Tag: idosos

Oficina para cuidadores de idosos em Itabuna

Domingos Matos, 11/02/2019 | 19:32

“Cuidar de quem cuida”, com este tema a Prefeitura Municipal de Itabuna, através da Secretaria Municipal de Saúde, deu início na quinta-feira (07) a realização do projeto de Oficinas para Cuidadores de Pessoas da Terceira Idade que possuem diversas doenças. O evento realizado na Unidade Básica de Saúde Izolina Guimarães (antigo Lactário), bairro Zildolândia, contou com o apoio dos programas Prosi/Hiperdia.

A coordenadora do Prosi, Klívia Miranda, informa que esta primeira ação teve como público-alvo os cuidadores de idosos portadores de Alzheimer. Duas instrutoras foram as responsáveis por transmitir as informações para os participantes: a psicóloga Manuela Belo e da enfermeira Larissa Morgana. “A oficina contou com 33 participantes dos 51 inscritos, o que nos mostra um resultado muito positivo. E aproveito para informar que a próxima oficina será no próximo dia 18. Interessados a cuidarem de idosos podem fazer suas inscrições no Prosi ou através do telefone 73 3612 2700”, informou Klívia Miranda.

Também participou desta primeira ação a diretora do Hiperdia, Sandra Lacerda, que considerou que o evento superou as expectativas. Para José Guimarães Edézio, 73 anos, “essa iniciativa foi muito positiva porque nos deixa aptos e informados para atender as pessoas portadoras de anomalias com mais segurança e conhecimento”. Já Rose Silva, 51 anos, destacou a importância de adquirir novos conhecimentos que serão utilizados diariamente na sua atividade profissional.

 

 

Faculdade de Ilhéus forma a terceira turma de Odontologia

Domingos Matos, 07/02/2019 | 16:30

Pioneira na implantação do curso de Odontologia na região Sul da Bahia, a Faculdade de Ilhéus graduou a terceira turma de cirurgiões-dentistas, denominada “Turma de Referência Professor Murillo Matos”, na sexta-feira (1º), no auditório do Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães, que ficou literalmente lotado. Trinta e oito bacharelandos em Odontologia colaram grau durante solenidade presidida pelo diretor-geral, Almir Milanesi.

A solenidade transcorreu em clima de alegria, com a presença de amigos e familiares dos formandos, oriundos de Ilhéus, Itabuna e outras cidades da região. O diretor Almir Milanesi destacou a formação de profissionais com qualidade e a colaboração das clínicas-escola implantadas na Faculdade, que chegam a realizar, aproximadamente, 700 atendimentos odontológicos gratuitos, por semana, entre adultos e crianças de Ilhéus e região.

Participaram da mesa oficial da cerimônia, a diretora acadêmica da Faculdade, Sandra Maria Agrizzi Milanesi, o coordenador do curso de Odontologia, professor Fábio Silveira, o patrono da Turma 2018.2, professor Yuri Santos Muniz, o paraninfo, professor Ramon Barreto Mendes, e o secretário acadêmico Paulo César Castro Xavier. A solenidade foi produzida pela Terceira Via Formaturas e Eventos.

A oradora da turma de novos bacharéis em Odontologia foi Caroline Santos Fonseca, sendo o requerimento para colação de grau feito pela formanda Ana Terra Freitas Lins. O juramento foi conduzido por Laíne Patrícia Barbosa Fontes, e as formandas Evelly Nobre da Costa Ribeiro e Priscila Ferreira Carvalho atuaram como mestres de cerimônias.

Clínicas - Sob a supervisão dos professores, nas clínicas da Faculdade os alunos atendem a todos os níveis de complexidade na área odontológica, como restaurações, tratamentos de canal, extrações, cirurgia oral menor, próteses, tratamentos preventivos e odontopediátricos. Além disso, o curso de Odontologia está inserido em programas de cooperação técnica em unidades de saúde, hospitais, nas escolas da rede municipal, nos abrigos de idosos, creches, clubes de serviço, associações de bairros e organizações civis.

Dentistas – Os novos cirurgiões-dentistas formados pela Faculdade de Ilhéus são: Adriele Souza Mota, Ana Terra Freitas Lins, Ayalla Reis Souza, Brihgyda Kalled Carvalho Ferreira, Bruna de Jesus Almeida, Camilla Macêdo Matos Santana, Carolina Eduvirgens Loureiro, Caroline Santos Fonsêca, Cláudia Gabrielly Mendes Fagundes, Emanuela Briane Cardoso Vieira, Emilly Guimarães Martins, Evelly Nobre da Costa Ribeiro, Fernanda Luiza Scher do Nascimento, Gabriele Brito Pereira, Gilvan Santos Araújo, Hélio Simões de Oliveira Neto, Iordan Trindade Lopes Alves, Ítala Santana Santos, João Pedro Souza de Andrade, José Luíz Dantas Costa, Juliana Maria Felipe da Silva Fonsêca Santos, Júlio Lima dos Santos, Júlya Matos Oliveira, Laíne Patrícia Barbosa Fontes, Letícia Mendonça Carmo Santana, Louise Vasconcelos de Oliveira, Luara Azevedo Lopez, Marcos Vinícius Souza de Oliveira, Marcus Izaltino Pessoa Junior, Matheus Freire da Silva, Maura Celli Andrade Magalhães, Priscila Ferreira Carvalho e Sandy de Oliveira Maia.

  

Centro de Referência promove oficina para cuidadores  de pacientes com Alzheimer

Domingos Matos, 01/02/2019 | 15:01

O Centro de Referência em Saúde do Idoso, Hipertensão e Diabetes/ Prosi/Hiperdia, promove na próxima quinta-feira (7), uma oficina para cuidadores de pacientes com Alzheimer. O evento terá início a partir das 13:30hs, no auditório do próprio centro, no  bairro Zildolândia, em Itabuna, e terá  como um dos orientadores o neuropsiquiatra Dr. Antônio Carlos do Espirito Santo, além de psicólogos e enfermeiros.   

