Tag: corpo

Bombeiro baiano ganha seis medalhas em Campeonato de Salvamento

Domingos Matos, 19/11/2019 | 14:29

Com seis medalhas, o cabo Magno Cássio Cardoso Caldas, do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA), foi destaque no 19º Campeonato Brasileiro de Salvamento Aquático, realizado em São Luís, no Maranhão. As conquistas ocorreram em competições individuais e coletivas durante o Seminário Nacional de Bombeiros 2019 (Senabom).

Nas quatro provas individuais, Magno enfrentou 16 atletas e subiu ao pódio nas categorias: Aquathlon (modalidade em que os atletas percorrem mais de 3 mil metros em terra e água), E (para competidores com idade entre 40 e 44 anos), 50 metros com reboque (nado transportando um manequim com peso aproximado de 60 quilos), 100 metros com reboque e nadadeira.

Com sua equipe, formada também por guarda-vidas municipais baianos, o atleta competiu nas provas coletivas: revezamento 170 (soma das idades dos participantes), com reboque 4 por 25 metros, revezamento 4 por 50, medley de salvamento (reboque de manequim, reboque com flutuador e reboque de vítima com flutuador).

Nas sete competições que participou, o bombeiro ganhou três medalhas de ouro, duas de prata e uma de bronze. Ele alcançou o resultado graças ao treinamento semanal de quase 20 mil metros embaixo d'água, além de longas corridas. “Voltei a competir há um ano. Hoje posso dizer que minha vida é de atleta mesmo”, revelou o cabo.

Esportista que mais pontuou no campeonato, o bombeiro se tornou guarda-vidas de ferro na sua categoria e já se prepara para o próximo fim de semana, 23 e 24 de novembro, quando participará do Campeonato Baiano de Prevenção e Salvamento Aquático. “Fico feliz pelo reconhecimento da minha corporação e da SSP”, finalizou Magno.

 

 

Presidente do TJ-BA, três desembargadores e dois juízes são afastados por 90 dias

Domingos Matos, 19/11/2019 | 13:00
Editado em 19/11/2019 | 13:01

O presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), desembargador Gesivaldo Britto, mais três desembargadores e dois juízes foram afastados das suas funções por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), conforme apurado pelo Bahia Notícias.

Na manhã desta terça-feira (19), a Polícia Federal deflagrou a Operação Faroeste para desarticular um possível esquema criminoso voltado a venda de decisões judiciais por juízes e desembargadores do TJ-BA, além de corrupção ativa e passiva, lavagem de ativos, evasão de divisas, organização criminosa e tráfico de influência.

Mais de 200 policiais federais, acompanhados de procuradores da República, cumprem quatro mandados de prisão e 40 mandados de busca e apreensão em gabinetes, fóruns, escritórios de advocacia, empresas e nas residências dos investigados, nas cidades de Salvador, Barreiras, Formosa do Rio Preto e Santa Rita de Cássia, na Bahia, e em Brasília.

 

Alvos da operação 

Foram alvos: Adailton Maturino , Antonio Roque, Aristotenes Santos Moreira, Francisco de Assis Moreira Filho, Geciane Maturino, Gesilvado Brito, Irenilta Apolonio Castro, José Olegário, José Valter Dias, Júlio César Ferreira, Karla Janayna Leal Vieira, Luiz Ricardi, Marcio Duarte, Márcio Braga, Maria da Graça Pimentel, Maria do Socorro, Marivalda Moutinho, Ricardo Augusto, Rosimeri Zanetti, Sergio Humberto e Walter Yukio Horita. 

A PF apreendeu agendas, documentos com indicativos de ocultação de bens, procurações, alvarás, decisões, contratos, notas ficais, além de HD, pen driver, computador e telefone. O STJ autorizou ainda a apreensão de dinheiro em espécie e de joias.  

A Justiça determinou a prisão de Marcio Duarte (advogado), Antonio Roque Neves (servidor) e os empresários Geciane Souza e Adailton Maturino. Segundo o MPF, o quarteto compõe o "núcleo duro na dinâmica de avanço da corrução sobre o Poder Judiciário baiano". 

