: Aurelino Leal, Barro Preto, Camacã, Canavieiras, Coaraci, Itabuna, Itacaré, Itapé, Itapitanga, Itajú do Colônia, Jussari, Mascote, Pau Brasil, Ubaitaba e Una.

Mais seis outros territórios: Médio Sudoeste (Ibicuí), Médio Rio de Contas (Ipiaú, Ibirataia e Gongogi), Baixo Sul (Ibirapitanga), Costa do Descobrimento (Santa Cruz Cabrália). Além de palestras de sensibilização em lhéus, Arataca, São José da Vitória, Itajuípe e Almadina.

Mais de seis mil pessoas participaram da mobilização dos Jogos Universitários Brasileiros em Itabuna

Domingos Matos, 06/09/2019 | 13:15

Um total de mais de seis mil pessoas participaram em Itabuna da mobilização dos Jogos Universitários Brasileiros – JUB’s, com a realização de clínicas em nove escolas da rede estadual de ensino e uma série de ações práticas na arena montada na Praça Otávio Mangabeira (Camacã), que atraiu no período de 4 a 6 de setembro alunos da rede municipal, de escolas particulares, atletas e pessoas da própria comunidade. As atividades incluíram a realização de um campeonato de basquete 3 x 3 disputado na tarde de hoje(6).

Na arena, foram apresentadas  ao público novas modalidades esportivas do JUB’s, como o basquete 3 x 3 e o jogo eletrônico Fifa 2019. O espaço funcionou nos dias do evento sempre das 9h às 17h, aberto para crianças, jovens e adultos. Segundo Rafael Macedo Lopes de Oliveira, um dos coordenadores da Caravana dos Jogos Universitários Brasileiros, a arena recebia uma média de 120 pessoas por hora e estava aberta sem nenhum custo para a população.

Ele explica que Itabuna foi a terceira cidade a receber a mobilização do JUB’s, que deve visitar 11 municípios baianos e atendeu mais de seis mil pessoas, das quais mais de duas mil na arena instalada na praça de Camacã e mais de quatro mil em nove escolas da rede estadual de ensino. As duas primeiras cidades visitadas foram Juazeiro e Senhor do Bomfim. 

Uma das atrações da arena foi a presença do atleta do Novo Basquete do Brasil, o paulista Edu Marinho, que ministrou oficinas e fez uma apresentação, juntamente com o grupo técnico dos JUB’s, a nova modalidade que faz parte dos Jogos, o basquete 3x3.

 

Objetivo

Com o objetivo de demonstrar que educação e esporte andam lado a lado, a equipe de mobilização dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) percorrerá até  21 de setembro, 11 cidades das regiões norte, centro norte, sul e a capital baiana, contemplando as cidades de Juazeiro, Senhor do Bonfim, Itabuna, Ilhéus e Salvador.

A ação, que prevê ambientações com arenas em praças e escolas públicas, atendendo ao todo 100 mil alunos, com o apoio do Governo do Estado, por meio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, a Secretaria de Educação e tem organização da Federação Universitária da Bahia (Fube). Em Itabuna a Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania também participou da parceria para a realização da mobilização para os JUB’s, que voltam a acontecer na Bahia em outubro, após um intervalo de 51 anos.

 

 

Itabuna recebe clínicas e arenas esportivas do JUBs para difusão do esporte

Domingos Matos, 03/09/2019 | 11:29

Visando mostrar que educação e esporte andam juntas, uma equipe de mobilização dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) visita itabuna, na região Sul da Bahia, durante o período de 4 a 6 de setembro, com ações na praça Otávio Mangabeira no centro da cidade e em escolas públicas. O projeto tem apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e da Secretaria de Educação e tem organização da Federação Universitária da Bahia (Fube), numa parceria local com a Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC).

