Tag: faculdade

Rede FTC oferece mais de 10 mil atendimentos gratuitos durante Semana de Responsabilidade Social

Domingos Matos, 23/09/2019 | 17:32

Entre os dias 21 e 28 de setembro, todas as unidades da Rede FTC oferecem serviços gratuitos nas áreas de saúde, empregabilidade, assessoria jurídica e sustentabilidade. O conjunto de ações acontece em adesão à Semana de Responsabilidade Social, campanha realizada em todo país pela Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior (ABMES).

Em Itabuna, os serviços começam na segunda-feira (23), quando os cursos de Psicologia, Sistemas de Informação, Enfermagem e Nutrição estarão desenvolvendo oficinas, workshops e cursos no campus 1 da FTC Itabuna e em escolas da rede pública municipal. Até a sexta-feira (27), as atividades estarão focadas na promoção da educação para a saúde, na qualificação para o mercado de trabalho, inclusive com orientação vocacional.

A Semana de Responsabilidade Social da FTC Itabuna terá sua culminância no sábado (28), quando, juntamente com mais de 30 parceiros, estudantes, professores e colaboradores da Faculdade ofertarão mais de 50 serviços, como atendimento jurídico, serviços de saúde, atividades de recreação para as crianças e minicursos. Também, serão ofertados serviços de corte de cabelo, além de Feira de Adoção de Cães e Gatos, realizada pelo curso de Medicina Veterinária em parceria com ONGs que atuam na defesa e proteção dos animais.

As ações sociais da Rede FTC se estendem a todas as unidades do grupo educacional, localizadas em outras seis cidades da Bahia, Petrolina e São Paulo. Juntas, as unidades devem oferecer cerca de 10 mil atendimentos gratuitos à população. “As ações pontuais desenvolvidas no bojo da Semana de Responsabilidade Social só reforçam o compromisso perene da Rede FTC com a prestação de serviços às comunidades e com a formação humanística e ética dos nossos alunos. Durante todo o ano, o cidadão pode contar com a nossa estrutura para receber esses e outros serviços, gratuitamente”, destaca o Presidente da Rede FTC, William Oliveira.  

Inaugurada 13ª Policlínica Regional de Saúde em Itabuna

Domingos Matos, 20/09/2019 | 13:09

A décima terceira Policlínica Regional de Saúde da Bahia foi inaugurada pelo governador Rui Costa, nesta sexta-feira (20), em Itabuna. A unidade de saúde, que contou com um investimento de R$ 25 milhões, entre obras e equipamentos, e já começa a funcionar na segunda (23), beneficia 750 mil moradores de 29 municípios da região. Também nesta sexta, Rui entregou 15 micro-ônibus, que farão o transporte dos pacientes para a policlínica, além de 12 ambulâncias.

"Hoje, 268 cidades, mais da metade dos municípios baianos, já são atendidas por uma policlínica regional. A próxima inauguração será em Simões Filho, na região metropolitana de Salvador, e em seguida Senhor do Bonfim e logo depois Barreiras. Até novembro, nós chegaremos a 15 policlínicas entregues. É o maior investimento em saúde pública do Brasil, fortalecendo a atenção básica", afirmou Rui.

Ainda de acordo com Rui Costa, o Governo segue cumprindo o objetivo de regionalizar a saúde na Bahia. “Para isso, o Estado paga integralmente a implantação da policlínica, com obras, equipamentos e os micro-ônibus, e ainda participa com 40% dos custos operacionais mensais. Os outros 60% são divididos entre os municípios dos consórcios, de acordo com o tamanho de cada um”, detalhou.

Segundo o secretário da Saúde, Fábio Vilas Boas, com a Policlínica, a região cacaueira passa a ser autossuficiente em exames. "Esta é uma das maiores realizações da saúde pública na região cacaueira da Bahia. São mais de 15 especialidades médicas, todos os tipos de exames complementares, desde um simples eletrocardiograma até uma ressonância eletromagnética e uma tomografia computadorizada".

Ao todo, a policlínica conta com 78 profissionais, entre médicos, enfermeiros, psicólogo, farmacêutico, nutricionista, ouvidor, assessores técnicos, assistente social, técnicos em enfermagem, técnicos em radiologia e assistentes administrativos. As especialidades oferecidas são angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastroenterologia, neurologia, ortopedia, oftalmologia, otorrinolaringologia, ginecologia/obstetrícia, mastologia e urologia, entre outras.

