Câmara Municipal

Tag: letivo

Sebrae apresenta soluções no Salão de Empreendedorismo em Itabuna

Domingos Matos, 20/08/2019 | 07:08

O Sebrae Bahia participa no próximo dia 27 de agosto (uma terça-feira), do Salão de Empreendedorismo, que acontece no Teatro Municipal Candinha Dórea, em Itabuna. O evento, realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), está em sua primeira edição e tem programação aberta ao público das 8h às 17h.

O objetivo do Salão é divulgar as políticas públicas estaduais e nacionais na área do empreendedorismo individual, coletivo, formal e informal ofertadas no Estado da Bahia. O superintendente do Sebrae, Jorge Khoury, estará presente ao evento.

Além do Sebrae, também participam do Salão o Desenbahia, cooperativas de créditos, Banco do Nordeste, Universidades Estaduais, Federais, startups, o Centro Público de Economia Solidária (Cesol) e o SINEBAHIA, além das entidades de representação empresarial da cidade Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista (Sindicom), a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e a Associação Comercial e Empresarial (ACI). O evento conta com a parceria da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti).

Acordo coletivo entre município e sindicato garante benefícios para os servidores de Ilhéus

Domingos Matos, 16/08/2019 | 18:31

Foi assinado na manhã desta sexta-feira (16), o acordo coletivo entre a Prefeitura Municipal e o Sindicato dos Servidores e Funcionários Públicos de Ilhéus (Sinsepi). Além do prefeito Mário Alexandre, o ato contou com a presença do presidente do sindicato, Joaques Silva (Joca) e representantes sindicais da categoria.

Os avanços foram conquistados durante as reuniões da mesa de negociação pela atual Administração. Com a assinatura do acordo coletivo, pela terceira vez consecutiva, houve revisão geral anual que evitou perda inflacionária do salário do servidor municipal, acumulando ganhos de 13,36%, sendo 3,75% da campanha deste ano.

Durante o encontro, o chefe do Executivo ilheense lembrou aos representantes sindicais, as conquistas obtidas pela categoria, a exemplo dos reajustes no ticket alimentação nos últimos dois anos e sete meses do seu governo, o que resultou um ganho expressivo de 125% a mais sobre o valor creditado se comparado com a antiga gestão.

Na oportunidade, informou que já encaminhou à Câmara, projeto de lei que reconhece os servidores gerais, o ofício de salva-vidas. “O interesse do município é ver o servidor realizado, o que não se via antes, quando por quase cem dias, ficavam parados na porta da Prefeitura em greve de fome, esperando o prefeito atender”, lembrou o prefeito.

E completou. “O que representava no passado medo e perseguição, hoje, estou como um prefeito, reconhecido por dialogar em meu gabinete, como faço com vocês, os verdadeiros representantes dos servidores, por entender que o maior patrimônio de uma cidade é o servidor”.

Foi garantido no acordo o envio de Projeto de Lei para dar gratificações e auxilio proteção solar para os servidores que trabalham na varrição, além de assegurar melhorias no ambiente de trabalho, promovendo mais segurança e qualidade de vida aos servidores municipais.

Por sua vez, o presidente do Sinsepi, Joaques Silva (Joca) afirmou que “o município de Ilhéus tem um prefeito que realmente cumpre com suas obrigações como gestor, reconhece a importância do servidor e o ajuda. Foi um ano de vitória e ano que vem teremos mais vitórias para o servidor público municipal”.

