Tag: filhos

Homem é executado na frente do filho de 10 anos em Itabuna

Domingos Matos, 06/09/2019 | 07:01

Itabuna registrou na manhã desta sexta-feira (06) o terceiro assassinato do mês de setembro. O palco do crime foi o bairro Manoel Leão, às margens da BR-101. A vítima, executada com quase 10 tiros, foi identificada como Renison Moraes Silva, de 35 anos.

Segundo testemunhas, Renison tinha acabado de descer do carro, onde estava um dos seus filhos de apenas 10 anos, que acabou assistindo ao assassinato do pai. A criança está em estado de choque.

A vítima tinha passagens pela polícia. Foi presa em 2011, acusada de tráfico de drogas. O crime está sendo investigado.

Projeto DayHorc Vai à Escola beneficia estudantes de Itabuna e Eunápolis

Domingos Matos, 29/08/2019 | 17:35

De acordo com o Conselho Brasileiro de Oftalmologia, 30% das crianças em período escolar sofrem com algum erro de refração, tais como miopia, astigmatismo e hipermetropia – porcentagem essa que representa cerca de 8 milhões de pessoas, entre 7 e 14 anos de idade, no Brasil. O mais preocupante é que, além de interferir no desempenho, esses problemas oculares são uma das principais causas da evasão escolar, segundo o Ministério da Educação (22,9% dos casos). Para ajudar a dirimir essa estatística, profissionais da área de oftalmologia estão realizando visitas, palestras e exames preventivos em estudantes da Educação Infantil e Fundamental I, nos municípios de Itabuna e Eunápolis.

Intitulado DayHORC Vai à Escola, o projeto possibilita um momento de saúde ocular aos estudantes, com palestra e exames gratuitos de acuidade visual. Durante a iniciativa são distribuídos também materiais educativos sobre prevenção e jogos didáticos para que os próprios estudantes, juntamente com pais e professores, possam identificar sintomas e o momento certo de buscar ajuda médica especializada. 

A avaliação ocular nessa fase da vida é imprescindível para detectar e tratar doenças, de forma precoce e efetiva. “Quanto mais cedo for diagnosticado um possível problema de visão, maiores são as chances de serem evitadas sequelas que possam refletir na vida adulta. Os pais devem levar os filhos à consulta com oftalmologista de maneira regular, resguardando, assim, a saúde dos olhos das crianças e o bom desempenho escolar”, afirma o médico Ruy Cunha, especialista do corpo clínico do DayHORC, empresa do Grupo Opty.

 

Morre Marcão, ex-secretário de Saúde de Itabuna

Domingos Matos, 22/08/2019 | 17:15

Faleceu nesta quinta-feira (22), em Salvador, o ex-secretário de Saúde de Itabuna, João Marcos de Lima. “Marcão”, como era mais conhecido, também atuou como diretor da Sétima Dires e diretor de Vigilância à Saúde de Itabuna, na segunda gestão de Geraldo Simões (2001-2004).

Marcão chegou a disputar eleição para vereador em Itabuna, pelo Partido dos Trabalhadores.

O corpo de Marcão, que deixa esposa e dois filhos, será sepultado em Salvador. O local do velório e horário do enterro ainda serão informados pela família.

 

Nestlé anuncia transferência de fábrica de Itabuna para Feira de Santana

Domingos Matos, 15/08/2019 | 10:08

A direção da Nestlé e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Bahia (SDE) divulgaram ontem (14) que a fábrica da empresa localizada na cidade de Itabuna, no sul do estado, será transferida para Feira de Santana, município a cerca de 100 km de Salvador.

Segundo a empresa, o objetivo é transformar a nova unidade em um centro de distribuição dos produtos da marca para as regiões norte e nordeste do país. A transição deve ser concluída até meados de 2020.

