Tag: carros

Quatro mortos em acidente eram da mesma família

Domingos Matos, 24/09/2019 | 07:01

As quatro vítimas do acidente envolvendo três carros na BA-530, na cidade de Camaçari, região metropolitana de Salvador, eram da mesma família. Até esta segunda-feira (23), três dos sete feridos na batida continuavam internados.

O acidente aconteceu na tarde de domingo (22). Uma das vítimas que está hospitalizada é a jovem Adriana Marques Dórea, de 23 anos. Ela estava no mesmo carro que os familiares que morreram.

Adriana está internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Geral de Camaçari (HGC). Ela passou por cirurgia em uma das pernas e a previsão é de que seja submetida a outro procedimento cirúrgico.

Depois de hospitalizada, Adriana fez exames para constatar uma possível gravidez. O G1 tentou contato com o HGC, para saber se há confirmação da gestação, mas não conseguiu falar.

Uma das vítimas que morreu é o marido de Adriana, com quem ela casou há três meses, Ronaldo Marques da Cruz, de 21 anos. Os outros três mortos são Sidney Souza Barreto Dantas, 26, a esposa dele, Sheila Silva Dantas, 23, e o filho do casal, o pequeno Suian Dantas de 6 anos.

Os corpos das vítimas estão no Instituto Médico Legal (IML) e não há previsão de liberação para os sepultamentos.

Um homem, que estava em outro veículo, também está internado no HGC. Ele foi identificado como Paulo Roberto Ferreira de Almeida e o estado de saúde dele não foi divulgado. Paulo Roberto estava no carro com Bárbara Bruna Sampaio Dantas, que é a terceira vítima internada.

Bárbara Bruna tem o estado mais grave e precisou ser levada, com ajuda do Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (GRAER), para o Hospital do Subúrbio, em Salvador. Ela tem um quadro de hemorragia interna na região do abdômen e também passou por cirurgia.

 

Resgate

Antes das equipes da Polícia Militar, da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), do Graer e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegarem ao local, as vítimas foram socorridas por populares.

Uma dessas pessoas foi o servidor público Maurício Paulo, que conseguiu tirar parte dos feridos de dentro dos veículos.

“É uma dor muito grande a gente pensa logo nos familiares, na dor que é viver uma situação daquela, o desespero. A gente estava tentando socorrer a pessoa que estava ali para evitar que viesse a pegar fogo no outro carro”, disse Maurício.

Testemunhas contaram que o motorista de um dos carros, onde estavam as quatro vítimas que morreram, perdeu o controle da direção, bateu com outro veículo que passava no sentido contrário e, depois, ainda bateu em uma picape.

Com a batida, dois carros começaram a pegar fogo, mas as chamas foram controladas por agentes do Corpo de Bombeiros enviados ao local. Um vídeo gravado com um celular mostra alguns veículos envolvidos no acidente.(Com informações do G1)

 

Ponto de desmanche de veículos é desativado

Domingos Matos, 23/09/2019 | 08:08

Um imóvel usado para desmanchar veículos roubados e furtados foi desarticulado, no final da tarde de sexta-feira (20), por guarnições da 59ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Vila de Abrantes), em Camaçari. Um homem, ainda não identificado, tentou fugir, mas foi cercado e preso em flagrante.

Uma denúncia anônima levou os militares até a localidade conhecida como Estrada Velha de Monte Gordo. Em uma casa foram encontrados dois carros modelos Civic e Strada que seriam desmontados. 

Com o criminoso capturado os PMs apreenderam placas. O flagrante foi registrado na 33ª Delegacia Territorial (DT/Monte Gordo).

 

Mulher detida em operação da PF contra fraudes no INSS na Bahia já tinha sido presa 4 vezes em 2018

Domingos Matos, 20/09/2019 | 11:13

Uma mulher que está entre os presos na Operação Lama Preta, deflagrada ontem (19), na Bahia, contra fraudes no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), já tinha sido detida outras quatro vezes em 2018, segundo informações divulgadas pela Polícia Federal (PF).

A suspeita foi surpreendida pelos policiais, enquanto dormia com o marido, no início da manhã ontem (19), na cidade de Camaçari. O homem também foi preso. Os nomes dos dois, assim como as identidades dos outros envolvidos, não foram divulgados.

Além do casal, segundo a PF, outras sete pessoas foram detidas na quinta. Entre eles um empresário de Vilas do Atlântico, área de classe média alta em Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador. De acordo com a PF, ele era responsável pela falsificação e produção dos documentos usados na fraude.

