Câmara Municipal

Tag: delegado

Operação integrada encontra 1 tonelada de maconha em Canudos

Domingos Matos, 19/08/2019 | 09:26

Uma tonelada de maconha pronta para ser comercializada e outros 125 mil pés plantados da erva foram localizados por equipes das polícias Civil e Militar, na tarde de sábado (17), no Povoado de Juá, município de Canudos. 

Com a chegada das equipes, os responsáveis pela manutenção da roça, com aproximadamente 25 mil metros quadrados, conseguiram fugir. No local, os policiais encontraram uma megaestrutura para o cultivo da droga, com sistema de irrigação, poços artesianos e acampamentos para abrigar os criminosos. 

"Já inicianos as investigações para identificar os responsáveis pela plantação. Pela quantidade de alojamentos e suprimentos encontrada no local, estimamos que cerca de 20 pessoas cuidavam do plantio", afirmou o titular da 25a Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Euclides da Cunha), delegado Paulo Jason. 

Uma denúncia sobre movimentação noturna de veículos na fazenda levou as equipes da 25a Coorpin, do 5° Batalhão da Polícia Militar e da Coordenadoria Regional de Polícia Técnica, sediada em Euclides da Cunha, até a plantação ilegal. "Apuramos as denúncias e deflagramos a operação. Já temos algumas informações sobre a origem do pessoal, que seria de outros estados", finalizou o delegado. 

 

Engenheiro é preso após alugar carro, não pagar e deixar de devolver o veículo na Bahia

Domingos Matos, 16/08/2019 | 19:13

Um engenheiro foi preso, em Ilhéus, no sul da Bahia, suspeito de alugar um carro, não fazer o pagamento e nem devolver o veículo. Segundo a polícia, Gidevaldo Silva Queiroz foi encontrado na quinta-feira (15), dentro do carro da locadora.

De acordo com o delegado André Aragão, coordenador da Polícia Civil da região, o homem já era procurado pela polícia, desde abril deste ano, por aplicar golpes de venda de terreno em Itabuna. Ele estava com um mandado de prisão em aberto, pelo crime de estelionato.

Ainda conforme o delegado, com o suspeito, a polícia achou documentos falsificados, notebooks, um HD externo com modelos de escritura e documentos públicos, carimbos, folhas de cheque devolvidas por falta de fundos e selos de autenticidade.

De acordo com o delegado, após a prisão de quinta, o engenheiro foi indiciado pela segunda vez por estelionato.

Gidevaldo Silva foi encaminhado para a delegacia de Itabuna e está à disposição da Justiça. (Com informações do G1)

 

Polícia investiga empresa de pagamento de valores por fraude fiscais em Una

Domingos Matos, 14/08/2019 | 09:15

A Polícia Civil investiga a empresa de pagamento de valores Pague Rápido por fraudes fiscais, no município de Una, no sul da Bahia. Conforme a polícia, 21 moradores registraram ocorrências na delegacia da cidade após pagarem contas de água, energia elétrica e boletos de cartão de crédito que não tiveram valores repassados para os prestadores de serviço.

Alguns moradores tiveram a água e energia elétrica cortadas e o nome negativado no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

“Pagava o cartão de crédito da minha sogra lá [Pague Rápido], água, energia. Quando eu descobri eu estava com a fatura do cartão da minha mulher em aberto e [a dívida] já estava em R$ 628. O nome da minha mulher até ficou sujo, foi para o SPC”, disse um morador da região, que preferiu não se identificar.

De acordo com o delegado Renato Fernandes, que investiga o caso, a polícia já identificou 191 boletos pagos, através da empresa, que não tiveram os valores repassados aos credores.

“Ele abria uma empresa irregular, ou seja, um ponto comercial, e utilizava aplicativos de pagamentos de contas, que hoje é só baixar pelo celular. Ele recolhia o dinheiro das pessoas e não repassava para a empresa pagadora, então os clientes continuavam com as contas em aberto", explicou o delegado.

