Tag: homens

Violência atinge mais mulheres que trabalham fora, mostra estudo

Domingos Matos, 20/08/2019 | 13:49

Trabalhar fora e ter independência financeira não é garantia de proteção às mulheres contra a violência doméstica. É o que aponta um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), divulgado na segunda-feira (19). De acordo com os dados levantados, o índice de violência contra mulheres que integram a população economicamente ativa (52,2%) é praticamente o dobro do registrado pelas que não compõem o mercado de trabalho (24,9%).

“Uma possível explicação é que, pelo menos para um conjunto de casais, o aumento da participação feminina na renda familiar eleva o poder de barganha das mulheres, reduzindo a probabilidade de sofrerem violência conjugal. Em muitos casos, porém, a presença feminina no mercado de trabalho – por contrariar o papel devido à mesma dentro de valores patriarcais – faz aumentar as tensões entre o casal, o que resulta em casos de agressões e no fim da união”, destacou o Ipea.

“Uma das conclusões é que o empoderamento econômico da mulher, a partir do trabalho fora de casa e da diminuição das discrepâncias salariais, não se mostra suficiente para superar a desigualdade de gênero geradora de violência no Brasil”.

De acordo com o estudo, outras políticas públicas se fazem necessárias "como o investimento em produção e consolidação de bases de dados qualificados sobre a questão, o aperfeiçoamento da Lei Maria da Penha e intervenções no campo educacional para maior conscientização e respeito às diferenças de gênero”.

Conforme o estudo do Ipea, o índice de violência doméstica com vítimas femininas é três vezes maior que o registrado com homens. Os dados avaliados na pesquisa mostram também que, em 43,1% dos casos, a violência ocorre tipicamente na residência da mulher, e em 36,7% dos casos a agressão se dá em vias públicas.

“Na relação entre a vítima e o perpetrador, 32,2% dos atos são realizados por pessoas conhecidas, 29,1% por pessoa desconhecida e 25,9% pelo cônjuge ou ex-cônjuge. Com relação à procura pela polícia após a agressão, muitas mulheres não fazem a denúncia por medo de retaliação ou impunidade: 22,1% delas recorrem à polícia, enquanto 20,8% não registram queixa”, apontou o trabalho do Ipea.

O conteúdo completo da pesquisa, elaborada por Daniel Cerqueira, Rodrigo Moura e Wânia Pasinato, pode ser acessado na página do Ipea na internet. (Com informações da Agência Brasil)

 

Mais de 12 milhões de consumidores sofreram alguma fraude financeira nos últimos 12 meses, aponta pesquisa

Domingos Matos, 15/08/2019 | 07:04

Sejam consumidores, empresas ou governos, as fraudes financeiras representam um risco para a segurança de diversos setores da economia. E com o avanço tecnológico, as oportunidades e os métodos para fraudar também vêm se tornando cada vez mais sofisticados, causando danos financeiros em um número cada vez maior de pessoas. De acordo com uma pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), 46% dos internautas brasileiros foram vítimas de algum tipo de golpe financeiro nos 12 meses anteriores ao estudo, o que equivale a um universo aproximado de 12,1 milhões de pessoas.

Na avaliação do presidente da CNDL, José Cesar da Costa, é importante que o consumidor tome cuidados básicos para evitar transtornos com as fraudes e desconfie de facilidades ofertadas. “O comércio eletrônico tem crescido consistentemente no Brasil, em grande medida, devido a uma combinação entre diversidade, preços competitivos, comodidade e segurança nos mais diversos segmentos de consumo. Entretanto, muitas pessoas não tomam os cuidados necessários nas transações on-line o que contribui para que sejam enganadas. São comuns, por exemplo, ofertas com valor muito abaixo da média praticada no mercado, o que já mostra um indício de que pode ser se tratar de tentativa de golpe”, alerta o Costa.
 
