Tag: debates

Itacaré realiza palestra sobre a “Prevenção do Suicídio”

Domingos Matos, 16/09/2019 | 07:07

A Prefeitura de Itacaré se une à campanha nacional Setembro Amarelo de Combate ao Suicídio, promovendo uma série de ações, palestras e informações sobre os riscos desse problema e a abordagem de um tema tão complexo que tem tirado muitas vidas. E como parte dessas ações, a Secretaria de Desenvolvimento Social de Itacaré estará realizando na próxima quarta-feira (18), a palestra com o tema “Prevenção ao Suicídio – Setembro Amarelo”, com a psicóloga Ana Paula Laranjeira.

A palestra acontecerá às 10 horas da manhã na sede da Secretaria de Desenvolvimento Social, ao lado do Clube Pirajá, e é aberta a todas as pessoas interessadas em conhecer mais sobre o problema e descobrir as formas de ajudar cada vez mais a mostrar o dom da vida. De acordo com a secretária de Desenvolvimento Social de Itacaré, Sirlândia Lyrio, o objetivo desse trabalho é alertar a comunidade sobre o problema, acompanhar e prestar assistência as pessoas, nformar sobre os fatores de riscos e as formar de apoio, como elevar a autoestima, o bom suporte familiar, os laços sociais estabelecidos, atividades de lazer, o senso de responsabilidade com a família e mostrar a importância da vida.

Setembro Amarelo é uma campanha brasileira de prevenção ao suicídio, iniciada em 2015. É uma iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). O mês de setembro foi escolhido para a campanha porque, desde 2003, o dia 10 de setembro é o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio. A ideia é promover eventos que abram espaço para debates sobre suicídio e divulgar o tema alertando a população sobre a importância de sua discussão.

No Brasil, o suicídio é considerado um problema de saúde pública e sua ocorrência tem aumentado muito entre jovens. De acordo com números oficiais, 32 brasileiros se matam por dia em média, sendo essa uma taxa maior do que a de vítimas de AIDS e da maioria dos tipos de câncer. De acordo com um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) de 2014, o Brasil está em oitavo dentre os países com maior número de suicídios. No mundo, o suicídio é a terceira causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos e a sétima causa de morte de crianças entre 10 e 14 anos de idade. A OMS também afirma que o suicídio tem prevenção em 90 por cento dos casos.

 

Orçamento de Itabuna está acessível à população no site da Câmara

Domingos Matos, 12/09/2019 | 16:34

Para ampliar o acesso dos itabunenses à informação, a Câmara Municipal publicou o projeto da Lei Orçamentária Anual – LOA 2020, encaminhado pelo Executivo. É possível baixar o conteúdo do Orçamento clicando em Atividades Legislativas e, depois, na aba Publicações. Lá é possível saber, de forma discriminada, os recursos alocados para as secretarias e demais órgãos.

“Além de endossar os princípios da transparência e publicidade, a Casa reforça o controle social já que a população é a maior interessada em conhecer a destinação dos impostos pagos”, ressaltou o presidente do Legislativo itabunense Ricardo Xavier. A pedido do vereador Júnior Brandão, os Conselhos municipais serão acionados para acompanhar os debates sobre o Orçamento.   

No último dia 10, a Comissão de Finanças divulgou o cronograma de tramitação do Orçamento. “Por determinação regimental, cabe à Finanças manifestar-se previamente sobre a proposta orçamentária; mas, dentro do Orçamento, tem matérias específicas de todas as comissões”, salientou o presidente do colegiado, Jairo Araújo. O relator do projeto ainda será designado.

Em 2020, a Prefeitura estima arrecadar R$ 652,4 milhões (77% advindos de transferências correntes, que são oriundas principalmente da União). Conforme os demonstrativos de despesas, por funções, saúde (R$ 270,6 mi), educação (R$ 135,8 mi), urbanismo (R$ 74,5 mi) e administração (R$ 61,5 mi) terão os maiores aportes financeiros.
 

Encontro em Itabuna estimula empreendedorismo no sul da Bahia

Domingos Matos, 28/08/2019 | 10:39

A primeira edição do Salão de Empreendedorismo reuniu cerca de 600 pessoas de diversos municípios do sul da Bahia ontem (27), em Itabuna.  O evento, uma iniciativa do Governo do Estado, por meio das secretarias do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), contou com debates, relatos de experiências e serviços oferecidos pelo poder público e instituições parceiras.

