Tag: homicidios

Procurados por homicídios e tráfico são inseridos no Baralho do Crime

Domingos Matos, 02/09/2019 | 12:31

Quatro criminosos que atuam em diferentes áreas da capital e Região Metropolitana de Salvador (RMS) foram inseridos no Baralho do Crime da SSP, ferramenta lúdica que auxilia na localização de criminosos procurados. Um homicida e três traficantes agora estampam as cartas com seus rostos.

Jaime Oliveira dos Santos, 41 anos, criminoso atuante no Bairro da Paz e procurado por tráfico de drogas é o novo ‘Seis de Ouros’ do baralho, assumindo o lugar de Caio Machado Regis dos Santos. 

Da região da Boca do Rio, o homicida Iago Ualisson de Jesus Santana, 20, passa agora a ocupar a carta ‘Seis de Espadas’, na vaga antes preenchida por Leonardo Vitoria dos Santos Gomes, o ‘Leo Pastel’. 

Os traficantes José Roberto dos Santos Moreno, também chamado de ‘JQ’, ‘Gordo Joaquim’ ou ‘Beto’, 31, e Pablo Carvalho dos Santos, conhecido como ‘Messi’ ou ‘Camisa 10’, 26, foram adicionados no baralho como os novos ‘Quatro de Espadas’ e ‘Dois de Copas’, respectivamente.

Do município de Simões Filho, na RMS, JQ assume a posição de Elenildo Batista dos Santos Araújo, conhecido como ‘Nana’ ou ‘Nena’, enquanto Messi, que opera o tráfico na região de Brotas, entra no lugar que antes pertencia a Lucivaldo de Jesus da Silva, o ‘Pempa’. 

A Secretaria da Segurança Pública lembra que qualquer informação que ajude na captura dos criminosos pode ser repassada através dos números (71) 3235-0000, para moradores de Salvador e Região Metropolitana, e 181 para o interior, ou no site do Disque Denúncia por meio do ‘Denuncie Aqui’. O anonimato é garantido.

Dama de Espadas: acusado de diversos homicídios morre em confronto com a polícia

Domingos Matos, 27/05/2019 | 10:29

Carta Dama de Espadas do Baralho do Crime, Bruno Ramos Figueiredo, mais conhecido como Bruno Bruxo, foi localizado no último sábado (25), durante operação integrada que envolveu troca de informações entre a Superintendência de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública e as polícias Militar, Civil e Federal.

Bruno integrava uma quadrilha de tráfico de drogas com atuação na Liberdade, onde cometia homicídios. Ele foi encontrado no bairro de Portão, em Lauro de Freitas, e reagiu à prisão. Houve confronto e, mesmo socorrido, não resistiu. " Bruno Bruxo era um dos alvos prioritários por conta da quantidade de mortes que ele cometia", afirmou o titular da Delegacia de Homicídio Múltiplos, delegado Odair Carneiro.

Com ele foram encontrados uma pistola 9 milímetros e dois carregadores. Participaram da ação equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, através da DHM, do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), da Coordenação de Operações Especiais (COE), do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e  da Rondesp/RMS.

 

Acusado de vários homicídios é preso em Itabuna

Domingos Matos, 03/01/2019 | 14:41

Acusado de vários homicídios, Lucas Guimarães dos Santos, 28, foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo na noite de quarta-feira (2), no bairro Santo Antônio, em Itabuna, pela Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Cacaueira.

Integrante de uma quadrilha, Lucas já tinha mandado de prisão em aberto por homicídio e tráfico de drogas. Ele foi encontrado com materiais roubados de uma joalheria em Itabuna. Ao perceber que iria ser abordado, tentou fugir para uma residência próxima, mas foi alcançado logo em seguida.

“Os policiais estavam em patrulhamento na região próxima onde ele foi capturado, quando a equipe foi acionada por populares de que havia um criminoso na área”, informou o comandante da unidade, major Ricardo Silva.

O homicida estava em um veículo Peugeot 206, cor preta, placa JPU-3883, já utilizado em alguns crimes. Dentro do carro também foram encontrados uma pistola Taurus carregada com 10 munições intactas, habilitação falsificada, produtos que foram roubados em uma joalheria, quatro celulares e R$ 126,25.