Os municípios atendidos são Almadina, Arataca, Aurelino Leal, Barro Preto, Buerarema, Camacã, Canavieiras, Coaraci, Firmino Alves, Floresta Azul, Gongogi, Ibicaraí, Ibirapitanga, Ilhéus, Itabuna, Itacaré, Itaju do Colônia, Itajuípe, Itapé, Itapitanga, Itororó, Jussari, Mascote, Pau Brasil, Potiraguá, Santa Cruz da Vitória, Santa Luzia, São José da Vitória e Una.

O cacique Gerson Pataxó, de Pau Brasil, disse que a policlínica de Itabuna terá uma grande importância para as populações indígenas. "São mais de 4,8 mil pessoas da nossa etnia aqui na região, em Pau Brasil, Camacã e Itaju do Colônia, municípios que fazem parte do consórcio e que não tinham acesso aos exames oferecidos. Agora, toda essa gente já pode fazer esses exames".

Para o técnico em radiologia Alone Oliveira, responsável por operar o aparelho de ressonância magnética da policlínica, essas unidades de saúde estão ampliando o mercado de trabalho para os profissionais da sua área. "Essas policlínicas fazem a nossa região crescer muito. Nós temos faculdades dessas especialidades na nossa região e a Policlínica nos dá essa oportunidade de trabalharmos com equipamentos de última geração com imagem em 3D e 4D”, contou.

 

Segurança Pública

Completando a agenda em Itabuna, o governador entregou 52 viaturas para a Polícia Militar, reforçando a segurança em 41 municípios da região.

 

Alunos do Instituto Municipal de Ensino retomam as aulas no Prédio da Faculdade Madre Thaís

Domingos Matos, 19/09/2019 | 17:33

As aulas no Instituto Municipal de Ensino (IME) Eusínio Lavigne foram restabelecidas na última segunda-feira (16), no prédio da Faculdade Madre Thaís, na Avenida Itabuna. A instituição de ensino está ocupando 22 salas, 20 destinadas às classes do 6º ao 9º ano, nos turnos matutino e vespertino e duas destinadas aos professores e diretores.

A unidade sofreu um princípio de incêndio que causou susto em professores, funcionários e alunos já no final de tarde de 28 de agosto. O Corpo de Bombeiros Militar foi acionado e controlou o foco. Por sua vez, a Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) relocou temporariamente o alunado para o prédio da instituição universitária.

A vice-diretora do IME, Patrícia Mendonça Magalhães explicou que os estudantes estão em fase de adaptação, contudo a rotina escolar está sendo mantida dentro da normalidade. Para garantir a segurança dos estudantes dentro e nas imediações do prédio, a escola conta com a parceria da Polícia Militar da Bahia e da Superintendência de Transporte, Trânsito e Mobilidade (Sutram).

Os alunos do noturno matriculados no programa Educação de Jovens e Adultos (EJA) ocupam as instalações da Escola Municipal Heitor Dias. Em seus 80 anos de existência, o IME possui cerca de 1.600 alunos, incluindo os discentes dos cursos de Teologia, Rotina Administrativa e Pré Militar. Ainda não há previsão para o final da reparação no prédio do IME.

 

Ilhéus: alunos do Instituto Municipal de Ensino serão alocados na Faculdade Madre Thais

Domingos Matos, 12/09/2019 | 07:05
Editado em 12/09/2019 | 10:33

Alunos dos turnos matutino e vespertino do Instituto Municipal de Ensino (IME) Eusinio Lavigne, serão temporariamente alocados na Faculdade Madre Thaís, situado na Avenida Itabuna. De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Lazer (Seduc), as aulas terão reinício na próxima segunda-feira (16), a partir das 7h.

O espaço possui 20 salas com ar-condicionado ocupadas no 1º andar da instituição. Essa medida foi devido a um princípio de incêndio no interior do IME, ocorrido no último dia 28 de agosto, que causou susto nos professores, funcionários e alunos. O Corpo de Bombeiros e a Coelba foram acionados e as aulas interditadas.

Enquanto o prédio passa por reformas corretivas e preventivas da sua estrutura. Com isso, o Governo Municipal visa continuar a oferecer segurança aos professores, alunos, pais e responsáveis. Os alunos do noturno que integram o programa Educação de Jovens e Adultos (EJA), ocupam as instalações da Escola Heitor Dias.

