Tag: envelhecimento

“Aprender” — verbo que promove a autoimagem positiva

A LBV incentiva a autonomia, através de temáticas sociais e oficinas, nos seus atendidos do Vida Plena

Domingos Matos, 22/08/2019 | 23:03

Itabuna/BA — É comum que algumas limitações, para determinados afazeres e comportamentos, apareçam na terceira idade, assim como mudanças físicas e psicológicas; e essas modificações podem deturbar a imagem que o idoso tem de si mesmo. Dessa forma, é importante pontuar que a realização de atividades que promovam uma autoimagem positiva é fundamental para a motivação, uma melhor qualidade de vida e a satisfação pessoal dos idosos.

Diante disso, a Legião da Boa Vontade (LBV) procura, por meio de práticas pedagógicas — inspiradas na Pedagogia do Afeto e na Pedagogia do Cidadão Ecumênico, desenvolvida pelo educador Paiva Netto — e atividades educativas, incentivar a autoimagem, a autonomia e a criatividade dos seus atendidos como artesanato, dança, esportes e palestras educativas pertinentes à terceira idade.

Um exemplo desse trabalho é a realização do serviço de convivência Vida Plena, onde os idosos têm a oportunidade de vivenciarem a terceira idade de forma saudável e feliz, praticando esportes, participando de oficinas e adquirindo novos conhecimentos sobre variados assuntos.

As irmãs Marilene e Eliana Santos são atendidas por essa iniciativa da LBV e dessa forma, mantêm a mente ativa e sadia. “Eu me matriculei e convidei minha irmã para virmos juntas. A gente já vai dormir pensando em acordar mais cedo para chegar [na LBV] cedo. Cada vez que a gente [participa das atividades] é um aprendizado a mais”, relata Marilene Santos.

Nos encontros são discutidos temáticas sociais e pessoais, além da realização de oficinas lúdicas, como o artesanato que serve “como forma de incentivo e autoajuda para que eles possam fazer em casa, pois a maioria dos integrantes do grupo são idosos que moram sozinhos e vivem em extrema situação de vulnerabilidade”, explica a assistente social, Pádua Luana.

Para Eliana Santos, os encontros nos ensinaram muitas coisas importantes, inclusive o seu mais novo hobby que é o artesanato: “Aprendi a fazer muitas coisas bonitas, principalmente com o canudinho de papel [de revista]. Quando eu tenho um tempinho a noite, em casa, eu faço com materiais que eu comprei e alguns recicláveis, é muito bom para distrair a mente”, declarou.

 

Sobre o Vida Plena =D

Com idade igual ou superior a 60 anos, os idosos participam de atividades que colaboram no processo de envelhecimento saudável, no desenvolvimento da autonomia, socialização e fortalecimento dos vínculos familiares, interpessoais e intergeracionais; e na inserção sociocultural para o fortalecimento da cidadania.

Na LBV, os idosos participam de diversas atividades, como: artesanato, dança, esportes e palestras educativas pertinentes à terceira idade, além de receberem o atendimento necessário da equipe da Instituição.

Visite, apaixone-se e ajude a LBV! Em Itabuna, o Centro Comunitário de Assistência Social, da Legião da Boa Vontade, está localizado na Rua Gileno Amado, 135 — Caixa D’Água. Para outras informações, ligue: (73) 3212-6242.

II Meeting de Envelhecimento Ativo e Longevidade na Santa Casa de Itabuna 

Domingos Matos, 20/05/2019 | 12:28

Será realizado no próximo dia 06 de junho,  o II Meeting de Envelhecimento Ativo e Longevidade.O evento vai acontecer no auditório da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna às 19h e traz como tema central, “A revolução da longevidade”.

De acordo com os organizadores, Marcos Jader Vieira e Marília Vieira, da Reative Academia Terapêutica e Fisioterapia, o objetivo do encontro é discutir e explanar tudo sobre o envelhecimento ativo, longevidade e a importância de envelhecer com saúde e qualidade de vida nos dias atuais.

Voltado para os profissionais e estudantes da área de saúde, o meeting visa, também, atualizar sobre os assuntos mais relevantes quando se fala em tratamentos, medidas preventivas, para se obter qualidade na terceira idade e conseguir longevidade com saúde.

Durante o evento,serão feitas diferentes abordagens através da visão de profissionais das áreas de medicina,psicologia, fisioterapia, nutrição, educação física e enfermagem.

O meeting é uma realização da Reative Academia Terapêutica e Fisioterapia com o apoio da Santa Casa de Itabuna.

Para participar, os interessados deverão trazer um pacote de fralda adulto ou infantil. O material arrecadado será doado para a Santa Casa de Itabuna.

