Tag: empresarios

Fernanda Keulla e diretor da Globo apresentam recepção digital a empresários de Ilhéus

Domingos Matos, 11/10/2019 | 11:37
Editado em 11/10/2019 | 11:42

O diretor de Projetos Especiais da Rede Globo, André Dias estará em Ilhéus, no Sul da Bahia, participando de um encontro com empresariado local, nesta sexta-feira (11), às 19h, no Palácio Paranaguá. O executivo apresentará as vantagens da recepção digital, tecnologia que permite, sem taxa de adesão e mensalidade, melhor qualidade de som e imagem na TV dos estabelecimentos comerciais da cidade.

O evento contará ainda com a participação da Fernanda Keulla (BBB e Vídeo Show). Segundo o programa, os empresários terão a oportunidade de conhecer melhor o produto Globoplay, considerado a maior plataforma de streaming brasileira. O bate-papo servirá para conhecer as soluções já implementadas em diversos estabelecimentos comerciais das cidades do Brasil e exterior. VENHA SER DIGITAL.

Empresários norte-americanos pretendem investir US$60 milhões na maricultura em Ilhéus

Domingos Matos, 20/09/2019 | 07:05
Editado em 19/09/2019 | 21:41

O grande volume de investimentos capitaneados para Ilhéus é considerável. Tudo isso é resultado do incentivo fiscal nos diferentes segmentos econômicos na cidade. Para aprofundar a relação, um grupo de norte-americanos da Forever Oceans, esteve no gabinete do Centro Administrativo, na manhã de ontem (19). Recepcionados pelo prefeito Mário Alexandre, os representantes falaram sobre o cultivo de peixes e exportação.

A empresa norte-americana pretende investir US$ 60 milhões na criação de peixes na costa de Ilhéus. Encantados diante da maré de possibilidades, os empresários encontraram nas águas dos litorais norte e sul do município, lugares propícios para a maricultura – cultivo de peixes em mar aberto, cerca de 3,5 quilômetros fora da costa.

Para o prefeito Mário Alexandre, a intensão dos investidores na cidade certifica a credibilidade do atual momento em que vivemos. “No que depender do município, pode contar com nossa equipe para todas as tratativas legais”, argumentou o gestor. Ele concluiu afirmando que “Ilhéus tem o maior interesse na vinda destes investimentos”.

Serão cinco fazendas com suporte para 12 gaiolas, contendo 375 mil peixes cada, produzindo de oito a doze mil toneladas/peixe em cada fazenda. Será criada a espécie seriola rivoliana, conhecida como olho de boi, com pretensão para iniciar as atividades dentro de um ano e estimativa de produção comercial em torno de 20 meses.

 

Empregabilidade e renda garantidas – Com o foco na sustentabilidade, a Forever Oceans tem a previsão de promover abertura de 100 postos de empregos diretos e outros 300 indiretos. Os funcionários terão treinamento em biologia, operações e engenharia, além dos processos de sinergia com a pesca ecologicamente correta.

De acordo com a produção de maricultura, os peixes passam por choque térmico e preparados para o processo de exportação e comercialização. “Ilhéus tem uma incrível atividade de exportação”, opinou Jason Heckathorn, idealizador e ceo da Forever Oceans. “Nosso empreendimento possui fazendas marítimas em mais quatro países do mundo”, disse.

No mês de maio último, o governador Rui Costa assinou um memorando de entendimentos com a empresa, para instalação do empreendimento na Bahia. De acordo com os executivos, a produção está estimada para começar dois anos após licenciamento ambiental, que é o tempo necessário para que os peixes atinjam o peso de 2,2 quilos.

Presentes à reunião, o Procurador-Geral do Município, Jefferson Domingues e equipe jurídica; representante do Meio ambiente e Urbanismo, Carla Mendonça; secretários municipais, Márcio Cunha (Fazenda); Eliane Oliveira (Educação, Esporte e Lazer); Átila Docio (Infraestrutura), também o superintendente de Relações Institucionais e Comunitárias, Mauro Alves; Cap. da Marinha, Giovanni e os vereadores, Ivo Evangelista e Paulo Carqueja

 

Três empresários são presos durante “Operação Avati”

Domingos Matos, 12/09/2019 | 15:46

Três empresários e um caseiro foram presos na manhã desta quinta-feira (12), durante a “Operação Avati”. As prisões foram efetuadas nos estados da Bahia e Alagoas, onde também foram cumpridos 21 mandados de busca e apreensão, por força-tarefa formada pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA) e secretarias da Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz) e de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP), com apoio dos MPs estaduais de Alagoas, Goiás e Rio Grande do Sul e Secretaria da Fazenda de Alagoas. A operação visou combater a sonegação fiscal e reprimir delitos de associação criminosa e lavagem de dinheiro, que teriam provocado um dano de mais de 6,5 milhões aos cofres públicos baianos. Os resultados foram apresentados no final da manhã, durante coletiva realizada na sede do MPBA em Barreiras.

