Tag: iptu

Emasa e empregos norteiam mensagem do Executivo a vereadores

Domingos Matos, 18/02/2019 | 08:31

Privatização da Emasa e isenção tributária foram destaques do discurso do prefeito Fernando Gomes aos vereadores itabunenses na sexta (15), na abertura do Ano Legislativo 2019. O Plano Setorial de Governo ainda tem como meta para 2019, por exemplo, a revitalização da Vila Olímpica (com projeto de R$ 4,5 milhões) e de colégios (como IMEAM), construção de posto de saúde no Parque Boa Vista e 50 km de pavimentação em vários bairros.

Quanto à dispensa, por mais dez anos, Trifil e Penalty de pagar impostos, Fernando Gomes declarou que o incentivo fiscal, que precisa da autorização legislativa, garantirá ampliação de empregos e evitará a saída das empresas. Juntas, elas geram quase três mil empregos diretos. O anteprojeto de lei para a isenção de IPTU já foi protocolado na Casa.

Já a proposta de repassar o saneamento básico à iniciativa privada deve ser encaminhada ao Legislativo até março deste ano. Segundo o prefeito, Itabuna desperdiça 56% da água distribuída. A mudança de tubulação e a revitalização do Rio Cacheira custariam R$ 360 milhões aos cofres municipais. “De onde Itabuna tiraria esse dinheiro”, indagou o gestor defendendo a privatização.

Três vezes prefeito agradeceu a aprovação, pela Câmara, da mudança no regime jurídico (de celetista para estatutário). Ele garantiu que os servidores da Prefeitura não serão prejudicados no futuro. “Vamos lutar para a Caixa liberar [o FGTS]”, afirmou recordando as dificuldades enfrentadas para quitar parcelas com o Fundo (a dívida do município totaliza R$ 90 milhões).

Finalizando a sessão de abertura do Ano Legislativo 2019, o presidente Ricardo Xavier (PPS), salientou a pluralidade político-partidária da Casa pedindo a compreensão do Executivo no atendimento aos pedidos de providência de todos os vereadores. Por fim, Xavier lembrou metas de sua gestão como a revisão da Lei Orgânica e do Regimento e a capacitação de servidores.

IPTU com 15% de descontos é prorrogado até 8 de fevereiro em Itabuna

Domingos Matos, 01/02/2019 | 13:08

Devido a grande procura da população para quitar a primeira parcela do IPTU 2019, a Prefeitura de Itabuna, através do Departamento de Tributos, prorrogou até o dia 08 deste mês o prazo para a quitação da primeira parcela, com 15% de descontos.

O itabunense pode pagar em cota única com 15% de desconto até 8 de fevereiro de 2019. Basta retirar o boleto através do site prefeituradeitabuna.com.br ou comparecer ao Setor de Tributos da Prefeitura de Itabuna.

 

Contribuinte tem até o dia 31 de janeiro para pagar IPTU com 15% de desconto

Domingos Matos, 18/01/2019 | 12:03

O contribuinte itabunense tem até o dia 31 de janeiro para pagar o Imposto Predial e Territorial Urbano 2019 (IPTU) com 15% de desconto. O Diretor do Departamento de Tributos, Emerson Carvalho, informa que esta condição está sendo disponibilizada para pagamento em cota única. “Importante lembrar que também está sendo ofertado desconto de 10% para pagamento até 28 de fevereiro, e 5% para pagamento até 29 de março”.

Para o pagamento, basta acessar o site www.itabuna.ba.gov.br antes da data do vencimento ou se dirigir ao balcão de atendimento do Departamento de Tributos, de segunda a sexta-feira, das 09 às 15 horas, e solicitar a emissão do carnê. Para os contribuintes que optarem por parcelar o pagamento, a primeira parcela deverá ser liquidada a partir de março. O diretor do Departamento de Tributos, Emerson Carvalho, ressalta que a expectativa é de que este ano o município tenha uma arrecadação superior a do ano passado.

 “A cada ano vem aumentando a procura dos contribuintes para o pagamento do IPTU, e a expectativa é de que este ano seja maior que no ano passado, tendo em vista que muitas empresas deixaram de se enquadrar no perfil de isenção”, explica. Para finalizar, ele informa que neste ano de 2019 os valores dos imóveis de Itabuna foram atualizados de acordo com a inflação, de modo que ficou em 4.5%.

 

Matrícula na rede estadual de ensino começa na próxima terça-feira

Domingos Matos, 18/01/2019 | 11:01

Começa na próxima terça-feira (22), e prossegue até o dia 29 deste mês, a matrícula para o ano letivo 2019 da rede estadual de ensino. O primeiro dia será destinado à transferência dos estudantes da rede estadual. O processo será feito presencialmente em qualquer unidade escolar ou pela internet pelo Portal da Educação. Para fazer a transferência, via internet, o estudante deverá utilizar o Código de Matrícula que ele recebeu na sua escola de origem, ou se dirigir a qualquer escola estadual. O mesmo vale para o estudante cuja escola de origem não oferecerá a série subsequente. 

Já na quarta (23) e na quinta (24), a matrícula será para os concluintes do 5º e do 9º ano do Ensino Fundamental das redes municipais de ensino. A matrícula poderá ser feita em qualquer colégio da rede estadual e via internet para os alunos da capital baiana e de mais 59 municípios, conforme lista abaixo e disponível no Portal da Educação. “Dobramos o número de municípios participantes do processo de matrícula via web, em relação à matrícula do ano passado, quando tivemos somente 26 cidades”, destaca a diretora de Atendimento da Rede Escolar, Eliana Carvalho.

Na sexta-feira (25), a matrícula será para os novos alunos do Ensino Fundamental vindos da rede particular de ensino ou de outros Estados e que passarão a integrar a rede estadual. O processo será feito somente presencialmente, em qualquer escola estadual. Já a segunda (28) e a terça (29) serão reservadas para os novos estudantes do Ensino Médio que vêm da rede particular ou de outros Estados. A matrícula, neste caso, também só poderá ser feita presencialmente, em qualquer colégio da rede, e se dará nas diferentes modalidades, como exemplo Educação Profissional e Educação de Jovens e Adultos.

Por fim, os estudantes com necessidade especial (deficiência, transtorno global do desenvolvimento e/ou altas habilidades/superdotação, com ou sem diagnóstico comprovado) que fizeram a inscrição na pré-matrícula, no mês de novembro, deverão comparecer à unidade escolar indicada no cadastro no dia 31 (quinta-feira) para a entrega da documentação exigida para a consolidação do processo.