De acordo com investigadores, Márcio Duarte fazia o "branqueamento de ativos" por meio de veículos de alto luxo, como Land Rover e BMW. Segundo o Ministério Público, o advogado intermediava o recebimento de valores ilícitos para a desembargadora Maria do Socorro. 

Além disso, o STJ mandou afastar os desembargadores Maria da Graça Osório Pimentel, Gesilvado Britto, Maria do Socorro e José Olegário Caldas, com o argumento de que "o afastamento [representa a] perda do poder de obstrução ou permanência da atividade criminosa que poderia prejudicar o andamento das investigações". De acordo com o MPF, Maria do Socorro movimentou R$ 17,4 milhões entre dezembro de 2017 e março de 2018, sendo que R$ 1,5 milhão não tem origem identificada.

Já Maria da Graça movimentou no mesmo período R$ 13,3 milhões e R$ 1,9 milhão sem origem identificada. Para o MPF, os valores são "incompatíveis" com os vencimentos recebidos. 

 

Desembargadores afastados não poderão receber vantagens e usar veículos do TJ-BA

O ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), determinou que os desembargadores e juízes afastados do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) não poderão ter acesso às dependências da Corte, não poderão se comunicar com funcionários e nem utilizar serviços do tribunal. Os afastados só poderão ter acesso às áreas comuns, de livre circulação do Tribunal para realização da defesa de seus direitos, na condição de cidadão.

O ministro proibiu o uso de veículos oficiais, de uso de equipamentos do TJ-BA, de recebimento de vantagens e benefícios como passagens, diárias, ajuda de custo, telefones corporativos, computadores e quaisquer outros bens da Corte. Os afastados, sobretudo os desembargadores, não poderão ter à disposição servidores, inclusive terceirizados. (Com informações do Bahia Notícias)

Itabuna: polícia investiga assassinato de idoso; vítima foi morta a facadas dentro de casa

Domingos Matos, 18/11/2019 | 16:36
Editado em 18/11/2019 | 17:16

A polícia segue investigando o assassinato de um idoso de 60 anos, morto a facadas dentro da casa onde morava sozinho, no bairro Califórnia, em Itabuna. Uma garota de programa é a principal suspeita do crime, que aconteceu na última sexta-feira (15), feriado de Proclamação da República. Até o fechamento dessa matéria, a mulher não havia sido localizada.

O corpo da vítima, identificada como Odivan Borges dos Santos, foi localizado por vizinhos, que acionaram a polícia. O homem era mais conhecido como "Theo Furão".

O caso está sendo investigado pela delegada Magda Sueli.

Itacaré inicia 2ª etapa da campanha de vacinação contra o sarampo

Domingos Matos, 18/11/2019 | 08:34
Editado em 18/11/2019 | 08:46

A Secretaria Municipal de Saúde de Itacaré iniciou nesta segunda-feira (18) a segunda etapa da campanha de vacinação contra o sarampo, que vai até o dia 30 de novembro. Nessa etapa estão sendo vacinados jovens e adultos na faixa etária de 20 a 29 anos que ainda não foram imunizados contra o sarampo. A orientação é que procurem a unidade de saúde mais próximo de sua residência.

Já no doa 30 de novembro vai acontecer o dia de mobilização nacional, o chamado de Dia D de vacinação contra o sarampo. Para isso a Prefeitura de Itacaré estará realizando a vacinação em todas as unidades de saúde do município e também postos volantes em diferentes pontos da cidade e também na zona rural. O objetivo é atender aqueles que não se vacinaram nos dias úteis ou que esqueceram de procurar os postos para a imunização. Paralelo a esse trabalho, a Secretaria Municipal de Saúde também continua com a vacinação volante da zona rural imunizando desde crianças de 6 meses até os adultos de 49 anos.

Seguindo as orientações do Ministério da Saúde, a campanha é de forma seletiva, ou seja, haverá avaliação da situação vacinal e vacinação conforme o calendário vacinal vigente. Nessa faixa etária, homens e mulheres devem ter comprovadamente 2 doses da vacina tríplice viral (SCR ou MMR). Aqueles que não possuem carteira de vacinação, receberão a primeira dose da vacina e deverão comparecer 30 dias depois para receber a segunda dose. Importante ressaltar que o indivíduo só fica devidamente imunizado, após a segunda dose da vacina.

O sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espira ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina. Em torno de 3 a 5 dias, podem aparecer outros sinais e sintomas, como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que, em seguida, se espalham pelo corpo. Após o aparecimento das manchas, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças menores de 5 anos de idade. 

 

Corpo de ex-piloto de Stock Car Tuka Rocha é liberado na Bahia; enterro será em São Paulo

Domingos Matos, 18/11/2019 | 07:02
Editado em 18/11/2019 | 08:31

O corpo do ex-piloto de Stock Car Tuka Rocha, um dos mortos após a queda de um jato executivo em Maraú, no baixo sul da Bahia, foi liberado do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Salvador na tarde de domingo (17). O velório e o enterro estão previstos para ocorrer nesta terça-feira (19) no cemitério do Morumbi, em São Paulo, segundo informações divulgadas pela assessoria de comunicação de Tuka.

A morte de Tuka foi confirmada na manhã de ontem (17) pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab). Foi a terceira morte confirmada após o acidente, que ocorreu na quinta-feira (14). Outras sete pessoas continuam internadas.

Christiano Chiaradia Alcoba Rocha, 36 anos, conhecido como Tuka Rocha, morreu às 6h20, no Hospital Geral do Estado (HGE), na capital baiana, segundo a Sesab. Ele estava na unidade desde sexta-feira (15), quando havia sido transferido do Hospital Municipal de Salvador. Tuka teve 80% do corpo queimado.

Em 2011, Tuka já tinha escapado de um grave acidente, quando o carro que ele pilotava em uma competição pegou fogo, no Rio de Janeiro. Ele conseguiu se jogar do veículo.

Tuka foi tricampeão brasileiro de Kart. Durante a carreira, disputou mais de 100 Grandes Prêmios na Stock Car e venceu a etapa de Ribeirão Preto, em 2015. Recentemente, Tuka trabalhava com coach de jovens pilotos. Ele era solteiro e não deixa filhos.

Famosos e amigos lamentaram a morte do ex-piloto de Stock Car e das outras vítimas do acidente. O ex-piloto Felipe Massa desejou "muita força para seus familiares, para os que estão machucados e todos que estão sofrendo".

 

Vítimas

A queda do jato executivo aconteceu na pista de pouso de um resort de luxo que está desativado. Morreram Maysa Marques Mussi, de 27 anos, e a irmã dela, a jornalista Marcela Brandão Elias, de 37 anos. Os corpos das duas ainda não foram liberados.

O corpo de Marcela, carbonizado após a aeronave pegar fogo, foi levado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Ilhéus. Os peritos aguarda exames solicitados à família da vítima para fazer a identificação oficial por meio da arcada dentária.

Já o corpo de Maysa segue aguardando liberação no DPT de Salvador.

Os outros ocupantes da aeronave ficaram feridos e estão internados em hospitais de Salvador. São eles:

Aires Napoleão, de 66 anos, que pilotava o jato

Fernando Oliveira Silva, de 26 anos,

Marcelo Constantino, de 28 anos, neto do Nenê Constantino, fundador da Gol

Marrie Cavelan, de 27 anos

Eduardo Mussi, irmão do deputado licenciado Guilherme Mussi

Eduardo Trajano Telles Elias, de 38 anos, que era casado com Marcela Brandão Elias

Eduardo, de 6 anos, filho de Eduardo e Marcela

 

Acidente

O acidente ocorreu pouco depois das 14h da quinta-feira, em uma pista de pouso no distrito de Barra Grande, que pertence a Maraú, segundo informações da assessoria de comunicação da prefeitura.

O jato executivo decolou do aeródromo de Jundiaí (SP), às 11h, com destino ao município baiano, segundo informações da Voe SP, que administra o terminal, e da Força Aérea Brasileira (FAB).

Conforme registro da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a aeronave, um bimotor Cessna C550 fabricado em 1981, de prefixo PT- LTJ, estava em situação regular.

O acidente aéreo é apurado pelo Segundo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa II), da Aeronáutica. Militares do órgão estiveram no local do acidente, na sexta-feira, para coletar dados que possam auxiliar nas investigações que vão apontar as causas da queda. Não há previsão para que a apuração seja concluída.