A parceria em Itabuna foi discutida pelo presidente da FICC, Daniel Leão; pelo diretor de esportes da fundação Cícero Romero Freitas e pelo coordenador da Caravana dos Jogos Universitários Brasileiros, Rodrigo Aguiar. As ações serão realizadas sempre da 9 às 17 horas, com a execução das clínicas e arena do JUBs, para alunos de escolas estaduais e municipais, além da montagem de uma arena na Praça Otávio Mangabeira, com estrutura para a prática do basquete 3x3, modalidade que estreará na Olimpíada de Tóquio 2020.

Rodrigo Aguiar destaca que após 51 anos os Jogos Universitários Brasileiros voltam a acontecer na Bahia, com realização agora em outubro e participação de mais de três mil atletas de todo o Brasil, que disputarão jogos em equipamentos esportivos públicos e privados de Salvador e Lauro de Freitas.

 

Caravana da Justiça Social beneficia povos indígenas de Santa Cruz Cabrália

Domingos Matos, 31/08/2019 | 18:29
Editado em 31/08/2019 | 09:58

A população indígena de Santa Cruz Cabrália, no sul da Bahia, foi beneficiada com os serviços gratuitos da Caravana da Justiça Social, promovida pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), na sexta-feira (30). Essa foi a segunda caravana realizada em território indígena nesta semana, de um total de quatro edições do mutirão, que atendeu mais de 4,5 mil pessoas.

A população marcou presença na Escola Indígena da Aldeia Coroa Vermelha em busca dos serviços do mutirão, que envolvem desde a emissão de documentos até a realização de exame de DNA. A juventude também aproveitou a oportunidade e emitiu o ID Jovem, documento que garante gratuidade e meia entradas em eventos culturais e viagens, por exemplo.

A Caravana disponibilizou a emissão gratuita de documentos como RG, CPF, Carteira de Trabalho e certidões de Nascimento, Casamento e Óbito. “Essa Caravana da Justiça Social é fruto de uma articulação dos povos indígenas que começou no Acampamento dos Povos Indígenas da Bahia, em Salvador. Esses benefícios que estão aqui hoje são muito importantes. A SJDHDS é uma parceira de primeira hora”, afirmou o cacique Aruã Pataxó.

A realização das caravanas em territórios indígenas é mais uma demanda dos povos tradicionais atendida pela SJDHDS. A secretaria promove uma série de ações e articulações com os diferentes povos indígenas da Bahia, com o objetivo de garantir a segurança, a integridade e, principalmente, o direito à terra, cuja demarcação é de responsabilidade do governo federal. 

O secretário da SJDHDS, Carlos Martins, visitou o local acompanhado do superintendente de Direitos Humanos, Jones Carvalho, e do coordenador de Políticas para os Povos Indígenas, Jerry Matalauwê. “Eu fiz questão de estar aqui na Aldeia Coroa Vermelha para ver o trabalho da nossa equipe e o atendimento. Tenho certeza que as pessoas que precisam dos nossos serviços sairão daqui satisfeitos. Esse é um compromisso do nosso governo, por meio da SJDHDS, de garantir cidadania e justiça social para todos os baianos, sem exceção”, disse Martins.

Em um roteiro de oito dias, a Caravana da Justiça Social passou por quatro municípios do sul do estado: Ubaitaba, seguido de Camacã, Pau Brasil e, por fim, Cabrália. A iniciativa é realizada em parceria com as prefeituras municipais, Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério Público da Bahia (MPBA), Tribunal de Justiça do Estado (TJBA), Defensoria Pública da Bahia (DPE), entre outros órgãos.

 

Caravanas de vários estados confirmaram presença na Expomel em Itabuna

Domingos Matos, 05/06/2019 | 14:21

Caravanas de Ceara, Paraíba, Tocantins, Distrito Federal, Goiás e Santa Catarina já confirmaram presença na 1ª. Expomel e no 1º. Congresso Nacional de Apicultura e Meliponicultura a serem realizados entre os meses de outubro e novembro no Teatro Municipal Candinha Dória, em Itabuna. Também está prevista a participação dos territórios litorais de identidade das cinco regiões da Bahia, conforme adiantou os organizadores.