A coordenadora do centro, Klivia Miranda, informou que a unidade de referência mantém um cadastro com cerca de 230 pacientes com Alzheimer, uma doença considerada difícil para quem convive, dai a importância da oficina direcionada a família, parentes e pessoas que lidam diariamente com pacientes com esse tipo de doença. Para ela, cuidar de uma pessoa com Alzheimer é um processo longo e desgastante e que pode trazer muitas consequências negativas para os cuidadores, “dai a importância de uma boa orientação por parte de profissionais especializados para cuidar de quem cuida na doença”, destacou a coordenadora.

Klivia Miranda lembrou que o Alzheimer é uma doença que acomete especialmente os idosos e além de ser incurável, tende a se agravar com o tempo. Entre os sintomas estão demência e a perda de memória. “Quando diagnosticada no começo, é possível retardar o seu avanço e ter mais controle sobre os sintomas, garantindo melhor qualidade de vida tanto do paciente quanto da família”, reforçou.

A coordenadora disse que além de pacientes com Alzheimer, o centro atende  também portadores de  Parkinson, depressão profunda e diabetes.  A oficina para cuidadores, segunda ela, é apenas uma das ações desenvolvidas pelo Centro de referências em Saúde do Idoso. “A unidade presta assistência multiprofissional que garanta avaliação precisa e acompanhamento criterioso dos seus usuários”, concluiu a coordenadora.

 

Acusado de roubar 50 carros de luxo morre em confronto com a polícia

Domingos Matos, 30/01/2019 | 09:05

Equipes da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) de Feira de Santana, com apoio da Delegacia Territorial de Humildes, localizaram na manhã de terça-feira (29) o maior assaltante de carros de luxo de Feira de Santana. 'Pepe', como era conhecido Euripedes Oliveira Pinto (foto), 29 anos, atacava sempre idosos e mulheres em bairros e distritos daquele município.

Investigado há cerca de 1 ano, o criminoso costumava agir nas primeiras horas da manhã, sempre acompanhado de comparsas. Os relatos das vítimas sobre um homem alto e gordo ajudaram na identificação.

Após ações de inteligência, os policiais civis chegaram a uma casa, no distrito de Humildes, usada por Pepe. Uma campana foi montada e durante a tentativa de abordagem o assaltante, que dirigia um veículo modelo Toro com restrição de roubo, reagiu atirando e acabou ferido. Ele foi socorrido para o Hospital Geral Clériston Andrade, mas não resistiu.

Uma pistola, carregadores, um revólver e munições foram apreendidos com Pepe. "Importante flagrante da DRFR de Feira e DT de Humildes. Estamos agora no encalço de outros integrantes da quadrilha", declarou o diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), delegado Flávio Góis.

 

Igreja Vivendo em Cristo promove 6ª edição do Natal Solidário em Itabuna

Domingos Matos, 27/12/2018 | 16:30
Editado em 28/12/2018 | 01:31

A praça do bairro Pedro Jerônimo, em Itabuna, foi palco da esperança e solidariedade na última terça-feira (25). O local foi cenário da sexta edição do Natal Solidário, promovido pela Igreja Vivendo em Cristo. (Clique sobre qualquer foto para ampliar)

Durante o evento, que começou às 16 horas, foram distribuídos presentes para toda a comunidade, que compareceu à festa, regada a muito louvor. A alegria era patente no rosto das pessoas que ali estavam, sobretudo das crianças e idosos.

“Gostaríamos de agradecer primeiramente a Deus por tudo que Ele fez nesse evento. Agradecemos também a todos os colaboradores. Deus nos honrou mais uma vez. Que Ele recompense 100 vezes mais a semente que cada um plantou”, disse um dos organizadores.

Rui inaugura Base avançada da Cipe Cacaueira em Ibicaraí

Domingos Matos, 21/10/2017 | 19:13

O município de Ibicaraí, no sul do estado, completará 65 anos de emancipação política, no domingo (22), mas a população ibicaraiense já tem motivos para comemorar antecipadamente. Em visita à cidade, nesta sexta-feira (20), o governador Rui Costa inaugurou a sede avançada da Companhia Independente de Polícia Especializada (CIPE) Cacaueira e lançou o Plano Estratégico de Revitalização da Bacia do Rio Cachoeira, que tem como objetivo a recuperação e preservação do rio por meio de ações que promovem a proteção de nascentes e cursos d'água.

Durante o evento, que contou com a presença de 16 prefeitos e sete ex-prefeitos de municípios da região, o governador Rui Costa recebeu o título de cidadão honorário de Ibicaraí. "Quero agradecer esta homenagem que recebi da Câmara de Vereadores. Esse reconhecimento aumenta ainda mais a minha responsabilidade e meu compromisso com Ibicaraí. Hoje realizei entregas e inaugurações que com certeza são de grande importância para o desenvolvimento do município e da região, e vou continuar trabalhando em parceria com o prefeito Lula Brandão, para melhorar a vida da população desta cidade", afirmou o governador.

Cipe

A nova sede da CIPE conta com uma guarnição do Tipo C, com quatro homens e uma viatura para operações em Ibicaraí e as regiões vizinhas de Floresta Azul, Jussari, Itaju do Colônia e BR-414, que liga Ilhéus a Vitória da Conquista. O espaço também funcionará como uma base avançada da CIPE Cacaueira, que tem sede em Ilhéus e é responsável pelo policiamento de 40 municípios da região.

Rio Cachoeira

O projeto de recuperação do rio está inserido no Programa de Desenvolvimento Ambiental (PDA – Bahia), realizado pela Secretaria do Meio Ambiente do Estado (Sema) e pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), e conta com a parceria do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com recurso de R$ 4 milhões.

O diagnóstico, que prevê o plano de ações para a restauração total do rio, já foi realizado, assim como a restauração florestal de 150 hectares de matas ciliares, o Plano de Revitalização e o cadastramento de pequenas propriedades da agricultura familiar no Cadastro Ambiental Rural (CAR/Cefir). 
A autorização para a Secretaria do Meio Ambiente do Estado (Sema) viabilizar mais de 13 mil cadastros para pequenos agricultores foi assinada pelo governador nesta sexta. Foram beneficiados produtores de 14 municípios da região, com investimento de R$ 807 mil.

Para a realização do diagnóstico ambiental, foram mobilizados cerca de 300 pequenos proprietários de terra da região da bacia, que contribuíram com a classificação dos remanescentes florestais; levantamento do uso e ocupação do solo e recursos hídricos; e identificação e caracterização de áreas degradadas. O diagnóstico indicou as melhores estratégias para restauração e as áreas a serem destinadas como Reserva Legal. Os produtores selecionados das áreas demonstrativas de assentamentos de reforma agrária e de pequenas propriedades foram capacitados para plantio e manutenção de mudas. O investimento para a realização do plano foi de R$ 1 milhão.


