Tag: minas

Grupo Coroa inaugura indústria em Itabuna

Domingos Matos, 25/11/2019 | 18:39

O Grupo Coroa inaugurou na manhã desta segunda-feira (25) uma indústria de refrigerantes em Itabuna. A fábrica vai gerar cerca de 50 empregos diretos. O presidente do Grupo Coroa, Roberto Bragatto, agradeceu ao prefeito Fernando Gomes e demais secretários do município pelo empenho para que as questões burocráticas fossem resolvidas com brevidade.

Logo após o ato de inauguração, o prefeito e sua comitiva de secretários, chefes de divisões e funcionários da prefeitura conheceram as instalações da fábrica. O Secretário de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, Jorge Vasconcelos, aproveitou o momento para lembrar que uma das principais qualidades do prefeito Fernando Gomes está em valorizar a geração de emprego e renda.

“O prefeito determinou que nos empenhássemos ao máximo para que a indústria começasse a operar o quanto antes, e assim cumprimos”. Já o presidente da Câmara de Itabuna, Ricardo Xavier, salientou a importância de um momento como este para os itabunenses, que tanto necessitam de emprego. Também estiveram na inauguração: Sandra Neilma (Assistência Social); o tenente-coronel PM, Valci Serpa (Sesttran); Nilmecy Gonçalves (Educação); Coronel PM Gilberto Santana (Arsepi); e a presidente da Fundação Marimbeta, Cleonice Almeida.

Também estiveram presentes: Jader Guedes (presidente Emasa); João Bittencourt (Emasa); Manoel Matos (Vigilância Sanitária); Uildson Nascimento (Secretário de Saúde); Juvenal Maynart (Hospital de Base), Geraldo Pedrassoli (Saúde); Flávio Figueiredo (Controladoria); o empresário Roberto Minas Aço, entre outros.

Sebrae e Banco do Nordeste firmam acordo para fortalecer os pequenos negócios da região

Domingos Matos, 23/11/2019 | 18:44

O Sebrae e Banco do Nordeste (BNB) assinaram, na sexta-feira (22), um acordo de cooperação técnica com o objetivo de fortalecer e ampliar a competitividade dos pequenos negócios dos nove estados nordestinos, além do norte de Minas e norte do Espírito Santo. A parceria foi firmada em evento realizado na sede do banco, em Fortaleza, que contou com a presença do diretor de Administração e Finanças do Sebrae, Eduardo Diogo, do presidente do Banco do Nordeste, Romildo Rolim e do secretário do desenvolvimento, indústria, comércio, serviços e inovação do Ministério da Economia, Gustavo Ene.

Pelo acordo, os pequenos negócios de cerca de 2 mil municípios que estão na área de abrangência do BNB serão beneficiados com a ampliação do acesso a crédito e capacitações gerenciais, especialmente em áreas ligadas a competitividade, produtividade e inovação. A parceria contempla ainda a realização de pesquisas conjuntas entre as duas instituições, a implantação do fórum anual de desenvolvimento dos pequenos negócios e do circuito de seminários de crédito e o desenvolvimento de soluções de educação financeira para os donos de pequenos negócios.

O diretor de Administração e Finanças do Sebrae, Eduardo Diogo, destacou que o BNB já é um parceiro do Sebrae, mas que o acordo firmado hoje permitirá uma maior sinergia das ações das duas instituições. “Vamos dividir espaços físicos, compartilhar os estudos e pesquisas, criar um grande fórum anual para discutir o desenvolvimento do Nordeste. Vamos trabalhar juntos, de forma mais sintonizada, para entregar o desenvolvimento econômico que o Nordeste e o Brasil precisam”.

Para o presidente do Banco do Nordeste, Romildo Rolim, a parceria celebra a convergência de missões. “O Sebrae fazendo seu papel antecedente ao crédito e o Banco ofertando crédito de forma sustentável. Assim, contribuímos para a perpetuidade das empresas. Queremos ser não apenas financiadores, mas também consultores das micro e pequenas empresas. E a gente não faz um trabalho desses sem parcerias. Por isso que estamos efetivando esse acordo, para cumprirmos nossa missão com mais qualidade, com mais assertividade e atendendo melhor os nossos clientes”, disse Romildo.

