Tag: forum

Em fórum na China, Rui faz palestra sobre transformação digital da Bahia 

Domingos Matos, 14/05/2019 | 16:26

A experiência exitosa do Governo do Estado no projeto de reconhecimento facial foi apresentada pelo governador Rui Costa em um dos mais importantes eventos de tecnologia do mundo, o Fórum Smart City, realizado na cidade chinesa de Shenzen, nesta terça-feira (14). Com 15 milhões de habitantes - mesma população da Bahia - Shenzen tem mais de 1,3 milhão de câmeras controladas por programas de computadores que tornam a cidade mais segura e inteligente, sobretudo na oferta de serviços à população. 

Na palestra "Transformação Digital do Estado da Bahia", o governador destacou os resultados alcançados através do projeto piloto, que possibilitou a captura de pessoas com mandados de prisão no Carnaval de Salvador e na micareta de Feira de Santana, após a identificação por meio do sistema de reconhecimento facial da Huawei. A empresa chinesa é sediada em Shenzen e convidou o governador para apresentar o case de sucesso no evento, que reuniu mais de 500 pessoas, entre gestores públicos de cidades de todo o mundo e empresários da área de tecnologia. "Estamos felizes com o resultado inicial, mas nosso objetivo é avançar e proporcionar mais segurança aos baianos, por isso estamos licitando este serviço para 55 cidades. Também contrataremos softwares para educação e saúde, áreas que considero fundamental o uso da tecnologia para melhorar e ampliar a oferta de serviços à população", afirmou o governador. 

Após o evento, Rui Costa visitou a sede da Huawei e conheceu novos equipamentos e softwares capazes de tornar as cidades mais inteligentes. Em seguida, se reuniu com o vice-presidente da companhia para o setor público, Xu Xujing, para esclarecer dúvidas sobre o processo licitatório que o Governo do Estado realizará com a finalidade de ampliar o uso da tecnologia na Bahia.

"O estado da Bahia hoje é uma referência mundial em aplicação da tecnologia na área da segurança e isso faz aumentar a nossa responsabilidade. O próximo passo é ampliar nossa cobertura e nossos serviços para melhorar a qualidade da segurança pública e reduzir os índices de criminalidade", afirmou o secretário estadual da segurança pública, Maurício Barbosa, que se integrou à comitiva do Governo nesta terça. Também cumpriram agenda com o governador os secretários da Casa Civil, Bruno Dauster; do Desenvolvimento Urbano, Sérgio Brito; e o senador Jaques Wagner.
 

Fórum de Gestores discute violência escolar

Domingos Matos, 05/07/2017 | 10:29

O Núcleo Regional de Educação – NTE 5, realiza nesta quarta-feira o 1º. Fórum de Gestores. O evento, que acontece das 8 às 18 horas no Colégio Modelo Luis Eduardo Magalhães, em Itabuna, tem como tema “Violência Escolar: Políticas Públicas e práticas educativas para o ensino básico”.

O fórum reúne gestores e educadores, além de representantes da comunidade.

Site divulga posições de parlamentares em relação ao golpe

Domingos Matos, 28/03/2016 | 21:06
Editado em 28/03/2016 | 21:24

O site Mapa da Democracia denuncia deputados que apoiam o golpe para a deposição da presidenta Dilma Rousseff e divulga o nome dos que ainda estão indecisos ou já se posicionaram contrários à medida. A página traz um cronômetro com contagem regressiva para a votação na Câmara Federal.

“A ideia é dar total apoio para quem defende a democracia e disputar os deputados indecisos. Solte o verbo no e-mail, Twitter e Facebook no sentido de mostrar por que você acha que ele tem que votar contra”, pedem os organizadores.

“Impeachment só pode ser aplicado em caso de comprovação de crime de responsabilidade e Dilma não é sequer acusada de um. A Câmara, presidida pelo réu Eduardo Cunha, conduz um processo de impeachment ilegal”, alerta o site.

Para conferir a posição dos parlamentares sobre o golpe, clique aqui.