De acordo o titular da Setre, Davidson Magalhães, o intuito é movimentar a economia regional. “O Salão surgiu da concepção de que é preciso incentivar não só a geração de empregos formais, mas também o empreendedorismo. A articulação de uma rede interinstitucional com ações estratégicas para desenvolver e acompanhar negócios é fundamental nesse processo”, ressaltou o secretário na abertura do encontro, realizado no Teatro Municipal Candinha Dórea.

Painéis

Quatro empreendedores baianos – Rogério Salume (Wine), Mônica Burgos (Avatim), Leilane Benevides (Benevides Chocolates Finos) e Maria Helena Guimarães (Associação Só Cacau) – compartilharam suas trajetórias de sucesso em uma dos painéis do evento.

A massoterapeuta Kenia Carvalho, 43 anos, acompanhou a apresentação: “Fiquei feliz pela riqueza de experiências que a gente teve a oportunidade de presenciar, com os relatos de pessoas corajosas, que arriscaram e alcançaram seus objetivos. Com certeza as orientações serão aplicadas na minha vida profissional. Itabuna sempre foi muito carente desse tipo de Salão e estou muito satisfeita”, avaliou.

A área de Tecnologia da Informação também foi tema de uma mesa de diálogo, com a participação de jovens empreendedores.

 

Serviços

Para impulsionar as diversas modalidades de empreendedorismo, o encontro apresentou uma série de serviços, entre eles o CrediBahia, os Centros Públicos de Economia Solidária (Cesol), o Qualifica Bahia, o Contrate.BA e a Rede SineBahia.

Morador do município de Jussari, Cláudio Alves atua no ramo de vestuário desde 2018 e destacou a importância do programa de microcrédito para o sucesso do seu comércio. “Existia uma demanda na cidade por confecções infantis e, junto com uma amiga, resolvi investir na área. O CrediBahia foi o pontapé inicial e está dando tudo certo, sem nenhum prejuízo”, contou.

O evento promoveu ainda cadastro de trabalhadores, emissão de RG e de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e oficina de orientação para o trabalho.

 

Parceiros

O Salão de Empreendedorismo contou com a parceria das seguintes instituições: Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc); Banco do Nordeste; Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado da Bahia (FCDL-BA); Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae); Companhia de Gás da Bahia (Bahiagás) e Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia).

 

TCE-BA utiliza jogo educativo em escolas públicas para estimular conhecimento sobre Controle Social

Domingos Matos, 26/08/2019 | 17:32

Com o objetivo de fortalecer o controle social, informar e educar a população sobre a importância de fiscalizar os recursos públicos, o Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE-BA) desenvolveu o jogo educativo ‘Você Gestor’, do tipo Ludo, que transmite aos participantes informações sobre o funcionamento da Corte de Contas e também como eles podem agir para denunciar possíveis desvios ou irregularidades em obras realizadas com recursos públicos. A prática do jogo vem sendo aplicada semanalmente em escolas e universidades da rede pública de Salvador e se estenderá para as escolas no interior, com projeto de realização de um torneio entre as escolas, orientando, de forma lúdica, estudantes e professores sobre a missão do TCE. 

O ‘Você Gestor’ é uma das ações que integram o Projeto Educação é da Nossa Conta, em cumprimento ao Plano Nacional e Estadual de Educação, com o objetivo de zelar pela qualidade do gasto público educacional. O TCE-BA e a Secretaria da Educação do Estado (Sec) estão fazendo o intercâmbio de dados e conhecimentos na construção de uma agenda positiva, que transforme essa realidade. 

O jogo tem sido muito bem recebido pela comunidade estudantil e acadêmica, que considera a prática como uma forma de aprender brincando, levando aos professores e estudantes detalhes das atividades e desafios que envolvem a gestão pública. Os participantes se colocam no lugar do gestor público, nas áreas de Saúde, Educação, Segurança Pública, Infraestrutura, Assistência Social e Cultura. Nesta primeira etapa, foram confeccionados dois protótipos do jogo e a intenção é sua produção em maior escala e distribuição em escolas públicas e universidades.

Como se dá a gestão pública estadual? Como deve se comportar um gestor num processo que envolva licitações? Qual a definição de Lei de Diretrizes Orçamentárias e de Lei de Responsabilidade Fiscal? Estudantes do ensino médio do Bolívar Santana, Thales de Azevedo, do Colégio de Aplicação Anísio Teixeira, Sátiro Dias, e da Faculdade Baiana de Direito e do Curso de Ciências Contábeis da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) ficaram sabendo das respostas a essas e muitas outras questões relativas à administração pública enquanto jogavam o ‘Você Gestor’.