Os organizadores estão bastante otimistas com a perspectiva de um grande público no evento, que prevê, dentre outros, o superaquecimento do comércio local.  O assessor da Secretaria Municipal de Sustentabilidade Econômica e Mel Ambiente, Erlon Botelho informou que ações estão sendo intensificadas para que as hospedagens dos participantes sejam direcionadas para os hotéis em Itabuna, o que, na visão dele, movimentará a economica local em todos seus setores. “Será o boom do agronegócio regional”, garantiu.

Erlon disse que a participação das caravanas representando diversos estados brasileiros mostra que Itabuna está no caminho certo ao promover um evento dessa magnitude, despertando o interesse dos criadores de abelhas e trará à luz a divulgação, a informação e o conhecimento sobre a criação de abelhas e na produção de mel e própolis. “A Ceplac viu esse grande potencial, acreditou e investiu tempo, técnica e ousadia para a diversificação da economia regional”, frisou Erlon.

Para o assessor municipal, a Expomel e o Congresso Brasileiro de Apicultura e Meliponicultura têm chance de 90% de sucesso, não apenas de público, mas também de bons negócios. Ele não tem dúvida de que os eventos serão incluídos no  calendário oficial , consolidando o município em um dos maiores polos do agronegócio para o desenvolvimento sócio e econômico regional, além de transformar Itabuna na  “cidade do mel”.

 

Congresso da Pequena Empresa reúne autoridades e empreendedores na Uesc

Domingos Matos, 17/05/2019 | 19:38

O 10º Congresso Norte Nordeste da Pequena Empresa – Empreendedorismo com Desenvolvimento Sustentável - reuniu hoje (17), no Auditório Paulo Souto, da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), estudantes, empreendedores, além de autoridades regionais e nacionais. O evento contou com uma série de palestras técnicas ligados aos pequenos negócios.

Durante a abertura do congresso, o presidente da Associação das Micros e Pequenas Empresas da Bahia (Ampesba), Valdir Ribeiro destacou a participação de representantes do Poder Público da região, de uma caravana vinda do Estado do Espírito Santo, a presença de uma representante das mulheres empreendedoras de Blumenau – SC, Suzete Novaes, e empreendedores locais e regionais.

Ainda na sua fala, Valdir agradeceu o apoio das empresas parceiras que contribuíram para a realização do Congresso e citou a Amurc como uma importante agência de desenvolvimento e de fomento aos pequenos negócios. Segundo o coordenador executivo da Amurc, Luciano Veiga, “os pequenos empreendedores movimentam a economia dos municípios e possuem uma participação efetiva no desenvolvimento local”.

No evento, o Pró-reitor de Extensão da Uesc, Alessandro Santana defendeu mais investimentos para a Educação Superior nas instituições públicas, tendo em vista o papel fundamental na formação de futuros empreendedores. Ainda marcaram presença, o representante do Sicomércio de Ilhéus, Antônio Marcos, o presidente eleito da Associação Comercial de Ilhéus, Libério Menezes, o presidente da Femicro – ES, José Vargas e o diretor jurídico da Bahiagás, Wenceslau Júnior.

A palestra magna com o tema “Empreendedorismo na gestão pública e políticas de apoio aos pequenos negócios”, foi conduzida pelo professor e deputado federal do Espírito Santo, Helder Salomão, que falou da importância do empreendedor na sociedade, e da sua contribuição para o desenvolvimento da economia do Brasil.

Banco de Sangue recebe caravana de Iguaí e da Igreja Batista de Itabuna para doação

Domingos Matos, 07/05/2019 | 09:32

O Banco de Sangue da Santa Casa de Itabuna recebeu no último sábado (04), uma caravana do município de Iguaí e da Igreja Batista Metropolitana de Itabuna para doação.