 

Ato em prol da permanência do vetor disciplinar no Imeam reúne cerca de 800 pessoas em Itabuna

Domingos Matos, 15/08/2019 | 16:01
Editado em 15/08/2019 | 15:06

“Emocionante! Sensível! A resposta tem sido a melhor possível!”. A fala da diretora pedagógica do Instituto Municipal de Educação Aziz Maron (IMEAM), professora Wildes Alvarenga, na tarde de quarta-feira (14), durante o início do Ato em Prol da Manutenção do Vetor Disciplinar ilustra um sentimento coletivo: o de que, no que tange ao desenvolvimento de políticas públicas de melhorias na qualidade da Educação, melhorias na qualidade de trabalho dos professores e melhorias nos processos de ensino e aprendizagem,  a Prefeitura de Itabuna e a Secretaria Municipal da Educação (SME) foram bastante assertivos em firmarem o convênio de cooperação técnica firmado com a Polícia Militar do Estado da Bahia (PM/BA). Pela equipe organizadora do movimento, cerca de 800 pessoas participaram do ato.

Movidos pela defesa de que o Vetor Disciplinar não cerceia as liberdades individuais, nem de escolha dos estudantes, segundo foi apontado em documento enviado pelo Ministério Público Federal (MPF), em Ilhéus, assinado pelo Procurador Regional dos Direitos do Cidadão, Gabriel Pimenta Alves, através do qual recomenda uma série de alterações na operacionalidade do vetor e que a Polícia Militar se abstenha de assinar novos convênios, a comunidade escolar, lideranças políticas e comunitárias, representantes da SME e representantes da sociedade civil participaram de uma caminhada pela Avenida do Cinquentenário.

Para o funcionário do IMEAM, Elias Nunes, que trabalha na escola há dez anos, “a tentativa do Ministério Público Federal de tentar tirar o Vetor Disciplinar não é certa, uma vez que a escola melhorou bastante. O comportamento dos alunos, o respeito pelos professores. Tudo está bem melhor do que antes”, disse elogiando a iniciativa do prefeito Fernando Gomes. 

O documento do MPF atinge 68 unidades escolares públicas do Estado da Bahia, que mantêm a parceira com a PM/BA. Em Itabuna, o IMEAM é a escola mais atingida pelas recomendações por se tratar do maior estabelecimento de ensino do estado a contar com essa parceria. “Somos a maior escola na Bahia com o Vetor Disciplinar, em se tratando de estrutura física, quantidade de alunos, funcionários e professores”, disse a diretora Wildes Alvarenga, que apontou ainda que no ano letivo de 2018, por conta de questões relacionadas à falta de segurança, violência e tráfico de drogas dentro e fora da escola, a unidade de ensino encerrou o ano com cerca de 380 alunos. Em 2019, tendo o Vetor Disciplinar como principal fator de atração para novos alunos, a escola conta, agora, com 1.222 matrículas. Entre os matriculados, alguns jovens encaminhados pelo próprio Poder Judiciário para cumprirem, na escola, medidas socioeducativas. 

Para a secretária municipal da Educação, professora Nilmecy Gonçalves, o que está em destaque no convênio firmado em torno do vetor é “garantir a aprendizagem dos alunos, as condições disciplinares para o bom desenvolvimento do trabalho dos professores e a segurança”. Para ela, “o crescimento no número de alunos em 2019 é a exata constatação de que o que desejamos vai ao encontro do desejo da sociedade itabunense”, ratificou.

Na medida em que os estudantes avançavam pela Avenida do Cinquentenário, em formação, a população ao redor aplaudia. O ano letivo de 2019 foi iniciado em maio. Portanto, o Vetor Disciplinar está inserido há pouco mais de 3 meses. O prefeito Fernando Gomes afirma que “o novo que chegou para o IMEAM, será estendido a mais 4 de nossas escolas e demonstra que é possível um novo caminhar, uma nova história, onde as crianças e adolescentes atuem como protagonistas”. 
 
O ato em prol da manutenção do Vetor Disciplinar no IMEAM foi encerrado na Praça Santo Antônio, com estudantes, professores, funcionários e transeuntes entoando o Hino Nacional. 