Durante a aplicação da prática no Colégio Estadual Bolivar Santana, no Centro Administrativo do Estado da Bahia (CAB), o estudante Davi Souza, de 14 anos, sempre teve como meta ser gestor da Secretaria de Segurança Pública. Jogando o Você Gestor, ele teve seu desejo satisfeito ao assumir simbolicamente o cargo de secretário de Segurança Pública, acumulando os 800 pontos necessários para cumprir duas missões: fazer a compra de coletes, munições e fardamento para as polícias Civil e Militar, além de implantar a Polícia Comunitária nos bairros da cidade.

“Foi uma experiência incrível. Enquanto jogava, eu fui o gestor da Segurança Pública e pude aprender sobre o controle social, sobre as auditorias e o trabalho feito pelo TCE para orientar os gestores públicos, ajudando a melhorar a qualidade de vida da população do nosso estado”, disse Davi. 

A professora de Português do Colégio Estadual Raphael Serravale, na Pituba, Patrícia de Araújo Correia Teixeira, destacou o papel pedagógico do Você Gestor como elemento lúdico na aprendizagem. “Nada melhor do que a inovação para uma turma de alunos dispostos a aprender. E se eles podem aprender algo novo de forma divertida, melhor ainda. É um momento enriquecedor, no qual testemunhamos o interesse dos alunos por temas cidadãos e também presenciamos vários debates sobre a gestão pública e sobre o papel do Tribunal de Contas na vida das pessoas”, enfatizou. 

Como ferramenta pedagógica, o jogo ‘Você Gestor’ conta com três tipos de cartas que definem o seu algoritmo: Controle Externo, Controle Social e o "Diga Aí", quiz com perguntas e respostas sobre a história do Controle Externo na Bahia e no Brasil. Ganha o jogador que primeiro cumprir as duas missões que lhe forem designadas, sendo que cada uma delas vale 400 pontos.

 

Cooperativas baianas da agricultura familiar participam da Climate Week

Domingos Matos, 22/08/2019 | 19:24

O sistema agroalimentar mundial passa por desafios e traz como consequências o aumento do desmatamento e de doenças relativas ao consumo excessivo de determinados produtos com agroquímica, produzidos pelo sistema convencional.  Todo esse cenário requer uma série de transformações e a agricultura familiar é uma das possibilidades de preservar a biodiversidade. 

Nessa perspectiva, o Governo do Estado, por meio do Bahia Produtiva, projeto da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), apoia a participação de quatro cooperativas da agricultura familiar da Bahia na Semana do Clima da América Latina e Caribe (Climate Week), que acontece no Wet'n Wild,  em Salvador, até esta sexta-feira (23). 

O evento, idealizado pela Organização das Nações Unidas (ONU) é uma preparação para a COP25 (Conferência sobre Mudança Climática), que acontecerá em dezembro, no Chile, para discutir sobre o enfrentamento da emergência climática, tema de urgência mundial.

Participam do evento, a  Cooperativa da Cajucultura Familiar do Nordeste (Cooperacaju), de Ribeira do Pombal, a Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária da Bacia do Rio Salgado e Adjacências (Coopfesba), de Ibicaraí, a Cooperativa de Produção da Região do Piemonte da Diamantina (Coopes), de Capim Grosso, e a Central de Comercialização das Cooperativas da Caatinga, de Juazeiro. 

De acordo com o assessor especial do Bahia Produtiva, Guilherme Martins, é importante inserir cooperativas da agricultura familiar em uma discussão dessa natureza, em um ambiente de debates e de comercialização, como da Semana do Clima 2019: “A intenção é que os gestores, as organizações mundiais, gestores públicos e a comunidade que discutem essas questões de mudanças climáticas possam ter conhecimento de projetos como o Bahia Produtiva, que apoia as cooperativas incentivando a sociobiodiversidade na Bahia e adota ferramentas de manutenção e preservação do meio ambiente”. 

Para o presidente da Cooperacaju, Icaro Rennê, essa é mais uma oportunidade que o Governo da Bahia proporciona às cooperativas, que mostraram seu potencial para o público de diversos países: “Participar desse evento do clima, nos proporcionou demonstrar a riqueza da agricultura familiar da Bahia, e o que nós temos de diversidade. O clima é o principal fator responsável por essa produção diversa da Bahia, um estado tão vasto e com grande riqueza de clima e produções”. 