O secretário do desenvolvimento, indústria, comércio, serviços e inovação do Ministério da Economia, Gustavo Ene, também destacou a importância da parceria. “O Nordeste tem tradição empreendedora. Então é natural que os esforços do Sebrae, aquele que mais entende do micro e pequeno empreendedor e do MEI, sejam somados ao trabalho do Banco do Nordeste, que tem um papel de facilitador do acesso ao crédito para promover o desenvolvimento desses pequenos negócios”.

Além da diretoria do Banco do Nordeste e de superintendentes da área de microcrédito e MPE, também estiveram presentes na solenidade o diretor superintendente do Sebrae da Bahia, Jorge Khoury, os diretores de Administração e Finanças do Sebrae do Ceará e do Piauí, Airton Gonçalves e Júlio César Filho, a gerente do Sebrae de Pernambuco, Catarina Valentin, e o presidente da Federação Cearense das Micro e Pequenas Empresas (Fecempe), Edivaldo Nunes. Representantes das superintendências estaduais do BNB e representantes do Sebrae nos demais estados acompanharam o evento por videoconferência.

Caged registra criação de 70,8 mil postos de trabalho em outubro

Domingos Matos, 22/11/2019 | 17:38

Beneficiada pelo comércio e pelos serviços, a criação de empregos com carteira assinada registrou, em outubro, o sétimo mês seguido de desempenho positivo. Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia, 70.852 postos formais de trabalho foram criados no último mês. O indicador mede a diferença entre contratações e demissões.

Esse foi o melhor nível de abertura de postos de trabalho para outubro desde 2016, quando as admissões superaram as dispensas em 76.599. A criação de empregos totaliza 841.589 de janeiro a outubro, 6,45% a mais que no mesmo período do ano passado. A geração de empregos atingiu o maior nível para os dez primeiros meses do ano desde 2014, quando tinham sido abertas 912.287 vagas no acumulado de dez meses.

 

Setores

Na divisão por ramos de atividade, cinco dos oito setores pesquisados criaram empregos formais em outubro. O campeão foi o comércio, com a abertura de 43.972 postos, seguido pelos serviços, 19.123 postos. Em terceiro lugar, vem a indústria de transformação com a criação de 8.946 postos de trabalho.

O nível de emprego aumentou na construção civil com a abertura de 7.294 postos e na indústria extrativa mineral, 483 postos. No entanto, três setores demitiram mais do que contrataram: agropecuária, com o fechamento de 7.819 postos; serviços industriais de utilidade pública, categoria que engloba energia e saneamento, 581 postos, e administração pública, 427 postos.

Tradicionalmente, a geração de emprego é mais baixa em outubro. O mês costuma ser marcado pelo reforço no comércio para as contratações de fim de ano. No entanto, a indústria, que reforçou a produção em agosto e em setembro por causa do Natal, desacelera. A agropecuária também dispensa empregados por causa do fim da safra de diversos produtos, como a cana-de-açúcar e café.

 

Destaques

No comércio, a criação de empregos foi puxada pelo segmento varejista, com a abertura de 36.732 postos formais. O comércio atacadista gerou a abertura de 7.240 vagas. Nos serviços, os destaques foram venda e administração de imóveis, com 14.040 postos; transportes e comunicações, 4.348 postos, e serviços médicos, odontológicos e veterinários, 3.953 postos.

Na indústria de transformação, a criação de empregos foi impulsionada pela indústria de produtos alimentícios e de bebidas, com 3.344 postos; pela indústria de calçados, 1.890 postos, e pela indústria madeireira e de móveis, com 1.166 postos de trabalho.