Para isso, conforme a empresa, devem ser investidos R$ 45 milhões na unidade, que terá 140 colaboradores e abrigará três novas linhas de produção de NESCAU Pronto para Beber (RTD).

De acordo com a empresa, a direção está em busca de grupos que comprem a instalação em Itabuna, para que o trabalho continue, mas os funcionários da fábrica poderão fazer transição para Feira de Santana a partir do ano que vem. O número de trabalhadores que atuam no sul do estado atualmente não foi divulgado.

Os funcionários contestam a decisão da Nestlé. A categoria reclama da mudança para a nova cidade por conta da estabilização em Itabuna. Eles contam que alguns já moram na cidade há bastante tempo e têm familiares na região.

"O impacto é muito grande. Não só para mim, mas como todos os trabalhadores lá de dentro. Nós temos uma vida em Itabuna. Muitos trabalhadores fizeram dívidas. Compramos casas. Temos familiares próximos aqui. Além disso, cada familiar tem uma estrutura. Tem filhos que estudam aqui. Tem pessoas que tem também outros tipos de trabalhos indiretos. E recebendo essa notícia assim do nada, impactante, é muito duro a gente dizer se pode ir ou não para Feira de Santana", disse o auxiliar de produção Danilo César da Silva.

"A empresa não explicou ainda como vai ser a transferência, só disse que vai transferir quem quiser ir para Feira. Não disse como vai ser, o que vai fornecer, qual o incentivo que vai dar, o benefício", contou o eletricista Eldon Almeida. (Com informações do G1)

Exames de DNA gratuitos: Defensoria intensifica projeto Sou Pai Responsável no interior da Bahia

Domingos Matos, 13/08/2019 | 12:31
Editado em 13/08/2019 | 07:52

A Defensoria Pública do Estado da Bahia está intensificando esta semana a Ação Cidadã Sou Pai Responsável em suas unidades do interior. Os municípios de Alagoinhas, Amargosa, Ilhéus e Vitória da Conquista têm programação especial com este propósito durante esta semana. Serão oferecidos, em caráter de força tarefa, orientações jurídicas para supostos pais e mães interessados, assim como exames de DNA gratuitos para apuração de paternidade nos casos onde não houver ainda o nome do pai na certidão de nascimento.

Realizada desde 2007 pela Defensoria, a Ação Cidadã acontece durante todo o ano e é  intensificada no mês de agosto  quando é comemorado o dia dos pais, com campanha publicitária, inclusive.  A iniciativa busca tanto estimular a participação dos pais no convívio e desenvolvimento dos filhos, assim como incentivar homens relutantes a assumirem a paternidade de crianças sem registro.

Além de estimular o diálogo e promover mediação em busca de conciliação para que os reconhecimentos dos filhos sejam espontâneos, a Defensoria oferece também os testes de DNA gratuitos nos casos de crianças que não têm o registro do genitor masculino em seus documentos. Desde sua criação a Ação Cidadã Sou Pai Responsável já assistiu mais de 23 mil pessoas.

Trabalhadores em condição análoga à escravidão são resgatados na Bahia 

Domingos Matos, 07/08/2019 | 07:02
Editado em 06/08/2019 | 21:55

Três trabalhadores foram resgatados durante uma ação de combate ao trabalho escravo no município de Ribeirão do Largo, no sudoeste da Bahia, na última segunda-feira (5). A ação foi promovida por equipes do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas e Trabalho Escravo na Bahia (Netp), vinculado à Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), e de outros órgãos que compõem a Comissão para a Erradicação do Trabalho Escravo na Bahia (Coetrae). 

Segundo o coordenador do Netp, Admar Fontes Júnior, todos os resgatados são do gênero masculino, com idades entre 40 e 55 anos, e estavam trabalhando em uma fazenda, sem condições de alojamento e higiene. “Os trabalhadores são do município de Itambé e vieram para a fazenda através de um ‘gato’, que é o aliciador”, contou Fontes. 

