Tag: empreendedor

Itabuna recebe palestrante de renome internacional em Fórum de Mulheres Empreendedoras

A 1ª edição do evento acontece no dia 17 de outubro, em Itabuna, com temáticas voltadas para o público feminino

Domingos Matos, 19/09/2019 | 16:38

Eleita pela Revista Forbes, uma das 20 Mulheres mais Poderosas do Brasil em 2019, Ana Lúcia Fontes (foto), fundadora e CEO da Rede Mulher Empreendedora (RME), estará presente no 1º Fórum da Bahia Mulheres Empreendedoras, que vai acontecer no dia 17 de outubro, das 14 às 21h30, no Teatro Municipal Candinha Dórea, em Itabuna. O evento é uma realização do Movimento Empreender Bahia e tem como tema: “Mulheres com Propósito”.

Durante a sua palestra, Ana vai apresentar a sua história inspiradora para mulheres empreendedoras, empresárias, autônomas das mais diversas áreas, estudantes e demais interessadas. Estarão em evidência, temas como: Empreendedorismo feminino; Liderança Feminina; Atitude empreendedora; Modelos de negócios; Networking; Ambiente Empreendedor; Diversidade e Inclusão.

A RME nasceu durante o “Programa 10 mil Mulheres da FGV”, quando Ana teve a ideia de criar um blog sobre os medos, as dúvidas e as dificuldades do empreendedorismo feminino. Ela percebeu, então, que esses questionamentos eram compartilhados por outras mulheres, que também buscavam ajuda e apoio.

Em 2017, ela resolveu ampliar seus objetivos e criou o Instituto Rede Mulher Empreendedora, focado na capacitação de mulheres em situação de vulnerabilidade. Um ano depois, em 2018, a relevância da RME se fortaleceu com a criação da Aceleradora Herd, braço responsável por criar programas de desenvolvimento e apoiar projetos e negócios de mulheres.

Atualmente, a RME é a primeira e a maior plataforma de apoio ao empreendedorismo feminino do Brasil, com o propósito de empoderar empreendedoras economicamente, garantindo independência financeira e de decisão sobre seus negócios e suas vidas.

 

Programação

Na programação ainda estão confirmadas a presença da publicitária, coach, consultora de imagem e estilo, Aiala Lago, que estará abordando o tema: Imagem e Marca Pessoal. Em seguida, a contadora e bancária Leilane Benevides vai apresentar o case de sucesso da Benevides – Chocolates Finos e a diretora de Desenvolvimento do Grupo Brasileiro de Transporte Rodoviário, Elaine Carletto destacará o papel da Mulher Empreendedora do século XXI.

A primeira palestra da noite será com a artesão profissional, Thalita Ortega, que vai falar sobre a importância das Mulheres no Empreendedorismo Criativo. Em seguida, o sócio fundador da Terceira Via Hall, Franklin Bastos vai abordar sobre os perfis comportamentais. O evento encerra com a palestra da fundadora da RME, Ana Fontes, com o tema Atitude Empreendedora.

 

Inscrições

As inscrições já estão sendo feitas no site https://forumempreendedorasbahia.com.br/. Mais informações pelo telefone: (73) 3613-1171 ou através do e-mail: forummulheresba@gmail.com ou no instagran: @forummulheresba

 

Ilhéus: Município e Sebrae incrementam serviços na Sala do Empreendedor

Domingos Matos, 17/09/2019 | 16:34

Conhecer o fluxo de atendimento para viabilizar ações e políticas de estruturação da Sala do Empreendedor. Esta proposta e outros assuntos resultaram num encontro entre o Governo Municipal e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), na manhã desta terça-feira (17), na sala da Superintendência de Indústria e Comércio (Sedic), órgão que integra a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Urbanismo.  

O encontro contou com a presença do superintendente da pasta, Júlio Melo e a Consultora de Empreendedorismo do Sebrae Ilhéus, Erbenia Guimarães, que estavam acompanhados dos representantes, Carla Mendonça e Yuri Amorim (Superintendência de Meio Ambiente e Urbanismo); Marco Aurélio (Tributos); Jeovana Catarino (Vigilância Sanitária); Itamar Santos e Emilly Nogueira (Sala do Empreendedor).