 

Prejuízos gerados pelas fraudes equivalem a R$ 1,8 bilhão

Pouco mais da metade (51%) dos entrevistados afirma ter sofrido algum prejuízo financeiro com a fraude, sendo o valor médio do dano de R$ 478,00. A estimativa é de que o prejuízo total decorrente de fraudes financeiras nos 12 meses anteriores à pesquisa chegue a cerca de R$ 1,8 bilhão. Dentre os fatos que antecederam a fraude, a pesquisa revela que os mais comuns foram perda de documentos pessoais (24%), roubo, assalto ou furto (21%), perda de cartão de débito ou crédito (18%) e fornecimento acidental de dados pessoais para terceiros por telefone, e-mail, WhatsApp ou em sites (13%).

Considerando aqueles que disseram ter fornecido acidentalmente dados pessoais ou cópias de documentos pessoais para terceiros, 40% cadastraram seus dados em sites falsos de promoção, 39% se inscreveram em suposta vaga de emprego, 22% realizaram compra em site falso sem perceber, 21% receberam um contato telefônico de uma pessoa se passando por funcionário da instituição financeira, 18% receberam notificação falsa para quitação de débito e 18% receberam falso e-mail de banco ou empresa pedindo atualização de dados cadastrais ou bancários.
        
 

Perfil das vítimas: maioria mora no Sudeste com idade média de 37 anos

As vítimas de fraudes financeiras estão distribuídas quase que igualmente entre mulheres (53%) e homens (47%). A média de idade de 37 anos. Considerando a renda familiar, os entrevistados estão divididos em três intervalos principais: 23% ganham de R$ 999,00 a R$ 1.996,00, outros 22% de R$ 2.995,00 a R$4.990,00 e 20,5% recebem de R$ 1.997,00 a R$ 2.994,00. Pouco menos da metade reside no Sudeste (47%) e 23% estão no Nordeste.
 

Exames de DNA gratuitos: Defensoria intensifica projeto Sou Pai Responsável no interior da Bahia

Domingos Matos, 13/08/2019 | 12:31
Editado em 13/08/2019 | 07:52

A Defensoria Pública do Estado da Bahia está intensificando esta semana a Ação Cidadã Sou Pai Responsável em suas unidades do interior. Os municípios de Alagoinhas, Amargosa, Ilhéus e Vitória da Conquista têm programação especial com este propósito durante esta semana. Serão oferecidos, em caráter de força tarefa, orientações jurídicas para supostos pais e mães interessados, assim como exames de DNA gratuitos para apuração de paternidade nos casos onde não houver ainda o nome do pai na certidão de nascimento.

Realizada desde 2007 pela Defensoria, a Ação Cidadã acontece durante todo o ano e é  intensificada no mês de agosto  quando é comemorado o dia dos pais, com campanha publicitária, inclusive.  A iniciativa busca tanto estimular a participação dos pais no convívio e desenvolvimento dos filhos, assim como incentivar homens relutantes a assumirem a paternidade de crianças sem registro.

Além de estimular o diálogo e promover mediação em busca de conciliação para que os reconhecimentos dos filhos sejam espontâneos, a Defensoria oferece também os testes de DNA gratuitos nos casos de crianças que não têm o registro do genitor masculino em seus documentos. Desde sua criação a Ação Cidadã Sou Pai Responsável já assistiu mais de 23 mil pessoas.

Câmara rejeita todos destaques e aprova reforma da Previdência

Domingos Matos, 08/08/2019 | 06:30

Depois quase dez horas de votações, o Plenário da Câmara concluiu a votação da reforma da Previdência em segundo turno. Os deputados rejeitaram os oito destaques apresentados e mantiveram sem alterações o texto principal aprovado ontem (7) de madrugada pela Casa .

Ao encerrar a sessão, que começou às 9h, mas só teve a ordem do dia aberta por volta das 12h30, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), agradeceu o apoio de todos os partidos na construção e na aprovação da reforma. “Ninguém chega a um resultado desses sozinho”, disse. Ele recebeu os cumprimentos dos ministros da Economia, Paulo Guedes, que apareceu no Plenário nos instantes finais de votação, e da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que deixou o ministério para participar das votações como deputado.

