Tag: concurso

Estado nomeia novos coordenadores pedagógicos aprovados no concurso da Educação

Domingos Matos, 01/02/2019 | 10:01

O Governo do Estado, por meio das Secretarias da Administração (Saeb) e da Educação (SEC), publicou nesta sexta-feira (1°), no Diário Oficial do Estado (DOE), a nomeação de 400 coordenadores pedagógicos aprovados no concurso para a rede estadual de ensino da Bahia.

O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa (foto) nas redes sociais na última terça-feira (29), como cumprimento do compromisso firmado pela administração estadual aos candidatos convocados pelo certame. A nomeação deste novo quantitativo observa o disposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), considerando que os gastos do Estado com pessoal, apurados recentemente, estão abaixo do limite prudencial de 46,17%. 

Lançado em novembro de 2017, o concurso ofertou 3.760 vagas, sendo 3.096 para professores e 664 para coordenadores pedagógicos. O concurso recebeu 103,5 mil inscritos, com mais de 41 mil habilitados. A primeira nomeação, publicada em 16 de janeiro deste ano, contemplou 2.089 professores e 200 coordenadores pedagógicos. Os 400 coordenadores pedagógicos nomeados nesta sexta-feira (1°) serão distribuídos entre 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE), de acordo com a ordem de classificação.

 

 

 

Concurso da prefeitura de Candeias oferece 189 vagas para atuar em hospital municipal; salários chegam a R$ 13 mil

Domingos Matos, 30/01/2019 | 16:15

Estão abertas até 18 de fevereiro as inscrições para concurso público que visa o preenchimento de 189 vagas da prefeitura de Candeias, cidade da região metropolitana de Salvador, para atuar no Hospital Municipal José Mário dos Santos. As oportunidades são para todos os níveis de escolaridade e têm salários que variam entre R$ 998 e R$ 13 mil.

As inscrições devem ser feitas pela Internet, no site do instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), responsável pelo certame.

O valor de inscrição será de R$ 35 para nível fundamental, R$ 45 para nível médio e R$ 60 para nível superior. O pagamento deverá ser feito até 19 de fevereiro.

 

O processo seletivo simplificado será constituído de duas etapas:

1ª Etapa: Prova Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, aplicada a todas os cargos;

2ª Etapa: Análise de Títulos, de caráter classificatório, aplicada somente para os cargos de nível superior.

A aplicação da prova objetiva está prevista para o dia 17 de março e será realizada nas cidades de Candeias e Salvador no estado da Bahia. (Com informações do G1)

Estudantes do Félix Mendonça em Itabuna se destacam no ENEM e conquistam vagas na UESC

Domingos Matos, 29/01/2019 | 18:01

Estudantes da rede estadual estão comemorando o ingresso em universidades em toda Bahia. Com o ótimo desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), em 2018, os alunos conquistaram vagas pelo Sistema de Seleção Unificada (SISU) em cursos dos mais concorridos, como Medicina e Direito, em universidades públicas da Bahia. As matrículas, que devem ser realizadas nas próprias instituições, iniciam nesta quarta-feira (30), e seguem até 4 de janeiro. Mas informações no endereçohttp://sisu.mec.gov.br/. 

A festa foi em dobro para os irmãos Dandara Cezar (foto) e Pablo Cezar, estudantes do Colégio Estadual Felix Mendonça, em Itabuna, que conquistaram vagas no curso de Comunicação Social, com ênfase em Rádio e TV, e em Ciência da Computação, respectivamente, na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). Para a futura universitária, a possibilidade de cursar o Ensino Superior perto de casa será gratificante. “A minha família está muito feliz com as nossas conquistas e mais ainda porque temos uma universidade de qualidade perto de onde moramos e isso ajuda bastante. O meu conselho para os colegas é que busquem seus objetivos enfrentando todos os desafios”, disse.

Para Filippe Richard, também concluinte do Colégio Estadual Felix Mendonça, a conquista de uma vaga no curso de Direito na UESC, mostra a capacidade dos alunos da rede pública. “Somos estigmatizados, mas existe muita qualidade no ensino da escola pública e o Félix Mendonça é um ótimo exemplo. Na escola fui incentivado a participar de diversos concursos de Redação, onde tive muito destaque, além dos projetos desenvolvidos na unidade. E tudo isso me ajudou muito na minha preparação para a conquista desta vaga. Então, além da estrutura, tenho a consciência que o aluno também é responsável pela busca do conhecimento e formação intelectual”, enfatizou.