O presidente da Coopfesba, Osaná Crisóstomo, destacou que é essencial que  cooperativas, associações e agricultores familiares tenham esse momento de diálogo: “Precisamos discutir como vamos projetar daqui pra frente, sobre a alimentação saudável, o apelo à qualidade, e, também, sobre a preservação e conscientização que são um grande desafio, pois nós agricultores temos que estar preparados para essas intervenções da natureza, pra saber como nos proteger e produzir um alimento cada vez melhor”. 

O encontro reúne representantes de 26 países e cerca de 5 mil pessoas para debater a crise climática no planeta. A consultora de agricultura do Canadá, Hannah Simmons, conheceu os produtos das cooperativas da Bahia: “Amei os produtos como caju, cacau e mel. Cada vez que eu tenho oportunidade de apoiar e comprar os produtos, eu faço, porque eu adoro valorizar este tio de produção da agricultura familiar e a gente tem que andar junto nesse caminho pra mudar a agricultura”.

 Câmara de Itabuna estreita relação com Lojas Maçônicas

Domingos Matos, 21/08/2019 | 11:31

O Legislativo Itabunense realizou na tarde de terça-feira (20), Sessão Especial em comemoração do Dia do Maçom, reconhecendo a importância e influência dos maçons na história do Brasil e pelos relevantes serviços prestados ao município.

A Sessão marcou a segunda etapa da aproximação da Câmara de Itabuna com a sociedade e entidades representativas. Na noite do dia 5 de agosto, o presidente Ricardo Xavier proferiu palestra na Loja Maçônica 28 de Julho, falando sobre as ações legislativas, projetos aprovados no primeiro período, processos parlamentares e a expectativa para o segundo período, iniciado no dia 01 de agosto. 

O objetivo da Mesa Diretora é somar forças com as representações sociais visando a participação da sociedade nas ações do Legislativo, de forma que as necessidades e interesses coletivos sejam as diretrizes do trabalho da Câmara. 

Durante a Sessão, o presidente Ricardo Xavier convidou as seis Lojas Maçônicas de Itabuna, representadas pelos seus respectivos Veneráveis Mestres, a participarem ativamente da revisão e restruturação da Lei Orgânica do Município, convite que foi prontamente aceito. 

O processo de revisão da LOMI está sendo implantado no Legislativo Itabunense com a criação de uma Comissão Especial e debates serão realizados por meio de Audiências Públicas

Itacaré realiza campanha de incentivo ao aleitamento materno “Agosto Dourado”

Domingos Matos, 19/08/2019 | 18:45

A Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria Municipal de Saúde, está realizando o Programa “Agosto Dourado", um mês dedicado à intensificação das ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno. Como parte dessas ações estão sendo realizadas palestras nas mais diversas unidades de saúde do município. Na primeira semana foram realizadas palestras e debates no Posto de Saúde Familiar Otto Alencar 3 e 4, no centro da cidade, mas a proposta é atender a todas as unidades de saúde do município.

Durante as palestras as enfermeiras da Secretaria Municipal de Saúde destacam o leite materno como a base da vida. “Ele sacia a fome e impulsiona o viver. É, naturalmente, indispensável nos primeiros momentos da existência. Assim é o leite materno: a base da vida”, destacaram. A recomendação mundial é de que o aleitamento deve ser exclusivo até o 6º meses e complementado com adição de alimentos variados até os 2 anos ou mais. “Afinal, amamentar é um ato de amor sem limites”, complementaram.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, informou que esses programas educacionais e campanhas de conscientização da comunidade sobre os mais diversos programas e orientações na área de saúde tem sido importantes instrumentos para garantir uma qualidade de vida melhor para todos. E nessas ações do Agosto Dourado em Itacaré cabe ao profissional de saúde tirar dúvidas, incentivar a mãe, estimular a participação do pai – da consulta pré-natal às consultas de rotina – e apoiar a família com informação, orientação e cuidado. “Tudo isso é importante para a família e indispensável para o bebê”, complementou o secretário municipal de Saúde, Ricardo Lins.

 

Estudantes da rede estadual fazem arte e cultura na Fligê

Domingos Matos, 14/08/2019 | 16:24

Estudantes da rede estasdual de ensino participam a partir desta quinta-feira (15) até domingo (18) de uma série de atividades durante a programação da Feira Literária de Mucugê (Fligê), na Chapada Diamantina. Acompanhados de educadores e técnicos da Secretaria da Educação do Estado (SEC), os alunos terão uma programação que inclui workshops, saraus, encontros literários, oficinas, rodas de conversa e recitais, além de exposições de obras artísticas autorias e apresentações musicais dos estudantes. A abertura contará com a participação do secretário da SEC, Jerônimo Rodrigues.
 