Como o texto do primeiro turno foi mantido na votação em segundo turno, não há necessidade de que a proposta seja novamente aprovada em comissão especial. Dessa forma, a matéria está pronta para ser encaminhada para o Senado, onde passará pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa e também precisará ser aprovada em dois turnos de votação em plenário. O texto deixa a Câmara quase seis meses depois de ser enviado pelo governo.

Os dois destaques que faltavam ser votados foram rejeitados nesta noite. Por 339 votos a 153, o Plenário derrubou destaque do PSB que pretendia retirar o aumento gradual ao longo de 15 anos na pontuação (soma de tempo de contribuição e idade) para a aposentadoria de trabalhadores de atividades sujeitas à exposição a agentes nocivos químicos, físicos e biológicos prejudiciais à saúde.

A reforma estabelece pontuação mínima de 66 pontos e 15 anos de efetiva exposição a agentes nocivos, 76 pontos e 20 anos de exposição ou 86 pontos e 25 anos de efetiva exposição para que esses trabalhadores conquistem direito à aposentadoria. A partir de 2020, essas pontuações seriam acrescidas de 1 ponto por ano para homens e mulheres, até atingirem, respectivamente 81 pontos, 91 pontos e 96 pontos para ambos os sexos em 2035. O destaque do PSB buscava eliminar a elevação automática da pontuação. 

O último destaque rejeitado, de autoria do PT, buscava eliminar as alterações na fórmula de cálculo da aposentadoria proposta pela reforma. Por 352 a 135 votos, o destaque foi derrubado às 22h01 pelo Plenário. Segundo o governo, a aprovação do destaque desidrataria a reforma da Previdência em R$ 186,9 bilhões – R$ 15,8 bilhões para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e R$ 171,1 bilhões para a Previdência dos servidores públicos federais. (Com informações da Agência Brasil)

 

 

Dupla é presa após se passar por agente de endemias, entrar em casa e roubar R$ 30 mil em jóias

Domingos Matos, 18/07/2019 | 16:35

Dois homens foram presos após fingirem ser agentes de endemias, entrarem na casa de uma moradora da cidade de Itamaraju e roubarem mais de R$ 30 mil em joias.

Conforme a polícia, o crime ocorreu no bairro BHN, região central da cidade, na segunda-feira (15). Um dos homens chegou na casa da vítima caracterizado de agente e conseguiu entrar no local. Ao perceber que a mulher estava sozinha, ele disse à vítima que um colega ajudaria no trabalho, momento no qual o comparsa entrou no local.

Ainda segundo a polícia, já dentro da casa, a dupla roubou aparelhos de televisão e mais de R$ 30 mil em jóias, depois de prender a mulher no banheiro. Eles utilizaram o carro da vítima para fugir da cidade.

O crime foi descoberto depois que a vítima conseguiu sair do banheiro, onde estava presa, e foi até a delegacia de Itamaraju. Os homens foram presos BR-101, no caminho de Teixeira de Freitas, depois de rondas da polícia na região.

Eles foram encaminhados para a delegacia de Teixeira de Freitas ainda na segunda, quando prestaram depoimento. Já na quarta-feira (17), após audiência de custódia, a dupla foi encaminhada para o Conjunto Penal de Teixeira de Freitas. (Com informações do G1)

Batalhão Marítimo do Corpo de Bombeiros tem primeira mulher como tenente-coronel

Domingos Matos, 17/07/2019 | 18:35

Há 29 anos na corporação, Ana Fausta Araújo é a primeira mulher a chegar à patente de tenente-coronel e a ocupar o comando do Grupamento Marítimo do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, além de fazer parte da primeira turma de oficialas da Polícia Militar. “Lugar de mulher é onde ela quiser estar. Existe trabalho para a pessoa que tem competência. Se eu tenho aptidão, competência, não importa qual é o meu sexo”, afirmou Ana Fausta.

Atualmente, 116 bombeiros militares estão sob seu comando, responsáveis pelo salvamento aquático e também pela parte de mergulho e resgate em Salvador. A nomeação a tentente-coronel, pelo governador Rui Costa, foi publicada na última sexta-feira (12).