Documentação 

Para a efetivação da matrícula, deverão ser apresentados na unidade escolar os seguintes documentos: original do Histórico Escolar ou do Atestado de Escolaridade (que deve ser substituído pelo original do Histórico Escolar em até 30 dias); original e cópia da Cédula de Identidade ou Certidão de Nascimento; original e cópia do CPF; original e cópia legível com data recente do comprovante de residência (água, luz, telefone fixo ou móvel, gás encanado, Internet, contrato de aluguel, IPTU e cartão de crédito ou TV por assinatura). Neste ano, se tornou obrigatória a apresentação da original e cópia da Carteira de Vacinação para estudantes com até 18 anos. 

O ano letivo de 2019 começará no dia 11 de fevereiro e se encerrará no dia 16 de dezembro, totalizando uma carga horária mínima de 800 horas, distribuídas em 200 dias de efetivo trabalho escolar, excluído o tempo reservado à avaliação fina.

IPTU 2019 de Ilhéus poderá ser pago com 15% de desconto 

Domingos Matos, 18/01/2019 | 09:00

Nos últimos dois anos, Ilhéus vem recebendo um volume significativo de investimentos, programas e ações que melhoram a infraestrutura urbana, amplia a mobilidade no trânsito e garante serviços mais eficientes de saúde, educação, desenvolvimento social, turismo e cultura. A fim de manter o ritmo veloz das transformações, o Município investe também na eficiência da gestão pública, com objetivo de captar mais recursos com órgãos federais e estaduais e aumentar a arrecadação, por meio dos impostos municipais como o IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano).

Nesse sentido, a Prefeitura de Ilhéus já disponibilizou os carnês do IPTU 2019, que podem ser retirados no setor de Tributos, das 12 às 18 horas, localizado no térreo do Palácio Paranaguá, centro histórico da cidade. O contribuinte ilheense pode pagar o tributo com 15% de desconto. Os carnês também estão disponíveis no portal oficial do Município (link://bit.ly/2FwZPcM ou http://www.ilheus.ba.gov.br) Para acessar o carnê eletrônico, o usuário precisa preencher um formulário, informando dados pessoais e do imóvel.

Através do IPTU, a Prefeitura garante a manutenção de ruas, iluminação pública, reforma de escolas e postos médicos, melhorias das estradas vicinais, aquisição de maquinário e ambulâncias, entre outros investimentos. Segundo o gerente municipal de Administração Tributária, Adriano Sales, a Prefeitura de Ilhéus implantou um novo sistema de arrecadação fiscal eletrônica municipal, que garante agilidade e mais qualidade para os serviços prestados ao contribuinte.

A apuração do valor do IPTU é realizada a partir dos dados do imóvel constantes do cadastro da Secretaria Municipal da Fazenda (área do terreno, área construída, idade da construção), utilizando a metodologia e os parâmetros estabelecidos em lei e suas atualizações.

 

Itabuna: serviços online agilizam atendimento no Departamento de Tributos 

Domingos Matos, 18/01/2019 | 07:08

Criado de modo a suprir as necessidades financeiras do município, de acordo com o que a lei estabelece, e ao mesmo tempo fazer frente às demandas da população itabunense, o Departamento de Tributos da Prefeitura Municipal de Itabuna tem buscado a cada dia ampliar a oferta de serviços. Atuando com três divisões internas: de Cadastro Imobiliário, de Cadastro Econômico e de Dívida Ativa, o Departamento de Tributos disponibiliza uma série de serviços online.

O Diretor do Departamento de Tributos, Emerson Carvalho, explica que a intenção é facilitar a vida do contribuinte e ao mesmo tempo desobstruir o fluxo intenso de pessoas no Departamento. “Basta acessar o site www.itabuna.ba.gov.br. lá são disponibilizadas informações sobre legislação, tributos, formulários, além de links para emissão de certidões, alvarás, boletos de 2ª via de IPTU, TFF (Taxas de Fiscalização e Funcionamento), entre outros”, informa.                                                                                                            

E aproveita para lembrar que o prazo de validade dos alvarás de funcionamento do ano de 2018 expira no próximo dia 31 de janeiro. O serviço pode ser solicitado via online. “Basta iniciar o processo de solicitação pelo site e emitir o DAM para pagamento”, informa. Mas para quem preferir atendimento físico, basta se dirigir ao Departamento de Tributos que funciona no Centro Administrativo Firmino Alves, de segunda a sexta-feira, das 09 às 15 horas.

 

 

IPTU 2019 de Ilhéus poderá ser pago com 15% de desconto 

Domingos Matos, 17/01/2019 | 14:01

Nos últimos dois anos, Ilhéus vem recebendo um volume significativo de investimentos, programas e ações que melhoram a infraestrutura urbana, amplia a mobilidade no trânsito e garante serviços mais eficientes de saúde, educação, desenvolvimento social, turismo e cultura. A fim de manter o ritmo veloz das transformações, o Município investe também na eficiência da gestão pública, com objetivo de captar mais recursos com órgãos federais e estaduais e aumentar a arrecadação, por meio dos impostos municipais como o IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano).

Nesse sentido, a Prefeitura de Ilhéus já disponibilizou os carnês do IPTU 2019, que podem ser retirados no setor de Tributos, das 12 às 18 horas, localizado no térreo do Palácio Paranaguá, centro histórico da cidade. O contribuinte ilheense pode pagar o tributo com 15% de desconto. Os carnês também estão disponíveis no portal oficial do Município (link://bit.ly/2FwZPcM ou http://www.ilheus.ba.gov.br) Para acessar o carnê eletrônico, o usuário precisa preencher um formulário, informando dados pessoais e do imóvel.

Através do IPTU, a Prefeitura garante a manutenção de ruas, iluminação pública, reforma de escolas e postos médicos, melhorias das estradas vicinais, aquisição de maquinário e ambulâncias, entre outros investimentos. Segundo o gerente municipal de Administração Tributária, Adriano Sales, a Prefeitura de Ilhéus implantou um novo sistema de arrecadação fiscal eletrônica municipal, que garante agilidade e mais qualidade para os serviços prestados ao contribuinte.

A apuração do valor do IPTU é realizada a partir dos dados do imóvel constantes do cadastro da Secretaria Municipal da Fazenda (área do terreno, área construída, idade da construção), utilizando a metodologia e os parâmetros estabelecidos em lei e suas atualizações.

 

Matrícula na rede estadual de ensino começa dia 22 de janeiro

Domingos Matos, 16/01/2019 | 10:33

O calendário de matrícula para o ano letivo da rede estadual de 2019 começa na próxima terça-feira (22) e prossegue até o dia 29 deste mês. O primeiro dia será destinado à transferência dos estudantes da rede estadual. O processo será feito presencialmente em qualquer unidade escolar ou pela internet pelo Portal da Educação. Para fazer a transferência, via internet, o estudante deverá utilizar o Código de Matrícula, que ele recebeu na sua escola de origem, ou se dirigir a qualquer escola estadual. O mesmo vale para o estudante cuja escola de origem não oferecerá a série subsequente. 