O coordenador também relatou que um dos alojamentos tinha estrutura comprometida, com vigas expostas e escoradas por madeiras. “Os trabalhadores dormiam no mesmo local que era utilizado para guardar ração dos animais. As camas também eram improvisadas e, apesar do frio que se abate sobre a região, eles não tinham colchões e cobertores”.

Durante a ação, a equipe da Coetrae, composta por integrantes do Ministério Público do Trabalho (MPT), da Defensoria Pública da União (DPU), da SJDHDS, da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Grupo Especial de Combate ao Trabalho Análogo ao Escravo na Bahia, também constatou que os alojamentos não possuíam água potável para beber ou cozinhar, ou para guardar e conservar alimentos. 

“Não havia sanitários em condições de uso, tampouco local com resguardo necessário para banho ou para que os trabalhadores pudessem realizar suas necessidades. Nenhum dos trabalhadores tinha registro em CTPS. Um deles já estava trabalhando há 14 anos sem direito a férias e 13º salário”, contou Fontes, reiterando que “a exploração de trabalhadores em condições análogas à de escravo é crime, e gera repercussões administrativas, cíveis e criminais". 

O empregador deverá regularizar a situação dos trabalhadores de forma retroativa, bem como oferecer condições dignas de trabalho. Um dos trabalhadores contou que aceitou o trabalho por conta da situação de pobreza da família. “Eu tenho sete filhos, que estão estudando. Eu nunca estudei, sempre trabalhei na lavoura ou fazendo cerca, como aqui”.

 

Acompanhamento 

De acordo com a equipe do Netp, o resgate do trabalhador não se limita à retirada física do local de trabalho, mas é acompanhado de um conjunto de medidas para cessar o dano causado à vítima, reparar os prejuízos no âmbito da relação trabalhista e promover o acolhimento por órgãos de assistência social. 

Os trabalhadores resgatados são encaminhados para a secretaria de assistência social do município, que, em parceria com o Governo do Estado, por meio das superintendências de Direitos Humanos e Assistência Social da SJDHDS, promovem o atendimento das demandas e o acompanhamento e inserção social dos trabalhadores e suas famílias. 

 

Cerimônia transfere sede do Governo para Cachoeira

O ato destaca a importância do município nas batalhas travadas pela conquista da independência do Brasil

Domingos Matos, 25/06/2019 | 15:02

A cidade de Cachoeira, no Recôncavo baiano, se tornou sede do Governo do Estado, nesta terça-feira (25), pelo 12º ano consecutivo. O ato destaca a importância do município nas batalhas travadas pela conquista da independência do Brasil, que tiveram início no dia 25 de junho de 1822. O evento histórico resultou na libertação baiana do domínio português, em 2 de julho do ano seguinte.

Representante do Governo no evento, a secretária estadual de Cultura, Arany Santana, participou dos atos tradicionais da ocasião, como o hasteamento da bandeira, o Te Deum - cerimônia religiosa realizada na paróquia da cidade -, e a sessão solene na Câmara Municipal. 

De acordo com Arany, a data é importante não somente para Cachoeira e para a Bahia, mas para o Brasil. “Hoje, a cidade de Cachoeira relembra o 25 de junho de 1822, quando autoridades e o povo cachoeirano e de cidades vizinhas tiveram a adesão da Igreja e seguiram para a Câmara, para aclamar Dom Pedro I como príncipe regente do Brasil. Esse foi o primeiro passo para a luta da nossa independência. A heróica Cachoeira tem o privilégio de ter dado o primeiro passo para a independência do país”, ressaltou a secretária.

Ainda segundo a Arany Santana, desde o dia 1º de junho, a Secretaria de Cultura do Estado (Secult) vem realizando uma série de atividades históricas e culturais nas cidades do Recôncavo, na Rota da Independência, com rodas de conversa nas escolas e exposições. "O Governo se faz presente e celebra todo o mês de junho, especialmente na comemoração do 25 de junho. O objetivo é destacar que a data é um momento de orgulho para todos nós”, explicou. 

