Tag: jovens

Seminário debate violência entre os jovens em Itabuna

Domingos Matos, 03/09/2018 | 18:00
Editado em 03/09/2018 | 17:13

O Colégio General Osório, em Itabuna,  realiza nesta terça-feira (4) um seminário para debater causas e soluções para o combate da violência entre os jovens. O evento, que acontece a partir das 8 horas no Clube dos Comerciários, será aberto com um Momento Cultural, seguido de palestras sobre “Violência de crianças e adolescentes”, com o Dr. Hilton de Miranda Gonçalves; “Ética nas relações virtuais“, com o Dr. Fabricio Guida de Menezes;  “Violência contra a Mulher”, com a Dra. Aline Maron Setenta; e “Violência Sexual”, com a psicóloga Carlinéia Lima dos Santos.

A programação inclui ainda workshops sobre “autodefesa feminina”, “cyberbullying, a violência virtual”, “violência doméstica”, “ronda para homens”, e será encerrada com a mesa redonda “”Violência Sexual, estratégias de enfrentamento”, com   a assistente social Therezinha Severino e o psicólogo Romário Lopes.

O seminário é aberto à toda comunidade.

Correios divulga resultado do processo seletivo para Jovem Aprendiz

Domingos Matos, 24/08/2018 | 15:15
Editado em 24/08/2018 | 17:01

Os Correios publicaram, nesta sexta-feira (24), o resultado do Processo Seletivo Simplificado Jovem Aprendiz 2018. A relação de aprovados está disponível aqui.

As convocações terão início ainda em 2018 para grande parte das localidades ofertadas no edital de seleção. Os candidatos aprovados deverão aguardar a convocação, por meio de telegrama, que poderá ocorrer dentro da validade do processo seletivo ou conforme necessidade dos Correios, bem como acompanhar no site o andamento das etapas.

O Jovem Aprendiz dos Correios 2018 ofertou 4.983 vagas em todo o país, além de formação de cadastro reserva. O programa, que existe desde 2011 em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), possibilita a formação técnico-profissional de assistente administrativo. Este ano o programa também possibilita a formação técnico-profissional de assistente de logística em nove unidades da federação. Essa inovação visa o alinhamento do programa com o negócio da empresa, proporcionando melhor aproveitamento da força de trabalho constituída pelos jovens aprendizes que compõem as cotas destinadas às áreas operacionais.

O jovem aprendiz cumprirá jornada de aprendizagem de 20 horas semanais, distribuídas em quatro horas diárias, durante os 12 meses de contrato, conciliando a fase teórica do curso de aprendizagem no Senai e a fase prática nos Correios. Os participantes do programa terão direito ao salário de R$ 448,46, vale-transporte e vale-refeição ou alimentação.

Rui autoriza início das obras do Centro de Canoagem em Itacaré

Domingos Matos, 25/09/2017 | 09:44

Além de ser um disputado destino turístico do sul da Bahia e atrair visitantes de todo o mundo para a prática do surf, Itacaré também é banhada pelo Rio de Contas, onde a prática de esportes como a canoagem incluiu a cidade no projeto de formação de novos atletas da modalidade. Na manhã deste sábado (23), o governador Rui Costa assinou no município a ordem de serviço que autoriza a construção do Centro de Treinamento para Canoagem de Itacaré e visitou o local onde o equipamento será construído.

"Quero agradecer a Deus pela oportunidade de estar aqui hoje realizando entregas e assinaturas para melhorar a vida das pessoas. Um centro deste tem um objetivo muito maior que trazer medalhas, mas de colocar os jovens no caminho do bem", afirmou Rui sobre a construção do centro e o apoio ao projeto Remando no Rio de Contas, que atende a 90 crianças em Itacaré.

As obras vão receber um investimento de R$ 952 mil e serão realizadas pela Superintendência dos Desportos do Estado (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). "É uma grande satisfação. Um compromisso que o governador assumiu nos Jogos Olímpicos com os nossos medalhistas Izaquias Queiroz e Erlon de Souza, e hoje estamos aqui transformando uma promessa em realidade", destacou a secretária da Setre, Olívia Santana.