Outros investimentos

Durante a visita do governador, também foi lançado o Projeto Saúde e Bem-estar, em parceria com a 63ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de Ibicaraí, a prefeitura da cidade e a Faculdade Montenegro. O objetivo é promover atividades físicas, orientadas pelos estudantes de educação física da unidade de ensino, como estágio curricular. Nesse primeiro momento, serão atendidos os idosos, preferencialmente, o que consiste cerca de 60 a 70 pessoas, além dos PMs da unidade. 
Ainda nesta sexta-feira, Rui entregou um trator com implementos agrícolas para a agricultura do município; autorizou a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) a celebrar três convênios no âmbito do Programa Bahia Produtiva, para beneficiamento de cacau; e inaugurou a loja da fábrica de chocolate Bahia Cacau da Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária da Bacia do Rio Salgado e Adjacências (COOPFESBA). O investimento de R$ 380 mil foi utilizado para a compra de uma máquina embaladora; modernização do sistema elétrico; instalação de câmeras de segurança e pintura do prédio. Na área da saúde, o governador participou da inauguração da Unidade de Saúde da Família Doutor Ferreirinha.

Advogado de envolvido na Operação Citrus repudia matéria do Fantástico

Domingos Matos, 16/05/2017 | 23:48

NOTA PÚBLICA - KÁCIO CLAY SILVA BRANDÃO

Em face da repercussão, em nível nacional, da operação denominada “CITRUS” deflagrada na cidade de Ilhéus/BA, pelo GAECO, órgão do Ministério Público Estadual da Bahia, considerando a matéria jornalística que foi exibida no programa “FANTÁSTICO”, da Rede Globo de Televisão, no dia 14 de maio de 2017, a defesa de KÁCIO CLAY SILVA BRANDÃO vem, publicamente, no exercício do seu direito de resposta, se manifestar nos seguintes termos.

A matéria exibida no programa fantástico, na data de ontem, foi editada de forma irresponsável, retirando as informações da investigação da operação CITRUS do contexto em que foram colhidas e colocando-as em outro contexto, confundindo a opinião pública, estabelecendo a ligação de nomes de pessoas investigadas a fatos com os quais não possuem qualquer vínculo.

A tônica da matéria, mais comprometido com o apelo emocional do que com a verdade, é o “desvio de verbas de merenda escolar” e de “verbas da Secretaria Municipal de Educação”. A maior parte do tempo da matéria foi preenchida com imagens de uma escola, da zona rural do Município de Ilhéus, contendo trechos de uma entrevista feita com uma criança e com uma professora, narrando as condições precárias em que a escola e os alunos se encontram. Contudo, logo em seguida, são apresentados os nomes do investigado KACIO BRANDÃO e de outros denunciados nos autos da Ação Penal originada pela operação CITRUS.

A matéria apresenta um liame de raciocínio falacioso e mentiroso, onde é atribuída a KÁCIO e a outros servidores da secretaria de desenvolvimento social a responsabilidade pelo desvio de verbas que provocou aquela situação de precariedade na escola da zona rural de Ilhéus. Todavia, a matéria não esclarece que o investigado NADA TEM HAVER COM A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO, ou com VERBAS DE MERENDA ESCOLAR ou COM OS PROCEDIMENTOS DE COMPRA E ENTREGA DA CARNE ESTRAGADA NAS ESCOLAS DO MUNICÍPIO.

As atribuições dos cargos ocupados por KACIO, na SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL não possuem qualquer relação com aquelas verbas ou qualquer procedimento da área da Secretaria de Educação.   

Em verdade, as investigações realizadas pelo GAECO e as decisões judiciais proferidas na Operação CITRUS estão sendo conduzidas de forma descuidada, desastrosa e irresponsável. Aparentam estar mais comprometidos com a repercussão da operação perante a opinião pública do que com a investigação da verdade dos fatos.

KÁCIO BRANDÃO possui formação profissional, residência fixa e emprego lícito, nunca respondeu a inquérito ou a processo criminal, e sua liberdade não oferece qualquer risco que justifique sua permanência na prisão. As informações contidas na Denúncia não possuem nenhuma relação com a realidade: o patrimônio de KACIO é incompatível com as acusações de envolvimento em desvio de milhões de reais do dinheiro público do Município; até hoje KÁCIO reside na casa dos seus pais (um casal de idosos) em residência, simples, modesta e desprovida de luxo. 

Como exemplo dos abusos praticados nesta operação, podemos citar a situação pela qual passou o investigado LUCIVAL BONFIM ROQUE. Ele foi preso, exclusivamente, pelo fato de ser contador de um dos investigados. Teve sua vida destruída: foi algemado, teve sua cabeça raspada e as fotos de sua prisão divulgadas a nível nacional; teve sua casa e escritório violados, suas contas bancárias bloqueadas, sigilo telefônico quebrado e, ao final, NÃO FOI SEQUER DENUNCIADO, pois, após as medidas coercitivas dirigidas pelo MP e autorizadas pela Justiça, não foram encontrados elementos para oferecimento de denúncia contra ele, logo em seguida, foi solto. Ou seja, É INOCENTE.

Trata-se de uma prática nefasta: primeiro se prende, divulgam-se as prisões na imprensa para a população que, no afã de satisfazer sua revolta e o seu desejo de “VINGANÇA CONTRA OS CORRUPTOS” anseia por notícias de prisão e se antecipam, apressadamente, em condenar as pessoas investigadas. Neste passo é destruída a honra dos investigados e de suas famílias e, somente depois, caso encontrem provas da prática de algum crime, é dado seguimento ao processo criminal, onde, ao final, podem ser absolvidos por inexistência de provas.

A Defesa possui a firme certeza de que, após a conclusão da instrução criminal, ao fim do processo, será demonstrada a total improcedência da denúncia contra KACIO CLAY SILVA BRANDÃO.

Ilhéus/BA, 15 de maio de 2017.

