Tag: comercio

Programa Empreender vai contribuir para o desenvolvimento do comércio de Itabuna

Domingos Matos, 18/02/2019 | 13:19

Fomentar e desenvolver as empresas do município, a partir do diagnóstico dos problemas, com o fim de, buscar soluções para os empreendimentos do mesmo segmento, utilizando uma expertise internacional. Esse é o principal objetivo do Programa Empreender, de acordo com o consultor Valdemir Souza que apresentou a metodologia do Projeto às lideranças locais, presidentes de bairros e órgãos parceiros da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna, na quinta-feira (14).

O encontro também contou com a presença da Câmara de Dirigentes Logistas – CDL de Itabuna, que parabenizou a importância da iniciativa em auxiliar o micro e pequeno empreendedor: “este Programa é muito importante para ampliar a formação de quem já está no mercado, e também para quem deseja crescer com qualidade. E isto irá beneficiar toda a cadeia local, possibilitando, entre outros, a abertura de vagas de emprego e qualidade no atendimento, e terá todo nosso apoio”, declarou o Presidente, Carlos Leah.

“Nós temos inúmeros exemplos na Bahia de empresas que conseguiram êxito através de inciativas como esta, que é reunir o mesmo segmento em discussões e busca de soluções conjunta. O programa é uma inciativa oportuna e excelente. E, nós do Sebrae estaremos junto com a ACI contribuindo com a nossa expertise para auxiliar ao micro e pequeno empresário”, declarou a coordenadora regional do Sebrae, Claudiana Figueiredo.

A reunião contou ainda com a presença de representantes do Movimento Empresarial Sul da Bahia em Ação - MESB, Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista do Comércio de Itabuna - SINDICOM, Banco do Povo, Caixa Econômica, Sala do Empreendedor e foi bastante proveitosa, de acordo com o presidente em exercício da ACI, Carqueija Júnior, “foi muito positivo a participação de todos hoje, o Programa Empreender foi abraçado pelos presentes e acredito que com este engajamento teremos turmas completas e o programa será um sucesso”, concluiu.

O lançamento oficial do Programa será dia 27 de fevereiro, com exposição da metodologia, formação das turmas e cronograma de tarefas. O Programa Empreender terá duração de um ano e tem como público alvo: os empresários dos segmentos de salão de beleza, oficinas mecânicas, mercados, padarias e hotelarias e é uma parceria entre a Federação das Associações Comerciais e Empresariais da Bahia – Faceb, a ACI e o Sebrae.

 

Polícia Militar e empresários vão atuar via WhatsApp no comércio de Itabuna

Domingos Matos, 10/01/2019 | 11:01

Visando garantir uma comunicação mais rápida e eficiente com a Polícia Militar, os empresários integrados as entidades da ACEI, CDL e Sindicom estarão em contato conjunto e direto com o órgão de segurança através de um grupo de WhatsApp. A rede social será um espaço aberto para que os empresários comuniquem qualquer suspeita de ato criminoso no estabelecimento ou no entorno comercial, visando ser coibido.

O pontapé inicial foi dado no início desta semana, quando o Major do 15º Batalhão da PM de Itabuna, Manoilzo Neves recebeu das classes empresariais, a doação de sete celulares smartphones, que serão distribuídos de acordo com as companhias da PM na cidade e ficarão disponível com um policial plantonista responsável por visualizar as mensagens no grupo e acionar uma viatura, caso necessário.

De acordo com o Major Manoilzo Neves, o grupo está em fase de implementação das regras de convivência, mas nós próximos dias estará funcionando. “Ao todo serão criados 4 grupos de acordo com as áreas comerciais da cidade, onde atuam as companhias da PM, no bairro São Caetano, centro da cidade, bairro Santo Antônio e os bairros Califórnia e Fátima”, explicou o Major.

Segundo o presidente da ACEI, Sérgio Velanes, o objetivo é promover o bem estar da população, além de contribuir com a ação da PM no combate a furtos e roubos no comércio em geral. “A iniciativa vai melhorar a comunicação e a informação entre lojistas e a Polícia Militar, buscando trazer tranquilidade aos clientes e às pessoas em circulação nas ruas”, defendeu o representante da classe.

