Tag: certificados

Fundac qualifica jovens e adolescentes para mercado de trabalho

Domingos Matos, 03/12/2019 | 20:39

Ingressar no mercado de trabalho será uma tarefa menos difícil para 267 jovens e adolescentes que cumprem medida socioeducativa de internação na Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac). Neste mês de dezembro, eles recebem certificados nos cursos profissionalizantes de panificação e confeitaria, eletricista industrial, manutenção e instalação de ar-condicionado e de auxiliares de edificação. Os 60 primeiros certificados foram entregues em cerimônia nesta terça-feira (3), na Case Salvador. 

No evento, o secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Deivison Magalhães, destacou que não existe ressocialização sem a incorporação e uma vida social. "Nós temos um levantamento de que mais da metade dos internos que passam por esse processo de ressocialização e têm a oportunidade de se qualificar profissionalmente são reintroduzidos do ponto de vista social. Por isso, com essa parceria com a Fundac, nós estamos oferecendo aos internos em processo de ressocialização diversos cursos de qualificação", disse. 

Segundo a diretora-geral da Fundac, Regina Afonso, a instituição cuida da saúde integral do interno, física e mental. “É um conjunto de ações que levam à ressocialização. Nós oferecemos vagas de qualificação profissional para que, quando o jovem ou adolescente terminar de cumprir a medida socioeducativa, ele possa ter acesso ao mercado de trabalho e até mesmo ser um pequeno empreendedor", explicou. 

De acordo com o professor de panificação e confeitaria, Reinaldo Souza, a proposta é qualificar os educandos e já há egressos no mercado de trabalho. “A gente está ajudando esses jovens para que eles estejam preparados para o mercado. Muitos, quando saem, já estão qualificados e são indicados pelo Programa de Atendimento a Egressos da Fundac para um posto de trabalho formal”.

Um dos internos, que está há um ano e oito meses na Fundac, já faz planos para quando sair. “Eu recebi o certificado do curso de refrigeração e manutenção de ar-condicionado. É uma oportunidade que eu não tive fora da Fundac. Esse tempo que eu estou passando aqui é importante para eu refletir. O que estou aprendendo aqui pode me ajudar muito quando eu sair, para que eu possa cuidar da minha família", afirmou. 

 

Acordo de cooperação

Durante a cerimônia de certificação também foi assinado um termo de cooperação técnica, entre a Fundac e Secretaria da Educação do Estado, que vai proporcionar Educação Básica e Profissional para os adolescentes que cumprem medidas socioeducativas de internação e medida cautelar de Internação Provisória (IP). 

Bahia qualifica mais 3,5 mil trabalhadores para o mercado profissional

Domingos Matos, 25/11/2019 | 20:38

Mais 3,5 mil baianos de 96 municípios estão prontos para ingressar ou crescer no mercado de trabalho, após concluírem os cursos oferecidos pelo Programa Qualifica Bahia. Nesta segunda-feira (25), 540 alunos de Salvador foram os primeiros a receber, do secretário estadual do Trabalho, Emprego e Renda, Davidson Magalhães, os certificados do programa. O Qualifica Bahia é uma ação do Governo do Estado, desenvolvida pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Renda (Setre), com o objetivo de promover a qualificação social e profissional e preparar pessoas para serem inseridas no mercado de trabalho.

O secretário Davidson Magalhães destacou o fortalecimento dos programas de qualificação profissional na Bahia. "Estamos vivendo um momento difícil no Brasil, com um aumento considerável do desemprego, e onde os Estados tiveram recursos cortados pelo governo federal. No entanto, a Bahia segue dando continuidade às ações nesta área, porque entende que a melhor forma de enfrentar o desemprego é qualificar a nossa juventude. Existe uma defasagem de qualificação para um conjunto de empregos e atividades no mercado e este é um esforço do Governo do Estado, que também promove a intermediação de mão de obra", explicou. 

Com um investimento de R$ 832 mil do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Funcep), os cursos contemplaram as seguintes áreas: Manicure e Pedicure, Cabeleireiro, Corte e Costura, Cuidador de Idosos, Cooperativismo, Culinária, Doces e Salgados, Doces e Compotas, Eletricista de Instalações Prediais, Pedreiro Polivalente, Informática Básica, Informática Avançada, e Web Design.

Moradora de Sussuarana, Rosana dos Santos, 27 anos, já aplicou os conhecimentos adquiridos durante a qualificação de empreendedorismo. "Esse curso nos dá uma visão mais ampla do que a gente pode fazer. Nós recebemos formação sobre postura, sobre como lidar na sociedade, e também sobre a parte técnica do cooperativismo. Depois de tudo isso eu comecei a fazer uma cooperativa dentro da minha própria casa, com a minha família, e começamos a produzir geladinhos gourmet. Estamos vendendo muito, mais de 200 geladinhos por semana e essa cooperativa que eu aprendi a desenvolver no curso, está dando certo".