Sanzio C. Peixoto

OAB/BA nº 27.480

Planserv contabiliza mais de 100 beneficiários “centenários”

Domingos Matos, 13/03/2017 | 13:57

A aposentada Raymunda Rodrigues da Silva é beneficiária do Planserv - Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Estaduais há 40 anos. No último sábado (11) ela completou 106 anos de vida, com saúde e lucidez. A aniversariante do último fim de semana é uma das “centenárias” do plano, que se orgulha de ter mais de 100 beneficiários com mais de cem anos de idade em sua carteira.

“Temos exatos 102 beneficiários nesta faixa etária. Este dado nos motiva a continuar trabalhando para proporcionar saúde, bem estar e qualidade de vida aos idosos. O aumento da expectativa de vida da população é uma realidade e precisamos estar cada vez mais preparados para atender da melhor forma a este público tão especial”, declara a Coordenadora Geral do Planserv, Cristina Cardoso.

Dona Raymunda vai pouco ao médico. Ela se alimenta bem, interage com a família e não apresenta problemas significantes de saúde. Contudo, ela é uma exceção, já que com o avançar da idade, a maioria das pessoas apresentam doenças que acabam prejudicando sua qualidade de vida. Por isso, garantir a assistência à saúde dos idosos é fundamental.

De acordo com Cristina Cardoso, 24% dos beneficiários do Planserv têm 60 anos ou mais. O envelhecimento da carteira do Planserv tem afetado as despesas assistenciais com efeitos crescentes sobre os gastos com cuidados de longa duração e alta complexidade. Mesmo assim, ao contrário de outros, que cobram de acordo com a faixa de idade, “o Planserv é um plano solidário na medida em que a contribuição do beneficiário varia de acordo com sua remuneração, o que facilita o acesso e a manutenção dos idosos na carteira da Assistência. Dificilmente, algum aposentado escolheria pagar um plano de acordo com sua faixa de idade se tem à disposição um sistema proporcional ao seu salário”, destaca a gestora.

Outro reflexo da preocupação do Planserv com o envelhecimento da população é a manutenção do Programa de Saúde do Idoso, gerido pela Coordenação de Prevenção da assistência. Com o objetivo de oferecer um atendimento multidisciplinar ao idoso, a fim de estimular sua capacidade funcional e autonomia, o programa beneficia cerca de 1900 beneficiários atualmente. Para isso, conta com cinco prestadores e 52 profissionais cadastrados, entre geriatras, nutricionistas, fonoaudiólogas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e psicólogos.

Fernando Gomes se envolve em treta em posto de vacinação

Domingos Matos, 28/04/2016 | 11:56

Do Pimenta

Uma cena inusitada envolvendo ninguém menos que o ex-prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, deu-se na manhã desta quarta-feira (27), na Unidade de Saúde José Maria de Magalhães (antigo Sesp).

Segundo testemunhas, Gomes aguardava na fila para tomar sua vacina, quando uma “prestativa” (para não usar outra palavra) funcionária da unidade identificou o ex-prefeito entre os pobres mortais e o convidou a receber sua dose contra a H1N1 na frente de quem tinha chegado mais cedo… Muitos idosos como ele, e até mais velhos.

O ex-prefeito não se fez de rogado. Orientado pela “gentilíssima” servidora, dirigiu-se para a sala de vacina, mas não contava com a indignação dos preteridos. Houve protestos gerais e a coordenadora da unidade acabou vetando o gesto de boa vontade da funcionária amiga.

Gomes, constrangido, acabou voltando para seu lugar na fila, que a essa altura aplaudia efusivamente a firmeza da coordenadora.

Pastor diz que foi 'retirado' de igreja por defender jovem homossexual

Domingos Matos, 12/01/2012 | 19:20
Editado em 12/01/2012 | 19:21

O pastor Sérgio Emílio Santos, de igreja evangélica de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, disse ter sido dispensado do cargo por defender um adolescente homossexual. O pai do garoto registrou ocorrência na delegacia e a polícia vai apurar a denúncia.

O pastor relata ter recebido carta de demissão da igreja onde congrega há 18 meses. No documento, assinado pelo conselho administrativo, os motivos apresentados são a ausência do pastor em cultos e visitas a idosos. Mas ele afirma que outra questão teria motivado a demissão.

O pastor Sérgio Emílio Santos contou que “o motivo foi justamente a questão de adolescente que tendo procurado o pai, falou sobre sua inclinação homossexual. Eu disse para ele que teria o meu apoio, sua família teria o meu apoio. O jovem vai permanecer na igreja, ele não será excluído. As pessoas desse conselho ficaram sabendo disso no mês de janeiro”.

O pai do adolescente denunciou o fato na delegacia como discriminação. “A polícia deverá apurar os fatos, chamar todos para serem ouvidos”, afirmou a delegada de polícia, Karla Rodrigues.

O jovem relatou que ficou sabendo na igreja da não aceitação dele por parte de alguns membros. “As pessoas têm que visar primeiro quem nós somos, têm que visar que todos somos iguais”.

O advogado do conselho administrativo, Raimundo Cunha, afirmou que o pastor atuava interinamente e que não houve preconceito com relação ao adolescente. “Inclusive, a família desse rapaz faz parte do coral da igreja”.

Zizi Possi é atração dia 23, em Ilhéus

Domingos Matos, 21/12/2011 | 00:19
Editado em 21/12/2011 | 00:27

ziziZizi Possi, considerados um dos mais respeitados nomes da MPB, é a atração da nesta sexta-feira (23), em Ilhéus, a partir das 21 horas, no centro de convenções.

Ela fará apresentação única do espetáculo “Cantos & contos”, idéia surgida a partir da gravação de 12 shows semanais realizados no Tom Jazz, em São Paulo. Este novo trabalho reúne canções que marcaram a sua carreira, a exemplo de “Asa morena” e “A paz”, além de trabalhos inéditos em sua voz, como ”Sentado à beira do caminho” e “Amor da minha vida”.

O ingresso poe ser aquirido em pontos de venda de Ilhéus e Itabuna ou pela internet. Se a opção for por adquirir o ingresso sem sair de casa basta acessar pela internet o endereço www.facebook.com/mvueventos e garantir a compra pelo PagSeguro. O F-Commerce ou Comercio Eletrônico no Facebook utiliza o PagSeguro como uma de suas formas de pagamento.