A iniciativa é das entidades de classes, Associação Comercial e Empresarial de Itabuna, Câmara de Dirigentes Lojistas de Itabuna e Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista do Município de Itabuna. A estratégia de atuação será da Polícia Militar do 15º Batalhão de Itabuna.

 

Cadastrados no Programa Primeiro Emprego começam a trabalhar em órgãos estaduais

Domingos Matos, 18/04/2017 | 09:30
Os primeiros 28 estudantes egressos da educação Profissional selecionados por meio do Programa Primeiro Emprego para trabalhar nas secretárias e outros órgãos estaduais já estão atuando em suas áreas de formação. O grupo integra os 500 convocados, em março deste ano, a partir de um ranking baseado no desempenho escolar. Eles foram contratados com carteira assinada e começaram a trabalhar na rede estadual de ensino e na Secretária de Desenvolvimento Rural (SDR), na ultima quarta-feira (12).

Formada como técnica em comercio em 2016, Cassia Barbosa acredita que a realização do sonho da carteira assinada representa o início de uma nova etapa. “Esta oportunidade representa tudo para mim. Uma das principais dificuldades de quem está iniciando uma carreira é a questão da experiência de trabalho. É muito difícil conseguir um emprego sem essa experiência. Por isso essa chance que a gente recebe é tão importante. É um inicio em minha carreira que vai me trazer muito mais segurança para o futuro”.

Para o coordenador de acesso ao mercado da SDR, Luciano Lelis, o principal aspecto do programa é possibilitar que os contratados possam trabalhar em suas áreas de formação. “Buscamos oferecer a estes novos funcionários ferramentas e atividades para que eles possam se desenvolver ainda mais dentro de seus campos atuação. Eles trazem o conhecimento adquirido nos cursos profissionalizantes e aprimoram na prática”, afirma.

A meta do programa é oferecer nove mil vagas até 2018. Até agora, quatro mil jovens já foram convocados e o governo tem buscado jovens em mais 12 municípios baianos. A remuneração nas instituições privadas é a partir de um salário mínimo. Nos órgãos estaduais, além do salário mínimo, o contemplado tem direito a benefícios como Assistência à Saúde dos Servidores Estaduais (Planserv), vale-transporte e auxílio alimentação. Nas duas situações, os estudantes terão suas Carteiras de Trabalho assinadas e todos os direitos garantidos.

De acordo com o superintendente de desenvolvimento do trabalho, Alexandro Reis, o Primeiro Emprego tem uma importância ainda maior pelo momento econômico brasileiro. “O programa surge para dar oportunidade aos jovens e pessoas que nunca tiveram experiência de emprego formal. O governo do estado, através da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), localiza o aluno, que precisa ter concluindo ou estar cursando o curso de qualificação profissional ofertado pela Secretária da Educação (SEC)”.

Ainda de Acordo com Alexandre Reis, é muito importante que os estudantes se certifiquem de que seus dados estejam atualizados na página do programa. “As informações de endereço, telefone e e-mail precisam estar corretas porque é dessa maneira que a secretaria se comunica e entra em contato com os selecionados”, ressalta.

Itabuna: uma cidade sem rumo

Domingos Matos, 19/07/2016 | 16:34

Maria José Gonçalves

Não sou comentarista política, mas sempre gostei de observar, ouvir, assimilar e aprender. Tenho acompanhado as notícias e vejo que os acontecimentos que abalam o meio político brasileiro, são de grande importância, no entanto não devemos esquecer que estamos em ano eleitoral municipal, e os problemas da nossa cidade são muitos e igualmente preocupantes e por isso, não é possível ignorar o que se passa em Itabuna, principalmente diante de uma administração arruinada, trapalhona, sem rumo.

Como moradora de Itabuna e que acompanha de perto essa gestão, posso dizer que parece que a mesma não se preocupa em acertar. Pelo contrário, os anos foram passando e não vi ninguém colocando ordem na casa. Vejo muitos profissionais capacitados, em condições de ajudar, no entanto, parecem terem se acomodado em seus cargos e deixaram as coisas rolarem e terminaram por tirarem proveito da situação. São muitos que preferem arrumar uma "boquinha” para o filho, a esposa, para os cabos eleitorais, os amigos, e acabam transformando a Prefeitura em uma ‘República Familiar’, do que lutar pela melhoria administrativa da cidade.