Mais centros

Ubaitaba e Ubatã também terão unidades de treinamento. Na tarde deste sábado (23), em Ubatã, além de autorizar o início das obras do Centro de Treinamento para Canoagem, o governador inaugura a pavimentação em paralelo, contenção e drenagem superficial da Rua Dois de Julho e da 1ª e 2ª Travessa Dois de Julho, no bairro Dois de Julho.

Cada centro de treinamento vai disponibilizar 90 vagas para jovens a partir de 7 anos, portadores ou não de deficiência física, com aulas de segunda a sexta-feira, nos turnos matutino e vespertino, durante um período de 19 meses. Os jovens serão, preferencialmente, alunos de escolas públicas e organizações de ensino que possuam baixos Índices de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e que estejam em situação de risco social.

Diretor do Conjunto Penal de Itabuna participa de debate com alunos do IFBA

Domingos Matos, 18/09/2017 | 22:31
Editado em 19/09/2017 | 00:41

O diretor do Conjunto Penal de Itabuna, capitão PM Adriano Jácome, participou, na manhã de sábado (16), de uma discussão sobre Estado, Violência e Criminalização, no auditório do Instituto Federal da Bahia (IFBA), campus Ilhéus. A Mesa Redonda teve debates sobre encarceramento dos jovens negros e discutiu diversos aspectos dos temas propostos, desde conceitos de violência e crime até atuação do crime organizado na região.

O evento, promovido pelos professores da área de Humanas, teve ainda como convidados o doutor em Sociologia, Antônio Luz, e a doutora em Comunicação, Célia Regina. Também contou com a participação de estudantes dos diversos cursos oferecidos em grau de Ensino Médio, com intervenções artísticas como música, teatro e poesias, sempre discutindo a violência contra mulheres, jovens e população negra.

O diretor Adriano Jácome considerou que eventos como esse são enriquecedores para o debate franco de questões como criminalidade e criminalização, encarceramento e outras questões sociais que ajudam a criar a situação que se verifica hoje no sistema penitenciário, sugerindo caminhos para seu enfrentamento. “A instituição que dirijo tem capacidade para 670 internos, mas estamos com cerca de 1.280”.

Ele destacou a oportunidade de debater esse e diversos outros aspectos pertinentes ao tema. “Embora já soubéssemos que seria impossível esgotar a discussão, saímos de lá com a sensação de que esse é o caminho: trazer a juventude para o debate, porque serão eles que, em breve, estarão no comando da sociedade. Por isso devem estar munidos do máximo de informações sobre os graves problemas da contemporaneidade”.

Jorge Portugal e Roberto Mendes levam 'O Violão e a Palavra' para Escola Cultural de Itabun

Domingos Matos, 15/09/2017 | 10:27

O secretário estadual de Cultura, Jorge Portugal, apresenta, com o cantor e compositor Roberto Mendes, o projeto ‘O violão e a palavra’, neste sábado (16), às 19h, no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, em Itabuna. A apresentação faz parte do projeto Escolas Culturais, desenvolvido pelo Governo do Estado, por meio das secretarias de Educação, de Cultura e de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social.

A música e a palavra estarão juntas no encontro em que o violão se une à poesia para mostrar a força da arte e da comunicação. A ‘palavra cantada’ mistura recital com músicas provocando o processo criativo dos dois artistas baianos. O acesso ao público de Itabuna será gratuito. O projeto tem como objetivo reunir pessoas que apreciam uma conversa animada. Os temas têm como guia a relação da palavra com a música.

Além de cantor e compositor, Roberto Mendes também é pesquisador de chula e samba de roda do Recôncavo. Jorge Portugal, secretário de Cultura do Estado, professor de português e literatura, também é reconhecido por seu talento para a poesia.