Com 80 anos de existência, o IME possui cerca de 1.300 alunos. A instituição realiza trabalho educacional em parceria com cursos de Teologia, Rotina Administrativa e Pré Militar, totalizando cerca de 1.600 alunos. Recentemente, a Prefeitura incluiu a unidade no projeto de requalificação total com outras 10 unidades escolares.

 

Estudante baiano cria bebida que auxilia no tratamento de diabetes

Domingos Matos, 11/09/2019 | 08:05
Editado em 11/09/2019 | 00:31

Poucas pessoas tem um olhar para enxergar um desafio e buscar uma solução inovadora. Esse é o caso de Diogo Regis, 17 anos, estudante do Centro Territorial de Educação Profissional da Bacia do Rio Grande (Cetep), em Barreiras, no oeste da Bahia, que desenvolveu, em seu trabalho de iniciação científica, uma bebida nutricional à base de um fruto típico da região, o jatobá. 

A bebida pode ajudar na alimentação de pessoas que possuem anemia, diabetes, e outras doenças, por conta do baixo teor de açúcar e do alto teor de nutrientes como ferro e magnésio. De acordo com o jovem pesquisador, a ideia surgiu como uma possível solução para o desperdício que há na região em relação ao jatobá. “Como o jatobá é uma fruta típica aqui de Barreiras, é comum que, em algumas épocas do ano, uma parte seja descartada”, afirma.

Com a matéria-prima abundante e a vontade de melhorar a qualidade de vida das pessoas, Diogo pensou, inicialmente, em submeter a ideia à Feira de Ciências e Tecnologia realizada no Cetep. “Procurei a professora Wilka Miranda, que me ajudou a elaborar o projeto. Após alguns estudos, descobrimos que o jatobá pode atuar na hemoglobina, prevenindo e curando a anemia e na diminuição do açúcar no sangue, prevenindo e controlando a diabetes”.

A iniciativa está em fase de desenvolvimento, através da realização de testes para aperfeiçoamento, mas Diogo já adianta que, quando concluída a fase de testes, os benefícios serão muitos. “Além do apoio na alimentação para a população em geral, a bebida trará benefícios para as comunidades extrativistas que poderão comercializar o fruto, tornando a prática uma fonte de renda”, explica.

A orientadora do projeto, Wilka Miranda, que é engenheira agrônoma, chama atenção para a importância de apoiar iniciativas científicas desde o ensino médio. “Incentivar a pesquisa entre os jovens é fundamental na formação não apenas de profissionais, mas de cidadãos conscientes e preocupados em buscar soluções para melhorar a vida das pessoas e do meio ambiente de forma geral”. Entre os apoiadores que ajudaram na concepção do projeto estão a Faculdade São Francisco de Barreiras (Fasb) e o próprio Cetep BRG.

 

MP recomenda interdição de ponte no município de Jequié

Domingos Matos, 08/09/2019 | 17:32

O Ministério Público do Estado da Bahia, por meio do promotor de Justiça Maurício Foltz Cavalcanti, recomendou ao Município de Jequié que interdite imediatamente a ponte sobre o Rio Jequiezinho, localizada na Rua Antônio Orrico, nas proximidades de uma faculdade. O objetivo é coibir o uso da ponte por veículos automotores, ciclistas e pedestres até que sejam adotadas medidas emergenciais de manutenção, recuperação e/ ou requalificação do equipamento.

Segundo o promotor, inspeção técnica realizada pela Central de Apoio Técnico do MP (Ceat) constatou um cenário de risco, com probabilidade de colapso estrutural da ponte e de queda de pessoas, ciclistas ou veículos, já que não há estrutura adequada de contenção nas laterais e cabeceiras. Por conta disso, o Município foi orientado a mitigar os riscos imediatos mais gravosos à vida.

 

Secti e Faeb alinham estratégias no 3º Workshop Cacau Sul Bahia

Encontro da Secti com a Faeb, organizadora do evento, teve início com uma reunião

Domingos Matos, 06/09/2019 | 11:32

O cacau é considerado uma das maiores riquezas da Bahia. Agora, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e a Federação de Agricultura e Pecuária do Estado (Faeb) vão unir forças para alavancar ainda mais este setor que tem alto potencial econômico. O elo entre as duas partes se estruturou durante o 3º Workshop Cacau Sul Bahia, que aconteceu no auditório do edifício sede da Faeb/Senar, localizado no Comércio, na quinta-feira (5). O tema do encontro foi “diversificação na produção de cacau”.