Idosos e deficientes físicos que colocavam o esquema em prática também foram detidos. Outros três suspeitos seguem foragidos. Todos estão com mandados de prisão preventiva.

O grupo era investigado há 3 anos e a suspeita é de que mais de 100 benefícios tenham sido falsificados. O prejuízo aos cofres públicos passam dos R$ 4 milhões.

"Conseguimos desbaratar esse grupo criminoso, que é formado em sua maioria por estelionatários com amplas passagens policiais", disse o delegado da PF Marcelo Siqueira.

Segundo a PF, os idosos e deficientes eram usados como "dublês" pelo grupo. Eles usavam nomes, fotos e documentos falsos e se apresentavam nas agências do INSS para obter benefícios da instituição. Pela participação no esquema, eles levavam uma parte do dinheiro.

"Um dos benefícios fraudados é o de prestação continuada, que é pago para pessoas com mais de 65 anos de idade em condição de vulnerabilidade. Então, eles precisavam de pessoas idosas para sacar esse benefício. Eles recrutavam pessoas com mais ou menos essa idade para que a fraude tivesse algum tipo de verossimilidade", disse o delegado da PF. "No jargão policial a gente usa a palavra dublê, que é a pessoas que se faz passar por outra para cometer a fraude", explicou.

Além da fraude em benefícios, conforme a PF, os envolvidos também usavam os documentos falsos para fraudar compras em lojas e financiamento de carros.

Durante a operação, que também cumpriu 11 mandados de busca e apreensão, a Polícia Federal apreendeu fotos 3x4, cartões de crédito e documentos falsos usados pelo grupo. A corporação destacou que não foram identificadas participações de funcionários do INSS no esquema.

Ainda segundo a PF, a operação foi nomeada de Lama Preta porque é o nome do bairro em Camaçari que apresentou maior número de benefícios fraudados. Além da cidade, foram cumpridos mandados em Salvador, Lauro de Freitas e Dias D'Ávila. (Com informações do G1)

Novas regras para a primeira habilitação já estão valendo; uso do simulador agora é facultativo

Domingos Matos, 16/09/2019 | 12:33

O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) chama a atenção das autoescolas e dos candidatos à primeira carteira de habilitação para as mudanças na legislação. Passou a valer, nesta segunda-feira (16), a resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) 778, que alterou o processo de formação de condutores.

A principal mudança foi a redução na carga horária das aulas práticas para habilitação categoria B (carros), de 25 horas para 20 horas, sendo que uma das aulas deve acontecer no período noturno. Antes, o candidato tinha que fazer 20% do curso prático à noite. O uso do simulador de direção agora é facultativo. No estado, uma portaria do Detran-BA antecipou em um mês a nova regra do simulador.

Para os candidatos à habilitação categoria A (motos), foram mantidas as 20 horas de aulas práticas e houve redução no número de aulas noturnas, de quatro para uma. 

No caso da Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC), usada por quem pilota motos "cinquentinhas", a carga horária do ensino prático diminuiu de dez para cinco horas. A autoescola poderá permitir o uso de um veículo apresentado pelo candidato, que tem a opção de não fazer as aulas teóricas e práticas, realizando somente as provas, no prazo de 12 meses. Se houver reprovação no exame, a parte teórica do curso torna-se obrigatória.

O diretor-geral do Detran-BA, Rodrigo Pimentel, comentou as mudanças na legislação. "A ideia foi ampliar o acesso da população à carteira de habilitação, sem deixar de priorizar a segurança no processo de formação do condutor”.

 

ADAB apreende quase duas toneladas de carne sem certificação 

Domingos Matos, 12/09/2019 | 11:28

A tentativa de distribuir cerca de 2 toneladas de carne clandestina nas feiras e mercados de Salvador foi frustrada pela equipe de inspeção da ADAB (Agência Estadual de Defesa Agropecuária), no final da manhã de ontem (11), no posto da Polícia Rodoviária Federal, em Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador. Os produtos já fatiados foram identificados pelos fiscais da autarquia como carcaça de caprinos e cortes e carcaça de bovinos e produtos defumados (cortes e embutidos).“Além de não apresentar nenhum selo de inspeção, os responsáveis transportavam a carga em condições inadequadas, em carroceria aberta de dois carros de passeio, e sem refrigeração, oferecendo riscos à população pois são produtos perecíveis que, caso não sejam armazenados e transportados seguindo as determinações técnicas, podem afetar a saúde pública se consumidos”, frisou o diretor-geral da ADAB, Maurício Bacelar.   