O alinhamento faz parte do projeto ‘Cidade Empreendedora’, uma iniciativa do Sebrae que integra gestão pública e pequenos negócios em um ambiente de oportunidades, e que estimular a economia local. A Sala do Empreendedor é um espaço de atendimento que facilita os processos de abertura de empresas, regularização e baixa, serviços exclusivos aos Microempreendedores Individuais (MEI).

Conforme ressaltou o gestor da Sedic, Julio Melo, a ação visa dar mais transferência nos processos de abertura de uma empresa. “É extremamente essencial que todos os setores conheçam bem cada atividade comercial. O Sebrae é um grande parceiro das Salas e contribui disponibilizando informações e orientações, de forma simples e facilitada, sobre gestão de micro e pequenas empresas”.

“Queremos otimizar o espaço e facilitar o atendimento com a proposta de dar maior agilidade também para o empreendedor”, propôs a Consultora do Sebrae, Erbenia Guimarães. “Estamos conhecendo a realidade atual, apontando alguns gargalos, visando dar providências para que este fluxo seja melhor otimizado”, acrescentou.

A Prefeitura mantém a estrutura, um ambiente que oferece conforto, tecnologia e uma diversidade de serviços ao público. De acordo com um levantamento feito pelo órgão em 2018, Ilhéus obteve o melhor resultado na Bahia para as micro e pequenas empresas, frente à crise econômica que gerou forte impacto nos pequenos negócios do País, com a geração de 121 postos de trabalho, apontou o relatório.

 

Itacaré: Escola de Taboquinha inicia projeto para jovens empreendedores

Domingos Matos, 13/09/2019 | 14:33

Como parte de uma parceria firmada entre a Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria Municipal de Educação, e o Sebrae, o Grupo Escolar Bom Jesus, do distrito de Taboquinhas, realizou nesta manhã desta sexta-feira (13) um desfile para o lançamento do Projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP). que tem como objetivo possibilitar que a criança aprenda e desenvolva habilidades e comportamentos empreendedores.

No desfile, acompanhado pela Fanfarra de Percussão de Taboquinhas, os alunos mostraram como funcionará o programa e a importância do JEPP na formação de jovens empreendedores. A educação empreendedora proposta pelo Sebrae para o Ensino Fundamental incentiva os alunos a buscar o autoconhecimento, novas aprendizagens, além do espírito de coletividade.

A ideia é a de que a educação deve atuar como transformadora desse sujeito e incentivá-lo à quebra de paradigmas e ao desenvolvimento das habilidades e dos comportamentos empreendedores. O curso procura apresentar práticas de aprendizagem, considerando a autonomia do aluno para aprender, além de favorecer o desenvolvimento de atributos e atitudes necessários para a gestão da própria vida.

A secretária de Educação, Eliane Camargo, e a sub-subsecretária Alessandra Machado consideram o programa como de fundamental importância na formação dos estudantes de fato em jovens empreendedores. Por esse motivo que a Prefeitura de Itacaré aderiu ao projeto do Sebrae e desde então vem cumprindo todas as etapas para o desenvolvimento do JEPP.

Recentemente as professoras Marileuza Palafoz, coordenadora do Fundamental, e Nadja Almeida, coordenadora da Educação Infantil, foram capacitadas pelo Sebrae em Salvador como multiplicadoras, para que a metodologia seja repassada aos professores. Nesse primeiro momento serão contemplados 1000 alunos do ensino fundamental I e fundamental II da rede municipal de Itacaré.

Desenbahia amplia para R$ 21 mil o limite do microcrédito

Domingos Matos, 11/09/2019 | 19:33

A Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia) adotou novas condições para o Programa Estadual de Microcrédito (CrediBahia), que teve o limite de contratação ampliado de R$ 10 mil para R$ 21 mil. Com essa iniciativa, a Desenbahia aumenta a oferta de crédito para pequenos negócios com foco em inclusão socioprodutiva, permitindo a manutenção e a ampliação das alternativas de trabalho para a parcela da população que tem dificuldades de acesso ao crédito.

Segundo a gerente de Microfinanças da Desenbahia, Márcia Fonseca, o aumento foi realizado para dar maior estímulo ao empreendedorismo, por meio da concessão de crédito a milhares de empreendedores para potencializar suas capacidades, gerando assim renda e oportunidade de trabalho. “O CrediBahia está disponível em 248 municípios da Bahia, através da atuação direta via prefeituras ou repasses a outras instituições também operadoras de microcrédito, fomentando o desenvolvimento com o fortalecimento da nossa base econômica. O crédito é concedido de modo escalonado, em que há um crescimento gradativo dos valores baseado na pontualidade dos pagamentos das operações anteriores”, explicou Fonseca.