Murilo Conceição Santos, 21, morador de Saramandaia, agora é cabeleireiro e, mais do que uma profissão, ele tem planos maiores para o futuro. "Nesse curso nós tivemos dois módulos, um social e um técnico. Aprendi toda a prática fundamental para ser cabeleireiro e a partir de agora vou fazer mais cursos para me aprofundar. Com a renda melhor que eu passo a ter agora, eu pretendo dar mais estabilidade para a minha família e ter um filho, com a minha esposa".
 

Próximas oportunidades

O superintendente de Desenvolvimento do Trabalho, Marcelo Gavião, informou que, no evento, foram certificados os primeiros 540 dos 800 alunos que fizeram curso em Salvador. "Para o ano que vem, o nosso orçamento é de R$ 9 milhões nos programas Trilha e Qualifica Bahia, mais de um milhão acima do que o aplicado este ano na qualificação profissional. Qualquer pessoa maior de 18 pode participar do Qualifica Bahia. Quem quiser mais informações, pode buscar a rede Sinebahia para saber quais os cursos estarão disponíveis na sua região. Já para o Programa Trilha, é preciso ser jovem até 29 anos e ter concluído ou estar concluindo o ensino médio".

 

Inaugurada reforma do Centro de Ressocialização do Conjunto Penal

Domingos Matos, 21/11/2019 | 22:15
Editado em 25/11/2019 | 08:28

Depois de ter as atividades suspensas após ser “tomado” por um bando de andorinhas, o Centro de Ressocialização do Conjunto Penal de Itabuna passou por uma completa reforma, que foi inaugurada nessa quinta-feira (21). A cerimônia foi conduzida pelo superintendente de Ressocialização Sustentável (SRS), da SEAP, Luís Antônio Nascimento Fonseca, que havia determinado a suspensão para reforma, há quatro meses, do antigo espaço.

O “ataque” dos milhares de pássaros provocou grande transtorno, mas o resultado da reforma surpreendeu a todos. “Após suspender as atividades, decidimos realizar essa obra, junto com a direção da unidade e a empresa cogestora Socializa. Mobilizamos 25 internos, que foram capacitados, a fim de que pudessem ser remunerados, e, depois de uma grande batalha, a obra foi realizada. Quero parabenizar a todos, pelo empenho”, afirmou o superintendente Luís Antônio.

O diretor da unidade, major PM Adriano Valério Jácome da Silva, destacou o trabalho em equipe, que possibilitou o sucesso da reforma. “Foi um percurso longo, o resultado foi excelente, mas costumo dizer que a caminhada em busca do objetivo já é, por si, uma vitória. Agradeço a todos, pois apenas trabalhando como equipe seria possível essa realização, e isso ocorreu aqui”, declarou.

Humanização

As obras buscaram não apenas requalificar o Centro de Ressocialização, mas, fazendo jus ao objetivo a que se destina, humanizou os espaços, com implantação de uma jardim, pintura em cores que proporcionam paz e tranquilidade, como o branco e o azul. Esse conceito de humanização foi valorizado, desde o acesso ao local, até os locais que foram ressignificados, como o banheiro adaptado para pessoas portadoras de necessidades especiais.

O conforto térmico foi garantido com a instalação de 24 ventiladores nas 12 salas de aula, que receberam forro de PVC e iluminação adequada ao ambiente de aprendizado. Os espaços dos cursos profissionalizantes também receberam os mesmos equipamentos, proporcionando melhores condições para o aprendizado aos reeducandos.

Autoridades

Além do diretor Adriano Jácome e do superintendente Luís Antônio, a mesa foi composta pelo tenente-coronel Sandro Crispim Ferreira Lopes, comandante do 15º BPM; e pelo advogado Moisés Figueiredo de Carvalho, presidente da Comissão de Direito Criminal e Sistema Prisional da OAB – Subseção Itabuna. Ainda compuseram a mesa o educador Cristóvão Crispim, que representou a diretora do NTE- 05, Josefina Castro; e a educadora Ana Tereza D. Nunes, que representou a secretária de Educação do município, Nilmecy Santos Gonçalves.

O evento teve a participação de diversas autoridades e representantes da sociedade, e de diversos órgãos municipais e estaduais, a exemplo da doutora Cláudia Trindade, também da SRS, e Nayara Sousa Rosa, representando o secretário municipal de Saúde, Uildson Nascimento. O músico David Nascimento, ex- The Voice, abrilhantou a cerimônia, cantando e tocando seu saxofone. Também se apresentaram no evento, os integrantes do projeto de música “Um Toque à Liberdade”, que funciona na própria unidade.

A direção da empresa Socializa foi representada pelo diretor operacional Renê Almeida e pelo gerente e responsável técnico, André Pitanga. Participaram ainda representantes do corpo de colaboradores da unidade, entre os quais os da Segurança, do Corpo Técnico, da Manutenção, Nutrição e a Equipe de Ressocialização. Os funcionários diretamente envolvidos na obra, bem como os internos que atuaram como ajudantes e o responsável técnico, arquiteto urbanista Charles William Costa Abreu, foram homenageados ao longo do evento. Prestigiaram a cerimônia o diretor-adjunto, Bernardo Cerqueira Dutra, e o coordenador de Segurança, Fábio Vivas.