Aos 92 anos, conhecida e reconhecida como doutora do samba, Dalva Damiana de Freitas se produziu toda para a data, com roupa de baiana e colares de contas e búzios. "Cachoeira é tudo para mim. Sou operária, criei meus filhos e me sinto orgulhosa com este reconhecimento, que é trazer a sede do Governo para Cachoeira. Isso fortalece a cidade", opinou.

Natural de Feira de Santana, o professor Francisco Freitas também prestigiou o evento.  “Vejo esta celebração como uma forma de passar para os mais novos sobre esse fato histórico na cidade. A cerimônia resguarda a tradição”, destacou. 

Te Deum 

O padre Hélio Vilas Boas afirma que o Te Deum é um hino de louvor ao Deus libertador. "No dia 25 de junho de 1822, a população se reuniu nessa igreja, onde foi realizado o primeiro Te Deum por um Brasil livre. Então, a cada ano, reforçamos a memória do 25 de junho, comemorando a data, louvando e bendizendo a Deus pelo ideal de liberdade".

Polícia suspeita da participação de parentes na morte de pastor

Domingos Matos, 18/06/2019 | 09:18
Editado em 18/06/2019 | 15:29

A Polícia Civil trabalha com a hipótese da suspeita de participação de familiares na morte do pastor evangélico Anderson do Carmo de Souza, marido da deputada federal e cantora gospel Flordelis (PSD-RJ) . O pastor foi morto na madrugada de domingo (16), quando chegava em casa acompanhado da mulher, após receber mais de 30 tiros de pistola nas costas, no peito, na genitália e nas pernas. Nada de valor foi levado da casa, o que fez a polícia trabalhar com hipótese de execução. A maioria dos disparos foi feito à queima-roupa, mas a polícia técnica, não pode precisar o número exato de disparos.

De acordo com a Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo, um dos filhos do casal, Flávio dos Santos Rodrigues foi preso nesta segunda-feira (17) em cumprimento a mandado de prisão pelo crime de ameaça na forma da Lei Maria da Penha. Ele foi ouvido na sede da especializada, em Niterói, região metropolitana do Rio. A prisão ocorreu na hora do velório do pai adotivo. Ele é filho legítimo apenas de Flordeliz. O casal tem 55 filhos registrados, sendo 51 adotados.

À tarde, investigadores da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo prenderam Lucas, filho adotado pelo casal, que teve problemas com drogas quando era menor de idade. Ele foi preso em casa, após o enterro do pastor. Lucas foi levado para o Departamento de Ações Socioeducativas (Degase), porque na época de prisão com drogas ainda era adolescente.

A polícia investiga também porque os cães da casa não latiram quando o crime ocorreu. A primeira versão dada pela família é que o pastor Anderson foi até a garagem da casa, que tinha ficado com o portão aberto, quando foi surpreendido por dois homens no terreno da casa. Para a polícia, se os homens fossem estranhos, os cães atacariam. 

Inquérito

Os policiais militares, que foram chamados ao local para atender a uma tentativa de homicídio, depois de ouvirem o relato de pessoas da família e de vizinhos, acionaram agentes da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo . A Secretaria de Estado de Polícia Civil informou que agentes da unidade ouviram testemunhas. A deputada Flordelis, dois filhos e dois netos do casal prestaram depoimento. “Até o momento, as circunstâncias apontam para uma execução, realizada com uma arma de calibre 9 milímetros”, informou a secretaria.

Os policiais da especializada realizaram perícia na casa e no carro do pastor e analisam imagens captadas por câmeras instaladas próximo ao local do crime. As investigações estão em andamento.