Os destroços do jato foram retirados do local do acidente neste sábado, segundo informações da secretária de Turismo do município, Nilza Costa. (Com informações do G1)

Polícia conclui que morte de motorista de aplicativo foi premeditada; mandante está preso por tráfico

Domingos Matos, 15/11/2019 | 17:41

A Polícia Civil concluiu que a morte do jovem de 24 anos que trabalhava como motorista por aplicativo na cidade de Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia, foi premeditada. Conforme o delegado Marcus Vinicius, que investiga o caso, o mandante do crime está preso no no conjunto penal do município por tráfico de drogas.

Segundo informações de Marcus Vinicius, os dois jovens, de 21 e 22 anos, que foram presos pela suspeita de matarem a vítima, no sábado (9), mudaram de versões durante as investigações.

De acordo com o delegado, os suspeitos chegaram a usar o celular da vítima para dizer que Hiago Evangelista Freitas tinha envolvimento com o tráfico de drogas.

"Pegou um chip, usou o próprio aparelho da vítima para mandar uma mensagem para a família informando que seria uma dívida do tráfico e colocou o nome de um integrante da facção rival. Nós percebemos logo no início que isso poderia ser uma forma de atrapalhar nossas investigações", disse o delegado.

Os suspeitos contaram em depoimento que Hiago Evangelista Freitas tentou um envolvimento amoroso com a companheira do presidiário e por isso, ele teria ordenado a morte da vítima.

"Segundo informações, a vítima teria começado a tentar um envolvimento com a mulher que tem o seu companheiro preso no conjunto penal. A partir do momento em que esse preso soube disso, ele determinou a morte e a subtração dos bens da vida. Não foi só o homicídio em si, ele também quis subtrair os pertences da vítima", contou Marcus Vinicius.

Ainda segundo o delegado, um dos suspeitos, dias antes do crime, teria feito amizade com Hiago em uma rede social, no dia do crime. A corrida foi contratada por meio de um aplicativo de mensagens.

"Ele confirmou que fez amizade na semana do crime, nós verificamos isso e é verdade. Foi para procurar saber um pouco da vida da vítima e investigar a vida. Ele convidou o Hiago para uma corrida pelo WhatsApp", explicou.

O estudante de odontologia desapareceu após sair para fazer uma corrida, foi queimado vivo. A vítima foi encontrada morta no início da tarde de sexta-feira (8).

Alexandre Cruz Brito, de 21 anos e Rodrigo Porto Oliveira Silva, de 22, confessaram o crime à polícia. Ao delegado Fabiano Aurich, responsável pela investigação do crime, a dupla disse que assaltou Hiago com um revólver falso e que o crime foi premeditado.

Segundo informações do delegado Fabiano Aurich, que também investiga o caso, os suspeitos foram encontrados com a ajuda de um cão farejador. O animal levou os investigadores da Polícia Civil a um local próximo da casa do suspeito Rodrigo Porto, onde os policiais encontraram objetos pessoais da vítima.

Hiago Evangelista Freitas era estudante de odontologia e desapareceu na noite de quarta-feira (6), após deixar a namorada em casa para fazer corridas no município.

Ao delegado, os dois disseram ainda que depois imobilizaram Hiago e o levaram para a estrada que liga o bairro de São Sebastião à cidade de Barra do Choça, onde ele foi morto a facadas. O corpo de Hiago foi encontrado carbonizado. Os suspeitos disseram que mataram a vítima porque tinham medo de serem denunciados.

Na casa de Rodrigo, a polícia apreendeu vários objetos pessoais da vítima, incluindo documentos, cartões de banco, a chave do carro que Hiago dirigia e o celular dele. O carro de Hiago foi deixado pelos suspeitos no bairro Alto Maron, também em Vitória da Conquista.

Os policiais encontraram, também na casa de Rodrigo, o revólver falso usado para cometer o assalto. Os dois foram autuados em flagrante por latrocínio, que é o roubo seguido de morte, e por ocultação de cadáver.