A tenente-coronel conta que, na prática, é exigido um esforço maior das mulheres do que dos homens para a conquista de cargos de chefia. “Enfrentei vários desafios, o primeiro por ser mulher dentro de uma instituição eminentemente masculina. A gente sabe que precisa provar um pouco mais para se firmar. Para isso a gente tem que vencer o preconceito e mostrar um pouco mais de competência do que os homens. Então eu tenho a sorte de ter um comandante que aposta nas mulheres e que tem a certeza da nossa competência”.

A tenente-coronel Ana Fausta recebeu, há três anos, o desafio de comandar o 13º Grupamento de Corpo de Bombeiros. “Só havia aqui uma mulher, que era guarda-vida, hoje são três mulheres. Então é uma atividade onde é difícil a entrada de mulheres e mais difícil ainda que a mulher chegue ao comando. O machismo existe, está enraizado, eu sou de uma geração machista, a minha vida inteira foi driblando o machismo. Com trabalho, amor à profissão e competência, a gente vai mostrando que a mulher é capaz, ocupando os espaços”, conta.

O tenente Adilson Santos fala sobre ser comandado por ela. “È uma tenente-coronel que, desde que eu cheguei aqui, tem me ajudado muito, ela labuta para melhorar o comando aqui da unidade. Eu só tenho a agradecer porque eu desenvolvi bastante a minha experiência no administrativo com a ajuda dela”. Segundo ele, Ana Fausta procura ouvir os subordinados, ajudar a superar as dificuldades e melhorar as atividades tanto internas como operacionais. “É uma mulher resolutiva e disciplinada. Ela ajuda e faz com que a gente se desenvolva”. 

Na Praia de Itapuã, a comandante chamou a atenção da comerciante Marly Bisbo, 37 anos. Ela se sentiu representada e aproveitou para cumprimentar a comandante. “Nós estamos assumindo o nosso lugar. E ver uma mulher no comando de um quartel, hoje, é um passo bem à frente que estamos dando, para adquirirmos a igualdade junto com os homens, enfrentando o machismo. Antigamente uma mulher nunca poderia assumir um cargo deste. Então, fico muito feliz com a Ana Fausta tomando conta deste lugar que eu sempre vi ser comandado por homens”.

A revolta de Stonewall, hoje. É todo DIA, é preciso vigiar, há perigos nas esquinas!

Domingos Matos, 28/06/2019 | 16:23

Por José Antonio Loyola Fogueira

Era final dos anos 60 do século passado(1969), no bar Stonewall, um reduto gay no bairro Village em Nova York, frequentado por centenas de pessoas do universo LGBTQI+, e na noite de 28 de Junho de 1969, em mais uma batida da policia moral de Nova York, que eram frequentes e muito violenta e arbitraria com este publico acontece o inesperado: O publico deste bar se revolta e resiste nas mesmas proporções da policia, e esta revolta toma as ruas do bairro e se estende por cerca de 10 dias. Mas de onde vem essa ação, da liberdade e ousadia dos Bealtos, do grito de liberdade dos hippies, da força do movimento feminista. Assim em 28 de Junho 1970, a passeata de comemoração do primeiro ano de Stonewall, nascia a primeira Parada do Orgulho LGBT.

De lá para cá muitas coisas aconteceram inclusive a AIDS, que muito ensinou ao movimento LGBTQI+, a se reinventar e sobreviver de outras formas e incorporando outras lutas que não só a das liberdades de minorias sexuais, não se pode pensar em ser LGBTQI+, sem que se coloque em sintonia de igualdade o feminismo, a luta contra o racismo e tudo mais que tenta diminuir e segregar pessoas seja pelo qual motivo for. Hoje, e mais que nunca a nossa batalha é na manutenção dos frágeis direitos conquistados, o direito às uniões legais, à adoção, o uso do nome social, e a garantia do estado brasileiro na equiparação às agressões contra esta população equiparadas às agressões contra negros através da lei contra racismo.