 

Regiões

Todas as regiões brasileiras criaram empregos com carteira assinada em outubro. O Sul liderou a abertura de vagas, com 27.304 postos, seguido pelo Sudeste com 21.776 postos e pelo Sudeste com 15.980 postos. O Norte criou 4.315 postos de trabalho e o Centro-Oeste abriu 1.477 postos formais no mês passado.

Na divisão por unidades da Federação, 23 estados geraram empregos no mês passado. As maiores variações positivas no saldo de emprego ocorreram em Minas Gerais com a abertura de 12.282 postos; São Paulo, 11.727 postos; Santa Catarina, 11.579 postos, e Rio Grande do Sul, 8.319 postos de trabalho. As unidades da Federação que registraram o fechamento de vagas formais foram Rio de Janeiro, 9.942; Distrito Federal, 1.365; Bahia, 589, e Acre, 367. (Com informações da Agência Brasil)

MSC Fantasia abre temporada de cruzeiros em Ilhéus

Domingos Matos, 18/11/2019 | 20:31

Turistas de diversas partes do Brasil e do mundo desembarcaram na manhã de sábado (16), no Porto de Malhado, em Ilhéus, no Sul da Bahia. A bordo do MSC South - Fantasia, que partiu de Salvador em direção à Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, visitantes realizaram a tradicional parada na costa ilheense e puderam apreciar a história, a culinária e a diversidade cultural que a cidade oferece. São aguardados ainda mais 19 transatlânticos e aproximadamente 70 mil e 14 mil tripulantes.

Por determinação da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), o receptivo da temporada não foi realizado no Porto, mas no Centro de Convenções da cidade, próximo ao ponto de acostagem. “É a primeira vez que visito Ilhéus. Amei a receptividade, essa atenção especial dada aos visitantes. Com certeza irei retornar com mais tempo”, contou a fonoaudióloga Lenízia de Abreu, turista de Santos, São Paulo.

Para Fábio Manzi Junior, titular da Cultura e do Turismo, disse que a temporada é um dos eventos mais aguardados dentro do calendário turístico do município. “O receptivo de navios é de grande importância para a economia. Serão vinte paradas, com uma média de três mil e quinhentas pessoas por navio. O Centro Histórico está pronto para receber o turista, nossas praias estão limpas. Esse é um nicho de mercado que possibilita um crescimento expressivo para a cidade”.

“Ilhéus é uma cidade alegre, que abraça o turista. Eu trouxe as minhas filhas e uma amiga para sentirem essa energia boa também”, relata a aposentada Mailene Melo, turista de Poços de Caldas, Minas Gerais. O MSC Fantasia possui capacidade para 3.274 hóspedes, segundo informações da companhia responsável pelo navio. O segundo navio está previsto para chegar a Ilhéus no dia 3 de dezembro próximo.

 

Ocupação irregular na área do Porto Sul deve ter intervenção do Ministério Público

Domingos Matos, 13/11/2019 | 19:38

No último dia 18 de outubro, o Governo do Estado, através da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), ingressou com representação junto ao Ministério Público da Bahia (MP-BA), providências referentes à ocupação irregular da área denominada Vivendas do Olandy, no distrito de Aritaguá, em Ilhéus. As informações são da Assessoria de Comunicação da PGE. No local, o governo baiano realizará as obras do Porto Sul, empreendimento de grande interesse nacional.

A PGE informou que o terreno pertence ao Estado da Bahia e que a ocupação é considerada clandestina. O documento traz alegações a respeito da matrícula e a venda dos lotes feita de maneira ilegal. Tarcísio Menezes de Oliveira, procurador do Estado explica no texto que um loteamento sem projeto aprovado pela Prefeitura Municipal e a venda de lotes sem registros no Cartório de Registro de Imóveis configura crime contra a Administração Pública.

Foi solicitado do MP-BA apuração e ajuizamento de ações criminais contra os envolvidos. No seu entendimento de Menezes, se trata de situação de grilagem de terras pública e loteamento clandestino. “O loteamento foi feito sem observância dos preceitos legais relativos a parcelamento do solo. Além disso, por se tratar de área pública, não existe posse e sim mera detenção de um imóvel irregularmente ocupado”, informou o procurador na publicação.