Muito contente com o acesso ao curso de Medicina da Universidade Federal da Bahia (UFBA), em Salvador, Taís Araújo, concluinte do Colégio Estadual César Borges, em Valente, contou sobre a trajetória que a levou a esta conquista. “Com certeza tive bastante ajuda da escola e professores na preparação para o ENEM. É importante que o aluno também tenha iniciativa de procurar o aprendizado, pesquisando e buscando outras formas de ganhar conhecimento. Estou com uma grande expectativa em iniciar o curso, sei que será um desafio porque é em outra cidade, mas a vontade de vencer é maior”, afirmou a aluna, que teve nota 940 em Redação e 760 na média geral.

 

Aprovados em concurso tomam posse e são recepcionados pelo prefeito de Ilhéus

Domingos Matos, 25/01/2019 | 15:22
Editado em 28/01/2019 | 15:44

Um clima de emoção e esperança marcou a posse de dezenas de aprovados no último concurso público de Ilhéus, realizada na tarde de quinta-feira (24). O prefeito Mário Alexandre deu boas-vindas aos novos servidores municipais e destacou a importância da chegada deles para a modernização da administração municipal.

Os empossados fazem parte do primeiro grupo dos candidatos aprovados no concurso público 02/2016, convocados pela portaria n. 612, publicada no Diário Oficial do Municipio do último dia 7 de janeiro. Os novos servidores assumirão cargos nas funções de motorista, serviços gerais, auditor fiscal, orientadora social, médico do trabalho e agente social.

Ao recepcionar os novos funcionários efetivos, o prefeito Mário Alexandre enfatizou a importância da dedicação ao trabalho. “Somos todos servidores públicos e estamos aqui para oferecer o melhor serviço e proporcionar qualidade de vida à população. Esperamos que todos desempenhem um grande papel na vida pública, atendendo bem nossos cidadãos. É mérito de cada um de vocês que passou no concurso. Desejo muito sucesso”, declarou o prefeito.

Trabalho e alegria

Ednalva Batista, que ocupará uma vaga no setor de serviços gerais, comenta sobre como está feliz com a nomeação e a importância deste momento para sua vida. “Quando vi a convocação, não acredite. Chorei, gritei e festejei com minha família. Finalmente meu momento chegou”, comemorou a nova funcionária pública.

Janeide Rodrigues, nomeada para o cargo de agente social, conta que já não esperava mais ser convocada. A notícia foi recebida com festa por ela e toda a família. “A expectativa agora é desenvolver um belo trabalho para a população junto com a Prefeitura de Ilhéus. Um novo tempo para minha vida, de alegria e trabalho”, diz ela.

Ao todo, foram nomeados 196 candidatos homologados em 2016, que deverão obedecer a um cronograma de apresentação, entre 14 de janeiro e 14 de abril. Na data prevista, cada grupo deve dirigir-se ao Departamento de Recursos Humanos, situado à Rua Santos Dumont, s/n, centro, Anexo de Secretarias, 2º andar, das 12 às 18 horas, munidos dos documentos requisitados na portaria. A portaria está disponível no Diário Oficial do Municipio (https://bit.ly/2VKO2MT).
 

Quase 3 mil aprovados no concurso para professor e coordenador pedagógico são nomeados na Bahia

Domingos Matos, 16/01/2019 | 07:01

O Governo do Estado, por meio das secretarias da Administração (Saeb) e da Educação (SEC), publica nesta quarta-feira (16), no Diário Oficial do Estado (DOE), a nomeação de 2.289 professores e coordenadores pedagógicos aprovados no concurso para a rede estadual de ensino na Bahia. A relação também estará disponível no Portal do Servidor (www.portaldoservidor.ba.gov.br), no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br) e no site da organizadora do certame, a Fundação Carlos Chagas (www.concursosfcc.com.br).