Na Bahia, foram presos os empresários Clovis Ceolin e Thiago Veloso, que já havia sido preso anteriormente por fraude semelhante durante a 'Operação Grãos do Oeste II'. Já em Alagoas, foi preso o empresário Lindomar Veloso. A operação ocorreu nos municípios de Luís Eduardo Magalhães, Barreiras, São Desidério e Formosa do Rio Preto (BA), Posse (GO), Uruguaiana (RS) e Taquarana e Arapiraca (AL). Diversos documentos e objetos, como celulares e computadores, necessários à instrução do procedimento criminal em curso e à fiscalização das empresas utilizadas no esquema criminoso, foram apreendidos.

O MPBA atuou por meio da Promotoria Regional de Combate à Sonegação Fiscal em Barreiras e do Grupo de Atuação Especial de Combate à Sonegação Fiscal e aos Crimes Contra a Ordem Tributária, Econômica, as Relações de Consumo e a Economia Popular (Gaesf); e a SSP através do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco). Na Bahia, a ação envolveu nove promotores de Justiça, 20 servidores da Sefaz, dez delegados de Polícia, seis escrivães de Polícia e 48 policiais civis, além de uma frota de 16 viaturas.

Segundo as investigações, os integrantes do esquema utilizavam notas fiscais ideologicamente falsas, emitidas por empresas de fachada situadas na Bahia, com a finalidade de ocultar saídas de mercadorias para outros estados e obter, fraudulentamente, os benefícios de isenção fiscal ou para simular a passagem de mercadorias pelo Estado e ocultar a saída de produtos para o mercado interno visando burlar a incidência do ICMS. As empresas se valiam, ainda, da falsificação de autenticações bancárias de comprovantes de pagamentos de impostos. O esquema evidencia a intenção de burlar o fisco estadual, contribuindo para desestabilizar o mercado, mediante prática de concorrência desleal, e permitindo aos envolvidos acumular patrimônio de forma irregular, afrontando o disposto na Lei Federal nº 8.137/90, que define os crimes contra a ordem tributária, e na Lei 9.613/98, que dispõe sobre o crime de lavagem de dinheiro, entre outros dispositivos constantes do Código Penal Brasileiro.

As atividades de investigação tiveram, ainda, o apoio da Coordenadoria de Segurança Institucional e Investigação do MPBA (CSI), do Centro de Apoio Operacional de Segurança Pública e Defesa Social do MPBA (CEOSP) e de promotores de Justiça da Regional de Barreiras. A operação decorre de trabalho realizado pelo Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira).

Itabuna apresenta projeto da Expomel para empresários

Domingos Matos, 12/08/2019 | 15:38

Empresários itabunenses participaram na manhã desta segunda-feira (12), de uma reunião no Teatro Municipal de Itabuna Candinha Dória, com representantes da Prefeitura Municipal de Itabuna, através da Secretaria de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), e da Art3 Propaganda, em que tratou da 1ª Expomel Brasil e o 1º Congresso Brasileiro de Apicultura e Meliponicultura – dois dos mais importantes eventos do setor do Sul da Bahia.

Estiveram presentes representando o município, o vice-prefeito Fernando Vita; o Secretário de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, Jorge Vasconcelos; o Secretário de Saúde, Josimar Sales; e a professora Lilian Lima, responsável pelo projeto pedagógico do Congresso. Por meio de vídeo, o publicitário Tião Barros, da Art3, mostrou como serão executados os projetos que giram em torno da criação de abelhas e produção de mel e pólen, além do conceito, a importância social e financeira com a criação de abelhas e a produção de mel e pólen.

