Tag: jogos

Mais de seis mil pessoas participaram da mobilização dos Jogos Universitários Brasileiros em Itabuna

Domingos Matos, 06/09/2019 | 13:15

Um total de mais de seis mil pessoas participaram em Itabuna da mobilização dos Jogos Universitários Brasileiros – JUB’s, com a realização de clínicas em nove escolas da rede estadual de ensino e uma série de ações práticas na arena montada na Praça Otávio Mangabeira (Camacã), que atraiu no período de 4 a 6 de setembro alunos da rede municipal, de escolas particulares, atletas e pessoas da própria comunidade. As atividades incluíram a realização de um campeonato de basquete 3 x 3 disputado na tarde de hoje(6).

Na arena, foram apresentadas  ao público novas modalidades esportivas do JUB’s, como o basquete 3 x 3 e o jogo eletrônico Fifa 2019. O espaço funcionou nos dias do evento sempre das 9h às 17h, aberto para crianças, jovens e adultos. Segundo Rafael Macedo Lopes de Oliveira, um dos coordenadores da Caravana dos Jogos Universitários Brasileiros, a arena recebia uma média de 120 pessoas por hora e estava aberta sem nenhum custo para a população.

Ele explica que Itabuna foi a terceira cidade a receber a mobilização do JUB’s, que deve visitar 11 municípios baianos e atendeu mais de seis mil pessoas, das quais mais de duas mil na arena instalada na praça de Camacã e mais de quatro mil em nove escolas da rede estadual de ensino. As duas primeiras cidades visitadas foram Juazeiro e Senhor do Bomfim. 

Uma das atrações da arena foi a presença do atleta do Novo Basquete do Brasil, o paulista Edu Marinho, que ministrou oficinas e fez uma apresentação, juntamente com o grupo técnico dos JUB’s, a nova modalidade que faz parte dos Jogos, o basquete 3x3.

 

Objetivo

Com o objetivo de demonstrar que educação e esporte andam lado a lado, a equipe de mobilização dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) percorrerá até  21 de setembro, 11 cidades das regiões norte, centro norte, sul e a capital baiana, contemplando as cidades de Juazeiro, Senhor do Bonfim, Itabuna, Ilhéus e Salvador.

A ação, que prevê ambientações com arenas em praças e escolas públicas, atendendo ao todo 100 mil alunos, com o apoio do Governo do Estado, por meio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, a Secretaria de Educação e tem organização da Federação Universitária da Bahia (Fube). Em Itabuna a Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania também participou da parceria para a realização da mobilização para os JUB’s, que voltam a acontecer na Bahia em outubro, após um intervalo de 51 anos.

 

 

Itabuna recebe Tour de mobilização dos Jogos Universitários Brasileiros

Atividades de promoção dos Jogos Universitários Brasileiros ocorrem durante todos os dias desta semana, percorrendo nove escolas públicas

Domingos Matos, 04/09/2019 | 11:23

O quinto município mais populoso do estado baiano, Itabuna, localizado no sul do estado, recebe  nesta semana, o tour de mobilização dos Jogos Universitários Brasileiros – JUB’s. Até sexta-feira (06), nove escolas públicas da cidade terão a oportunidade de vivenciar o espírito dos jogos de perto, conhecendo modalidades esportivas novas como o basquete 3 x 3 e o jogo eletrônico Fifa 2019.

Os colégios selecionados para receber as clínicas são os estaduais Josué Brandão, Félix Mendonça, Sesquicentenário, de Itabuna, Valdelice S. Pinheiro, CPM Antônio Carlos Magalhães, Modelo Luís Eduardo Magalhães, além do Centro Integrado Oscar Marinho e do Complexo Integrado de Educação de Itabuna. Na Praça Camacã, localizada no centro da cidade, de quarta a sexta-feira acontecem ações práticas na arena montada com esta finalidade. 

Nesta etapa da mobilização, a equipe conta com a presença do atleta do Novo Basquete do Brasil, o paulista Edu Marinho, que apresentará, juntamente com o grupo técnico dos JUB’s, a modalidade que faz parte dos Jogos, o basquete 3x3.

Tanto o tour promocional como os Jogos Universitários Brasileiros, que ocorrerão em outubro, contam com o apoio do Governo do Estado, por meio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte e a Secretaria de Educação. A organização do evento é da Confederação Brasileira de Desportos Universitários (CBDU) com execução da Federação Universitária da Bahia (Fube).