Segundo informações do delegado, o inquérito deve ser concluído em até 15 dias. “Ele vai ser indiciado por estelionato, falsificação de documento particular, apropriação inepta qualificada e crime contra a defesa do consumidor e contra a economia popular”.

Em resposta, o dono da empresa Pague Menos, Heverton Cruz, informou que foi constatado falhas no repasse de alguns pagamentos feitos entre 1° e 29 de junho.

“A partir do momento em que foi constatado [falta de repasse de pagamentos] isso, de imediato nós tomamos as medidas cabíveis. Fizemos o levantamento do histórico dos três últimos meses e foi constatado que entre 1° de junho deste ano e 29 de junho, ocorreu falhas. Não foram em todas as contas. As contas que foram constatados, nós reprocessamos”, disse Heverton Cruz.

O dono da empresa disse ainda que está ressarcindo todos os clientes que foram prejudicados com a falta do repasse dos pagamentos. Os moradores precisam levar o comprovante de pagamento que foi entregue pelos funcionários da loja, na sede da empresa, que fica na Avenida Antônio Carlos Magalhães, no bairro Sucupira, em Una.

“Munidos do comprovante, se dirigir ao local que hoje está funcionando na faculdade, na sede da faculdade, com o comprovante para que possa ser ressarcido”, disse. (Com informações do G1)

 

Polícia apreende meia tonelada de explosivos; suspeito é preso

Domingos Matos, 14/08/2019 | 07:35

As diligências continuadas do efetivo da 42ª Companhia Independente da Polícia Militar (Lençóis) resultaram, no início da manhã de ontem (13), na prisão de José Carlos Passos de Santana, 53 anos, proprietário da meia tonelada de explosivos, apreendida no município de Souto Soares, na Bahia.

Ele foi encontrado pelas guarnições quando tentava fugir para a zona rural. Além das bananas de dinamites, também foram encontrados no veículo, três bobinas de cordão e 10 caixas de espoletas explosivas. Os materiais foram localizados na madrugada desta terça, no momento em que as guarnições faziam abordagens da 'Operação Varredura’'. Na ocasião, ao notar as guarnições, José Carlos abandonou o veículo e fugiu. 

Encaminhado para a Delegacia Territorial (DT) de Seabra – unidade para qual os materiais também foram apresentados -, José Carlos foi autuado por porte ilegal de artefato explosivo. 

"Durante o depoimento, ele além de confessar ser dono dos explosivos, disse também que trabalha em um garimpo e que os explosivos adquiridos na cidade de Ibiatiara seriam levados para o município de Sento Sé", contou o delegado plantonista da DT, Elton Sodré Muniz Andrade.

 

Líder do tráfico em Tanquinho de Feira morre em confronto com a polícia

Domingos Matos, 07/08/2019 | 13:31

Leandro de Almeida Viana, conhecido como 'TX' ou 'Chatuba', apontado como líder do tráfico de drogas no município de Tanquinho de Feira, foi localizado na manhã desta quarta-feira (7). Uma operação conjunta entre equipes da Superintendência de Inteligência (SI) da Secretaria da Segurança Pública, Departamento de Polícia do Interior (Depin) e Coordenação de Operações Especiais (COE) encontrou o suspeito escondido no bairro de Sussuarana, na capital. O acusado acabou morrendo durante confronto com os policiais.

Segundo a polícia, o traficante comandava de longe a venda de drogas na cidade e voltava apenas para executar rivais e desafetos. Chatuba era investigado por quatro homicídios, sendo três deles cometidos este ano. “Ele foi o responsável por assassinar um vendedor de água mineral em via pública”, revelou o titular da 1ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/ Feira de Santana), delegado Roberto da Silva Leal. O criminoso também já tinha passagem por roubo e condenação por tráfico.

Chatuba estava escondido e, após perceber a presença policial, atirou.No confronto, foi baleado. O acusado ainda foi socorrido para o Hospital Geral Roberto Santos, mas não resistiu. Com ele foram encontrados um revólver calibre 38, pinos para embalar cocaína, balança, certa quantidade de droga, três celulares, relógios e anotações referentes ao comércio de drogas.