A Expomel e o Congresso Brasileiro serão realizados entre os dias 06 e 08 de novembro, e contará com presença de criadores de abelhas de todo o país. “Este evento terá uma importância significativa na geração de emprego e renda, na produção de trabalhos científicos, além é claro, no incremento do turismo de negócios”, comentou o vice-prefeito Fernando Vita. O assessor da Secretaria Municipal de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, Erlon Botelho, membro da coordenação do evento, destaca que a perspectiva é de otimismo, “em função da grande possibilidade de superaquecimento do comércio local”.

Vereadores buscam acordo entre empresários e Sindicato para acabar a greve dos rodoviários

Domingos Matos, 13/06/2019 | 10:13
Editado em 13/06/2019 | 10:37

A Câmara de Itabuna passou a intermediar as negociações entre o Sindicato dos Rodoviários e as empresas de transporte urbano do município. Os vereadores buscam uma solução para o fim da greve da categoria, iniciada no último dia 03.

"Queremos ouvir todas as partes envolvidas. Na tarde de terça-feira, dia 11, tivemos uma reunião com os dirigentes e os assessores jurídicos do Sindicato dos Rodoviários", disse a vereadora Charliane Sousa, vice-presidente da Câmara que, juntamente com o vereador Enderson Guinho, representou o Legislativo itabunense.

Enderson Guinho acrescentou que "nós ouvimos a posição do Sindicato e nos colocamos à disposição, enquanto Poder Legislativo, para intermediar e buscar um acordo visando fim da paralisação para que a população, em especial os mais carentes, não seja penalizada com a falta do transporte público".

Charliane Souza e Enderson Guinho informaram que na próxima quinta-feira, dia 13, está prevista uma audiência na Justiça do Trabalho, entre empresários e representantes da categoria. O objetivo é buscar uma solução para resolver o impasse.

"O prefeito foi convidado para participar do encontro. Nós vereadores também estaremos presentes, considerando que existe a denúncia de que as empresas de transporte querem demitir 250 cobradores como alternativa para reduzir custos operacionais", disse Enderson Guinho.

Assaí de Ilhéus: com obras aceleradas, empresários preveem entrega para junho

Domingos Matos, 18/02/2019 | 07:04

O Assaí Atacadista, empresa do Grupo Pão de Açúcar (GPA), uma das maiores redes de atacado de autosserviço do Brasil, está investindo R$ 40 milhões em sua primeira unidade no Sul da Bahia para gerar 300 empregos diretos e 150 indiretos ao Ilhéus. Na manhã da última sexta-feira (15), o prefeito Mário Alexandre visitou o canteiro de obras na zona sul da cidade, acompanhado de comitiva formada por secretários, vereadores e representantes do comércio local. Os executivos do empreendimento confirmaram entrega para o fim do semestre.

O prefeito Mário Alexandre classificou a chegada do hipermercado “um sonho” que em breve vai se tornar realidade. “Bem localizado, o empreendimento está com as obras a todo o vapor e, depois de pronto, aumento do emprego para nossa cidade. O grupo constantemente procura centros importantes para expansão de sua rede, e, felizmente, viram em Ilhéus, a oportunidade de investir, abrindo as portas da cidade para atração de outros negócios”.

Representantes do comércio ilheense elogiaram os avanços das obras do novo atacadista. “Estamos satisfeitos com os resultados. O empreendimento está localizado numa das áreas que mais cresce na cidade, que é a zona sul”, destaca Clóvis Junior, presidente da CDL. Já o secretário de Indústria e Comércio, Paulo Sérgio comemora os avanços. Segundo ele, “a população irá contar com um dos mais importantes equipamentos de compras e autosserviços do país”.

Mais empregos – O presidente da Associação Comercial de Ilhéus, Libério Menezes lembrou a luta do prefeito Mário Alexandre para atrair o empreendimento. “Isso mostrou que, quando se há interesse em trabalhar em prol do desenvolvimento da cidade as coisas acontecem”. Rafael Pereira representou o Sindicato do Comércio. Para ele, “o município ansiava por estes empregos, afinal, são pais e mães de família que vão garantir o sustento de suas famílias, e é claro que o comércio lucra com isso”, manifestou.

Já o vereador Ivo Evangelista avaliou positivamente o acontecimento. O representante do Poder Legislativo ilheense, ressaltou que iniciativas como esta ajudam a desenvolver economicamente o município. “Aqui está o ponta pé inicial para o ano 2019. Os esforços do prefeito e sua equipe fizeram jus ao trabalho e os resultados estão acontecendo. Um empreendimento com mais de oi mil metros de loja, estacionamento, empregos para alavancar de vez a economia da nossa cidade”.