O velório do pastor começou na noite desse domingo, com um culto no Ministério Flordelis, a Cidade do Fogo, no bairro Mutondo, em São Gonçalo, igreja fundada pelo casal, na presença de fiéis e de líderes religiosos. A deputada compareceu ao velório. (Com informações da Agência Brasil)

Mulher é espancada em Ilhéus; ex-marido é principal suspeito do crime

Domingos Matos, 10/06/2019 | 13:32

Uma mulher de 32 anos foi espancada na cidade de Ilhéus, sul da Bahia, no sábado (8). Segundo a polícia, o ex-companheiro dela é o principal suspeito do crime e é procurado pela polícia. Familiares disseram que vítima pode ficar cega por conta das lesões em um dos olhos provocadas por uma faca.

Conforme a polícia, a vítima, identificada como Nayane Almeida, estava em casa quando o ex-companheiro dela, que estava bebendo, chegou até o local e começou a agredir a mulher com vários socos na cabeça e no corpo. Após as agressões, o homem saiu do local levando a vítima para a casa dele, onde a violência continuou.

Ainda de acordo com a polícia, a irmã da vítima foi até a casa do homem, depois de ficar sabendo sobre o caso, conseguiu entrar no local e ajudar Nayane a fugir, após entrar em lutar corporal com o suspeito.

A vítima foi encaminhada para o Hospital Regional Costa do Cacau, mas precisou ser transferida para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador (foto), na manhã desta segunda-feira (10), por conta da complicação dos ferimentos.

Segundo a família, que prestou depoimento à polícia no domingo, a mulher está separada do suspeito há, pelo menos, dois anos, e já foi agredida por ele outras vezes. Ela têm quatro filhos, três com o ex-companheiro. O caso segue sob investigação. (Com informações do G1)

Bahia: mulher que envenenou quatro pessoas da mesma família é condenada a 48 anos de prisão

Domingos Matos, 06/06/2019 | 12:34

Denunciada pelo envenenamento de quatro pessoas da mesma família no município Saúde, na Bahia, Rosa Maria Dantas Melo (foto) foi condenada ontem (5), pelo Tribunal do Júri, a 48 anos de prisão. Segundo a promotora de Justiça Milena Moreschi, a ré cometeu os crimes de homicídio e tentativa de homicídio por motivo fútil em junho de 2017. Naquela época, Rosa Maria ofereceu doce de leite envenenado com “chumbinho” a quatro pessoas que convidou para irem até a sua residência.

O envenenamento, explicou Moreschi, causou a morte de uma das vítimas e as demais sobreviveram por terem ingerido uma quantidade menor do produto. As investigações concluíram que Rosa convidou e insistiu para que Celson Alves da Silva, Catarina Caetano de Barros e seus filhos fossem até à casa dela e, lá, ela lhes ofereceu o doce com o veneno. Celson ingeriu maior quantidade que os demais e não resistiu. 

Ilhéus: Posto Médico Sarah Kubitschek realiza marcação de cirurgias eletivas

Domingos Matos, 05/06/2019 | 08:05
Editado em 04/06/2019 | 22:53

Seguindo determinação do prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, a nova Unidade Básica de Saúde Sarah Kubstheck, localizada no Parque Infantil, reabre suas portas proporcionando aos moradores daquela localidade e adjacências marcação de cirurgias eletivas. O programa de marcação itinerante de cirurgias da Central de Regulação de Ilhéus, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), vem realizando serviços em diversas áreas da cidade, junto com a Atenção Básica.

Com objetivo de auxiliar na redução das filas, o mutirão atende as demandas da população, além de garantir a realização dos serviços com agilidade, segurança e eficiência durante toda a semana.  Além das que já realizava antes, o município passou a disponibilizar cirurgias de laqueadura e vasectomia e intensifica os trabalhos na busca dos pacientes que necessitam passar por intervenção cirúrgica.