Moradores da rua de Mutuns cobram cumprimento de acordo feito pela secretaria de Administração

Domingos Matos, 15/08/2019 | 15:01
Editado em 15/08/2019 | 14:57

Moradores da Rua de Mutuns, no bairro Santa Inês, em Itabuna, voltaram a se manifestar ontem (14), contra a falta de instraesturutra do local. Eles cobram do Secretário de Administração, Dinailson Oliveira, o cumprimento do acordo feito no último dia 30 de julho. Segundo os manifestantes, o secretário se comprometeu em fazer o patrolamento e a recuperação asfáltica. Na época, os moradores liberaram os três ônibus retidos no protesto, devido as péssimas condições da via pública. 

"Infelizmente, o secretário só iniciou o patrolamento. No dia 02 de agosto, as máquinas foram retiradas e até hoje aguardamos o secretário cumprir a palavra que nos deu", afirma Sirlene (Bujuca) uma das líderes da manifestação.

Ainda segundo ela, os moradores da rua entraram com uma ação judicial contra o Município de Itabuna, para que as obras de saneamento e recuperação asfáltica sejam realizadas. A situação se agravou nos últimos dias, pois os ônibus não estão circulando na rua, fazendo o retorno na praça, dificultando os moradores da localidade a utilizarem o transporte coletivo. 

“Procuramos a Câmara de Vereadores e a Vereadora Charliane nos atendeu, dando total apoio aos moradores. Inclusive nos adiantou que há diversos pedidos de providências de autoria da mesma para a localidade, só que o Executivo nunca atendeu, mostrando o descaso do governo com o povo, e se comprometeu a fazer o Pedido de providências para que os ônibus voltem a circular como antes, destaca”.

Prazo para apresentação do Partiu Estágio entra em reta final

Domingos Matos, 15/08/2019 | 09:05

Os 305 estudantes selecionados pela última convocação do Partiu Estágio, publicada no dia 2 de agosto, devem estar atentos. Acaba de entrar em reta final o prazo para apresentação de documentos para os grupos de cada edital. Do total chamado, 294 estudantes serão alocados em vagas ofertadas para o Edital 001, lançado em janeiro. Este grupo deve se apresentar até esta quinta-feira (15). Os outros 11 estudantes, inscritos no Edital 002, lançado em março para reforço escolar na rede estadual de ensino, podem se apresentar até a próxima segunda-feira (19).

A lista com os nomes dos selecionados pode ser consultada no site institucional da Secretaria da Administração (Saeb), responsável pela gestão do programa (www.saeb.ba.gov.br). Vale ressaltar que a vaga de estágio é garantida apenas com a entrega de toda documentação exigida, dentro do prazo regulamentar, estipulada em edital. Quem não entregar toda a documentação, ou não se apresentar dentro do período, perderá a vaga. 

O Partiu Estágio é uma iniciativa da administração estadual baiana que garante acesso a oportunidades de estágio a estudantes universitários de instituições estaduais, federais e privadas com sede na Bahia e que ainda não conseguiram se inserir no mercado de trabalho. 

A seleção é prioritária para estudantes inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e para aqueles que tenham estudado todo o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral na rede privada. Desde seu lançamento, em abril de 2017, já foram contratados 9.291universitários para atuar no serviço público baiano.

Confira abaixo a documentação necessária:

•          Comprovante de residência

•          Original e cópia da Carteira de Identidade

•          Original e cópia do Cadastro de Pessoa Física – CPF

•          Original e cópia de Carteira de Identidade do representante legal, ou do Termo de Guarda expedida por autoridade judicial, se for o caso

•          Declaração da Instituição de Ensino informando semestre letivo, duração do curso, percentual cursado, turno de estudo, curso de formação e sua modalidade presencial (Anexo II do Edital)

•          Comprovante de matrícula e frequência da Instituição de Ensino

•          Declaração própria de que não exerce atividade remunerada em órgão público

•          Original e cópia do Título de Eleitor, se for o caso

•          Original e cópia do Certificado de Reservista, se for o caso

•          Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS

•          Comprovação de inscrição no Cadúnico, se for o caso

•          Histórico escolar do Ensino Médio ou declaração emitida pela instituição de nível médio, no caso dos candidatos que tenham sido selecionados pelo critério de ter estudado todo o Ensino Médio em Escola Pública ou como Bolsista integral