Crescimento – O Assaí é um dos principais atacados do país e tem registrado um crescimento significativo nos últimos anos. No primeiro semestre de 2018, a rede já cresceu 25%, mantendo o ritmo, e repetiu o desempenho no terceiro trimestre, com um avanço de 25,5%. O crescimento do Assaí pode ser explicado a partir de alguns fatores. Um deles é a assertividade do negócio e a adequação aos diversos públicos que frequentam as lojas, sejam eles consumidores finais em busca de economia, sejam empreendedores que buscam preço baixo para fazer girar o seu negócio de forma viável.

Também fizeram parte da comitiva, os vereadores Pastor Matos, Ery Bar, além de representantes das entidades do comércio de Ilhéus, secretários e agentes de governo municipal.   

 

Polícia Militar e empresários vão atuar via WhatsApp no comércio de Itabuna

Domingos Matos, 10/01/2019 | 11:01

Visando garantir uma comunicação mais rápida e eficiente com a Polícia Militar, os empresários integrados as entidades da ACEI, CDL e Sindicom estarão em contato conjunto e direto com o órgão de segurança através de um grupo de WhatsApp. A rede social será um espaço aberto para que os empresários comuniquem qualquer suspeita de ato criminoso no estabelecimento ou no entorno comercial, visando ser coibido.

O pontapé inicial foi dado no início desta semana, quando o Major do 15º Batalhão da PM de Itabuna, Manoilzo Neves recebeu das classes empresariais, a doação de sete celulares smartphones, que serão distribuídos de acordo com as companhias da PM na cidade e ficarão disponível com um policial plantonista responsável por visualizar as mensagens no grupo e acionar uma viatura, caso necessário.

De acordo com o Major Manoilzo Neves, o grupo está em fase de implementação das regras de convivência, mas nós próximos dias estará funcionando. “Ao todo serão criados 4 grupos de acordo com as áreas comerciais da cidade, onde atuam as companhias da PM, no bairro São Caetano, centro da cidade, bairro Santo Antônio e os bairros Califórnia e Fátima”, explicou o Major.

Segundo o presidente da ACEI, Sérgio Velanes, o objetivo é promover o bem estar da população, além de contribuir com a ação da PM no combate a furtos e roubos no comércio em geral. “A iniciativa vai melhorar a comunicação e a informação entre lojistas e a Polícia Militar, buscando trazer tranquilidade aos clientes e às pessoas em circulação nas ruas”, defendeu o representante da classe.

A iniciativa é das entidades de classes, Associação Comercial e Empresarial de Itabuna, Câmara de Dirigentes Lojistas de Itabuna e Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista do Município de Itabuna. A estratégia de atuação será da Polícia Militar do 15º Batalhão de Itabuna.

 

Itabuna apresenta projeto da Expomel para empresários

Domingos Matos, 12/07/2018 | 11:00
Editado em 12/08/2019 | 15:57

Empresários itabunenses participaram na manhã desta segunda-feira (12), de uma reunião no Teatro Municipal de Itabuna Candinha Dória, com representantes da Prefeitura Municipal de Itabuna, através da Secretaria de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), e da Art3 Propaganda, em que tratou da 1ª Expomel Brasil e o 1º Congresso Brasileiro de Apicultura e Meliponicultura – dois dos mais importantes eventos do setor do Sul da Bahia.

Estiveram presentes representando o município, o vice-prefeito Fernando Vita; o Secretário de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, Jorge Vasconcelos; o Secretário de Saúde, Josimar Sales; e a professora Lilian Lima, responsável pelo projeto pedagógico do Congresso. Por meio de vídeo, o publicitário Tião Barros, da Art3, mostrou como serão executados os projetos que giram em torno da criação de abelhas e produção de mel e pólen, além do conceito, a importância social e financeira com a criação de abelhas e a produção de mel e pólen.

A Expomel e o Congresso Brasileiro serão realizados entre os dias 06 e 08 de novembro, e contará com presença de criadores de abelhas de todo o país. “Este evento terá uma importância significativa na geração de emprego e renda, na produção de trabalhos científicos, além é claro, no incremento do turismo de negócios”, comentou o vice-prefeito Fernando Vita. O assessor da Secretaria Municipal de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, Erlon Botelho, membro da coordenação do evento, destaca que a perspectiva é de otimismo, “em função da grande possibilidade de superaquecimento do comércio local”.