Durante todos os dias, os visitantes da Fligê poderão conferir, das 9h às 17h, na Cesta do Povo, a exposição das obras artísticas dos projetos Artes Visuais Estudantis (AVE) e Educação Patrimonial e Artística (EPA) desenvolvidos pelos estudantes da rede estadual. Na quinta-feira, às 17h, acontecerá a apresentação da fanfarra do Colégio Estadual Horácio de Matos, com saída da Igreja Matriz de Santa Isabel. Na sexta-feira (16), das 9h às 11h, a superintendente Manuelita Falcão, de Políticas para Educação Básica da SEC, realiza a oficina “Toim, cadê você - o que o corpo diz de nós?”, na Cesta Povo, espaço que também sedia das 15h às 16h30, o Papo de Cinema, com apresentação de vídeo estudantil sobre o escritor e poeta Castro Alves.

Ainda na sexta-feira (16), no Colégio Estadual Horácio de Matos, a partir das 8h, acontecem os workshops “Literatura como catalisador da proficiência em língua portuguesa” e “Indicações literárias para educadores”. Um dos destaques será a roda de conversa “Meninas nas Ciências”, com relatos de ex-estudantes da rede estadual de ensino sobre projetos que desenvolveram no âmbito do Ciência na Escola, da SEC. Das 10h às 12h, no Coro da Praça, os estudantes realizam recital de obras literárias sobre Castro Alves. E nox mesmo local, às 17h, será realizado o Sarau Literomusical, com apresentação de músicas e poesias dos projetos Festival Anual da Canção Estudantil (FACE) e Tempos de Artes Literárias (TAL). 
A programação continua no sábado (17) e um dos destaques será a reunião com as Juventudes, que vai promover debates com líderes de classes, grêmios e estudantes, das 9h às 11h, no Colégio Estadual Horácio de Matos. No mesmo espaço acontecerão ainda oficinas com a equipe do Centro Juvenil de Ciência e Cultura, dentre as quais a de histórias em quadrinhos; e Workshop de produção e compartilhamento de programas radiofônicos, mediada pelo Instituto Anísio Teixeira (IAT). No domingo, a programação segue com as exposições do AVE e do EPA.

FICC participa de capacitação para Gestores de Esportes e Lazer

Domingos Matos, 08/08/2019 | 14:38

O presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (Ficc), Daniel Leão, elogiou a Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), pela realização do curso de capacitação de Gestores Públicos Municipais de Esporte e Lazer, que aconteceu no início desta semana, no centro de convenções do Tarik Plaza Hotel, em Itabuna. O curso foi direcionado aos gestores dos municípios do Território de Identidade do Litoral Sul e foi representada por diretores e técnicos que atuam na produção de eventos esportivos, bem como na gestão dos recursos, cuidando de projetos e licitações.

Para Daniel Leão o curso facilita o trabalho da equipe da Ficc, além de uma aproximação com a Setre, que investe em projetos e parcerias em Itabuna, como a recuperação da Vila Olímpica, que foi visitada pelo governador Rui Costa, em companhia do secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães, em recente visita a Itabuna. A Setre também estuda investimentos na melhoria do Estádio Luiz Viana Filho e uma parceria para a realização do Campeonato Interbairros, com 51 equipes inscritas e a participação de 1,3 mil atletas.

 

Curso

O curso foi aberto com uma palestra motivacional da nadadora Verônica de Almeida, atleta paralímpica de natação, graduada em Educação Física e Mestre em Fisiologia, portadora de colagenose, também conhecida como doença do colágeno, que caracteriza-se por um grupo de doenças autoimunes e inflamatórias que prejudicam o tecido conjuntivo do corpo. Durante a palestra Verônica ressaltou que “a vida é feita por pequenos desafios, mas que com fé e persistência conseguiu superar todos os obstáculos”.

Os debates técnicos foram iniciados pelo coordenador executivo de Esportes do Estado, Gustavo Miranda, que destacou a importância do curso como uma oportunidade de debate e de troca de experiências. Ele também falou da necessidade de integração das políticas de governo no esporte, saúde e em ações voltadas para a melhoria da qualidade de vida da população.

Miranda destacou ainda a necessidade do planejamento e da implementação do censo esportivo, visando a elaboração de ações e realização de eventos na área de esporte e lazer. Ele salientou ainda para a legislação de incentivo ao esporte e a necessidade de implantação de um sistema de apoio ao esporte através da criação dos conselhos e dos fundos municipais esportivos e lazer.