Atualmente, o CrediBahia mantém na carteira ativa 12.500  contratos e já liberou, desde 2002, mais de R$ 500 milhões. O programa de microcrédito financia capital de giro para compra de mercadorias e matérias-primas; investimentos fixos para aquisição ou conserto de máquinas ou equipamentos; reforma ou ampliação de instalações. A taxa de juros é de 2% ao mês, com prazo de até 24 meses para investimentos fixo ou misto.

A contratação pode ser feita nos postos de atendimento do CrediBahia. A expectativa da Agência de Fomento é, até o final de 2019, aplicar R$ 56 milhões em volume de empréstimos na modalidade.

O Programa de Microcrédito do Estado da Bahia (Credibahia) é referência nacional pelo pioneirismo das parcerias institucionais entre a Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Prefeituras Municipais e a Desenbahia, com apoio do Sebrae.

 

Grupo CeimBra quer trazer um megacomplexo comercial e residencial para Itabuna

Domingos Matos, 08/09/2019 | 20:31

Com a proposta de implantar em Itabuna um megacomplexo comercial e residencial que trará para cidade um novo conceito em Shopping Center, o Diretor de Novos Negócios do Grupo paulista CeimBra, Cel. PM Sodré Francisco Santos, apresentou o projeto na manhã da última quarta-feira (07) ao vice-prefeito Fernando Vita. A reunião foi acompanhada pelo Procurador do Município, Luiz Fernando Guarnieri, e pelos Secretários Jorge Vasconcelos (Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente), e Dinailson Oliveira (Administração).

O Grupo CeimBra tem como proposta administrar os maiores e melhores centros comerciais através de franquias, indústrias e prestação e serviços, usando tecnologia e práticas sustentáveis. De acordo com o representante do Grupo CeimBra, a proposta é implantar em uma área de 160 hectares, com características rurais – já escolhida nas imediações da BR-101, sentido Itabuna/Itajuípe -, um amplo complexo que abrigará múltiplos shoppings centers através de gestão própria e permanente.

Ao receber a notícia de que o empreendimento irá gerar cerca de 4.650 empregos diretos, o vice-prefeito Fernando Vita se mostrou muito satisfeito com a proposta para o município de Itabuna. “O entusiasmo é tão grande deste empreendedor que contagia. A Prefeitura de Itabuna está de braços abertos para empreendedores visionários. O que pudermos ajudar, iremos fazer”, destacou.

De acordo com o Cel. PM Sodré Santos, a proposta é proporcionar o desenvolvimento econômico local e regional através de vários complexos em uma área de 270 mil metros de área construída e um investimento de cerca de R$ 900 milhões. “O primeiro será o Aguiashop que ocupará uma área de 150 mil metros, com 600 lojas. O Segundo será o Agroshop, um novo conceito de Polo de Agronegócio”, anuncia o Diretor do Grupo CeimBra.

O outro complexo a ser implantado é o Construcenter, que contará com hospital, escola, conjunto residencial, centro de convenções, hotel, cinema, entre outros atrativos. “Foram quatro anos de planejamento para chegarmos até aqui. Itabuna é uma das 150 cidades selecionadas através de pesquisa para receber este empreendimento. Em São Paulo, por exemplo, Votorantim, Americana e Piracicaba já estão numa fase mais adiantada”, informa Cel. PM Sodré Santos.

Com 98% das obras de expansão concluídas, Jequitibá faz entrega do shell a novos lojistas

Domingos Matos, 06/09/2019 | 19:39
Editado em 06/09/2019 | 20:04

Lojistas, lideranças empresariais, autoridades e a comunidade itabunense participaram, na noite de ontem (5), da entrega do “shell” – no jargão do segmento, espaços –, onde serão implantadas as novas lojas que fazem parte do projeto de expansão do Shopping Jequitibá. As obras de engenharia já estão praticamente finalizadas – 98% concluídas, segundo o empresário Manoel Chaves Neto, diretor do shopping.

Com a entrega, que contemplou grandes marcas, como Cinemark e nomes como Casas Bahia, Burger King, Kalunga, Academia Smart Fit entre outras, as lojas começam a preparar os espaços para a inauguração, que está prevista para novembro. “Ainda teremos outras lojas maravilhosas se associando a esse projeto. É um grande orgulho entregar um equipamento desses para nossa cidade, para nossa região”, declarou Neto Chaves.