 

Mandados garantem prisões de suspeitos de assaltos a banco na Bahia

Domingos Matos, 07/08/2019 | 08:09

Acusados de participação em pelo menos três assaltos a bancos em 2018, Ueldon José Oliveira de Assis, Elielson Evangelista de Oliveira Souza, Washington Alisson Santos de Jesus e Gabriel Henrique de Jesus Silva ficarão mais tempo presos, graças a novos mandados cumpridos contra eles.

O grupo estava em audiência, respondendo pelo furto à uma agência bancária, quando investigadores apresentaram novo documento judicial determinando a manutenção da prisão por outros ataques bancários. "Eles fazem parte de uma quadrilha maior, que já foi desarticulada em ações anteriores", afirmou o diretor do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), unidade responsável pelas investigações, delegado Marcelo Sansão.

Ainda segundo ele, os novos mandados cumpridos tiveram fundamental importância, já que o grupo respondia inicialmente por furto, tipo de crime que, geralmente, permite penas mais brandas. "Os novos mandados são referentes ao ataque a um banco de Simões Filho, situação que amedrontou a população local, devido à forma violenta da ação criminosa", continuou.

O delegado finalizou destacando a importância da manutenção das prisões do quarteto para a continuação da redução dos índices criminais nesta modalidade. As investigações também apontam participação do quarteto nos casos de Catu e Jeremoabo.

 

Polícia pede suspensão temporária de clínica onde falso dentista trabalhava em Itabuna

Domingos Matos, 06/08/2019 | 21:28

A Polícia Civil em Itabuna, no sul da Bahia, pediu nesta terça-feira (6), a suspensão temporária da clínica onde um estudante de odontologia atendia pacientes irregularmente. Conforme o delegado Humberto Marques, que investiga o caso, o pedido foi encaminhado para a Justiça.

O estudante Paulo Henrico Almeida, que tem 38 anos, é investigado pelo crime de exercício ilegal da profissão em Itabuna e em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. Em Conquista, em maio deste ano, o Conselho Regional de Odontologia (CRO) o denunciou pela atuação irregular.

De acordo com o delegado Humberto Marques, a clínica era investigada pelo CRO porque não tinha um responsável técnico especializado em implantes. Entretanto, os donos da unidade médica mudaram o nome do administrador.

Humberto Marques informou que a mudança de administrador da clínica foi considerada como uma tentativa de esconder a irregularidade. O delegado ainda contou que o novo administrador também não tem a especialização em implantes odontológicos.

Segundo o delegado, o inquérito do caso deve ser concluído em até 20 dias. O órgão vai ouvir nove dentistas e vai analisar o resultado dos laudos das perícias feitas para constatar as graves lesões nos pacientes. (Com informações do G1)

 

Polícia investiga responsáveis por difamar mulheres nas redes

Domingos Matos, 18/07/2019 | 18:39

Policiais civis das unidades territoriais de Piatã e Novo Horizonte deflagraram a 1ª fase da Operação Gossip, na segunda-feira (15). A ação foi iniciada a partir de ocorrências registradas por mulheres, vítimas de ofensas em redes sociais.

Durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão, as equipes policiais localizaram um aparelho celular, utilizado para a criação de uma das contas falsas. Uma adolescente de 16 anos, envolvida na administração do perfil, deverá responder por ato infracional análogo ao crime de difamação.

O titular da Delegacia Territorial (DT), de Piatã, delegado Paulo Henrique de Oliveira, esclarece que as pessoas que causam dano à imagem de alguém estão cometendo um crime. "Os responsáveis por essas contas também poderão ser autuados pelo uso de falsa identidade", explica.

As investigações prosseguem nos dois municípios, com o objetivo identificar e localizar outros envolvidos na administração dos perfis. "As vítimas ainda podem solicitar indenização por danos morais", complementa o delegado.