Fundamenta na Lei 6.739/79, a Procuradoria-Geral do Estado, ingressou também com requerimento de cancelamento administrativo de matrícula junto ao 2º Cartório de Ofício de Registro de Imóveis e Hipotecas da Comarca de Ilhéus, tendo, inclusive, a oficial registradora já se manifestado conclusivamente pelo domínio público e pela nulidade da matrícula.

 

Porto Sul – O Complexo Logístico Intermodal Porto Sul é um projeto de porto brasileiro a ser construído no distrito de Aritaguá, em Ilhéus. A obra é considerada fundamental para a exportação do minério de ferro da Bahia Mineração, proveniente da mina Pedra de Ferro, no município de Caetité. O empreendimento representa um investimento de mais de R$2,5 bilhões e já possui todas as licenças ambientais necessárias para o início da implantação.

O Porto Sul é considerado o maior empreendimento portuário do Nordeste e um dos mais importantes projetos logísticos do Brasil, com sua área de influência abrangendo os estados da Bahia, Minas Gerais, Goiás, Tocantins e Mato Grosso. O projeto prevê a movimentação de 60 milhões de toneladas de cargas em 10 anos, chegando a 100-120 milhões em 25 anos. Caso essas previsões se confirmem o Porto Sul poderia assumir o posto de terceiro maior porto do País.

Mais de 107 mil candidatos faltam o 2º dia de Enem na Bahia; estado tem 27,3% de abstenção

Domingos Matos, 11/11/2019 | 07:03

O segundo dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, realizado no domingo (10), teve abstenção de 27,3% na Bahia. Os dados foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Segundo balanço do Inep, 107.954 inscritos não foram fazer as provas do segundo dia de Enem 2019. Por outro lado, 287.483 candidatos estiveram presentes, o que significa 72,7% do total de inscritos.

Ao todo, a Bahia teve 395.437 pessoas inscritas no Enem 2019. O número coloca o estado como o terceiro com maior número de inscritos, atrás de São Paulo (816.016) e Minas Gerais (534.648).

Os índices da Bahia ficaram bem próximos da média nacional. No país, 72,81% fizeram as provas do segundo dia de Enem, enquanto a abstenção ficou em 27,19%.

No domingo, foram aplicadas as provas de Matemática e Ciências da Natureza. Os portões foram abertos às 12h e fechados ás 13h. As provas foram iniciadas às 13h30, com duração de até 5h.

A partir das 15h30, o aluno já podia sair da prova, mas sem o caderno de questões. A partir das 18h ele podia sair com o caderno de questões. (Com informações do G1)

 

Tratamento oncológico pelo SUS deve ser retomado em Itabuna

Domingos Matos, 09/10/2019 | 07:01

Os serviços de saúde disponibilizados na rede pública conveniada ao Sistema Único de Saúde (SUS) para tratamento de oncologia em Itabuna devem ser regularizados nos próximos 15 dias. Ontem, dia 7, o juiz Ulysses Maynard Salgado atendeu pedidos apresentados em ação civil pública ajuizada pelo promotor de Justiça Patrick Pires da Costa e determinou ao Município e ao Estado a adoção de medidas para regularização do tratamento, incluindo consultas, exames, cirurgias, quimioterapia antineoplásica e o fornecimento de medicamentos aos pacientes portadores de neoplasia maligna.

Na ação, o promotor de Justiça solicitou à Justiça que determinasse aos entes federados a regularização dos serviços de oncologia prestados por meio das redes pública e conveniada do SUS e, em última instância, da rede particular; e a disponibilização em dez dias dos procedimentos cirúrgicos, o tratamento quimioterápico e a medicação necessários aos pacientes que relataram as falhas MP. Todos os pedidos foram atendidos pelo juiz.