A expectativa é de um encontro de cultura e arte para quem curte literatura e música. Um espetáculo de gênero híbrido, que pode variar entre o debate e a aula-show, a depender do efeito do encontro de Mendes e Portugal com o público. O projeto pode contribuir para reduzir os efeitos das dificuldades de leitura e interpretação de textos. O objetivo é sensibilizar o público em geral e a população jovem para a importância do bom texto na formação do cidadão.

O “Violão e a Palavra” está bem de acordo com os princípios do projeto ‘Escolas Culturais’, cuja finalidade é fomentar ações que promovam experiências em cultura dentro das unidades da rede pública de ensino. A proposta entende a escola como centro de formação social, cultural e profissional e se propõe a fortalecer valores de cidadania a fim de proteger crianças e jovens dos efeitos da violência, da desinformação e, principalmente, da falta de perspectivas de vida.

Escolas Culturais

O projeto Escolas Culturais tem a proposta de fortalecer e dinamizar as escolas, por meio da cultura, em benefício da comunidade. O lançamento aconteceu no dia 27 de julho, em Itabuna, e foi marcado por uma grande festa, realizada no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, a primeira unidade de ensino a receber a iniciativa, que chegará, inicialmente, a 85 escolas, localizadas em 85 municípios de todos os Territórios de Identidade. As Escolas Culturais vão oferecer atividades nas áreas de dança, arte literária, música e audiovisual. O projeto é uma iniciativa do Governo do Estado, através das secretarias estaduais da Educação, de Cultura (SecultBA), de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS).

Professora da rede estadual em Itabuna é finalista do prêmio Educador Nota 10

Domingos Matos, 31/07/2017 | 18:03

A professora de Educação Física, Mayllena Carvalho, que leciona no Colégio Estadual General Osório, em Itabuna, na região sul do estado, está entre os 50 educadores finalistas do prêmio Educador Nota 10. Seu projeto “O ensino de Educação Física e as práticas corporais de aventura, desenvolvido com estudantes do Ensino Fundamental e Médio, foi selecionado entre os mais de cinco mil trabalhos inscritos. O resultado será divulgado até o dia 7 de agosto, no site www.educadornota10.org.br.

O projeto tem o objetivo de analisar e identificar as possibilidades, bem como os desafios das práticas corporais de aventura no ensino da Educação Física. Para a prática pedagógica, foram ministradas aulas com oficinas de Patins, Skate, Slackline e Parkpur, além de explorar o repertório de conhecimentos com as atividades de aventura terrestres, aquáticas e aéreas.

De acordo com a professora Mayllena, o projeto foi desenvolvido no percurso da primeira unidade para contextualizar aspectos relevantes frente o desafio de promover oficinas sobre práticas corporais de aventura. “A metodologia utilizada para promover vivências aos alunos por meio de oficinas foi uma inovação pedagógica na tentativa de realizar aulas de Educação Física, permitindo ao aluno vivenciar outras possibilidades corporais”, explica a educadora.

Sobre o prêmio 

A premiação realizada pela Fundação Victor Civita, em parceria com a Fundação Roberto Marinho, reconhece professores da Educação Infantil ao Ensino Médio, coordenadores pedagógicos e gestores escolares de escolas públicas e privadas de todo o país, por desenvolverem projetos em diferentes áreas do conhecimento que destacam a importância da aprendizagem de crianças e jovens. Entre os finalistas, são escolhidos os dez Educadores Nota 10, além do Educador do Ano.

Fila para Seleção Simplificada dá volta no quarteirão

O MP se interessaria por esse evento tão degradante?

Domingos Matos, 19/06/2017 | 21:28

Em plena Era da Informação, em que "tudo" se faz pela internet, milhares de pessoas enfrentaram uma fila "desumana" para tentar se inscrever na Seleção Simplificada para contratação temporária pela prefeitura de Itabuna, nessa segunda-feira (19).

A prefeitura estima em pelo menos 5 mil pessoas o número de candidatos que passaram pela Vila Olímpica, creditando o elevado índice ao desemprego e à situação da economia da região e do país.