Quase 2 mil pés de maconha são descobertos pela polícia  

Domingos Matos, 18/07/2019 | 15:30

Uma plantação de maconha com 1.900 pés foi descoberta por equipes da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) de Juazeiro. O flagrante aconteceu, na terça-feira (16), após ações de inteligência.

O cultivo ilegal foi encontrado no povoado de Sangradouro, na cidade de Sobradinho. Thiago Santos Silva, identificado como dono da plantação foi capturado e confessou o crime. Os pés de maconha foram arrancados e incinerados. Um simulacro de arma de fogo foi apreendido com o criminoso.

"Mais uma importante ação da polícia baiana no combate ao tráfico de drogas. O trabalho continuará de forma incessante em todo o estado", garantiu o delegado-geral da Polícia Civil, Bernardino Brito.

Conferência Estadual de Saúde reúne 2 mil pessoas e discute políticas públicas do setor 

Domingos Matos, 08/07/2019 | 13:09

A abertura oficial da 10ª Conferência Estadual de Saúde foi realizada na manhã desta segunda-feira (8) para um público de cerca de duas mil pessoas. No evento que segue até a próxima quarta-feira (10) estão reunidos usuários do Sistema Único de Saúde, trabalhadores e gestores da área de saúde.  

A conferência é realizada pelo Conselho Estadual de Saúde e tem apoio do Governo do Estado por meio da Secretaria da Saúde. “Essa conferência é a consolidação do apoio da gestão estadual ao sistema de saúde. Este é o segundo evento realizado na nossa gestão e tem a participação de representantes de todos os 417 municípios que estão aqui com mais de mil delegados de saúde das suas regiões. A intenção é trazer mais informações e propostas para ampliarmos e consolidarmos o sistema de saúde em todo o estado”, explica o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas.

A conferência magna, na abertura do evento, discutiu o tema ‘Democracia e Saúde: Saúde como Direito e Consolidação e Financiamento do SUS’, que teve coordenação do professor da Universidade Federal da Bahia, Jairnilson Paim. O presidente do Conselho Estadual de Saúde, Ricardo Mendonça, explica que a partir das discussões realizadas no evento sairão as 21 diretrizes que serão encaminhados ao Conselho Nacional. “A Conferência é uma ferramenta do Sistema Único de Saúde com participação do controle social onde se discute a política estadual e nacional de saúde.  Ao final, o relatório da etapa estadual e as 21 diretrizes do Estado da Bahia serão encaminhadas para a Política Nacional de Saúde”. 

A abertura teve a participação do médico Drauzio Varella, convidado para falar sobre Saúde Pública. Ele ponderou que eventos como a conferência ajudam na elaboração das políticas de saúde. “O Brasil não tem política de saúde porque a cada 10 meses o ministro da pasta é trocado. Com essa mudança os estados ficam perdidos no que se refere à política nacional de saúde. A Bahia tem a felicidade ter o mesmo secretário de saúde há cinco anos e isso resulta num trabalho consistente. É muito importante trazer as pessoas pra perto e definir quais são as diretrizes. Quem vai aplicar as políticas de saúde não é o secretário, mas os profissionais que estão na ponta. Ter eventos voltados para definir esse alinhamento é fundamental”. 

 

PM aborda 7,4 mil veículos durante Operação São João 2019

Domingos Matos, 25/06/2019 | 16:58

A Operação São João 2019 da Polícia Militar da Bahia (PMBA), concluída nesta terça-feira (25), abordou 7.407 veículos e 14.857 pessoas em todo o estado, resultado da intensificação da fiscalização e patrulhamento nas rodovias estaduais diante do fluxo das pessoas que viajaram para o interior. 

Equipes do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) e das Companhias Independentes de Policiamento Rodoviário (1ª CIPRv/Itabuna, 2ª CIPRv/Brumado e 3ª CIPRv/Barreiras) participaram da ação. Durante os cinco dias de operação, iniciada na quinta-feira (20), 31 acidentes foram registrados, sendo 17 deles com vítimas. Foram 10 vítimas com ferimentos leves, 14 graves e 16 fatais. 