Via Revista Fórum

Terceira edição do Fórum de Políticas para Povos Indígenas

Domingos Matos, 10/12/2011 | 09:58
Editado em 10/12/2011 | 10:02

forum indígenaO Movimento Unido dos Povos e Organizações Indígenas da Bahia (Mupoiba) realizou, de 7 a 9 de dezembro, no Hotel Sol Bahia, em Patamares, o 3º Fórum de Políticas para Povos Indígenas. O evento teve o apoio da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH), através da Coordenação de Políticas para Povos Indígenas (CPPI).

Neste encontro, a CPPI acredita ter avançado no processo de unificação da luta dos povos indígenas, apoiando as diferentes etnias e fortalecendo o movimento.

Durante os três dias do evento foram ministradas oito oficinas para potencializar os propósitos do movimento:- elaboração da proposta de regimento interno do Mupoiba; - movimento e participação política; - política de aliança comunitária;- planejamento estratégico;- movimento e o processo de desenvolvimento econômico;- estrutura e organograma do Mupoiba; - filosofia do movimento;- critérios de representação e participação no Mupoiba.

Para Jerry Matalawê, da CPPI, “este é um movimento importante, pois com o Mupoiba, a representação dos povos indígenas da Bahia ganhará força e representatividade”. O evento contou com a participação das 15 das etnias, que aproveitaram o momento para fazer um balanço das ações e de fatos que acorreram durante o ano de 2011, avaliados como positivos, mesmo diante das dificuldades enfrentadas durante o período.

Segundo um dos participantes do fórum, a liderança indígena dos Tupinambá de Olivença, Cláudio Magalhães, o crescimento do movimento na Bahia, tem mostrado a necessidade de uma maior organização, “temos que estamos juntos em um só pensamento” finalizou Magalhães. O evento contou com autoridades estaduais e representantes da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos.

DE RODAPÉS E DE ACHADOS

Domingos Matos, 18/09/2011 | 12:45
Editado em 18/09/2011 | 15:52

AdylsonQuando o tema se esgota em si mesmo, um rodapé pode definir tudo e ir um pouco além.  

Adylson Machado

                                                                              

Desconhecimento ou descaso

As vinhetas da TV Santa Cruz permeando o ano que antecede o centenário de Jorge Amado cometem uma injustiça: nenhuma sinaliza para Ferradas, terra de origem do escritor.

E, mais que isso, nem uma mísera cena da pracinha e do busto do ferradense, onde se fez presente quando da inauguração, nos anos 80.

Olha lá!

sinucaJogavam o estadunidense Shaun Murphy e o inglês Ricky Walden neste sábado 17 no Snooker Brasil Masters, partida transmitida ao vivo pela sinuca2BandSports. De repente, não mais que de repente, agradecimentos enviados a “Itabuna, na Bahia”.

A terra de Rui Chapéu e Bombaim lembrada não só por infestação de dengue ou pelos altos subsídios de prefeito.

Conferência

Nos dias 30 de setembro e 1º de outubro serão realizados, na FTC (abertura) e no Colégio Coopedi, os trabalhos da II Conferência Municipal de Cultura de Itabuna para formulação do Plano Municipal de Cultura e a escolha de delegados para a Conferência Territorial. Espaço aberto ao debate voltado para a formulação dos Planos de Cultura, coordenado, em nível municipal, pela Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania.

Cultura

forum de culturaDurante o V Fórum de Dirigentes Municipais de Cultura da Bahia – que reuniu gestores, entidades de classe e artistas em Ipirá – a itabunense ACATE (Associação Cultural Amigos do Teatro de Itabuna) se fez presente através da atriz e produtora cultural Eva Lima.

Que aproveitou a oportunidade e procurou informações de Frederico Lustosa, do IPHAN, sobre a liberação de um milhão de reais destinados ao Museu de Itabuna. O dirigente ficou de verificar, uma vez que disse desconhecê-la.

forumAproveitou também para cobrar de Albino Rubim (foto 1), Secretário de Cultura do Estado da Bahia, o compartilhamento da gestão do Centro de Cultura Adonias Filho com a classe artística, dentro da nova política do Governo Estadual, que visa suprimir a pura interferência política na gestão dos espaços culturais.