•          No caso de pessoas portadoras de deficiência, deverá ser apresentado um Relatório Médico comprovando a deficiência

 

Reconhecimento Facial é destaque no primeiro semestre de 2019

Domingos Matos, 11/08/2019 | 10:31

O sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria da Segurança Pública da Bahia foi destaque nacional e internacional no primeiro semestre de 2019. Nas cidades de Salvador e Feira de Santana a ferramenta tecnológica auxiliou na captura de 39 criminosos foragidos da Justiça ou descumprindo critérios de prisão domiciliar. Os balanços da tecnologia e das ocorrências policiais foram apresentados na manhã desta sexta-feira (9), pelo secretário Maurício Teles Barbosa, no Centro de Operações e Inteligência.

Os criminosos foram flagrados por câmeras espalhadas nas estações de Metrô, Rodoviária, Aeroporto Internacional de Salvador, além das utilizadas em grandes eventos como o Carnaval, Micareta de Feiras e Copa América. “Somos pioneiros e nos orgulhamos da Bahia ser referência no Brasil. Estados das regiões Sudeste e Sul estão montando os seus sistemas de reconhecimento facial espelhados no nosso”, comemorou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, lembrando que até o início de agosto, a ferramenta alcançou a marca de 47 capturados.

Ele acrescentou ainda que uma nova licitação está em curso para aquisições de mais câmeras. “Vamos avançar na Região Metropolitana de Salvador e nas maiores cidades do interior da Bahia, mantendo sempre o protocolo de apuração durante cada abordagem. Importante ressaltar que não tivemos erros, na Bahia, e isso graças à tranquilidade e preparo dos nossos policiais”, enfatizou Barbosa.


Estatísticas

Outro destaque do primeiro semestre é a redução dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs – homicídio, latrocínio e lesão dolosa seguida de morte). Na Bahia, a diminuição ficou em 16%. Em números absolutos, 2.586 aconteceram em 2019, enquanto, no ano anterior, 3.079.

“Estamos nos superando. Fechamos 2018 com a maior redução dos últimos seis anos e sabíamos que este ano teríamos de ampliar o trabalho. Em números absolutos foram preservadas 493 vidas”, salientou o secretário. Os índices de CVLIs em Salvador (-17,4%), RMS (-19,4%) e Interior (-15,1) também foram expostos.

As quedas nos roubos a bancos (- 19 %) e de veículos (-18,2%) também foram pontuados, além da estabilização crimes em coletivos com 0,1% de acréscimo.

 

Escolas estaduais na região Sul realizam avaliações para fortalecimento das aprendizagens de Português e Matemática

Domingos Matos, 09/08/2019 | 07:35

As escolas estaduais estão aplicando avaliações diagnósticas nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. A ação faz parte do Sistema de Avaliação Baiano de Educação (SABE), implantado pela Secretaria da Educação do Estado para que os professores possam avaliar, monitorar e potencializar o desempenho do estudante durante o ano letivo. A proposta do SABE é orientar a gestão escolar, os professores e os coordenadores pedagógicos nas intervenções necessárias para suprir os pontos em que os alunos tenham maior dificuldade, fortalecendo as aprendizagens.

No Colégio Estadual Félix Mendonça, por exemplo, localizado na cidade de Itabuna (a 426 km de Salvador), já foram aplicadas atividades diagnósticas e de apoio aos estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental e do 3º ano do Ensino Médio. A coordenadora pedagógica Janaína Menezes destacou a importância do SABE para o planejamento pedagógico. “A avaliação tem sentido positivo para toda a unidade escolar, inclusive para os professores e estudantes. Essas provas nos dão dados para que possamos planejar novas ações para garantir a aprendizagem nos conteúdos específicos, e é por isso que a partir dos resultados, trabalhamos na   Atividade Complementar (AC). A gestão também contribui na AC e isso só faz potencializar o trabalho do professor e fortalecer a aprendizagem do aluno”, relata.

