Tag: foragidos

Mulher detida em operação da PF contra fraudes no INSS na Bahia já tinha sido presa 4 vezes em 2018

Domingos Matos, 20/09/2019 | 11:13

Uma mulher que está entre os presos na Operação Lama Preta, deflagrada ontem (19), na Bahia, contra fraudes no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), já tinha sido detida outras quatro vezes em 2018, segundo informações divulgadas pela Polícia Federal (PF).

A suspeita foi surpreendida pelos policiais, enquanto dormia com o marido, no início da manhã ontem (19), na cidade de Camaçari. O homem também foi preso. Os nomes dos dois, assim como as identidades dos outros envolvidos, não foram divulgados.

Além do casal, segundo a PF, outras sete pessoas foram detidas na quinta. Entre eles um empresário de Vilas do Atlântico, área de classe média alta em Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador. De acordo com a PF, ele era responsável pela falsificação e produção dos documentos usados na fraude.

Idosos e deficientes físicos que colocavam o esquema em prática também foram detidos. Outros três suspeitos seguem foragidos. Todos estão com mandados de prisão preventiva.

O grupo era investigado há 3 anos e a suspeita é de que mais de 100 benefícios tenham sido falsificados. O prejuízo aos cofres públicos passam dos R$ 4 milhões.

"Conseguimos desbaratar esse grupo criminoso, que é formado em sua maioria por estelionatários com amplas passagens policiais", disse o delegado da PF Marcelo Siqueira.

Segundo a PF, os idosos e deficientes eram usados como "dublês" pelo grupo. Eles usavam nomes, fotos e documentos falsos e se apresentavam nas agências do INSS para obter benefícios da instituição. Pela participação no esquema, eles levavam uma parte do dinheiro.

"Um dos benefícios fraudados é o de prestação continuada, que é pago para pessoas com mais de 65 anos de idade em condição de vulnerabilidade. Então, eles precisavam de pessoas idosas para sacar esse benefício. Eles recrutavam pessoas com mais ou menos essa idade para que a fraude tivesse algum tipo de verossimilidade", disse o delegado da PF. "No jargão policial a gente usa a palavra dublê, que é a pessoas que se faz passar por outra para cometer a fraude", explicou.

Além da fraude em benefícios, conforme a PF, os envolvidos também usavam os documentos falsos para fraudar compras em lojas e financiamento de carros.

Durante a operação, que também cumpriu 11 mandados de busca e apreensão, a Polícia Federal apreendeu fotos 3x4, cartões de crédito e documentos falsos usados pelo grupo. A corporação destacou que não foram identificadas participações de funcionários do INSS no esquema.

Ainda segundo a PF, a operação foi nomeada de Lama Preta porque é o nome do bairro em Camaçari que apresentou maior número de benefícios fraudados. Além da cidade, foram cumpridos mandados em Salvador, Lauro de Freitas e Dias D'Ávila. (Com informações do G1)

Foragido por estupro é preso com auxílio do Reconhecimento Facial

Domingos Matos, 12/09/2019 | 12:32

O sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria da Segurança Pública da Bahia chegou a marca de 56 foragidos capturados, na manhã desta quinta-feira (12), após a prisão de Cosme Conceição Castro, 45 anos. Foragido da Justiça pelo crime de estupro contra uma vítima com idade inferior a 18 anos, ele foi flagrado circulando em um dos pontos monitorados de Salvador.

Cosme passava de bermuda quadriculada, camisa da cor cinza e mochila quando o equipamento gerou um alerta com mais de 90% de semelhança. Uma dupla de PMs da Operação Cooper foi acionada e interceptou o suspeito.

Seguindo o protocolo de atuação, Cosme, que possui mandado de prisão expedido em março deste ano pela 1ª Vara dos Feitos Relativos aos Crimes Praticados contra Criança e Adolescente de Salvador, foi encaminhado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil. Com apoio da Polinter a identidade foi confirmada.

Após exames de corpo de delito, no Departamento de Polícia Técnica (DPT), Cosme ficará à disposição da Justiça.

 

Reconhecimento Facial é destaque no primeiro semestre de 2019

Domingos Matos, 11/08/2019 | 10:31

O sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria da Segurança Pública da Bahia foi destaque nacional e internacional no primeiro semestre de 2019. Nas cidades de Salvador e Feira de Santana a ferramenta tecnológica auxiliou na captura de 39 criminosos foragidos da Justiça ou descumprindo critérios de prisão domiciliar. Os balanços da tecnologia e das ocorrências policiais foram apresentados na manhã desta sexta-feira (9), pelo secretário Maurício Teles Barbosa, no Centro de Operações e Inteligência.