Ao todo, 60 pessoas fizeram doação de sangue. De acordo com o gerente de captação, Rosildo Ribeiro, foram coletadas 50 bolsas. Contudo, ele comenta que o estoque atual ainda é baixo, não sendo o suficiente para suprir a demanda do Banco de Sangue. Isso sem contar na proximidade dos festejos juninos, período em que o número de doações cai pela metade. “É muito importante que mais pessoascontribuam para que o Banco de Sangue possa atender à nossa demanda, que não ésó para a Santa Casa, mas, para vários hospitais da região que necessitam de sangue”, disse. 

 

 “Peripécias” solidárias movimentam o Banco de Sangue de Itabuna

Domingos Matos, 08/02/2019 | 14:09

O Banco de Sangue da Santa Casa foi o local escolhido na manhã de quinta (07), pelos alunos do primeiro e segundo semestres do curso de medicina da Faculdade Santo Agostinho para uma “peripécia” solidária: a doação de sangue.

A iniciativa dessa ação partiu do estudante João Acyr, que junto com os colegas, começou a se organizar para criar uma espécie de trote entre eles no ano passado, uma vez que eram alunos da primeira turma do curso e não tinham veteranos. Assim surgiu o projeto que eles preferem chamar de “Peripécias” em vez de trotes solidários. Hoje foi a segunda vez que eles vieram junto com os calouros da turma e professores para doar sangue.

Para ele, a condição vexatória que o trote ensina desumaniza, principalmente, os que estão fazendo medicina e buscando melhorias para o sistema de saúde. “Fazer algo que promova a integração de forma solidária e altruísta de ajudar o colega sempre vai ser bem-vindo. Não podemos parar com as peripécias”, disse.

Além da doação, a turma também faz outros trabalhos, como arrecadação de alimentos para serem doados para alguns asilos e de fraldas descartáveis. “É uma maneira de aplicar a peripécia e ajudar a sociedade”, disse.

Marco Motta, um dos professores/tutores do curso, diz que é importante esse tipo de ação porque a medicina já vem com esse estigma de o aluno que entra para o curso está sujeito a receber um trote que muitas vezes é agressivo e pode levar à morte. “A gente tem essa proposta de mudar ajudando outras pessoas que precisam. Já que o estudante tem a proposta de entrar no curso para ajudar ao próximo nada melhor do que começar doando sangue”, citou.

De acordo com a coordenadora e professora do curso, Dra. Mércia Margotto, essa é uma forma de conscientização da responsabilidade social e do compromisso com a comunidade para os alunos que estão iniciando e os que já estão no curso, além de entenderem a importância da doação de sangue e do sangue para a vida do paciente. “A gente vem trabalhando isso nas escolas de mostrar que é um compromisso nosso, enquanto cidadãos, fazer algo para a nossa comunidade. É de suma importância que façamos isso porque é papel do professor instruir, orientar e educar sobre o significado e o processo da doação de sangue”, frisou.

A aluna do primeiro semestre, Luana Cabral diz que é a primeira vez que está participando. “Como aluna eu acho que todos aqui vão poder ajudar, o Banco de Sangue precisa e a gente deve sempre procurar conscientizar as pessoas para que isso aconteça. Além de ter sido divertido, foi melhor do que a bagunça de um trote”, falou.

Rosildo Ribeiro, gerente de captação, ficou feliz com a casa cheia. “É um trabalho que particularmente tenho uma dedicação. O início de ano foi muito difícil em função das férias, mas com o retorno dos alunos às faculdades nós aproveitamos dentro do projeto “Caravana Itinerante Pela Vida”, estamos começando o mês de fevereiro com o ‘braço direito’. Só temos a agradecer esse momento aos alunos. Que isso siva de exemplo para que outras faculdades e instituições abraçarem a causa”, disse.

O provedor da Santa Casa, Eric Júnior, aproveitou para agradecer aos alunos a doação voluntária. “Que cada um possa multiplicar isso na casa de vocês, para que familiares e amigos curtam esse exemplo e venham para cá ajudar a aumentar os nossos estoques, ainda mais nesse período, perto do carnaval”, declarou.

