Tag: educacao

Número de matrículas em Educação Profissional bate o recorde na Bahia

Domingos Matos, 20/02/2019 | 13:09

A qualificação profissional e o desenvolvimento de um novo ofício podem transformar realidades de muitos jovens e muitas famílias da Bahia. E é exatamente essa a proposta da Educação Profissional e Tecnológica (EPTEC), da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, que vem ganhando cada vez mais força no Estado. Prova disso é o salto de 42% no número de matrículas, que subiu de 67.155 em 2014 para 98.814 em 2018 – sendo 94.974 regulares, 1765 para o Mediotec e 2075 para o ProJovem, programas federais que aproximam o jovem do mercado de trabalho. 

O movimento continua ascendente e a expectativa é ultrapassar a marca de 110 mil matrículas neste semestre, com a oferta de 8 mil vagas para os cursos de Formação Inicial e Continuada, previstos para terem início em abril. O crescimento contínuo permitiu à Bahia passar na frente do Paraná no ranking de redes estaduais do Brasil – saindo de 5º para 4ª lugar.  Quando o assunto é número de oferta de vagas para Educação Profissional e Tecnológica, a Bahia só fica atrás de São Paulo.

A proposta é ofertar cursos que atendam demandas locais e contribuam para que o jovem estudante já conclua o curso com chances reais de empregabilidade. Quem explica é Durval Libânio, Superintendente da Educação Profissional, que reforça a importância da Educação Profissional e Tecnológica no Estado da Bahia ser contextualizada com as potencialidades e características econômicas, socioculturais e ambientais de cada território, valorizando as vocações regionais e dialogando com meios produtivos baianos, estimulando o desenvolvimento sustentável e o empreendedorismo. “Os números atestam o compromisso do estado da Bahia com a Educação e com a profissionalização dos nossos jovens, contribuindo para a construção de um futuro de possibilidades para essas gerações e promovendo impactos reais em suas comunidades, nos locais onde vivem”,  frisa.

Encontro Pedagógico de Itacaré discute Educação que Encanta e Transforma Vidas

Domingos Matos, 20/02/2019 | 08:20

Professores da rede municipal de ensino de Itacaré, diretores, vices, coordenadores pedagógicos, auxiliares de serviços gerais, secretários escolares, merendeiras e porteiros participaram na terça-feira (19) do Encontro Pedagógico 2019, que teve como tema “Educação que Encanta e Transforma Vidas. Realizado pela Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria Municipal de Educação, o encontro contou com a participação de palestrantes renomados que dividiram e compartilharam experiências e vivências e teve o objetivo de ressaltar importância da educação na formação de cidadãos.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, participou da abertura do Encontro Pedagógico e destacou os avanços da educação, principalmente no respeito e na valorização dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras. A secretária de Educação Eliane Camargo também destacou a importância dos profissionais da educação e a necessidade do encontro para compartilhar as experiências, buscar cada vez mais conhecimentos e iniciar o ano letivo motivados, renovados e mais preparados para oferecer cada vez mais uma educação melhor. O encontro contou ainda com a presença do vice-prefeito Genilson Sousa, de representantes da APLB-Sindicato, Conselho Municipal de Educação, 72ª Companhia Independente da Polícia Militar e Câmara de Vereadores.

Durante o encontro foram realizadas palestras educativas, atividades culturais e motivacionais, tendo como convidados o professor, ator e diretor Jorge Batista, a professora, mestra e escritora Edileide Castro e diversos outros profissionais das áreas educação e meio ambiente. E teve ainda o momento de muita alegria com o baile de carnaval. O encontro pedagógico continua com atividades em cada unidade escolar dos educadores.

A secretária municipal de Educação, Eliane Camargo, complementa informando que o encontro pedagógico serve como um momento de reflexão, sistematização e elaboração de ações, que não se esgotam nos dias do evento, mas levanta questionamentos, aponta objetivos e demarca concepções que poderão, a partir de uma reflexão mais fundamentada acerca da prática, desencadear um novo direcionamento da ação educacional. A proposta é de ampliar cada vez mais os conhecimentos, compartilhar informações, trocar experiências e discutir projetos e ações que possam melhorar cada vez mais a educação.