Segundo o diretor da Central de Regulação, Fábio Mantena, as solicitações mais recorrentes são para cirurgias de hérnia, vesícula, histerectomia e cisto no ovário. “É sempre um prazer promover saúde, hoje possuímos profissionais e existe investimento para atender com mais agilidade. A marcação itinerante de cirurgias já foi realizada nas zonas Sul e Oeste e agora chega à zona Norte da cidade. Em breve, estará retornando para a zona rural”, enfatiza o diretor.

Para Daniela Bispo, 27 anos, mãe de três filhos, moradora da Avenida Esperança, a marcação itinerante chegou na hora certa. “Estar aqui no Sarah, todo reformado, era um sonho que passa a ser realidade. Agora posso marcar minha cirurgia de laqueadura tão perto de casa”, comemora Daniela.

Hospitais parceiros – Além do hospital Costa do Cacau, os ilheenses também contam com uma rede de atendimento que inclui os hospitais Vida Memorial, São José, além da Clínica Ortopédica e Cirúrgica de Ilhéus (Coci).

Juntas, Câmara e Universidades dão visibilidade aos ciganos em Itabuna

Domingos Matos, 25/05/2019 | 07:13

Em programação unificada, Legislativo de Itabuna, Universidade Federal do Sul da Bahia e Universidade Estadual de Santa Cruz recordaram, na tarde de quinta-feira (23), o Dia Municipal da Etnia Cigana. Além da realização de uma Sessão Especial, houve mesa-redonda com a mestranda Dayse Santos e os professores Irandir Souza, da Uesc, e Jucelho Dantas, da Universidade Estadual de Feira de Santana, todos com trabalhos científicos inspirados na cultura cigana.

Dentro do ato legislativo, o vereador Beto Dourado, autor do projeto, entregou placa comemorativa ao casal Gerisval e Ione Fortuna Rebouças “em reconhecimento à história e contribuição dos ciganos ao município”. O homenageado agradeceu a visibilidade dada pela Câmara de Vereadores itabunense. “Nós ciganos estávamos esquecidos, mas agora está melhorando cada vez mais”, disse seu Gerisval Rebouças.

Anfitrião do evento, o pró-reitor Sandro Ferreira recordou o pioneirismo da Universidade Federal do Sul da Bahia nas ações afirmativas em prol do povo ciganos. A UFSB foi a primeira do Brasil a adotar, desde 2018, cotas sociorraciais incluindo a comunidade cigana na graduação e pós-graduação. “A gente precisa de mecanismos que façam valer as políticas públicas”, ressaltou Sandro Ferreira.

O professor Jucelho Dantas, que é cigano e possui doutorado, exortou os “primos” a ocuparem os espaços sociais, como os que estão sendo abertos pela Câmara e pelas universidades, a exemplo da abertura de cota para cigano na Universidade Estadual de Feira de Santana, ora em tramitação. “Como ciganos temos que saber valorizar esses espaços concedidos para nós”, frisou o doutor.

Pela comunidade cigano, o casal Cosme e Luciara Rebouças, que fizeram parte da mesa, ressaltou que tanto a lei municipal quanto a cota universitária. “Agradecemos a oportunidade de ter essas vagas”, declarou Luciara. “É uma conquista para nosso povo que já foi tão discriminado”, comentou Cosme Rodrigues, referindo-se à instituição do Dia da Etnia Cigana em Itabuna.

Presidindo a Sessão Especial, Beto Dourado frisou que tanto a lei municipal quanto a reserva de vagas no ensino superior representam vitórias para a população cigana radicada em Itabuna e cidades circunvizinhas. “Vamos ocupar essas vagas, incentivem os filhos de vocês a estudarem e brigarem por isso. E também não podemos deixar esse dia, o municipal da Etnia Cigana, morrer”, destacou o vereador. 