 

FTC promove qualidade de vida com a Faculdade Aberta da Terceira Idade

Domingos Matos, 08/04/2019 | 10:44

O que acontece com nosso corpo quando envelhecemos? Como prevenir doenças na terceira idade? Quais os direitos do idoso e quem deve assegurá-los? Estes e outros questionamentos têm movimentado idosos de Itabuna e de cidades vizinhas que participam das oficinas da Faculdade Aberta da Terceira Idade (FTerCeira Idade), que é mantida pela Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC), na busca de novos conhecimentos que possam assegurar-lhes um envelhecimento saudável.

Implantada em 2010 no campus da FTC Itabuna, o projeto FTerCeira Idade surgiu com o objetivo de proporcionar aos idosos um espaço de multiplicação de conhecimentos numa perspectiva de desenvolver novos saberes capazes de promover uma melhor qualidade de vida, levando em conta aspectos como socialização, prevenção de doenças e cuidados com a saúde, manutenção e garantias de direitos,  alimentação saudável, economia doméstica, além de questões ligadas ao meio ambiente, inclusão digital, elevação da autoestima e preservação da memória.

Há quase 10 anos participando das atividades da FTerCeira Idade, Helena Marinho Capistrano, é uma das mais encantadas com o projeto e se emociona ao falar do quanto as oficinas têm contribuído para que ela viva de maneira mais saudável e consciente a fase da terceira idade. “Sinto-me beneficiada tanto física quanto psicologicamente. Através das oficinas, minha autoestima melhorou bastante. Fiz novas amizades, aprendi a cuidar melhor da minha saúde, ter mais amor ao próximo, a respeitar as diferenças. Confesso que hoje me sinto mais feliz”, arrematou Helena.

Segundo a coordenadora do projeto, professora Andréa Cristine Machado, neste semestre, sessenta idosos estão inscritos na Faculdade Aberta da Terceira Idade, cujo acesso é totalmente gratuito. Ela explica que as atividades são desenvolvidas de segunda a sexta-feira, no turno vespertino, envolvendo discentes, docentes de todos os colegiados de cursos e voluntários, focando temáticas ligadas à promoção da saúde do idoso, além de oficinas especiais tratando temas relacionados aos direitos dos idosos, direitos previdenciários, dentre outros.

Para ter acesso aos serviços ofertados pela Faculdade Aberta da Terceira Idade, pessoas com mais de 60 anos devem procurar atendimento para inscrição na Central de Atendimento ao Docente, que funciona no 1º andar do campus-sede da FTC Itabuna, no horário das 8h às 12h e das 14h às 17h. As oficinas da FTerCeira Idade acontecem de segunda a sexta-feira, das 14 às 17 horas. No ato de inscrição é necessário apenas o preenchimento de uma ficha individual de informações.

Planserv contabiliza mais de 100 beneficiários “centenários”

Domingos Matos, 13/03/2017 | 13:57

A aposentada Raymunda Rodrigues da Silva é beneficiária do Planserv - Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Estaduais há 40 anos. No último sábado (11) ela completou 106 anos de vida, com saúde e lucidez. A aniversariante do último fim de semana é uma das “centenárias” do plano, que se orgulha de ter mais de 100 beneficiários com mais de cem anos de idade em sua carteira.

“Temos exatos 102 beneficiários nesta faixa etária. Este dado nos motiva a continuar trabalhando para proporcionar saúde, bem estar e qualidade de vida aos idosos. O aumento da expectativa de vida da população é uma realidade e precisamos estar cada vez mais preparados para atender da melhor forma a este público tão especial”, declara a Coordenadora Geral do Planserv, Cristina Cardoso.

Dona Raymunda vai pouco ao médico. Ela se alimenta bem, interage com a família e não apresenta problemas significantes de saúde. Contudo, ela é uma exceção, já que com o avançar da idade, a maioria das pessoas apresentam doenças que acabam prejudicando sua qualidade de vida. Por isso, garantir a assistência à saúde dos idosos é fundamental.

De acordo com Cristina Cardoso, 24% dos beneficiários do Planserv têm 60 anos ou mais. O envelhecimento da carteira do Planserv tem afetado as despesas assistenciais com efeitos crescentes sobre os gastos com cuidados de longa duração e alta complexidade. Mesmo assim, ao contrário de outros, que cobram de acordo com a faixa de idade, “o Planserv é um plano solidário na medida em que a contribuição do beneficiário varia de acordo com sua remuneração, o que facilita o acesso e a manutenção dos idosos na carteira da Assistência. Dificilmente, algum aposentado escolheria pagar um plano de acordo com sua faixa de idade se tem à disposição um sistema proporcional ao seu salário”, destaca a gestora.

Outro reflexo da preocupação do Planserv com o envelhecimento da população é a manutenção do Programa de Saúde do Idoso, gerido pela Coordenação de Prevenção da assistência. Com o objetivo de oferecer um atendimento multidisciplinar ao idoso, a fim de estimular sua capacidade funcional e autonomia, o programa beneficia cerca de 1900 beneficiários atualmente. Para isso, conta com cinco prestadores e 52 profissionais cadastrados, entre geriatras, nutricionistas, fonoaudiólogas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e psicólogos.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.