BAHIAGAS - 25 ANOS

Tag: jovem

Presos acusados de matar motorista por aplicativo durante assalto 

Domingos Matos, 11/11/2019 | 10:21

Autuados em flagrante também por ocultação de cadáver, os acusados de latrocínio Rodrigo Porto Oliveira Silva, 22 anos, o 'Playboy', e Alexandre Cruz Brito, 21, o 'Parcker' ou 'Xande', confessaram o crime contra o motorista de transporte por aplicativo, Hiago Evangelista Freitas, 24, que também era estudante de odontologia. A dupla foi presa em Vitória da Conquista, no sábado (9).

Rodrigo também responderá por associação ao tráfico de drogas, adulteração de sinal identificador e posse ilegal de munição. O crime foi elucidado 48 horas após os familiares de Hiago Evangelista noticiar o desaparecimento do jovem, que estaria fazendo transporte de passageiro, quando deu a última notícia a sua namorada, na noite da quarta-feira (6). 

O corpo de Hiago Evangelista foi localizado parcialmente carbonizado na sexta-feira (8), em um distrito da zona rural de Vitória da Conquista. O veículo foi encontrado abandonado, em seguida. As buscas tiveram o apoio de policiais militares da região, que utilizaram um cão farejador.

As investigações foram realizadas por equipes da 10ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (10ª Coorpin), de Vitória da Conquista, com apoio de policiais da sede do Departamento de Polícia do Interior (Depin) e da Polícia Federal. 

Na residência de Rodrigo Porto foram apreendidos diversos objetos pessoais da vítima, entre eles, documentos, cartões bancários, chave do veículo e o celular de Hiago. Os policiais também encontraram um simulacro de arma de fogo, utilizado no crime.

De acordo com o coordenador da 10ª Coorpin / Conquista, delegado Fabiano Aurich, a dupla assassinou a vítima para evitar que fossem denunciados. “Rodrigo e Alexandre relataram que após a saída de Conquista, anunciaram o assalto, utilizando um simulacro de arma de fogo. Hiago foi mobilizado e depois levado ao local onde foi morto. Atribuíram o assassinato ao receio de serem denunciados”, explicou. A dupla está à disposição da Justiça.

 

Jovem morre e irmão fica ferido após serem baleados dentro de casa em Pau Brasil

Domingos Matos, 09/10/2019 | 17:29

Uma jovem de 20 anos morreu e o irmão dela ficou ferido após terem a casa invadida, em Pau Brasil, no sul da Bahia, na madrugada desta terça-feira (10).

Segundo informações da delegacia da cidade, o caso ocorreu no Bairro Genádio de Andrade, por volta das 2h, depois que homens armados foram até o local procurar uma irmã das vítimas. Como o grupo não encontrou a mulher, atirou nos dois.

As vítimas foram atingidas na cabeça e na região do abdômen. Sara de Jesus Santos morreu no local. O corpo dela foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Técnica (DPT) da região.

Já Deivid de Jesus Santos foi encaminhado com ferimentos para o Hospital de Base de Itabuna. Não há informações sobre o estado de saúde dele. O caso é acompanhado pela Polícia Civil da cidade.

 

Polícia investiga mais um assassinato em Itabuna; vítima foi executada com 15 tiros

Domingos Matos, 24/09/2019 | 12:31

A polícia investiga mais um homicídio registrado em Itabuna. Um jovem de 23 anos foi morto na tarde de ontem (23), numa comunidade conhecida como “no Alto do Cuscuz”, no bairro Califórnia.

Genilson Ribeiro Silva, mais conhecido como Quinho, foi executado com, aproximadamente, 15 tiros de pistola 9 milímetros. Os criminosos, segundo testemunhas, estavam em uma moto.

De acordo com a polícia, a vítima tinha envolvimento com o mundo do crime. A suspeita é de que o assassinato esteja ligado à guerra entre organizações criminosas da cidade.  