Além disso, Rodrigo também responderá por associação ao tráfico de drogas, adulteração de sinal identificador e posse ilegal de munição, por outros materiais encontrados na casa dele.

O corpo da vítima foi enterrado no cemitério municipal de Guanambi, cidade natal do jovem que fica a cerca de 276 km de Vitória da Conquista, no sábado (9).

* Com informações do G1

Polícia investiga triplo homicídio em Coaraci; corpos foram encontrados em matagal

Domingos Matos, 14/11/2019 | 11:29

A Polícia Civil investiga um triplo homicídio na cidade de Coaraci, no sul da Bahia. Conforme a delegada Ana Cristina Bastos, que apura o caso, os corpos das vítimas foram encontrados em um matagal.

Segundo informações da delegada, os corpos, que estavam em estado de decomposição avançado e apresentavam marcas de violência, foram encontrados na última segunda-feira (11), no bairro Bela Vista. A polícia suspeita que as vítimas foram mortas há pelo menos dois meses.

De acordo com Ana Cristina Bastos, não há informações sobre a autoria e motivação do crime.

O caso é investigado na delegacia de Coaraci. (Com informações do G1)

 

Incêndio atinge casa e carro no bairro Mangabinha; mulher e três crianças estavam no imóvel

Domingos Matos, 14/11/2019 | 10:54

Uma casa pegou fogo na manhã desta quinta-feira (14), na rua Monte Castelo, no bairro Mangabinha, em Itabuna. Um carro que estava na garagem e que pode ter sido a causa do acidente, ficou completamente destruído.

O Corpo de Bombeiros conseguiu debelar as chamas, mas o estrago no imóvel foi grande. Segundo informações do Blog Verdinho, Luciana Santos Adorno, moradora da casa, e três crianças que estavam no local não chegaram a ser atingidas pelas chamas. No entanto, sofreram pequenas escoriações quando tentavam sair da residência.

A mulher e as crianças foram socorridas para os Hospitais de Base e Manoel Novaes, respectivamente.

Novembro Azul: Pacientes oncológicos ganham um dia de beleza e saúde no Calixto

Domingos Matos, 13/11/2019 | 20:29

O Serviço de Atendimento à Rede em Ambiências Hospitalares e Domiciliares – SARAHDO, promoveu um dia de cuidados com a beleza e a saúde para os pacientes oncológicos e acompanhantes da Unidade de Quimioterapia do Hospital Calixto Midlej.

O público-alvo foi de homens por conta da campanha Novembro Azul, que levanta a bandeira contra o câncer de próstata. Durante a ação, os homens cuidaram da aparência com cortes de cabelo e serviço de barbearia e também desfrutaram de um momento relaxante com uma sessão de massoterapia. Um lanche também foi servido no local.

Daniela Oliveira, uma das professoras do SARAHDO destacou que além do atendimento pedagógico pela Classe Hospitalar, também são trabalhadas campanhas educativas. “Tentamos aliar a ideia do autocuidado e da autoestima associada à campanha Novembro Azul. É um momento de alerta para os homens se conscientizarem dos cuidados com a saúde. É um momento importante para a vida deles”, disse.

O cabeleireiro Antônio Torres, disse que foi gratificante poder ajudar. “Cuidar de uma pessoa e do seu emocional, ver a melhora no semblante dela após um cuidado com a aparência é uma satisfação”, falou.

O barbeiro Joelson Pereira, também classificou a importância da ação. “Aplicar o que sei fazer ajudando ao próximo é um diferencial em minha vida. É muito bom ver que isso traz um resultado positivo na vida dos pacientes”, declarou.

A fisioterapeuta Devânia Araújo, disse que foi prazeroso contribuir com os seus serviços. “É importante que as pessoas conheçam e saibam que através da massagem esses pacientes podem ter mais qualidade de vida e uma melhora significativa para o corpo que sofre por conta do tratamento oncológico”, disse.

Seu Elízio Miranda que há quase dois anos vem tratando o câncer de próstata, adorou a ação. “Estou me sentindo muito bem. Tava mesmo precisando de uma massagem e dar um jeito no visual”. E aproveitou o momento para tecer elogios à equipe da unidade de quimioterapia do Calixto. Graças a Deus eu estou bem, O tratamento daqui é vip. O pessoal é educado e zela muito pelos pacientes. Eles são um remédio a mais”, declarou.