A produção informa que o ingresso físico fica à disposição do comprador na bilheteria do centro de convenções horas antes do espetáculo.

Pelo sistema tradicional a compra pode ser feita em Ilhéus, na Encantur-estande do Karioca e em Itabuna, no Bicho Festeiro-Encantur, ao preço de 50 reais (inteira­) e 25 reais (meia para estudantes e idosos, mediante comprovação).

A organização avisa que as poltronas não são numeradas e que o acesso ao auditório será de acordo com a ordem de chegada ao centro de convenções.

DE RODAPÉS E DE ACHADOS

Domingos Matos, 02/10/2011 | 18:04
Editado em 02/10/2011 | 18:49

AdylsonQuando o tema se esgota em si mesmo, um rodapé pode definir tudo e ir um pouco além.  

Adylson Machado

                                                                              

“Bandidos togados”

Ainda que nos venha à mente Stanislaw ouvindo de Tia Zulmira que quando figuras do poder brigam entre si quem paga a conta é o povo, a baiana Eliana Calmon ocupa singular expressão na magistratura ao criticar, na condição de Corregedora do CNJ, a parte podre da própria.

E não digam – como o querem alguns – que “bandidos escondidos atrás da toga” não os há.

cnjAlguns, ainda que poucos, até mesmo já foram condenados, pelo Conselho Nacional de Justiça. Pelo menos 33 deles, em que pese o STF já haver suspenso a pena de 15 – privilégio que não alcança “ladrões de galinha”.

Apenas para ilustrar, da ilustre casta de intocáveis – premiada com aposentadoria remunerada quando o escândalo não mais se contém – há, nesse momento, 35 desembargadores sob investigação da corregedoria do CNJ.

E entre os pares da ministra no STF há gente, pelo menos um, que deixa muito a desejar eticamente, e deveria fazer parte do rol de investigados. Tanto que até impeachment contra o dito cujo já foi interposto.

O incômodo certamente não atinge a grande leva de juízes que honram a magistratura.

Haddad

haddadAdmitida como natimorta assim que lançada, a candidatura do atual Ministro da Educação à Prefeitura de São Paulo sinaliza possibilidades de crescimento. A ponto de poder inibir Marta Suplicy.

Em plagas grapiúnas o nome do secretário de Educação já foi sondado e é pretensa indicação de um político.

A diferença está nos nomes que apóiam cada um: Lula, para Haddad; Fernando Gomes, para Gustavo.

Ousadia

Um Estado de Direito se constrói sobre os pilares da legislação de um País, submetido ao respeito do direito, do simples indivíduo à potência política. E até prova em contrário vivemos sob um, submissos todos às leis por ele promulgadas.

Como se já não nos faltasse nada, a ilustre FIFA pediu ao governo brasileiro para suspender, durante a realização da Copa do Mundo de 2014, o Código de Defesa do Consumidor, o Estatuto do Idoso e o Estatuto do Torcedor. Tudo para não disponibilizar meia entrada para estudantes e idosos e mesmo fugir a uma possível ação judicial em razão de prejuízos por ela causados ao consumidor.

Não fora a ousadia e o desrespeito, a idéia da FIFA parece dizer que as coisas erradas da cúpula são repetidas em cada Copa, a ponto de temer a legislação protetiva existente no País. (detalhes em www.advivo.com.br de 1º de outubro – “O Estado paralelo da FIFA”.

Mais um

lulaLe Monde, o respeitado vespertino francês, em matéria de página inteira sobre a homenagem recebida por Lula do Instituto de Estudos Políticos de Paris (Sciences Po) – sob o título “Lição de política de rock star chamado Lula” – afirma que o brasileiro foi recebido como “rock star” e que deu uma lição de política durante sua passagem pela capital da França, recebido pelos estudantes “como torcedores enlouquecidos”.

O mesmo Le Monde, em maio de 2010, defendeu em editorial o nome de Lula à frente da ONU.

Para muita gente daqui certamente exagero da francesa. Afinal, ex-operário, nordestino e não fala inglês...

Expectativa

Com pompa e circunstância finalmente foi entronizada na Articulação Política da administração José Nilton Azevedo a senhora Maria Alice. Nome vinculado a Fernando Gomes e que assumira a coordenação da campanha do atual prefeito quando ninguém lhe dava um vintém de esperança é tida como mulher de atitudes fortes.

A esperança reside em que a presidente do DEM delimite rumos à administração, atualmente sem rumo algum, a não ser o do “meu pirão primeiro” muito bem exercitado por alguns assessores do alcaide.

Perigo

Se o que falta na administração Azevedo é coordenação política o ingresso de Maria Alice no terreiro supre o que faltava e pode levantar preocupações em outras searas.

Internas e externas.

Sonho de uma noite de verão

Tem gente na administração municipal fazendo de tudo para, pelo menos, ver o prefeito Azevedo sentado à mesa de eventos por ela promovidos.

Ou o prefeito anda desleixado ou tais figuras sem prestígio algum.

E não há salão de beleza que dê jeito!

Greve

Os movimentos paredistas, simplesmente chamados de greves, tornaram-se em alguns setores um grande negócio para o empresário. É o caso do paredismo bancário. Efetivada em fim de mês a pressão dos bancários é uma festa para os banqueiros.

Que faturam ainda mais com o aumento que concederão, cobrando multas dos que não têm como pagar suas contas em caixas eletrônicos.

Não é greve que prejudique o banqueiro, mas o povão.

Ilhéus

O lançamento do nome de Joaquim Bastos para prefeito inicia o processo de definição de candidaturas na praieira, onde Jabes Ribeiro desponta como favorito.

Sinais I

A união de Geraldo Simões, Josias Gomes e Rosemberg Pinto – titulares de interesses político-individuais em Ilhéus – acenando para uma unidade petista na praieira, coisa até recentemente inimaginável, pode refletir o deslocamento de objetivos quanto às coligações.

Naturalmente, a médio prazo, tem vínculo com o fortalecimento de partidos da base governista em relação a 2014, considerando que as eleições municipais são forte instrumento de delimitação de espaços eleitorais para deputados federais e estaduais.