No evento a Ministra da Cultura Ana Buarque de Holanda se fez representar por João Roberto Peixe (foto 2), do Sistema Nacional de Cultura.

Longevidade brasileira

dona canoAo lado de Oscar Niemeyer (15.12.19070) Dona Canô (16.09.1907) integra o panteão dos mais longevos deste Brasil.

A filha ilustre e a mais antiga moradora de Santo Amaro da Purificação, por seus próprios méritos, tornou-se referência, não só por ter gerado Caetano e Bethânia.

Lançamento

Do Mestre e Doutor Harrison Ferreira Leite chega ao universo jurídico uma relevante contribuição para o estudo do Direito Financeiro, com ênfase no orçamento público: “Autoridade da Lei Orçamentária” (Livraria do Advogado), lançada na quinta 15 no auditório do Fórum da Justiça Federal em Ilhéus.

Obra imprescindível para os especialistas, considerando a densidade da avaliação que realiza sobre um tema relegado a segundo plano, distorcido pela Doutrina e interpretações Pretórias.

O jovem professor da UESC e UFBA traz ao mundo jurídico, em texto leve enquanto profundo, uma verdadeira revolução conceitual em torno do tema.

De Karl para Itabuna

marxDisse-o Karl Marx, contraditando Hegel (que admitia a ocorrência de personagens e fatos de grande importância, em dupla oportunidade), que a História se repete, “a primeira vez como tragédia, a segunda como farsa” (“O 18 Brumário de Luís Bonaparte”, Capítulo I), referindo-se à tomada do poder por Luís Napoleão, sobrinho do Bonaparte. O período em que esteve no poder foi um verdadeiro desastre.

Em terras tupiniquins, análises mais imediatas – daí porque desprovidas das avaliações imprescindíveis – parecem tornar circunstâncias em axiomas. Nessa esteira, particularmente em Itabuna, imaginar-se que o surgimento deste ou daquele nome, desta ou daquela pretensão político-eleitoral, faz do pretendente um “Napoleão”.

Coisas distintas

Conta-se que alguém, em acalorada discussão, valorizando o esforço individual, afirmara que “Lincoln, um lenhador”, fora presidente dos Estados Unidos, sendo refutado de que o fora, sim, mas “nenhum outro lenhador” alcançara a galhardia.

Afastavam os contendores um fato relevante: Lincoln não se elegera presidente pela circunstância de ser lenhador (até porque à duras penas estudara e se formara advogado) – como Lula não o foi pelo fato de ser operário – mas por ser um líder nato. Tanto que disputou e venceu no complexo processo da eleição norte-americana.

No entanto, a ilustração vem a lume para melhor compreender-se a razão por que os que analisam os momentâneos da política municipal em cada um dos instantes particularizados, apesar de reconhecerem os méritos individuais dos muitos que se oferecem ao sacrifício cívico de administrar esta terra, tecem restrições à vocação, muitas vezes inusitada destes muitos desprendidos.

Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa, diria o antológico Vicente Mateus.

Não há discriminação

Há mesmo os que nunca passarão de uma candidatura a vereador, que se tornam expressões político-eleitorais alimentando colunas e capas de jornais e revistas, como se o mérito individual fosse sinônimo de mérito eleitoral em política.

Situações como a célebre “zebra” de Geraldo Simões em 1992, ou a ascensão de Fernando Gomes em 1976 ou Azevedo em 2008, são trazidas ao centro do debate como se todos fossem Geraldo, Fernando ou Azevedo e 2012 venha a repetir 1992, 1976 ou 2008. Não é a eleição que faz uma eleição, porém – mais precisamente – as circunstâncias que construíram cada processo.

Assim, caberia observar que nem sempre há um discurso de um governante desgastado no momento, agredindo em “showmício” a juventude e uma sociedade recém ingressa na Democracia, embalada na esteira de um impeachment de um presidente da república (1992); tampouco uma eleição amparada no instituto da sublegenda (três) que aproveitava os votos dos dois outros menos votados para somar-se aos do mais votado, cujo total enfrentava o somatório da outra legenda (1976) ou mesmo o trabalho silencioso de alguém que dispunha de mais carisma e teve a seu favor uma série de erros cometidos pela candidatura que liderou durante razoável período as pesquisas, culminando por fazer concentrar todos os adversários contra si em vez de dividi-los, como divididos estavam até às vésperas do pleito (2008).