Natural que assim fosse. Oportunidade para 268 pais e mães de família - ou jovens - entrarem ou mesmo retornarem ao mercado de trabalho.

Mas, como quase tudo que envolve essa gestão, há 'aquela' apreensão...

O blog faz "votos" de que as vagas saiam para 268 candidatos entre as almas que ali estavam, enfrentando toda a dificuldade dessa segunda-feira ensolarada.

Isso porque, nesse tipo de seleção, as fichas de inscrição "premiadas" costumam ser preenchidas no ar-condicionado dos gabinetes "dos dois prédios", como dizia um folclórico vereador. Bem longe da "sofrência" da fila que se vê no vídeo acima ou na foto divulgada pela própria prefeitura (clique na imagem pra ampliá-la).

Seria demais, pelos motivos de sempre, pedir que a Câmara instituísse uma Comissão para acompanhamento desse processo. Então, quem sabe, o Ministério Público pudesse se interessar por acompanhar todas as inscrições feitas após o calvário de hoje e, depois, comparar com os 268 nomes dos candidatos efetivamente contratados - evitando-se, claro, os enxertos estratégicos.

Utopia.

Prefeitura de Ibicaraí realiza capacitação para o Programa Adab na Escola

Domingos Matos, 19/04/2017 | 08:48

Na manhã da segunda-feira, dia 17, teve início, na sala de vídeo da Faculdade Montenegro, o curso de capacitação do programa Adab na Escola, que é um projeto de parceria entre a Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia  (Adab) e a Prefeitura de Ibicaraí, através da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer. O curso seguiu a terça-feira (18).

A capacitação foi destinada aos professores do Grupo Escolar José Tito de Lima, Ieda Barradas e Coordenação do Campo e EJA, que irão trabalhar com os alunos em sala de aula. A parceria visa estimular o aprendizado de novas técnicas de cultivos e criação com sanidade, além de ensinar o produtor a defender sua plantação através de novos conhecimentos.

De acordo com a vice-prefeita e secretária de Educação, Adriana Assis, com o projeto ADAB na escola serão formados sanitaristas ao longo de todo ano letivo, além da formação de hortas e pomar, levando os alunos do 4º e 5º ano a serem formadores de opinião.

“Estamos buscando produzir, junto às gerações futuras, mudanças de comportamento em relação à saúde agropecuária, bem como criar novos agentes de mudanças no seio das famílias desses escolares e em suas comunidades. O prefeito deu carta branca para implantar o projeto em Ibicaraí”, afirmou Adriana Assis.

“A ideia dessa parceria vem desde quando eu estava vereadora. E, hoje, na condição de vice-prefeita e secretária de Educação, estou tendo a oportunidade de concretizar esse desejo de trazer a Adab para orientar os nossos alunos e, acima de tudo, formar jovens sanitaristas. O prefeito Lula Brandão também apoia este projeto, e hoje podemos contemplar esta boa realidade.” Disse a vice-prefeita e secretária de educação Adriana Assis.

Na oportunidade, estavam presentes a vice-prefeita e secretária de Educação, Adriana Assis, a engenheira agrônoma e fiscal estadual de agropecuária (FEA), Catarina Cotrim de Matos Sobrinho, o gerente da ADAB Itabuna, Robson Bispo de Souza, o engenheiro agrônomo e FEA, Roberto Costa Lima Bomfim, o engenheiro agrônomo e FEA, Gilmar Meyer Farias, o engenheiro agrônomo, Clécio Luiz Santana Teles, o médico veterinário e FEA, Luciano Cesar Santos Santana e a Médica Veterinária e FEA, Selma Cristina Honorato dos Santos.

Cadastrados no Programa Primeiro Emprego começam a trabalhar em órgãos estaduais

Domingos Matos, 18/04/2017 | 09:30
Os primeiros 28 estudantes egressos da educação Profissional selecionados por meio do Programa Primeiro Emprego para trabalhar nas secretárias e outros órgãos estaduais já estão atuando em suas áreas de formação. O grupo integra os 500 convocados, em março deste ano, a partir de um ranking baseado no desempenho escolar. Eles foram contratados com carteira assinada e começaram a trabalhar na rede estadual de ensino e na Secretária de Desenvolvimento Rural (SDR), na ultima quarta-feira (12).