Já na quarta (23) e na quinta (24), a matrícula será para os concluintes do 5º e do 9º ano do Ensino Fundamental das redes municipais de ensino. A matrícula poderá ser feita em qualquer colégio da rede estadual e via internet para os alunos da capital baiana e de mais 59 municípios, conforme lista abaixo e disponível no Portal da Educação. “Dobramos o número de municípios participantes do processo de matrícula via web, em relação à matrícula do ano passado, quando tivemos somente 26 cidades”, destaca a diretora de Atendimento da Rede Escolar, Eliana Carvalho.

Na sexta-feira (25), a matrícula será para os novos alunos do Ensino Fundamental vindos da rede particular de ensino ou de outros Estados e que passarão a integrar a rede estadual. O processo será feito somente presencialmente, em qualquer escola estadual. Já a segunda (28) e a terça (29) serão reservadas para os novos estudantes do Ensino Médio que vêm da rede particular ou de outros Estados. A matrícula, neste caso, também só poderá ser feita presencialmente, em qualquer colégio da rede, e se dará nas diferentes modalidades, como exemplo Educação Profissional e Educação de Jovens e Adultos.

Por fim, os estudantes com necessidade especial (deficiência, transtorno global do desenvolvimento e/ou altas habilidades/superdotação, com ou sem diagnóstico comprovado) que fizeram a inscrição na pré-matrícula, no mês de novembro, deverão comparecer à unidade escolar indicada no cadastro no dia 31 (quinta-feira) para a entrega da documentação exigida para a consolidação do processo.

Documentação 

Para a efetivação da matrícula, deverão ser apresentados na unidade escolar os seguintes documentos: original do Histórico Escolar ou do Atestado de Escolaridade (que deve ser substituído pelo original do Histórico Escolar em até 30 dias); original e cópia da Cédula de Identidade ou Certidão de Nascimento; original e cópia do CPF; original e cópia legível com data recente do comprovante de residência (água, luz, telefone fixo ou móvel, gás encanado, Internet, contrato de aluguel, IPTU e cartão de crédito ou TV por assinatura). Neste ano, se tornou obrigatória a apresentação da original e cópia da Carteira de Vacinação para estudantes com até 18 anos. 

O ano letivo de 2019 começará no dia 11 de fevereiro e se encerrará no dia 16 de dezembro, totalizando uma carga horária mínima de 800 horas, distribuídas em 200 dias de efetivo trabalho escolar, excluído o tempo reservado à avaliação fina.

Área de 

Prazo para aderir ao Refis com desconto de 100% encerra em 14 de setembro

Após essa primeira fase (14/09), o Refis terá continuidade, mas não com as mesmas condições de pagamento

Domingos Matos, 24/08/2018 | 15:00

Os contribuintes que estão em débito com o município devem ficar atentos ao fim do prazo para renegociação das dívidas com desconto de 100% sobre os juros e multas. A 1ª etapa do Programa Municipal de Recuperação Fiscal (Refis), que concede desconto de 100% para pagamento à vista dos débitos, ou 80% de desconto para pagamentos parcelados em 60 vezes, encerra no dia 14 de setembro. “Esta é uma ótima oportunidade que a gestão municipal está concedendo aos contribuintes que estão com débito em aberto, por esse motivo, quem está inadimplente não deve deixar para o último dia do prazo, pois pode perder esta oportunidade”, destacou o Secretário Municipal da Fazenda, Moacir Dantas Messias.

E informa que após essa primeira fase (14/09), o Refis terá continuidade, mas não com as mesmas condições de pagamento. “Será 50% para pagamento à vista e 40% para parcelado em 60 vezes”, informou o Secretário. De acordo com Emerson Carvalho, Diretor do Departamento de Tributos da Secretaria da Fazenda, até o momento já foram renegociadas 1.200 dívidas. Para o Secretário Moacir Messias, este é um número muito bom de adesões porque mostra o sucesso do Programa. Vale ressaltar que a proposta leva em conta dívidas de contribuintes – pessoas físicas e jurídicas – com Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), Imposto Sobre Serviços (ISS), Taxa de Fiscalização e Funcionamento, entre outros tributos.

 

O Refis

O Programa Municipal de Recuperação Fiscal (Refis) foi instituído em Julho deste ano através da Lei Municipal de nº 2.430, abrindo uma ótima oportunidade para o contribuinte em débito fiscal com o município, “e o município teve o importante apoio da Câmara Municipal para incentivar a recuperação de parte da receita do município”, completou o Secretário Moacir Messias. Qualquer dúvida pode ser esclarecida no Departamento de Tributos, no prédio anexo ao Centro Administrativo Firmino Alves, no bairro São Caetano.

 

Ilhéus faz auditoria no Minha Casa, Minha Vida para detectar fraudes

Domingos Matos, 07/03/2017 | 00:16
Editado em 07/03/2017 | 00:26

A Prefeitura de Ilhéus, através da secretaria de Desenvolvimento Social (SDS), está realizando auditoria nos dossiês dos possíveis beneficiários do “Programa Minha, Minha Vida”, dos conjuntos Residencial Rio Cachoeira, situado no Banco da Vitória, e Habitacional Vilela, localizado no bairro Teotônio Vilela. A medida visa apurar as diversas denúncias de irregularidades recebidas pelo setor de Habitação da SDS.

No início da gestão, o prefeito Mário Alexandre ordenou que os dossiês já enviados para a Caixa Econômica Federal passassem por uma auditoria de toda documentação. De acordo com o coordenador do setor de Habitação da secretaria, Welder Santos, a equipe está trabalhando de forma célere e analisando todos os dossiês com base nos critérios de avaliação do Ministério das Cidades. “Quem tem o perfil e se enquadra nos critérios continuará na lista”, afirmou.

Após auditoria, a lista será publicada no Diário Oficial do Município, disponível para acesso no site oficial da prefeitura de Ilhéus, através do endereço eletrônico www.ilheus.ba.gov.br. Os possíveis beneficiários, quando convocados, deverão comparecer ao setor de Habitação para comprovar sua situação, sob pena de exclusão da lista.

Na oportunidade, a secretária de Desenvolvimento Social, Soane Galvão, disse que a intenção da secretaria é ter um diagnóstico preciso de todos os dossiês em 30 dias, já que as obras estão 95% concluídas. “Os critérios para diagnóstico são a pesquisa imobiliária a partir da inscrição do IPTU, o perfil socioeconômico, a vulnerabilidade social e visita técnica. Os beneficiários que se enquadram no perfil continuarão dentro do programa”, acrescentou.

A SDS informa ainda que os conjuntos habitacionais Sol e Mar I e II, no Couto, localizado no trecho darodovia BA-251, entre a zona sul de Ilhéus e o município de Buerarema, também estão sendo auditados. Construtora e moradores relataram denúncias que diversos beneficiários não tomaram posse e estão sendo realizadas vendas e aluguéis de apartamentos de pessoas contempladas, mas que se encontram fora do perfil exigido pelo programa.