Para agravar a situação, temos uma gestão marcada por graves denúncias de desvios de conduta e roubos de aparelhos hospitalares, e no cargo um prefeito que parece não ter a mínima condição de gerenciar uma cidade com o porte de Itabuna. Para completar esse cenário caótico, a omissão é generalizada. Em verdade, poucos se manifestam, poucos se posicionam.  Podemos ver que a situação da cidade piora a cada dia, e não existe luz no fim do túnel. Parece uma estagnação contagiosa, porque ninguém demonstra ter interesse em resolver as coisas, em melhorar a situação. Quem anda por Itabuna fica impressionado com o estado em que se encontra a cidade, pessoas desiludidas com os políticos, comercio parado, sujeira pela cidade, os bairros abandonados, a saúde despreparada e as escolas sucateadas.

Não existe na cidade um evento que aglomere o povo, acabaram-se as festas de largo, parece que estamos jogados "às moscas". Muitas promessas foram feitas na época da campanha, no entanto nada foi cumprido, até o momento nada concreto aconteceu, e o povo está decepcionado, desacreditando que alguém possa reverter esse quadro, o que põe em xeque as novas eleições. Os candidatos que pleiteiam o cargo de prefeito nas eleições de 2016 precisam estar imbuídos de muita persistência e coragem, para enfrentar uma massa que já não acredita em promessas eleitorais.

Psicóloga

Carlos Lee desiste de candidatura a prefeito de Itabuna

Dirigente lojista e ex-secretário de Indústria e Comércio, Lee ( Carlos Leahy) descobriu um câncer no pâncreas

Domingos Matos, 01/06/2016 | 22:04

Um câncer no pâncreas, descoberto por acaso há uma semana, levou o pré-candidato a prefeito Carlos Lee, do PSB, a retirar o seu nome da disputa pela prefeitura de Itabuna, nas eleições deste ano.

O anúncio da decisão foi feito pelo próprio Lee durante entrevista coletiva à imprensa de Itabuna e região, na tarde desta quarta-feira (1º). “Estou adiando o sonho de ser prefeito de Itabuna. Estou apenas adiando, e não desistindo, porque não desistirei jamais”, declarou, deixando transparecer que ainda poderá vir a ser candidato em outra oportunidade.

Carlos Lee disse que está se preparando para iniciar o tratamento já a partir da próxima semana. Durante todo o tempo da entrevista, que durou cerca de uma hora, ele demonstrou firmeza, tranqüilidade e otimismo quanto ao resultado das sessões de quimioterapia para redução do tumor a que será submetido pelos próximos cinco meses.

Presente à coletiva, o presidente do PSB itabunense, João Carlos Oliveira, esclareceu que o partido deverá ter participação efetiva no processo eleitoral que se aproxima, mantendo inclusive as pré-candidaturas à Câmara Municipal, mas não antecipou nada sobre possível apoio a outro candidato a prefeito.

“Ainda é cedo para uma tomada de decisão, e não é prudente decidirmos agora, num momento de emoção”,disse, acrescentando que qualquer decisão a ser tomada terá o aval de toda a Executiva do partido.

Via Itabuna Notícias

Zizi Possi é atração dia 23, em Ilhéus

Domingos Matos, 21/12/2011 | 00:19
Editado em 21/12/2011 | 00:27

ziziZizi Possi, considerados um dos mais respeitados nomes da MPB, é a atração da nesta sexta-feira (23), em Ilhéus, a partir das 21 horas, no centro de convenções.

Ela fará apresentação única do espetáculo “Cantos & contos”, idéia surgida a partir da gravação de 12 shows semanais realizados no Tom Jazz, em São Paulo. Este novo trabalho reúne canções que marcaram a sua carreira, a exemplo de “Asa morena” e “A paz”, além de trabalhos inéditos em sua voz, como ”Sentado à beira do caminho” e “Amor da minha vida”.

O ingresso poe ser aquirido em pontos de venda de Ilhéus e Itabuna ou pela internet. Se a opção for por adquirir o ingresso sem sair de casa basta acessar pela internet o endereço www.facebook.com/mvueventos e garantir a compra pelo PagSeguro. O F-Commerce ou Comercio Eletrônico no Facebook utiliza o PagSeguro como uma de suas formas de pagamento.