Estado nomeia novos coordenadores pedagógicos aprovados no concurso da Educação

Domingos Matos, 01/02/2019 | 10:01

O Governo do Estado, por meio das Secretarias da Administração (Saeb) e da Educação (SEC), publicou nesta sexta-feira (1°), no Diário Oficial do Estado (DOE), a nomeação de 400 coordenadores pedagógicos aprovados no concurso para a rede estadual de ensino da Bahia.

O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa (foto) nas redes sociais na última terça-feira (29), como cumprimento do compromisso firmado pela administração estadual aos candidatos convocados pelo certame. A nomeação deste novo quantitativo observa o disposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), considerando que os gastos do Estado com pessoal, apurados recentemente, estão abaixo do limite prudencial de 46,17%. 

Lançado em novembro de 2017, o concurso ofertou 3.760 vagas, sendo 3.096 para professores e 664 para coordenadores pedagógicos. O concurso recebeu 103,5 mil inscritos, com mais de 41 mil habilitados. A primeira nomeação, publicada em 16 de janeiro deste ano, contemplou 2.089 professores e 200 coordenadores pedagógicos. Os 400 coordenadores pedagógicos nomeados nesta sexta-feira (1°) serão distribuídos entre 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE), de acordo com a ordem de classificação.

 

 

 

Começa nesta quarta a matrícula para selecionados nos cursos da Educação Profissional

Domingos Matos, 30/01/2019 | 07:01

Começa nesta quarta-feira (30) e segue até sexta (1º), a matrícula dos estudantes selecionados para os cursos técnicos de nível médio ofertados pela Secretaria da Educação do Estado na forma de articulação Subsequente ao Ensino Médio (Prosub). Neste período, o aluno deverá comparecer na unidade escolar para a qual se inscreveu e foi contemplado.

As 10 mil vagas são para os Centros Estaduais, Territoriais e unidades compartilhadas da rede estadual, em 82 municípios da Bahia, envolvendo todos os 27 Territórios de Identidade. Para a efetivação da matrícula, os contemplados deverão apresentar os seguintes documentos: original e cópia da Carteira de Identidade, do CPF, Histórico Escolar e comprovante de residência atualizado. Como as vagas foram distribuídas segundo a ordem classificatória das médias finais obtidas nas disciplinas Língua Portuguesa e Matemática no último ano/módulo de estudo no Ensino Médio ou equivalente ou com base no resultado obtido no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o estudante também deverá levar, no ato da matrícula, a comprovação das notas de Português e Matemática no ENEM, conforme declarado no ato da inscrição.

As vagas são para 42 cursos. Os cursos mais procurados foram os de Enfermagem, Segurança do Trabalho, Logística e Nutrição em municípios como Salvador, Feira de Santana, Itabuna, Vitória da Conquista e outros. As aulas começaram junto com o ano letivo da rede estadual, em 11 de fevereiro.

Estado abre inscrições para 10 mil vagas da Educação Profissional

Domingos Matos, 16/01/2019 | 18:01

A Secretaria da Educação do Estado abriu nesta quarta-feira (16) as inscrições do processo seletivo para 10 mil vagas de cursos técnicos de nível médio, na forma de articulação Subsequente ao Ensino Médio. As vagas são para os Centros Estaduais e Centros Territoriais de Educação Profissional, além de unidades compartilhadas, na capital e em mais 82 municípios da Bahia. As inscrições deverão ser feitas até o dia 21 de janeiro, exclusivamente, pelo Portal da Educação.

As vagas para 42 cursos técnicos de nível médio são direcionadas para quem já concluiu o Ensino Médio e suas modalidades de forma gratuita, seja na rede pública de ensino, no âmbito federal, estadual ou municipal, ou tenha, comprovadamente, cursado em instituição filantrópica ou em instituição privada na condição de bolsista.

Entre os cursos ofertados estão: técnico em Administração, Segurança do Trabalho, Logística, Meio Ambiente, Agroecologia, Agronegócios, Enfermagem, Nutrição e Dietética, Análises Clínicas, Cozinha, Alimentos, Saúde Bucal, Edificações, Informática, Eletromecânica, Paisagismo, Dança, Recursos Humanos e técnico Guia de Turismo.