Antes mesmo do evento começar, a Secti, representada pela secretária Adélia Pinheiro, foi convidada para uma reunião de cortesia, na qual a equipe de diretoria da Faeb, liderada pelo presidente Humberto Miranda, apresentou os projetos da casa e afirmou o compromisso com a indústria agropecuária baiana. Já em sua fala ao longo da apresentação que antecedeu as atividades do Workshop, o presidente ressaltou a necessidade de aproximar a Secti para desenvolver o agronegócio na Bahia. “Todo baiano é um pouco cacauicultor pela importância que este fruto tem na história do estado e precisamos da ciência, tecnologia e inovação para desenvolver ainda mais esta área e, assim, torná-la novamente uma fonte econômica”, afirmou.

A secretária da Secti, Adélia Pinheiro, acredita que é necessário protagonizar este espaço da produção do cacau com inovação. “A região é muito rica, cheia de instituições de ensino, faculdades, e com o maior número de doutores, proporcional a quantidade de habitantes. Por tudo isso, é necessário estreitarmos os laços entre todo o ecossistema de CT&I e a produção de cacau. É uma satisfação colocar a Secti à disposição deste setor produtivo”, ressaltou.

O evento, que também teve a participação do secretário de Meio Ambiente João Carlos, contou com a apresentação do Instituto Arapyaú, responsável por uma exposição sobre o potencial econômico do cacau e a necessidade de diversificar esta receita. O dia seguiu com as atividades do Workshop que trouxeram cases envolvendo inovação para gerar novas perspectivas em cima de um dos alimentos mais ricos da Bahia.

Itabuna sedia III Conferência Territorial de Direitos da Criança e do Adolescente

Domingos Matos, 03/09/2019 | 20:33

Itabuna sediou nesta terça-feira (03), no auditório da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC), a terceira edição da Conferência Territorial de Direitos da Criança e do Adolescente. O evento que teve como tema “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências” contou com a presença de representantes de 26 municípios que compõem o Território Litoral Sul, entre eles, Secretários de Assistência Social, Conselheiros Tutelares, Delegados e gestores do setor.

Como protagonistas do evento, crianças e adolescentes que são atendidas pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos dos municípios de Itabuna e de Maraú fizeram belíssimas apresentações musicais. Crianças de Maraú mostraram talento e intimidade com a flauta doce, enquanto que as de Itabuna usaram a voz e o violão para interpretar a música “Tempo Perdido”, de Legião Urbana. Anfitriã da Conferência, a Secretária de Assistência Social de Itabuna, Sandra Neilma, esteve representando o prefeito Fernando Gomes e aproveitou o momento para parabenizar a grande representação dos municípios que integram o Litoral Sul.

Na oportunidade, ela destacou a importância da Conferência que tem como missão promover no âmbito do Sistema Único da Assistência Social, a garantia da oferta de serviços de Proteção Básica e Proteção Social Especial a todos que dela necessitam. “Este é um momento de extrema importância para todos nós que lutamos para garantir os direitos de nossas crianças e adolescentes, enfim, para traçar estratégias que possam fortalecer nossas políticas de Assistência Social”.

E ressaltou a importância de parcerias importantes com instituições como o Ministério Público do Trabalho e a Fundação Marimbeta. “Também sabemos das dificuldades enfrentadas, mas temos consciência do nosso papel, do nosso dever ao compor essa rede de proteção para que a criança e o adolescente seja sempre prioridade”, frisou a Secretária Sandra Neilma, finalizando que “este é o momento de fortalecer as propostas que serão levadas para outra instância de discussão”.

         

Encontro reúne em Itabuna secretários de Educação do Litoral Sul

Domingos Matos, 28/08/2019 | 13:01

Cerca de 30 secretários, assessores e técnicos municipais de Educação se reuniram na manhã desta quarta-feira (28), na Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC Itabuna – Campus I) em mais um encontro territorial no âmbito da Undime Bahia (União Nacional dos Dirigentes Municipais da Educação – Secccional Bahia Território Litoral Sul). 

A Undime é um dos principais órgãos nacionais na defesa do fortalecimento de políticas de desenvolvimento da Educação, com abrangência em todo o país e com atuação nos estados e nas regiões através de suas divisões estaduais e subdivisões regionais. 

O evento tem a assinatura da secretária municipal da Educação de Una, Soelma Silva Santos, coordenadora técnica da Undime. 