A carga apreendida na estrada foi encaminhada para descarte à Graxsal, empresa qualificada para destruir os rejeitos de origem animal. A pesagem oficial marcou 1.750 kg e, de acordo com os fiscais, a carga é oriunda do abate clandestino. “No ato da apreensão, foi produzido um termo de inutilização e a carga foi encaminhada ao descarte”, enfatizou José Ramos, Coordenador de Inspeção Sanitária da ADAB.  

Na semana passada, uma carga de 280 kg de cortes de frango congelados foi apreendida no mesmo ponto e encaminhada ao descarte. ”Apesar da carga constar, naquele momento, de documento de inspeção, as condições transportadas eram totalmente adequadas. O termômetro deveria marcar 18° a 12° negativos e os produtos estavam acondicionados a  17°, o que poderia causar sérios danos à saúde, pois o consumidor terminaria levando pra casa produtos com acelerado processo de degelo e muito mais vulnerável à deterioração”, reforça José Ramos.

O diretor da ADAB também destacou a parceria entre a Agência e a Polícia Rodoviária Federal. “Sempre que observam irregularidades, condições precárias de transporte e sem nota fiscal, produtos sem inspeção ou selo oficial, a PRF nos chama para avaliarmos a situação. Essa sintonia é essencial para mantermos a população segura e distante das doenças transmitidas pelos animais”, concluiu Maurício.

SineBahia oferece 35 vagas de emprego nesta quinta em Itabuna

Domingos Matos, 11/09/2019 | 17:35
Editado em 11/09/2019 | 14:07

A unidade do SineBahia, no Shopping Jequitibá, em Itabuna, estará intermediando 35 vagas de emprego nesta quinta-feira (12). Entre as muitas oportunidades está o cargo de corretor de imóveis, com 10 vagas disponíveis e cuja uma das exigências é ter o ensino médico completo. Tem vagas também para as funções de vigilante e eletricista de caminhão, além de outros cargos. 

Os interessados devem procurar o Sine, das 9 às 18 horas, portando os seguintes documentos: número do PIS, PASEP ou NIS; Carteira de Trabalho, RG, CPF, currículo, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Confira as vagas a seguir: 

 

OPERADOR DE TELEMARKETING (PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

05 VAGAS

 

INSPETOR DE DISCIPLINA (MONITOR DE RESSOCIALIZAÇÃO) (PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses com vigilância

Possuir curso de vigilante ou bombeiro civil

02 VAGAS

 

AUXILIAR DE COZINHA (PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

01 VAGA

 

AUXILIAR DE LIMPEZA (PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

01 VAGA

 

SOLDADOR

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

01 VAGA

 

VIGILANTE

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na função

Possuir curso de vigilante e extensão a carro forte

01 VAGA

 

AUXILIAR DE COZINHA

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na função

Experiência com salgados fritos e de forno

01 VAGA

 

VENDEDOR PRACISTA

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses com vendas

Possuir Moto

Possuir CNH ‘A’

01 VAGA

 

ENTREVISTADOR DE PESQUISA DE OPINIÃO E MÍDIA (TEMPORÁRIA)

Ensino Médio Completo

Não necessita experiência

Possuir habilidade com tablet e smartphone

03 VAGAS

 

VENDEDOR PRACISTA (VENDAS INTERNAS E EXTERNAS)

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

Possuir CNH ‘AB’

01 VAGA

 

TÉCNICO EM FIBRA OPTICA

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na função

Possuir CNH ‘AB’

01 VAGA

 

AUXILIAR MECÂNICO DE REFRIGERAÇÃO

Ensino Fundamental Incompleto

Experiência mínima de 6 meses na função

01 VAGA

 

VENDEDOR INTERNO (DE CARROS)

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

Possuir CNH ‘B’

01 VAGA

 

COZINHEIRA

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

01 VAGA

 

CORRETOR DE IMOVÉIS

Ensino Médio Completo

Não necessita experiência

Possuir registro no CRECI-BA

10 VAGAS

 

MECÂNICO DE CAMINHÃO A DIESEL

Não necessita escolaridade

Experiência mínima de 6 meses na carteira

02 VAGAS

 

ELETRICISTA DE CAMINHÃO

Não necessita escolaridade

Experiência mínima de 6 meses na carteira

02 VAGAS

 

“É hora de pensar num Brasil que ofereça qualidade de vida à sua gente”, diz Rui Costa no 7 de Setembro

Domingos Matos, 07/09/2019 | 23:07

O desfile cívico que marca a Independência do Brasil, comemorada em 7 de setembro, foi acompanhado pelo governador da Bahia, Rui Costa, na manhã deste sábado (07). Seguindo a hierarquia e tradição das Forças Armadas, Rui Costa presidiu a cerimônia por ser a maior autoridade do poder executivo presente no evento.