A estudante Hellen Évellin de Paula, 17, 3º ano do Ensino Médio, fala sobre a importância da participação dos estudantes nas avaliações. “Eu gostei bastante das avaliações. Achei tranquilas e interessantes, porque a partir dos resultados das atividades o professor e o estudante partem para o trabalho em conjunto, visando a melhoria do nosso aprendizado. Nessas avaliações indicamos nossas dúvidas, necessidades e dificuldades”, pontua.

Já Felipe Santos, 17, também do 3º ano, classifica as atividades como uma revisão dos assuntos. “Parece uma revisão de tudo que já vimos em sala de aula. Isso é bom, porque os professores ficam sabendo quais as nossas dúvidas, o que não aprendemos e é o momento de pensar novos métodos pedagógicos de ensino. Além de contribuir para o aprendizado dos estudantes que estão finalizando o Ensino Médio e irão fazer as provas do ENEM e vestibulares no final do ano”,     

Segundo a diretora da unidade, Rose Guerra, o SABE permite ter uma visão individual de cada estudante e quais competências ele precisa alcançar para obter aprendizagem real. “A nossa equipe escolar já trabalha visando garantir aprendizagem significativa, revendo nossas estratégias para atingir o nosso objetivo educacional. Para isso, temos aulas no contraturno, que envolvem os estudantes monitores e a aplicação de exercícios diagnósticos com termômetro, para nos permitir avançar ou refazer estratégias. A dedicação com que os nossos estudantes encaram cada avaliação faz a diferença na concepção e evolução do ensino e das aprendizagens”, diz.

Abertas inscrições de seleção para trabalhar na prefeitura de Ipirá; ao todo são 398 vagas

Domingos Matos, 07/08/2019 | 16:42

As inscrições para processo seletivo simplificado que visa preencher cargos na prefeitura de Ipirá, cidade a cerca de 211 km de Salvador, estão abertas desde terça-feira (6). Os candidatos têm até 16 de agosto para se inscrever exclusivamente via internet.

São 398 vagas, mais cadastro reserva, em diversas áreas, para nível fundamental, médio, técnico e superior, com salários variando entre R$ 998 a R$ 3.500, sob o Regime Especial Administrativo (REDA). O contrato é de dois anos e pode ser renovado por mais dois anos.

Todo o processo seletivo está sendo conduzido pelo Notus Instituto. A carga horária varia conforme a vaga e existe oportunidade para trabalhar tanto na área urbana como na zona rural de Ipirá.

Os interessados em participar do processo seletivo devem ter mais de 18 anos e preencher os pré-requisitos para cada função.

As inscrições custam entre R$ 50 a R$ 80, a depender da função escolhida. A inscrição só será validada após a confirmação do pagamento via boleto bancário.

Para informações detalhadas, os interessados podem consultar o edital, no site do Notus Instituto ou na página da prefeitura de Ipirá. (Com informações do G1)

 

Governo do Estado sanciona leis de combate ao abuso sexual contra mulheres

Domingos Matos, 07/08/2019 | 11:44

No dia em que a Lei Maria da Penha completa 13 anos, o governador Rui Costa sanciona duas leis voltadas à proteção das mulheres na Bahia. Ambas foram publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE) e estão em vigor a partir desta quarta-feira (7). 

Uma delas dispõe sobre a obrigatoriedade da fixação de placas contendo, de forma legível e aparente ao público, a lei federal nº 13.718/2018 em diversos espaços e meios de transporte, com o objetivo de combater a importunação sexual contra mulheres. As placas também devem indicar o Disque 180 para denúncia das violações. 