Setembro Amarelo alerta adolescentes sobre suicídio

Domingos Matos, 24/09/2019 | 11:34

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SDS) realizou uma série de palestras com estudantes da rede municipal, estadual e instituições de Ilhéus, para o enfrentamento do suicídio, ações alusivas ao Setembro Amarelo. O suicídio é uma das principais causas de morte no País, ocorrendo em sua maioria, entre jovens na faixa de 15 a 29 anos, segundo o Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM).

Algumas palestras já foram iniciadas para o alunado do Centro Educacional Álvaro Melo Vieira (CEAMEV), Colégio Modelo, Fábio Araripe, Rotary, Colégio da Polícia Militar, Instituto Mix de Profissões e Instituto Federal de Educação e Ciência.      

Dinorá Leão, diretora do Colégio Polícia Militar, disse que as palestras vieram somar com as atividades que foram iniciadas na escola. “Nossos jovens passam por um momento bastante difícil, então, é preciso despertá-los para a valorização da vida. Acompanhamos de perto cada um deles, e quando percebemos algo diferente, encaminhamos o jovem para a Assistência Social ou ao psicólogo e alertamos a família”.

De acordo com os coordenadores, serão realizadas, em breve, outras palestras sobre o tema. A Construtora OAS, Serviço Social da Indústria (SESI) e no Colégio Paulo Américo recebem a iniciativa. As palestras estão sendo realizadas pelos psicólogos Gustavo Pestana, Débora Lino e a neuropsicopedagoga, Dejanira Sodré.

“É importante abordar temas sobre saúde mental, depressão, suicídio não apenas nas escolas, mas em todos os lugares. Mostramos os sinais de alertas durante as palestras, como tristeza profunda durante três semanas, falta de vontade de realizar as atividades rotineiras, alterações do sono, pensamentos de morte, são sinais de alerta", destaca o psicólogo Gustavo Pestana.

Pestana ainda salienta que quando uma pessoa comete suicídio ela deu pelo menos três sinais de alerta. “O suicídio acarreta uma depressão, e a depressão é uma doença, não é fressura, não é falta do que fazer. Depressão é uma doença crônica e grave e precisa ser tratada”.

 

Caminhada – No dia 2 de outubro, às 8h, concentração no estacionamento da Avenida 2 de Julho, onde será realizada caminhada de enfrentamento ao suicídio com os estudantes das escolas municipais e estaduais, servidores públicos da SDS.  A caminhada visa chamar a atenção de toda sociedade para o alto índice de suicídio e a valorização da vida. 

O Setembro Amarelo é a campanha de conscientização sobre a prevenção ao suicídio, quando se intensificam as ações de conscientização. O assunto é uma preocupação permanente, mas durante o mês, ganha visibilidade maior.  Ligue 188 e peça ajuda, ou, procure seus familiares e órgãos públicos como o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) para o encaminhamento para um profissional de saúde.

 

Quatro mortos em acidente eram da mesma família

Domingos Matos, 24/09/2019 | 07:01

As quatro vítimas do acidente envolvendo três carros na BA-530, na cidade de Camaçari, região metropolitana de Salvador, eram da mesma família. Até esta segunda-feira (23), três dos sete feridos na batida continuavam internados.

O acidente aconteceu na tarde de domingo (22). Uma das vítimas que está hospitalizada é a jovem Adriana Marques Dórea, de 23 anos. Ela estava no mesmo carro que os familiares que morreram.

Adriana está internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Geral de Camaçari (HGC). Ela passou por cirurgia em uma das pernas e a previsão é de que seja submetida a outro procedimento cirúrgico.

Depois de hospitalizada, Adriana fez exames para constatar uma possível gravidez. O G1 tentou contato com o HGC, para saber se há confirmação da gestação, mas não conseguiu falar.

Uma das vítimas que morreu é o marido de Adriana, com quem ela casou há três meses, Ronaldo Marques da Cruz, de 21 anos. Os outros três mortos são Sidney Souza Barreto Dantas, 26, a esposa dele, Sheila Silva Dantas, 23, e o filho do casal, o pequeno Suian Dantas de 6 anos.

Os corpos das vítimas estão no Instituto Médico Legal (IML) e não há previsão de liberação para os sepultamentos.