 

Operação embarga 260 hectares de áreas desmatadas e aplica R$ 371 mil em multas na Bahia

Domingos Matos, 24/09/2019 | 08:33

Mais de 260 hectares de áreas desmatadas foram embargadas na Bahia durante a primeira semana da “Operação Mata Atlântica em Pé”, que aconteceu em 16 estados brasileiros até a última sexta-feira (20). A operação fiscalizou 27 alvos baianos e aplicou R$ 371 mil em multas. Além disso, emitiu 16 autos de infração em razão de supressão irregular de vegetação nativa, apreendeu 80,84 metros de carvão vegetal e 48,56 metros estéreos de lenha e destruiu 13 fornos que eram utilizados para produzir carvão vegetal de origem ilegal. Os embargos foram efetuados para garantir a recuperação das áreas ou a regularização delas junto ao órgão competente.

Capitaneada pelo Ministério Público, a 'Mata Atlântica em Pé' percorreu os estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. O objetivo dos MPs foi combater o desmatamento e garantir a proteção de regiões que integram o bioma da Mata Atlântica.

As fiscalizações aconteceram com o apoio da Polícia Militar, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e órgãos estaduais ligados à questão ambiental, sendo na Bahia o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). De acordo com dados do Instituto SOS Mata Atlântica e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), a mata atlântica ocupa apenas 12% da sua cobertura original e se situa numa área onde vivem mais de 70% da população brasileira. Os dados, de acordo com o promotor de Justiça Fábio Côrrea, que coordena o Núcleo Mata Atlântica (Numa), do MP da Bahia, explicam o motivo do esforço conjunto do MP nacional para coibir o desmatamento nos polígonos identificados como mais ameaçados, nos quais estão sendo realizadas as fiscalizações. Ainda segundo ele, a operação se estende no estado baiano esta semana.

 

Ministérios Públicos estaduais fazem grande operação contra corrupção e lavagem de dinheiro em nove estados

Domingos Matos, 12/09/2019 | 11:47

Uma operação nacional de enfrentamento à corrupção e à lavagem de dinheiro em nove estados foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (12) pelos Ministérios Públicos estaduais. As ações acontecem no Amazonas, Bahia, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, São Paulo e Sergipe e são promovidas pelos Grupos de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaecos). Articulada pelo Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC), colegiado que reúne os Gaecos do Brasil, a operação nacional cumpre 87 mandados judiciais, dentre busca e apreensão, prisão, afastamento de funções públicas e uso de tornozeleiras eletrônicas.

O objetivo da operação nacional é combater crimes contra a Administração Pública praticados por servidores públicos e particulares, dentre eles crimes de corrupção ativa e passiva, peculato, peculato eletrônico, participação em organização criminosa, associação criminosa, fraude à licitação, lavagem de dinheiro, tráfico de influência, falsidade ideológica e material e fraude processual. “Lançamos uma grande ofensiva contra a corrupção e a lavagem de dinheiro, reafirmando o propósito de defesa do patrimônio público e garantindo a punição dos que teimam em confiar na impunidade. A lei vale para todos”, afirmou o procurador-geral de Justiça de Alagoas, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, coordenador do GNCOC, sobre a ação nacional. Confira as ações por estado:



AMAZONAS
Foi deflagrada a “Operação Tentáculos”, com o objetivo de combater a corrupção dentro do serviço público. Está sendo cumprido um mandado de busca e apreensão tendo como alvo uma servidora pública lotada na Secretaria de Administração Penitenciária (Seap). Por intermédio do Gaeco, em conjunto com a Polícia Civil do Amazonas, a operação é decorrência da "Operação Collusione", deflagrada pelo MPAM em maio de 2019, e tem como objeto apurar a prática dos delitos de tráfico de influência, corrupção ativa, falsidade ideológica e fraude processual no âmbito da secretaria. Há também evidências da prática dos delitos de fraude processual e falsidade ideológica, na medida em que comprovantes de trabalho e de estudo falsos eram utilizados perante a Vara de Execuções Penais para diminuir, de forma indevida e criminosa, a pena dos condenados do regime semiaberto. Atualmente, em Manaus, o regime semiaberto é cumprido por meio de monitoramento eletrônico (tornozeleira), e toda irregularidade no descumprimento da pena deveria ser informada à Vara de Execuções Penais. Porém, essa comunicação não era feita, possivelmente pela interferência de advogados junto a determinados servidores da SEAP, possibilitando que presos condenados por crimes graves não cumprissem efetivamente suas penas.