Certificação

Após a cerimônia de inauguração, ainda foram certificados os 25 reeducandos que trabalharam na obra. Eles receberam capacitação teórica e prática, correspondente a 128 horas-aula, e estão aptos a trabalhar na área quando alcançarem a liberdade.

Ilhéus sedia Circuito de Seminários de Produção Orgânica

Domingos Matos, 11/09/2019 | 14:21

Entre os dias 18 a 20 de setembro estará acontecendo na cidade de Ilhéus o Circuito de Seminários de Produção Orgânica. O objetivo é promover a competitividade e a sustentabilidade do segmento de orgânicos no Estado da Bahia através do fomento à inovação, ao protagonismo do agricultor, economia solidária, agregação de valor, acesso a mercado e difusão de tecnologias sociais, de produção e de gestão comunitária.

Pretende-se, com o circuito, compartilhar conhecimentos com a população e pessoas interessadas sobre agroecologia e os desafios para a produção orgânica no sul da Bahia bem como divulgar experiências exitosas desenvolvidas na região.

Os painéis acontecerão nos dias 18 e 19 no Edifício Premier Business/cobertura, próximo ao estádio municipal de Ilhéus e serão abordados temas como: Conjuntura agroecológica no Sul da Bahia; Fortalecimento dos empreendimentos da agricultura familiar; Agregação de valor para a produção agroecológica e circuitos de comercialização; Agroecologia e o contexto mundial aliado aso impactos ambientais na implantação de grandes projetos de desenvolvimento na região.

No dia 20 de setembro será realizada a I Feira Orgânica de Ilhéus na Avenida Soares Lopes, em Frente a Tenda do Teatro Popular de Ilhéus (TPI) das 7:30 às 13hs, onde serão comercializadas, hortaliças, frutas, verduras, raízes, tubérculos, plantas medicinais, plantas não convencionais, aromáticas e ornamentais, produtos processados tais como: chocolates, farináceos, vinhos, cervejas, café, mel, milho de pipoca, queijos e manteigas, sucos, arroz, feijão, vinagres, doces e geleias, temperos, castanhas, extrato de tomate, palmito de pupunha, dentre outros. Todos produtos orgânicos certificados.

O evento, organizado pelo SEBRAE, conta com o apoio da Rede de Agroecologia Povos da Mata, OCA – Centro de Agroecologia e Educação da Mata Atlântica, Associação Cacau Sul da Bahia, Projeto Circuitos Agroecológicos, Tabôa Fortalecimento Comunitário, Rede de Agroecologia ECOVIDA, Instituto Ibiá e UESC através do Centro Vocacional e Tecnológico de Agroecologia (CVT).

Inscrições e a programação completa você encontra em: http://lojavirtual.ba.sebrae.com.br/loja/

Maiores informações pelo telefone: (73) 3634 - 4068

 

SERVIÇO:

Cláudio Lyrio / Núcleo Comunicação / Rede de Agroecologia Povos da Mata

O quê: Circuito de Seminários de Produção Orgânica

Onde: Edifício Premier Business/cobertura, próximo ao estádio municipal de Ilhéus

Quando: 18 a 20 de setembro / 2019

Internos do CPI são certificados em curso de Instalação e Manutenção de Ar-condicionado

Domingos Matos, 09/09/2019 | 20:01

Foi realizada, na manhã de segunda-feira (9), uma cerimônia para certificação de 11 internos do Conjunto Penal de Itabuna (CPI), no curso de Instalação e Manutenção de Ar-condicionado. Ao todo, 8 dos concluintes receberam o certificado, uma vez que três deles já foram beneficiados com a progressão de regime e já se encontram em liberdade – estes receberão o documento em outro momento.

Ministrado pela empresa Ciqprol Cursos Profissionalizantes, o curso teve carga horária de 56 horas e foi realizado durante o mês de agosto. O instrutor Flávio Lima destacou o aproveitamento dos alunos e manifestou o desejo de desenvolver a parceria com o CPI formando novas turmas. O curso foi coordenado pela terapeuta ocupacional Gabriela Gonçalves, e oportunizado pela Socializa – Soluções em Gestão, empresa cogestora que operacionaliza o Conjunto Penal de Itabuna.

O diretor do CPI, major PM Adriano Valério Jácome da Silva, disse que outros cursos como este serão organizados, sempre com o objetivo de garantir ao reeducando uma oportunidade de reintegração social com uma perspectiva de sustentabilidade econômica. “É nosso objetivo garantir que o maior número possível de reeducandos tenha acesso a cursos como esse, bem como a todos os nossos programas e projetos de ressocialização”, garante o diretor.