Um homem, que estava em outro veículo, também está internado no HGC. Ele foi identificado como Paulo Roberto Ferreira de Almeida e o estado de saúde dele não foi divulgado. Paulo Roberto estava no carro com Bárbara Bruna Sampaio Dantas, que é a terceira vítima internada.

Bárbara Bruna tem o estado mais grave e precisou ser levada, com ajuda do Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (GRAER), para o Hospital do Subúrbio, em Salvador. Ela tem um quadro de hemorragia interna na região do abdômen e também passou por cirurgia.

 

Resgate

Antes das equipes da Polícia Militar, da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), do Graer e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegarem ao local, as vítimas foram socorridas por populares.

Uma dessas pessoas foi o servidor público Maurício Paulo, que conseguiu tirar parte dos feridos de dentro dos veículos.

“É uma dor muito grande a gente pensa logo nos familiares, na dor que é viver uma situação daquela, o desespero. A gente estava tentando socorrer a pessoa que estava ali para evitar que viesse a pegar fogo no outro carro”, disse Maurício.

Testemunhas contaram que o motorista de um dos carros, onde estavam as quatro vítimas que morreram, perdeu o controle da direção, bateu com outro veículo que passava no sentido contrário e, depois, ainda bateu em uma picape.

Com a batida, dois carros começaram a pegar fogo, mas as chamas foram controladas por agentes do Corpo de Bombeiros enviados ao local. Um vídeo gravado com um celular mostra alguns veículos envolvidos no acidente.(Com informações do G1)

 

Acusado de matar jovem a facadas dentro de bar em Feira de Santana é condenado a 12 anos de prisão

Domingos Matos, 20/09/2019 | 19:31
Editado em 20/09/2019 | 18:37

O homem acusado de matar um rapaz de 28 anos, dentro de um bar da cidade de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador, foi condenado a 12 anos de prisão em regime fechado, um ano e oito meses após o crime.

O julgamento foi realizado na quinta-feira (19). O crime aconteceu na madrugada do dia 15 de janeiro de 2018 e Ivo Barcelar dos Santos foi preso em flagrante. Ele estava detido no presídio da cidade, onde aguardava o julgamento.

A vítima, Wellington de Oliveira Pires, foi morta depois de uma discussão com Ivo. Na época, o delegado Fabrício Linard informou que o acusado insinuou que a vítima havia beijado uma travesti, e Wellington o agrediu com um soco no rosto.

Depois disso, Ivo saiu do bar e foi em casa, onde se armou com uma faca do tipo peixeira. Ele voltou para o bar, onde seguiu bebendo. Ivo aguardou que o movimento do estabelecimento diminuísse, para atacar Wellington.

A vítima, que era auxiliar de serviços gerais, foi golpeada várias vezes e morreu ainda no local. Ivo foi preso no início da manhã do mesmo dia 15 de janeiro e levado para a Delegacia de Homicídios de Feira, de onde foi transferido para o presídio. (Com informações do G1)

 

Itabunenses conquistam dois títulos, dois vices e um terceiro lugar no Campeonato Baiano de Boxe

Domingos Matos, 17/09/2019 | 17:35

Os lutadores itabunenses que participaram no último sábado (14), do Campeonato Baiano de Box - AOB, promovido pela Federação de Box do Estado da Bahia, conquistaram dois títulos estaduais, dois vice e um terceiro lugar na competição, que serve como vitrine esportiva revelando novos valores para esta modalidade esportiva. A delegação foi liderada pelo treinador Gilmarques Mendes Sabino, instrutor da Federação Baiana de Box, que elogiou o esforço e o desempenho dos atletas na superação de dificuldades, revelando um alto potencial técnico.

A equipe contou com o apoio da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), que contribuiu com a cessão das passagens da delegação. O presidente da FICC, Daniel Leão, estuda a concessão de bolsas para 10 atletas e artistas itabunenses, com alto desempenho, uma questão ainda em estudo na área jurídica e que deve ser encaminhada ao legislativo municipal ainda nos próximos meses.