Entenda o tour – Dividido em duas etapas, entre clínica e arena, o tour tem como primeira atividade a mobilização em colégios escolhidos para a realização das clínicas do esporte. Numa estrutura montada nas instituições de ensino para o basquete 3x3, a equipe apresenta a modalidade. A partir deste contato, os estudantes são convidados a participar da aula prática desenvolvida na arena esportiva montada em praça pública. 

A arena, que funciona das 9h às 17h todos os três dias, é um espaço aberto para crianças, jovens e adultos. Além do basquete 3x3, são desenvolvidas atividades dos jogos eletrônicos – Fifa 2019.

JUB’s - Após 51 anos, os Jogos Universitários Brasileiros voltam a acontecer na Bahia. O evento será realizado de 20 a 27 de outubro, quando são esperados mais de três mil atletas de todo o Brasil com disputas de jogos e provas em equipamentos esportivos públicos e privados de Salvador e Lauro de Freitas.

 

Itabuna recebe clínicas e arenas esportivas do JUBs para difusão do esporte

Domingos Matos, 03/09/2019 | 11:29

Visando mostrar que educação e esporte andam juntas, uma equipe de mobilização dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) visita itabuna, na região Sul da Bahia, durante o período de 4 a 6 de setembro, com ações na praça Otávio Mangabeira no centro da cidade e em escolas públicas. O projeto tem apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e da Secretaria de Educação e tem organização da Federação Universitária da Bahia (Fube), numa parceria local com a Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC).

A parceria em Itabuna foi discutida pelo presidente da FICC, Daniel Leão; pelo diretor de esportes da fundação Cícero Romero Freitas e pelo coordenador da Caravana dos Jogos Universitários Brasileiros, Rodrigo Aguiar. As ações serão realizadas sempre da 9 às 17 horas, com a execução das clínicas e arena do JUBs, para alunos de escolas estaduais e municipais, além da montagem de uma arena na Praça Otávio Mangabeira, com estrutura para a prática do basquete 3x3, modalidade que estreará na Olimpíada de Tóquio 2020.

Rodrigo Aguiar destaca que após 51 anos os Jogos Universitários Brasileiros voltam a acontecer na Bahia, com realização agora em outubro e participação de mais de três mil atletas de todo o Brasil, que disputarão jogos em equipamentos esportivos públicos e privados de Salvador e Lauro de Freitas.

 

Dois brasileiros disputam título da Fifa de melhor goleiro do mundo

Domingos Matos, 02/09/2019 | 13:35

Os goleiros brasileiros Alisson Becker (foto), do clube inglês Liverpool, e Ederson, do também inglês Manchester City, estão na disputa pelo título de melhor goleiro do mundo deste ano, no prêmio da Federação Internacional de Futebol (Fifa). Além deles, está na disputa o alemão Marc-André ter Stegen, que atua no time espanhol Barcelona.

Eles não são os únicos brasileiros a disputar o prêmio da Fifa. Uma brasileira, Silvia Grecco, concorre ao prêmio de torcedores, por descrever os jogos do Palmeiras para seu filho, que é cego. Ela disputa com o uruguaio Justo Sánchez, que não perde um jogo do time rival em memória ao seu filho falecido e os torcedores holandeses, por sua atuação na Copa do Mundo feminina da França.

Entre os jogadores de linha, no entanto, nenhum brasileiro. O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi disputam o título com o holandês Virgil van Dijk. Entre as mulheres, as finalistas são a inglesa Lucy Bronze e as norte-americanas Alex Morgan e Megan Rapinoe. As goleiras que disputam o título são a chilena Christiane Endler, a sueca Hedvig Lindahl e a holandesa Sari van Veenendaal.

Há ainda prêmios para melhores técnicos homens (o espanhol Pep Guardiola, o alemão Jürgen Klopp e o argentino Mauricio Pochettino) e mulheres (a norte-americana Jill Ellis, a inglesa Phil Neville e a holandesa Sarina Wiegman).