Ainda, retomando Marx: “desempenharam a tarefa de sua época” (ib.), dentro das circunstâncias que os favorecia..

Tempos outros

Gostemos ou não delas, sejam tragédias ou não sob nossos olhares e pensares, lideranças políticas não são construídas ou desenvolvidas em gabinetes, tampouco em discursos, ou em razão do exercício da atividade privada (profissional ou comercial), ou mesmo na exposição através deste ou daquele veículo de comunicação.

Carisma – seja-o no plano dos Sete Dons do Espírito Santo, para os pentecostais, seja-o como a arquetípica personalidade maná, na Psicologia analítica junguiana – não se constrói: se tem, se nasce com ele.

Ainda que nesses tempos bisonhos a moderna política partidária tupiniquim tenha encontrado sinônimo no sonho de Midas, o vil metal.

Como técnicos

Todos os brasileiros definimos a escalação de times e seleções, ainda que desconheçamos as circunstâncias internas que estejam a justificar a estabelecida pelo técnico (sempre burro, para nós), que não dispensa a assessoria de médicos, fisioterapeutas, preparadores físicos, psicólogos etc.

Assim, analistas políticos nos imaginamos todos ao vislumbrarmos simpáticas personas, carácteres ilibados, exemplos particulares de dignidade sem indagarmos ao técnico maior (o povo) se ele também pensa como nós ou, pelo menos se concorda conosco.

E, se anuindo, os sufragará!

Do quadro e da moldura

Essa a razão por que este observador deste cada dia mais estranho e desfigurado mundo da eleição vê em alguns dos bons nomes para o debate apenas molduras eleitorais, acessórios à beleza do processo, legitimando cada eleição.

Um junho de 2012, ao final do período fixado na lei para definição das candidaturas, teremos oportunidade de conhecer o quadro e a moldura.

Setembro

Mês da primeira fase da TPE (tensão pré-eleitoral), que tem por sintoma a expectativa criada pela circunstância da definição de filiações e transferências partidárias visando arrebanhar nomes que possam somar votos para a eleição majoritária.

Causa pressão, angústia e dissabores, que se alternam com alegria e euforia. Medicação hodiernamente utilizada: muita conversa. E, por segurança, dinheiro costuma ser muito útil, que ninguém é de ferro.

Em tempos mais pretéritos se alimentava apenas de idealismo e convicções.

Mês de definições

Todos de olho nas filiações partidárias. Muitas contribuirão para a construção do cenário político-eleitoral de 2012.

A disputa se acirra em troca-trocas. De grandes a pequenas agremiações.

O PCdoB cozendo o galo em fogo lento.

Tiro ao pombo

Em nível estadual, como já registramos, a eleição de 2014 passa pela municipal de 2012. A situação de quem está comandando é como a do pombo naquele nada correto “tiro ao pombo” (incluído a partir dos Jogos na Antuérpia (Bélgica), em 1920, hoje vislumbrado em Olimpíadas, por pratos de argila), esporte preferido de considerável parcela de políticos baianos.

Nome do pombo: PT.

Do baú

No tempo das serenatas, expressão singular de arroubos juvenis para conquistas amorosas, cantadas ao pé da janela da que se imaginava aceitar o galanteio, canções latinas mais nos faziam maiores, traduzidas no “castelhano” em tessitura tenora, tornando-nos eruditos pelo falar estrangeiro ilustrado em falsetes a la Miguel Aceves Mejia.

“Granada”, de Agustin Lara, integrou o repertório romântico, em muito ouvida nos autofalantes e vista no cinema da província de cada um e aqui lembrada em dois momentos: com Luciano Pavarotti (acima) e Joselito, “O Pequeno Rouxinol”.

Cantinho do ABC da Noite

cabocoA manhã desaguando na indignação encontrava em alguém o arauto de crítica aos políticos e ao governo, levando-o a concluir, em enfático desabafo:

– Nós não temos mais bandeira, Cabôco.