(Oferecido por: Fórmula Negócios Online)

Matrícula nas escolas estaduais será de 24 a 31 de janeiro

Domingos Matos, 03/01/2017 | 15:18

A matrícula na rede estadual de ensino será realizada de 24 a 31 de janeiro para os estudantes regularmente matriculados nas escolas estaduais que irão mudar de escola e os novos estudantes que desejam ingressar na rede. Em Salvador e mais 27 cidades (veja relação abaixo), os estudantes oriundos das redes municipais poderão fazer a matrícula pela Internet, utilizando o código que receberam nas suas escolas de origem. Basta acessar o Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br).

O primeiro dia de matrícula (24/01) é direcionado ao estudante da rede estadual de ensino nas seguintes situações: deve mudar de escola porque a atual não oferece a série subsequente, não renovou a matrícula no período determinado ou mudança de domicílio. Entre os dias 25 e 26/01, a matrícula é para os concluintes das séries iniciais e finais do Ensino Fundamental, regularmente matriculados na rede pública municipal no ano letivo de 2016, em razão das escolas não oferecerem a série subsequente.

Alunos novos - A matrícula de novos estudantes que forem cursar qualquer série do Ensino Fundamental acontece no dia 27 de janeiro e do Ensino Médio e suas modalidades, nos dias 30 e 31 de janeiro, devendo ser realizada presencialmente em qualquer unidade da rede estadual de ensino.

Pela internet – Além dos estudantes regularmente matriculados na rede estadual de ensino em 2016, também podem fazer a matrícula pela Internet estudantes oriundos das redes municipais das seguintes cidades: Itabuna, Nordestina, Barreiras, Barro Preto, Barrocas, Brejões, Camaçari, Catu, Dias D’Ávila, Encruzilhada, Eunápolis, Feira de Santana, Glória, Gongogi, Ipirá, Itaberaba, Itapetinga, Lamarão, Luís Eduardo Magalhães, Macajuba, Madre de Deus, Mundo Novo, Paulo Afonso, Porto Seguro, Salvador, São José da Vitória, Serrinha, Simões Filho e Vitória da Conquista.

O cronograma de matrícula da rede estadual abrange toda a Educação Básica e suas modalidades, incluindo a Educação Profissional, na qual são ofertados cursos técnicos de nível médio e de qualificação integrados à Educação de Jovens e Adultos (EJA), de nível Fundamental e Médio.

Documentos necessários – Para a matrícula é preciso apresentar os seguintes documentos: original do histórico escolar ou atestado de escolaridade, firmado pela direção da unidade escolar (deve ser substituído pelo histórico em até 30 dias); original e cópia da certidão de registro civil ou da carteira de identidade (RG); original e cópia do CPF, original e cópia legível com data recente do comprovante de residência (água, luz, telefone fixo ou móvel, gás encanado, Internet, contrato de aluguel, IPTU, cartão de crédito ou TV por assinatura) e o código do SETPS (constante no Salvador Card) para as escolas do município de Salvador.

Ano Letivo começa no dia 06 de fevereiro

O ano letivo de 2017 na rede estadual começa no dia 06 de fevereiro. De acordo com o calendário escolar divulgado pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia, serão realizados 200 dias letivos. O recesso para o Carnaval será de 24/02 a 1º de março, o recesso da Semana Santa, de 13 a 16 de abril, e o recesso junino, de 22 a 25 de junho. O último dia letivo será 13 de dezembro de 2017. Para maiores informações acesse o Portal da Educação: www.educacao.ba.gov.br

Embasa renegocia dívidas com condições especiais até fevereiro

Domingos Matos, 02/01/2012 | 20:13
Editado em 02/01/2012 | 20:13

Consumidores em débito com a Embasa têm até o dia 29 de fevereiro para renegociar dívidas com condições especiais de pagamento e parcelamento, isenção de juros e multas, além da não cobrança da taxa de religação de água.

A negociação pode ser feita em um dos 400 pontos de atendimento da Embasa em Salvador e no interior do estado.

Para ter a dívida renegociada o consumidor deve apresentar RG, CPF, conta da Embasa ou número de matrícula, escritura ou documento que comprove o vínculo com o imóvel (como carnê do IPTU, conta da Coelba).

As condições especiais são as mesmas vigentes no “Feirão nome limpo”, promovido pela CDL no final do ano passado, em Salvador.

PT festeja aniversário

Domingos Matos, 14/02/2011 | 18:19
Editado em 14/02/2011 | 18:51

pt30anosO Partido dos Trabalhadores (PT) de Itabuna celebrou ontem seu aniversário de 31 anos de fundação no Brasil e 30 no município. A festa foi também um momento para defender uma frente ampla visando a reconstrução da cidade.

Além de centenas de militantes, simpatizantes, parlamentares, a celebração contou com a presença de lideranças de outros partidos – entre eles líderes do PMN, PPS e PSB.

O membro do diretório do PT, Edílson Guimarães, lembrou emocionado dos militantes falecidos que ajudaram na construção do partido nos 30 anos de existência.

“Quero de coração fazer uma saudação aos militantes que já se foram, como Amaral e Baton,  exemplos de dedicação e doação de vida ao nosso partido”, considerou Guimarães.

O deputado federal reeleito, Geraldo Simões, satisfeito com o apoio recebido nas urnas e nas ruas de Itabuna, disse acreditar em uma aliança dos partidos que estarão dispostos a somar, formando um bloco de oposição para vencer as eleições de 2012.

Simões criticou o atual gestor do município  por não cumprir as promessas de campanha, como habilitação gratuita e a prefeitura mPT30óvel. “Este governo só serve para aumentar impostos, alvará, IPTU e conta de água. Não atrai empresas para o município e nem faz carnaval para o povo,” cutucou.

A presidenta do diretório municipal do PT, Miralva Motinho, defendeu “o convívio harmonioso com todas  as lideranças dos partidos de esquerda, progressistas e aliados,  para debater o futuro de Itabuna”.

Informações - Ascom-PT

DE RODAPÉS E DE ACHADOS

Domingos Matos, 13/02/2011 | 12:32
Editado em 13/02/2011 | 13:23

Adylson MachadoQuando o tema se esgota em si mesmo, um rodapé pode definir tudo e ir um pouco além.  

Adylson Machado

                                                                              

AMURC

Parece-nos uma vitória de Pirro conquistar a presidência da AMURC. O desinteresse dos prefeitos de municípios mais expressivos demonstra-o. Não reúne força para pressionar entidades outras e, neste liame, limita-se a participar de composições de menor detalhe.