 

SineBahia vai intermediar vagas de empreendimento comercial em Lauro de Freitas

Domingos Matos, 12/11/2019 | 11:32

O SineBahia vai realizar a intermediação de mão de obra para os estabelecimentos comerciais do Parque Shopping Bahia, que será inaugurado em Lauro de Freitas, em março de 2020. O termo de cooperação técnica para a seleção de trabalhadores foi assinado na tarde de ontem (11), pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), responsável pelo serviço, a Prefeitura de Lauro de Freitas e o centro comercial.

A expectativa é que sejam ofertadas 3,5 mil vagas para o funcionamento do shopping e das 204 lojas. De acordo com o titular da Setre, Davidson Magalhães, o convênio é um reconhecimento da qualidade do serviço prestado pela rede SineBahia. “Nós vamos buscar no mercado, prioritariamente de Lauro de Freitas, pessoas aptas a serem incorporadas ao empreendimento e existe ainda a perspectiva de qualificar a mão de obra, a partir das demandas dos lojistas. É um grande avanço, que vai contribuir para a produtividade e desempenho econômico financeiro do shopping”, destacou o secretário.

A prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, ressaltou que a parceria vai garantir “um atendimento de excelência para o público do centro comercial, um empreendimento ousado e de grande impacto”.

Para o diretor-presidente do Shopping Parque Bahia, Marcos Rogério de Brito, o shopping tem que ser um agente transformador. “Não adiantaria abrir um complexo desse porte sem agregar a comunidade local. Vamos fazer esse papel de ser a ponte entre os lojistas e o SineBahia, mostrando esse trabalho tão bacana que o Governo do Estado já desenvolve”, afirmou. Também acompanharam o ato de assinatura o superintendente estadual de Desenvolvimento do Trabalho, Marcelo Gavião, e o secretário de Trabalho, Esporte e Lazer de Lauro de Freitas, Uilson Souza.

Localizado na Avenida Santos Dumont (Estrada do Coco), o Parque Shopping Bahia será um dos maiores centros comerciais do estado. O shopping faz parte de um complexo comercial com 260 mil metros quadrados de área total e 84 mil metros quadrados de área bruta locável (ABL) já construída. 

O local terá um power center com operações inéditas no Estado, além de terrenos destinados a construção de hotel, hospital e universidade, bem como o Centro Administrativo de Lauro de Freitas (CALF), que já foi entregue à prefeitura municipal.

 

Motorista de aplicativo foi queimado vivo por assaltantes; acusados confessaram o crime

Domingos Matos, 12/11/2019 | 09:30

O jovem de 24 anos que trabalhava como motorista por aplicativo na cidade de Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia, e desapareceu após sair para fazer uma corrida, foi queimado vivo. A vítima foi encontrada morta no início da tarde de sexta-feira (8).

Dois jovens, de 21 e 22 anos, foram presos pela suspeita de matarem Hiago Evangelista Freitas, de 24 anos, no sábado (9).

Alexandre Cruz Brito, de 21 anos e Rodrigo Porto Oliveira Silva, de 22, confessaram o crime à polícia. Ao delegado Fabiano Aurich, responsável pela investigação do crime, a dupla disse que assaltou Hiago com um revólver falso e que o crime foi premeditado.

Segundo informações do delegado Fabiano Aurich, que também investiga o caso, os suspeitos foram encontrados com a ajuda de um cão farejador. O animal levou os investigadores da Polícia Civil a um local próximo da casa do suspeito Rodrigo Porto, onde os policiais encontraram objetos pessoais da vítima.

“Documentos pessoais, cartão de crédito da vítima, estava tudo dentro de um travesseiro, escondido dentro do travesseiro. Dentro da cozinha tinha um isqueiro amarelo, que depois a gente teve a oportunidade de voltar [a casa do suspeito] e pegar, que foi usado para acender [o fogo] e tinha vestígios de sangue da mão do homicida que esfaqueou a vítima”, disse Fabiano Aurich.