A produção informa que o ingresso físico fica à disposição do comprador na bilheteria do centro de convenções horas antes do espetáculo.

Pelo sistema tradicional a compra pode ser feita em Ilhéus, na Encantur-estande do Karioca e em Itabuna, no Bicho Festeiro-Encantur, ao preço de 50 reais (inteira­) e 25 reais (meia para estudantes e idosos, mediante comprovação).

A organização avisa que as poltronas não são numeradas e que o acesso ao auditório será de acordo com a ordem de chegada ao centro de convenções.

O Trombone mostra o pau e a cobra morta: confissão de Serra sobre a falta de diploma

Domingos Matos, 18/10/2010 | 18:07
Editado em 19/10/2010 | 10:15

zezinho da moocaO texto digitalizado na imagem ao lado é da jornalista Júlia Duailibi, e foi publicado n'O Estado de S.Paulo, em 5 de agosto. Relata a tentativa de humanização de José Serra por meio de um documentário, dividido em 12 filmetes, lançado na internet, sob o título de Retratos do Serra.

Chamado de "Zé" e "Zezinho", o tucano tem sua vida contada desde o nascimento até os dias de hoje. Não faltam nem uma amiga da juventude, que garante que Serra era "lindo" e "tinha muito cabelo". A própria reportagem admite: "Os filmetes não se propõem a apontar contradições ou a fazer críticas ao tucano. Pelo contrário. Narram a vida de Serra de maneira elogiosa".

Mas, nem tudo é água com açúcar. No filminho fica-se sabendo, por confissão própria e do amigo Cláudio Salm, economista, que o tucano paladino da moral e da verdade, conseguiu seus títulos de pós-graduação sem passar pela graduação. O texto do Estadão também registra a pérola:

No filme, o economista Cláudio Salm fala sobre a formação acadêmica de Serra, assunto que movimentou as redes sociais nos últimos dias. "Por causa do golpe, não pôde completar o curso de engenharia. Quando chegou (ao Chile) entendeu que deveria estudar economia. Não sabia nada de economia, mas se preparou em tempo recorde." Serra completa: "Fiz uns exames difíceis e entrei direto no curso de pós-graduação em economia".

Exames difíceis, hein? No chile e nos EUA a coisa é mole...

P.S.: Essa história foi levantada inicialmente - e replicada hoje - no blog Conversa Afiada. Esse O Trombone apenas fuçou a internet a para conseguir disponibilizar aos nossos leitores a íntegra do texto e a fala gravada do candidato "Zezinho da Mooca", como ele se apresenta no documentário.

Assista aos vídeos abaixo e veja o escândalo. O Volume 05 fala da pós no Chile, e o 09 do doutorado nos EUA. Ninja!

"O São caetano será a alternativa para a expansão do comércio de Itabuna"

Domingos Matos, 24/05/2010 | 11:50
Editado em 24/04/2010 | 10:58

flavioNo último dia 15 tomou posse a primeira diretoria da Associação Lojista e Comercial do São Caetano (Alosc), entidade que já congrega mais de 150 comerciantes daquele bairro. O presidente da associação, Flávio Barreto, fala em entrevista ao Trombone sobre a expectativa de desenvolvimento do comércio local, que já é o maior entre os de bairro no município.

"O São Caetano será a grande alternativa para a expansão do comércio de Itabuna. Para isso, precisamos lutar pelos investimentos públicos, que hoje se concentram na área central da cidade".

A seguir, a entrevista.

Qual será o papel da Alosc para organizar e expandir o comércio no São Caetano?

O papel principal da Alosc e unir os nossos lojistas no sentido de desenvolver ações que consolidem a posição do comércio do São Caetano como maior e melhor comércio de bairro de Itabuna. Acreditamos que o São Caetano será a grande alternativa para a expansão do comércio de Itabuna.

E o que seria necessário para que essa possibilidade se concretize?

Já temos uma conjuntura bastante favorável, pelas razões que já nos fazem uma expressão no setor de comércio no município. Porém, observamos que os investimentos que estão se concentrando na área central da cidade. Eu diria que uma grande luta nossa seria para não apenas termos obrigações iguais às dos empreendedores da área central, mas também lutar por igualdade nos investimentos do setor público, que criarão as condições para esse desenvolvimento. O São Caetano forte contribuirá para a economia da cidade como um todo.