O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa durante entrevistas concedidas nos dias 10 e 11 de janeiro, assegurando a nomeação dos habilitados em observância ao previsto pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Também serão publicadas no DOE desta quarta-feira (16) a relação de candidatos que solicitaram remanejamento para o final da lista, além da exclusão de candidatos que não realizaram a entrega de documentos e daqueles que não possuem requisito para ingresso.

Lançado em novembro de 2017, o concurso ofertou 3.760 vagas, sendo 3.096 para professores e 664 para coordenadores pedagógicos. O concurso recebeu 103,5 mil inscritos, com mais de 41 mil habilitados. Os 2.089 professores e 200 coordenadores pedagógicos nomeados no dia de hoje (16) serão distribuídos entre 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE), situados em Salvador e outros 26 municípios do Estado, de acordo com a ordem de classificação.

É importante ressaltar que a nomeação deste quantitativo observa o disposto na LRF. Neste momento, os gastos com pessoal do Estado, apurados no segundo quadrimestre de 2018, estão extrapolando o limite prudencial de 46,17%. Desta forma, a administração baiana fica impedida de nomear mais coordenadores pedagógicos.

Professores terão remuneração total de R$ 3.426,92, enquanto que coordenadores pedagógicos receberão R$ 3.520,18. As vagas de professor são para lecionar Arte, Biologia, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Língua Inglesa, Língua Portuguesa, Matemática, Química, Sociologia.

A Fundação Carlos Chagas (FCC) foi contratada para a organização do certame. O concurso tem validade de um ano, prorrogável por igual período. A nomeação dos aprovados será realizada pela Secretaria da Educação, conforme a conveniência da administração pública.

Polícia Federal deflagra operação contra desvios de recursos públicos

Domingos Matos, 12/01/2019 | 09:32

Nas primeiras horas desta terça-feira (12), a Polícia Federal (PF) deflagrou a ‘Operação Acesso Negado – Game Over’ Salvador, Feira de Santana, Juazeiro (BA), Petrolina (PE) e em Aracaju. O objetivo de desarticular organização criminosa responsável por desvio de recursos públicos.

De acordo com a Comunicação Social da Polícia Federal em Sergipe, a operação está na segunda fase e foi desencadeada em novembro de 2015. Ela é resultado de mais de três anos de trabalho investigativo que encontrou irregularidades na contratação do Instituto Sócio Educacional Solidariedade (ISES), uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), no município de Canindé de São Francisco (SE).

A PF informou que após vencer um concurso de projetos viciados, o ISES realizou contratos superfaturados com pessoas físicas e jurídicas, integrantes do próprio grupo econômico, que “não prestavam os serviços a que estavam obrigados, de forma que a organização criminosa apenas recolhia para si os vultosos valores pagos pelo ente municipal”.

Participam da ação 80 policiais federais, que cumprem 18 mandados de busca e apreensão expedidos pela 6ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Itabaiana (SE), incluindo os Estados de Sergipe, Bahia e Pernambuco, além de medidas cautelares de proibição de contratar com o poder público por parte da OSCIP e de bloqueio de cerca de R$ 1.300 milhões do patrimônio dos investigados.

Operação Delear

A Operação DEALER, deflagrada pela PF também nesta terça-feira (12), tem o objetivo de desarticular uma organização criminosa que negociava drogas por meio de uma rede social. São cumpridos 10 mandados de prisão temporária e 10 mandados de busca e apreensão nos estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Sergipe e Minas Gerais. Todos os mandados foram expedidos, a pedido da PF, pela 4ª Vara Criminal Federal de São Paulo. (Com informações do G1)

Rui anuncia nomeação de professores aprovados em concurso e tabela de pagamento de servidores

Domingos Matos, 11/01/2019 | 11:05

O governador Rui Costa anunciou na quinta-feira (10), em entrevista ao programa Bahia Meio Dia, da Rede Bahia, que será publicado nesta sexta-feira (11), no Diário Oficial do Estado (DOE), o calendário anual de pagamento dos servidores ativos, pensionistas e aposentados das administrações direta e indireta para o ano de 2019, mantendo as datas de crédito sempre dentro do mês trabalhado. 