O empresário do segmento de franquias, Rafael Monteiro, vê a expansão como oportunidade para empreendedores regionais. “A coragem de Neto, empreendedor do Jequitibá, nos inspira a trazer para o shopping uma grande marca do segmento de fast food, que é a Burger King. Esse investimento mostra que além de acreditar na cidade, na região, acreditamos no potencial do shopping Jequitibá”.

A expansão também inspirou empreendedores como Erivaldo Cardoso e João Pezzo a lançar a barbearia Lumberjack. Ela não estará localizada na área nova, mas o investimento foi motivado pela expansão. “O nosso serviço contribuirá para uma experiência completa do cliente, ou seja, vamos ajudar a proporcionar às pessoas um verdadeiro ‘dia de shopping’, com produtos e serviços inovadores que estão sendo agregados”.

Quem também elogiou o investimento do Jequitibá foi o diretor da CDL – Itabuna, Carlos Leahy. Para ele, esse momento marca mais uma etapa na história de inovação do Jequitibá no município e na região. “Essa é a característica do Jequitibá, que desde a sua inauguração recolocou o comércio de Itabuna em uma posição de vanguarda regional. Somos parceiros, e para nós, o Jequitibá é a grande loja-âncora do comércio itabunense”.

 

Em entrevista, ator Jackson Costa tece elogios ao teatro municipal de Itabuna

Domingos Matos, 30/08/2019 | 14:29

O itabunense Jackson Costa, ator com múltiplas atuações no cenário cultural brasileiro, subiu pela primeira vez no palco do recém inaugurado Candinha Dória, desta vez como Mestre de Cerimônia, no Salão do Empreendedorismo, que aconteceu no Teatro na terça-feira, (27). Conduzindo o evento de uma forma leve, Jackson declamava ao público poesias de Fernando Pessoa, Carlos Drummond de Andrade, José Delmo, Ramon Vane, entre outros.

Em entrevista exclusiva ao jornalista Andreyver Lima, o ator se emocionou ao relembrar sua trajetória de vida, que se confunde com a de tantos outros artistas de Itabuna. “Sou papa-jaca muita honra e essa energia eu trouxe daqui mesmo. A poesia aproxima o público e toca o coração das pessoas, num evento que tem em sua natureza uma formalidade”, explica. Segundo ele, é uma característica de artistas do Sul da Bahia. “Afinal, essa energia vem daqui e as pessoas vieram para beber dessa fonte”, justifica.

O ator definiu o novo teatro como o ‘templo da arte’ e parabenizou o prefeito Fernando Gomes, por executar a obra que esteve parada por mais de 10 anos. “Um teatro dessa magnitude, eu tiro meu chapéu, pois um dia ele derrubou o teatro ABC e dá um exemplo que se você cometer algum erro, você pode depois consertar aquilo. E ele faz isso, um Marco na região.” afirmou.

Trabalhando em seu novo espetáculo, o ‘Sarau do Poeta’, um recital que mistura estilos, escritores de diferentes épocas e reverencia grandes autores, o ator revela que quer voltar ao palco do teatro. “A gente tem feito em vários lugares e quero trazer pra cá. Tive o privilégio de trabalhar com Candinha, uma figura fantástica e é uma merecida e justíssimo homenagem a ela.”

Itabuna cadastra motoristas de aplicativo como Microempreendedor Individual 

Domingos Matos, 28/08/2019 | 16:35

Nas últimas semanas a Sala do Microempreendedor Individual (MEI) que funciona na Prefeitura Municipal de Itabuna passou a receber um fluxo intenso de motoristas de aplicativo de transporte independente, após o governo federal publicar em 14 de Maio de 2019, o Decreto de nº 9.792/2019, em que concede o direito destes profissionais a se cadastrar como Microempreendedor Individual.

A Agente de Desenvolvimento Priscila Nascimento, responsável pela Sala do Microempreendedor Individual, explica que agora os motoristas de aplicativo de transporte independente poderão usufruir das mesmas vantagens que os taxistas, mototaxistas e motoristas de transporte escolar e de frete, que já podiam ser cadastrados como MEI.