Como se inscrever 

No ato da inscrição, o candidato deverá fazer a opção para um único município, unidade escolar, o curso e po turno. Ao inscrever-se, o candidato informará o número do seu Cadastro de Pessoa Física (CPF) e criará uma senha, que dará origem a um login para trânsito no link do sistema, inclusive para modificar as informações ou cancelar a sua inscrição. As vagas disponibilizadas serão distribuídas segundo a ordem classificatória das médias finais obtidas nas disciplinas Língua Portuguesa e Matemática no último ano/módulo de estudo no Ensino Médio ou equivalente ou no resultado obtido no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e que deverão ser informadas pelo candidato no ato da inscrição.

A divulgação do resultado está prevista para o dia 23 de janeiro. A matrícula dos selecionados será nos dias 30 e 31 de janeiro e 1 de fevereiro na unidade escolar para a qual foi classificado. O início do período letivo será no dia 11 de fevereiro. Para fazer a matrícula é preciso apresentar os seguintes documentos: original e cópia da Carteira de Identidade, do CPF, Histórico Escolar, comprovante de residência atualizado e a comprovação das notas de Português e Matemática no ENEM conforme declarado no ato da inscrição.

 

Quase 3 mil aprovados no concurso para professor e coordenador pedagógico são nomeados na Bahia

Domingos Matos, 16/01/2019 | 07:01

O Governo do Estado, por meio das secretarias da Administração (Saeb) e da Educação (SEC), publica nesta quarta-feira (16), no Diário Oficial do Estado (DOE), a nomeação de 2.289 professores e coordenadores pedagógicos aprovados no concurso para a rede estadual de ensino na Bahia. A relação também estará disponível no Portal do Servidor (www.portaldoservidor.ba.gov.br), no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br) e no site da organizadora do certame, a Fundação Carlos Chagas (www.concursosfcc.com.br).

O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa durante entrevistas concedidas nos dias 10 e 11 de janeiro, assegurando a nomeação dos habilitados em observância ao previsto pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Também serão publicadas no DOE desta quarta-feira (16) a relação de candidatos que solicitaram remanejamento para o final da lista, além da exclusão de candidatos que não realizaram a entrega de documentos e daqueles que não possuem requisito para ingresso.

Lançado em novembro de 2017, o concurso ofertou 3.760 vagas, sendo 3.096 para professores e 664 para coordenadores pedagógicos. O concurso recebeu 103,5 mil inscritos, com mais de 41 mil habilitados. Os 2.089 professores e 200 coordenadores pedagógicos nomeados no dia de hoje (16) serão distribuídos entre 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE), situados em Salvador e outros 26 municípios do Estado, de acordo com a ordem de classificação.

É importante ressaltar que a nomeação deste quantitativo observa o disposto na LRF. Neste momento, os gastos com pessoal do Estado, apurados no segundo quadrimestre de 2018, estão extrapolando o limite prudencial de 46,17%. Desta forma, a administração baiana fica impedida de nomear mais coordenadores pedagógicos.

Professores terão remuneração total de R$ 3.426,92, enquanto que coordenadores pedagógicos receberão R$ 3.520,18. As vagas de professor são para lecionar Arte, Biologia, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Língua Inglesa, Língua Portuguesa, Matemática, Química, Sociologia.

A Fundação Carlos Chagas (FCC) foi contratada para a organização do certame. O concurso tem validade de um ano, prorrogável por igual período. A nomeação dos aprovados será realizada pela Secretaria da Educação, conforme a conveniência da administração pública.

Itabuna: Secretaria de Educação anuncia fim de convênio com o CISO

Domingos Matos, 07/01/2019 | 11:00

A prefeitura de Itabuna decidiu romper o convênio com o Colégio Estadual Sesquicentenário (CISO). O anúncio foi feito pela secretária de Educação do município, Nilmecy Gonçalves, durante uma reunião na manhã da última sexta-feira (04), no gabinete do prefeito Fernando Gomes.

Participaram da reunião a secretária de Governo, Maria Alice, representantes do Conselho Municipal de Educação (CME), do Fórum dos Secretários Municipais (FOSEC), da Associação dos Municípios da Região Cacaueira (AMURC) e do Sindicato do Magistério (SIMPI).