É preciso VIGIAR, pois em cada esquina existe uma armadilha que pode nos sequestrar em nossa existência, até o sagrado pode ser usado como arma contra nós, não nos permitamos que continuemos invisibilizando corpos e pessoas que fogem à regra de padrões que este próprio movimento alimenta, existem outros que “borram as margens”(LOURO, 1998). E estes devem ser diuturnamente protegidos, o nosso ORGULHO, é sermos irmão nos sofrimentos e nas alegrias. Não podemos hoje repetir os erros deste movimento, que excluíram pessoas tão importante na revolta de Stonewall(1969), como Marshall P. Tompson, morta em um assassinato insolúvel até os dias de hoje, ou Silvia Rivera que teve seu fim como moradora em “situação de rua” nas periferias de Nova York.

Quero hoje celebrar um ORGULHO, que nos uni como humanos, na igualdade de lutas e direitos, e possamos construir uma unidade de consciência politica que nos elevará a outros patamares nas esferas de construção social desta nação. E porque eu falo de pessoas TRANS* e Corpos TRANS, porque eles são os mais notados, e por isso os mais violentados(MOTT,2002), em pessoas como Keylas, Indianaras, Thiffanys, Sabrinas, Samaras, Jaquelines, Jovannas, Lúcias, Lauras, Natalhas, Melissas, Brunas, Safiras, Melissas, Camilas, Barbaras, Katias, Antonio, Pedros, Joãos, Josés, Matheus, Paulos, Henriques, e todxs que escapam em vivências.

Assim são nossas existências uma criança frágil que requer um cuidado diário, um olhar VIGILANTE, e atento. Pois afirmo a todxs com muito ORGULHO, há perigos nas esquinas. E para além de colher e levar as flores que nascem em nossos jardins, precisamos cuidar de nossos jardins.  Quero hoje agradecer pelas mãos que me trouxeram até aqui, não posso citar nomes pois vocês são muitxs.    

*Referencia à Travestis, Mulheres e Homens Transexuais.

Referências:

LOURO, Gaucira Lopes.  Um corpo estranho. Ensaios  sobre a sexualidade e teoria queer. 2ª Edição.  Editora Autentica. Belo Horizonte.  2013.

MOTT, Luiz et al. O crime Anti-Homossexual no Brasil. Editora Grupo Gay da Bahia, Salvador. 2002.

Fantástico: Revolta de Stonewall completa 50 anos e é considerada marco do movimento LGBT. Disponível em: < http://www.doistercos.com.br/fantastico-revolta-de-stonewall-completa-50-anos-e-e-considerada-marco-do-movimento-lgbt-assista/>. Acesso em: 27 mai. 2019.

_______________

José Antonio Loyola Fogueira é pedagogo

Colombianos envolvidos em briga deverão deixar o Brasil

Domingos Matos, 18/06/2019 | 10:29
Editado em 18/06/2019 | 15:28

Três colombianos com irregularidades em documentos e que se envolveram em uma briga dentro da Arena Fonte Nova, no último sábado (15), deverão deixar o Brasil imediatamente. Grupo foi apresentado pela PM e PC na sede da Polícia Federal.

Os dois homens e uma mulher foram conduzidos por PMs até o posto da PC dentro do estádio e em seguida levados até a sede da PF. Na unidade, foram comprovadas pendências relacionadas às leis de imigração.

Outro caso, também envolvendo colombianos, ocorreu na madrugada de domingo, após o jogo. Militares perceberam um princípo de briga no Pelourinho, e durante abordagem encontrou uma faca com um dos estrangeiros. O homem foi conduzido até a Delegacia Especial de Proteção ao Turista (Deltur), onde assinou um Termo Circunstaciado e foi liberado. 

Apesar de divulgado por veículos de comunicação, na unidade da PC o grupo não relatou situação de 'arrastão'. "Investigamos o caso. A história contada foi estranha e estamos trabalhando para tentar entender o que houve. A princípio, trabalhamos com a hipótese de briga", contou a delegada Maritta Souza, titular da Deltur. 