Segundo a PMBA, não é possível realizar um comparativo com o ano de 2018, pois o feriado de São João neste ano se estendeu em virtude do Corpus Christi. Assim, o fluxo nas rodovias baianas foi consideravelmente mais alto, inclusive com mais dias de festas em localidades onde há tradição.

Como resultado das abordagens preventivas, a PM recolheu 53 Carteiras Nacional de Habilitação (CNH) e apreendeu 54 Certificados de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV), além de 347 veículos retidos e 2.176 autos de infração extraídos. Ainda nas ações de fiscalização, 1.746 pessoas foram submetidas ao teste com etilômetros para verificar o uso de bebida alcoólica; dessas, 25 acusaram como positivo.

Sem homicídios

O São João na Bahia, que este ano teve a festa iniciada ainda no dia 20 em alguns municípios, terminou sem registro de morte violenta. No período de 20 a 24 de junho também não houve tentativa de homicídio. A maior parte das ocorrências, como geralmente acontece em grandes eventos, refere-se a furtos, que este ano totalizaram 260 casos.

Trinta e nove pessoas foram presas em flagrante, quatro casos a mais do que o mesmo período do 2018. Outras 217 foram conduzidas para averiguação (165 pela Polícia Militar e 52 pela Polícia Civil), resultando na instauração de 29 inquéritos e 102 registros de termos circunstanciados.

As polícias também conseguiram tirar de circulação 11 armas brancas e quatro de fogo. Já o número de lesão corporal dolosa apresentou um acréscimo de oito casos, passando de 18 para 26. “O São João é uma das festas mais tradicionais do estado e a Polícia Militar se preparada para fazer com que baianos e turistas curtam na paz. O balanço do trabalho é positivo, sem dúvida”, afirmou o comandante de Operações Policiais da PM, coronel Humberto Sturaro.

Já o diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin) da Polícia Civil, delegado Flávio Gois, destacou o clima de paz nos municípios. “Se considerarmos a quantidade de pessoas e de municípios e o número de registro de crimes, percebemos que a porcentagem é bastante baixa e isso não é à toa. São muitos profissionais trabalhando de forma integrada para que tudo termine da paz”, concluiu. 

Itabuna: PM suspeito de matar delegado em ação policial é denunciado por homicídio qualificado

Domingos Matos, 18/06/2019 | 07:07
Editado em 18/06/2019 | 15:30

O policial militar Cleomário de Jesus Figueiredo, suspeito de matar o delegado José Carlos Mastique de Castro Filho em uma ação policial ocorrida em Itabuna, foi denunciado pelo Ministério Público estadual (MP-BA) por homicídio qualificado.

De acordo com o MP-BA, a denúncia foi oferecida pelo promotor de Justiça Rafael Pithon, no dia 28 de maio. O caso aguarda parecer da Justiça.

Conforme a denúncia, o acusado teria atirado na vítima, acertando o delegado no peito, com uma submetralhadora SMT.40, quando ele se encontrava em "forma clara de rendição".

O caso ocorreu na madrugada de 28 de abril, na Avenida Félix Mendonça. Os disparos teriam acontecido após uma confusão em uma loja de conveniências, onde a vítima teria chegado atendendo a um pedido de ajuda.

O PM e um colega de trabalho que também participou da ação chegaram a ser presos em abril, em cumprimento de uma ordem judicial, contudo, segundo a Secretaria da Segurança Pública do estado (SSP-BA), foram liberados pela Justiça alguns dias depois.

Segundo a Polícia Militar, os agentes, que são lotados no 15º Batalhão, em Itabuna, estão cumprindo serviço administrativo. (Com informações do G1)

Divulgado retrato falado de suspeito de atirar em dentista

Domingos Matos, 14/06/2019 | 20:35

Depois de ouvir testemunhas e analisar imagens próximas do local onde a dentista Rita de Cássia Guedes Fernandes foi atingida com um disparo de arma de fogo, na terça-feira (11), as unidades envolvidas com a investigação chegaram a um indicativo sobre o criminoso.