Morre em hospital mulher que ficou ferida em acidente que matou marido e dois filhos

Domingos Matos, 23/05/2019 | 18:31

Morreu no Hospital Regional de Teixeira de Freitas, na manhã desta quinta-feira (23), a mulher que ficou ferida na batida entre dois carros que deixou quatro mortos, incluindo o marido e os dois filhos dela. Com isso, subiu para cinco o número de mortos no acidente ocorrido na noite de quarta-feira (22), na BA-290, em trecho da cidade de Medeiros Neto, extremo sul da Bahia.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), no carro da família viajavam Luciana Ribeiro, de 37 anos, o marido Lucas Viana Lima, de 28 anos, e dois filhos do casal: Afonso, de 4 anos, e Lunna, de três meses. No outro carro estava o idoso Aldo Resende, de 66 anos, que morreu no local.

As crianças foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levadas para uma Unidade de Pronto Atendimento de Teixeira de Freitas, mas não resistiram aos ferimentos.

Luciana também foi socorrida pelo Samu e levada para o Hospital de Teixeira de Freitas. Segundo os familiares dela, a mulher passou por uma cirurgia, mas não resistiu.

Os corpos de quatro das vítimas foram levados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Teixeira de Freitas e até o início da manhã desta quinta-feira, ainda não tinham sido liberados. Ainda não há informações sobre sepultamentos. (Com informações do G1)

 

 

Polícia Militar ganha primeira tenente-coronel da história

Domingos Matos, 23/05/2019 | 10:18

Integrante da primeira turma de mulheres oficiais da Polícia Militar, Fernanda Dantas, 54 anos, médica, solteira e sem filhos é também a primeira mulher a alcançar a patente de tenente-coronel da Polícia Militar da Bahia. Especialista em pediatria, bacharela em Direito e mestranda em Administração Pública, ela é fonte de inspiração para as oficiais que sonham chegar ao topo da carreira militar.

Hoje se divide entre as funções realizadas no Departamento de Saúde da PM, na Vila Militar do Bonfim, onde é lotada, e no Setor Médico do Centro de Operações e Inteligência-2 de Julho, no Centro Administrativo da Bahia. Seja em um local de trabalho ou no outro, o reconhecimento e o orgulho das colegas de farda são os mesmos. Doutora Ana Fernanda, como é chamada, entrou para a história da PM.

Ela é a maior autoridade feminina da corporação. “Nem me dei conta sobre quanto isso é representativo, até o dia da solenidade de ascensão. Quando olhei ao meu redor e vi que era só eu de mulher, a ficha caiu”, lembra com satisfação. Mas ninguém está mais feliz com a promoção do que dona Ana Margarida, 83 anos, mãe da TC Ana Fernanda, que viveu para ver a filha entrar para a história da corporação Centenária Milícia de Bravos.

 

Vereadores lamentam as mortes dos médicos Wilson Teles e Francisco Vasconcellos

Domingos Matos, 16/05/2019 | 10:08

Vereadores itabunenses lamentaram durante a Sessão Ordinária de quarta-feira (15), as mortes de dois profissionais de Saúde de grande atuação no município. “Itabuna perdeu grandes médicos: o ginecologista e obstetra Wilson Telles e o pneumologista e geriatra Francisco Vasconcellos”, disse o presidente da Câmara, Ricardo Xavier.

Um dos mais antigos ginecologistas de Itabuna, Wilson Telles de Menezes, faleceu na manhã de ontem aos 87 anos. Por mais de 50 anos atuou na Santa Casa de Misericórdia de Itabuna e em sua clina particular. Deixou a esposa, Luiza Amália Telles, e quatro filhos, entre eles o advogado Paulo Jorge e o médico oftalmologista José Fabiano.

Já o médico Francisco Carlos Vasconcelos tinha 59 anos. Pneumologista e geriatra, foi membro do corpo clínico da Santa Casa de Itabuna e atuou como plantonista no Hospital Calixto Midlej Filho e São Lucas. Também prestou serviços profissionais, tanto na rede publica quanto na particular de Saúde.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.