Sinais II

Caso nossa especulação esteja no caminho certo tem significação a “unidade” petista em Ilhéus, a ponto de receber de braços abertos o atual prefeito, fato que encontraria “apoio” do governador Jacques Wagner. Ou seja, o Governador reconhece o direito do PP disputar todos os espaços com o PT e não somente compensar apoios aqui ou ali, mas começa a admitir a recíproca.

Ora, como o pepista Jabes Ribeiro está na dianteira na corrida ilheense a unidade das lideranças petistas estaria voltada para outra certeza: de que haverá dificuldades nas alianças locais entre PP e PT na região, particularmente Ilhéus e Itabuna.

Sob esse prisma “mudam-se as nuvens” (como o dizia Magalhães Pinto para definir a política eleitoral), e a candidatura de Roberto “Minas Aço” Barbosa em Itabuna torna-se um fato concreto. Não mais uma peça de negociação, antes cogitada (como já escrevemos).

Ao que parecia, o PT apoiaria o PP em Ilhéus para ser por ele apoiado em Itabuna.

Espaço delimitado

E a “mijadinha canina” de Josias Gomes pode fazer sentido. Se até os adversários se entendem por que negar o entendimento a correligionários? Afinal, a disputa entre eles é mais adiante.

Interesses

Para o projeto político de Geraldo seria uma festa Josias Gomes prefeito de Ilhéus. Para Josias nenhum risco: possui mandato, ampliaria o horizonte de votos na praieira e inibiria o avanço de GS em suas hostes.

Então Geraldo Simões entregará de bandeja a cabeça de Alisson Mendonça não mais a Jabes.

E a unidade falará mais alto. Diante da possibilidade de a aliança vencer Jabes Ribeiro.

Enquanto isso...

No universo itabunense vão sendo consolidadas as candidaturas de Geraldo/Juçara, Azevedo, Davidson/Wenceslau e... Roberto “Minas Aço”.

Fernando correndo/apoiando por fora o nome que ainda não definiu. Possivelmente o dele mesmo, caso Gustavo Lisboa não admita candidatura.

Os demais, pré-candidaturas.

Dos tempos das matinées

audreyconieNesta fase de busca de um tempo perdido, do cinema que nos encantava nas domingueiras, o filme não ficava tanto na mente como o tema musical. Do clássico “Bonequinha de Luxo”, de Blake Edwards (1961), onde destacada a bela Audrey Hepburn, “Moon River”, de Johnny Mercer e Henri Mancini, aqui interpretada por Connie Francis. E nos apaixonávamos pelo que víamos e ouvíamos.

Cantinho do ABC da Noite

cabocoA imaculada manhã de sábado amplia o motivo da obrigação. De todas as vertentes acorre a freguesia fiel insinuando dia muito especial. Conversas variadas, assuntos atropelando-se. Cabôco Alencar, atento e diligente, desdobra-se.

Um tema concentrou maior atenção: a cidade de Itabuna e o amor dos que ali estavam pela terra que os acolhera ou os fizera nascer, o que motiva vaidoso comentário:

– Eu moro aqui há mais de vinte anos!

A verve alencarina não perde a deixa:

– Não tarda completar a pena máxima, Cabôco.

_________________

Adylson Machado é escritor, professor e advogado, autor de "Amendoeiras de outono" e " O ABC do Cabôco", editados pela Via Litterarum

Receita libera amanhã consultas ao 3º lote de restituições

Domingos Matos, 07/08/2011 | 10:56
Editado em 07/08/2011 | 20:29

O supervisor nacional do Imposto de Renda da Secretaria da Receita Federal, Joaquim Adir, confirmou que as consultas do terceiro lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2011, ano-base 2010, serão abertas na próxima segunda-feira (8). O Fisco ainda não informou, porém, quantas pessoas estarão incluídas neste lote, e nem o valor das restituições.

Assim que abertas, as consultas poderão ser feitas por meio do site da Receita na internet, ou pelo telefone 146. Os valores das restituições, por sua vez, poderão ser sacados a partir do dia 15 de agosto. Ao todo, são sete lotes de restituição, entre junho e dezembro de cada ano.

No primeiro lote do IR deste ano, pago no dia 15 de junho, 1,5 milhão de contribuintes foram contemplados. O valor do pagamento foi de R$ 1,9 bilhão. Por conta do Estatuto do Idoso, o primeiro lote contemplou, principalmente, pessoas com mais de 60 anos (1,3 milhão de idosos). Já no segundo lote, pago em junho, foram contemplados 1,64 milhão de contribuintes, no valor de R$ 1,9 bilhão em restituições.

A ordem de recebimento das restituições do Imposto de Renda tem por base, além do Estatuto do Idoso, a data de entrega da declaração de ajuste anual. Quem enviou o documento primeiro, sem erros ou omissões, recebe a restituição mais cedo. Neste ano, o prazo foi do início de março até o final de abril. Mais de 24 milhões de pessoas enviaram a declaração em 2011.

Idoso é encontrado morto no banheiro de casa

Domingos Matos, 20/07/2011 | 19:21
Editado em 20/07/2011 | 19:22

Foi encontrado já em estado de decomposição, ontem (19) pela manhã, o corpo do idoso Raimundo Domingos de Roma, 60 anos. Ele morava na rua Adolfo Moura, bairro de Fátima, e era hipertenso.  O corpo foi encontrado caído dentro do banheiro sobre uma grande poça de sangue. De acordo com os vizinhos, Raimundo Roma era casado e sua esposa sofre de mal de Alzheimer.

“Ele é quem cuidava da esposa. Já fazia uns três dias que ele não apareceria aqui pela porta. Sentimos o mau cheiro e resolvemos arrombar a porta da casa. Encontramos o corpo dele caído no banheiro com ferimentos na cabeça e a mulher dele deitada na cama. Ela dependia dele para tudo”, conta um morador.

De acordo a perícia técnica, o aposentado estava morto há aproximadamente três dias. Um fato intriga a vizinhança. A filha do casal,  que mora no andar de cima,  diz não ter notado a ausência do pai. “Eles são idosos e nestes três dias ela não percebeu nada de estranho’’, observa um vizinho, que não quis se identificar.   

DE RODAPÉS E DE ACHADOS

Domingos Matos, 03/07/2011 | 15:53
Editado em 03/07/2011 | 17:33

Adylson MachadoQuando o tema se esgota em si mesmo, um rodapé pode definir tudo e ir um pouco além.  