Os criminosos foram flagrados por câmeras espalhadas nas estações de Metrô, Rodoviária, Aeroporto Internacional de Salvador, além das utilizadas em grandes eventos como o Carnaval, Micareta de Feiras e Copa América. “Somos pioneiros e nos orgulhamos da Bahia ser referência no Brasil. Estados das regiões Sudeste e Sul estão montando os seus sistemas de reconhecimento facial espelhados no nosso”, comemorou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, lembrando que até o início de agosto, a ferramenta alcançou a marca de 47 capturados.

Ele acrescentou ainda que uma nova licitação está em curso para aquisições de mais câmeras. “Vamos avançar na Região Metropolitana de Salvador e nas maiores cidades do interior da Bahia, mantendo sempre o protocolo de apuração durante cada abordagem. Importante ressaltar que não tivemos erros, na Bahia, e isso graças à tranquilidade e preparo dos nossos policiais”, enfatizou Barbosa.


Estatísticas

Outro destaque do primeiro semestre é a redução dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs – homicídio, latrocínio e lesão dolosa seguida de morte). Na Bahia, a diminuição ficou em 16%. Em números absolutos, 2.586 aconteceram em 2019, enquanto, no ano anterior, 3.079.

“Estamos nos superando. Fechamos 2018 com a maior redução dos últimos seis anos e sabíamos que este ano teríamos de ampliar o trabalho. Em números absolutos foram preservadas 493 vidas”, salientou o secretário. Os índices de CVLIs em Salvador (-17,4%), RMS (-19,4%) e Interior (-15,1) também foram expostos.

As quedas nos roubos a bancos (- 19 %) e de veículos (-18,2%) também foram pontuados, além da estabilização crimes em coletivos com 0,1% de acréscimo.

 

Acusada de planejar assassinato é inserida no Baralho do Crime

Domingos Matos, 21/06/2019 | 15:11

O batom vermelho utilizado na foto não revela a frieza, mas Edvania Pereira de Morais, apelidada de 'Vaninha', foi capaz de planejar friamente e contratar pessoas para matar sua rival no amor. A acusada e outros seis suspeitos, incluindo um dos pistoleiros, foram adicionados, na quinta-feira (20), ao Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública. A ferramenta é utilizada desde 2011 e apresenta os criminosos mais procurados do estado.

Com a ajuda do pai, Vaninha, nova 'Oito de Paus', contratou Maicon Neves dos Santos, também anexado ao baralho como o 'Sete de Espadas' e um comparsa para matar a professora Élida Márcia de Oliveira Nascimento Souza, 32 anos. O crime aconteceu na frente da filha de dois anos da vítima, em fevereiro.

Vaninha substitui Rafael Almeida de Jesus, o Rafinha. Já Maicon retira Fábio Falcão Ferreira, o Fabinho.Mandante e pistoleiro continuam foragidos com mandado de prisão em aberto.

A posição Ás de Copas' passa a ser ocupada por Sidmar Soares dos Santos, o 'Bolota'. Ele é procurado por tráfico de drogas, de armas e homicídio. Atua no município de Jequié e entra no lugar de Júlio César Machado da Silva, o Morcego.

Rogério Ferreira Sampaio, conhecido como 'Patolino', procurado por tráfico de drogas e homicídio na região de Lauro de Freitas é o novo 'Rei de Copas'. O criminoso entra em substituição de Jesiel Miranda Campos, ou 'Bolo', capturado no mês de maio, em São Paulo.

Foragido do Sistema Penitenciário, Genildo Amparo do Nascimento entra como a 'Dama de Espadas' no lugar de Bruno Ramos Figueiredo, Bruno Bruxa, morto em confronto com policiais durante uma operação integrada.

Apelidado de 'Gordo Paloso', Manoaldo Falcão Costa Junior entra como o 'Rei de Paus' no lugar de Carlos Henrique Santos Silva ou 'Cumpadre'. Ele tem mandado de prisão por homicídio e tráfico de entorpecentes por crimes cometidos na região de Itabuna, sul do estado.

O novo 'Oito de Ouros' é Elias dos Santos Santiago. O homicida também é do interior do estado, município de Jacobina, e retira Michel da Silva Nascimento.

O Baralho do Crime, elaborado pelo Disque Denúncia, apresenta o rostos dos procurados do estado de forma lúdica. Todo cidadão pode contribuir com o trabalho da polícia na busca e captura através do 3235-0000 (Salvador e RMS) e 181 (interior). O denunciante não precisa se identificar.

Vereador alvo de operação contra corrupção na Câmara de Ilhéus se entrega e é preso; três investigados seguem foragidos

Domingos Matos, 18/05/2019 | 09:09

O vereador Tarcísio Paixão (PP), da cidade de Ilhéus, no sul da Bahia, teve mandado de prisão preventiva cumprido na sexta-feira (17) após se apresentar na Promotoria de Justiça do município. Ele é um dos alvos da "Operação Xavier", deflagrada na quarta (15) com o objetivo de combater um esquema de corrupção na Câmara.