O prêmio Puskás, que premia o gol mais bonito do ano, tem como finalistas Messi, o colombiano Juan Fernando Quintero e o húngaro Dániel Zsóri. Os vencedores serão anunciados em uma cerimônia no Teatro alla Scala, em Milão (Itália), no próximo dia 23. (Com informações da Agência Brasil)

Projeto DayHorc Vai à Escola beneficia estudantes de Itabuna e Eunápolis

Domingos Matos, 29/08/2019 | 17:35

De acordo com o Conselho Brasileiro de Oftalmologia, 30% das crianças em período escolar sofrem com algum erro de refração, tais como miopia, astigmatismo e hipermetropia – porcentagem essa que representa cerca de 8 milhões de pessoas, entre 7 e 14 anos de idade, no Brasil. O mais preocupante é que, além de interferir no desempenho, esses problemas oculares são uma das principais causas da evasão escolar, segundo o Ministério da Educação (22,9% dos casos). Para ajudar a dirimir essa estatística, profissionais da área de oftalmologia estão realizando visitas, palestras e exames preventivos em estudantes da Educação Infantil e Fundamental I, nos municípios de Itabuna e Eunápolis.

Intitulado DayHORC Vai à Escola, o projeto possibilita um momento de saúde ocular aos estudantes, com palestra e exames gratuitos de acuidade visual. Durante a iniciativa são distribuídos também materiais educativos sobre prevenção e jogos didáticos para que os próprios estudantes, juntamente com pais e professores, possam identificar sintomas e o momento certo de buscar ajuda médica especializada. 

A avaliação ocular nessa fase da vida é imprescindível para detectar e tratar doenças, de forma precoce e efetiva. “Quanto mais cedo for diagnosticado um possível problema de visão, maiores são as chances de serem evitadas sequelas que possam refletir na vida adulta. Os pais devem levar os filhos à consulta com oftalmologista de maneira regular, resguardando, assim, a saúde dos olhos das crianças e o bom desempenho escolar”, afirma o médico Ruy Cunha, especialista do corpo clínico do DayHORC, empresa do Grupo Opty.

 

Em Pau Brasil, estudantes de diferentes etnias participam dos Jogos Indígenas Estudantis

Domingos Matos, 29/08/2019 | 15:31

Mais de 700 indígenas das etnias Pataxó Hãhãhãe, de Pau Brasil; Pataxó, de Coroa Vermelha; e Tupinambá, da Serra do Padeiro, em Buerarema, irão participar da primeira edição dos Jogos Indígenas Estudantis do Povo Pataxó Hãhãhãe, que acontecerá de sexta a domingo (30 de agosto a 1º de setembro), no Colégio Estadual Indígena Caramuru Paraguaçu, na aldeia indígena Catarina Paraguaçu, em Pau Brasil.

A iniciativa foi idealizada pela comunidade escolar para marcar as comemorações do Dia Internacional dos Povos Indígenas (9 de agosto) e o Dia do Estudante (11 de agosto). O objetivo é proporcionar a visibilidade e o fortalecimento da diversidade étnica e cultural dos povos indígenas, além de contribuir para o processo de aprendizagem dos estudantes através do esporte.

Os jogos envolverão os 702 estudantes indígenas do Colégio Estadual Indígena Caramuru Paraguaçu e 21 estudantes indígenas do Colégio Estadual Indígena de Coroa Vermelha. Também acompanharão as atividades estudantes do Colégio Estadual Indígena da Serra do Padeiro e da rede municipal de ensino da cidade de Pau Brasil.

Durante os três dias de competição, serão disputadas as seguintes modalidades: cabo de guerra, corrida de maracá, corrida com tora, luta corporal, luta com maracá, arco e flecha, zarabatana, corrida rústica, arremesso de tacape e futebol. Os jogos serão realizados das 9h às 16h e à noite serão realizadas atividades culturais com os participantes.

 

Atletas de Itacaré participam do Brasileiro de Canoagem Velocidade em Brasília

Domingos Matos, 28/08/2019 | 13:31

Uma delegação com 37 atletas de canoagem de Itacaré já está em Brasília onde estará representando o município no Campeonato Brasileiro Interclubes de Canoagem Velocidade e Paracanoagem, que acontecerá de quinta-feira (29), até o domingo, dia 1º,  reunindo os maiores nomes da modalidade no Brasil. O evento conta com a participação de 464 atletas, representantes 40 associações e clubes do país que vão disputar 300 provas nas categorias Infantil, Menor, Cadete, Junior, Sênior, Master, além da Paracanoagem.                                            