BAHIA
Na Bahia, foi deflagrada pelo Gaeco a operação “Freio de Arrumação”. A ação resulta de investigação do MP sobre a prática de crimes de corrupção ativa e passiva, peculato eletrônico, falsidade ideológica e material e associação criminosa, perpetrados por um grupo criminoso, formado por particulares e servidores públicos, que atuavam ilicitamente para a suspensão, cancelamento, anulação e/ou baixa de autuações por infrações de trânsito (multas), decisões de recursos administrativos e procedimentos de inclusão de pontuação em Carteiras Nacionais de Habilitação. Estão sendo cumpridos 11 mandados de busca e apreensão, dois mandados de exibição de documentos públicos e um mandado de prisão expedidos pela 1ª Vara Criminal de Salvador. Participam da operação 15 promotores de Justiça, 22 servidores do Gaeco, cinco servidores da Coordenadoria de Segurança Institucional e Inteligência (CSI) do MPBA e de 70 policiais rodoviários federais.

RIO DE JANEIRO
Duas operações contra organizações criminosas são realizadas no Rio de Janeiro pelo Gaeco, com o apoio da Coordenadoria de Segurança e Inteligência e da Polícia Civil do Rio. A primeira diz respeito à deflagração da quinta fase da “Operação Open Doors”, que combate um grupo, liderado por hackers, que prática crimes patrimoniais, como a subtração de valores de contas bancárias de terceiros por meio de transações fraudulentas. Serão cumpridos 22 mandados de prisão, além de busca e apreensão, em seis cidades do Estado do Rio de Janeiro e em outros quatro estados: Paraná, Goiás e Minas Gerais. A segunda, denominada “Operação Leak”, cumpre mandados de busca e apreensão contra dois servidores públicos denunciados por lavagem de dinheiro, cuja origem é a atuação em organização criminosa dedicada ao tráfico de drogas. O MPRJ obteve ainda a decretação da prisão preventiva de outra pessoa, que já se encontra custodiada na Cadeia Pública Constantino Cokotós, em Niterói, e a aplicação de medidas cautelares diversas da prisão, inclusive com a suspensão da função pública.

RIO GRANDE DO NORTE
Com o objetivo de apurar desvios de pelo menos R$ 339.902,90 da Prefeitura de Santana do Matos, município da região Seridó potiguar, foi deflagrada a “Operação Carcará” no Rio Grande do Norte. Uma ex-prefeita, dois auxiliares dela e 13 empresas e empresários tiveram os bens e contas bancárias bloqueados e sequestrados. A ex-gestora municipal e os auxiliares estão proibidos de manter contato entre si e passam a ser monitorados por meio do uso de tornozeleiras eletrônicas.
A Operação Carcará cumpre mandados de busca e apreensão em 15 locais em sete cidades. Ao todo, 19 promotores de Justiça, 17 servidores do MPRN e ainda 69 policiais militares participaram da ação.

SÃO PAULO
Em São Paulo, a operação tem duas frentes. A primeira resulta de investigação sobre lavagem de dinheiro decorrente de crimes de fraude licitatória e corrupção em dois municípios. O prejuízo aos cofres públicos foi estimado inicialmente em R$ 600 mil. Os alvos investigados, segundo o GAECO, tiveram movimentação financeira em valor superior a R$ 4 milhões em três anos. Estão sendo cumpridos três mandados de busca e apreensão. A segunda ação é relacionada a uma denúncia sobre lavagem de dinheiro decorrente de organização criminosa destinada a peculatos em contratos do DER. Foram identificados pelo Gaeco seis crimes de lavagem de dinheiro - ocultação e dissimulação de bens e valores envolvendo duas empresas e ocultação na propriedade de quatro automóveis.