Formada como técnica em comercio em 2016, Cassia Barbosa acredita que a realização do sonho da carteira assinada representa o início de uma nova etapa. “Esta oportunidade representa tudo para mim. Uma das principais dificuldades de quem está iniciando uma carreira é a questão da experiência de trabalho. É muito difícil conseguir um emprego sem essa experiência. Por isso essa chance que a gente recebe é tão importante. É um inicio em minha carreira que vai me trazer muito mais segurança para o futuro”.

Para o coordenador de acesso ao mercado da SDR, Luciano Lelis, o principal aspecto do programa é possibilitar que os contratados possam trabalhar em suas áreas de formação. “Buscamos oferecer a estes novos funcionários ferramentas e atividades para que eles possam se desenvolver ainda mais dentro de seus campos atuação. Eles trazem o conhecimento adquirido nos cursos profissionalizantes e aprimoram na prática”, afirma.

A meta do programa é oferecer nove mil vagas até 2018. Até agora, quatro mil jovens já foram convocados e o governo tem buscado jovens em mais 12 municípios baianos. A remuneração nas instituições privadas é a partir de um salário mínimo. Nos órgãos estaduais, além do salário mínimo, o contemplado tem direito a benefícios como Assistência à Saúde dos Servidores Estaduais (Planserv), vale-transporte e auxílio alimentação. Nas duas situações, os estudantes terão suas Carteiras de Trabalho assinadas e todos os direitos garantidos.

De acordo com o superintendente de desenvolvimento do trabalho, Alexandro Reis, o Primeiro Emprego tem uma importância ainda maior pelo momento econômico brasileiro. “O programa surge para dar oportunidade aos jovens e pessoas que nunca tiveram experiência de emprego formal. O governo do estado, através da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), localiza o aluno, que precisa ter concluindo ou estar cursando o curso de qualificação profissional ofertado pela Secretária da Educação (SEC)”.

Ainda de Acordo com Alexandre Reis, é muito importante que os estudantes se certifiquem de que seus dados estejam atualizados na página do programa. “As informações de endereço, telefone e e-mail precisam estar corretas porque é dessa maneira que a secretaria se comunica e entra em contato com os selecionados”, ressalta.

Programa Primeiro Emprego busca jovens no interior da Bahia

Domingos Matos, 06/04/2017 | 15:49

Através do programa Primeiro Emprego, o Governo do Estado está dando a oportunidade de diversos jovens entrarem para o mercado de trabalho. Aqueles que se formaram na rede estadual de Educação Profissional desde 2015 e obtiveram as melhores notas foram classificados em um ranking feito pela Secretaria da Educação do Estado.

Após a classificação por ordem de desempenho escolar, a coordenação do programa está buscando os jovens em diversos municípios para que eles possam ser encaminhados para seus postos de trabalho. Confira abaixo a lista dos convocados que devem comparecer ao posto do Sinebahia mais próximo a seu município, portando RG, Carteira de Trabalho e Comprovante de Residência.

A meta do programa é oferecer o primeiro emprego para nove mil jovens oriundos da rede estadual de Educação Profissional. São 4.500 vagas entre novembro de 2016 a novembro de 2017, e outras 4.500 entre novembro de 2017 e novembro de 2018, no setor público. A oportunidade pode surgir em secretarias e órgãos do governo estadual, ou ainda empresas públicas e privadas, parceiras do programa. Para mais informações, acesse o site do Primeiro Emprego.

Relação de jovens por município

Salvador 
Alagoinhas 
Feira de Santana 
Ilhéus 
Eunápolis 
Cruz das Almas 
Jequié 
Itabuna 
Simões Filho 
Gandu 
Santo Antonio de Jesus
Vitória da Conquista

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.