“A segurança é um dos fatores mais importantes. O Uber, por exemplo, já tem suas diretrizes de segurança como forma de selecionar os profissionais que atuam no aplicativo, e agora com a possibilidade destes motoristas serem MEI, a segurança será dobrada para todos”, ressalta Priscila Nascimento. E completa: “Ele estará seguro por trabalhar legalizado, com CNPJ gratuito, emissão de Nota Fiscal gratuita, poder contribuir com o INSS para ter seus direitos previdenciários garantidos, além da empresa estar segura por ter veículos com alvarás emitidos pelos órgãos responsáveis de fiscalização”.

 

 

Encontro em Itabuna estimula empreendedorismo no sul da Bahia

Domingos Matos, 28/08/2019 | 10:39

A primeira edição do Salão de Empreendedorismo reuniu cerca de 600 pessoas de diversos municípios do sul da Bahia ontem (27), em Itabuna.  O evento, uma iniciativa do Governo do Estado, por meio das secretarias do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), contou com debates, relatos de experiências e serviços oferecidos pelo poder público e instituições parceiras.

De acordo o titular da Setre, Davidson Magalhães, o intuito é movimentar a economia regional. “O Salão surgiu da concepção de que é preciso incentivar não só a geração de empregos formais, mas também o empreendedorismo. A articulação de uma rede interinstitucional com ações estratégicas para desenvolver e acompanhar negócios é fundamental nesse processo”, ressaltou o secretário na abertura do encontro, realizado no Teatro Municipal Candinha Dórea.

Painéis

Quatro empreendedores baianos – Rogério Salume (Wine), Mônica Burgos (Avatim), Leilane Benevides (Benevides Chocolates Finos) e Maria Helena Guimarães (Associação Só Cacau) – compartilharam suas trajetórias de sucesso em uma dos painéis do evento.

A massoterapeuta Kenia Carvalho, 43 anos, acompanhou a apresentação: “Fiquei feliz pela riqueza de experiências que a gente teve a oportunidade de presenciar, com os relatos de pessoas corajosas, que arriscaram e alcançaram seus objetivos. Com certeza as orientações serão aplicadas na minha vida profissional. Itabuna sempre foi muito carente desse tipo de Salão e estou muito satisfeita”, avaliou.

A área de Tecnologia da Informação também foi tema de uma mesa de diálogo, com a participação de jovens empreendedores.

 

Serviços

Para impulsionar as diversas modalidades de empreendedorismo, o encontro apresentou uma série de serviços, entre eles o CrediBahia, os Centros Públicos de Economia Solidária (Cesol), o Qualifica Bahia, o Contrate.BA e a Rede SineBahia.

Morador do município de Jussari, Cláudio Alves atua no ramo de vestuário desde 2018 e destacou a importância do programa de microcrédito para o sucesso do seu comércio. “Existia uma demanda na cidade por confecções infantis e, junto com uma amiga, resolvi investir na área. O CrediBahia foi o pontapé inicial e está dando tudo certo, sem nenhum prejuízo”, contou.

O evento promoveu ainda cadastro de trabalhadores, emissão de RG e de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e oficina de orientação para o trabalho.

 

Parceiros

O Salão de Empreendedorismo contou com a parceria das seguintes instituições: Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc); Banco do Nordeste; Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado da Bahia (FCDL-BA); Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae); Companhia de Gás da Bahia (Bahiagás) e Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia).

 

Projeto estimula licitações exclusivas para micro e pequenas empresas de Ilhéus e Itabuna

Domingos Matos, 24/08/2019 | 07:03

Micro e pequenas empresas (MPEs) que atuam na região de Ilhéus e Itabuna poderão participar, na próxima terça-feira (27), da primeira edição do projeto Compras Públicas como Instrumento de Desenvolvimento Regional. A iniciativa é um projeto piloto, encabeçado pela Secretaria da Administração (Saeb), por meio da Coordenação Central de Licitação (CCL) e da Superintendência de Recursos Logísticos (SRL), com o objetivo de alavancar a participação de MPEs e empreendedores locais nas compras públicas estaduais e, por consequência, estimular o desenvolvimento econômico da região.

Aberto a potenciais empresas fornecedoras do Estado, o evento será realizado a partir das 9h, no auditório da Torre Administrativa da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). A programação inclui a realização de duas reuniões de trabalho: a primeira, voltada aos representantes da área de compras das unidades gestoras da região (atualmente, são mais de 20), e a segunda, com os fornecedores de materiais e equipamentos de escritório, alimentos e bebidas, bem como de material de limpeza e higiene pessoal. As inscrições podem ser feitas na página do evento no Sympla (www.sympla.com.br) ou no local.