Eric lembrou ainda que a Santa Casa é quem fornece sangue para toda a região, como o Hospital de Base, Calixto Midlej, Manoel Novaes, Hospital de Camacan, entre outros.” Temos o único banco de sangue da região, por isso a demanda é grande”, concluiu.

 

O dia da resposta está chegando, diz Haddad ao lado de Rui em Conquista

Domingos Matos, 15/09/2018 | 20:09
Editado em 15/09/2018 | 20:17

“Eles prenderam o Lula mas esqueceram que o povo está livre pra votar no dia 7 de outubro.” A frase do governador Rui Costa, candidato petista à reeleição, levantou a multidão reunida em Vitória da Conquista, hoje pela manhã (15), durante a caminhada com Fernando Haddad e Manuela D’Ávila, candidatos a presidente e vice na chapa de aliança PT-PC do B. “A essa altura, eles já devem ter percebido que prenderam o cara errado. Prenderam o Lula mas não as ideias dele, o projeto, a militância dele. O dia da resposta está chegando, e 7 de outubro a Bahia vai dizer: o golpe acabou, o Brasil é nosso”, reforçou Haddad, em discurso alinhado com Rui.

Vitória da Conquista foi a primeira parada da caravana Correria pela Bahia, que também vai incluir Jequié e Manoel Vitorino na jornada. Rui recebeu a dupla majoritária no aeroporto, seguindo para a Praça Guadalajara, onde os esperavam um mar de camisas vermelhas. “Vamos consolidar Vitória da Conquista como um polo de desenvolvimento, não apenas na área da saúde, onde já estamos implantando um grande complexo para a população de toda a região. Também vamos continuar investindo em obras de infraestrutura, a exemplo do novo aeroporto da cidade, que devemos inaugurar e colocar em funcionamento ainda neste segundo semestre”, garantiu Rui em entrevista antes de iniciar a caminhada.

O candidato à reeleição fez referência ao novo Aeroporto Glauber Rocha, que terá licitação para a concessão pública lançada na próxima terça-feira, quando será definida a empresa responsável pela gestão e administração pelo período de 30 anos. O investimento na obra é de cerca de R$ 145 milhões. E o município também é alvo de ações na saúde, com propostas constantes no Programa de Governo Participativo (PGP 2018) para o próximo quadriênio. Em Conquista, Rui vai implantar novos serviços de radioterapia, um centro de traumatologia e uma nova policlínica regional.

Ainda, entre as propostas de Rui para a cidade, vai implantar unidade fabril da Bahiafarma, construir a Barragem do Catolé (Barra do Choça - volume total de 23,8 hm³), reforçar o sistema integrado de abastecimento de água e ampliar sistemas de esgotamento sanitário, beneficiando cerca de 340 mil habitantes, nos municípios de Vitória da Conquista e também em Belo Campo e Tremedal. Também acompanharam a comitiva, a esposa de Haddad, Ana Estela, os candidatos a vice-governador, João Leão (PP), e a senador, Jaques Wagner (PT), além de candidatos a deputado federal e estadual dos partidos coligados e líderes petistas como José Eduardo Cardozo, Benedita da Silva e Lindemberg Cardoso.

Estudantes de Itabuna se destacam nacionalmente pela criação de aplicativos de grande alcance social

Domingos Matos, 31/08/2018 | 15:45
Editado em 01/09/2018 | 14:22

A estudante Ana Carolina Souza Neris, 16 anos, do 2º ano do Ensino Médio, do Colégio Estadual Félix Mendonça, em Itabuna, virou personagem para vídeo do Google Education, graças à criação de um aplicativo voltado para o acesso a informações em postos de saúde. Nesta semana, ela viajou acompanhada do secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, da diretora, Rose Guerra, e da vice-diretora, Helena Carvalho, do Félix Mendonça, e da professora Carla Almeida, que coordena o projeto Caravanas Digitais, da Secretaria da Educação do Estado e que também participa do vídeo do Google, para apresentar o App Hack Saúde, durante o Google for Education no Inovar para Brasil, realizado na terça e quarta-feira (28 e 29), em São Paulo.