Conquistas

O melhor desempenho na equipe itabunense ficou com o lutador Samuel Rosa, o mais jovem integrante da delegação, de apenas 13 anos, 52 quilos e que foi campeão baiano Infantil Estreante 2019 e em paralelo, conquistou o título de campeão baiano no Campeonato Aberto 2019. Com uma técnica própria, Rosa é considerado uma das revelações do box itabunense e um atleta com potencial de alto rendimento.

Outro destaque foi Jonatan Passos, de 20 anos, 63 quilos, um lutador médio ligeiro, integrante do Projeto Lutando Pela Paz, coordenado pelo técnico Gilmarques Mendes Sabino, que também é educador social. Ele, conquistou o Vice-campeonato Baiano 2019, na categoria elite e soma agora 18 lutas, com 15 vitórias, seis delas por nocaute e três derrotas por pontos, sendo considerado o melhor atleta da região na sua categoria.

Já Juan Miguel Viana Mota, 18 anos, 75 quilos, conquistou o Vice-campeonato Baiano Estreante 2019, na categoria juvenil e ficou ainda com o terceiro lugar do Campeonato Baiano Aberto de Boxe (AOB).

Estudante de odontologia é indiciado por exercício ilegal da profissão e lesão corporal

Domingos Matos, 17/09/2019 | 07:01

O estudante de odontologia suspeito de atuar de forma irregular em clínicas em Vitória da Conquista e Itabuna, no sudoeste e sul da Bahia, foi indiciado por exercício ilegal da profissão e lesão corporal grave. O inquérito instaurado pela delegacia de Conquista foi concluído ontem (16).

Paulo Henrico Almeida foi denunciado pelo Conselho Regional de Odontologia (CRO). Pelo menos 15 pessoas foram lesionadas por procedimentos mal feitos. O inquérito será remetido à Justiça pelo delegado Humberto Matos, um dos responsáveis pelo caso.

Outras duas mulheres, Luíza Gusmão, Isabelle Neme Sá, também serão indiciadas pelos mesmos crimes. A polícia não detalhou se elas também são estudantes. Um dentista, Wildiano Guimarães, terá conduta investigada pela polícia.

A defesa de Paulo Henrico informou que o estudante é inocente.

 

Conselho de odontologia denuncia

O Conselho Regional de Odontologia (CRO) denunciou Paulo Henrico de Almeida no final do mês de maio deste ano. Ele é suspeito de atuando de forma irregular em uma clínica em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia.

Apesar de não poder exercer a profissão, Henrico postava várias fotos em redes sociais, onde aparece atuando como dentista. O conselho informou ainda que várias pessoas procuraram o órgão para denunciar o rapaz.

O CRO chegou a registrar um boletim de ocorrência contra o estudante na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Itabuna, no sul do estado, depois que uma senhora denunciou o estudante.

 

Vítimas

Entre as vítimas que denunciaram o estudante está um homem que teve nove dentes extraídos de uma só vez por Paulo Henrico Almeida durante uma consulta.

A vítima contou que procurou o falso dentista, sem saber que ele não era um profissional da área, após uma inflamação em um dos dentes e afirmou que foi surpreendido com as extrações.

Além dele, outras pessoas da cidade relataram problemas com o falso dentista. A empregada doméstica Sirlene Santos contou que durante a consulta, o estudante teria orientado que o filho dela, um jovem de 21 anos, tivesse dois dentes extraídos e substituídos por implantes. (Com informações do G1)

Mãe e filho são mortos a tiros e familiares ficam feridos após casa ser invadida por homens encapuzados em Uruçuca

Domingos Matos, 16/09/2019 | 16:03
Editado em 16/09/2019 | 16:08

Uma mulher de 36 anos e o filho dela, de 18, foram mortos a tiros na madrugada desta segunda-feira (16), após dois homens encapuzados invadirem a casa onde os dois moravam, na cidade de Uruçuca, no sul da Bahia.

De acordo com a Polícia Militar, outras três pessoas da mesma família estavam no imóvel no momento do ataque e também foram baleadas, incluindo um bebê de um ano. No entanto, a Polícia Civil não confirma o ataque à criança.