A delegação de Itacaré seguiu na segunda-feira para Brasília. Um grupo viajou de Van, cedida pela Prefeitura de Itacaré, junto com as embarcações. Já o segundo grupo embarcou à noite em um ônibus. Na bagagem a esperança de muitas medalhas e vontade de trazer mais um título de clubes para o município. Quatro vezes campeã por equipe, Itacaré é apontada como uma referência da canoagem no Brasil.  O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, parabenizou a equipe pelo alto nível técnico e pelo compromisso de treinar bastante para representar a cidade. Também destacou o trabalho que em sendo feito pela Associação de Canoagem de Itacaré, incentivando os atletas e revelando cada vez mis novos talentos.

Os principais canoístas do Brasil estarão lado a lado de muitas crianças e jovens iniciantes no esporte no Campeonato Brasileiro Interclubes de Canoagem Velocidade e Paracanoagem. Um deles é Isaquias Queiroz q,ue acabou de conquistar medalha inédita de ouro no C1 1000m no Mundial na Hungria. Ele chega a Brasília com o sentimento de dever cumprido. A participação foi histórica, onde conseguiu a medalha de ouro no C1 1000m e também um bronze ao lado e Erlon Souza pelo C2 1000m, agora a preparação da dupla estará focada nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 e evento em Brasília.

Erlon Souza que foi bronze ao lado de Isaquias no C2 1000m, também vai estar presente. O atleta que presenta o CRF Clube Regatas do Flamengo irá competir em seis provas sendo: C1 200m, 500m e 1000m e o C2 200m, 500m e 1000m ao lado de Jacky Jamael Godmannn. Na Paracanoagem os medalhistas mundiais Luis Carlos Cardoso e Caio Ribeiro também já chegaram ao Brasil e competirão em Brasília.

Rui entrega unidades de saúde que somam investimentos de R$ 3 milhões em Candeias

Domingos Matos, 27/08/2019 | 19:32

A saúde foi destaque da agenda do governador Rui Costa, desta terça-feira (27), na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Em visita ao município de Candeias, nesta manhã, Rui entregou à população as novas unidades do Centro de Atenção Psicossocial (Caps), do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e da Academia de Saúde. 

“Mais um dia importante de entregas na área da saúde. O Caps, por exemplo, é um equipamento que tem grande relevância para o tratamento de pessoas que apresentam algum transtorno mental, com um conceito moderno de acolhimento. Outro objetivo do Caps, que também trata de pessoas com dependência química, é promover a inclusão e inserção de pacientes que possuem transtornos mais leves no ambiente familiar e na sociedade. Antigamente, todos os pacientes que apresentavam algum tipo de distúrbio psíquico, de qualquer grau, eram tratados da mesma forma, em internamentos que muitas vezes não eram adequados. Hoje em dia o tratamento é mais humano e cuidadoso”, explicou o governador.

Rui também falou sobre a iniciativa do Governo de construir equipamentos que fazem parte da rede básica de saúde, e entregar para as prefeituras administrarem. “O Estado está ajudando os municípios com entregas de unidades do Caps, Creas, Academias de Saúde, entre outras, porque entende que a atenção básica é fundamental para atender a população, principalmente nas cidades do interior”, ressaltou.

Centros 

No bairro Pitanga, a obra do Caps, executada pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), recebeu cerca de R$2,5 milhões em recursos. No local, serão tratados transtornos mentais severos e persistentes, com acompanhamento clínico e a reinserção social dos usuários pelo acesso ao trabalho, lazer, exercício dos direitos civis e fortalecimento dos laços familiares e comunitários. Trata-se de uma ação pensada para substituir, quando possível, internações em hospitais psiquiátricos. 

No mesmo bairro, o Creas vai ofertar serviços especializados e continuados a famílias e indivíduos em situação de ameaça ou violação de direitos, como violência física, psicológica, sexual e tráfico de pessoas, e para cumprimento de medidas socioeducativas em meio aberto. A unidade recebeu um aporte de aproximadamente R$583 mil.

 

Academia de Saúde 

Localizada no bairro Urbis II, a Academia de Saúde permite que a população participe de atividades físicas, incluindo ginástica, capoeira, jogos esportivos e populares, yoga, tai chi chuan, dança, além de práticas artísticas, a exemplo de teatro, música, pintura e artesanato. Na iniciativa, foram investidos mais de R$ 288 mil em recursos.