Vocês também pretendem fazer promoções em datas-chave, como natal, dia das mães, namorados etc, ou a atuação se concentrará nas ações dos lojistas para os lojistas?

A nossa atuação será sempre no sentido de promover especificamente o comércio do São Caetano. Para isso utilizaremos de todas as ferramentas necessárias. A nossa ideia é que, além da nossa adesão às campanhas desenvolvidas pela CDL, que também façamos campanhas visando nosso próprio comércio. Sabemos que uma grande parte dos consumidores da cidade reside aqui na zona sul, então, se conseguirmos fazer com que essa parte da população consuma no nosso comércio, já será uma grande conquista.

O comércio do bairro é muito desenvolvido, e até, de certa forma, organizado. O contraste é aquela feira-livre. Qual a proposta da entidade para melhorar a aparência daquele espaço e atrair mais consumidores?

Temos uma grande preocupação com a nossa feira-livre. Em parte, ela é o segredo do nosso sucesso, pois o nosso comércio gravita em torno dela. Um fato que nos deixou muito tristes e de certa forma decepcionados foi a atuação dos nossos governantes na ocasião do desabamento da cobertura do canal da feira, onde os feirantes, que já tinham uma estrutura bastante organizada, foram deixados ao ‘Deus dará'. Esse sentimento não é só nosso, é de toda comunidade itabunense que consome os produtos adquiridos na nossa feira-livre. Nesse sentido teremos uma atuação bastante forte para defender os interesses dos feirantes. Não ficaremos esperando acontecer o que aconteceu com as feiras do produtor e do centro comercial, que agonizaram até morrer. A nossa feira é prioridade no projeto da diretoria da Alosc.

Com a chegada de grandes redes para o São Caetano, a exemplo da Lojas Maia e agora do Hipermercados Itão, qual será a postura da entidade? Os lojistas locais temem um desequilíbrio na concorrência?

De maneira nenhuma. Os empreendimentos que chegam são sempre bem vindos e têm total apoio do conjunto de lojistas do bairro. Todos os dias somos procurados para viabilizar imóveis para instalação de novas empresas e a relação é a melhor possível. No caso específico do Itão e das Lojas Maia, era um anseio muito grande, devido ao imóvel que antigamente abrigava o Hiper Messias estar sendo utilizado por usuários de drogas. Sem falar que um equipamento daquele, fechado, era um ponto negativo que ainda persistia na nossa principal artéria comercial, que e a Princesa Isabel.

Quantos filiados fazem parte da Alosc?

Nesse primeiro momento estamos conscientizando os lojistas da importância de fortalecermos a Alosc. Hoje a entidade representa mais de 150 estabelecimentos de todos os ramos e dos mais diversos tamanhos. Dizemos sempre aos comerciantes que a nossa união é o que nos torna fortes para conquistar os objetivos individuais e coletivos. Ressaltamos que toda a nossa diretoria trabalhará incansavelmente com o objetivo de melhorar as condições de trabalho dos nossos lojistas e também oferecer um melhor atendimento e uma melhor infraestrutura para os nossos clientes.

Dia do Trabalhador será respeitado em todo comércio de Itabuna

Domingos Matos, 24/05/2010 | 11:50
Editado em 29/04/2010 | 17:11

O Sindicato dos Comerciários de Itabuna informa que o comércio não funcionará neste sábado, feriado de 1º de Maio (Dia Internacional do Trabalhador), conforme prevê Convenção Coletiva de Trabalho em vigor. Vale destacar que os supermercados e as lojas do Shopping Jequitibá também não funcionarão na data.

Como parte das comemorações do Dia do Trabalhador, o Sindicato realizará juntamente com a CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil) um ato festivo no clube da Usemi (Avenida Kennedy, Bairro São Caetano).

As comemorações começam a partir das 10 horas, com shows das bandas Vera Cruz, Xamego a Mais e Dak Samba, além de recreação para crianças e serviços de saúde. "CConvida todos os trabalhadores e trabalhadores a participarem das comemorações desta importante data para todos nós", observa o presidente Jairo Araújo.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.