Adylson Machado

                                                                              

Passeio

Cabeças coroadas na última gestão de Fernando Gomes fizeram especial tour pela cidade de Ilhéus.

Local da visita: Divisão da Polícia Federal.

Há quem afirme ser rescaldo daquela operação da PF que andou madrugando no Centro Administrativo Firmino Alves e precipitou o acordar de alguns secretários de então.

Semana farta

Em Itabuna, semana norteada por dois fatos novos, adiante rodapeados: reinauguração do Shopping Jequitibá, atuação do Ministério Público Estadual em defesa de deficientes e privatização da EMASA.

Estranhará o leitor que desconheça a verve deste DE RODAPÉS E DE ACHADOS a declinação de três quando escreveu dois fatos novos.

É que a circunstância de três FATOS citados aritmeticamente em dois decorre da simples conclusão de que privatização da EMASA é tema recorrente desde Matusalém.

Turismo ecológico

Nossas capivaras fazem a festa. Orgulhosas mostrando os filhotes. Pedindo respeito e proteção. Apenas isso!

Serão em breve algumas dezenas a mostrar um Cachoeira ainda vivo.

Se o bicho homem deixar!

EMASA I

Da retomada do sonho de privatização – coisa maior – à denunciada dívida de Carlos Burgos, estimada em 100 mil reais – coisa menor – a EMASA continua vocacionada para uma armação. Não se fale dos antológicos pontos de distribuição clandestinos para atender poderosos – muitos identificados e eliminados na última administração de Geraldo Simões – beneficiando apadrinhados da gestão anterior que não pagavam pelo precioso líquido.

Quando de sua “municipalização” – amparada em comodato da rede de distribuição – alguns privilegiados tornaram-se “acionistas” da empresa.

À exceção das duas administrações de GS – comprometido com a não-privatização – aquela que deveria ser motivo de orgulho passou a exigir eterna vigilância da sociedade para evitar uma picaretagem de grande estirpe.

Ao que parece, Capitão Azevedo – ainda que negue – embarcou na sujeira, quando não desautoriza publicamente que assessores defendam a iniquidade.

EMASA II

As mesmas peças beneficiadas permanecem em evidência, como Carlos Burgos e meia dúzia de inexplicáveis adquirentes da empresa em nebulosa constituição acionária nos idos de 1989/90, no limiar da segunda gestão de Fernando Gomes.

Muito interessante – e contributiva para a transparência – que a sociedade identificasse os beneficiários da privatização: prováveis 5 a 10% do capital “mal explicado” quando da sua origem, que podem embolsar uma bolada de milhões de reais caso venha a se consumar o crime da privatização.

Detalhe: Carlos Burgos era procurador-geral do município de Itabuna quando a negociata foi materializada.

EMASA III

E tudo caminha para um novo embate. Exoneraram um Presidente, originado do quadro da empresa, que se dizia frontalmente contra a privatização e nomearam quem pode alimentá-la.

Deste, o mínimo que se espera de imediato, é que cobre a dívida de Carlos Burgos.

Ativismo I

Parece-nos precipitada a leitura do Ministério Público local na defesa da gratuidade para deficientes e idosos ao pretender – por via de uma Recomendação – que empresa privada concessionária de serviço público cumpra o papel que lhe é vedado, quando observada a legislação estadual a que está sujeita.

Ainda que aqui não enveredemos por regras de Direito Financeiro para controle da execução orçamentária, aliada ao contemplado na Lei de Responsabilidade Fiscal, temos como confusa a interpretação porque posta em uma “Recomendação 02/2011” distribuída pelo Parquet, onde prevalecem CONSIDERANDOS em detrimento da interpretação sistemática que o fato exige, trilhando, inclusive, por fundamentos amparados na analogia, como se dito documento tivesse o condão sentencial.

Ressalvamos que a luta dos deficientes por aquilo que entendem de direito não exime o MP de reconhecer a existência de legislações às quais cumpre defender.

Ativismo II

Vivemos instantes em que a judicialização “supre” a competência legislativa, ou seja, o Judiciário legisla, como tem ocorrido com muitas decisões do Supremo Tribunal Federal que, à guisa de intérprete da Carta Maior, se arvora de bedel ou professor à antiga. Nessa esteira, surge-nos o Ministério Público baiano pelo viés do ativismo social.

Aplaudimos a iniciativa de deficientes visuais buscarem direitos que lhes são assegurados in abstrato, dentre eles o de trafegar sob subsídio estatal. Ocorre, no entanto, que no Estado de Direito o primado é da lei, ou seja, a todos é dado respeitá-la e cumpri-la. No entanto, quando são aventados direitos fixados principiologicamente na Constituição, ou mesmo em Tratados internacionais, sem o correspondente amparo na legislação infraconstitucional tende-se ao puro ativismo.

No caso concreto cabe buscar a existência de lei específica, formalmente elaborada, que corresponda à pretensão do particular, mormente quando em conflito interesses de entes federativos aos quais compete tratar do tema.

Assim, a louvável mobilização deve materializar-se em reivindicação e necessária pressão social dirigida às autoridades competentes para cumprirem seu desiderato: o Poder Executivo propondo; o Legislativo aprovando.

A iniciativa e a mobilização, assim o vemos, é da sociedade e não do Ministério Público, ao qual caberia, no estrito cumprimento do dever, reforçar, através da instância competente, a iniciativa legislativa.

Não a recomendação impositiva ao arrepio da lei.

Ativismo III

A autonomia e legitimidade outorgadas ao Ministério Público pela CF/88 não o autoriza a intervir em relações que não lhe são afetas, como impor sponte propria a atividades privadas – aqui compreendidas como aquelas inerentes ao universo empresarial – aquilo que não se encontre amparado na lei.

Nem mesmo um ente federativo exigirá do outro o que entenda como correto, porque está limitado aos ditames que norteiam a autonomia de cada um deles.

Destarte, não há nos estatutos que amparam o Ministério Público a possibilidade de o exercer como fora movimento social.

Ativismo IV

Quando o MP assume a defesa deste ou daquele segmento social em desconformidade com o ordenamento jurídico – por mais justa e humana que seja – descamba para o ativismo.

Se fora o MST e assemelhados encontraria a Polícia de choque, gás de pimenta, bombas de gás lacrimogêneo, jatos d’água.