 

Vistoria 

Também nesta terça-feira, Rui vistoriou as obras de contenção da encosta situada na Rua Cajueiro, no Centro de Candeias. Com conclusão prevista para setembro próximo, e executada pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), a intervenção conta com um aporte superior a R$ 1,1 milhão. Estão sendo feitos os serviços de contenção em solo grampeado e alvenaria de Pedra, em 253 metros de extensão do terreno inclinado. 

 

Visitas

Como costuma fazer nos municípios por onde passa, o governador Rui Costa visitou três unidades escolares em Candeias: os Colégios da Polícia Militar (CPM), o Polivalente de Candeias e o Estadual Luiz Viana.

Jogos Escolares da Bahia mobilizam estudantes da capital e do interior

Domingos Matos, 26/08/2019 | 09:15

Estudantes da rede pública e privada participaram, no sábado (24), do último dia da etapa estadual dos Jogos Escolares da Bahia 2019. O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, acompanhou a realização de jogos nas diversas modalidades, no Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras, em Salvador, e no SESI/Fieb, de Simões Filho. Além disso, o gestor estadual assistiu, no Ginásio de Municipal de Lauro de Freitas, as apresentações de ginástica rítmica. Na oportunidade, conferiu também, no local, a realização da etapa do Circuito Brasileiro de Skate Profissional, que tem apoio do Governo do Estado. O secretário esteve acompanhado, durante toda a agenda, pelo coordenador de Projetos Estratégicos da SEC, Marcius Gomes.

Para o secretário Jerônimo Rodrigues esta é uma oportunidade dos estudantes participarem de uma competição mais estruturada e profissional, proporcionando uma experiência de aprendizagem diferenciada. "Temos mais de mil estudantes que se deslocam de seus municípios para participar desta etapa, passando por uma grande experiência. É claro que quem compete quer ganhar, mas acredito que todos que chegaram aqui já são vitoriosos. O aprendizado está em sair de casa e conviver neste ambiente da prática esportiva e de, muitas vezes, conhecer um amigo ou um local novo, bem como interagir com colegas de outros municípios. Para a Educação, o esporte é uma parte fundamental da formação integral do aluno. Por isso, queremos mobilizar e incentivar as escolas, agregando a prática no currículo do estudante", afirmou.

A estudante Érica Evangelista, 17, do Colégio Modelo Luis Eduardo Magalhães, em Juazeiro, contou sobre o entusiamo em conquistar a medalha de ouro no Futsal Feminino. "Ficamos muito felizes em ganharmos e nos classificarmos para a etapa Regional. Não foi fácil, mas acreditamos muito na gente. A equipe está empolgada com esta chance de irmos ainda mais longe nas competições de futsal. O esporte tem sido um diferencial para o ambiente escolar", ressaltou.

No judô, a estudante Ana Carolina Santana, 17, do Colégio Estadual Antonio Balbino, de Madre de Deus, vencedora em 2018, contou como o esporte vem mudando a sua vida. "É sempre uma mensagem que deixo para meus colegas, que nada é impossível. O esporte proporcionou uma transformação para mim. Foi o espaço que, quando achei que não tinha nenhum talento, eu me encontrei. Fui campeã no ano passado e quero seguir competindo e mostrando que sou capaz", disse.

Também entusiasmada com a competição de ginástica rítmica, a estudante Talita do Nascimento, 13, do Colégio Estadual Raul Sá, declarou o orgulho de representar a escola pública. "Nunca tinha participado de uma seletiva como esta e estou muito entusiasmada. Se pensaram que a escola pública não podia ter bons atletas, estamos mostrando que estavam enganados. Meu objetivo é chegar à final em Blumenau e  quem sabe, ir ainda mais longe", afirmou.

Jogos Escolares da Bahia 2019
A etapa estadual dos Jogos Escolares da Bahia é uma realização do Governo do Estado, por meio das secretarias da Educação (SEC) e do Trabalho, Emprego, Renda e Esportes (Setre) e sua autarquia Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), com apoio da Federação Baiana de Esporte Escolar.

No total, a seletiva estadual das modalidades coletivas dos Jogos Escolares da Bahia reuniu, nesta semana, em Salvador, 900 atletas nas faixas etárias de 12 a 17 anos. No sábado (24), este contingente aumentou com a chegada dos atletas que disputaram modalidades individuais, totalizando 1,4 mil estudantes atletas de 12 a 17 anos.