Durante a entrevista, o governador também anunciou que, na próxima quarta-feira (16), será publicada no DOE a nomeação dos professores aprovados no concurso público realizado em 2018 para assumirem seus cargos. Segundo Rui, os novos professores irão atuar nos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE) espalhados por Salvador e outros 26 municípios da Bahia. 

Rui destacou, ainda, que a publicação da tabela anual de pagamento do servidor e o seu rigoroso cumprimento pelo Estado, assim como ocorreu em 2018, assegura que os servidores públicos baianos possam organizar a sua vida financeira, o que não tem acontecido com o funcionalismo de outras unidades da federação, que atrasam e até mesmo parcelam as suas folhas de pagamento. Não é raro, entre estados vizinhos, que o pagamento de um mês trabalhado só ocorra na segunda quinzena do mês seguinte.

A tabela de pagamento do servidor público poderá ser consultada por meio do Portal do Servidor, mas, de posse de qualquer calendário, é fácil identificar a data do pagamento, já que este sempre ocorre no último dia útil de cada mês. De acordo com a Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), o Governo desembolsa por mês mais de R$ 1,6 bilhão com o pagamento da folha, para aproximadamente 274 mil beneficiários, entre ativos, aposentados e pensionistas. 

Servidores com os mais altos salários de Ilhéus estão na lista dos afastados por sentença judicial

Domingos Matos, 10/01/2019 | 08:31

Entre os 268 servidores afastados pela Prefeitura de Ilhéus, na segunda-feira (7), por força de sentença judicial proferida pelo juiz Alex Venicius, da 1ª Vara da Fazenda Pública, estão os detentores dos mais altos salários da folha de pagamento do município. Com o cumprimento da decisão judicial, a administração municipal economizará R$ 1.590.155,88 mensais, totalizando R$ 19 milhões por ano.

O prefeito Mário Alexandre lamenta a situação. “É um momento muito delicado da nossa gestão, termos de afastar pessoas conhecidas e até amigas que contribuíram durante anos com a cidade de Ilhéus”, enfatiza. A herança deixada por gestões anteriores, numa sequência de erros administrativos e jurídicos lesou os cofres públicos e produziu distorções salariais consideradas injustas por funcionários municipais e a população.

As disparidades entre funções e salários são evidentes na lista incluída no decreto de cumprimento da decisão judicial publicado no Diário Oficial do Município no último dia 7. Assistentes administrativos com salários entre R$7 e R$10 mil, guardas municipais recebendo de R$8 a R$10 mil, técnicos administrativos com remuneração de até R$13 mil, professores com salários acima de R$10 mil, odontólogo recebendo R$ 20 mil, entre outras distinções.

Concursados - A mesma sentença, no entanto, também obrigou o Município a nomear os candidatos aprovados no concurso público realizado em 2016. Com a convocação, serão preenchidas 196 novas vagas em níveis médio e superior, para trabalhar nas secretarias municipais de Administração, Educação, Desenvolvimento Social, Saúde, Agricultura e Pesca, Fazenda, Infraestrutura, Transporte e Trânsito, Turismo, Cultura, Planejamento e Desenvolvimento Sustentável.

O prefeito Mário Alexandre destaca que o afastamento dos 268 servidores não estáveis, em um universo de 3.317 funcionários efetivos, não coloca em risco a continuidade do serviço público. “Estamos consternados com a obrigatoriedade de cumprimento da decisão judicial, e ainda vamos fazer o que for possível para ajudar esses servidores não estáveis, mas os concursados que se encontravam ansiosos para serem nomeados chegam com todo o gás e motivados para prestar um bom serviço à cidade”, diz ele.

O chefe do Executivo ilheense destaca também os esforços da administração municipal para beneficiar os servidores não estáveis com o Programa de Desligamento Voluntário (PDV), que oferece o benefício do pagamento de 35% da média salarial do servidor nos últimos 12 meses, durante 20 anos. Segundo dados do Departamento de Recursos Humanos do município, até o momento já foram autorizadas 400 concessões de indenização. Os servidores que aderiram ao PDV e foram incluídos na lista do cumprimento da decisão judicial podem se aposentar com o benefício, assim que seus processos forem concluídos e receberem a carta de deferimento do INSS.