“O rolo de fita que eles usaram para adulterar a placa e o principal, achamos o celular da vítima, além da roupa que ele [Rodrigo] utilizou no crime, que estava suja de sangue”, também lembrou o delegado Marcos Vinicius.

Hiago Evangelista Freitas era estudante de odontologia e desapareceu na noite de quarta-feira (6), após deixar a namorada em casa para fazer corridas no município.

Ao delegado, os dois disseram ainda que depois imobilizaram Hiago e o levaram para a estrada que liga o bairro de São Sebastião à cidade de Barra do Choça, onde ele foi morto a facadas. O corpo de Hiago foi encontrado carbonizado. Os suspeitos disseram que mataram a vítima porque tinham medo de serem denunciados.

Na casa de Rodrigo, a polícia apreendeu vários objetos pessoais da vítima, incluindo documentos, cartões de banco, a chave do carro que Hiago dirigia e o celular dele. O carro de Hiago foi deixado pelos suspeitos no bairro Alto Maron, também em Vitória da Conquista.

Os policiais encontraram, também na casa de Rodrigo, o revólver falso usado para cometer o assalto. Os dois foram autuados em flagrante por latrocínio, que é o roubo seguido de morte, e por ocultação de cadáver.

Além disso, Rodrigo também responderá por associação ao tráfico de drogas, adulteração de sinal identificador e posse ilegal de munição, por outros materiais encontrados na casa dele.

O corpo da vítima foi enterrado no cemitério municipal de Guanambi, cidade natal do jovem que fica a cerca de 276 km de Vitória da Conquista, no sábado (9).

 

*Com informações do G1

 

Presa mulher que atirou água fervendo na filha de 16 anos

Domingos Matos, 11/11/2019 | 11:21

Marilucia da Silva Mattos, de 33 anos, que atirou água fervendo na filha de 16, teve o mandado de prisão preventiva cumprido, na última sexta-feira (8), em Conceição do Jacuípe, por investigadores da Delegacia Territorial (DT), daquele município.

O crime ocorreu no sábado (2), durante uma discussão entre mãe e filha. A vítima teve queimaduras de 2ª grau em 17 por cento do corpo e permanece internada, no Hospital Geral do Estado (HGE).

Segundo o titular da DT/Conceição do Jacuípe, delegado Filipe Madureira, Marilucia já responde processos por lesão corporal contra a adolescente, ocorrida em 2018, e pela tentativa de homicídio do irmão.

"Ela será encaminhada para a DT/Santo Amaro, onde permanece à disposição da Justiça", acrescentou o delegado. A prisão de Marilucia contou com o apoio de equipes da 3ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Santo Amaro) e da DT/Amélia Rodrigues.

Presos acusados de matar motorista por aplicativo durante assalto 

Domingos Matos, 11/11/2019 | 10:21

Autuados em flagrante também por ocultação de cadáver, os acusados de latrocínio Rodrigo Porto Oliveira Silva, 22 anos, o 'Playboy', e Alexandre Cruz Brito, 21, o 'Parcker' ou 'Xande', confessaram o crime contra o motorista de transporte por aplicativo, Hiago Evangelista Freitas, 24, que também era estudante de odontologia. A dupla foi presa em Vitória da Conquista, no sábado (9).

Rodrigo também responderá por associação ao tráfico de drogas, adulteração de sinal identificador e posse ilegal de munição. O crime foi elucidado 48 horas após os familiares de Hiago Evangelista noticiar o desaparecimento do jovem, que estaria fazendo transporte de passageiro, quando deu a última notícia a sua namorada, na noite da quarta-feira (6). 

O corpo de Hiago Evangelista foi localizado parcialmente carbonizado na sexta-feira (8), em um distrito da zona rural de Vitória da Conquista. O veículo foi encontrado abandonado, em seguida. As buscas tiveram o apoio de policiais militares da região, que utilizaram um cão farejador.

As investigações foram realizadas por equipes da 10ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (10ª Coorpin), de Vitória da Conquista, com apoio de policiais da sede do Departamento de Polícia do Interior (Depin) e da Polícia Federal. 

Na residência de Rodrigo Porto foram apreendidos diversos objetos pessoais da vítima, entre eles, documentos, cartões bancários, chave do veículo e o celular de Hiago. Os policiais também encontraram um simulacro de arma de fogo, utilizado no crime.