“É hora de pensar num Brasil que ofereça qualidade de vida à sua gente, um país que una e integre o povo brasileiro das diversas regiões, culturas, e até preferências políticas, mas o Brasil tem que caminhar unido pra superar os seus desafios. E o 7 de setembro é sempre uma data de reflexão sobre os próximos passos que o Brasil pode dar na direção de melhorar a vida de seu povo”, afirmou o governador Rui Costa.

O ato cívico que marca os 197 anos de independência foi iniciado pelo coronel Luiz Eduardo Possídio Santos, chefe do Estado-Maior da 6ª Região Militar que passou em revista à tropa. A tropa foi apresentada ao governador Rui Costa e demais autoridades que estavam no palanque. Logo após foi realizado o hasteamento das bandeiras e o desfile iniciado.

“É uma festa democrática, em que a gente observa a participação de toda a população. E essa festa acaba sendo uma aula, fora da escola, em que todos nós, civis e militares, participamos para lembrar que o Brasil se tornou independente em 7 de setembro e temos a nossa independência a partir da independência da Bahia, no 2 de julho. É um momento de união e reflexão sobre o futuro do nosso país”, comentou o comandante da 6ª região militar, general Silva Alvim.

Neste ano, o desfile que fez o percurso entre o Corredor da Vitória e a Praça Castro Alves, trecho de cerca de quatro quilômetros, teve a participação de quatro mil militares das Forças Armadas, além das Polícias Militar e Civil da Bahia, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal e Salvamar. 

O efetivo da Polícia Militar no desfile do 7 de setembro foi de 1.630 policiais, entre aqueles que participam do desfile e os que realizam o policiamento do evento. O Centro de Operações Especiais da Polícia Civil levou uma novidade para o desfile deste ano, a apresentação na parada com canil, ala kids e policiais femininas. Os carros e equipamentos da polícia também abrilhantam o evento. 

A rede estadual de ensino também participou do desfile do 7 de setembro, com mais de 2.600 estudantes de 39 escolas estudais de Salvador e interior da Bahia neste sábado. As unidades de ensino tradicionalmente fazem muito sucesso com o público que acompanha a cerimônia por conta das bandas e fanfarras que se apresentam no desfile.

Homens armados invadem Itaju do Colônia e explodem agência bancária

Domingos Matos, 04/09/2019 | 08:21

Um grupo de homens armados invadiu a cidade de Itaju do Colônia, no sul da Bahia, e explodiu uma agência bancária, durante tentativa de assalto, na madrugada desta quarta-feira (4). Ninguém ficou ferido.

De acordo com a Polícia Militar da cidade, cerca de 10 homens fortemente armados agiram no ataque. Eles atiraram em várias direções, para assustar os moradores.

A agência ficou parcialmente destruída. Depois de explodirem o local, sem conseguir abrir o cofre, os homens fugiram em carros. Policiais militares fazem ronda na cidade, para tentar localizar a quadrilha. (Com informações do G1)

 

MP denuncia acusados de emplacamento fraudulento de carros de luxo

Domingos Matos, 29/08/2019 | 12:31

Dois ex-coordenadores do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) de Brumado e Livramento de Nossa Senhora, juntamente com dois agentes  particulares, foram denunciados pelo Ministério público estadual à Justiça. Eles são acusados de associação criminosa para inserir dados falsos em sistema informatizado da administração pública, de forma continuada, para “esquentar”, dando “aparência de legalidade”, a veículos de luxo roubados. Os agentes particulares foram denunciados ainda por oferecer vantagem indevida a funcionário público. 