Lucas e os materiais apreendidos foram apresentados na 1° Delegacia Territorial de Itabuna.

 

Presidente Dilma veta plano para reduzir homicídios

Domingos Matos, 30/12/2011 | 15:27
Editado em 30/12/2011 | 18:17

A presidente Dilma vetou por tempo indeterminado a elaboração do plano de articulação nacional para reduzir homicídios, um dos pilares da política de segurança pública anunciada pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, no início do ano.

A decisão surpreendeu e irritou integrantes do Conselho Nacional de Segurança Pública (Conasp) que acompanham a escalada da violência no país. “O Brasil tem o maior índice de homicídios do mundo em termos absolutos – quase 50 mil por ano, 137 por dia – e o sexto quando o número de assassinatos anuais é comparado ao tamanho da população”.

Em janeiro, ainda embalado pelo ritmo da campanha do ano passado, Cardozo anunciou que buscaria um pacto com os governadores, inclusive com os da oposição, para preparar um grande plano de combate à violência.

Em maio, depois de longos meses de discussões internas, um representante da Secretaria Nacional de Segurança Pública chegou a apresentar o esboço do plano numa reunião do Conasp.

A proposta seria enviada ao Palácio do Planalto e depois anunciada formalmente como o plano do governo federal para auxiliar governos estaduais a reduzir crimes de sangue.

Mas, depois de passar pela Casa Civil, o plano foi discretamente engavetado. No Conasp circula a informação de que a proposta foi vetada pela presidente Dilma Rousseff.

A presidente teria orientado o Ministério da Justiça a concentrar esforços na ampliação e modernização do sistema penitenciário, no combate ao crack e no monitoramento das fronteiras, áreas em que o governo tem papel primordial, conforme a Constituição.

Planos específicos de combate a homicídios estariam a cargo dos governos estaduais. (Com informações de “O Globo”).

Número de homicídios reduz 16% na Bahia

Domingos Matos, 13/07/2011 | 11:02
Editado em 13/07/2011 | 11:09

O índice de homicídios diminuiu no primeiro semestre de 2011, numa comparação com o mesmo período do ano passado. A redução de 16% é o principal destaque no balanço do primeiro semestre elaborado pela Secretaria da Segurança Pública.

Em Salvador, este índice apresentou queda de 13,5% e na Região Metropolitana, o decréscimo, para o mesmo tipo de crime, foi de 8,2%. Principal objetivo do programa Pacto Pela Vida, a diminuição do número de homicídios no estado é decorrente das operações policiais, do combate ao tráfico de drogas, desarticulação de quadrilhas e prisão de traficantes, além da ampliação da estrutura de investigação dos crimes.

Capital e RMS também reduzem

Em 2010, foram registrados na Bahia, nos primeiros seis meses, 2.706 assassinatos contra 2.273 casos neste ano. Na capital, foram computados 793 homicídios no primeiro semestre, em contraste aos 917 registrados no mesmo período do ano passado. Na Região Metropolitana de Salvador, ocorreram 306 assassinatos em 2010, número reduzido para 208 nos seis primeiros meses de 2011.

Tentativas e latrocínios crescem

O número de tentativas de homicídio na Bahia, neste mesmo período, apresentou um crescimento de 3,8%: 1.531 (2011) contra 1.474 (2010). Outro índice que seguiu a tendência de aumento foi o de latrocínio (roubo seguido de morte). Nos primeiros seis meses do ano foram registrados 51 casos, contra 61, no mesmo período de 2010, representando um crescimento de 19,6%.

Outros números

No quesito roubos, em todo o estado, os índices também apresentaram reduções nos primeiros seis meses deste ano: de 4% dos roubos de veículos (4.416 em 2010 e 4.240 em 2011); de 6,2% em estabelecimentos comerciais (2.058 em 2010 e 1.931 em 2011); de 1,1% em residências (704 em 2010 e 696 em 2011); e de 5% roubo a transeuntes (14.673 em 2010 e 13.935 em 2011), sempre comparando com o mesmo período do ano passado.