Segundo a secretária Nilmecy Gonçalves, a decisão de rompimento com o convênio entre o município e o colégio CISO se deu pela necessidade de reordenar a rede, como também de otimizar os espaços públicos e reduzir despesas. A estratégia do Governo é investir no Instituto Municipal de Educação Aziz Maron (IMEAM), que figura como o maior espaço de ensino do município e que este ano completa 40 anos. “Nós temos 17 salas ociosas no IMEAM, que seriam plenamente suficientes para receber os 900 alunos que estão alocados no prédio do CISO. Além disso, com o término do convênio economizaremos R$ 124.641,12 por ano com aluguel e R$ 11.500,00 com gastos de energia”, justificou Nilmecy Gonçalves.

O representante do Conselho Municipal de Educação, Edivaldo Alves, enfatizou que o colégio CISO não possui as condições necessárias para dar aos alunos o devido lazer e segurança. Além disso, declarou que se o IMEAM apresentar melhorias em suas instalações para receber esses alunos, será uma forma de resgatar a história e prestígio de uma das escolas mais tradicionais do município de Itabuna.

A presidente do SIMPI, Carminha Oliveira, disse que compreende os motivos do reordenamento, mas que o município precisa se atentar aos direitos dos 70 profissionais que estão atualmente lotados no CISO, como também criar as condições para que os alunos transferidos possam estudar sem qualquer prejuízo. “Essa discussão de rompimento de contrato de aluguel com o CISO, para efeito de redução de despesas, já ocorria desde 2015, mas fatores políticos impediram que a ex-secretária à época tomasse um posicionamento conclusivo. Enquanto sindicato estaremos acompanhando todo esse processo para que não haja predileções ou injustiças nas remoções dos professores”, afirma a líder sindical.

Quanto à escolha do IMEAM para recepcionar os alunos, o governo acredita ser esta a melhor opção, tendo em vista que a escola fica próxima ao bairro de Fátima, possui fácil acesso e área de lazer e de estudo suficiente para comportar até 1.600 alunos.

Na quarta-feira (09), a secretária Nilmecy Gonçalves vai promover um encontro com os 70 profissionais lotados no CISO e o colegiado escolar no auditório da USEMI às 14h para esclarecer como se dará essa transição.

Ministério Público, NTE e Conjunto Penal discutem ações de educação no sistema prisional de Itabuna

Domingos Matos, 26/04/2017 | 14:40
Editado em 27/04/2017 | 17:43

Uma reunião, realizada na manhã de terça-feira (25), na Sala de Audiência do Conjunto Penal de Itabuna, discutiu ações voltadas à educação para os internos na unidade prisional. Além de discutir a educação prisional, foram discutidas ações efetivas e projetos de ressocialização sustentável no sistema prisional local, a exemplo de atividades laborativas, que já são desenvolvidas ali.

Proposta pelo Ministério Público Estadual, com participação do Núcleo Territorial de Educação -05 (antiga Direc-07), e Conselho da Comunidade para Assuntos Penais (Conap), a reunião alinhou ações para ampliação do acesso dos internos à educação no sistema penitenciário local, além de definir estratégias pedagógicas visando à efetiva ressocialização dos reeducandos.

A promotora Cleide Ramos aproveitou a visita para atualização dos dados de programas de ressocialização em andamento no CPI. O Conjunto Penal e a empresa cogestora reafirmam o compromisso com os órgãos de educação.

Outra discussão foi em relação à possibilidade de atração, por meio de edital de Chamamento Público, de empresas interessadas em explorar uma área pública para implantação de atividades industriais, com utilização de mão-de-obra dos reeducandos.

Educação

Foi definido o alinhamento dos procedimentos de secretariado escolar (alimentação do sistema SINALE), além de estratégias pedagógicas levando em consideração a especificidade do público – reeducandos do sistema prisional.

O NTE-05, representado pela coordenadora, a professora Josefina Castro, se comprometeu a indicar uma técnica pedagógica para acompanhamento das atividades educacionais do Estado no CPI. O órgão também vai mobilizar parcerias para novos projetos, a serem implantados na unidade prisional.

Chamamento

Também como encaminhamento, foi proposto, pela empresa Socializa Brasil ao Conap, que seja agendada, o mais breve possível, uma reunião com empresários locais a fim de apresentar o edital de Chamamento Público para realização de atividades de ressocialização (emprego de mão-de-obra dos reeducandos) nos espaços públicos ofertados pela Seap.

O Conselho da Comunidade, representado pela senhora Ivone Montenegro, se comprometeu a agendar um encontro com a Câmara de Dirigentes Lojistas e da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna.