Conforme a PM, familiares das vítimas contaram que o alvo dos tiros era o jovem de 18 anos, que tinha envolvimento com o tráfico de drogas. As outras vítimas teriam sido baleadas ao tentar defender o rapaz.

O crime ocorreu por volta das 4h desta segunda-feira. Após a ação, os suspeitos, que ainda não foram identificados, fugiram. O caso será investigado pela Polícia Civil.

As duas pessoas que morreram foram identificadas como Mateus Oduque de Jesus e Rosilda Oduque de Jesus. Os corpos deles foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Ilhéus, também no sul do estado.

Os feridos são Lucas Gabriel Oduque de Jesus, de 1 ano, filho de Rosilda; Roseane Oduque de Jesus, de 38 anos, que é irmã de Rosilda; e Mateus Oliveira dos Santos, filho de Roseane, que não teve idade divulgada.

Os três foram socorridos e levados para um hospital da região. Não há detalhes sobre o estado de saúde deles. (Com informações do G1)

 

Encontrado corpo de jovem que sumiu após entrar em mar do sul da Bahia para buscar bola

Domingos Matos, 16/09/2019 | 14:32

O corpo do jovem de 19 anos que sumiu na praia de Carapitanguí, em Barra Grande, Península de Maraú, no sul da Bahia, foi encontrado boiando por moradores e pescadores, horas depois de desparecer.

Segundo informações da Polícia Militar, Rodrigo de Jesus Conceição desapareceu na manhã do último sábado (14), quando jogava bola com os amigos na praia. O jovem entrou na água para buscar a bola e não conseguiu voltar.

De acordo com a PM, uma equipe do Corpo de Bombeiros fez buscas na região, mas não conseguiu encontrar a vítima. Após o encerramento das atividades, os moradores da região continuaram na praia de Carapitanguí e acharam o jovem por volta das 21h30.

O corpo de Rodrigo de Jesus foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Ilhéus. Não há detalhes sobre o velório e sepultamento dele. (Com informações do G1)

 

Ranking britânico inclui Uesc entre as melhores universidades do mundo

Domingos Matos, 12/09/2019 | 13:34
Editado em 12/09/2019 | 15:25

A Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), pela primeira vez, alcançou os critérios para entrar na lista mundial de universidades classificadas pelo ranking do THE “Times Higher Education”.  A UESC está citada no ranking THE em 45º lugar entre as brasileiras, precedida na Bahia, somente pela Universidade Federal da Bahia (UFBA).

O THE “Times Higher Education” é o provedor dos dados que sustenta a excelência universitária em todos os continentes do mundo. Situa-se como empresa por trás do ranking universitário e com quase cinco décadas de experiência como fonte de análise e insights sobre o ensino superior e uma experiência incomparável nas tendências que sustentam o desempenho da universidade em todo o mundo.

“Estou feliz pelo resultado. É um esforço de toda a comunidade acadêmica que está sendo reconhecido,” comemora o reitor da UESC, Evandro Sena Freire. A notícia também foi comemorada pela professora Adélia Pinheiro. “Estou muito orgulhosa do resultado alcançado! Reflete o trabalho dedicado e comprometido de toda a comunidade acadêmica, ao longo de todos os anos de existência da UESC, jovem e pujante! Políticas e escolhas acertadas! Orgulho-me de fazer parte dessa historia!”  disse Adélia, que foi reitora da Uesc, no período de 2012 à 2019, e é atual secretaria de Ciência Tecnologia e Inovação do Estado da Bahia).

O professor Joaquim Bastos, reitor no período 2004 à 2012, manifestou a “gratidão e satisfação por fazer parte dessa história.  Tivemos reitores excelentes e tudo funciona.”
A UESC já havia sido incluída no Ranking comparativo de universidades latino-americanas divulgado pela THE (Times Higher Education), que é ligada ao jornal britânico The Times, em parceria com a empresa Elsevier. Também figura entre as universidades que têm ações em prol das metas do desenvolvimento sustentável da ONU.