À frente da CCL, o coordenador Marcos Lopes esclarece que o convite às empresas fornecedoras foi específico para os segmentos citados por conta da demanda das unidades gestoras da região, bem como pela capacidade de atendimento pelo mercado local. Atualmente, 354 MPEs da região têm cadastro ativo no Sistema Integrado de Material, Patrimônio e Serviços (Simpas), mas, com a realização do evento, esse número pode ser ampliado.

Para os interessados em se cadastrar como fornecedores, a SRL disponibiliza nas dependências da Uesc um posto avançado de atendimento, que será prioritário para os participantes do evento. Lopes reforça ainda que será disponibilizado “canal de atendimento direto com a CCL para mais esclarecimentos”.


Economia 
O incremento no número de MPEs locais como fornecedoras do Estado pode, também, ampliar a participação deste segmento nas contratações públicas. De acordo com a Lei Estadual n° 11.619/2009 e com o Decreto Estadual n° 12.678/2011, é assegurado tratamento diferencial às MPEs, quando o objetivo for a promoção do desenvolvimento econômico e social do município ou região, privilegiando contratações por meio do pregão presencial. A modalidade de licitação é exclusiva ao segmento quando cada lote da licitação não ultrapassa R$ 80 mil para contratações.

“O que fazer para privilegiar o mercado local? Vamos fazer pregões presenciais, já que exigem a presença de empresas no município da licitação. É muito mais fácil uma empresa local participar que uma empresa de fora do estado. Com isso, ainda é possível estimular a criação e manutenção de empregos e promover a distribuição de renda”, esclarece Lopes. Posteriormente à realização do encontro de terça-feira (27), serão realizadas licitações exclusivas para a região, a partir do mês de setembro. Em 2018, foram realizadas 3.986 licitações no âmbito estadual, sendo 1.046 exclusivas para MPEs.


Orientação 
Para além do retorno financeiro, um dos principais benefícios do evento é a disseminação de informações. Na primeira reunião, com as unidades gestoras, será apresentado o sistema de Registro de Preços (RPs), voltado à compra de itens de material e de serviço de uso comum de forma mais transparente, célere e econômica para a administração pública, bem como a previsão de licitações exclusivas para as MPEs. A intenção é estimular a contratação de materiais por meio dos RPs, utilizando o Simpas. 

Já na reunião de trabalho dedicada aos fornecedores, os participantes serão instruídos nos trâmites das compras públicas, compreendendo como funcionam as licitações estaduais e como as empresas podem se preparar para participarem dos pregões presenciais. “A expectativa é alinhar os procedimentos para compras estaduais no interior, reforçando os trâmites juntos às unidades gestoras e estimulando a participação das empresas nos pregões”, encerrou Lopes.

A primeira edição do projeto Compras Públicas como Instrumento de Desenvolvimento Regional é uma parceria da Saeb, por meio da CCL e SRL, com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), o Sebrae, a Federação das Associações Comerciais do Estado da Bahia (FACEB) e a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado da Bahia (FCDL-BA). O evento será replicado em outras localidades, a exemplo de Vitória da Conquista.
 

Itabuna recebe Salão de Empreendedorismo na próxima terça-feira

Domingos Matos, 23/08/2019 | 08:12

Palestras, serviços e orientações para alavancar negócios integram a programação do Salão de Empreendedorismo, que será realizado pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia (Setre), na próxima terça-feira (27), das 8h às 17h, no Teatro Municipal Candinha Dórea, em Itabuna. As inscrições para o evento são gratuitas e podem ser realizadas no endereço eletrônico https://bit.ly/2zeLufG.

Um dos destaques do Salão será o painel “Experiências de sucesso e oportunidades de negócios”, com a participação de quatro empreendedores baianos: Mônica Burgos, da marca de perfumaria e cosméticos Avatim; Rogério Salume, do maior e-commerce de vinhos da América Latina, o Wine; Leilane Benevides, da Benevides Chocolates Finos; e Maria Helena Guimarães, da Associação Só Cacau.

“Para empresários e potenciais empreendedores, o evento será uma oportunidade para aprender sobre gestão de negócios, ampliar redes de contatos e conhecer as políticas de apoio à micro e pequenas empresas, aos empreendedores individuais e coletivos e aos trabalhadores autônomos desenvolvidas pelo Governo do Estado e por instituições parceiras”, explica o titular da Setre, Davidson Magalhães.