A secretária indica que este é “o segundo encontro territorial do Litoral Sul, encontros esses que são feitos mensalmente para dialogarmos sobre as demandas da Educação, ações que serão desenvolvidas e o resultado final que pretendemos obter, tendo como público alvo secretários de Educação do nosso litoral e os técnicos das secretarias”.

Na pauta do encontro desta quarta-feira, a apresentação do Plano de Ação do Litoral Sul, feita pelo diretor do território, o professor Alessandro Alexandrino Santos, secretário de Educação do Município de Aurelino Leal e diretor territorial da Undime no Sul da Bahia. Ainda durante a programação, a palestra do professor José Augusto Aquino, num debate com o tema “Olhares sobre o IDEB [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica]”.

Como município anfitrião do encontro, o município de Itabuna esteve representado pela secretária municipal da Educação, professora Nilmecy Gonçalves, que disse que “é muito bom quando pessoas envolvidas em cenários que são semelhantes entre si se reúnem para buscar os caminhos que denotam a busca por melhorar as condições da qualidade do ensino, dos índices de desenvolvimento e da gestão municipal”. 

Entre os municípios participantes, foram convidados, além de Itabuna, as cidades de Ilhéus, Una, São José da Vitória, Uruçuca, Ibicaraí, Itajú do Colônia, Floresta Azul, Itapé, Itacaré, Arataca, Jussari, Buerarema, Mascote, Camacan, Canavieiras, Pau Brasil, Santa Luzia, Ubaitaba, Aurelino Leal, Barro Preto, Itajuípe, Maraú, Coaraci, Itapitanga e Almadina. 

Após greve de vigilantes, aulas do período noturno são suspensas em algumas unidades da Ufba

Domingos Matos, 28/08/2019 | 12:34
Editado em 28/08/2019 | 11:04

Algumas unidades da Universidade Federal da Bahia (Ufba) decidiram suspender as aulas do período noturno, depois que os vigilantes que prestam serviço para a instituição iniciaram uma greve por tempo indeterminado, na terça-feira (27).

Entre as unidades da Ufba que suspenderam as aulas no período noturno estão o Instituto de Química e Física, a Escola Politécnica, a Faculdade de Direito e o Instituto de Biologia. Não há previsão de quando as atividades vão ser normalizadas nessas unidades.

Segundo os vigilantes, a UFBA possui uma dívida de R$ 15 milhões com a empresa que detém o contrato de terceirização dos cerca de 380 vigilantes.

O Sindicato dos Vigilantes (Sindivigilantes) informou que a empresa garantiu os salários deste mês, mas informou que não terá como arcar com o próximo pagamento. Com isso, a categoria a provou a greve e reivindica que a Ufba pague os salários diretamente aos vigilantes.

Por meio de nota, a Ufba informou que está ciente da paralisação por tempo indeterminado dos vigilantes e que mantem diálogo com a MAP, empresa responsável pelo contrato com os vigilantes, e também com o sindicato, buscando alternativas para reduzir as pendências financeiras.

A nota informa ainda que, para garantir a segurança da comunidade, solicitou que seja mantida 30% da equipe de vigilantes, como prevê a legislação, além de alertar a Polícia Militar para reforçar o entorno dos campi.

 

Semana passada

Na quinta-feira (22), os vigilantes já havia feito uma paralisação de 24h, por conta da situação. Na ocasião, através de nota, a universidade informou que mantinha diálogo com o sindicato da categoria e com a empresa responsável pela contratação dos vigilantes, na busca de alternativas para reduzir as pendências financeiras.

Ainda na nota da última semana passada, a UFBA disse que a grave situação orçamentária atravessada pela universidade e causada pela defasagem da dotação acumulada nos últimos cinco anos, do contingenciamento de recursos e do bloqueio de 30% de seu orçamento pelo Ministério da Educação. A instituição informou ainda que esse quadro vem impedindo a instituição de manter em dia pagamentos a seus fornecedores e que a Reitoria tem buscado solucionar através de diálogo com o Ministério. (Com informações do G1)

 

TCE-BA utiliza jogo educativo em escolas públicas para estimular conhecimento sobre Controle Social

Domingos Matos, 26/08/2019 | 17:32

Com o objetivo de fortalecer o controle social, informar e educar a população sobre a importância de fiscalizar os recursos públicos, o Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE-BA) desenvolveu o jogo educativo ‘Você Gestor’, do tipo Ludo, que transmite aos participantes informações sobre o funcionamento da Corte de Contas e também como eles podem agir para denunciar possíveis desvios ou irregularidades em obras realizadas com recursos públicos. A prática do jogo vem sendo aplicada semanalmente em escolas e universidades da rede pública de Salvador e se estenderá para as escolas no interior, com projeto de realização de um torneio entre as escolas, orientando, de forma lúdica, estudantes e professores sobre a missão do TCE. 