No vídeo disponibilizado pelo google no YouTube (https://youtu.be/vZgfibCYJDI) e, também durante o encontro em São Paulo, Ana Carolina explica como idealizou o App e como foi criado com alguns colegas e professores, a partir do programa e-Nova Educação, desenvolvido pela Secretaria da Educação do Estado em parceria com o Google. No e-Nova, que está sendo implantado em mais de 500 escolas da rede estadual, os estudantes utilizam ferramentas do Google em sala de aula, através de chromebooks. Os computadores foram criados pelo Google e funcionam totalmente baseado na web. O seu uso pedagógico dinamiza o processo de ensino e aprendizagem, a partir de conteúdos interativos.

O App Hack Saúde visa otimizar o atendimento nos postos de saúde, contendo informações sobre o perfil do usuário, como tipagem sanguínea, patologias e cartão de vacina virtual. No aplicativo, o usuário também acessará informações que circulam no posto, para que possa fazer seus agendamentos de consulta online. A estudantes Ana Caroline falou sobre o e-Nova e a repercussão alcançada pelo App. “O e-Nova mudou a minha relação com a tecnologia e é uma ferramenta que auxilia no meu estudo. Hoje não uso apenas a tecnologia para as redes sociais, mas também para obter conhecimento. Estou realizando um sonho, tendo reconhecimento de algo que foi plantado por mim e por minha equipe e isto é muito gratificante”, afirmou.

O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, falou que o e-Nova está mudando a relação da comunidade escolar com a tecnologia. “Estamos acabando com aquela ideia de que lugar de tecnologia é na sala de informática. Com o e-Nova, a tecnologia está sendo usada como ferramenta pedagógica em sala de aula e em todo ambiente escolar, despertando o interesse dos estudantes em aprender de forma lúdica, interativa e com inovação, a partir de projetos que eles mesmo desenvolvem. Além disso, estamos potencializando esta ação com a maior formação de professores do Brasil no uso de tecnologias educacionais, para mais de 23 mil educadores da rede estadual, em parceria com a Universidade Federal da Bahia”, afirmou.

Mais aplicativos - Outros protótipos de aplicativo já foram criados pelos estudantes do Félix Mendonça com o mesmo alcance social, pois buscamsolucionar problemas existentes na sociedade e que revelam o olhar empreendedor e criativo dos estudantes da rede estadual de ensino. As estudantes Anna Karoline Pinheiro, 14, e Anabelly Santos, 17, por exemplo, criaram o aplicativo “ASF – Acompanhe Seu Filho”, no qual os pais dos alunos poderão acompanhar a vida escolar dos filhos, como notas, frequência e avisos. A ideia é voltada para as Secretarias de Educação e o aplicativo poderá ser acessado pelo número de matrícula do estudante de cada unidade escolar cadastrada. Com este aplicativo, as estudantes conquistaram a etapa regional e a final da etapa Brasil do Technovation Challenge Brazil, competição de desenvolvimento de aplicativos para meninas de 10 a 18 anos dos Ensinos Fundamental, Médio e Técnico.

Outro projeto de destaque foi o “Bio Protect”, que significa “Proteja a Vida”, criado pela estudante Shauany Gomes, 16, e as demais integrantes de sua equipe. “Ele foi criado porque analisamos que o mundo em que vivemos hoje com o avanço tecnológico tem sido prejudicado. O aplicativo contém um quiz (jogo) onde o participante pode assinalar algumas alternativas e, com base nas suas respostas, será mostrado um texto sobre o tema abordado no qual o participante poderá fazer uma autorreflexão sobre suas atitudes com o meio ambiente. Além disso, também são indicadas algumas plantas medicinais que podemos cultivar em nossa casa para ajudar na nossa saúde”, explica a estudante.