O ciclo de palestras e debates incluiu ainda uma apresentação sobre o Programa Fazatleta, com Rodrigo Farias, secretário executivo do programa, enquanto Priscila Cruz, assessora técnica do coordenação executiva de esporte, enfocou as ações do Programa Bolsa Esporte.  Já o diretor de Fomento da Sudesb, Wilton Neves Brandão, discutiu sobre a implementação de políticas públicas pelos gestores municipais e a interiorização das ações da Setre, que atende a 471 municípios.

No período da tarde, a doutoranda em sociologia, Inaiá Costa Simões apresentou um movimentado painel sobre elaboração de projetos esportivos, estratégias para captação de recursos e noções de licitação pública. Já o doutor em Educação Física e professor da UFBA, Romilson Augusto dos Santos, abordou a formação dos conselhos e dos fundos municipais de esporte e lazer, além da legislação do marco regulatório das organizações da sociedade civil.

 

 

Ricardo Xavier profere palestra na Loja Maçônica 28 de Julho

Domingos Matos, 06/08/2019 | 20:30

A convite da Loja Maçônica 28 de Julho, representada pelo Venerável Mestre Rafael Gama Moreira, o presidente da Câmara de Itabuna, Ricardo Xavier, esteve na noite desta segunda-feira, dia 05, reunido com os membros da Ordem falando a respeito das ações legislativas e realizando um balanço dos projetos aprovados, bem como a expectativa da Mesa Diretora para o segundo período de 2019.

Acompanhado do consultor jurídico da Câmara, Iuri Vanderlei, o presidente objetivou, com a visita, estreitar a relação entre o Poder Legislativo e a sociedade, além de levar os debates referentes às questões municipais para as entidades representativas locais, explanando de forma clara e esclarecedora de que maneira funciona, se organiza e qual o papel do Legislativo. Ricardo Xavier pontuou, ainda, a importância da elaboração de ações conjuntas com as representações sociais para o fortalecimento da região cacaueira, a partir do engajamento determinante de cada agente político.

Aproximar a sociedade da Câmara de Itabuna é uma das principais metas do plano de Comunicação da Mesa Diretora, visando ampliar o diálogo com a população e fortalecer a imagem institucional da Câmara, transformando-a num centro de discussão sócio-econômico regional, buscando ouvir as propostas, indagações e sugestões da comunidade.

“Foi com muita satisfação que recebemos o convite da Loja Maçônica 28 de Julho para proferir a palestra, representando o Poder Legislativo, na oportunidade extraordinária de explanar o funcionamento administrativo, legislativo e político da Câmara; tivemos, ainda, após a palestra, diversas perguntas dos mais variados temas a nível local, nacional e de interesse coletivo. Um momento valoroso do ponto de vista da interação e do enriquecido debate, saímos com o compromisso firmado de que a aproximação continuará e se fortalecerá com pontuais ações futuras”, afirmou o presidente Ricardo Xavier.

Chocolate de origem incrementa turismo gastronômico e histórico em Ilhéus

Domingos Matos, 17/07/2019 | 20:35
Editado em 18/07/2019 | 08:34

A Costa do Cacau tem sol e praia, cultura valorizada pela obra do escritor Jorge Amado, turismo de negócios e ecoturismo, opções para um público diversificado. O destaque dessa região no mapa turístico da Bahia não para por aí. Deve-se também à rica tradição e produção de cacau, que alcança visibilidade internacional esta semana, com a realização da 11ª edição do Chocolat Bahia Festival, entre os dias 18 e 21 de julho.   

Com público estimado em mais de 60 mil pessoas durante os quatro dias, o evento é aberto ao público, que será recepcionado por baianas tipicamente vestidas. Mais de 70 produtores de chocolate de origem e de 170 expositores estarão no pavilhão de feiras do Centro de Convenções de Ilhéus. Realizado em parceria com o Governo da Bahia, o festival fortalece o calendário turístico do Estado.

Além da degustação da iguaria, o evento oferece aos investidores cursos de capacitação, debates, rodadas de negócios e palestras ministradas por especialistas internacionais. A programação do Chocolat Bahia inclui ainda workshops gratuitos de receitas com renomados chefs do país, visitas a fazendas produtoras de cacau e exposição de esculturas de chocolate.