Em contato com a reportagem, o advogado do vereador, Constantino Neto, informou que o cliente é inocente e que se entregou justamente para colaborar com as investigações. Segundo o Ministério Público, Tarcísio Paixão será transferido para o Presidio Ariston Cardoso, no município de Ilhéus.

Além do vereador, outras sete pessoas tiveram prisão decretada. Três delas foram presas na quarta-feira e outras três seguem foragidas. Os presos são dois empresários e o ex-vereador e atual secretário de Agricultura e Pesca de Ilhéus, Valmir Freitas, que foi afastado temporariamente do cargo pela prefeitura. (Com informações do G1)

 

Dez mil policiais e bombeiros atuarão na Micareta de Feira; festa terá câmeras de reconhecimento facial

Domingos Matos, 18/04/2019 | 11:37

O Governo Estado montou um esquema especial para a Micareta de Feira de Santana, que este ano vai acontecer de 25 a 28 de abril. Cerca de dez mil policiais e bombeiros foram destacados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) para atuar no evento, que contará ainda com o Sistema de Reconhecimento Facial. O equipamento será empregado nos principais pontos de acesso ao circuito.

Testado no Carnaval de Salvador 2019, resultando na identificação de um homicida fantasiado de mulher, a tecnologia vai ajudar a fiscalizar se existem foragidos da Justiça na festa. Criminosos com mandado de prisão em aberto serão monitorados e capturados.

Outra novidade este ano é a mudança na disposição do policiamento ostensivo na festa. Desta vez, os postos elevados de observação vão abrir espaço para o folião pipoca. Os policiais militares vão acompanhar o movimento sobre uma passarela montada ao longo do circuito Maneca Ferreira. A iniciativa visa a oferecer mais espaço aos foliões e agilizar a atuação policial. 

Três Centros Integrados de Comando e Controle (CICC) Móveis (caminhões) também serão empregados na Micareta. Ao longo do circuito, câmeras fixas auxiliarão o patrulhamento ostensivo e ações de inteligência.

Capacitação de condutores de trio

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA) também vai atuar na Micareta de Feira. A festa terá a participação de equipes das áreas de educação e fiscalização do órgão. Antes da festa, o Detran capacita os condutores de trios e faz a vistoria dos veículos que desfilam no circuito, com teste do etilômetro para os motoristas, blitzes da Lei Seca e ações de conscientização entre os foliões. Para retirar de circulação condutores e veículos irregulares, o Detran terá o apoio da 3ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), localizada em Feira de Santana, e da Polícia Militar.

Respeita as Mina

A Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia (SPM-BA) estará na Micareta de Feira de Santana com a campanha Respeita as Mina de enfrentamento à violência contra as mulheres. A SPM levará a Unidade Móvel, que ficará montada próximo ao circuito principal da festa, com uma equipe multidisciplinar para orientações e acolhimento às mulheres. No local também serão distribuídos materiais da campanha como folder, adesivos e ventarolas com informações sobre o combate ao assédio e a importunação sexual em festas populares como a micareta, as várias formas de violência de gênero, como denunciar e onde buscar atendimento.

Fuga na cadeia de Aurelino Leal

Domingos Matos, 08/04/2019 | 09:15
Editado em 08/04/2019 | 09:13

A polícia tenta capturar os cinco presos que fugiram da delegacia de Aurelino Leal na tarde de domingo (7). A fuga aconteceu por volta das 12h30. Os detentos, armados com chunchos de madeira, renderam o carcereiro no momento do almoço. O funcionário foi trancado em uma das celas.

Os presos quebraram as câmeras de vigilância e ainda arrombaram o depósito e as salas do cartório, do delegado e do investigador. Os fugitivos já foram identificados. São eles: Jaílton Farias Paes, Moisés Silva Santos, Reinan Oliveira da Silva, Vinícius Silva Santos e Marcelo Silva do Nascimento.

Polícias Militares da 61ª Cipm de Ubaitaba estão realizando diligencias para localizar os fugitivos. Até o fechamento dessa matéria, nenhum dos foragidos havia sido detido.

SSP divulga novos integrantes do Baralho do Crime

Domingos Matos, 11/02/2019 | 15:01

Os naipes de Espadas e Paus do Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública sofreram modificações neste sábado (9). Cristiano da Silva Moreira e Elenildo Batista dos Santos Araújo foram incorporados à ferramenta, que teve a sua segunda atualização do ano.

Com atuação em Camaçari, município da Região Metropolitana de Salvador, Elenildo também conhecido como 'Nana' ou 'Nena', passou a fazer parte do baralho como o novo 'Quatro de Espadas'. Ele é procurado por homicídio e retira Mateus de Jesus Santos, o 'Bolinho', capturado em flagrante no bairro de Brotas com entorpecentes.