A diretora do Félix Mendonça, Rose Guerra, falou sobre o impacto do usa das ferramentas do Google em sala de aula. “Apostar nos projetos envolvendo a tecnologia e os saberes de nossos adolescentes é estimular e oportunizar que eles ousem criar soluções que impactem a comunidade”.

Rui anuncia instalação da Ronda Maria da Penha em Itabuna

Domingos Matos, 29/03/2017 | 23:09

Nesta quarta-feira (29), o município de Itabuna recebeu a quarta reunião da Caravana do Pacto pela Vida (PPV) no interior do estado. O governador Rui Costa se reuniu com representantes de órgãos e entidades da segurança pública estaduais, além de autoridades dos poderes Judiciário e Legislativo, para articular ações integradas destinadas à redução dos índices de violência e medidas de prevenção social para a população vulnerável. A caravana começou em Feira de Santana e já passou também por Vitória da Conquista (sudoeste) e Eunápolis (extremo sul).

"A reunião do Pacto pela Vida sempre acontecia uma vez por mês, em Salvador. Mas nós resolvemos levar essa reunião a todas as regiões do estado. Estamos promovendo a caravana pela vida e pela paz. Estão aqui representados todos os poderes do Estado da Bahia. Os juízes, os promotores, os defensores, os delegados e os oficiais da PM sugeriram melhorias para os sistemas judicial e de segurança pública. Várias medidas foram anotadas e iremos encaminhar algumas delas já em curto prazo, a exemplo da instalação da Ronda Maria da Penha, para cuidar dos casos de violência doméstica. No prazo de 30 dias, nós vamos instalar a Ronda aqui em Itabuna", anunciou o governador. 

Na reunião, Rui destacou ainda o papel da família no combate à violência. "Este ator é fundamental para uma sociedade de paz. Quero renovar o pedido para que os pais, mães, avôs, avós e tios tragam as crianças e jovens para perto, com muito carinho, acolhimento e afeto, para não permitir que eles sejam capturados pelo mundo do crime". 

Novas viaturas

Ainda nesta sexta (29), em Itabuna, o governador realizou a entrega de viaturas para unidades das polícias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros de municípios da região. Um total de 16 viaturas foi destinado à Polícia Civil de Buerarema, Camacan, Canavieiras, Coaraci, Maraú, Ubaitaba, Ilhéus, Itabuna, Itajuípe e Iguaí. Foram entregues outras 20 viaturas para as unidades da Polícia Militar dos municípios de Itabuna  Ilhéus  Camacã, e Itacaré e Ibicaraí. Enquanto os 4º e o 5º Grupamentos de Bombeiros Militares receberam dois desencarceradores, dois veículos e dois notebooks para controle das operações. 

Entre 2015 e 2017, o Governo da Bahia já entregou mais de 1,6 mil viaturas para as polícias Civil e Militar, totalizando um investimento de R$ 201 milhões. Outras 480 viaturas ainda estão sendo entregues em todo o estado. De acordo com o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, o investimento potencializa as ações de redução nos índices de violência no estado.

(Des)humano, demasiado (des)humano

Domingos Matos, 15/09/2010 | 22:39
Editado em 16/09/2010 | 00:45

O título, apesar da firula, vê-se, foi tomado emprestado de obra vigorosa do amigo Nite (para os íntimos, Friedrich Nietzshe, filósofo alemão). Mas tem explicação. Serve para denunciar atitude da direção do Day Horc - Hospital de Olhos Rui Cunha, por ser daquelas que revelam toda a mesquinhez que pode marcar as decisões de alguns seres humanos, especialmente daqueles que ganham - muito bem - a vida vendendo serviços de saúde nesse país.

Expliquemos. Ocorreu que hoje, assim como invariavelmente acontece, o referido hospital recebeu várias "caravanas" de alguns municípios da região para consultas oftalmológicas pelo SUS. As consultas foram feitas, exames também foram realizados, tudo lindo. Menos por um detalhe: ninguém levou receituário para casa, porque a impressora do SUS estava emperrada.