Legislativo fixa turno único no recesso parlamentar em Itabuna

Domingos Matos, 10/01/2019 | 07:31

Para economizar despesas, o presidente Ricardo Xavier (PPS) fixou turno único para o expediente administrativo do Legislativo de Itabuna. O ‘turnão’ durante o recesso parlamentar será das 8h às 14h. A modificação no horário já está valendo e prossegue até 14 de fevereiro. O retorno das atividades parlamentares da Câmara itabunense deve ocorrer a partir de 15 de fevereiro.

Na portaria, Xavier ressalta, contudo, que, havendo convocação extraordinária ou necessidades detectadas”, o expediente administrativo pode regressar ao horário normal (8h às 12h; 14h às 18h). Outra ressalva é para o atendimento a serviços de interesse institucional. Neste caso, os empregados designados pela Diretoria deverão cumprir a jornada legal imposta ao cargo.

Posse de concursados

Na terça (15), às 9h, a Presidência empossará mais dois assistentes administrativos aprovados em concurso público. Em novembro passado, três candidatos foram convocados, no entanto, um deles deixou de comparecer ao Setor de Recursos Humanos. Os 47 classificados nas vagas do edital já foram nomeados. Hoje 35 empregados estão trabalhando, considerando-se as desistências.

 

Tribunal de Justiça da Bahia divulga locais de prova do concurso para juiz de direito substituto

Domingos Matos, 04/01/2019 | 19:31
Editado em 04/01/2019 | 19:14

O Tribunal de Justiça da Bahia divulgou, nesta sexta-feira (4), os locais da aplicação da prova objetiva do concurso para juiz de direito substituto. Ao todo, o concurso oferece 50 vagas, além da formação de cadastro de reserva.

Os inscritos podem conferir a relação no site do Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe), respónsavel pela organização do certame. A consulta do local de prova é individual, e precisa de informações pessoais, como o número do CPF do candidato. No mesmo endereço, é possível conferir também o edital e todas as demais informações sobre o concurso.

De acordo com o TJBA, a prova objetiva terá a duração de cinco horas e será aplicada no dia 13 de janeiro de 2019, às 13 horas (horário de Brasília).

No dia da prova, o candidato deve comparecer ao endereço designado com, pelo menos, uma hora de antecedência do início do concurso. Será permitida a entrada com caneta esferográfica preta, fabricada em material transparente, além da comprovação da inscrição e do documento de identidade original.

O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) é o responsável por realizar o concurso pelo método Cespe. (Com informações do G1)

 

Concurso da Ufba vai contratar quase 100 professores;salários podem chegar a mais de R$ 9 mil

Domingos Matos, 28/12/2018 | 16:16

Um concurso público vai contratar 98 professores – auxiliar, assistente e adjunto- para os campi de Vitória da Conquista, Camaçari e Salvador da Universidade Federal da Bahia (Ufba). As inscrições estão abertas até o dia 04 de fevereiro, custam entre R$ 150 a R$ 200 e podem ser feitas pela internet, na página de concurso da Ufba.

O prazo para os candidatos que querem solicitar a isenção do pagamento é até o dia 4 de janeiro. Vale lembrar que para ter direito a esse benefício, é precisar estar inscrito no Cadastro Único.

A depender da carga horária e titulação do profissional, a remuneração pode chegar até R$ 9.585,67. Os candidatos inscritos serão submetidos a provas teórico-prática ou escrita, com peso três e de caráter eliminatório e classificatório; didática, com peso três e de caráter classificatório; de títulos, com peso dois e de caráter classificatório; defesa de Memorial, com peso dois e de caráter classificatório.

As datas do concurso, que será realizado na Ufba, ainda não foram divulgadas, mas a previsão é de que o certame aconteça até 21 de junho de 2019.

Correios divulga resultado do processo seletivo para Jovem Aprendiz

Domingos Matos, 24/08/2018 | 15:15
Editado em 24/08/2018 | 17:01

Os Correios publicaram, nesta sexta-feira (24), o resultado do Processo Seletivo Simplificado Jovem Aprendiz 2018. A relação de aprovados está disponível aqui.