De acordo com o coordenador da 10ª Coorpin / Conquista, delegado Fabiano Aurich, a dupla assassinou a vítima para evitar que fossem denunciados. “Rodrigo e Alexandre relataram que após a saída de Conquista, anunciaram o assalto, utilizando um simulacro de arma de fogo. Hiago foi mobilizado e depois levado ao local onde foi morto. Atribuíram o assassinato ao receio de serem denunciados”, explicou. A dupla está à disposição da Justiça.

 

Urgente: Lula saiu da cela e já faz exames para deixar a prisão em Curitiba

Domingos Matos, 08/11/2019 | 16:11
Editado em 08/11/2019 | 16:10

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou a sua cela na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR) para fazer o exame de corpo de delito. A corporação já faz os preparativos para a imprensa receber o ex-presidente. A defesa pediu a soltura imediata após o Supremo Triunal Federal barrar as prisões após condenação em segunda instância. 

Com a soltura, Lula deve ir para a vigília se encontrar com militantes que estão há mais de 500 dias em solidariedade a ele, condenado sem provas para ser tirado da eleição. 

Adesão de policiais federais

O clima no entorno do prédio da Polícia Federal, em Curitiba, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está preso desde o ano passado, foi de tranquilidade na manhã desta sexta-feira (8). A partir da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), na quinta (7), o petista pode ser solto ainda nesta sexta.

Com intervalos de silêncio, manifestações e cantoria, cerca de 100 pessoas aguardam na vigília montada em frente ao prédio em abril do ano passado, quando o político foi preso. (…)

Dois policiais federais à paisana, que disseram trabalhar na Superintendência onde o político está preso, compraram camisetas com a estampa de Lula na pequena feira montada dentro da vigília. “Pode ser o último dia, aproveitei para comprar. Não é todo mundo que apoia o governo”, justificou o escrivão Farley Dias, 43.

Com informações da Folha

Orla de Canavieiras e 10 praias de Ilhéus estão aptas para banhistas

Domingos Matos, 07/11/2019 | 14:03

O boletim de balneabilidade nº 44/2019, emitido na última sexta-feira (1º) pela Coordenação de Monitoramento dos Recursos Ambientais e Hídricos (COMON), vinculada ao Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), divulgou a situação da qualidade da água das praias do litoral sul da Bahia, em decorrência do derramamento de óleo na costa do Nordeste. (Clique na imagem abaixo)

O relatório traz uma notícia positiva. De acordo com os dados disponibilizados pelo órgão, oito praias de Ilhéus estão próprias para banho: Ponta da Tulha; Praia do Cristo; Opaba; Ceplus Montante; Ceplus Jusante; Milionários; Cururupe e Olivença. O Inema informa que o monitoramento é divulgado semanalmente. Enquanto isso, voluntários também contribuem com o esforço nas atividades.

O comitê gestor montado em Ilhéus realiza ações de limpeza e fiscalização contínua das praias atingidas. As ações preventivas de combate às manchas de óleo foram alinhadas semanas antes, mediante a atuação da Prefeitura, junto à Marinha, Corpo de Bombeiros Militar e órgãos ambientais, reunindo militares e técnicos com a participação de centena de voluntários para limpeza das praias.

Entretanto, o boletim indica que cinco praias estão impróprias para banho, por enquanto: Barra de São Miguel; Praia do Malhado; Marciano; Praia da Avenida Soares Lopes (próximo à lanchonete Subway) e Praia do Sul (acesso KM 0, em direção ao Aeroporto Jorge Amado).

Recomendações 

A população deve seguir as instruções da Vigilância de Saúde Ambiental. Encontrou manchas de óleo na praia? Informe ao Corpo de Bombeiros Militar ou à Delegacia da Capitania dos Portos de Ilhéus. É recomendado que a população evite áreas afetadas e não toque ou remova os resíduos sem a utilização dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

Vai Dar Praia

O aplicativo lançado pelo Governo da Bahia está disponível para dispositivos móveis com sistema operacional Android e iOS, com atualização das informações sobre a qualidade das praias baianas, dados climáticos, entre outras.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.