Afastado o que resta – o título honorífico de Presidente – mais próxima está daqueles cavaleiros de Granada, que em alta madrugada saíam em louca disparada: para que? Para nada.

Com um detalhe: aos daqui falta Miguel de Cervantes.

Ilhéus I

O transatlântico MSC Orquestra aportou em Ilhéus na segunda 7. Cerca de mil turistas – argentinos, gaúchos, paranaenses, catarinenses, paulistas dentre outros – desceram à terra que sobrevive graças a Jorge Amado. Vesúvio, Casa do próprio, Bataclã. Nada mais para excursões.

Comentários de alguns que permaneceram no navio: a Ilhéus não volto. A explicação: atendimento ruim combinando com preços exorbitantes.

Notou um passageiro que de positivo mesmo só a “furiosa” recebendo os turistas no porto à base de marchinhas carnavalescas tradicionais.

Ilhéus II

Disse-nos esse passageiro que do navio percebia alguns focos de queimadas em áreas que deveriam estar preservadas, da decantada costa que integra a Mata Atlântica. A fumaça poderia ser assim traduzida: descaso do olhar de ambientalistas com apoio do IBAMA ou, quem sabe, a agonia dos projetos que revitalizariam a região com o complexo intermodal – que dizem não encontrar respaldo do próprio IBAMA.

Apoio mesmo terão os poucos proprietários das muitas léguas de terra da Mata Atlântica em poder de estrangeiros e cabeças coroadas do sul do Brasil.

Com alguns nativos lambendo as migalhas e se dizendo grandes por isso.

Geny Xavier

O eletrônico Jornal Itabuna, Cultura & Arte nos possibilitou reencontrar a poesia de Geny.

Artistas de Itabuna

artistasdeitabuna.blogspot.com. Eis outra experiência no universo da divulgação artístico-literária de Itabuna. O lamento do entrevistado Valmir do Carmo dá bem a conta de a quantas anda o vigor do apoio cultural na gleba grapiúna.

Jorge Araujo

jorge araujoA leitura de “Graciliano Ramos e o desgosto de ser criatura” (EDUFAL, 2008), premiado ensaio de Jorge de Souza Araujo, nos permite concluir, sem proselitismos, que o baiano de Baixa Grande, terra vizinha de Monte Alegre da Bahia – tornada Mairi – espalhado entre Santo Antônio de Jesus, Feira de Santana e Ilhéus, com passagem obrigatória por Itabuna, onde tem cadeira(!) cativa no Beco do Fuxico para um dedal de prosa com Cabôco Alencar, se encontra definitivamente alçado à galeria dos grandes ensaístas brasileiros

Imbróglio I

Comentamos na edição passada sobre as dificuldades para uma solução imediata – sob o prisma técnico jurídico – envolvendo a reforma tributária municipal, aprovada em 2010 para viger a partir de 2011.

Afastadas as considerações sobre sua aprovação – porque leite derramado – reuniões se sucedem e soluções são ofertadas, como a tentativa de encaminhamento de proposta ao Poder Legislativo para alterar a escorcha em vigor.

O que não se indaga em tantos encontros é para quando o efeito das alterações.

Imbróglio II

Atribui-se a Otávio Mangabeira a seguinte assertiva: “Pense num absurdo; na Bahia já há precedentes”.

Em matéria tributária o que a lei remete ao ditame do Poder Executivo, como a majoração de bases de cálculo (o valor venal para o IPTU, por exemplo) vinculadas a determinado índice oficial, dispensa a edição anual de norma específica para tal mister.

Ao que nos parece – nos amparamos no divulgado pela imprensa e, no caso, nos permite a interpretação – a lei delimitou os percentuais em relação à majoração dos índices para os tributos, o que exigiria outra lei para alterá-los.

Caso contrário, não haveria necessidade de tanta conversa, de tanta reunião: um decreto do Prefeito reduziria os percentuais ao sofrível se a lei houvesse fixado aleatoriamente entre um mínimo e um máximo.

Imbróglio III

É aí que reside o imbróglio: se os percentuais foram fixados no texto da lei, nela estão contidos – e em vigor desde 1º de janeiro. Qualquer alteração somente produziria efeitos no próximo exercício financeiro, ou seja 2012, estando em vigor para 2011 o fixado na lei de 2010.

A não ser que ocorra na Bahia um novo “precedente”. Ou a revogação pura e simples da lei em vigor, com as decorrentes repercussões a teor da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Circo

A não ser que um grande picadeiro esteja armado, nos fazendo a todos expectadores no “galinheiro” do mambembe, concluímos que: depende do Prefeito a solução – através de simples Decreto – e que não foi o mesmo editado para valorizar o ato e tornar o gestor o mimo do dia, a bondade do momento.

O resto transita entre indecisão e incompetência.

Maria Alice I

Maria AliceImagem queimada e desgastada até recentemente torna-se milagre e salvação para os problemas enfrentados pela administração José Nilton Azevedo. Uma competência levada aos píncaros, trabalhando com o trivial com que sempre viveu: o grupo de Fernando Gomes.

Daí porque Maria Alice é a vitória de FG no grupo político de Azevedo, implantando a marca do fernandismo na combalida imagem da administração atual.

Se vai dar certo o tempo dirá!

Maria Alice II

Até porque não há de confundir articulação política com gestão administrativa, o que cai como luva no caso sob comento, onde se inverte o comando: Maria Alice, solução gestora.

Antigamente – ou pode não ser tão antigamente assim – qualquer prefeito dava lições ao médico se o assunto era Medicina, ao engenheiro, se o tema fosse Engenharia, ao urbanista, se Urbanismo, ao advogado, se Direito e por aí caminhava a humanidade. Se deu certo não se sabe.

Mas no caso de Itabuna, todos sabemos!

Criatividade

sexo gratis“Sexo Grátis Aqui” em destaque certamente despertará a atenção de qualquer um e mesmo escandalizará beatas. É o que se depreende deste criativo anúncio de duplo sentido.

Amadorismo I

Vemos como pobre a discussão que se põe à mesa da sucessão municipal levantando a hipótese de afastar lideranças tradicionais do processo como se política não exigisse profissionalismo. O mesmo discurso que norteou a “Terceira Via” em instantes não tão distantes.

A ingenuidade reside justamente no fato de imaginar que políticos que amealharam liderança venham, de uma hora para outra, imbuídos de inusitado espírito de caridade cristã, doar o que conquistaram a duras penas a quem ainda não fez nem por merecer atenção.

É o cúmulo do amadorismo!

Amadorismo II

Sob a mesma vertente transitam as vozes que se levantam internamente em alguns partidos contra suas lideranças. Não conseguem nem mesmo inscrever e ampliar militantes em defesa de suas ideias.

No âmbito local, por exemplo, a massa petista não conseguiu estabelecer força para enfrentar o comando de Geraldo Simões, como qualquer partido que esteja sob a égide de Fernando Gomes não consegue levantar a voz para um pio.