Já Cristiano, apelidado de 'Dignow', 'Maluco' e 'Azuado', ocupa o 'Três de Paus' no lugar de Wellington de Jesus Santos, o 'Caverinha'. Dignow é procurado por tráfico de entorpecentes em Brotas e proximidades.

O diretor do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHHP), delegado José Bezerra, reforçou a importância da participação popular na busca e captura dos criminosos. “Já conseguimos localizar muitos dos foragidos com o apoio da sociedade”, lembrou. O policial civil lembrou os números do Disque-Denúncia e reforçou a garantia de integridade e sigilo do denunciante. “As pessoas podem nos ajudar através do 3235-0000, para os habitantes da capital, e 181, para aqueles que moram nas mais 400 cidades do interior”, concluiu.

 

SSP e PF desmontam quadrilha interestadual de roubo a banco

Domingos Matos, 31/01/2019 | 15:02

Uma operação integrada da Secretaria da Segurança Pública (Polícias Civil e Militar) e Polícia Federal desarticulou, na tarde de quarta-feira (30), uma organização criminosa responsável por roubos a bancos em pelo menos cinco estados brasileiros. Os três indivíduos capturados, na cidade de Luís Eduardo Magalhães (LEM), região Oeste da Bahia, possuíam passagens e mandados em aberto.

Investigados desde o início de janeiro de 2019, quando sequestraram a tesoureira de um banco em LEM e exigiram R$ 500 mil, o bando agia sempre na modalidade conhecida como 'sapatinho' (extorsão de funcionários de instituições financeiras).

Através de ações de inteligência, depoimentos e imagens de câmeras, os policiais da 11a Coorpin, da 85 CIPM e Cipe Cerrado, além da PF, chegaram até Isaías Lopes de Sales (que utilizava nome falso de Robson Marques Herdeisa), José Francisco Sousa Costa Júnior e Benício Rodrigues Silva. Com eles foram apreendidos um revólver calibre 38, munições, oito aparelhos celulares, porção de maconha e documentos falsos.

Isaías e José possuíam mandados de prisões de outros estados e eram considerados foragidos da Justiça. Benício, por sua vez, responde a processos por tráfico de drogas, furto de veículo e porte ilegal de arma de fogo.

"Excelente trabalho em conjunto das forças estaduais e federal. Nossa meta é chegarmos ao quarto ano consecutivo de redução nos roubos a bancos. Grande desafio", comentou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

Polícia captura fugitivo da DTE em Santo Amaro; acusado de assassinar o delegado Clayton Leão continua foragido

Domingos Matos, 30/08/2010 | 20:03
Editado em 30/08/2010 | 20:12

Um dos cinco presos que fugiram da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes no último final de semana (relembre aqui) foi recapturado no final da tarde desta segunda-feira, 30. Gilcléber Jesus Mendes da Silva foi encontrado por policiais na cidade de Santo Amaro, a 72km de Salvador, segundo informações do delegado Cleandro Pimenta, diretor do Departamento de Narcóticos.

Continuam foragidos Edvaldo Souza Santos, Maurício Oliveira da Silva e Urbano José dos Santos (todos acusados de tráfico de drogas), além de Reinaldo Valência de Lima, acusado de assassinar a tiros o delegado Clayton Leão, que era o titular da 18ª CP (Camaçari), em 26 de maio. Gilcléber também responde por tráfico.

Informações do a Tarde On Line

Volta à "cadeia de papelão" um dos fugitivos gozadores de Itajuípe

Domingos Matos, 09/06/2010 | 10:29
Editado em 09/06/2010 | 10:49

Ele voltou. O malandro voltou navamente... Isso é o que deve estar pensando o delegado Anananias Martins, ao olhar para o ex-fugitivo Fabrício Souza Santos, o "Bio". Ele se apresentou voluntariamente ontem, na delegaia de Itajuípe - aquela que ele e seus colegas esculhambaram, e ainda deixaram registrado em um cartaz: "Façam outra, que essa é de papelaão. Feliz São João".

Tão fácil fugir quanto recapturar. Faltam os outros, certamente mais perigosos do que Bio, que é acusado de roubo e deve ter pesado os prós e contras de ser um fugitivo.

Ainda estão foragidos Aroaldo Ancelmo de Carvalho, o "Neném", Antonio Regis J. Oliveira, também conhecido pelo sugestivo apelido de "Binho Traficante", Alex Moreira dos Santos, Ednaldo Araujo dos Santos, o "Leo Carroceiro", e Rosevaldo José Santos, que também atente por "Geleia".

Relembre aqui a saga dos gozadores da "cadeia de papelão".

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.