São alunos de escolas públicas e privadas da capital e do interior do Estado que disputaram vagas para a etapa regional dos Jogos Escolares da Juventude, realizada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) em Natal, de 20 a 24 de setembro próximo. Em novembro, o COB realiza a fase nacional, em Blumenau, Santa Catarina.

Jogos Escolares da Bahia começam nesta quarta-feira

Domingos Matos, 21/08/2019 | 09:14

Com a participação de mais de 800 estudantes atletas, na faixa etária de 12 a 17 anos, a etapa estadual dos Jogos Escolares da Bahia começa nesta quarta-feira (21). Os primeiros a entrarem em quadra são os atletas das modalidades coletivas, reunindo alunos de mais de 80 escolas públicas e privadas da capital, da região metropolitana e do interior do estado.

As equipes de basquete, voleibol, handebol e futsal disputam as partidas em oito equipamentos esportivos de Salvador (maioria) e também no Sesi de Simões Filho. Os times conquistaram as melhores posições nas zonais realizadas pela Secretaria da Educação, de 25 de julho a 4 de agosto, nos municípios de Barreiras, Juazeiro, Vitória da Conquista, Ituberá, Feira de Santana, Salvador e região Metropolitana.

A etapa estadual dos Jogos Escolares da Bahia é uma realização do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação, da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esportes (Setre) e da Superintendência dos Desportos (Sudesb), com apoio da Federação Baiana de Esporte Escolar. 

A competição segue até 24 de agosto, dia que terá a participação de cerca de 500 atletas, que irão disputar as provas das modalidades individuais – natação, atletismo, badminton, xadrez, tênis de mesa, vôlei de praia, judô, ginástica rítmica e luta olímpica.

Ao final da seletiva estadual, serão conhecidos as equipes e atletas que representarão a Bahia nas etapas Regional Nordeste e Nacional, organizadas pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB). A Regional ocorrerá de 20 a 24 de setembro, em Natal, e a Nacional será em Blumenau, de 15 a 30 de dezembro.

 

Com presença de medalhista olímpico, Aratu-Maragojipe celebra 50 anos com mais de mil velejadores

Domingos Matos, 20/08/2019 | 11:44

Principal competição náutica do Norte/Nordeste e uma das mais tradicionais do País, a regata Aratu-Maragojipe chega aos 50 anos ainda mais charmosa. Neste sábado (24), mais de mil velejadores participam da competição. Dentre eles, o medalhista olímpico Lars Grael, bronze nos jogos de Sidney, na Austrália, em 2000.
 
Os organizadores do evento náutico estimam que mais de 40 mil pessoas circulem por Maragojipe (a 140 quilômetros de Salvador) no dia da prova, já que a data coincide com as comemorações do padroeiro da cidade, São Bartolomeu.

Além de Lars Grael, que virá do Rio de Janeiro, o navegador baiano Júlio Esteves também é presença garantida. São duas categorias principais de primeira classe na disputa, Monocasco e Multicasco, e mais 20 subclasses. Além dos barcos que competem, a expectativa é que a prova seja acompanhada por um cortejo de cerca de 700 embarcações, entre lanchas, jet skis e barcos.

São três largadas, de acordo com o tamanho das embarcações, saindo da base naval de Aratu, nas imediações da Ilha de Maré: às 10 horas, para os barcos menores; às 10h30, para os intermediários; às 10h45, para os de maior porte. A chegada a Maragojipe deverá ocorrer por volta das 14 horas.

“Vamos fazer a festa de premiação a partir das 18 horas no antigo mercado municipal, com apresentação da banda Marana”, anuncia Marcelo Fróes, da coordenação da prova. Pela programação comemorativa de São Bartolomeu, haverá também show das bandas Harmonia do Samba e Negra Cor, a partir das 10h30, nas proximidades da Praça Matriz.

A festa e a regata contribuem para promover ocupação completa nos hotéis de Maragojipe e grande procura por vagas em hospedagens das regiões vizinhas, de acordo com Fróes. “Se somarmos o número de competidores, acompanhantes e pessoas envolvidas com a regata e o público que participa da festa, deverá passar de 50 mil”, calcula.