Empresários chineses visitam Ilhéus e assinam acordo para investimentos na Bahia

Domingos Matos, 14/07/2017 | 17:39

Empresários chineses e autoridades do comércio externo da China estiveram nesta sexta-feira (14) em Ilhéus para conhecer a Zona de Processamento de Exportação (ZPE) e o Porto de Malhado, interessados na construção de mecanismos que possibilitem a vinda de empresas da China para a Bahia. Ainda em Ilhéus, foi assinado um memorando de cooperação entre a Free Trade Zone Tianjin e a ZPE de Ilhéus. O evento o diretor-geral da Comissão de Comércio, Znhang Aiguo, disse ter “certeza de que faremos [Tiajin e Bahia] bons negócios no futuro”.

Tianjin, que fica na região nordeste da China, é a terceira plataforma exportadora mais importante do país e uma das maiores comunidades econômicas depois de Xangai e Pequim. A sua área de Desenvolvimento Econômico-Tecnológico serve de base praticamente para todos os polos industriais, comerciais e financeiros da região.

O secretário estadual da Casa Civil, Bruno Dauster, que representou o governador, afirmou que “Rui Costa definiu como prioridade de captação de investimentos trabalhar junto aos chineses no sentido de trazer indústrias daquele país para o sul da Bahia.  Durante a viagem até Ilhéus conversei com o presidente da zona franca de Tianjin na China, Gai Jian, que é uma das autoridades mais importantes do governo Chinês na área agrícola, e vimos possibilidades de trazer para o sul da Bahia, para a Zona Franca de Ilhéus,  indústrias de transformação de várias áreas e vimos também que, em breve, com a Fiol entrando em operação, isso será um grande facilitador da chegada dos grãos lá do oeste até aqui para receber beneficiamento nas industrias em Ilhéus, bem como outros tipos de indústrias do setor de transformação e de energia. Tianjin juntamente com Xangai e Pequim, formam os três mais importantes centros econômicos da China.”

Ainda segundo Bruno Dauster, “desenvolvimento só se faz com muito trabalho, com muito esforço. Este encontro está permitindo visualizar cada vez com mais clareza que em breve poderemos ter a concretização da Fiol, a construção do Porto Sul e do Aeroporto Internacional de Ilhéus”.

O vice-governador João Leão, um dos articuladores das conversas com os empresários e o governo de Tianjin no sentido dessa aproximação com a Bahia, embora não tenha podido estar presente aos eventos em Ilhéus, considerou “muito importante esta visita das autoridades e empresários de Tianjin a Bahia. Ilhéus e todo sul do nosso estado tem um potencial muito grande. Temos obras importantes de infraestrutura em andamento a exemplo da Fiol, temos a ampliação do aeroporto, em breve teremos o Porto Sul, estamos trabalhando para construir a ponte do desenvolvimento, ligando Salvador à Ilha de Itaparica. Temos a iniciativa empresarial de implantação da ZPE e o nosso governador Rui Costa vem realizando um governo que coloca o desenvolvimento do interior da Bahia em primeiro plano. Estou otimista quanto aos bons resultados que teremos nas relações da Bahia com a China”.

Para Paulo Guimarães, superintendente da SDE, “a região de Ilhéus tem um potencial enorme para receber novos investimentos. A vinda desta comitiva da China com autoridades e empresários que operam o maior parque de ZPE do mundo pode trazer empresas de grande porte para a região sul da Bahia. A assinatura do protocolo de cooperação entre as ZPE’s daqui e de Tianjin ampliará esta possibilidade”.

O secretário Vivaldo Mendonça, da Secti, disse que “este trabalho realizado pelo governador Rui Costa e o vice-governador João Leão, de captação de investimentos para trazer mais desenvolvimento a Bahia, será responsável por um futuro melhor para todo o estado”.

O presidente da ZPE de Ilhéus, empresário Otávio Pimentel, afirmou que “nós já temos hoje a lei que já beneficia as exportações. Com as ZPE’s nós deixamos de exportar só commodities e podemos multiplicar em mais de mil vezes a produção industrial baiana mineral e vegetal. Será um grande salto para o futuro exportarmos produtos manufaturados”.

A delegação da China veio composta por Zhang Aiguo, diretor-geral da Comissão de Comércio de Tianjin, Cai Qingfend, assessor do diretor-geral do Porto de Tianjin, Gai Jian, oficial da Comissão de Comércio, Mu Shengjun, chefe de divisão da Comissão de Comércio de Tianjin; Yin Bin, oficial da comissão de Comércio de Tianjin; Shao Weitong, primeiro secretário da Embaixada da China no Brasil, e Margarida Xu, vice presidente da Associação e Plataforma Intercontinental. 