Polícia suspeita da participação de parentes na morte de pastor

Domingos Matos, 18/06/2019 | 09:18
Editado em 18/06/2019 | 15:29

A Polícia Civil trabalha com a hipótese da suspeita de participação de familiares na morte do pastor evangélico Anderson do Carmo de Souza, marido da deputada federal e cantora gospel Flordelis (PSD-RJ) . O pastor foi morto na madrugada de domingo (16), quando chegava em casa acompanhado da mulher, após receber mais de 30 tiros de pistola nas costas, no peito, na genitália e nas pernas. Nada de valor foi levado da casa, o que fez a polícia trabalhar com hipótese de execução. A maioria dos disparos foi feito à queima-roupa, mas a polícia técnica, não pode precisar o número exato de disparos.

De acordo com a Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo, um dos filhos do casal, Flávio dos Santos Rodrigues foi preso nesta segunda-feira (17) em cumprimento a mandado de prisão pelo crime de ameaça na forma da Lei Maria da Penha. Ele foi ouvido na sede da especializada, em Niterói, região metropolitana do Rio. A prisão ocorreu na hora do velório do pai adotivo. Ele é filho legítimo apenas de Flordeliz. O casal tem 55 filhos registrados, sendo 51 adotados.

À tarde, investigadores da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo prenderam Lucas, filho adotado pelo casal, que teve problemas com drogas quando era menor de idade. Ele foi preso em casa, após o enterro do pastor. Lucas foi levado para o Departamento de Ações Socioeducativas (Degase), porque na época de prisão com drogas ainda era adolescente.

A polícia investiga também porque os cães da casa não latiram quando o crime ocorreu. A primeira versão dada pela família é que o pastor Anderson foi até a garagem da casa, que tinha ficado com o portão aberto, quando foi surpreendido por dois homens no terreno da casa. Para a polícia, se os homens fossem estranhos, os cães atacariam. 

Inquérito

Os policiais militares, que foram chamados ao local para atender a uma tentativa de homicídio, depois de ouvirem o relato de pessoas da família e de vizinhos, acionaram agentes da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo . A Secretaria de Estado de Polícia Civil informou que agentes da unidade ouviram testemunhas. A deputada Flordelis, dois filhos e dois netos do casal prestaram depoimento. “Até o momento, as circunstâncias apontam para uma execução, realizada com uma arma de calibre 9 milímetros”, informou a secretaria.

Os policiais da especializada realizaram perícia na casa e no carro do pastor e analisam imagens captadas por câmeras instaladas próximo ao local do crime. As investigações estão em andamento.

O velório do pastor começou na noite desse domingo, com um culto no Ministério Flordelis, a Cidade do Fogo, no bairro Mutondo, em São Gonçalo, igreja fundada pelo casal, na presença de fiéis e de líderes religiosos. A deputada compareceu ao velório. (Com informações da Agência Brasil)

Centro de Itabuna: Lojas Americanas é alvo da ação de bandidos

Domingos Matos, 13/06/2019 | 17:31

Quatro homens em um carro Fox vermelho invadiram, na madrugada desta quinta-feira (13), a Lojas Americanas, localizada em frente ao Restaurante Popular, centro de Itabuna.

Até agora o que se sabe é que o bando conseguiu levar do estabelecimento quatro televisores de 32 polegadas, além de outros eletrodomésticos menores.

Segundo informações, os suspeitos conseguiram derrubar a porta principal, utilizando o veículo em marcha a ré. A polícia Militar foi acionada, assim como a empresa que presta serviço de segurança à loja. 

De acordo com testemunhas, os bandidos, após o roubo, fugiram sentido Avenida Nações Unidas.

Cabra Macho: mutirão contra o câncer de próstata atende 900 homens em Itabuna

Domingos Matos, 11/06/2019 | 07:01
Editado em 10/06/2019 | 18:47

O Mutirão Cabra Macho, desenvolvido pela Igreja Batista Teosópolis (IBT), de Itabuna, atingiu a marca de 900 pessoas atendidas gratuitamente com exames de detecção do câncer de próstata. A sétima edição do projeto, no domingo (9), teve a participação de 11 médicos urologistas e 180 voluntários.