A obrigatoriedade é válida para trios, camarotes, restaurantes, bares, boates e casas de show, além de meios de transporte intermunicipal, hidroviário, rodoviário e metroviário. O descumprimento da lei implicará em multa, que será revertida para ações da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM). 

A outra lei indica que os serviços de transporte intermunicipal de passageiros devem adotar campanhas afirmativas, educativas e preventivas sobre o abuso sexual e a violência contra a mulher sofridos no interior dos veículos coletivos. As campanhas envolverão a confecção de cartazes com instruções para identificação do agressor, acompanhadas dos números da Polícia Militar (190) e da Central de Atendimento à Mulher (180).

 

 

Ricardo Xavier profere palestra na Loja Maçônica 28 de Julho

Domingos Matos, 06/08/2019 | 20:30

A convite da Loja Maçônica 28 de Julho, representada pelo Venerável Mestre Rafael Gama Moreira, o presidente da Câmara de Itabuna, Ricardo Xavier, esteve na noite desta segunda-feira, dia 05, reunido com os membros da Ordem falando a respeito das ações legislativas e realizando um balanço dos projetos aprovados, bem como a expectativa da Mesa Diretora para o segundo período de 2019.

Acompanhado do consultor jurídico da Câmara, Iuri Vanderlei, o presidente objetivou, com a visita, estreitar a relação entre o Poder Legislativo e a sociedade, além de levar os debates referentes às questões municipais para as entidades representativas locais, explanando de forma clara e esclarecedora de que maneira funciona, se organiza e qual o papel do Legislativo. Ricardo Xavier pontuou, ainda, a importância da elaboração de ações conjuntas com as representações sociais para o fortalecimento da região cacaueira, a partir do engajamento determinante de cada agente político.

Aproximar a sociedade da Câmara de Itabuna é uma das principais metas do plano de Comunicação da Mesa Diretora, visando ampliar o diálogo com a população e fortalecer a imagem institucional da Câmara, transformando-a num centro de discussão sócio-econômico regional, buscando ouvir as propostas, indagações e sugestões da comunidade.

“Foi com muita satisfação que recebemos o convite da Loja Maçônica 28 de Julho para proferir a palestra, representando o Poder Legislativo, na oportunidade extraordinária de explanar o funcionamento administrativo, legislativo e político da Câmara; tivemos, ainda, após a palestra, diversas perguntas dos mais variados temas a nível local, nacional e de interesse coletivo. Um momento valoroso do ponto de vista da interação e do enriquecido debate, saímos com o compromisso firmado de que a aproximação continuará e se fortalecerá com pontuais ações futuras”, afirmou o presidente Ricardo Xavier.

Estudantes de Amargosa desenvolvem impressora 3D de baixo custo com materiais recicláveis

Domingos Matos, 06/08/2019 | 17:38
Editado em 06/08/2019 | 15:35

Estudantes do 2º ano do Ensino Médio, do Colégio Estadual Pedro Calmon (CEPC), em Amargosa, no Recôncavo Baiano, estão desenvolvendo uma impressora 3D de baixo custo com materiais recicláveis. O projeto faz parte da disciplina de Iniciação Científica e vai ter a versão final apresentada durante a Feira de Inovação Ciências e Tecnologias do CEPC, entre os dias 18 a 20 de setembro, aberta ao público. O produto utiliza materiais descartáveis de impressoras e madeira, além do programa de hardware livre Arduino.

O professor de Química e de Iniciação Científica, Fábio Argolo, explicou que o produto vem sendo desenvolvido desde o início do ano. “Temos a Feira de Ciências, em que começamos a definir os temas no inicio do ano letivo. Tivemos este projeto, proposto pelos estudantes, que utiliza 90% dos materiais recicláveis. Procuramos peças específicas em empresas de descartes e compramos o mínimo de materiais eletrônicos que não temos como produzir. Acreditamos que a impressora deva ficar entre R$ 500 e R$ 600, bem abaixo do mercado”, destacou o educador, que atua em parceria com o professor de Física e de Iniciação Científica, Isaías Lima.