– Temos, Cabôco – informa o vendeiro. E dissertou:

– O tamanduá.

_________________

Adylson Machado é escritor, professor e advogado, autor de "Amendoeiras de outono" e " O ABC do Cabôco", editados pela Via Litterarum

Universidade do Recôncavo realiza fórum sobre drogas

Domingos Matos, 13/08/2011 | 13:18
Editado em 13/08/2011 | 13:22

No dia 15 agosto de 2011, o reitor da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) Paulo Gabriel Soledade Nacif fará a abertura do I Fórum Regional Sobre Drogas, na cidade de Cachoeira. O evento é uma realização do Centro Regional de Referência para Educação Permanente em Crack, Álcool e Outras Drogas (CRR-UFRB) e terá como público, prefeitos e secretários municipais de saúde do Recôncavo Baiano, senadores, deputados federais e estaduais da Bahia além de autoridades do poder judiciário.

Além de marcar o início das atividades do CRR-UFRB, o Fórum visa promover a aproximação dos participantes com as políticas nacionais, estaduais e municipais sobre drogas e suas formas de execução. Os debates terão a contribuição de representantes da Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (Senad), do Ministério da Saúde, das secretarias estaduais de Saúde (Sesab) e de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH), além de outros nomes de referência em âmbito regional nas práticas de políticas sobre drogas.

O CRR-UFRB faz parte do Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas, projeto do Governo Federal que tem por objetivo qualificar profissionais que atuam nas redes de atenção integral à saúde e de assistência social visando qualificar as práticas de cuidado voltadas aos usuários de drogas e seus familiares.

Em articulação com as Diretorias Regionais de Saúde e com os municípios do Recôncavo Baiano, o CRR-UFRB visa à criação e consolidação de uma política macro-regional para o enfrentamento da problemática do uso e abuso de drogas.

Outras informações podem ser obtidas na página www.ufrb.edu.br/crr, pelo correio eletrônico crr.ufrb@gmail.com ou pelo telefone (75) 3632-2392.

Santa Isabel foi arrematado em leilão da Justiça

Domingos Matos, 22/02/2011 | 16:14
Editado em 22/02/2011 | 16:55

Finalmente foi arrematado, em mais uma tentativa de leilão, o prédio do antigo Hospital Santa Isabel, em Ilhéus. O certame foi realizado na manhã dessa terça feira, no Forum Trabalhista de Itabuna. O comprador aceitou pagar o lance sugerido de R$ 3 milhões, a serem pagos em 10 parcelas sucessivas e mensais de R$ 300 mil, iniciando-se já nesse mês de fevereiro. A empresa arrematante foi a Comercial Recôncavo de Combustíveis Ltda.

O Hospital Santa Isabel foi fechado no ano de 2005 e dezenas de trabalhadores ficaram sem receber seus créditos trabalhistas. O imóvel sede do Hospital já havia sido levado por várias vezes a leilão sem que aparecesse nenhum licitante. No mês dezembro de 2010, em uma audiência presidida pelo Juízo de Conciliação de 2ª Instância do TRT, que ocorreu no Forum do Trabalho de Ilhéus, os advogados dos credores trabalhistas autorizaram a venda do imóvel pelo valor mínimo de R$ 3 milhões.

Somente após o pagamento da última parcela, no mês de novembro de 2011, é que a Justiça do Trabalho irá ratear o crédito total, propocionalmente, entre os credores trabalhistas - será também quando o bem ficará livre do ônus em função dos créditos trabalhistas.

Durante o leilão de hoje estavam presentes os advogados de credores trabalhistas, Davi Pedreira de Souza, Fred Gedeon III, Ruy Manoel de Santana Filho e Angelo Prisco Teixeira. Esses advogados convidam todos os os outros profissionais que têm reclamação contra o Hospital Santa Isabel para uma reunião nessa quarta-feira, às 17 horas, na sede da OAB de Ilhéus - Fórum Estadual.