As convocações terão início ainda em 2018 para grande parte das localidades ofertadas no edital de seleção. Os candidatos aprovados deverão aguardar a convocação, por meio de telegrama, que poderá ocorrer dentro da validade do processo seletivo ou conforme necessidade dos Correios, bem como acompanhar no site o andamento das etapas.

O Jovem Aprendiz dos Correios 2018 ofertou 4.983 vagas em todo o país, além de formação de cadastro reserva. O programa, que existe desde 2011 em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), possibilita a formação técnico-profissional de assistente administrativo. Este ano o programa também possibilita a formação técnico-profissional de assistente de logística em nove unidades da federação. Essa inovação visa o alinhamento do programa com o negócio da empresa, proporcionando melhor aproveitamento da força de trabalho constituída pelos jovens aprendizes que compõem as cotas destinadas às áreas operacionais.

O jovem aprendiz cumprirá jornada de aprendizagem de 20 horas semanais, distribuídas em quatro horas diárias, durante os 12 meses de contrato, conciliando a fase teórica do curso de aprendizagem no Senai e a fase prática nos Correios. Os participantes do programa terão direito ao salário de R$ 448,46, vale-transporte e vale-refeição ou alimentação.

Nota de Esclarecimento - SEAP

Domingos Matos, 16/03/2018 | 16:31

A Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização esclarece os dados divulgados pelo SINSPEB. Ao contrário da informação veiculada por representante do sindicato, a Seap esclarece que, atualmente, o Conjunto Penal de Feira de Santana conta com 35 agentes penitenciários por plantão na unidade. Entre eles: 20 para o sexo masculino, 7 para o sexo feminino e 9 extras. Portanto, a informação de que sertiam 20 agentes penitenciários por plantão não está correta. A Seap ampliou o quadro de agentes penitenciários do Estado da Bahia para 1.790 após 16 anos sem concurso para a categoria. A Seap reconhece que o número poderia ser maior e espera que ele possa ser ampliado e, embora haja esforços nesse intuito, ainda não há previsão de ampliação do quadro.

A fama efêmera

Domingos Matos, 01/03/2018 | 08:05

Walmir Rosário

No regime democrático de direito costumamos a ver de tudo, das experiências científicas capazes de mudar o mundo para melhor aos experimentos empíricos sem qualquer valor, do mais sério ao simplesmente ridículo. Todos os que querem podem ter os seus cinco minutos de fama, efêmera, é verdade, mas os sujeitos conseguem aparecer, mesmo de forma negativa, do burlesco ao grotesco.

A qualquer notícia sobre determinado fato governamental – pelos entes governamentais – aparecem logo essas figuras que poderiam ser consideradas excêntricas, mas que se tornam despropositadas, insensatas, incoerentes. Agora, então, com o anúncio da intervenção na segurança do Rio de Janeiro, estão chegando aos montes. E o pior, ainda encontram guarida em determinados órgãos de imprensa apesar das asneiras que falam.

Na grande maioria das vezes, essas pessoas são formadas nas melhores faculdades, foram aprovadas em concurso público nacional ou estadual e ocupam cargos de relevância em instituições como o Ministério Público ou Defensorias. Também assim agem os expertos dirigentes de organizações não governamentais (que se alimentam do dinheiro público) e propalam serem defensores dos direitos humanos…

Direitos humanos de pessoas que se encontram fora da lei, os conhecidos bandidos que hoje aterrorizam a sociedade brasileira. Já essa parcela de pessoas de bem que não tem seus direitos respeitados estão fora dessa seleta lista. Estes não têm o direito de ir e vir, vivem trancados em suas casas, são assaltados ao pisar nas ruas, têm seus bens tomados de assalto, e mesmo que não esbocem qualquer reação são assassinados de forma fria e covarde.

No ridículo entender dessas pessoas, os policiais estão impedidos puxar sua arma e disparar um tiro em qualquer desses bandidos fortemente armados, e só podem agir assim no caso de só e somente só, de que tenham sido antes alvejados. Do contrário, serão processados na forma da lei e responderão criminalmente por ter alvejado e matado um bandido durante a defesa da sociedade.