O estudante João Marcos Pereira, 17 anos, contou que a experiência tem sido gratificante porque, além do aprendizado, pode oferecer um produto acessível para todos. “Fizemos uma extensa pesquisa para conhecermos projetos que pudessem ser uma referência. É muito importante este trabalho que estamos fazendo, porque podemos tornar algo de fácil acesso para nossos colegas e de outras pessoas da comunidade, como na produção de trabalhos na escola”, relatou.

Já a estudante Kailane Mota ressaltou a oportunidade de trabalhar em um projeto de âmbito social e que envolve a programação com o Arduino. “O objetivo é conseguirmos levar esta ideia para todos da comunidade escolar devido ao baixo custo. Também fiquei muito contente, pois consegui conhecer e aprender sobre a programação no Arduino. Confesso que, no começo, achei complicado, mas depois vamos aprendendo os códigos e tudo vai ficando mais fácil. Outro destaque é o número expressivo de mulheres que mostraram interesse na programação. É de se entusiasmar”, disse.    

 

Ilhéus: Governo exige das empresas de transporte coletivo cumprimento do decreto da tarifa

Domingos Matos, 05/08/2019 | 08:11

O prefeito Mário Alexandre exigiu dos gestores das empresas Viametro e São Miguel, concessionárias dos serviços de transporte coletivo, o cumprimento das condições impostas no Decreto 133/2018, que ao mesmo tempo em que reajustou a tarifa, também estipulou algumas medidas para a melhoria do atendimento ao cidadão, a exemplo da instalação de aplicativo de celular para monitoramento dos ônibus (CittaMobi), implantado desde março último, construção de 10 pontos de ônibus, um deles na Praça Coronel Pessoa e outro no Paredão do Hospital São José, além da inclusão de 14 novos ônibus até 30 de julho de 2019 e mais 20 até julho de 2020.

Diante da demora no cumprimento de todas as obrigações por parte das empresas de ônibus, o chefe do Executivo ilheense determinou a abertura de um processo e a convocação dos representantes das empresas para uma reunião, que ocorreu no final da tarde desta sexta-feira (2), em seu gabinete do Centro Administrativo, bairro da Conquista, onde autorizou a Procuradoria-Geral a tomar providências para impulsionar o cumprimento de todas as obrigações.

O Procurador-Geral, Jefferson Domingues lembrou que “em 2018, com o reajuste, foram impostas algumas condições, dentre elas, a entrega de 14 novos ônibus, até o dia 30 de julho de 2019 e mais 20 até julho de 2020”. Até agora, completa Jefferson “sete ônibus foram entregues, e a exigência do prefeito é que sejam imediatamente iniciadas as obras para instalação dos pontos de ônibus na Praça Coronel Pessoa e no Paredão do São José, além da entrega dos outros sete ônibus que a Viametro ainda não apresentou para circulação”.

 

 

Prefeito exige das empresas de transporte coletivo cumprimento do decreto da tarifa

Domingos Matos, 03/08/2019 | 11:52

O prefeito Mário Alexandre exigiu dos gestores das empresas Viametro e São Miguel, concessionárias dos serviços de transporte coletivo, o cumprimento das condições impostas no Decreto 133/2018, que ao mesmo tempo em que reajustou a tarifa, também estipulou algumas medidas para a melhoria do atendimento ao cidadão, a exemplo da instalação de aplicativo de celular para monitoramento dos ônibus (CittaMobi), implantado desde março último, construção de 10 pontos de ônibus, um deles na Praça Coronel Pessoa e outro no Paredão do Hospital São José, além da inclusão de 14 novos ônibus até 30 de julho de 2019 e mais 20 até julho de 2020.