A cerimônia de abertura da regata acontece na noite de sexta (23), na sede do Aratu Iate Clube – realizador do evento –, com show de Faustão e Os Mongas. A competição tem o apoio da Secretaria do Turismo do Estado da Bahia (Setur-BA).

Jacques Vabre - Em outubro, a Baía de Todos-os-Santos ganha novamente grande exposição, desta vez em nível internacional, com a realização da Transat Jacques Vabre. Com saída da cidade de Le Havre, na França, em direção a Salvador, a regata reúne velejadores de vários países. A competição também tem o apoio Setur.

Cenário da regata, Baía de Todos-os-Santos está recebendo maior investimento da história
As águas calmas da Baía de Todos-os-Santos representam o ambiente ideal para a realização do turismo e competições náuticas. Com 56 ilhas, a zona turística sedia o maior investimento público da sua história. “São US$ 78 milhões, o que equivale a aproximadamente R$ 300 milhões em infraestrutura e capacitação empresarial e profissional, em requalificação de museus, marinas e construção de píeres e atracadouros. O Prodetur Baía de Todos-os-Santos é um marco no turismo do nosso estado”, avalia o secretário Fausto Franco.

Fora do pódio no Pan, judoca Hakson Andrade lamenta falta de apoio

Domingos Matos, 20/08/2019 | 09:01

A delegação brasileira nos Jogos Pan-Americanos teve mais uma baixa. Nas redes sociais, o judoca representante de Ilhéus fez um desabafo. “É com grande tristeza que informo a todos, que este ano, infelizmente não poderei defender o título de Campeão Pan e Sul Americano”. A falta de apoio tirou-lhe a oportunidade de uma participação no evento que aconteceu no último final de semana, em Santiago, no Chile.

A medalha não veio, e Hakson Andrade, de 32 anos, segue na esperança de participar de um Mundial, previsto para acontecer entre os dias 11 e 14 de outubro, em Marrocos - África. “Por não ter conseguido verba suficiente para custear minhas despesas, mesmo sendo líder do ranking Nacional e Estadual, trazendo vários títulos para o estado da Bahia, ainda assim, contínuo encontrando dificuldade de patrocínio”, lamentou.

O judoca começou bem. Obteve resultados surpreendentes. Em julho último, por exemplo, conquistou mais um título. Dessa vez, pela 5ª etapa do Circuito Baiano de Judô, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador. No mesmo mês, adicionou à sua coleção uma medalha de bronze, pelo Campeonato Brasileiro de Judô Veteranos, na cidade de Natal - Rio Grande do Norte. Para este evento, Hakson teve o apoio da Prefeitura de Ilhéus.

“Estou um tanto triste, mas Deus sabe de todas as coisas, e não desistirei de lutar. Conto com a ajuda de todos para representar minha cidade, meu estado e meu País”, declarou o judoca. Quem desejar ajuda-lo pode entrar em contrato pelos telefones: 73 98814-9980 ou 99932-2221 Banco do Brasil – Agência 0019-1 Conta corrente 67515-6. Siga o judoca pelo Instagram: @Haksonjudo.

 

Governador recebe baianos medalhistas do Pan 2019

Domingos Matos, 15/08/2019 | 12:34

O governador Rui Costa recebeu, no início da tarde de ontem (14), a ciclista Paola Reis e o velejador Rafael Martins, atletas baianos apoiados pelo Governo do Estado que conquistaram medalhas nos Jogos Pan-Americanos Lima 2019. O encontro aconteceu durante o Papo Correria, programa transmitido ao vivo pelas redes sociais do governador.  

Os medalhistas são apoiados pelo FazAtleta - de incentivo fiscal - e Bolsa Esporte - de apoio direto à prática esportiva -, programas executados pela Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), órgão vinculado à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte do Estado (Setre). “No Peru, a Bahia foi destaque no Pan, com a conquista de dez medalhas em diferentes modalidades, inclusive boxe e canoagem. Além do apoio ofertado pelos programas do governo estadual, vamos intensificar a busca por parcerias com a iniciativa privada, afinal, precisamos ampliar o apoio aos atletas que representam tão bem o nosso estado”, assegurou Rui. 

Juntamente com o titular da Setre, Davidson Magalhães, o diretor-geral da Sudesb, Vicente Neto, acompanhou os jovens durante o encontro com o governador. “Além do FazAtleta e do Bolsa Esporte, o governo possui uma série de programas que formam uma política estadual ativa de esporte e lazer. São ações que geram resultados e incluem socialmente”, destacou Vicente.