Pernambucanos se reúnem com Vane e Emasa já testa dessalinizador

Domingos Matos, 08/07/2016 | 19:38
Editado em 08/07/2016 | 20:13

Depois de uma longa reunião com o prefeito Claudevane Leite, hoje, na prefeitura, os empresários pernambucanos foram liberados para fazer testes com o dessalinizador nas águas da Emasa. No vídeo, o primeiro teste, que foi feito hoje, nas dependências da própria Emasa. Os empresários foram autorizados a fazer uma demonstração pública na segunda-feira.

Como não há informaões da prefeitura sobre o negócio, não se tem ideia dos custos adicionais para o tratamento. Porém, levando em conta que a justiça liberou a Emasa para cobrar o valor integral nas contas da água, o que certamente incluirá os custos adicionais, não é difícil imaginar quem vai pagar a conta - que receberá o sal retirado da água...

O Trombone informou, ontem, que os empresários fizeram visitas noturnas - e diurnas - à empresa, que vive um momento turbulento, com um ex-diretor preso e diretoria sob suspeita, na mira do Ministério Público.

Relembre AQUI

Em meio a crise e investigações, Emasa recebe visita de empresários

Domingos Matos, 07/07/2016 | 11:54
Editado em 07/07/2016 | 13:17

Para que serve uma crise? Segundo os empreendedores, para revelar oportunidades ocultas ou dificultadas em tempos de paz. Nesse sentido, as crises da Emasa - falta d'água, de liquidez financeira e de decoro - parecem estimular os empreendedores oportunistas - não no sentido construtivo do termo.

Na noite de ontem, quarta-feira (06), autorizados pela Prefeirura - por quem da Prefeitura? - empresários de Pernambuco estiveram na Estação de Tratamento da Emasa, em uma visita que durou das 20 às 23 horas.

Hoje pela manhã, voltaram ao mesmo local. Estavam acompanhados pelo gerente de Manobras, Moisés Rosas (de camisa listrada, na foto acima - clique para ampliar).

Aguardemos as cenas dos próximos capítulos.

P.S. do Trombone

Bem que a prefeitura e a Emasa poderiam, em homenagem ao direito à informação, divulgar todas os atos envolvendo a empresa, em vez de divulgar notas afirmando que a diretoria não está sendo investigada (nota, aliás, que teremos oportunidade de tratar aqui).

Congresso discute desafios para microempresários

Domingos Matos, 01/05/2016 | 13:11

Começa nesta segunda-feira, 2, em Itabuna, o VII Congresso Norte/Nordeste da Pequena Empresa, no Centro de Cultura Adonias Filho, a partir das 13h30min. O evento é uma realização da Associação das Micro, Pequenas Empresas e do Empreendedor Individual do Estado da Bahia (Ampesba), em torno do tema Políticas Públicas Para o desenvolvimento dos Pequenos Negócios – Nós Podemos Mais. O encerramento está previsto para terça-feira, 3, às 15 horas, com entrega de certificados.

A palestra de abertura será conduzida pelo desembargador Valtércio Ronaldo Oliveira de Oliveira. Em seguida, Ana Carina apresenta o tema A Importância dos Municípios no Desenvolvimento dos Pequenos Negócios. Após intervalo para um café, Paulo Fábio discorre sobre Linhas de Crédito do Banco do Nordeste e o professor e contador Gunter Amorim fala sobre o tema O Brasil Mais simples, na última palestra do dia.

A apresentação do Coral da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) marca a abertura dos trabalhos do segundo dia do evento, às 9h30min.  Depois dele, Fabiano Braga Brun apresenta o tópico Inovar: Desafios para o Sucesso. Estudantes dos cursos de Engenharia da Produção e e Língua Estrangeira Aplicadas (LEA) da Uesc falam sobre o tema Movimento das Empresas Juniors Enquanto Alternativas para a Crise. A última palestra do evento, sobre Inclusão Produtiva com Segurança Sanitária - RDC 49/2013, será conduzida pela equipe da Vigilância Sanitária da Prefeitura Municipal de Itabuna.