No PT uma gama de tendências – algumas mais próximas daquele famoso “Bloco do Eu Sozinho” que existiu no Rio de Janeiro enquanto foi vivo seu único participante – em muito contribui para “democraticamente” legitimar o que controle o partido; no partido liderado por FG sua palavra é lei e tenho dito.

Aplausos!

Exemplo de PiG I

O jornal O Estado de São Paulo tinha a tradição de defesa intransigente de conservadoras convicções mas não tergiversava, como princípio, de informar o que lhe chegasse às mãos, de não negar fatos jornalísticos. A marca dos Mesquita, como diretores do jornal: não engavetar grandes matérias de escândalo.

Um jornalista descobrira o fio da meada de um dossiê falso divulgado por Diogo Mainardi, na Veja, que foi manipulado à exaustão pela imprensa, inclusive o televisivo Jornal Nacional, envolvendo poderosos interesses financeiros e pesadas jogadas de lobistas, tendo por pano de fundo o diretor da Agência Nacional de Petróleo – ANP Victor de Souza Martins, irmão do então Ministro Franklin Martins, tendo como pano de fundo royalties de prefeituras que estariam relacionadas com o diretor.

Segundo a Polícia Federal, tudo amparado em material fabricado por Wilson Ferreira Pinna, agente federal aposentado, que foi denunciado pela 2ª Vara Federal Criminal do Rio pelo crime.

Exemplo de PiG II

Passados mais de 500 dias o material jornalístico se encontra engavetado pelo diretor do jornal Ricardo Gandur, evidenciando que o Estadão já não é o mesmo. Mas bem traduz a forma como age o denominado PiG (Partido da Imprensa Golpista), como o nomina Paulo Henrique Amorim.

A propósito, 500 dias – cerca de um ano e meio – dá direitinho no período imediato à campanha eleitoral. Detalhes em: http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/ha-506-dias-estadao-censura-materia#more

STF I

Se o sentimento de vazio profundo se nos apossara com a indicação presidencial do nome de Luiz Fux para vaga no Supremo a sabatina no Senado – que não houve – nos lançou ao fundo do cosmos. Até aplausos de pé, transformado o plenário em arquibancada, reverenciando o ator que traduziu para o público a realização de um sonho – chegar ao STF – mais que servir ao Direito.

STF II

Para quem não mais tinha sob os ombros o peso do que se apurava na Corte Especial tudo era sorriso, graças à providencial intervenção do Procurador da República que pediu o arquivamento do procedimento – originado de uma ação popular promovida pelo ex-deputado estadual José Carlos Tonin – fazendo perder o objeto da apuração, que se encontrava sob responsabilidade da Ministra Eliane Calmon, até que transferida para o Conselho Nacional de Justiça.

Talvez esse o motivo da alegria de menino do novo ministro na Comissão do Senado. Que em nenhum momento procurou saber das razões por que o futuro ministro tomou como suas as alegações do recurso do Grupo Sílvio Santos para sustentar o seu voto em favor da Telesena.

STF III

Apenas para que o leitor não perca o mote do que motivou a iniciativa de apuração contra o Ministro Luiz Fux, transcrevemos parte da conclusão do acórdão do TRF da 3ª Região, São Paulo, por ele (ministro) contrariada: “O fato de o CNSP – Conselho Nacional de Seguros Privados e a Susep – Superintendência de Seguros Privados terem autorizado a comercialização de planos com tais desvios não é suficiente para torná-los legais. Mesmo admitindo-se terem eles poderes normativos para regulamentar o sistema, esses poderes só podem ser exercidos nos limites da lei, sem nunca ousar contrariá-la. O ato administrativo em questão – porque dissociado do espírito da capitalização, estabelecido pelo Decreto-lei 261/67, combinado com o Decreto-lei 6.259/44, interpretados necessariamente à luz da política pública constitucional de defesa dos consumidores – foi emanado com evidente desvio de finalidade, e por isso, é nulo”. Fonte: “Se depender do Banco Central e do Ministro Luiz Fux (que vai para o Supremo), o slogan "tudo por dinheiro" continua valendo para Silvio Santos. O BC salvou o PanAmericano e Fux salvou a Telesena”, de Carlos Newton, in Tribuna da Imprensa on line, de 2 de fevereiro.

Guarânias

O ritmo e o andamento têm origem Guarany e marcaram gerações. Aos leitores que reconhecem em Luiz Vieira autor e intérprete de pérolas como “Prelúdio Para Ninar Gente Grande”, “Paz do Meu Amor” e “Menino Passarinho” a oferta de um pout-pourri com “Guarânia da Lua Nova” e “Guarânia da Saudade”

_________________

Cantinho do ABC da Noite

aniversário caboco2 de fevereiro de 2011. Os 80 anos de Cabôco Alencar admitiram a “extensão” das comemorações, aquiescendo para tanto o homenageado, que inovou a oferta etílico-abecedarina servindo vinho em vez de batidas, acompanhado dos canapés de Neusa Perlira, dileta esposa, que muito gostou da missão. Nesse diapasão, na sexta 11, ainda regados estávamos a vinho e canapés na apropriada homenagem estendida.

Nesse contexto, não faltou quem sugerisse a continuidade no processo de encômios e homenagens que, segundo o autor, deveriam se estender até a véspera do Carnaval. Tema de imediato encampado por Neusa, Eva Lima, Gilson Alves, Sônia Amorim, que constituíram comissão para comunicar ao homenageado a sugestão, assim expressa:

– Cabôco, por que não continuamos as comemorações como preliminar do Carnaval?

A manifestação cabôca não fugiu à tradicional verve alencarina:

– É Cabôco, aí deixou de ser preliminar para se tornar prorrogação! – sacramentou o filósofo.

Depois de tudo

Rir pra não chorar!

traçastraços

Adylson Machado é escritor, professor e advogado, autor de "Amendoeiras de outono" e " O ABC do Cabôco", editados pela Via Litterarum

DE RODAPÉS E DE ACHADOS

Domingos Matos, 23/01/2011 | 21:14
Editado em 29/01/2011 | 00:03

Adylson MachadoQuando o tema se esgota em si mesmo, um rodapé pode definir tudo e ir um pouco além.  

Adylson Machado

                                                                              

Revista Cultural

Circulou na quinta 20, o primeiro número do eletrônico Jornal Itabuna Cultural & Arte, editado por Ari Rodrigues – e-mails para harirfilho@hotmail.com – “um portal completo com conteúdo específico sobre a nossa cultura”. Na primeira edição Edgar Navarro, Ritinha Dantas e Eva Lima, notícias do 1º Festival de Cinema Baiano e do 1º Carnaval Cultural de Ferradas proposto pela ACODECC.

Auguramos sucesso à iniciativa!