Como forma de garantir a retenção dos conhecimentos adquiridos, além de possibilitar a prática constante daquilo que aprenderam no curso, o diretor Adriano Jácome autorizou que a manutenção de aparelhos de ar-condicionado na unidade prisional seja feita, prioritariamente, pelos concluintes. “Havendo condições, eles serão chamados a realizar os serviços de manutenção. Isso vai garantir que retenham e ampliem seus conhecimentos, com a vivência na prática daquilo que aprenderam no curso”, destaca.

Participaram, ainda, da cerimônia, o diretor-adjunto Bernardo Cerqueira Dutra, o coordenador de Segurança Fábio Vivas, a representante da Ciqprol, Elisângela Pereira, além de representantes do Corpo Técnico e toda a equipe de ressocialização da unidade.

Em Retirolândia, Rui entrega obras e realiza ações que superam R$ 2 milhões em investimentos

Domingos Matos, 02/09/2019 | 19:45

Na manhã desta segunda-feira (2), em Retirolândia, o governador Rui Costa fez a entrega das obras de pavimentação de ruas na sede e do acesso à BA-120. A agenda ainda contou com a inauguração de extensões de rede de água encanada em cinco povoados; entrega de viaturas e uma série de ações voltadas à agricultura familiar, somando mais de R$ 2 milhões em investimentos do Estado para o município do nordeste baiano.

“Os investimentos passam pela infraestrutura, com calçamento e pavimentação, além do reforço no abastecimento de água, com a entrega de sistemas para povoados. O Estado veio entregar obras na zona urbana e rural, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos moradores do município”, afirmou o governador. 

Requalificação urbana

Ficou mais fácil ir da sede até a saída para a BA-120, com asfaltamento do acesso à rodovia, feito pela Secretaria de Infraestrutura de Transporte, Energia e Comunicação do Estado (Seinfra), com um recurso de R$1,1 milhão. O serviço executado envolveu a colocação da cobertura em concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ), material mais durável e resistente.

Já as intervenções no bairro Almir Oliveira foram executadas pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado (Sedur). Orçadas em R$ 640 mil, as obras envolveram a pavimentação em paralelepípedo com drenagem superficial e beneficiaram as ruas B, C, D, E, F e G da localidade.

Moradora da Travessa B, a dona de casa Ana Jaci conta que tudo melhorou depois que a rua passou por intervenções. "A gente não podia nem almoçar de porta aberta, por conta do lixo que tinha. Essa obra deixou tudo perfeito, limpinho. É outra coisa", afirmou.

Agricultura Familiar

Em ato na Praça 27 de Julho, o governador Rui Costa autorizou a Secretaria de Desenvolvido Rural do Estado (SDR) a firmar convênio no âmbito do Bahia Produtiva, no valor de R$141 mil, com a Associação Comunitária Bastianense, beneficiando diretamente 20 famílias. O contrato vai permitir aquisição de embalagens, equipamentos de escritório e para a produção de material de construção e ainda contração de consultoria para Plano de Negócios e de um projetista.

A fim de dinamizar a comercialização dos produtos da agricultura familiar e qualificar a feira livre em Retirolândia, o governador Rui Costa fez a entrega de 20 barracas, ao custo de R$ 826 cada.

Na oportunidade, foram entregues 1.388 certificados do Cadastro Ambiental Rural (CAR) a pequenos produtores rurais da cidade, no valor de R$116 mil. O documento permite, entre outras coisas, que os agricultores tenham acesso a empréstimos e benefícios que permitem a ampliação da produção. 

Outras ações

Entregue oficialmente durante a agenda, a extensão da rede de água encanada levou o líquido próprio para consumo para 110 moradias nos povoados de Riacho Fundo, Sapecado, Lagoa dos Bois, Vargem II e Macaco. Na ação, foram investidos R$207 mil.

A segurança pública também foi beneficiada, com a entrega de 14 viaturas para a Polícia Militar, que, além de Retirolândia, são destinadas aos municípios de Araci, Barrocas, Biritinga, Conceição do Coité, Ichú, Lamarão, Santa Bárbara, Santa Luz, Santanópolis, São Domingos, Serrinha, Teofilândia e Valente. 

Ainda em Retirolândia, a agenda foi encerrada com a visita do governador Rui Costa ao Colégio Estadual Olavo Alves Pinto e à Biblioteca Pública Municipal Aloísio Fagundes de Lima.

 

 

Em Serra Preta, Rui entrega sistema de abastecimento e títulos de terra 

Domingos Matos, 31/08/2019 | 12:38

Após a entrega, em Feira de Santana, de 120 novas viaturas para a Polícia Militar, o governador Rui Costa esteve no município de Serra Petra, na sexta-feira (30). Em visita à localidade de Lagoa da Caiçara, ele inaugurou um sistema de abastecimento de água, que recebeu um investimento de R$ 800 mil, como parte do programa Água para Todos. 