 

Critérios de avaliação

O estudo analisa cinco critérios principais: qualidade de ensino (ambiente de aprendizagem, reputação, desempenho estudantil, número de professores com doutorado, docentes premiados e renda institucional); volume de publicações de pesquisa; citações em artigos científicos; projeção internacional (número de alunos e de professores estrangeiros);  e troca de conhecimento com outras instituições.

Este ano, o Brasil aumentou o número de universidades que entraram na lista do THE, liderada pela britânica Universidade de Oxford, a lista deste ano tem 46 universidades brasileiras, contra 35 no ano passado.

O salto fez o Brasil passar de nono para o sétimo país com maior número de universidades na lista, deixando para trás nações como Chile, Itália e Espanha. A USP (Universidade de São Paulo) se manteve como a melhor universidade do Brasil.
 

UFSB recebe I Fórum Nacional de Dirigentes dos Campi Fora de Sede das Instituições Federais de Ensino

Domingos Matos, 11/09/2019 | 15:31
Editado em 11/09/2019 | 13:17

O campus da Universidade Federal do Sul da Bahia Sosígenes Costa (CSC), em Porto Seguro, sediará de amanhã (12) até sábado (14), o I Fórum Nacional de Dirigentes dos Campi Fora de Sede e Multicampi das Instituições Federais de Ensino (FORCAMPI).

O FORCAMPI tem como objetivo defender e pensar em processos de melhoria dos campi originados no processo de interiorização das universidades e institutos federais.

“É muito simbólico recebermos o I Seminário Nacional do FORCAMPI, uma vez que a jovem UFSB foi uma das instituições federais de ensino superior com maior redução orçamentária percentual em 2019. O evento será uma oportunidade de congregação de dirigentes de Universidades Federais e Institutos Federais de Ciência e Tecnologia que funcionam em sistema multicampi ou com campi fora de sede, para que se discuta o presente e o futuro dessas instituições. Sem dúvidas, um dos focos do encontro é o Programa Future-se, proposto pelo Governo Federal, além da importância dessas instituições no contexto da educação brasileira”, explicou Marcos Bernardes, decano do Instituto de Humanidades, Artes e Ciências do CSC e um dos organizadores do fórum.

O evento contará com diversas autoridades, dentre elas Joana Guimarães (Reitora UFSB); Anisio Brasileiro (Reitor UFPE); Rejane Nascentes (Vice-Reitora UFV); Paula Albuquerque (Pró-Reitoria Gestão Administrativa UFPE); Dep. Federal Pedro Uczai (PT/SC - Membro da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados); Peterson Andrade (Diretor do campus Gov. Valadares - UFJF); Renato Bochicchio (Diretor do campus UFPR Litoral).

As inscrições estão sendo realizadas através do link, até o dia 14 de setembro. A programação completa pode ser vista aqui.

Estudante baiano cria bebida que auxilia no tratamento de diabetes

Domingos Matos, 11/09/2019 | 08:05
Editado em 11/09/2019 | 00:31

Poucas pessoas tem um olhar para enxergar um desafio e buscar uma solução inovadora. Esse é o caso de Diogo Regis, 17 anos, estudante do Centro Territorial de Educação Profissional da Bacia do Rio Grande (Cetep), em Barreiras, no oeste da Bahia, que desenvolveu, em seu trabalho de iniciação científica, uma bebida nutricional à base de um fruto típico da região, o jatobá. 

A bebida pode ajudar na alimentação de pessoas que possuem anemia, diabetes, e outras doenças, por conta do baixo teor de açúcar e do alto teor de nutrientes como ferro e magnésio. De acordo com o jovem pesquisador, a ideia surgiu como uma possível solução para o desperdício que há na região em relação ao jatobá. “Como o jatobá é uma fruta típica aqui de Barreiras, é comum que, em algumas épocas do ano, uma parte seja descartada”, afirma.