Um retrato falado produzido pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT), com suporte dos Departamentos de Crime Contra o Patrimônio (DCCP), de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e de Polícia Metropolitana (Depom) foi divulgado, na noite de quinta-feira (13).

Um carro modelo Fox, cor prata, com o vidro traseiro quebrado também é procurado pela polícia. "Estamos empenhados em capturar o autor do disparo e também outros envolvidos. Informações sobre o retrato falado e o carro podem ser enviadas, sigilosamente, através dos telefones 3235-0000 e 190", disse o diretor do DCCP, delegado Élvio Brandão.

 

Treinador de futebol é preso com material pornográfico de adolescentes na Bahia

Domingos Matos, 14/06/2019 | 18:35

Um treinador de futebol foi preso pela Polícia Civil, na cidade de Eunápolis, no sul da Bahia, na quinta-feira (13), por guardar material pornográfico de adolescentes. Conforme a polícia, o homem era investigado há um ano por aliciamento de menores e abusos sexuais contra alunos e jogadores de futebol.

O treinador foi identificado como Marisjotenes Pereira Damião, de 54 anos. Ele é conhecido também como Jota Pereira.

A prisão foi feita por equipes da Delegacia de Eunápolis, que cumpriram um mandado de busca e apreensão na casa do suspeito. No imóvel, foi apreendido o celular do criminoso, onde os policiais encontraram imagens dele abusando de um adolescente de 16 anos.

De acordo com o delegado Bernardo Marques Pacheco, titular da Delegacia de Eunápolis, Jota Pereira aproveitava-se da condição de professor e técnico de futebol para praticar os crimes.

"Ele tinha uma boa reputação na cidade e atraía os jovens em troca de presentes, promessas de titularidades em clubes locais e indicações para times maiores", disse, em nota, o delegado.

A polícia busca identificar outras vítimas do suspeito. O treinador segue preso, à disposição da Justiça e vai responder por crime de armazenamento de material pornográfico envolvendo crianças e adolescentes. (Com informações do G1)

Padrasto confessa ter matado o enteado de apenas 5 anos em Itabuna

Domingos Matos, 12/06/2019 | 14:39
Editado em 13/06/2019 | 10:43

O ex-presidiário Isaque Vieira Lemos, de 28 anos, confessou ter matado na madrugada desta quarta-feira (12), o enteado Davi Luiz Santos de Jesus, de apenas cinco anos de idade, só porque o menino, segundo ele, “estava traquinando”. O acusado disse que agiu sob influência de álcool e drogas. O crime aconteceu no bairro Pedro Jerônimo, em Itabuna.

O pequeno Davi foi espancado e depois asfixiado até a morte. Embora a mãe, Laiane de Jesus Santos, de 24 anos, estivesse em casa, ela negou ter visto o marido matar o filho. Por outro lado, os vizinhos relataram ter ouvido os gritos de dor da criança.

Segundo a perícia, no corpo do menino haviam marcas de mordidas e também sinais evidentes de abuso sexual. O suspeito ainda procurou a delegacia na manhã de hoje para informar que o enteado havia morrido em casa, de morte natural. No entanto, a polícia desconfiou e prendeu o homem.

Isaque já havia sido preso por outros crimes, entre os quais assaltos a mão armada, furto e tentativa de homicídio, todos cometidos em Ubatã, onde ele morava antes de se mudar para Itabuna.

Segundo o delegado André Aragão, chefe da 6ª Coordenadoria de Polícia do Interior, o acusado foi autuado em flagrante por homicídio qualificado por motivo fútil e torpe. A mãe da criança vai prestar depoimento na tarde desta segunda. De acordo com Aragão, ela pode ser indiciada por omissão.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.