Fórum de Debates discutiu o futuro de Itabuna frente ao desenvolvimento regional

Domingos Matos, 16/11/2010 | 09:57
Editado em 16/11/2010 | 10:08

Adylson TVIO programa Fórum de Debates, da TVI – canal 3 da TV Cabo ou em www.tvitabuna.com.br – veiculado ao vivo no último sábado, discutiu o tema "O futuro de Itabuna no contexto do crescimento do Sul da Bahia". O convidado para debater o assunto foi o professor de Direito Municipal da Uesc e colunista desse O Trombone, Adylson Machado. O apresentador Ederivaldo Benedito ainda contou com a colaboração do arquiteto Walter Carvalho de Miranda, o ambientalista Erlon Botelho, o advogado Iruman Contreiras e o sociólogo Agenor Gasparetto.

Após duas horas de programa, Adylson Machado resumiu sua expectativa de futuro para Itabuna: a esperança recai na mobilização popular, pressionando governantes a se posicionarem frente à necessidade de um planejamento efetivo das ações de médio e longo prazos.

Como ação imediata desses governantes, cobrou a valorização do ensino público, o estímulo ao exercício da cidadania por parte da juventude e a atenção ao que já existe de bom em termos de planejamento nas diversas esferas da administração. “Na verdade, fico feliz por temas como esse estarem sendo discutidos na televisão. Esperamos ter contribuído de alguma forma para o aprofundamento das questões que nos foram postas”, afirmou o professor, ao final do programa.

Pesquisa Band/Vox Populi dará diferença de 14 pontos de Dilma sobre Serra, diz ''espião''

Domingos Matos, 25/10/2010 | 15:27
Editado em 25/10/2010 | 15:31

Do blog do Rovai/Revista Fórum

A pesquisa Vox Populi que vai ser anunciada na TV Bandeirantes na noite de hoje teria fechado com a seguinte diferença: 14 nos votos válidos e 12 nos totais.

É tudo que consegui apurar.

Isso é uma ótima notícia para a campanha da Dilma.

Ontem algumas pessoas falaram em 18 pontos na pesquisa interna do PT. Esse dado não foi confirmado pelas pessoas que são responsáveis pelas pesquisas internas.

OAB de Itabuna cria Comissão de Diversidade Sexual e Enfrentamento à Homofobia

Domingos Matos, 10/08/2010 | 15:54
Editado em 10/08/2010 | 16:02

RafaelliA Ordem dos Advogados do Brasil - Subseção de Itabuna criou a Comissão Especial de Diversidade Sexual e Combate à Homofobia, inédita na Bahia. Em outros Estados como Pará e Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul a Comissão fora criada pelas OAB's estaduais. Diversos estados estão em processo de votação e nomeação.

Na Bahia existe o grupo em prol da criação da referida Comissão, que tem em Dr. Filipe Garbelotto, como um dos coordenadores. Itabuna segue um movimento nacional na defesa e afirmação dos direitos civis das pessoas homossexuais, travestis, transexuais, bem como o combate à Homofobia (violências associadas às identidades de gênero e orientação sexual).

A posse da Comissão, se dará dentro das atividades do Dia do Advogado promovido pela Subseção de Itabuna, no auditório da FTC, às 18:30, neste dia 10 de agosto. A presidente da Comissão é a jovem  advogada Rafaelli Lins Dantas (foto), que possui diversos trabalhos publicados e com pesquisa sobre adoção por casais homossexuais.

Dra. Rafaelli é consultora do grupo gay de Itabuna - Grupo Humanus e atua na assessoria jurídica da mesma Ong juntamente com a advogada Jurema Cintra, que também compõe a Comissão.

Leia a notícia completa AQUI

Bahia tem Fórum Permanente da Micro e Pequena Empresa

Domingos Matos, 24/05/2010 | 11:50
Editado em 11/04/2010 | 12:03

Uma cerimônia com o governador Jaques Wagner, na sexta-feira (9), lançou na Bahia o Fórum Regional Permanente das Pequenas e Microempresas. Composto por entidades de apoio e de representação das microempresas e por órgãos governamentais, o fórum vai concentrar estudos, articulação e elaboração de propostas a serem implantadas como políticas públicas a serem implantadas no setor.