O ‘Você Gestor’ é uma das ações que integram o Projeto Educação é da Nossa Conta, em cumprimento ao Plano Nacional e Estadual de Educação, com o objetivo de zelar pela qualidade do gasto público educacional. O TCE-BA e a Secretaria da Educação do Estado (Sec) estão fazendo o intercâmbio de dados e conhecimentos na construção de uma agenda positiva, que transforme essa realidade. 

O jogo tem sido muito bem recebido pela comunidade estudantil e acadêmica, que considera a prática como uma forma de aprender brincando, levando aos professores e estudantes detalhes das atividades e desafios que envolvem a gestão pública. Os participantes se colocam no lugar do gestor público, nas áreas de Saúde, Educação, Segurança Pública, Infraestrutura, Assistência Social e Cultura. Nesta primeira etapa, foram confeccionados dois protótipos do jogo e a intenção é sua produção em maior escala e distribuição em escolas públicas e universidades.

Como se dá a gestão pública estadual? Como deve se comportar um gestor num processo que envolva licitações? Qual a definição de Lei de Diretrizes Orçamentárias e de Lei de Responsabilidade Fiscal? Estudantes do ensino médio do Bolívar Santana, Thales de Azevedo, do Colégio de Aplicação Anísio Teixeira, Sátiro Dias, e da Faculdade Baiana de Direito e do Curso de Ciências Contábeis da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) ficaram sabendo das respostas a essas e muitas outras questões relativas à administração pública enquanto jogavam o ‘Você Gestor’.

Durante a aplicação da prática no Colégio Estadual Bolivar Santana, no Centro Administrativo do Estado da Bahia (CAB), o estudante Davi Souza, de 14 anos, sempre teve como meta ser gestor da Secretaria de Segurança Pública. Jogando o Você Gestor, ele teve seu desejo satisfeito ao assumir simbolicamente o cargo de secretário de Segurança Pública, acumulando os 800 pontos necessários para cumprir duas missões: fazer a compra de coletes, munições e fardamento para as polícias Civil e Militar, além de implantar a Polícia Comunitária nos bairros da cidade.

“Foi uma experiência incrível. Enquanto jogava, eu fui o gestor da Segurança Pública e pude aprender sobre o controle social, sobre as auditorias e o trabalho feito pelo TCE para orientar os gestores públicos, ajudando a melhorar a qualidade de vida da população do nosso estado”, disse Davi. 

A professora de Português do Colégio Estadual Raphael Serravale, na Pituba, Patrícia de Araújo Correia Teixeira, destacou o papel pedagógico do Você Gestor como elemento lúdico na aprendizagem. “Nada melhor do que a inovação para uma turma de alunos dispostos a aprender. E se eles podem aprender algo novo de forma divertida, melhor ainda. É um momento enriquecedor, no qual testemunhamos o interesse dos alunos por temas cidadãos e também presenciamos vários debates sobre a gestão pública e sobre o papel do Tribunal de Contas na vida das pessoas”, enfatizou. 

Como ferramenta pedagógica, o jogo ‘Você Gestor’ conta com três tipos de cartas que definem o seu algoritmo: Controle Externo, Controle Social e o "Diga Aí", quiz com perguntas e respostas sobre a história do Controle Externo na Bahia e no Brasil. Ganha o jogador que primeiro cumprir as duas missões que lhe forem designadas, sendo que cada uma delas vale 400 pontos.

 

Faculdade oferece abatimento de 35% a servidores em cursos de pós-graduação

Domingos Matos, 21/08/2019 | 17:34

Parceira do Clube de Desconto do Servidor, a Unime oferece um abatimento de 35% para funcionários públicos nos cursos de pós-graduação presenciais e 25% na modalidade de ensino a distância (EAD). A promoção é válida para as matrículas realizadas até o dia 30 de setembro, no caso dos cursos presenciais nas unidades Salvador e Lauro do Freitas, e 10 de setembro no EAD.