SERGIPE
Em Sergipe, foi deflagrada  a terceira fase da Operação Metástase, com o cumprimento de oito mandados de busca e apreensão. A ação acontece em Aracaju e em Nossa Senhora das Dores, e tem como foco principal o aprofundamento de provas de grupo criminoso que atuava na gestão da Fundação Beneficente Hospital de Cirurgia. A operação é realizada pro GAECO em conjunto com o Comando de Operações Especiais (COE) e o Departamento de Combate ao Crime Tributário e Administração Pública (DEOTAP). Segundo o GAECO, por meio de levantamentos de dados e de campo, o ex-gestor do Hospital de Cirurgia utilizou-se de duas construtoras, registradas em nome de “laranjas” - sócios residentes no município de Nossa Senhora das Dores - com a finalidade de desvio de verba pública da saúde e utilizadas na compra de bens e enriquecimento ilícito do gestor à época. A investigação versa sobre crimes contra a Administração Pública, lavagem de dinheiro e organização criminosa

GOIÁS, MINAS GERAIS E PARANÁ
Operações também estão sendo realizadas em Goiás, Minas Gerais e Paraná para cumprimento de mandados judiciais relacionados à “Operação Open Doors”, do MPRJ. Estão sendo cumpridos dois mandados no Paraná, um em Goiás e um em Minas Gerais.
 

Aeroporto de Valença recebe equipamento que auxilia nas operações aéreas

Domingos Matos, 10/09/2019 | 12:23

Os passageiros que utilizam o aeroporto de Valença, no baixo sul baiano, vão ter mais segurança e comodidade durante as operações de pousos e decolagens. A instalação da Estação Meteorológica de Superfície Automática (EMSA) no equipamento aeroviário foi concluída no final do mês de agosto. A tecnologia do equipamento permite informar sobre as condições de clima, temperatura e vento na região aos pilotos de aeronaves.

O aeroporto do baixo sul baiano opera com aviação regular e geral e recebe aeronaves com capacidade para até 88 passageiros. Atualmente, no local chegam voos vindos de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Com isso, contribui para o desenvolvimento econômico da região que recebe turistas que vão visitar as belezas naturais de Valença, Ituberá, Cairu e locais como Morro de São Paulo, Boipeba, Pratigi e Garapuá.

“Em breve, o aeroporto de Lençóis, na Chapada Diamantina, será o próximo a ter a Estação Meteorológica de Superfície Automática para auxiliar nas operações aéreas”, ressaltou Dênisson de Oliveira, diretor de terminais e aeroportos da Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra).

Outros equipamentos aeroviários como o de Feira de Santana, Teixeira de Freitas e Barreiras também receberam a implantação da EMSA. Junto com Valença, aguardam a homologação pelo Comando da Aeronáutica (COMAER) para entrar em funcionamento.

Concessão

A concessão do aeroporto de Valença está em fase de consulta pública. Esta etapa acontece até 26 de setembro e é uma oportunidade para receber opiniões da população e de empresas do setor interessadas na gestão do equipamento aeroviário do sul baiano. A audiência pública será realizada em 3 de outubro, às 10h, no auditório da Agerba, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

Após o recebimento das contribuições dos interessados, será elaborado o edital de licitação para a administração do aeroporto. A empresa vencedora da licitação será responsável pela concessão do local durante 15 anos, podendo ser prorrogado por mais cinco.

Presa mulher suspeita de integrar quadrilha especializada em roubos a bancos e carros fortes

Domingos Matos, 26/08/2019 | 10:12

Integrante de uma quadrilha especializada em roubos a bancos e carros fortes, com atuação na Bahia, Minas Gerais e Pernambuco, Maiane Souza de Jesus, de 31 anos, foi capturada no último final de semana, por investigadores da Delegacia Territorial (DT), de Cruz das Almas, na região do Recôncavo. 