"Nada será lançado ao mercado sem antes ser discutido pelo fórum, que vai atuar por meio de comitês temáticos. Esse é um grande avanço para as pequenas e microempresas. Mas é importante também o incentivo do governo em relação à regulamentação, pelos municípios, da Lei Geral da Micro e Pequena empresa. Isso vai garantir a ampliação de um mercado interessante, que é o das compras governamentais", afirma Valdir Ribeiro, da Associação das Micro e Pequenas Empresas do Estado da Bahia (Ampesba).

O fórum funcionará por meio dos comitês de "Desoneração e Desburocratização", "Investimentos e Financiamentos", "Rede de Disseminação", "Informação e Capacitação", "Tecnologia e Inovação", "Acesso a Mercados e Comércio Exterior" e de "Compras Governamentais".

Prédio do fórum pode abrigar shopping dos camelôs

Domingos Matos, 24/05/2010 | 11:50
Editado em 13/04/2010 | 16:31

Caso vingue a proposta de construção do novo fórum da justiça estadual na área do Dnitt, já existe uma proposta para aproveitamento do imóvel hoje ocupado pelo Fórum Ruy Barbosa, no centro de Itabuna.

O novo fórum tem tudo para ser construído na área do antigo DNER, próximo ao Centro Administrativo Firmino Alves, uma vez que há a vontade do diretor do órgão na Bahia, Saulo Pontes, de fazer a transferência da área.

"Isso deixaria vago o atual prédio do fórum, que poderia ser aproveitado para abrigar os ambulantes, basta, caso seja confirmado esse novo fórum na área do Dnitt, que a prefeitura negocie com o Tribunal de Justiça da Bahia", observa o economista Rosivaldo Pinheiro, autor da proposta.

Ontem, os camelôs decidiram ocupar o estacionamento da praça Camacã, provisoriamente, até que a prefeitura disponibilize uma área para abrigar a categoria (veja nota abaixo).

Presidente do TJ diz que fórum de Itabuna é prioridade

Domingos Matos, 24/05/2010 | 11:50
Editado em 08/05/2010 | 01:08

 

tjba
Autoridades itabunenses se mobilizam pela construção do novo fórum da Justiça

Apesar de considerar restrições de natureza orçamentária, a presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargadora Telma Brito, afirmou que a construção do novo fórum em Itabuna é uma prioridade.

Este pleito voltou a ser discutido na manhã desta sexta-feira (07), em audiência no TJ que contou com a presença do prefeito de Itabuna, José Nilton Azevedo, do presidente da subseção local da OAB, Andirlei Nascimento, vereadores itabunenses, do ex-presidente da secional baiana da OAB, Dinailton Gomes e do superintendente regional do DNIT, Saulo Pontes.

No encontro com a desembargadora, foi abordada a oferta de uma área de 8 mil metros quadrados, pelo DNIT, para que seja construído o novo fórum. A presidente do Tribunal de Justiça já determinou as providências necessárias para que o termo de doação seja formalizado.

A previsão é de que a construção do novo fórum, orçado em R$ 7 milhões, comece em 2011. Durante a audiência, foi cogitada a possibilidade de que o projeto seja viabilizado por meio de parceria com a iniciativa privada, propiciando economia de recursos.

Para o presidente da subseção itabunense da OAB, a mobilização pelo novo fórum já é vitoriosa. "Essa será a maior vitória para o judiciário local em 50 anos", afirma. Nascimento lembra que a construção do novo fórum vai assegurar o cumprimento da Lei de Organização Judiciária, permitindo a contratação de novos juízes e serventuários e, consequentemente, a melhoria dos serviços.

O prefeito de Itabuna destacou a receptividade e a atenção da presidente do TJ diante da solicitação do município. "Nós vamos nos empenhar ao máximo, dentro do que nos compete fazer, para que esse projeto seja viabilizado", declarou.

O mesmo compromisso foi firmado pelos vereadores que compareceram à audiência: Clóvis Loiola, Wenceslau Júnior, Ricardo Bacelar, Roberto de Souza, Solon Pinheiro e Claudevane Leite.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.