Cadastrados no Programa Primeiro Emprego começam a trabalhar em órgãos estaduais

Domingos Matos, 18/04/2017 | 09:30
Os primeiros 28 estudantes egressos da educação Profissional selecionados por meio do Programa Primeiro Emprego para trabalhar nas secretárias e outros órgãos estaduais já estão atuando em suas áreas de formação. O grupo integra os 500 convocados, em março deste ano, a partir de um ranking baseado no desempenho escolar. Eles foram contratados com carteira assinada e começaram a trabalhar na rede estadual de ensino e na Secretária de Desenvolvimento Rural (SDR), na ultima quarta-feira (12).

Formada como técnica em comercio em 2016, Cassia Barbosa acredita que a realização do sonho da carteira assinada representa o início de uma nova etapa. “Esta oportunidade representa tudo para mim. Uma das principais dificuldades de quem está iniciando uma carreira é a questão da experiência de trabalho. É muito difícil conseguir um emprego sem essa experiência. Por isso essa chance que a gente recebe é tão importante. É um inicio em minha carreira que vai me trazer muito mais segurança para o futuro”.

Para o coordenador de acesso ao mercado da SDR, Luciano Lelis, o principal aspecto do programa é possibilitar que os contratados possam trabalhar em suas áreas de formação. “Buscamos oferecer a estes novos funcionários ferramentas e atividades para que eles possam se desenvolver ainda mais dentro de seus campos atuação. Eles trazem o conhecimento adquirido nos cursos profissionalizantes e aprimoram na prática”, afirma.

A meta do programa é oferecer nove mil vagas até 2018. Até agora, quatro mil jovens já foram convocados e o governo tem buscado jovens em mais 12 municípios baianos. A remuneração nas instituições privadas é a partir de um salário mínimo. Nos órgãos estaduais, além do salário mínimo, o contemplado tem direito a benefícios como Assistência à Saúde dos Servidores Estaduais (Planserv), vale-transporte e auxílio alimentação. Nas duas situações, os estudantes terão suas Carteiras de Trabalho assinadas e todos os direitos garantidos.

De acordo com o superintendente de desenvolvimento do trabalho, Alexandro Reis, o Primeiro Emprego tem uma importância ainda maior pelo momento econômico brasileiro. “O programa surge para dar oportunidade aos jovens e pessoas que nunca tiveram experiência de emprego formal. O governo do estado, através da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), localiza o aluno, que precisa ter concluindo ou estar cursando o curso de qualificação profissional ofertado pela Secretária da Educação (SEC)”.

Ainda de Acordo com Alexandre Reis, é muito importante que os estudantes se certifiquem de que seus dados estejam atualizados na página do programa. “As informações de endereço, telefone e e-mail precisam estar corretas porque é dessa maneira que a secretaria se comunica e entra em contato com os selecionados”, ressalta.

Encerram-se hoje as inscrições para sorteio da Educação Profissional

Domingos Matos, 17/01/2017 | 13:23

Terminam, nesta terça-feira (17), as inscrições para o sorteio eletrônico da rede estadual de Educação Profissional. São ofertadas 11.748 mil vagas, para 33 cursos técnicos de nível médio de 11 Eixos Tecnológicos oferecidos nos Centros Estaduais e Territoriais de Educação Profissional e seus anexos, em 57 municípios baianos, nos 27 Territórios de Identidade. As inscrições devem ser feitas exclusivamente, no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br).

Das vagas ofertadas, 9.288 são para o interior do Estado e 2.460 mil para Salvador e Região Metropolitana de Salvador (RMS). O sorteio será realizado às 15h do dia 23 de janeiro, no auditório da Secretaria da Educação do Estado, localizado no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.  

Somente poderá participar do Sorteio Eletrônico o estudante que tenha concluído o Ensino Médio e suas modalidades, de forma gratuita, seja em estabelecimentos de ensino da rede pública de Educação – no âmbito federal, estadual ou municipal – ou que tenha, comprovadamente, cursado o Ensino Médio em instituição filantrópica ou em instituição privada na condição de bolsista integral.

Inscrição e matrícula

No ato da inscrição, o candidato deverá fazer a opção para um único município, Centro de Educação Profissional, curso e turno. Ele poderá alterar os dados pessoais, a senha, o curso e o turno para o qual pleiteia a vaga nos Centros até o último dia de inscrição. Não será permitido alterar o município de residência e o CPF.