Na ação civil pública, o promotor de Justiça Ruano Fernando da Silva Leite, que também é autor da denúncia, pede que a Justiça determine a indisponibilidade de bens dos quatro requeridos no valor de R$ 911.880,00. Conforme apurado pelo MP, entre os meses de novembro e dezembro de 2018, os ex-coordenadores facilitaram e determinaram a seus subordinados a inserção de dados falsos no sistema informatizado do Detran, informando e aprovando o primeiro emplacamento “fraudulento” de, pelo menos, cinco veículos. Dois desses automóveis teriam sido emplacados após o pagamento de suborno efetuado pelos dois outros denunciados. De acordo com o promotor de Justiça, as investigações indicam que a fraude já pode ter movimentado mais de R$ 2,5 milhões. 

 

 

Presa mulher suspeita de integrar quadrilha especializada em roubos a bancos e carros fortes

Domingos Matos, 26/08/2019 | 10:12

Integrante de uma quadrilha especializada em roubos a bancos e carros fortes, com atuação na Bahia, Minas Gerais e Pernambuco, Maiane Souza de Jesus, de 31 anos, foi capturada no último final de semana, por investigadores da Delegacia Territorial (DT), de Cruz das Almas, na região do Recôncavo. 

De acordo com o delegado Cristóvão Oliveira, titular da DT/Cruz das Almas, Maiane estava com um mandado de prisão em aberto, expedido pela comarca de Paulo Afonso, após ser condenada à prisão. Em julho de 2018, ela chegou a ser presa durante uma operação policial, em que outros integrantes do banco também foram capturados. 

Condenada a uma pena de cinco anos de reclusão, Maiane foi localizada no bairro Itapicuru, em Cruz das Almas, e conduzida à sede da DT local, onde ficará custodiada aguardando transferência para o sistema prisional. 

Bahia: inspeções do MP identificam irregularidades em casas de acolhimento de idosos 

Domingos Matos, 26/08/2019 | 09:31

Irregularidades estruturais e de funcionamento foram identificadas em todas as oito Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIS) do município de Alagoinhas, que foram inspecionadas pelo Ministério Público estadual nos dias 12, 13, 14, 19, 20 e 21 de agosto. As inspeções foram realizadas pela promotora de Justiça Andrea Borges Miranda com o apoio de psicólogos e assistentes sociais da Central de Assessoramento Técnico Interdisciplinar (Cati), órgão ligado ao Centro de Apoio de Direitos Humanos (Caodh), e de engenheiro civil da Central de Apoio Técnico (Ceat) do MP. 

As instituições são todas da rede privada e se sustentam por meio de doações e do benefício assistencial dos idosos. São elas: Associação Acolhedora de Idosos Kayrós, Casa de Repouso Lírio dos Vales, Lar Franciscano Emma Barbetti, Lar Bezerra de Menezes, Lar Nossa Senhora do Carmo, Lar Recanto da Paz, Lar Substituto Lindaura Plácido de Carvalho e Lar Substituto Nova Esperança. Ao todo, eles acolhem 212 pessoas. 

Segundo a promotora, as irregularidades vão de superlotação de alojamentos, ambientes insalubres, até ausência de profissionais capacitados, por meio de cursos, para realizar o cuidado de idosos. Andrea Borges afirmou que o Lar Bezerra de Menezes, visitado anteontem, dia 21, apresentou as piores condições e irregularidades mais graves. 

No local, foram encontrados diversos focos do mosquito Aedes Aegypti e grande quantidade de entulho localizada em área utilizada como depósito de latas, garrafas, telhas, cadeiras e mesas quebras e carros abandonados. “Acionamos imediatamente os órgãos municipais (Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica e Secretaria de Serviços Públicos) e o Corpo de Bombeiro, para fazer avaliação e sanar os problemas. Os focos foram eliminados e o entulho retirado, em volume superior a três caçambas”, afirmou a promotora. 

Andrea Borges informou que existe um inquérito instaurado sobre a situação do Lar e será realizada reunião com os responsáveis do Lar e a Prefeitura para que a fiscalização no local seja intensificada e os direitos dos acolhidos garantidos. Quanto às demais instituições, serão instaurados inquéritos civis para acompanhar e cobrar a adoção de medidas que sanem os problemas encontrados. 