Daniela Galdino

www.operariasdaruina.blogspot.com disponibiliza os textos de Daniela. Um alimento para a alma.

Triste região cacaueira!

Itabuna e Ilhéus – e limítrofes – em que pese tão próximas entre si, não se beneficiam das novas regras da ANATEL que eliminam o interurbano nas localidades que integrem Regiões Metropolitanas (RM) e Regiões Integradas de Desenvolvimento (Ride). Na Bahia somente a RM de Salvador e Juazeiro, na Ride Petrolina (Fonte: g1.com.br/jornalhoje).

Não somos reconhecidos nem como Ride. E não vemos mobilização para consolidarmos o proposto no Ato das Disposições Transitórias da Constituição Estadual.

Sede própria I

ruyO Presidente da Câmara, Ruy Machado, em conversa com este escriba afirmou o propósito de construir a sede do Legislativo. E que viajará a Brasília para contatar políticos com os quais mantém relacionamento visando a transferência de recursos da União para o Município que possibilitem a viabilização do projeto.

Se realizar o anunciado inegavelmente inserirá o nome na história da Casa do Povo como administrador.

Sede própria II

Famoso por seu rigor com dinheiro público e exemplo de austeridade Manoel Acilino, então Presidente da Câmara, devolveu ao Executivo 500 mil não gastos no curso de um ano da administração da Casa.

Houvesse investido na construção da sede própria liberaria o restante do prédio, onde atualmente a Câmara funciona, para a FICC, limitada em seus projetos em razão do reduzido espaço.

Os louvores e reconhecimentos de toda uma classe artística poderão ficar com Ruy Machado.

Incompetência I

Em entrevista concedida à semanal Contudo o ex-secretário de Administração, Gilson Nascimento, indagado sobre o que achava de Carlos Burgos, afirmou: “A grande crítica que eu deixo para ele é que ele não investiu pesado na arrecadação de recursos próprios, ficou preocupado só com os recursos externos”.

A informação de Gilson pode ser traduzida simplesmente como “incompetência”. Afinal, os recursos externos estão contidos no universo das transferências governamentais, fixadas constitucionalmente.

O que poucos sabem é que os municípios podem superar 40% de arrecadação própria (INSS, IPTU, Taxas e Contribuições) com uma competente gestão, o que significa atualização cadastral, combate à corrupção em setores vitais como arrecadação de Tributos e Licenciamento de Obras.

Incompetência II

À guisa de ilustração, quando Geraldo Simões assumiu em 1993 a arrecadação própria não alcançava 4% da receita; ao deixar o governo estava na casa de 27%. Em Itabuna a maioria dos abastados não recolhe suas obrigações tributárias. Alguns exercitando, inclusive, a nefanda política do “terreno de engorda”.

Atualmente, por força da Lei de Responsabilidade Fiscal, o município está obrigado a executar a Dívida Ativa – que, por sinal, não existia antes de GS, visto que foi implantada em 1994.

A considerar o dito por Gilson Nascimento, a prescrição ajuda os maus pagadores, aliada ao descaso de Burgos para com a arrecadação própria.

Água e esgoto

São promessas de todos os candidatos, água e esgoto para todos como compromissos administrativos mundo a fora. Integram propostas da ONU, são soluções para a redução com gastos em saúde (para cada real aplicado em saneamento economiza-se 4 em despesas com saúde).

Neste Brasil macunaímico e surrealístico há água e esgoto para todos: basta chover!

Raimundo “Tico-Tico”

A morte de Raimundo Borges ficaria despercebida no curso dos próximos anos não fosse um emblemático espaço por ele criado em 1950 e mantido pela família: a “Cantina Tico-Tico”, na Almirante Tamandaré, nos limites do Jardim do O, que integra o universo dos ícones itabunenses ao lado do “ABC da Noite”, da “Lavanderia Oriental”, da “Sorveteria Danúbio”, do “Café Pomar”, do “Katikero”.

A “Cantina Tico-Tico” é um legado de Raimundo Borges à cidade que amou e serviu.

Tremei!

Aguarda-se o lançamento de “Os Porões da Privataria”, de Amaury Ribeiro Jr., pela Geração Editorial, Nitroglicerina pura a estourar no colo de tucanos de alto coturno, das relações de Serra com Daniel Dantas (e... surpresa!) até Antônio Palocci, incluindo a tal quebra do sigilo fiscal promovida pelos adeptos de Aécio Neves para defender sua pré-candidatura das investidas de José Serra, que o tucanato denunciou como iniciativa da campanha de Dilma. A COELBA está entre os negócios da turma.

Para maiores detalhes “A pedidos: o livro que desnuda Serra, Dantas e a privataria”, de 7 de outubro de 2010, em http://www.conversaafiada.com.br/

Nada melhor do que um dia depois do outro.

Bastidores

adroaldoAdroaldo Almeida, prefeito de Itororó, nos holofotes. Pretendente a AMURC consensuou com Cláudio Dourado, alimentando inclusão na chapa única de Caetano para presidente da UPB.

O que pode estar por trás de tudo é uma disputa interna dentro do PT por espaços, envolvendo Geraldo Simões, Josias Gomes, Guilherme Menezes... Geraldo disporia de um quadro de confiança (Adroaldo) bem coladinho a Luiz Caetano. Que dizem internamente não ler na mesma cartilha de Geraldo.

Aguardar o desfecho para avaliar o sucesso de cada um.

Endoidou

Ferreira Gullar, no caderno Ilustrada da Folha de São Paulo da semana passado, assumindo um papel que o leva ao ridículo – por ser quem é – iguala Lula a Médici no que diz respeito aos índices de popularidade de cada um no final do governo. Beirando a insanidade, o perseguido político e exilado Gullar, pelos desvãos da paixão desprovida de conteúdo poético, não consegue pautar-se na racionalidade quanto aos momentos político-institucionais de cada um – ditadura (“ditabranda” para a FSP) e democracia – tornando-os paradigmas de uma unidade inexistente em todos os aspectos.

E nem falemos que enquanto Lula, reeleito pelo povo, elegeu sua candidata, Médici (ditador) dos anos de chumbo tomou “chumbo” na eleição de senador em 1974 em 16 Estados (oportunidade para reler “As 16 derrotas que abalaram o Brasil”, de Sebastião Nery).

Parece-nos que alguns intelectuais só adquirem lucidez quando em fuga.

Termômetro

Os técnicos desconhecem este referencial: muitas atividades comerciais, inclusive em alimentos, podem planejar seus investimentos mais imediatos pesquisando no Centro Comercial. É o que nos disse um comerciante, que o “consulta” para saber como está a situação: se no Centro não estiver bem, se não circula mercadorias a contento, põe as barbas de molho.