A matrícula para os contemplados no Sorteio Eletrônico ocorrerá no período de 1º a 3 de fevereiro de 2017. Os candidatos contemplados deverão se dirigir aos Centros Territoriais e Estaduais de Educação Profissional para os quais se inscreveram. No ato da matrícula, devem ser apresentadas cópias e originais dos seguintes documentos: CPF, histórico escolar, Carteira de Identidade e comprovante de residência. O início das aulas está previsto para 06 de fevereiro de 2017.

Todos os candidatos inscritos serão sorteados e classificados. Mas só serão convocados para a matrícula, os contemplados de acordo com a classificação e o número de vagas ofertadas em cada centro. Inicialmente, os contemplados serão convocados para efetivar a matrícula. Havendo desistência, as vagas residuais serão preenchidas de acordo com a classificação dos demais candidatos.

Os candidatos contemplados no Sorteio Eletrônico para os cursos no eixo tecnológico Produção Cultural e Design, ofertados pelo Centro Estadual de Educação Profissional em Artes e Design, em Salvador, passarão por um teste de habilidade específica. O teste, de caráter eliminatório, será aplicado no próprio Centro, durante o período de matrícula. Os estudantes deverão se dirigir ao Centro com os documentos necessários, pois se aprovados no teste de habilidade específica efetivarão a matricula imediatamente após o teste.

Matrícula nas escolas estaduais será de 24 a 31 de janeiro

Domingos Matos, 03/01/2017 | 15:18

A matrícula na rede estadual de ensino será realizada de 24 a 31 de janeiro para os estudantes regularmente matriculados nas escolas estaduais que irão mudar de escola e os novos estudantes que desejam ingressar na rede. Em Salvador e mais 27 cidades (veja relação abaixo), os estudantes oriundos das redes municipais poderão fazer a matrícula pela Internet, utilizando o código que receberam nas suas escolas de origem. Basta acessar o Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br).

O primeiro dia de matrícula (24/01) é direcionado ao estudante da rede estadual de ensino nas seguintes situações: deve mudar de escola porque a atual não oferece a série subsequente, não renovou a matrícula no período determinado ou mudança de domicílio. Entre os dias 25 e 26/01, a matrícula é para os concluintes das séries iniciais e finais do Ensino Fundamental, regularmente matriculados na rede pública municipal no ano letivo de 2016, em razão das escolas não oferecerem a série subsequente.

Alunos novos - A matrícula de novos estudantes que forem cursar qualquer série do Ensino Fundamental acontece no dia 27 de janeiro e do Ensino Médio e suas modalidades, nos dias 30 e 31 de janeiro, devendo ser realizada presencialmente em qualquer unidade da rede estadual de ensino.

Pela internet – Além dos estudantes regularmente matriculados na rede estadual de ensino em 2016, também podem fazer a matrícula pela Internet estudantes oriundos das redes municipais das seguintes cidades: Itabuna, Nordestina, Barreiras, Barro Preto, Barrocas, Brejões, Camaçari, Catu, Dias D’Ávila, Encruzilhada, Eunápolis, Feira de Santana, Glória, Gongogi, Ipirá, Itaberaba, Itapetinga, Lamarão, Luís Eduardo Magalhães, Macajuba, Madre de Deus, Mundo Novo, Paulo Afonso, Porto Seguro, Salvador, São José da Vitória, Serrinha, Simões Filho e Vitória da Conquista.

O cronograma de matrícula da rede estadual abrange toda a Educação Básica e suas modalidades, incluindo a Educação Profissional, na qual são ofertados cursos técnicos de nível médio e de qualificação integrados à Educação de Jovens e Adultos (EJA), de nível Fundamental e Médio.

Documentos necessários – Para a matrícula é preciso apresentar os seguintes documentos: original do histórico escolar ou atestado de escolaridade, firmado pela direção da unidade escolar (deve ser substituído pelo histórico em até 30 dias); original e cópia da certidão de registro civil ou da carteira de identidade (RG); original e cópia do CPF, original e cópia legível com data recente do comprovante de residência (água, luz, telefone fixo ou móvel, gás encanado, Internet, contrato de aluguel, IPTU, cartão de crédito ou TV por assinatura) e o código do SETPS (constante no Salvador Card) para as escolas do município de Salvador.