“Tivemos grandes avanços em relação a 2018, com grande participação na palestra, o que demonstra maior interesse pelo tema. Tivemos ainda uma visível ampliação do voluntariado, facilitando o atendimento, valorizando a cultura de paz entre pessoas de vários estratos sociais”, disse o pastor presidente da Igreja Batista Teosópolis, Geraldo Meireles.

Ele ressalta, ainda, a ampliação do número de urologistas. ”Tivemos a participação de profissionais de Ilhéus, Salvador e de Londrina, no Paraná, onde está radicado hoje um dos nossos idealizadores o médico João Correia”. E completa: “Vamos trabalhar para melhorar ainda mais em 2020, ampliando os serviços oferecidos. Este era um sonho do nosso saudoso Hélio Lourenço ”.

O urologista Júlio Brito Filho, coordenador médico do mutirão, fez um balanço positivo. “Ampliamos o número de pessoas, de médicos voluntários. Tenho grande satisfação em participar do Cabra Macho e acredito que, na ausência do serviço público, devemos realizar outros mutirões, como os de hérnia, vesícula e diabetes, e assim ajudar as pessoas mais carentes. Existe uma carga de preconceito em relação ao câncer de próstata que está sendo superada”, afirmou Júlio Brito Filho.

Danilo Azevedo Júnior, do Ministério da Ação Social da Igreja Teosópolis, comemorou o resultado. “Foi excelente a adesão de mais médicos, de 7 para 11 este ano, e uma ampliação em 27% do número de senhas distribuídas, de 700 para 900. Tem sido uma ação exitosa e tem ajudado a sociedade de Itabuna”, disse ele.

O médico Vilson Martins, de Salvador, fala da satisfação em participar do Cabra Macho. “Cada ano que passa aumenta mais [o número de pessoas atendidas e de volutnários]. Gosto muito de ajudar”, disse. Outro médico vindo de Salvador, Vinicius Castro afirmou que “é muito bom poder ajudar a população que não tem acesso ao serviços de saúde”.

Gilson Pinheiro, Coordenador do Mutirão, ressalta a atuação da Igreja Teosópolis na comunidade, conseguindo realizar um evento tão grandioso, sem nenhuma verba pública.

 

SAÚDE DO HOMEM

O motorista Antonio Dantas Bomfim, de 53 anos, afirmou que o mutirão é positivo não só para a sociedade de Itabuna, mas para a região. “Atende aquele que não tem condições financeiras de pagar”, frisou Antônio Dantas, que participa pela segunda vez do mutirão.

O aposentado Gilson Alfredo Reis, 66, também apontou para o benefício do Cabra Macho. “O mutirão é muito bom para a comunidade”, completou. Participando pela primeira vez do Cabra Macho, o serralheiro Jamildo Carvalho de Souza, 63, reforçou a dificuldade no acesso a este tipo de exame. “Se não fosse esse trabalho, o que seria da gente?”, questiona. (Com informações do Pimenta)

Acusado de tráfico morre em confronto com a polícia em Itacaré

Domingos Matos, 04/06/2019 | 12:31

Landerson Silva Almeida, o Ban, integrante de uma organização criminosa morreu em confronto na madrugada desta terça-feira (4), após trocar tiros com policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Cacaueira e da 72ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Itacaré).

Guarnições da Cipe Cacaueira foram acionados através da 72ª (CIPM/Itacaré) sobre uma situação em que, aproximadamente, seis homens estavam portando armas, no bairro Pituba 2, em Itacaré, e realizando disparos no local. Policiais se deslocaram e foram recebidos a tiros.

Segundo o tenente da Cipe Cacaueira Igor Silva, cinco homens conseguiram fugir por um matagal. Landerson foi atingido, socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. “Temos uma equipe monitorando para tentarmos localizar os que conseguiram fugir”, disse. Com Landerson foram apreendidos um revólver calibre 38, com uma munição picotada, e quatro deflagradas, um tablete de maconha e 20 gramas de cocaína.

Todo material apreendido foi encaminhado para a Delegacia Territorial (DT/Itacaré), onde será registrado o caso.