Saulo Pontes I

saulo pontesPossibilidade de o engenheiro Saulo Pontes assumir a Departamento de Estradas de Rodagem da Bahia-DERBA. Deixaria, assim, o DNIT – órgão federal – para assumir o estadual. Considerando a experiência do respeitado engenheiro cremos que muito ganhará a malha viária do projeto intermodal.

Sob pena de atropelar o tráfego no eixo Itabuna-Ilhéus – o que inclui a Ilhéus-Itacaré e seu limitado piso para o transporte pesado – não tenhamos dúvida de que o complexo viário que repercute no projeto ferrovia, porto e aeroporto exige um grande investimento que envolve sofisticado circuito de anéis e semi-anéis rodoviários, para evitar que a malha urbana e a interurbana Itabuna-Ilhéus sejam sacrificadas.

Saulo Pontes II

Cremos que muito há de planejado por Saulo Pontes (ex-gestor do mesmo DERBA) neste projeto grandioso, que surpreenderá a região, que ainda não o dimensionou em sua total extensão.

A duplicação da Itabuna-Ilhéus é fichinha diante do que está por vir e a tornará apenas uma sofisticada avenida. Grandes anéis praticamente isolarão as duas cidades do tráfego pesado circundando Itabuna quase que totalmente, abrindo espaço para que os veículos de carga cheguem ao porto sem causar qualquer dano aos perímetros urbanos.

Santa Casa

O anúncio de greve por funcionários do complexo hospitalar da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna trouxe explicações: atraso nos repasses do Estado, através da SESAB (não nos convence a justificativa de “falta” de orçamento, por ser início de novo exercício financeiro, além de que se refere a dezembro/2010). E a afirmação de que os fornecedores e os médicos estão em dia.

Este último aspecto – o pagamento dos médicos em dia – nos permite concluir que houve intervenção de Hipócrates, em nome de quem juram servir.

Como funcionário não jura Hipócrates dá nisso!

Emergentes I

Cada administração traz personagens que vão assumindo espaço no curso do processo de gerir os destinos do município. Alguns emergem da força do cargo que assumam; outros, por se tornarem ou se fazerem alvo da observação. Anônimos antes, tornam-se referências no cotidiano. Positivamente, alguns; outros, com suas mazelas. Uns, no palco como atores; outros, como coadjuvantes roubando a cena aqui e ali.

Na administração Azevedo parece-nos que nos dois primeiros anos destacaram-se Gilson Nascimento, Carlos Burgos e Joelma. O primeiro pelas posições assumidas; o segundo, pelo controle que exerce sobre a administração em razão de dispor da chave do cofre; e a terceira, como a pessoa próxima do Prefeito.

Cada um avaliado conforme o conceito tributado pela imprensa e a criteriosa avaliação do povo. 

Emergentes II

Nestes 20 anos a maior ruptura no processo de inserir novos atores na cena da administração itabunense, em razão do número, ocorreu na gestão Geraldo Simões (1993-1996), com forte influência do emergente sindicalismo ceplaqueano, donde o próprio prefeito tinha origem: João Manoel Afonso, Josias Gomes, Eduardo Barcelos, Adeum Sauer, Silvano Silvério, Claudinei Castanha, Emanoel Acilino.

Cada um a exerceu na construção daquela ruptura político-institucional, alguns alçando voos mais altos, como Josias, Adeum e Silvano Silvério. 

Com Azevedo somente Gilson Nascimento tende a voar.

Cuidado!

Tanto anunciam que não se torna surpresa. Mais 0,5% na SELIC, no entanto, não convence, a não ser os vendilhões do templo do sistema financeiro à espera de um Cristo indignado a la Pasolini. A desculpa de controle da inflação, incluindo a sempre sazonal alta de alimentos, não traduz o instante. Afinal, duas vertentes se afiguram no imediato: 1. alta de preços atrelada ao universo internacional, demandando por alimentos em razão das crises, inclusive climáticas, externas, o que foge do controle interno através de políticas monetárias; 2. as primeiras avaliações dão conta de redução nos preços e visualizam queda nos índices que medem a inflação.

Lição seiscentista

Como esta coluna nem sempre se apropria dos fatos para analisá-los ou esclarecê-los, cumpre seguir a sua vocação e registrar o achado que justifica o rodapé: afastada a clássica justificativa de que a especulação continua dominando e faturando, os bruxos do governo Dilma – contrariando sua promessa de redução dos juros a patamares civilizados – ao elevá-los aplicam lição extraída de “O Príncipe”: o mal que tiver de fazer, faça-o logo. Afinal, para uma gente de memória curta há tempo para esquecer!

Banda larga

Anunciada a liberação, pela ANATEL, da licença para a TELEBRÁS oferecer banda larga no país.

Incomoda! Se não ocorrer piada de brasileiro.

Piada de brasileiro

Matéria de “A Tarde”, de Donaldson Gomes e Jorge Reis (“CREA e bombeiros responsabilizam Oi por incêndio”) desta sexta-feira 21 sinaliza para a responsabilização da Oi no natalino incêndio – o presente de grego que ainda nos incomoda – o que para nós não é novidade alguma, como adivinhamos no DE RODAPÉS E DE ACHADOS de 26 de dezembro (Paranoia I e II).

phaApenas para ilustrar o sistema em nosso entorno e que nos entorna trazemos a navalha de Paulo Henrique Amorim neste sábado 22, em www.conversaafiada.com.br:

“Como se sabe o BNDES é o arquiteto da BrOi. BrOi, também conhecida como a P-36 do Governo Lula.

Proximamente a BrOi será formalmente vendida à Portugal Telecom. Será a consumação do naufrágio.

Concebida para ser uma “global player” brasileira a concorrer nos mercados dos Estados Unidos, da Europa e do Japão (e vencer), a BrOi terminará melancolicamente como parte do portfólio dos investidores portugueses no Brasil.

Não sem antes ter enriquecido o Daniel Dantas – o passador de bola apanhado no ato de passar bola – que levou para casa um cala-a-boca de US$ 2 bi para sair da BrOi.

E os empresários Carlos Jereissati e Sérgio Andrade, que não botaram um tostão do próprio bolso no negócio e levaram para casa uns trocados.

E os baianos que se lixem.

Viva o Brasil !”

___________

Cantinho do ABC da Noite

cabocoInício de temporada futebolística Brasil a fora. Neste 2011, dos 80 anos de Cabôco Alencar dia 2 de fevereiro, não custa saber qual o time – e a razão por que – de sua preferência:

– Torço pelo Olaria, Cabôco. E justifica:

– É mais prático; pelo menos arranjo um tijolo para jogar no juiz ou no torcedor do time adversário.

Depois de tudo

Rir pra não chorar!

traçastraçosAdylson Machado é escritor, professor e advogado, autor de "Amendoeiras de outono" e " O ABC do Cabôco", editados pela Via Litterarum

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.