 

Cati

As inspeções em Alagoinhas refletem o trabalho que vem sendo realizado pela Central de Assessoramento Técnico Interdisciplinar (Cati). Desde sua criação em 2018, o órgão já ofereceu suporte de seus profissionais em ações em Salvador, Eunápolis, Jacobina e Santo Antônio de Jesus, participando de inspeções em ILPIS na capital, Alagoinhas, Madre de Deus e Lauro de Freitas, e em unidades de Saúde Mental em Salvador e Feira de Santana. A unidade conta com oito servidores (três na área de Psicologia, quatro de Serviço Social e um analista técnico), além de estagiários. “O apoio da Cati é fundamental importância, pois permite fazer a inspeção acompanhada de profissionais com olhar técnico e diferenciado da situação, qualificando a atuação por outro ângulo, para além das questões jurídicas. São profissionais que nos subsidiam com informações que ampliam nossa visão”, afirmou a promotora Andrea Borges.

Segundo a coordenadora do Caodh, promotora de Justiça Márcia Teixeira, o objetivo da Cati é atender as demandas de comarcas que não dispõem de serviços de apoio técnico especializado. “A ideia é ampliar a equipe e integrar outros servidores com atuação nas áreas de antropologia, sociologia, ciências sociais, entre outros”, afirmou. Entre as atribuições da Cati, estão prestar apoio às Promotorias de Justiça de Cidadania e Direitos Humanos nas solicitações relacionadas a análises, estudos, pareceres técnicos; e apoiar fiscalizações realizadas em entidades de atendimento integrantes da rede socioassistencial.  

 

 

 

Documentos veiculares são os mais comuns em suspeitas de fraudes

Domingos Matos, 06/08/2019 | 12:31
Editado em 05/08/2019 | 23:26

Duzentos documentos de veículos com suspeitas de fraude foram analisados pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT), no primeiro semestre de 2019. Responsável pela perícia em RGs, CNHs, CRLVs, passaportes, contratos, cédulas, entre outros impressos), o setor de Documentoscopia tem como função desvendar a autenticidade e autoria gráfica destes materiais, além de dar suporte nas ocorrências de crimes contra a vida, realizando a análise dos indícios recolhidos no local do delito. 

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) lideram as demandas anuais das perícias, incluindo as grafotécnicas (análises da grafia em assinaturas e outros tipos de escrita manual). Normalmente, as fraudes estão associadas a supressão e adulteração das informações originais. 

Em um dos casos analisados, o criminoso suprimiu a data de expedição da CNH transformando ilegalmente o numeral oito em nove. "São muitos casos como este. Analisamos cada detalhe com muito cuidado, porque sabemos que, em muitas situações, eles mudam a data de expedição para que não correr o risco de ser comparada com a data que foi adulterada", explicou a coordenadora do setor de Documentoscopia, perita criminal Adriana Santana Queiroz. 

O alto número de apreensões destes tipos de documentos está associado diretamente as ações de abordagens realizadas pela Polícia Militar e pela Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV) que tem por finalidade a captura de assaltantes de carros e estelionatários. 

Adriana disse ainda que as cédulas também são materiais considerados fáceis para falsificações. " Muitas vezes eles [os criminosos] dão um desgaste no papel ou fazem algum tipo de simulação para passar a impressão de que a cédula foi usada ou já circulou. Então, a gente realiza um exame para verificar se realmente é uma cédula autêntica ou se foi feita em um papel para simular", completou.

 

 

Assaí Atacadista inaugura loja em Ilhéus, nesta sexta-feira (26)

Domingos Matos, 24/07/2019 | 20:05

Nesta sexta feira, 26 de julho, o Assaí Atacadista abre as portas de sua unidade no município de Ilhéus. A inauguração marca a continuidade do plano de expansão da rede para 2019, que planeja a abertura de 15 a 20 lojas até o fim deste ano, e reforça a importância estratégica do estado para as operações da companhia. A nova unidade, a 149ª no Brasil, é também a 12ª do Assaí na Bahia. No Nordeste, é o estado com o maior número de unidades da bandeira.

Em preparação para a abertura, a rede investiu 53 milhões de reais e criou mais de 500 postos de trabalho, entre diretos e indiretos, gerando oportunidades de emprego e renda, e contribuindo para o desenvolvimento econômico do município.

“Ilhéus vive um momento muito importante. Atraiu investimentos e obras que serão fundamentais para mais um salto de desenvolvimento econômico e social. Estamos muito orgulhosos por fazer parte dessa nova fase e poder atender a população local com variedade, qualidade no atendimento e preços competitivos, que as são marcas registradas do Assaí”, afirma Belmiro Gomes, presidente do Assaí Atacadista.