A Unime disponibiliza vários cursos de pós-graduação em diversas áreas do conhecimento. Para escolher o curso do seu interesse, o servidor deve acessar o site www.portalpos.com.br. Na sequência, para solicitar a ficha de inscrição, basta entrar em contato com Shirlei Conceição (98182-3989). O desconto de 35% nas mensalidades já está aplicado nos valores apresentados no portfólio.

A universidade dispõe de cursos de pós-graduação nas áreas de comunicação, humanidades e artes; direito; educação; engenharia e arquitetura; saúde, esporte e estética; negócios/MBA. Para os cursos na modalidade EAD, as provas são realizadas de forma presencial, nas unidades de Salvador e Lauro de Freitas. Outras informações também podem ser obtidas pelos telefones (71) 3378-8927 e (71)3879-9109 ou pelo e-mail (shirlei.conceicao@kroton.com.br).
 

Santa Cruz Cabrália: familiares fazem reconhecimento de corpo de índio encontrado em cova rasa

Domingos Matos, 20/08/2019 | 16:35

Familiares reconheceram na manhã de ontem (19), o corpo do índio Fabrício Santos Silva, de 23 anos, que estava desaparecido desde outubro do ano passado. O cadáver da vítima foi encontrado na manhã do último sábado (17), enterrado em cova rasa na área de uma invasão conhecida como “Aldeia Faculdade”.

O corpo foi localizado, após depoimentos dos irmãos Cariano Maia dos Santos, de 19 anos, e Edicleudes Maia dos Santos, o “Sombra”, de 26, acusados do crime. Eles também são indígenas.

Os suspeitos foram presos no dia 26 de julho desse ano pela Polícia Civil de Itororó, numa operação conjunta com a Delegacia de Santa Cruz Cabrália, que já havia representado pela prisão da dupla em dois outros casos.

Segundo a Polícia Civil, pelo menos outras quatro pessoas participaram do assassinato de Fabrício.  O crime teria sido motivado por desavenças entre os Bairros Carajás e Aldeia Nova Coroa.

Fabrício foi morto a tiros, quando foi aquela localidade entregar um pacote de fraldas. Além da morte de Fabrício, os suspeitos respondem ainda pelos crimes de latrocínios, homicídios e tentativa de homicídio.

Com novos convênios, 41 universidades portuguesas aceitam o Enem

Domingos Matos, 16/08/2019 | 20:17

O Ministério da Educação (MEC) informou nesta sexta-feira (16) que mais quatro instituições de ensino superior de Portugal firmaram convênio com a pasta para aceitar as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como forma de seleção de estudantes brasileiros em seus cursos de graduação. Com isso, 41 universidades portuguesas já aceitam o exame como mecanismo de admissão.

“O jovem brasileiro que vai fazer a prova do Enem em 2019 tem que saber que, além das universidades públicas e privadas brasileiras, a prova também pode ser utilizada para acessar o ensino superior português. Essa é uma oportunidade para o jovem brasileiro que queira estudar fora”, disse o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes (foto).

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, Alexandre Lopes, fala à imprensa, durante entrevista sobre o Enem Portugal. - Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Segundo Lopes, os interessados podem acessar a página do Inep e conhecer as instituições portuguesas que já firmaram convênio. Após o resultado do exame, em janeiro, os estudantes podem procurar as universidades que têm critérios de admissão específicos.

“Ele [o estudante] não vai precisar fazer novas provas. Ele vai apresentar outros tipos de documentações ou exigências da universidade. A proficiência foi medida pelo Enem", destacou o presidente do Inep. 

Os convênios interinstitucionais não envolvem transferência de recursos e não preveem financiamento estudantil por parte do governo brasileiro. Além disso, a revalidação de diplomas e o exercício profissional no Brasil dos estudantes que cursarem o ensino superior em Portugal estão sujeitos à legislação brasileira aplicável à matéria.

 

Casos de xenofobia

Durante anúncio dos novos convênios, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, foi questionado sobre casos de xenofobia que estudantes brasileiros têm sofrido por portugueses em razão de ocuparem vagas nas universidades do país.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub. - Fabio Rodrigues Pozzebom/Agênci

Há cerca de três meses, estudantes da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa se queixaram de discriminação ao encontrarem, na entrada da instituição, uma caixa de pedras e uma placa onde se lia “grátis para atirar em um zuca”, termo pejorativo usado para se referir a brasileiros.