O festival promove Ilhéus como polo chocolateiro e contribui para difundir a cadeia produtiva do cacau, excelente oportunidade de negócios e valorização da gastronomia, destacou o secretário estadual do Turismo, Fausto Franco. "Estamos empenhados em valorizar ainda mais o ciclo produtivo das fazendas de cacau às fábricas de chocolate, estruturando a Estrada do Chocolate para o turismo, associado à relevância cultural da região", disse.

O Chocolat Festival foi criado para fomentar a profissionalização desse novo mercado que, em 2008, surgia na região e hoje está em plena expansão. "Há 11 anos reunimos consumidores, especialistas e produtores nesse evento, uma grande oportunidade para discutir a industrialização, a verticalização da produção e a melhoria da qualidade das amêndoas de cacau selecionado e produto final elaborado”, explica o empresário Marco Lessa, idealizador do festival.
O Governo da Bahia apoia o evento por meio das secretarias do Turismo, Desenvolvimento Econômico, Agricultura, Desenvolvimento Rural, CAR, e apoio financeiro do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura, assim como da Prefeitura Municipal de Ilhéus, Sebrae. O evento também tem apoio institucional da Ceplac. O Chocolat Bahia é uma realização da MVU Eventos.

Rui Costa participa da abertura do Chocolat Bahia 2019 em Ilhéus

Domingos Matos, 17/07/2019 | 18:30

O governador Rui Costa participa nesta quinta-feira (18), às 16 horas, em Ilhéus,  da abertura oficial do XI Festival Internacional do Chocolate e Cacau, o Chocolat Bahia 2019. O evento, que acontece até domingo (21) no Centro de Convenções, com o apoio do Governo do Estado, reúne cerca de  170  expositores, com mais de    70 marcas de chocolate de origem.

Durante quatro dias, além da venda de chocolates e outros derivados do cacau selecionado, o Chocolat Bahia promove experiências sensoriais, exposições históricas e artísticas, cursos de capacitação, workshops, debates sobre temas do setor e palestras ministradas por especialistas internacionais.

O festival terá também espaço de recreação e minicursos de confeitaria para crianças, a Cozinha Kids, e exposição de bolos confeitados e esculturas de chocolate no Ateliê do Chocolate.

 

Estudante da zona rural de Adustina representa a Bahia no Parlamento Juvenil do Mercosul

Domingos Matos, 15/07/2019 | 09:31
Editado em 15/07/2019 | 14:30

O estudante Miquéias Nascimento Araújo, 18 anos, 3º ano do Ensino Médio, do Colégio Estadual Castro Alves, morador da zona rural de Adustina foi eleito para representar a Bahia, no biênio 2018-2020 no Parlamento Juvenil do Mercosul (PJM). O projeto, que garantiu a Miquéias as eleições PJM 2018, tem como tema “Intervenção colaborativa: preparando o jovem para o mercado de trabalho”. A finalidade é enriquecer o currículo escolar com conhecimentos de empreendedorismo e marketing, para que os estudantes tenham uma formação abrangente e qualitativa que os prepare para o mundo do trabalho e suas transformações, abrindo caminho para lutar por oportunidades.

Nesta segunda-feira (15), o estudante segue para Brasília, para a cerimônia de posse, que será realizada na quarta-feira (17). A próxima viagem, em data ainda a ser definida, será para a cidade de Montevidéu, no Uruguai, onde está localizada a sede do PJM. “Estou extremamente feliz com essa oportunidade ímpar para mim e para a minha escola. Espero poder vivenciar da melhor forma a experiência de conhecer e discutir com outros jovens, de todo o país, que lutam pela melhoria na educação. Acredito que este momento irá contribuir com a ampliação dos meus conhecimentos e horizontes, obtendo um maior engajamento na luta por uma educação de qualidade no meu Estado”, revela o estudante.

Destaques da escola

Miquéias conta que teve um grande incentivador para a criação do projeto e participação na disputa pela vaga: o seu colega e antecessor no PJM, Admilson dos Santos Baventura, que também estuda na mesma unidade. “Admilson me inspirou e foi um grande incentivador para que eu chegasse até aqui. Ele me explicou como fazer o projeto, tirou minhas dúvidas e me fez sonhar grande contando suas experiências nos Parlamentos Jovem Brasileiro e Juvenil do Mercosul. E, agora, vamos incentivar outros colegas a criar projetos de alcance social e defender nossa escola e a educação da Bahia”, finaliza.