Com a matéria-prima abundante e a vontade de melhorar a qualidade de vida das pessoas, Diogo pensou, inicialmente, em submeter a ideia à Feira de Ciências e Tecnologia realizada no Cetep. “Procurei a professora Wilka Miranda, que me ajudou a elaborar o projeto. Após alguns estudos, descobrimos que o jatobá pode atuar na hemoglobina, prevenindo e curando a anemia e na diminuição do açúcar no sangue, prevenindo e controlando a diabetes”.

A iniciativa está em fase de desenvolvimento, através da realização de testes para aperfeiçoamento, mas Diogo já adianta que, quando concluída a fase de testes, os benefícios serão muitos. “Além do apoio na alimentação para a população em geral, a bebida trará benefícios para as comunidades extrativistas que poderão comercializar o fruto, tornando a prática uma fonte de renda”, explica.

A orientadora do projeto, Wilka Miranda, que é engenheira agrônoma, chama atenção para a importância de apoiar iniciativas científicas desde o ensino médio. “Incentivar a pesquisa entre os jovens é fundamental na formação não apenas de profissionais, mas de cidadãos conscientes e preocupados em buscar soluções para melhorar a vida das pessoas e do meio ambiente de forma geral”. Entre os apoiadores que ajudaram na concepção do projeto estão a Faculdade São Francisco de Barreiras (Fasb) e o próprio Cetep BRG.

 

Jovem de 20 anos morre e namorado fica ferido após serem esfaqueados na BA; ex da vítima é suspeito

Domingos Matos, 09/09/2019 | 20:05

Uma jovem de 20 anos morreu e o namorado dela ficou ferido após o casal ser esfaqueado, na cidade de Entre Rios, cidade a cerca de 130 quilômetros de Salvador. Conforme a Polícia Civil, o ex-companheiro dela é suspeito do ataque. Contudo, ainda não há detalhes sobre a motivação do crime.

Segundo informações da polícia, Sthephanie Viana Pinheiro estava com o namorado em uma praça, quando aconteceu o ataque, no último domingo (8). O suspeito fugiu logo após o crime.

De acordo com a Polícia Civil, o casal foi socorrido e levado para o Hospital Geral de Camaçari (HGC), que fica a 100 quilômetros de Entre Rios, mas a jovem não resistiu aos ferimentos. Não há detalhes sobre o estado de saúde do rapaz.

A polícia informou que, até a publicação desta reportagem, o ex-companheiro da vítima estava foragido. O caso é investigado como feminicídio na delegacia de Entre Rios. (Com informações do G1)

 

Girassol é símbolo de campanha para alertar sobre depressão

Domingos Matos, 03/09/2019 | 12:34

Todas as manhãs o girassol parte em busca do sol, seguindo a luminosidade insistentemente, porque precisa dela para crescer e florescer. Mesmo quando o sol está escondido entre as nuvens, a flor gira persistente, apesar da dificuldade, em direção à luz. Em alusão a esse comportamento da natureza, o girassol foi escolhido como símbolo da campanha Na Direção da Vida – Depressão sem Tabu, iniciativa do movimento mundial Setembro Amarelo, que tem o objetivo de abrir o diálogo e alertar a sociedade sobre o tema. 

A campanha conduzida pela Upjohn, uma das divisões de um laboratório farmacêutico focada em doenças crônicas não transmissíveis, em parceria com a Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Transtornos Afetivos (Abrata) e participação do Centro de Valorização à Vida (CVV), trará ações digitais e de rua para combater os estigmas da depressão. O trabalho tem ainda o apoio de músicos, esportistas e influenciadores digitais que já passaram ou passam pelo problema, dividindo suas experiências.

Os usuários de redes sociais serão convidados a postar o ícone do girassol para mostrar que estão dispostos a falar sobre o assunto #depressaosemtabu. Eles também poderão conhecer o site www.depressaosemtabu.com.br, que traz informações sobre o tema e orientações sobre a identificação de comportamentos de risco em pessoas próximas.

Fora da internet, no dia 10 de setembro, Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, um labirinto de dois mil girassóis, com 120 metros quadrados, será montado no Largo da Batata, zona oeste de São Paulo. Quem percorrer o caminho do labirinto acompanhará a jornada do paciente com depressão, desde a dificuldade do diagnóstico até os desafios ao longo do tratamento, como o preconceito ou a sensação de inadequação. A instalação estará aberta das 9h às 18h, até o dia 14. 