 

Medalhistas

A medalha de prata nos jogos, na modalidade Bicicross (BMX), foi um presente antecipado de aniversário para a baiana Paola Reis. A atleta, que completa 20 anos nesta quinta-feira (14), fez sua primeira participação em um Pan-Americano, sendo acompanhada de perto pelo treinador, o ex-atleta da categoria Leonardo Gonçalves. “Por ser baiana e nordestina, conquistar essa medalha é uma grande honra, inclusive pelo fato de o BMX não ter tanta visibilidade no Brasil. Desde os 11 anos, quando eu comecei a andar de bike, eu conto com apoio do Governo do Estado, e isso teve peso na minha carreira”, revelou. 

Junto com a esposa Juliana Duque, o velejador Rafael Martins garantiu a medalha de bronze na categoria Vela Snipe, nos Jogos de Lima. “É importante agradecer o apoio do governo baiano, através do Bolsa Esporte, que ajuda muito a gente nos campeonatos e na nossa trajetória como um todo. A participação no Pan era nosso primeiro grande objetivo e nós saímos de Lima com a medalha de bronze. Agora, iremos iniciar o treinamento em outra categoria na vela, pois a Snipe não é olímpica, para podermos lutar por uma participação nos próximos Jogos Olímpicos”, adiantou.  

Além de Rafael, Juliana e Paola, outros atletas baianos abocanharam medalhas na competição, que terminou no último domingo (11), na capital peruana. 

 

Confira a lista completa de medalhistas do estado:

Ana Marcela (Maratonas aquáticas) - Ouro

Isaquias Queiroz - Ouro (Canoagem)

Beatriz Ferreira - Ouro (Boxe)

Breno Correia - Prata (Natação)

Paola Reis - Prata (BMX)

Herbert Carvalho - Prata (Boxe)

Keno Marley - Prata (Boxe)

Rafael Martins e Juliana Duque - Bronze (Vela Snipe)

 

Intermunicipal: primeira rodada chega ao fim com 19 triunfos

Domingos Matos, 12/08/2019 | 11:18

Chegou ao fim, ontem (11), a 1ª rodada do Intermunicipal 2019. O total de 29 jogos foi realizado nos quatro cantos do estado.  Oito seleções largaram com destaque na competição.

Santaluz, Conceição do Coité, Valente, Santo Amaro, Valença, Camacan e Paul Brasil venceram seus jogos fora de casa. A expectativa, agora, é de que as demais busquem o triunfo. Fora das quatro linhas, a torcida quer embalar as equipes.

A segunda rodada já reunirá 60 seleções em campo. Os 30 jogos serão realizados no próximo domingo (18).

 

Atleta baiana conquista prata nos Jogos Pan-Americanos de Lima

Domingos Matos, 12/08/2019 | 07:01
Editado em 12/08/2019 | 09:57

A baiana Paola Reis conquistou, na última sexta-feira (9), a medalha de prata na prova de BMX dos Jogos Pan-americanos, disputado em Lima, no Peru. O ouro ficou com a colombiana Mariana Pajon, bicampeã olímpica, e o bronze para a venezuelana Stefany Hernandez.

“Pratico o esporte desde os 11 anos e não é fácil chegar a essa medalha. Fiquei feliz demais hoje. Meu objetivo era ficar com ouro ou prata, mas logo na descida tive uma fechada e fiquei pra trás. Vim recuperando durante o percurso. Agradeço a todos que torceram por mim”, disse a baiana, que completa 20 anos no próximo dia 15.

Oriunda de projetos sociais apoiados pela Superintendência de Desportos do Estado (Sudesb), Paola recebe o apoio do Programa Estadual de Incentivo ao Esporte Amador Olímpico e Paralímpico (FazAtleta). 

Coordenado pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), em parceria com a Secretaria da Fazenda (Sefaz), o FazAtleta já concedeu apoio a mais de 70 projetos de atletas e de eventos esportivos em 2019, com um investimento de aproximadamente R$ 3,4 milhões.

Pan-Americano

O Pan de Lima reuniu cerca de 6.580 atletas de 41 países das Américas. Dos 39 esportes, 22 valem como classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020. No total, o Brasil tem 485 atletas em ação na capital do Peru.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.