Geraldo sobre HBLEM: ''são cometidos homicídios ali''

Domingos Matos, 18/10/2010 | 10:47
Editado em 18/10/2010 | 11:27

Geraldo TVIO deputado federal reeleito, Geraldo Simões (PT), voltou a criticar a gestão do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, administrado pela Prefeitura de Itabuna. Foi no programa Fórum de Debates, da TVI/Rádio Nacional, na manhã do último sábado, comandado pelo jornalista Ederivaldo Benedito, com participação de outros três debatedores: o advogado Alah Góes, o professor Guilherme Santos (PV) e o também advogado Rui Correa (PMDB).

O deputado reafirmou a opinião de que o HBLEM estaria em melhor situação se fosse administrado pelo Estado, até porque o único dinheiro que está sendo gasto por lá é o que é repassado pela Sesab. Mas foi em relação à mortalidade dos atendidos naquela unidade de saúde que Geraldo pegou realmente pesado:

"O que acontece ali são homicídios. 14% dos atendimentos resultam em morte do paciente. Um militar me disse que um hospital de campanha na guerra tem mortalidade de 2%".

A expressão "homicídios" foi justificada devido ao descaso, falta de materiais básicos para o atendimento, de coordenação, além da enorme quantidade de gente que nada entende de saúde e tem cargos-chave na administração do hopsital. "Aquilo é um cabide de empregos".

Perguntado se haveria vontade do estado, de assumir o HBLEM, respondeu que a proposta foi feita pelo secretário estadual da Saúde, Jorge Solla. "Olhe que eu não sou a favor de estado gerindo a saúde. Acho que esse trabalho é do município. Mas o caso aqui é muito grave. E não é apenas por falta de recursos [que o município não complementa]: o problema é de gestão".

Foto: reprodução/TV

Sexta-feira violenta tem dois homicídios

Domingos Matos, 17/07/2010 | 10:35
Editado em 17/07/2010 | 10:39

Dia violento em Itabuna, ontem, sexta-feira. Por volta das 14h50min, após informações de um tiroteio na rua Belo Horizonte, bairro Santa Inês, uma guarnição da PM esteve no local, mas só encontrou a vítima José Roberto Mendes dos Santos, 26 anos, conhecido como "Beto".

Ele residia na rua São José, 156, Antique, e foi alvejado por três disparos de arma de fogo, na cabeça. Os tiros foram deflagrados por dois indivíduos não identificados, que estavam numa moto Honda Twister, azul, placa não anotada, que fugiram após a execução.

À noite, por volta das 23 horas, outro crime, este na rua Guarani, Califórnia. Paulo Sergio Santos Araújo, 20 anos, morador da rua Rio Branco, s/n, Califórnia, foi morto, alvejado por dois disparos de arma de fogo, nas costas.

Mesmo tendo sido socorrido por familiares e encaminhado para o Hospital de Base, Paulo Sérgio não resistiu aos ferimentos. Segundo informações de populares à PM, o indivíduo identificado como Willian Nascimento Pereira dos Santos teria cometido o crime.

Suspeito de dois homicídios foi ouvido e liberado

Domingos Matos, 16/07/2010 | 12:56
Editado em 16/07/2010 | 13:37

tailanFoi ouvido na tarde de ontem (15), no inquérito que investiga o assassinato do jovem Tailan Celestino Nogueira, de 21 anos (foto), ocorrido no bairro Pedro Jerônimo, em 29 de maio, um dos suspeitos do crime, identificado como Edvaldo Bispo dos Santos, o "Guel", morador do bairro São Pedro.

Guel também prestou esclarecimentos sobre outro homicídio, este contra Mércio Campos Bispo, no dia 05 de junho, no bairro São Pedro. Ele negou envolvimento em ambos os crimes e foi liberado.

De acordo com informações do DPT de Itabuna, Tailan sofreu 16 tiros de 38 na cabeça, peito e costas. Informações do Xilindró dão conta que a vítima tinha envolvimento com o tráfico de drogas, porém não constava com registro na central de polícia.

Três homicídios em menos de 24 horas - mais um menor morto

Domingos Matos, 09/06/2010 | 09:14
Editado em 09/06/2010 | 10:12

Três mortos entre as 6 e as 21 horas de uma terça-feira marcada por crimes de homicídio contra jovens. Ontem à noite foi assassinado, na avenida Bionor Rebouças, no bairro Santa Inês, o adolescente Thiago Dantas Santos, o "Cafezinho".