Diante da demora no cumprimento de todas as obrigações por parte das empresas de ônibus, o chefe do Executivo ilheense determinou a abertura de um processo e a convocação dos representantes das empresas para uma reunião, que ocorreu no final da tarde desta sexta-feira (2), em seu gabinete do Centro Administrativo, bairro da Conquista, onde autorizou a Procuradoria-Geral a tomar providências para impulsionar o cumprimento de todas as obrigações.

O Procurador-Geral, Jefferson Domingues lembrou que “em 2018, com o reajuste, foram impostas algumas condições, dentre elas, a entrega de 14 novos ônibus, até o dia 30 de julho de 2019 e mais 20 até julho de 2020”. Até agora, completa Jefferson “sete ônibus foram entregues, e a exigência do prefeito é que sejam imediatamente iniciadas as obras para instalação dos pontos de ônibus na Praça Coronel Pessoa e no Paredão do São José, além da entrega dos outros sete ônibus que a Viametro ainda não apresentou para circulação”.

Inclusão e sustentabilidade vão pautar comissões técnicas do Legislativo

Domingos Matos, 31/07/2019 | 09:30

No segundo semestre de 2019, as Comissões Permanentes do Legislativo de Itabuna vão retomar o exame de nove projetos de leis que já tramitam nos órgãos técnicos. Entre os temas de interesse municipal pautados estão inclusão social, sustentabilidade e controle social. Cabe às Comissões emitir parecer sobre as matérias legislativas, antecedendo a votação em Plenário.     

A partir de agosto, as Comissões opinarão sobre a reserva de vagas para negros em concursos púbicos de Itabuna. A proposta do vereador Jairo Araújo destina até 20% para candidatos afrodescendentes. O relator da matéria é o vereador Júnior Brandão, que pretende apresentar uma emenda estendendo a cota para as contratações temporárias, os processos seletivos.

De olho na preservação do meio ambiente, o presidente da Casa, Ricardo Xavier, propôs a obrigatoriedade de embalagens reutilizáveis e biodegradáveis em bares, restaurantes e estabelecimentos comerciais similares. O projeto de Xavier, que almeja inserir as normas no Código de Posturas do município, aguarda designação de relator nas Comissões.

Assegurar a participação popular na fiscalização da gestão municipal também será pauta das Comissões a partir de agosto. O colegiado vai examinar alterações nos conselhos da Juventude – sugeridas por vereador Enderson Guinho – e de Drogas – iniciativa de Júnior Brandão. Essas matérias são relatadas na Comissão de Legislação pelo vereador Beto Dourado.

Julho das Pretas no Banco da Vitória

Domingos Matos, 25/07/2019 | 09:59

A Associação Mantenedora do Terreiro Ilê Axé Odé Omopondá Aladê Ijexá – AMATA, na pessoa de mãe Darabi, conhecida como atriz Alba Cristina Soares, convida todos para participarem do Julho das Pretas que acontecerá no dia 27.07.2019 das 15h00min às 21h30min no Ginásio de Esporte do Banco da Vitória.

O Julho das Pretas é uma estratégia de incidência política desenvolvida a partir de uma agenda conjunta e propositiva com movimentos de mulheres negras da Bahia, região Nordeste, e mais alguns estados do país, voltada para o fortalecimento das organizações de mulheres negras. Idealizado em 2013, pelo Odara – Instituto da Mulher Negra, o Julho das Pretas celebra o 25 de Julho, Dia Internacional da Mulher Negra Afro Latina-americana e Caribenha, e o Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra.

As mulheres negras do Sul da Bahia se conectaram com essa agenda e durante o mês de julho desenvolveram várias atividades nas escolas públicas, terreiros, coletivos e nas comunidades populares da região para juntas construímos os caminhos de liberdade contra o racismo, o sexismo, a violência policial, o feminicídio, o encarceramento em massa e as diversas formas de terrorismo do Estado.

Para fechar a agenda local, no dia 27.haverá uma reunião, no Banco da Vitória, numa programação que reúne roda de conversa, cine-debate e intervenção cultural com as arteativistas da região. Veja a programação:

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.