Ano Letivo começa no dia 06 de fevereiro

O ano letivo de 2017 na rede estadual começa no dia 06 de fevereiro. De acordo com o calendário escolar divulgado pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia, serão realizados 200 dias letivos. O recesso para o Carnaval será de 24/02 a 1º de março, o recesso da Semana Santa, de 13 a 16 de abril, e o recesso junino, de 22 a 25 de junho. O último dia letivo será 13 de dezembro de 2017. Para maiores informações acesse o Portal da Educação: www.educacao.ba.gov.br

Ieprol amplia atividades em Itabuna investindo em educação

Domingos Matos, 16/12/2016 | 11:22
Editado em 16/12/2016 | 11:25

Depois de se qualificar ao longo dos últimos treze anos como um instituto de educação profissional e excelência, oferecendo cursos técnicos, de especialização e qualificação nas áreas  Saúde, Meio Ambiente, Gestão e Negócios e Desenvolvimento Educacional e Social, o Ieprol amplia suas ações no Sul da Bahia. Agora, numa parceria com o Sistema de Ensino Poliedro, que ocupa o primeiro lugar no ranking do país em material didático segundo a Rabbit Research e com elevado índice de aprovação em exames vestibulares e no Enem, lança para 2017 o Colégio Ieprol, com cursos a partir do ensino fundamental até o segundo grau.

O colégio ocupa três dos seis andares do edifício Vila Rica e está segundo a diretora Inatiane Martins, equipado com oito salas de aula, biblioteca, espaço para estudo individual e coletivo, data-show, laboratórios de anatomia humana, de química, de física e de informática, além de investir na implantação de um sistema de segurança com monitoramento de vídeo e na qualificação de uma equipe de 10 professores das diversas disciplinas, que estão recebendo treinamento no Sistema Poliedro, que trabalha com um sistema de módulos contextualizados.

Século XXI

A proposta, segundo ela, é pensar numa escola para o século 21, que fuja do modelo de educação tradicional e associe o aprendizado com o desenvolvimento de competências do aluno para o mundo, que está em constante mudança, e para a própria  vida, oferecendo a opção de serem, no futuro, os profissionais que desejarem, com o diferencial de serem os melhores na sua opção.

Como inovação projeto inclui aulas intensivas de inglês – ao invés de uma por semana são oferecidas cinco horas aulas, através de um programa de dual language - , além de matérias inovadoras como robótica – já nas disciplinas do ciclo básico -  e mecatrônica. O colégio também oferece aos pais e alunos um sistema de consultoria educacional.

Poliedro

Inatiane Martins explica que  o sistema Poliedro foi criado e vem funcionando com excelência na área a educacional há mais de 20 anos, com mais de 140 escolas parceiras instaladas em 20 estados do Brasil, apresentando resultados extraordinários em aprovação e desenvolvimento de alunos. Diz ainda que “o Poliedro investe no desenvolvimento de um projeto educacional integrador, com uma metodologia sólida e recursos tecnológicos que auxiliam na organização e no planejamento de estudos, o que motiva e desperta a paixão dos professores pelo ensino e dos alunos pela aprendizagem”.

A proposta educacional tem como foco promover a formação de um aluno questionador e autônomo, responsável e protagonista de seu próprio processo de aprendizagem. Em paralelo, o projeto educacional visa estimular desenvolvimento do raciocínio lógico de maneira contextualizada, construindo um indivíduo com as habilidades requisitadas para aprovação no ENEM, em vestibulares e ir muito  além. 
(Via Arte e Manhas)

Itabuna terá educação para o trânsito nas escolas

Domingos Matos, 26/10/2016 | 23:58

Depois de toda uma gestão sofrendo críticas pela condução da política de trânsito urbano, a prefeitura de Itabuna parece ter acertado a mão nesse setor, ao menos em uma área. Foi publicada no Diário Oficial a aquisição de livros para a educação para o trânsito, cuja temática será adotada a partir de 2017 na educação básica, em cumprimento ao Plano Municipal de Educação.

A iniciativa foi destacada no Balanço Geral, da TV Cabrália, pelo apresentador Tom Ribeiro. “Itabuna, que tem tantos problemas de trânsito, finalmente vai investir em educação. Botar os meninos e meninas para aprender tudo sobre o trânsito desde os primeiros anos escolares”, opinou.