"Sinto uma emoção grande sempre que venho a um distrito. Governa bem e melhor quem conhece em detalhes o seu estado. E não tem como conhecer o estado sem ir à zona rural. Me orgulho muito de estar aqui hoje, inaugurando o sistema de água. Espero que a gente leve água para outras localidades de Serra Preta e possa ter 100% dos distritos e povoados com água potável", afirmou Rui. 

Também foi entregue a primeira etapa da construção de rede de esgotamento sanitário da Rua Travessa Roberto Santos, no distrito do Bravo. Com o objetivo de reforçar a segurança da região, o governador entregou ainda sete viaturas para a Polícia Militar, que serão destinadas a Anguera, Antônio Cardoso, Ipecaetá, Rafael Jambeiro, Santo Estevão, Serra Preta e Tanquinho. 

Para garantir a regularização de propriedades rurais, agricultores de Serra Petra receberam 1036 certificados do Cadastro Ambiental Rural (CAR) e títulos de terra do programa Bahia Mais Forte Terra Legal. Completou a visita do governador a autorização de convênios no âmbito do Projeto Bahia Produtiva, por meio do edital Qualificação de Agroindústrias, com investimento de R$ 288 mil, que vão beneficiar 20 famílias.

Bahia ganha certificados digitais mais baratos e eficazes contra fraudes

Domingos Matos, 30/08/2019 | 08:01

O combate à falsificação de assinaturas e de documentos, que resulta em prejuízos à administração pública, e o elevado custo para o empresário baiano adquirir a certificação digital motivaram a assinatura de convênio entre a Junta Comercial do Estado (Juceb) e Empresa Gráfica da Bahia (Egba). O acordo garante a aquisição dos certificados com até 28% de desconto sobre os valores praticados pela Egba.

A medida visa incentivar o registro digital de empresas, garantindo segurança, agilidade e comodidade ao empresário. Os descontos valem para certificados do tipo A3 e A1, que permitem ao usuário a tramitação de documentos com autenticação e integridade de conteúdo. 

“A Juceb muitas vezes é acionada por conta de irregularidades cometidas por terceiros. Por isso, a estratégia adotada para barrar esses crimes de falsificação de documentos é a Assinatura Digital, que antes não era cogitada como realidade, pelo seu custo alto, sobretudo aos micro e pequenos empresários Mas hoje, graças ao convênio com a Egba, isso se torna uma realidade”, destaca a presidente da Juceb, Andrea Mendonça. 

O empresário que manifestar interesse em adquirir o certificado durante a elaboração do processo de registro receberá um e-mail com todas as informações para ter acesso ao benefício e buscar a empresa para emissão do Certificado Digital. Alguns postos de atendimento da Juceb vão disponibilizar um preposto da Egba para prestar informações àqueles que tiverem interesse em adquirir os certificados com os descontos disponibilizados.

 

Conjunto Penal de Itabuna certifica 33 internos em cursos profissionalizantes

Domingos Matos, 29/07/2019 | 23:07
Editado em 29/07/2019 | 23:37

Um dia diferente na vida de 33 reeducandos custodiados no Conjunto Penal de Itabuna (CPI), que participaram da cerimônia de certificação nos cursos de bordado manual, bordado eletrônico, biscuit, cabeleireira, escovista, serigrafia e sandálias. O evento foi realizado na tarde dessa segunda-feira (29), na sala de audiências do CPI, onde foram conferidos certificados a todos que cumpriram a carga horária e se fizeram presentes - alguns já estão em liberdade e receberão o documento em suas casas.

O diretor do CPI, major PM Adriano Valério Jácome da Silva, comandou a cerimônia e destacou a importância desse momento para cada um dos reeducandos. “É um momento de recomeço. Os senhores e senhoras estão conquistando algo que é para sempre, o conhecimento”. Ele destacou a dedicação dos instrutores. “Tenho certeza que todos fazem por amor”, observou.

“Para nós, esse momento representa uma oportunidade escolhermos um caminho diferente, uma porta diferente, para nossas vidas. Já conhecemos a porta larga, que acabou por nos trazer até essa situação. Vamos escolher a porta estreita, que pode não nos dar carrões ou luxos, mas nos permitirá andar de cabeça erguida, sendo úteis à sociedade”, discursou uma das reeducandas certificadas.

Alguns dos concluintes não receberam o certificado por já terem ganhado a liberdade antes da cerimônia. A esses o documento será encaminhado. Os cursos são ministrados e supervisionados por instrutores e equipe multidisciplinar da empresa Socializa, que operacionaliza a unidade prisional, em regime de cogestão com o governo do estado.

Participaram da cerimônia, além do diretor Adriano Jácome, o diretor-adjunto Bernardo Cerqueira Dutra, o coordenador de segurança, Fábio Vivas, bem como representantes da empresa Socializa - gerência, corpo técnico e segurança.