A orientadora do projeto, Luciana Santiago, comemora a eleição de Miquéias. “Ficamos muito felizes com a eleição dele. Essa eleição é muito importante para nossa escola, por ser uma unidade pequena e com alunos com grande destaque, pois já tivemos outro estudante que participou do PJM e foi o grande incentivador de Miqueias. Buscamos esta conquista, fizemos uma grande mobilização para a votação, pedimos ajuda dos diretores escolares da região e ao pessoal da região e todos colaboraram e Miquéias é nosso representante”, finaliza.

O Parlamento Juvenil do Mercosul (PJM) é uma iniciativa do Ministério da Educação, por meio do Setor Educacional do Mercosul (SEM), que proporciona aos jovens estudantes do Ensino Médio da rede pública dos países membros e associados do bloco um espaço de encontro e diálogo que incentive o protagonismo juvenil para geração de propostas sobre temáticas de interesse comum. O PJM é uma experiência formativa para os jovens envolvidos que, além de ampliar seus conhecimentos, vivenciam o funcionamento das instituições democráticas e participam de debates construtivos que lhes permitem fortalecer a capacidade para expressar suas ideias, bem como desenvolver habilidades de reflexão crítica para formulação de propostas que reflitam suas necessidades.

Rede Municipal realiza eleições em 90 escolas neste terça em Itabuna 

Domingos Matos, 18/06/2019 | 08:14

Acontece nesta terça-feira (18), nas 90 unidades escolares da Rede Municipal de Ensino de Itabuna, as eleições para composição dos Conselhos Escolares das unidades (biênio 2019/2021). O Conselho Escolar é o principal órgão de debates, decisões e fiscalização das ações dos gestores escolares, composto pelo diretor da escola, além de um representante titular e um suplente de todos os segmentos que perfazem a comunidade escolar: professores, funcionários, alunos e pais de alunos.

Cada integrante só pode votar para um candidato dentro do seu segmento. E entre professores e funcionários, só podem se candidatar servidores efetivos (concursados). Nas escolas onde não houver servidores efetivos, os contratados sobre Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), servidores temporários também podem se candidatar. E nas escolas onde os estudantes não têm idade para se candidatarem (creches e escolas da Educação Infantil), o segmento “Alunos” estará representado por pais de alunos.

Nas escolas que só funcionam nos turnos matutino e vespertino, o pleito eletivo vai das 7h30min às 17h. Nas escolas que têm aulas também no Noturno, a eleição segue até às 21h, sendo que a apuração deve acontece imediatamente após o encerramento do pleito.

Os eleitos deverão ser empossados em até quinze dias após a divulgação dos resultados. 

 

Marcos Bandeira defende inclusão da criança no Orçamento público

Domingos Matos, 30/05/2019 | 14:12

“Para fomentar e fazer valer todos os direitos infanto-juvenis, lugar de criança é no Orçamento”. A declaração foi dada na tarde de terça-feira, dia 28, pelo juiz aposentado Marcos Bandeira durante o “Queremos Saber!”, projeto da Mesa Diretora do Legislativo itabunense. Esta quarta edição debateu abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, cujo dia de combate, no Brasil, é 18 de maio.

Em sua palestra, Dr. Marcos Bandeira frisou que o Brasil, após a Constituição de 1988, trocou a Doutrina da Situação Irregular – na qual predominou “a criminalização da infância” – pela Doutrina da Proteção Integral – que assegura ao público infanto-juvenil, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à educação, e outras políticas públicas e também proteção contra toda forma de violência.

A psicanalista Raquel Rocha ressaltou que “a criança nunca é culpada” pelo abuso. Ela declarou que para prevenir é necessário criar um ambiente de confiança por meio do cuidado e do diálogo. Citando alguns ‘sinais’ apresentados por crianças que são abusadas sexualmente, declarou que “é preciso interromper o abuso”, encorajando as vítimas a denunciarem esse crime. 

Pelo Conselho Tutelar, Washington Alves disse que, com a ampliação dos debates em torno do abuso e exploração, as denúncias têm aumentado em Itabuna. O conselheiro reconheceu, no entanto, deficiências no trabalho preventivo e defendeu parcerias para fortalecer o Conselho. “Meu pedido é que a gente crie uma forma de graduandos serem colaboradores”, acrescentou.

Os vereadores Jairo Araújo, Pastor Francisco e Enderson Guinho – que presidiu os trabalhos do “Queremos Saber!” – cobraram que as políticas públicas beneficiem, principalmente, os bairros periféricos. Também exortaram a população a participar da elaboração das peças orçamentárias propondo emendas. “A LDO 2020 está sendo debatida na Casa”, lembrou Guinho.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.