E não falemos da exploração político-partidária que deriva de tais interpretações. Com o risco de jogar a sociedade contra a empresa.

Neste particular o MP se transforma – como dizia Tormeza – em “espingarda de Satanás”.

É o que dá ter feito DNA

dnaCaiu no anedótico o reconhecimento de um filho de FHC que não era seu.

Quem te viu...

Ex-comunista elogiando neoliberalismo, privatizações e heresias outras são o sinal de que os tempos mudaram e muito. Basta ter acompanhado o programa político do PPS e as declarações de Roberto Freire.

Explicando para os mais jovens: o PPS é o partido que sucedeu ao antigo PCB – Partido Comunista Brasileiro, fundado na década de 20 do século passado.

Briga de foice

A indicação de Capitão Fábio para comandar a Ciretran, como indicação de Geraldo Simões. Queda de petistas na DIREC comandadas pelo PCdoB. Eis a dimensão da luta da base do governo em Itabuna envolvendo PT e cururus.

Faltando fotógrafos

shopA imprensa local, ao noticiar a inauguração de parte do prometido novo shopping não se dignou no cuidado de fotografar a fachada. Tudo que encontramos foi aquela digitalizada foto-maquete, com uma dezena de palmeiras imperiais todas adultas e verticalmente certinhas.

É o que dá uma cidade sem fotógrafos...

Se houvesse fotógrafos...

...E registrassem o empreendimento do mesmo ângulo exibido pela imprensa ver-se-ia que a inauguração não foi tão inauguração assim. (Nem uma mísera salinha de cinema).

Não faltariam só as esbeltas palmeiras imperiais da fotografia oficial.

No horizonte

Para pensar a dedicada observação de Eduardo Anunciação (Diário Bahia) em relação à candidatura de Juçara Feitosa: “Dona Juçara é pré-candidata de um projeto político do governador Jacques Wagner, da Presidenta Dilma, do deputado federal Geraldo Simões, de Lula, PT”.

Quando Eduardo assume defesa tão contundente, a ponto de expandir o nível de um projeto político provinciano a píncaros nacionais, algo pode estar precisando do empurrão.

Ficamos com o projeto político... “do deputado federal Geraldo Simões”.

“Wagner prefere Geraldo”

gs jf

Diz o Pimenta na Muqueca, de terça 28 ser essa a preferência do Governador, enquanto Juçara o seria da Presidente do PT itabunense, Miralva Moitinho.

Considerando o fogo de monturo no seio de parcela da base petista que chamusca a professora Miralva, a notícia de seu apoio a Juçara – se não for fogo amigo – sinaliza para o lançamento à fogueira da candidatura da esposa do deputado, elevada aos píncaros do projeto político em todos os níveis por Eduardo Anunciação.

Rodapeando e achando temos que pode existir verdade em contos da carochinha. (VER ”Revelação” e “Conto de Fadas”, neste DE RODAPÉS dos dias 1º de maio e 24 de abril, respectivamente).

Imperdoável

cerraUma denúncia veiculada no www.conversaafiada.com.br de quarta 29 (Traíra: Cerra negociou com EUA sobre PCC e ignorou Itamaraty) revela a temerária e impatriótica ação do então Governador José Serra, em janeiro de 2007, que pode ser considerada, no mínimo, típica traição. Revelações vazadas através do Wikileaks dão conta de negociações entre Serra e a cerradiplomacia dos EEUU no Brasil pretendendo “ajuda” americana no combate ao PCC, no imediato da onda de atentados atribuídos à organização criminosa.

A recusa do então governador de admitir a participação do Itamaraty, ainda que recomendada pela diplomacia americana, dá a dimensão do ato de José Serra.

A mesma Wikileaks já denunciara as tratativas de Serra de entregar a Chevron a exploração do pré-sal caso se elegesse presidente em 2010.

Faltando estadista

O noticiário carrega na crise da Grécia. O povo nas ruas na luta inglória e infausta de enfrentar o sistema (leia-se financeiro), que atua de forma simples: empresta ao país, fica com o dinheiro para o pagamento dos juros e quejandos e ainda recebe de troco o patrimônio público através de privatizações. E a dívida continua... crescendo. Filme por demais conhecido dos rincões de cá.

Anda faltando por lá um Juscelino Kubitschek, que se negou a atender às imposições do FMI (entrega do petróleo, reforma cambial, não construir Brasília, estradas etc.) ou um Kirchner que simplesmente anunciou que somente pagaria 25% da dívida porque o resto era roubo.

A Argentina cresce por causa da iniciativa de Kirchner, como cresceu o Brasil de Juscelino.

Boff

Sustenta o teólogo que a crise do capitalismo menos está para conjuntural ou estrutural e mais para terminal. Para Marx, decorreria da contradição de socializar a participação na produção da riqueza e concentrar na distribuição. Detalhes no blog leonardoboff.worldpress.com (Crise Terminal do Capitalismo?).

Itabuna Cultura & Arte

A 14ª edição do eletrônico traz a informação de que foi encaminhada à Prefeitura uma proposta de solução para a manutenção do espaço denominado Sala Zélia Lessa.

Pérola

Por demais conhecido e popularizado o segundo movimento (adágio) do Concierto de Aranjuez, de Joaquim Rodrigo. Inclusive com interpretação cantada por Andrea Bocelli. O concerto rompe com uma tradição de peças do gênero: o instrumento (no caso, o violão) inicia o tema de abertura em vez da orquestra.

Aqui trazemos os dois outros movimentos, primeiro e terceiro, belos e vigorosos.

Destacamos, em nossa escolha instrumentista, John Williams, que temos como o melhor intérprete desta obra rodrigueana, dentre os que já ouvimos, ainda que Paco de Lucía, Narciso Yepes e Andrès Segóvia.

Cantinho do ABC da Noite

cabocoA queda de um avião transportando valores no interior da Bahia tornara-se o assunto do dia. Antes que a conversa alcançasse os conceitos éticos e morais que determinado cliente pretendia inserir, por conta dos milhões transportados e desaparecidos, encerrou o tema:

– O que cai do céu ou é castigo ou é milagre, Cabôco!

_________________

Adylson Machado é escritor, professor e advogado, autor de "Amendoeiras de outono" e " O ABC do Cabôco", editados pela Via Litterarum

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.