O CrediBahia, os Centros Públicos de Economia Solidária (Cesol), o Qualifica Bahia, o Contrate.BA e a Rede SineBahia são algumas da iniciativas que serão apresentadas. O encontro vai oferecer ainda cadastro de trabalhadores, emissão de RG e de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e oficina de orientação para o trabalho. Uma mesa de diálogo com jovens empreendedores da área de Tecnologia da Informação também faz parte da programação.

O Salão de Empreendedorismo conta com o apoio da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e parceria das seguintes instituições: Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc); Banco do Nordeste; Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado da Bahia (FCDL-BA); Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae); Companhia de Gás da Bahia (Bahiagás) e Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia).

 

Plano prevê aumento da produtividade de cacau de 100 cacauicultores no Litoral Sul

Domingos Matos, 23/08/2019 | 07:00

Elevar a produtividade de cacau em 50%, de 100 cacauicultores de cacau, no Sistema Agroflorestal, do Território Litoral Sul, no período de 4 (quatro) anos é o objetivo a ser trabalhado no Plano de Ação Territorial do Sistema Agroflorestal do Cacau (SAF), lançado nesta quinta-feira, 22, em Itabuna. A iniciativa é do Programa de Desenvolvimento Territorial do Banco do Nordeste, em parceria com Amurc, Uesc, Governo do Estado, Território Litoral Sul, Ceplac e as prefeituras municipais de Almadina, Buerarema, Itabuna, Maraú, Ubaitaba e Uruçuca.

As instituições integram o Comitê Gestor Territorial e, de acordo com uma das coordenadoras do programa Apoio Gerencial e Institucional às Prefeituras do Litoral Sul (AGIR), Rita Maria de Souza, têm um papel fundamental para colocar em prática o plano de ação que visa alavancar a atividade produtiva na região. “Cabe ao Comitê Gestor Territorial e local, priorizar as atividades econômicas e sociais, estabelecendo parcerias para redução dos entraves ao seu desenvolvimento e promovendo a expansão do crédito”.

Dessa forma o programa atua ativamente na organização das atividades produtivas, que nesse caso, será o cacau, favorecendo a cooperação entre parceiros e empreendedores, na difusão e inovação de tecnologia, inclusive as tecnologias sociais, e o apoio à execução de políticas públicas que promovam o desenvolvimento e inclusão com equidade da população do Território.

Dentre as entidades, a Amurc foi representada pelo secretário executivo, Luciano Veiga, que destacou a importância do projeto para a preservação ambiental, juntamente com a sustentabilidade econômica, através da melhoria e ampliação da produção de cacau. “Vai viabilizar não só a questão do cultivo e a produção desse fruto tão importante para a região, mas principalmente a melhoria econômica dos municípios, numa área que precisa ter um olhar com mais atenção de fomento por parte do Banco do Nordeste”

O evento de lançamento contou com a presença da gerente de Desenvolvimento Territorial da Superintendência do Banco do Nordeste da Bahia, Marilda Cristina de Souza Galindo. Ela falou sobre a importância do Prodeter, de “levar o desenvolvimento para a zona rural, e, não somente vislumbrar o crédito mas também oferecer uma orientação para o pequeno produtor, visando fazer a diferença na vida dessas pessoas”.

Nesse contexto, o presidente do Fórum Regional de Secretários de Agricultura e Meio Ambiente (Freade), Valdemir Lisboa, titular da secretaria de em Maraú, falou de ações para melhoria das estradas, a importância de promover ações para a comunidade do campo, além de investir na capacitação dos agricultores. “É preciso um olhar carinhoso aos agricultores, com capacitação para que eles venham produzir e permaneçam no campo”.

O Pró-reitor de Extensão da Uesc, Alessandro Santana ressaltou a importância do Freade, que atuou em conjunto com os secretários municipais na elaboração do plano específico para os pequenos produtores rurais. Por ser um projeto piloto, o professor conclamou a “união e os esforços de todas as instituições para atender o maior número possível de beneficiados, e que os prefeitos possam abraçar esse projeto”.

Produção

De acordo com dados da Ceplac, a baixa produtividade do cacau no Sul da Bahia, estimada em uma média regional de 6 frutos por árvore/safra, destoa dos resultados obtidos de alguns produtores que chegam a produzir mais de 100@/ha utilizando tecnologias de produção, com plantas de alta produtividade e mais resistentes a doenças.