Ainda bem que felizmente esse número de pessoas é inexpressivo e não expressa a vontade e a representatividade dessas instituições, criadas para defender o cumprimento da lei, a ação do Estado e de algumas categorias tidas como indefensas. Não dá para compreender o motivo de que para essas pessoas a vida de um policial, de um cidadão de bem vale mais do que a de quem manifesta o desejo e assume a manifesta vontade de roubar, traficar e matar.

De maneira deliberada, invertem-se os papéis: defendem os quais devem denunciar e denunciam os que atuam com a representação do Estado em defesa da sociedade, diga-se de passagem, cada vez mais desprotegida. Se essas pessoas somente se limitassem a falar, a expor suas ideologias, tudo bem, seria irrelevante, mas não se contentam com isso, denunciam os agentes da lei em processos escabrosos.

Não tenho a menor ideia do entendimento dessas pessoas em reverter a vontade da lei, desconhecer a filologia que estudou e interpretou os textos legais durante sua concepção, edição, apreciação e aprovação. A filologia é uma ciência reconhecida em todo o mundo para o estudo da língua expressada nos textos escritos, com a finalidade de não deixá-los dúbios e manter fielmente o espírito do que se queria dizer quando foram criados.

Por falar em espírito das leis, basta recorrer ao pensador, filósofo e magistrado Montesquieu (Charles-Louis de Secondat), na sua obra, “Do Espírito das Leis”, reconhecida e estudada em todo o mundo. Como um iluminista que foi, dissecou o papel dos regimes: tirania, monarquia e democracia, com seus fundamentos, respectivamente no medo, na honra e na virtude.

No livro décimo – Das leis em sua relação com a força ofensiva –, capítulo I, encontramos anotado: “A vida dos estados é como a dos homens; estes têm o direito de matar em caso da defesa natural; aqueles têm o direito de fazer a guerra para a sua própria conservação. No caso da defesa natural, tenho o direito de matar porque a vida me pertence, como a vida do que me ataca lhe pertence; do mesmo modo, um Estado faz a guerra porque sua conservação é justa como qualquer outra conservação”.

Na repreensão ao crime, como ocorre no Rio de Janeiro, onde políticos corruptos fizeram e ainda fazem pacto com os bandidos, a defesa da sociedade não deixa de ser uma guerra. E nessa guerra, as quadrilhas possuem as melhores armas e munições, as melhores localizações e subjugam toda a sociedade do entorno através do poder do medo e do dinheiro sujo das drogas e dos assaltos.

Na visão caolha de algumas desses pseudos defensores dos diretos humanos exclusivos dos bandidos, o se deparar com um criminoso com um fuzil ou uma metralhadora, o policial deve agir tal e qual como nos filmes de bang bang americanos e italianos. Antes de atirar, terá de dar o famoso grito de guerra: saque a arma! Para morrer não precisa tanto sacrifício.

Pelo que me parece, essas pessoas do contra são como alguns dos meus amigos de infância do bairro da Conceição, em Itabuna, que iam ao cinema somente para torcer pelos bandidos, com a única finalidade de nos contrariar. Entrava domingo e saía domingo nos filmes do cines Itabuna, Marabá, Catalunha, Plaza e Oásis, e eles sempre levavam a pior. Simples, o crime não pode compensar!

____________

Walmir Rosário é radialista, jornalista e advogado

Governador autoriza concursos para universidades estaduais - Uesc terá 32 vagas

Domingos Matos, 09/01/2018 | 15:13

O governador Rui Costa autorizou nesta terça-feira (9), durante o #PapoCorreria, a realização de concursos públicos para duas universidades estaduais. O programa foi transmitido ao vivo no Facebook e no perfil do governador no Twitter.

Os concursos somam 167 vagas em cargos de níveis médio e superior. Eles são destinados ao preenchimento de vagas decorrentes de aposentadorias e falecimentos de servidores no período de 2014 a 2017. 

A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) oferecerá 72 vagas, sendo 22 para analista universitário e 50 para técnico universitário. Outras 63 vagas são para docentes, sendo 33 para professor auxiliar e 30 para professor assistente, em regime de 40 horas. 

Já a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) disponibilizará 32 vagas, sendo 8 para analista universitário e 24 para técnico universitário. 

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.