Isso mesmo, leitor, você leu certo. "Impressora do SUS". Imagine. Um centro de saúde que possui seguramente mais de 20 computadores, todos em rede, não forneceu as receitas (prescrições de medicamentos) aos pacientes porque a impressora que é destinada ao atendimento conveniado do SUS resolveu que não iria trabalhar hoje.

E não é dizer que a impressão pela rede, em outra máquina, não foi sugerida. Foi, sim. E foi negada. Talvez porque o equipamento da 'elite do particular' fosse se contaminar com algum vírus - alguém de lá deve ter imaginado que essa gente pobre transmite viroses até para os computadores, quem sabe...?

E pensar que nós, contribuintes, pagamos caro para que esses empresários participem de seminários, encontros e debates sobre a humanização do atendimento no Sistema Único de Saúde...

P.S. (para efeito de justificativa): ainda no século XIX, Nietzsche declarava que o futuro - nossa época, afinal - poderia levar a humanidade a um destino bom, desde que superadas algumas barreiras, entre elas a do preconceito. Não cabe aqui - literalmente - explicar o conceito nietzscheano de preconceito, mas é isso mesmo que você pensou. Porém, o fato é que não superamos nada do que ele pregou como necessário para essa evolução da humanidade, e essa atitude do Day Horc somente prova isso. Mais uma vez.

Lídice e Pinheiro na inauguração do comitê de Wagner

Domingos Matos, 19/08/2010 | 13:26
Editado em 19/08/2010 | 13:27

Os candidatos ao Senado da chapa "Pra Bahia seguir em frente", encabeçada pelo governador Jaques Wagner, que tenta a reeleição, estarão em Itabuna hoje, a partir das 17 horas, para a festa de inauguração do Comitê Central da chapa majoritária liderada pelo PT em Itabuna.

De acordo com a organização do evento, haverá também um "bandeiraço" em frente a sede do comitê, que fica no centro de Itabuna em frente a praça Camacan. O evento vai reunir diversas lideranças políticas de Itabuna, Ilhéus e municípios da região cacaueira.

Caravana Digital

Mais cedo, a partir das 15h, dessa vez no comitê do deputado federal e candidato a reeleição, Geraldo Simões, uma equipe de mobilização da campanha na Internet, fará mais um evento da Caravana Digital. O objetivo é mobilizar os internautas/militantes para que utilizem os novos meios de informação para a campanha da chapa majoritária.

Serra vai provar o quibe do Nacib

Domingos Matos, 16/07/2010 | 15:45
Editado em 18/07/2010 | 11:51

serraA coordenação de campanha do candidato a presidente da República, José Serra (PSDB), efetuou uma alteração no roteiro da visita do presidenciável a Ilhéus.

A entrevista coletiva que seria concedida à imprensa no futuro comitê de campanha, na avenida Nossa Senhora Aparecida, na Barreira, às 16 horas, foi substituída por um encontro informal com os profissionais da comunicação no Restaurante Vesúvio, na praça Dom Eduardo, ao lado da Catedral de São Sebastião.

José Serra pretende visitar o renomado restaurante ilheense, que ficou famoso ao ser retratado no romance Gabriela Cravo e Canela, do escritor baiano Jorge Amado. No Vesúvio, Serra irá provar de uma das especialidades da casa, o quibe, iguaria árabe que era servida por Nacib, personagem do escritor que era o dono do restaurante.

De acordo com o roteiro estabelecido pela coordenação da coligação "O Brasil Pode Mais", José Serra participa de atividade em Itabuna. Em seguida, irá a Ilhéus, e às 14 horas visita o bairro Teotônio Vilela; às 15 horas faz uma parada no Vesúvio, onde se encontra com a imprensa; às 16 horas segue em caravana para o bairro Nossa Senhora das Vitórias, encerrando sua programação no município.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.