A nova loja tem mais de 5 mil m2 de salão de vendas, 26 checkouts e 441 vagas de estacionamento para carros e motos. Preparada para atender transformadores (food service, lanchonetes, pasteleiros, restaurantes), revendedores (donos de padarias, mercados, mercearias, cantinas), utilizadores (escolas, hotéis, clubes, condomínios) e, também, consumidores finais, o Assaí em Ilhéus oferecerá um sortimento de mais de sete mil itens, de grandes marcas nacionais e importadas, incluindo alimentos, bebidas, produtos de higiene pessoal e limpeza, de bazar, para automóveis e animais de estimação, além de descartáveis e embalagens.

Localizada na Zona Sul de Ilhéus, uma das áreas que mais cresce na cidade, a unidade funcionará de segunda-feira a sábado, das 7h às 22h, e aos domingos e feriados, das 7h às 18h, na Avenida Olivença (em frente à Cabana Gabriela).

Política de preços

Um dos diferenciais do Assaí é a política de dois preços, que atende às necessidades dos diferentes perfis de clientes que frequentam as lojas da rede. Com a política, os clientes podem adquirir desde uma caixa fechada de determinado produto até uma única unidade, sem deixar de aproveitar os preços competitivos que a bandeira oferece.

Além disso, o Assaí disponibiliza o seu cartão de crédito próprio, o Passaí, que permite a qualquer cliente pagar o preço de atacado, mesmo comprando uma única unidade de um item. O benefício é inédito no segmento de atacado de autosserviço. Lançado em 2017, o Passaí já é responsável por 5% do total das vendas da rede, atingindo 10% em algumas unidades.

Sustentabilidade

A unidade Assaí Ilhéus conta com iluminação 100% em LED e ilhas de refrigeração e congelados (freezers) com portas, iniciativas que proporcionam uma experiência de compra mais agradável aos clientes ao mesmo tempo em que reduzem o consumo de energia elétrica. Conta, também, com fachada de vidro e telhas translúcidas, garantindo um melhor aproveitamento da luz natural e redução nos gastos com energia. 

Paralelamente, a rede investe em outras iniciativas sustentáveis, como o descarte correto de resíduos e itens recicláveis usados no dia a dia das lojas, incluindo caixas de papelão e óleo de cozinha. E incentiva, também, o uso de sacolas retornáveis. A coleção de sacolas do Assaí conta com quatro modelos, todos com capacidade de 15kg e estampas inspiradas na mandala, que é o símbolo da integração e da harmonia.

Para o público em geral, a loja oferece coletores de pilhas e baterias, que garantem o descarte adequado desses produtos, evitando assim a contaminação do solo.

Crescimento

O Assaí tem apresentado números significativos de crescimento. Em 2018, a rede alcançou faturamento bruto de R$ 24,9 bilhões, com um expressivo acréscimo de 4,9 bilhões em vendas, na comparação com 2017. Registrou, também, a sua melhor venda por m2 dos últimos cinco anos. Para 2019, o Assaí planeja a abertura de 15 a 20 unidades. A loja Assaí em Ilhéus é a quinta inauguração no ano.

O forte ritmo de crescimento do Assaí pode ser explicado a partir de alguns fatores. Um deles é a assertividade do negócio e sua adequação aos diferentes perfis de clientes que frequentam as lojas da rede. Além disso, preços competitivos e um atendimento de qualidade, características da rede, ajudam a diferenciar a bandeira. De acordo com a Nielsen, o atacado de autosserviço é, hoje, o formato com maior penetração nos lares brasileiros. A chegada do modelo a novos estados e municípios, sem dúvida, tem ajudado a popularizar o formato.

Sobre o Assaí Atacadista

O Assaí Atacadista possui 149 unidades em 18 estados (AL, AM, BA, CE, GO, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, SE, SP, TO) e no Distrito Federal. Negócio de atacado do GPA, a rede opera com o formato Cash&Carry, conhecido como atacado de autosserviço, e está em plena expansão. Em 2018, a bandeira inaugurou 18 novas unidades no Brasil e fechou o ano com vendas brutas de R$ 24,9 bilhões, expansão de 24,2% em relação ao ano anterior.

Itão entrega carro zero para ganhador na promoção de 2019

Domingos Matos, 11/07/2019 | 13:25

O gerente da loja Itão, no Centro Comercial, em Itabuna, Rodinei Marikson Silva, entregou, na quarta-feira (10), um HB-20 zero KM ao personal trainer e chefe de cozinha Elivaldo Luiz Fernandes Pinto. O morador de Ilhéus foi o ganhador do primeiro dos três carros da Campanha Promocional “Mais Prêmios, Mais Sorte!” da Rede de Hipermercados Itão. 