O presidente da Ampesba, Valdir Ribeiro, diz que o principal objetivo do congresso é fortalecer o segmento das micro e pequenas empresas e dos empreendedores individuais, proporcionando o aprofundamento de temas presente na realidade dos empresários. “O Sul da Bahia, mais uma vez, mostra a força dos seus empreendedores”, ressalta, lembrando que a carga horária curricular do evento para os estudantes é de 15 horas.

Homenagem a Adervan

Valdir Ribeiro adianta também que o jornalista e empresário José Adervan de Oliveira, diretor do Jornal Agora será o homenageado do congresso. “Ele receberá uma placa pelos relevantes serviços prestados a Itabuna e à região nos 35 anos de atividades desse importante jornal e também por sempre apoiar nossa entidade”, justifica.

Empresários itabunenses na bronca com Azevedo

Domingos Matos, 11/10/2010 | 13:12
Editado em 11/10/2010 | 14:00

Um grupo formado pelas principais entidades representativas do empresariado itabunense - em sua grande maioria formada de micro, pequenas e médias empresas - distribuiu nota pública repudiando a atitude "antidemocrática" do Poder Executivo, que preferiu passar seu rolo-compressor para aprovar o novo Código Tributário do Município.

No ano passado, quando o governo Azevedo tentou aprovar, no apagar das luzes, o tal código, uma forte reação da sociedade - além da dúvida do Executivo quanto à garantia da aprovação - impediu a apreciação do texto no Plenário. Foram detectados pela oposição e pelos empresários "erros" em alguns artigos, que garfavam o contribuinte de maneira acintosa.

Então, foi proposta pelas entidades uma cooperação para a formatação de sugestões que se transformariam em emendas ao projeto original, de forma que as empresas não saíssem tão lesadas e o Município aumentasse sua base de arrecadação. Essas entidades então mobilizaram recursos para que o estudo fosse realizado e o texto estivesse pronto assim que o governo resolvesse voltar à carga com o projeto.

Qual não foi a surpresa dos empresários, alguns deles antigos fãs do prefeito Azevedo, quando o Executivo simplesmente rompeu o acordo de cooperação e resolveu mandar o "seu" projeto para a "dócil" Câmara Municipal, que o aprovaria sem maiores resistências - registramos as exceções de praxe, quais sejam, os vereadores que se mantêm na oposição: Roberto de Souza, Wenceslau Jr, Claudevane Leite e Ricardo Bacelar.

Leia a bronca dos empresários:

"(...)Em consequência desse comportamento, manteve, com a contribuição passiva da Câmara Municipal, uma legislação predominantemente distorcida, escorchante e abusiva. Em virtude do procedimento inadequado de membros do Poder Executivo, as entidades abaixo assinadas repudiam o tratamento desrespeitoso com o empresariado itabunense, reconhecidamente gerador de emprego, renda e desenvolvimento em nossa cidade."

Para ler toda a Nota Oficial, clique AQUI.

Ampesba realiza congresso de empresários da pequena empresa

Domingos Matos, 24/05/2010 | 11:50
Editado em 08/04/2010 | 11:15

ampesbaA Associação das Micro e Pequenas Empresas do Estado da Bahia (Ampesba) realiza, no próximo dia 30, o Congresso Norte/Nordeste de Empresários da Pequena Empresa, quando serão tratados temas como lei geral da pequena empresa, associativismo, a importância do agronegócio no desenvolvimento regional, medicina legal no trabalho entre outros.

O presidente da Ampesba, Valdir Ribeiro, afirma que essa é uma oportunidade para empresários, políticos, estudantes e profissionais ligados à difusão do empreendedorismo se atualizarem com as demandas do setor de pequenas e microempresas. "O que a gente observa é que há duas visões sobre empreendedorismo e liderança. Os que levam a sério, alcançam e mantêm o sucesso em suas áreas. Os outros apenas batem cabeça", afirma Valdir Ribeiro.

Ele se refere também aos prefeitos de Cariacica (ES), Helder Salomão, e de Maringá (PR) Sílvio Barros, ambos reeleitos com folga em seus municípios. "Eles fazem questão de participar de um evento como esse e de compartilhar suas experiências. Um exemplo para nossos políticos e nossos empresários. Sejamos empreendedores".

As inscrições podem ser feitas pelo email da Ampesba - ampesba@yahoo.com.br -, ao preço de R$ 10,00, com direito a certificado de 10 horas e a almoço por conta. O evento será realizado no auditório Paulo Souto, na Universidade Estadual de Santa Cruz.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.