“Eu vejo Portugal como um estado democrático, funcional e onde qualquer ação de xenofobia, racismo, o estudante pode procurar as autoridades portuguesas e também brasileiras e entrar com uma ação”, disse Weintraub que afirmou já ter tratado do assunto com a Embaixada de Portugal.

 

Convênio

Os convênios com instituições de ensino superior portuguesas tiveram início em 2014, durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff, quando as universidades de Coimbra e Algarve assinaram acordo com o MEC aceitando o exame como forma de admissão. Segundo o ministério, desde o início do convênio, Coimbra recebeu 1.239 alunos e a Universidade de Algarve, 450.

Das 41 instituições, três têm sede na capital do país: o Instituto Universitário de Lisboa, a Universidade Autônoma de Lisboa e o Instituto Politécnico da Lusofonia. Já a Escola Superior de Saúde Norte da Cruz Vermelha Portuguesa está localiza na cidade de Oliveira de Azeméis.

Segundo o MEC, a intenção é expandir os convênios para outros países. O presidente do Inep disse que existem tratativas com instituições da França e da Espanha, mas ainda não há previsão de um acordo final.

“Há, sim, o interesse de ampliar para outros países, já começamos contatos, mas ainda é muito incipiente. Acreditamos que vai ser possível, só que isso é um processo que demora um pouco, que não é imediato”, disse Lopes que aproveitou para afirmar que o cronograma do Enem está em dia.

"A elaboração do Enem está ocorrendo dentro do planejado, dentro do cronograma. Não tem ocorrido nenhum tipo e problema para o Enem, os estudantes podem ficar tranquilos com relação a isso", disse. (Com informações da Agência Brasil)

Polícia investiga empresa de pagamento de valores por fraude fiscais em Una

Domingos Matos, 14/08/2019 | 09:15

A Polícia Civil investiga a empresa de pagamento de valores Pague Rápido por fraudes fiscais, no município de Una, no sul da Bahia. Conforme a polícia, 21 moradores registraram ocorrências na delegacia da cidade após pagarem contas de água, energia elétrica e boletos de cartão de crédito que não tiveram valores repassados para os prestadores de serviço.

Alguns moradores tiveram a água e energia elétrica cortadas e o nome negativado no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

“Pagava o cartão de crédito da minha sogra lá [Pague Rápido], água, energia. Quando eu descobri eu estava com a fatura do cartão da minha mulher em aberto e [a dívida] já estava em R$ 628. O nome da minha mulher até ficou sujo, foi para o SPC”, disse um morador da região, que preferiu não se identificar.

De acordo com o delegado Renato Fernandes, que investiga o caso, a polícia já identificou 191 boletos pagos, através da empresa, que não tiveram os valores repassados aos credores.

“Ele abria uma empresa irregular, ou seja, um ponto comercial, e utilizava aplicativos de pagamentos de contas, que hoje é só baixar pelo celular. Ele recolhia o dinheiro das pessoas e não repassava para a empresa pagadora, então os clientes continuavam com as contas em aberto", explicou o delegado.

Segundo informações do delegado, o inquérito deve ser concluído em até 15 dias. “Ele vai ser indiciado por estelionato, falsificação de documento particular, apropriação inepta qualificada e crime contra a defesa do consumidor e contra a economia popular”.

Em resposta, o dono da empresa Pague Menos, Heverton Cruz, informou que foi constatado falhas no repasse de alguns pagamentos feitos entre 1° e 29 de junho.

“A partir do momento em que foi constatado [falta de repasse de pagamentos] isso, de imediato nós tomamos as medidas cabíveis. Fizemos o levantamento do histórico dos três últimos meses e foi constatado que entre 1° de junho deste ano e 29 de junho, ocorreu falhas. Não foram em todas as contas. As contas que foram constatados, nós reprocessamos”, disse Heverton Cruz.

O dono da empresa disse ainda que está ressarcindo todos os clientes que foram prejudicados com a falta do repasse dos pagamentos. Os moradores precisam levar o comprovante de pagamento que foi entregue pelos funcionários da loja, na sede da empresa, que fica na Avenida Antônio Carlos Magalhães, no bairro Sucupira, em Una.

“Munidos do comprovante, se dirigir ao local que hoje está funcionando na faculdade, na sede da faculdade, com o comprovante para que possa ser ressarcido”, disse. (Com informações do G1)

 

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.