A maior campanha promocional de prêmios do sul e extremo-sul da Bahia ainda vai sortear outros dois HB-20, em dezembro, para os clientes que comprarem nas lojas de Itabuna e Ilhéus. Além disso, sorteia todos os meses, até o final do ano, vales-compras no valor de R$ 600 cada. É uma das campanhas que mais distribuem prêmios na Bahia.

Durante a cerimônia de entrega do prêmio de hoje, o chefe de cozinha Elivaldo Luiz Fernandes Pinto disse ser reconhecido pelos amigos e familiares como um sortudo, pois já ganhou vários prêmios de pequeno valor. “Inclusive uma pequena quantia na Loteria. Várias rifas, brindes, mas esse tem uma emoção diferente porque tem maior valor e chegou na hora certa”.

Um sortudo

Elivaldo Luiz afirmou que a receita para ganhar nos sorteios é simples. “A constatação é muito obvia, mas preciso lembrá-la: só ganha quem participa. Por isso, sempre ganho prêmios”. Ele acrescentou que estava muito confiante que um dia levaria para casa um carro da campanha promocional do Itão “porque estou sempre fazendo minhas compras e colocando cupons”.

Elivaldo Luiz contou que já tinha planejado, com a família, assumir um compromisso financeiro a mais para trocar de carro em outubro. “O que temos não atendia mais as nossas necessidades. Estava precisando de um veículo com um pouco de mais conforto porque viajamos muito, eu, a esposa e as minhas duas filhas”.   

O personal trainer também se recordou do momento em que foi informado ser ganhador do veículo. Ele estava em Canavieiras, reunido com quase toda a família para os festejos juninos. “Pulei, abracei a minha mãe, esposa, filhas e primos. Foi aquela festa. Já estava feliz por causa da reunião em família. O carro deixou o nosso São João completo”.    

Prêmios o ano interiro

O gerente da loja Itão do Centro Comercial, Rodinei Marikson Silva, destacou o compromisso social da empresa e a felicidade a cada sorteio e entrega dos prêmios. “São muitos clientes em que os prêmios ajudaram a realizar um projeto de vida. É muito bom para a nossa empresa ajudar na realização de sonhos”, disse.

Ele ressaltou que “além dos veículos zero, os consumidores do Itão concorrem a vales-compras durante o ano inteiro”. Mas as vantagens não param por aí: as promoções, preços, qualidade no atendimento e facilidade para pagamento são outros atrativos. Os clientes podem parcelar as compras em duas vezes no cartão de crédito ou em 60 dias no cheque, se cadastrados.

Povo baiano homenageia heróis da independência no 2 de Julho 

Domingos Matos, 02/07/2019 | 20:19

Desde 1824, a conquista da liberdade, no 2 de Julho, é comemorada pelo povo baiano com o desfile que sai da Lapinha até o Campo Grande, em Salvador. Os carros do caboclo e da cabocla são cortejados por milhares de pessoas, que celebram a expulsão dos últimos portugueses do Brasil. 

Este ano, o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico e governador em exercício, João Leão, representou o governador Rui Costa no hasteamento da bandeiras, na homenagem ao general Labatut e na saída do cortejo. "O 2 de Julho é um dia muito importante para a Bahia e o Brasil. É uma data que marca o coração dos baianos. É uma felicidade grande ver esse povo reunido, comemorando", afirmou Leão. 

Com as sacadas das casas enfeitadas e ruas cheias, a festa reúne todos os elementos da luta pela libertação da Bahia e do Brasil da dominação portuguesa. Entre os personagens históricos homenageados, Maria Quitéria é lembrada por pessoas como a dona de casa Romilda Anunciação. "Eu saio vestida de Maria Quitéria há 39 anos. Venho desde pequena, quando minha tia me trazia. Minha história de luta tem tudo a ver com Maria Quitéria. Ela é uma guerreira e eu também sou. Ano que vem, estarei aqui novamente", disse. 

Os povos indígenas também estão representados no figurino do casal Antônio Brandão, guia de turismo, e Ivanete da Silva, promotora de eventos. A história do Brasil é revisitada. "No 2 de Julho, o povo é representado por ele mesmo. Então, nada melhor que a gente representar as pessoas que lutaram, como os índios e escravos", destacou Antônio. 

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.