A implantação de ações educativas permanentes, através da educação formal com suporte pedagógico adequado é uma realidade em diversas cidades do país. No Rio de Janeiro, a educação para o trânsito é lei estadual.

Informações do Blog Tempo Presente

SEC e universidades estaduais discutem projetos para a educação básica

Domingos Matos, 08/07/2016 | 10:00

O secretário da Educação da Bahia, Walter Pinheiro, se reuniu com os reitores das universidades estaduais (UESC, UEFS, UESB e UNEB), nesta quinta-feira (07), na sede da Secretaria, no Centro Administrativo (CAB). O objetivo foi discutir demandas das universidades, bem como apontar avanços nas áreas de ensino, pesquisa e extensão, além de abordar projetos desenvolvidos pelas instituições que possam contribuir com o fortalecimento da educação básica.

“A ideia é colocar as universidades nas salas de aula, aproveitando toda a expertise que possuem. Temos que fazer a educação básica, a Educação Profissional, com o trabalho das nossas estaduais, que são excelentes e podem contribuir muito para que a gente possa aprimorar e dar um salto de qualidade na educação”, afirma Pinheiro.

A reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz, Adélia Pinheiro, fala sobre os desdobramentos deste encontro, que avaliou como positivo. “A nossa expectativa é a de que seja feita uma parceria com o Estado. Nosso desafio é a formação de pessoas e a produção de conhecimento, além da buscarmos alcançar as metas previstas nos Planos Nacional e Estadual de Educação”, afirma.

O reitor Evandro Nascimento, da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), destacou a importância da reunião. “Este diálogo é fundamental para que possamos apresentar as proposições concretas sobre o funcionamento das universidades”, afirma. Já o reitor da Universidade Estadual da Bahia (UNEB), José Bites, considerou “que estas reuniões são estratégicas para que sejam apresentadas as potencialidades das universidades e haja uma articulação mais consistente com a Secretaria”. Também esteve presente à reunião, o reitor Paulo Roberto Pinto, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB).

SEC disponibiliza conteúdos online voltados à preparação para o Enem

Domingos Matos, 26/04/2016 | 16:54

Na contagem regressiva para as inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir do dia 9 de maio, os estudantes da rede estadual têm um reforço a mais na preparação para as provas. A Secretaria da Educação do Estado da Bahia disponibiliza mais de 3,7 mil conteúdos digitais de todas as áreas de conhecimento, por meio do Ambiente Educacional Web, no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br). O espaço é uma ferramenta acessível para os estudantes, com um sistema de busca fácil e dinâmico.

Esses conteúdos digitais são produzidos e/ou catalogados por educadores da Rede Anísio Teixeira. O professor de Matemática, Samuel Oliveira de Jesus, é um desses colaboradores. “É um espaço diferenciado, multidisciplinar criado para que estudantes e professores possam acessar, compartilhar e construir conhecimentos por meio das Tecnologias da Informação e Comunicação. O Ambiente Educacional Web é um guia pedagógico que norteia estudante e professor”, considera.

Com acesso público e gratuito, o AEW conta, também, com sites temáticos, como a Rede Social Espaço Aberto e o Blog do Professor Web. Todas essas ferramentas atraem os estudantes para o Ambiente Educacional, como também por meio dos professores. “A divulgação dos conteúdos é feita pelos professores em sala de aula e por meio de panfletos, folderes. É importante que os estudantes conheçam um espaço rico em conteúdo, com informação e interatividade”, acrescenta Samuel.

Na palma da mão

O Ambiente Educacional Web também pode ser acessado de dispositivos móveis, como smartphones e tablets. Esta novidade contribui para que estudantes e professores ampliem as possibilidades de compartilhar conteúdos educacionais e conhecimentos por meio das novas tecnologias da informação e da comunicação. O Ambiente Educacional oferece acesso a softwares que auxiliam na produção de mídias e a sites temáticos das disciplinas e dos temas transversais.

Hora do Enem

O Ministério da Educação (Mec) lançou recentemente a plataforma ‘Hora do Enem’ que também conta com diversos conteúdos exclusivos para o Enem, a exemplo de simulados e videoaulas. O estudante pode acessá-lo através de dispositivos móveis como tablets, smartphones ou computadores no link http://tvescola.mec.gov.br/tve/serie/hora-do-enem/.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.