Ele era morador do bairro Monte Cristo e foi morto em frente à Igreja Assembleia de Deus. As características do crime foram parecidas com as dos dois da manhã: tiros e possibilidade de execução por envolvimento com o tráfico.

Quadras de esportes são palcos de dois homicídios em Itabuna

Domingos Matos, 08/06/2010 | 11:48
Editado em 08/06/2010 | 12:11
Marcos José Silva Santos, 17 anos, conhecido como "Neguinho", e Tieres Souza Moura, o "Pitinha", de 20 anos de idade. Pitinha era fugitivo da carceragem do Complexo Policial de Itabuna. Os dois jovens foram mortos a tiros - o primeiro na quadro do Monte Cristo e o segundo na de Nova Ferradas.

Mais do que desnecessário dizer que essas quadras carecem, há muito tempo, de uma intervenção da prefeitura, para que possam servir como espaço de lazer e de construção da cidadania, o que, indiretamente, vai contribuir para que crimes como esses possam ser evitados. Nas quadras e em quaisquer lugares.

 

Fim de semana sangrento na região: cinco homicídios

Domingos Matos, 24/05/2010 | 11:50
Editado em 18/04/2010 | 18:51
Em Itabuna, foram mortos Rivanildo dos Santos, o "Ferrugem", no bairro Jorge Amado, por volta das 23 horas, e Ivanildo Nascimento, ambos alvejados por disparos de arma de fogo. Nenhum dos autores foi identificado.

Para 'fechar' o sábado e 'começar' o domingo, o menor G. C. S. foi atingido por um disparo de revólver, nas costas, no bairro São Judas, e o jovem Cristiano Soares Santos, de 21 anos, foi alvejado por um disparo de arma de fogo no braço esquerdo, que teria sido desferido por um indivíduo conhecido como Maicon.

Violência explode no Conceição: dois homicídios na madrugada

Domingos Matos, 24/05/2010 | 11:50
Editado em 08/05/2010 | 14:00

Um duplo homicídio, em que as vítimas apresentavam o mesmo padrão de ferimentos (tiros na cabeça) assustou moradores do outrora pacato bairro Conceição, um dos mais antigos de Itabuna.

Na madrugada de hoje, por volta das 2h10min, a polícia militar foi acionada porque, segundo populares, havia uma mulher baleada nas proximidades da feira daquele bairro.

Quando chegaram ao local, os militares encontraram a primeira vítima, Janaína Santos Lins, 27 anos, que já estava morta, com um tiro na cabeça. Em seguida, populares informaram que havia outra pessoa, que também fora alvejada. Essa nova vítima ainda se encontrava com sinais vitais.

Valter Nascimento Lima Neto, também alvejado com um tiro na cabeça, foi conduzido ao Hospital de Base, mas não resistiu aos ferimentos e morreu antes de ser atendido. Os dois crimes foram praticados "por indivíduo desconhecido".

Fim de semana tem recorde de homicídios

Domingos Matos, 24/05/2010 | 11:50
Editado em 10/05/2010 | 10:01

Começou com dois assassinatos, na madrugada de sábado, no bairro Conceição e não parou mais. Assim foi a onda de crimes violentos em Itabuna, notadamente os homicídios, que somaram inacreditáveis seis ocorrências de sexta a domingo. Há tempos não se matava tanto em Itabuna.

Ainda no sábado, esse blog alertava para a onda de crimes que estava ocorrendo, inicialmente no bairro Conceição, com o duplo homicídio de Janaína Santos Lins, 27 anos, e Valter Nascimento Lima Neto, ambos alvejados com um tiro na cabeça.

Ainda no sábado, Jackson Batista dos Santos, de 21 anos, fora morto a tiros no bairro Novo Horizonte. Já no domingo, Dia das Mães, tombaram Wesley Costa Santos, no São Caetano, Adaílton Lima, 40 anos, nas proximidades do bairro Maria Pinheiro, e Alex Andrade Santos, 32 anos, executado por três homens no Parque Boa Vista.

Ainda foram registradas tentativas de homicídio, agressões e vias de fato.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.