“Queremos levar informação às pessoas. Quem visitar o local será convidado a deixar uma mensagem de coragem e apoio aos pacientes. Ao final, essas flores serão recolhidas e doadas para uma organização não governamental, que as transformará em buquês para serem distribuídos a pessoas que estão em tratamento", explicou a neurologista da Upjohn Elizabeth Bilevicius.

 

Depressão e suicídio

Segundo Elizabeth, para tratar a depressão e evitar o suicídio, o primeiro passo é ver a depressão como uma doença que precisa ser tratada. “Precisamos criar uma atmosfera de confiança para o paciente se sentir à vontade para dizer que tem a doença e legitimar o que ele sente como sintoma de algo que pode ser tratado. Essa é uma forma de encorajar a busca por ajuda adequada, criando um entorno social mais empático e melhor informado para ajudar essa pessoa”, disse. 

De acordo com as informações da Upjohn, mais de 90% dos casos de suicídio estão associados a distúrbios mentais e transtornos do humor. A depressão é o diagnóstico mais frequente, aparecendo em 36% das vítimas. O aumento dos casos entre os mais novos e com prevalência entre os homens faz da depressão a quarta maior causa de suicídio entre jovens no país. Outras doenças que podem ser tratadas, como o alcoolismo, a esquizofrenia e transtornos de personalidade, também afetam esses pacientes e por isso afirma-se que o suicídio pode ser evitado na maioria das vezes. 

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que o Brasil é o país com maior percentual de depressão na América Latina, chegando a 5,8% da população, o que corresponde a 12 milhões de brasileiros. A taxa é maior do que o valor global, que é de 4,4%. Igualmente maior do que em outros países, a taxa de suicídio entre adolescentes de 10 a 19 anos aumentou 24% de 2006 a 2015. A cada 46 minutos alguém tira a própria vida no Brasil.

O psiquiatra Teng Chei Tung,  coordenador dos Serviços de Pronto-Socorro e Interconsultas do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (HC-USP) e vice-coordenador da Comissão de Emergência Psiquiátrica da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), explicou que a alta incidência entre os jovens está ligada à grande expectativa externa e interna de que eles se comportem como adultos, mesmo sem ter ainda as habilidades de um adulto, e à pressão de que o adolescente seja pleno, potente, competente e reconhecido.

"Então ele faz as coisas, erra e se frustra. Nessas frustrações os jovens podem entrar na depressão. Os preconceitos são os mesmos e são agravados pela desinformação. Para o jovem existe a influência do pensamento de que a saúde mental é só uma questão social, existencial e psicológica", afirmou. 

Teng disse que sentir tristeza é normal e que a frustração sempre traz alguma tristeza passageira, mas é preciso que as pessoas próximas fiquem atentas para perceber quando esse estado já se tornou uma depressão. Segundo ele, a tristeza é algo que gera introspecção, provoca reflexão e crescimento, mas o deprimido fica introspectivo por vários dias e semanas. 

"Um dos parâmetros é quando há sofrimento excessivo e quando começa a causar real prejuízo. Afeta as relações interpessoais, produtividade no trabalho, ou sofrimento individual, ou seja, a pessoa está sofrendo mais do que que precisaria naquela situação. Não é que não pode ter tristeza e emoção, mas isso não pode prejudicar a pessoa a ponto de afetá-la fisicamente", destacou.

Para Teng, a melhor forma de falar sobre a depressão é deixar claro que ela é uma doença que apresenta alterações biológicas e fisiológicas, envolvendo fatores genéticos e estruturais, o que significa que a pessoa nasce com a tendência de desenvolver o quadro depressivo. O tratamento inclui, principalmente, melhorar o estilo de vida. "Quem tem depressão precisa se equilibrar e cuidar da saúde, para não ter de novo a doença", disse o médico. (Com informações da Agência Brasil)

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.