 

PM aborda 7,4 mil veículos durante Operação São João 2019

Domingos Matos, 25/06/2019 | 16:58

A Operação São João 2019 da Polícia Militar da Bahia (PMBA), concluída nesta terça-feira (25), abordou 7.407 veículos e 14.857 pessoas em todo o estado, resultado da intensificação da fiscalização e patrulhamento nas rodovias estaduais diante do fluxo das pessoas que viajaram para o interior. 

Equipes do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) e das Companhias Independentes de Policiamento Rodoviário (1ª CIPRv/Itabuna, 2ª CIPRv/Brumado e 3ª CIPRv/Barreiras) participaram da ação. Durante os cinco dias de operação, iniciada na quinta-feira (20), 31 acidentes foram registrados, sendo 17 deles com vítimas. Foram 10 vítimas com ferimentos leves, 14 graves e 16 fatais. 

Segundo a PMBA, não é possível realizar um comparativo com o ano de 2018, pois o feriado de São João neste ano se estendeu em virtude do Corpus Christi. Assim, o fluxo nas rodovias baianas foi consideravelmente mais alto, inclusive com mais dias de festas em localidades onde há tradição.

Como resultado das abordagens preventivas, a PM recolheu 53 Carteiras Nacional de Habilitação (CNH) e apreendeu 54 Certificados de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV), além de 347 veículos retidos e 2.176 autos de infração extraídos. Ainda nas ações de fiscalização, 1.746 pessoas foram submetidas ao teste com etilômetros para verificar o uso de bebida alcoólica; dessas, 25 acusaram como positivo.

Sem homicídios

O São João na Bahia, que este ano teve a festa iniciada ainda no dia 20 em alguns municípios, terminou sem registro de morte violenta. No período de 20 a 24 de junho também não houve tentativa de homicídio. A maior parte das ocorrências, como geralmente acontece em grandes eventos, refere-se a furtos, que este ano totalizaram 260 casos.

Trinta e nove pessoas foram presas em flagrante, quatro casos a mais do que o mesmo período do 2018. Outras 217 foram conduzidas para averiguação (165 pela Polícia Militar e 52 pela Polícia Civil), resultando na instauração de 29 inquéritos e 102 registros de termos circunstanciados.

As polícias também conseguiram tirar de circulação 11 armas brancas e quatro de fogo. Já o número de lesão corporal dolosa apresentou um acréscimo de oito casos, passando de 18 para 26. “O São João é uma das festas mais tradicionais do estado e a Polícia Militar se preparada para fazer com que baianos e turistas curtam na paz. O balanço do trabalho é positivo, sem dúvida”, afirmou o comandante de Operações Policiais da PM, coronel Humberto Sturaro.

Já o diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin) da Polícia Civil, delegado Flávio Gois, destacou o clima de paz nos municípios. “Se considerarmos a quantidade de pessoas e de municípios e o número de registro de crimes, percebemos que a porcentagem é bastante baixa e isso não é à toa. São muitos profissionais trabalhando de forma integrada para que tudo termine da paz”, concluiu. 

Rui inaugura trecho recuperado da BA-652 em Ibirapitanga 

Domingos Matos, 10/06/2019 | 15:42
Editado em 10/06/2019 | 18:10

A população da região cacaueira, no sul da Bahia, foi beneficiada com a obra de recuperação da BA-652, entre o município de Ibirapitanga e o entroncamento da BR-101 e BR-330. A inauguração foi feita pelo governador Rui Costa, na manhã desta segunda-feira (10), durante agenda de compromissos em Ibirapitanga. 

“É sempre um orgulho inaugurar estradas. Além de melhorar a infraestrutura da região, a recuperação de rodovias facilita o escoamento da produção agrícola e oferece mais segurança à população. A obra entregue hoje recebeu um investimento de R$ 6 milhões”, destacou o governador. 

A requalificação, realizada em um trecho de 16 quilômetros da BA-652, beneficia, diretamente, cerca de 80 mil habitantes dos municípios de Ubatã, Gongogi, Ubaitaba e Ibirapitanga. Segundo o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, a obra foi realizada em um trecho importante, que interliga duas BRs. “Além de fazer o acesso para o município de Ibirapitanga, o trecho permite uma ligação mais rápida para quem vem pela BR-101, em direção à BR-116”, explicou Cavalcanti, adiantando que, para julho, a previsão é licitar mais 700 quilômetros de rodovias a serem recuperadas e construídas na Bahia. 


Outras ações

Ainda na ocasião, Rui Costa inaugurou o sistema de abastecimento de água do distrito de Novo Horizonte. No local foram realizadas 307 ligações domiciliares, a partir da implantação de uma rede de distribuição de 12.912 metros. O investimento de R$ 1,1 milhão beneficia cerca de 1.300 habitantes. 

A agricultura familiar foi outra área contemplada pela visita do governador. Foram entregues 424 certificados de Cadastro Ambiental Rural, com um investimento de aproximadamente R$ 32 mil. Também nesta segunda-feira, foram assinados cinco convênios ligados ao Bahia Produtiva, somando investimento de R$ 1,2 milhão. Destes, três são para qualificação de agroindústrias e dois para fruticultura cacau.