Um dos exemplos práticos desse trabalho é o projeto de manejo intensivo para elevação da produção, denominado Mil Plantas, desenvolvido por técnicos do Centro de Pesquisa e Extensão da Ceplac. A perspectiva é que o agricultor possa chegar a 200@/ha, distante da atual realidade, que gira em torno de 30 a 40 @/ha, o que inviabiliza o investimento na produção.

Sebrae apresenta soluções no Salão de Empreendedorismo em Itabuna

Domingos Matos, 20/08/2019 | 07:08

O Sebrae Bahia participa no próximo dia 27 de agosto (uma terça-feira), do Salão de Empreendedorismo, que acontece no Teatro Municipal Candinha Dórea, em Itabuna. O evento, realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), está em sua primeira edição e tem programação aberta ao público das 8h às 17h.

O objetivo do Salão é divulgar as políticas públicas estaduais e nacionais na área do empreendedorismo individual, coletivo, formal e informal ofertadas no Estado da Bahia. O superintendente do Sebrae, Jorge Khoury, estará presente ao evento.

Além do Sebrae, também participam do Salão o Desenbahia, cooperativas de créditos, Banco do Nordeste, Universidades Estaduais, Federais, startups, o Centro Público de Economia Solidária (Cesol) e o SINEBAHIA, além das entidades de representação empresarial da cidade Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista (Sindicom), a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e a Associação Comercial e Empresarial (ACI). O evento conta com a parceria da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti).

GACC Sul Bahia promove oficina de culinária e artesanato para hóspedes

Domingos Matos, 14/08/2019 | 15:28
Editado em 14/08/2019 | 10:24

O Grupo de Apoio à Criança com câncer - GACC Sul Bahia lança nesta sexta-feira (16/08), à partir das 14h, o Projeto “Mão na Massa”, que objetiva oferecer capacitação profissional gratuita e geração de renda para mães e acompanhantes dos pacientes em tratamento e hospedados na Casa de Apoio. O projeto irá ofertar cursos nas áreas de artesanato e culinária visando a geração de renda de forma empreendedora, afim de que, as famílias possam aprender, iniciar e gerir pequenos negócios, além de ser, uma terapia ocupacional neste momento de “turbulência” familiar.

“Estas ações são muito importantes para as famílias, pois durante o tratamento eles passam por diversas situações e é um abalo psicológico muito grande. Mesmo o GACC Sul Bahia oferecendo todo o apoio, inclusive na área psicológica, participar destas oficinas será excelente para o fortalecimento pessoal e familiar”, informou a presidente da instituição, Drª Teresa Cristina Fonseca.

O projeto “Mão na massa”, além de ensinar as famílias a produzirem as peças, está incentivando a comercialização no Espaço GACC e a renda será repassada para a família que fez a produção. Além disso, os participantes poderão vender as peças e produtos produzidos também em suas cidades de origem.

A primeira oficina que acontecerá na Casa de Apoio será de produção de laços infantis e ministrada pela psicóloga, artesã e proprietária do Nina Loop, Laís Palladino. E também de cupcakes, para as crianças e adolescentes com a nutricionista e confeiteira, Sintia Kaliany que é paciente curada da Instituição, com esta, será também a inauguração da nova cozinha que foi reformada com o apoio financeiro do grupo Axé da Sorte

Competição busca soluções para cadeia produtiva do chocolate

Domingos Matos, 08/08/2019 | 12:32

Com o tema 'Como produzir e vender mais chocolate?', o Desafio Semeando Soluções acolhe projetos de estudantes ou profissionais de qualquer área, maiores de 18 anos, com foco no aperfeiçoamento da logística, produção e exportação do chocolate no contexto regional da Costa do Cacau.

As inscrições para o desafio estão abertas até o dia 20 e podem ser feitas neste link. As duas melhores soluções ganharão vagas para o programa Empretec do Sebrae (valor do programa é de R$1 mil). Já as terceira e quarta colocações garantem vagas para o programa Liderar Futuro. 

Iniciativa do Governo do Estado, com execução da Liga Universitária de Empreendedorismo, da Associação de Startups da Bahia e da Junior Achievement, a competição integra a programação do Salão de Empreendedorismo, que será realizado pelas secretarias estaduais do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), no Teatro Municipal Candinha Dórea, em Itabuna, no próximo dia 27. Mais informações estão disponíveis no regulamento.

 

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.