Órfãos na passarela, uma monstruosidade com patrocínio judicial

Domingos Matos, 22/05/2019 | 17:13

Por Fernando Brito

Viramos monstros?

Ontem, no Pantanal Shopping, de Cuiabá, com o apoio do Poder Judiciário de Mato Grosso, a Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso (OAB-MT), Governo do Estado e do próprio shopping, realizou-se o “evento” Adoção na Passarela.

Vinte crianças e adolescentes entre 4 e 17 anos, órfãs ou abandonados,  acolhidos em instituições de Cuiabá e Várzea Grande  desfilaram ante uma plateia de classe média, encantada como quem vai a um pet shop, para ver se alguém se interessava em adotá-las.

Os promotores festejam a cena maravilhosa: as crianças ganham “roupas novas, um dia de beleza, incluindo penteados e maquiagem, tudo isso para se divertirem no desfile que pode resultar no encontro de uma família”.

Adoção, algo personalíssimo, decisão íntima da família, aceitação emocional da criança, vira, assim, um desfile como o de Kennel Club, onde a beleza das carinhas, o estilo do penteado e o andar gracioso passam a ser os critérios de “pegar ou largar”. Ajudados, claro, pela “roupinha gourmet’.

São, certamente, “homens de bem” e “senhoras virtuosas” os que estavam na plateia, prontos a escolher um menino ou menina como se fossem um cocker spaniel ou um bichon frisé. Tão imbuídos do bem que até poderiam escolher uma criança mulatinha, para provarem que não têm preconceito.

Aproveitam, também, para se promoverem na high society cuiabana – “high society’ de shopping, vê-se – como bons cristãos, generosos e, claro, com um “projeto social” de levarem para casa um dos “bichinhos”.

Onde estão a Justiça, a OAB e o Ministério Público, que deveriam estar proibindo esta exposição desumana de pequenos seres humanos, indefesos e dependentes de alguém que os cuide com proteção e carinho?

Ah, sim, estão promovendo o “evento”…

Publicado originalmente no Tijolaço

Suspeito de chacina morrem em confronto com a polícia

Domingos Matos, 20/05/2019 | 16:38

Três homens acusados de participação na morte de cinco pessoas, homicídio múltiplo ocorrido na noite de sábado (17), em Portão, Lauro de Freitas, foram encontrados no final da tarde do último sábado (18), numa localidade conhecida como Lagoa dos Patos, também na RMS.

Com Robson Rodrigues dos Santos e outros dois homens ainda não identificados foram encontrados duas pistolas calibres 9mm, mesmo tipo de arma utilizada nas mortes, e um revólver calibre 38. Exames balísticos serão realizados com o objetivo de confirmar a autoria das mortes.

Equipes da 52a Companhia Independente da Polícia Militar e da Rondesp RMS  intensificavam o policiamento na região desde o crime e, atendendo a uma denúncia, encontraram o trio, que reagiu à abordagem. No confronto, os suspeitos foram atingidos. Eles foram socorridos, mas não resistiram.

Investigações preliminares dão conta de que as mortes  estão relacionadas à disputa pelo tráfico em Portão. De acordo com os policiais,  no momento da abordagem, o trio comemorava as mortes ocorridas no dia anterior.

O caso é investigado pela 34ª Delegacia Territorial e pela Delegacia de Homicídios Múltiplos.

 

Jovem é executado na frente da mãe e da irmã em Itabuna

Domingos Matos, 17/05/2019 | 14:06

A polícia investiga a morte de um jovem de 18 anos, executado dentro de casa, na madrugada desta sexta-feira (17), no bairro São Caetano, em Itabuna. Um grupo de três homens armados e encapuzados arrombaram a porta e assassinaram a vítima, identificada como Danilo Vieira dos Santos. Um quarto acusado, ficou aguardando no carro - um Celta - que deu fuga aos atiradores. 

Ao que tudo indica, o rapaz foi morto por engano. O suposto alvo dos assassinos seria o irmão gêmeo dele, que não estava em casa no momento do ataque.

Danilo foi assassinado na frente da mãe e da irmã. 

 

 

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.