 

 

Rui entrega 20 casas em comunidade quilombola de Araçás

Domingos Matos, 10/06/2019 | 07:02

O aposentado Geraldo Elias Damasceno é um dos moradores da Comunidade Quilombola do Gaioso, em Araçás, que receberam uma casa nova. A satisfação do morador de 69 anos é refletida pelo sorriso largo no rosto. “Eu estava preocupado como faria a obra na minha casa velha, que estava quase desabando na minha cabeça. Dou graças a Deus porque surgiu esse projeto do governo”. 

A casa de Geraldo faz parte das 20 unidades habitacionais rurais entregues pelo governador Rui Costa na manhã deste sábado (8), durante visita ao município do litoral norte baiano. Foram investidos R$ 920 mil na ação. A obra é resultado de articulação envolvendo as secretarias estaduais de Promoção de Igualdade Racial (Sepromi) e de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio do Fundo Estadual de Combate e Erradicação à Pobreza (Funcep). 

"Esse é um projeto extraordinário de construção de casas em comunidades quilombolas. Em Araçás, são 20 unidades habitacionais para dar dignidade e condições de vida a famílias que viviam em construções precárias. Esse projeto alcança várias cidades. É um dia especial para Araçás", afirmou Rui. 

As obras duraram seis meses e foram executadas pela Cooperativa de Habitação Rural da Bahia (Cooperhabitar), a partir de edital de Chamada Pública. Cada imóvel tem dois quartos, sala, cozinha e banheiro, além de uma área de serviço na parte externa. 

Araçás é o município baiano com o maior número de comunidades quilombolas reconhecidas pela Fundação Palmares, com total de 36 comunidades remanescentes de quilombolas. Em todo o Território Litoral Norte, no qual o município está localizado, são 72 comunidades. 

A secretária da Sepromi, Fabya Reis, explicou que "o Estado da Bahia segue firme com as políticas para povos e comunidades tradicionais. Esse é um convênio do Governo do Estado para o provimento de unidades habitacionais. O investimento total é de mais de R$ 10 milhões. Mais de 220 famílias serão beneficiadas em toda a Bahia". 

A lavradora Josineide revelou a emoção de morar na casa nova com o filho Mateus, de 8 anos. “Entrar nessa casa é a realização de um sonho. É até difícil explicar porque parecia algo tão distante, mas agora eu tenho minha casa para criar e viver com meu filho”, disse. 

 

Certificados rurais e nova escola

Em Araçás, o governador também entregou 444 certificados de Cadastro Ambiental Rural (CAR) para agricultores familiares. Esta ação representa um investimento superior a R$ 31 mil. Rui ainda acompanhou a inauguração da Creche Municipal Celcina Lucas de Jesus e visitou o Colégio Estadual de Araçás, além de ter autorizado a realização de licitação para construção de uma nova escola, em substituição a atual. Por fim, ele esteve no terreno onde será erguida a unidade de ensino.

"O novo colégio estadual de ensino médio terá biblioteca, laboratórios, quadra coberta e campo society. O terreno já foi definido e, nos próximos dias, vamos publicar a licitação, para iniciar a obra o mais rápido possível", acrescentou o governador.


 

Rede Povos da Mata entrega primeiro lote de produtos orgânicos à escolas de Ilhéus

Domingos Matos, 06/06/2019 | 12:51
Editado em 06/06/2019 | 14:27

A Rede de Agroecologia Povos da Mata, por meio da Associação de Aquicultores e Agricultores Familiares Orgânicos de Ilhéus (ASSAAFI), entregou esta semana o primeiro lote de alimentos orgânicos às escolas do município de Ilhéus. Os alimentos irão compor o cardápio escolar de mais de 70 unidades, dando às crianças a oportunidade de consumir alimentos mais saudáveis e livres de agrotóxicos. Segundo a nutricionista Rita Márcia Kruschewsky, chefe do Setor de Alimentação, “Ilhéus é o primeiro município baiano a fornecer alimentação orgânica no cardápio escolar”.

Todo o processo teve início em março de 2018, quando a Rede de Agroecologia Povos da Mata realizou uma série de capacitações, com cerca de 112 merendeiras da Rede Municipal, tendo como facilitadora Amanda Marfil, Chef de cozinha agroecológica, vinda do Paraná e representando a Rede Ecovida. A iniciativa foi feita em parceria com a Secretaria de Educação de Ilhéus, alunos da pós-graduação em Tecnologia de Alimentos do IF BAIANO, Sebrae, Tabôa Fortalecimento Comunitário, Instituto Arapyaú, Mecenas da Vida, Rede Ecovida e Escola da Gastronomia de Serra Grande.

As merendeiras foram capacitadas em temas como: conceito de alimentos orgânicos, questões nutricionais na alimentação, composição de pratos nutritivos, receitas com itens da agricultura familiar disponíveis na região – dentre eles as plantas alimentícias não convencionais (PANCs), panificação, tortas, molhos, visando a elaborar os cardápios com maior valor nutritivo na merenda escolar.

O passo seguinte foi a ASSAAFI participar da chamada pública voltada para produtos orgânicos, em março deste ano, para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), destinado a aquisição de gêneros alimentícios da Agricultura Familiar para a merenda escolar, elaborada pela Prefeitura Municipal de Ilhéus, realizado pela Secretaria de Educação (Seduc). O contrato foi assinado em maio e serão oferecidos, até dezembro, cerca de 21 itens. Nesse primeiro lote de produtos foram entregues hortaliças, legumes, frutas, tubérculos e produtos processados (doces e sucos).

Segundo Tatiana Botelho, Presidente da Associação Povos da Mata, primeiro Organismo Participativo de Avaliação da Conformidade Orgânica (OPAC) da Bahia, “Acessar o primeiro PNAE orgânico do estado é um acontecimento histórico, que serviu como processo de aprendizagem para toda a rede, abrindo precedente para que possamos acessar o programa em outros municípios, beneficiando agricultores e estudantes com a produção e o consumo de produtos saudáveis”.

Estão envolvidos no processo produtivo aproximadamente 99 agricultores certificados e serão beneficiados no programa cerca de 25.997 alunos, divididos em 54 escolas da zona urbana e mais 15 nucleações da zona rural de Ilhéus. “A associação já alugou um armazém no centro de Ilhéus que servirá de entreposto. Atualmente nossos principais desafios são: o planejamento da produção orgânica e a organização de toda logística de entrega”, ressaltou Adeci Ramos de Souza, presidente da ASSAAFI.

 

Rui Costa inaugura pavimentação da BA 262 entre Coaraci e Itajuípe

Domingos Matos, 05/06/2019 | 07:01

O trecho de 26,80 quilômetros da BA-262, entre o entroncamento da BR-101 – Itajuípe e Coaraci, será entregue à população pelo governador Rui Costa, nesta quinta-feira (6), às 9 horas. Mais de 58 mil moradores das cidades de Itapitanga, Almadina, além de Coaraci e Itajuípe, já são beneficiados pela obra, que teve um investimento de R$ 11 milhões. A rodovia tem uma movimentação de cerca  de 500 veículos por dia e atende uma região que possui a agricultura e a pecuária como atividades econômicas.

A solenidade acontece em Coaraci, onde Rui  Costa também assina convênios do programa Bahia Produtiva e entrega  certificados de  Cadastro Ambiental Rural.

Bancos compartilharão dados de clientes com integração de plataformas

Domingos Matos, 25/04/2019 | 12:42

As instituições financeiras vão compartilhar dados, produtos e serviços por meio de abertura e integração de plataformas e infraestruturas de tecnologia. Esse é o chamado open banking, em que os dados bancários pertencem aos clientes e não às instituições financeiras.

Na quarta-feira (24), o Banco Central (BC) deu início ao processo de implementação do open banking, “com o objetivo de aumentar a eficiência e a competição no Sistema Financeiro Nacional e abrir espaço para a atuação de novas empresas do setor”. O BC publicou o Comunicado 33.455, que estabelece as diretrizes que orientarão a proposta de regulamentação do modelo a ser adotado no Brasil.

“Por meio do open banking, clientes bancários poderão, por exemplo, visualizar em um único aplicativo o extrato consolidado de todas as suas contas bancárias e investimentos. Também será possível, por este mesmo aplicativo, fazer uma transferência de recursos ou um pagamento, sem a necessidade de acessar diretamente o site ou aplicativo do banco”, diz o BC, em nota.

Os requisitos estabelecidos pelo Banco Central indicam que deverão ser compartilhadas, inicialmente, as seguintes informações e serviços: produtos e serviços oferecidos pelas instituições participantes (localização de pontos de atendimento, características de produtos, termos e condições contratuais e custos financeiros, entre outros); dados cadastrais dos clientes (nome, número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas - CPF, filiação, endereço, entre outros); dados transacionais dos clientes (dados relativos a contas de depósito, a operações de crédito, a demais produtos e serviços contratados pelos clientes, entre outros); e serviços de pagamento (inicialização de pagamento, transferências de fundos, pagamentos de produtos e serviços, entre outros).

Para a implementação do open banking estão previstas a publicação de atos normativos e também iniciativas de autorregulação do setor. No segundo semestre, deverão ser submetidas à consulta pública minutas de atos normativos sobre o tema e seu cronograma de implementação.

Quanto à autorregulação, a expectativa é de que fique a cargo das próprias instituições participantes a padronização tecnológica e de procedimentos operacionais, os padrões e certificados de segurança e a implementação de interfaces.

De acordo com o comunicado do BC, o compartilhamento de dados cadastrais e transacionais dos clientes, bem como de serviços de pagamento, depende de prévio consentimento do cliente. (Com informações da Agência Brasil)

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.