De acordo com o delegado Cristóvão Oliveira, titular da DT/Cruz das Almas, Maiane estava com um mandado de prisão em aberto, expedido pela comarca de Paulo Afonso, após ser condenada à prisão. Em julho de 2018, ela chegou a ser presa durante uma operação policial, em que outros integrantes do banco também foram capturados. 

Condenada a uma pena de cinco anos de reclusão, Maiane foi localizada no bairro Itapicuru, em Cruz das Almas, e conduzida à sede da DT local, onde ficará custodiada aguardando transferência para o sistema prisional. 

Assaltantes são presos pela PRF com carga de whisky roubada na BR-116

Domingos Matos, 14/08/2019 | 08:31

Um caminhão-baú adulterado que transportava 1.656 unidades de whisky roubadas, foi recuperado pela PRF na tarde de ontem (13) na BR 116, trecho do município de Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia.

Tudo começou quando os agentes que realizavam fiscalização de rotina no Km 836 da rodovia, deram ordem de parada a um veículo I/VW Amarok, com três ocupantes. A equipe notou que o comportamento estranho de um dos passageiros 

Diante da suspeita fundada e contradições na entrevista, os PRFs iniciaram os procedimentos de fiscalização e abordagem no automóvel. Após busca minuciosa foi encontrada em uma bolsa aproximadamente 5 gramas de de cocaína. Já na carteira de um deles foi encontrada duas cartelas contendo 17 comprimidos de anfetaminas (nobésio), conhecido popularmente como ‘arrebite’.

Em continuidade a ocorrência e de acordo com as informações levantadas,  os policiais constataram que os indivíduos eram suspeitos de envolvimento em um assalto de carga de bebida ocorrido na segunda-feira (12) em um trecho da BR 251, no estado de Minas Gerais. A Amarok seguia à frente como ‘batedor’ da carga roubada.

A equipe saiu em diligência na rodovia e logo em seguida avistou em sentido contrário um veículo VOLVO/Fh 440, tracionando um semi-reboque. Os agentes retornaram, foi quando o condutor do caminhão, desobedeceu a ordem de parada e empreendeu fuga em alta velocidade.

Durante o acompanhamento tático, o motorista transitou na rodovia em velocidade incompatível, sem observar as normas gerais de circulação e conduta prudente no trânsito, bem como desrespeitou às sinalizações dos trechos durante a fuga, colocando em risco a segurança dos demais usuários da rodovia.

Os ocupantes do caminhão começaram a atirar contra os policiais, que revidaram. Logo em seguida, o veículo entrou na marginal, nas proximidades do povoado de Iguá, onde três indivíduos de armas em punho desceram atirando, abandonaram o caminhão e adentraram no matagal. Um dos projétil perfurou o para-brisa da viatura e transfixou o banco do passageiro e traseiro. Não houve feridos.

Durante fiscalização na carreta, os policiais encontraram no compartimento de carga, diversas caixas de bebidas, do tipo whisky. Foi encontrado também um equipamento JAMMER, utilizado para bloqueio de sinal de rastreamento veicular. Com técnicas de identificação veicular, ficou constatado que o veículo possuí diversas adulterações. A carreta adulterada pertencia a um dos ocupantes da caminhonete Amarok.

Forças policiais da região foram acionadas e seguem na busca dos suspeitos.

Diante dos fatos, a carreta adulterada, o veículo Amarok, a carga roubada, drogas, a documentação apreendida, demais objetos e os três acusados, com idades entre 24 e 38 anos, foram apresentados a autoridade policial de plantão da Delegacia de Polícia Federal em Vitória da Conquista.

Operação Caixa-Forte prende traficantes que atuavam em 4 estados

Domingos Matos, 09/08/2019 | 09:29

Uma força-tarefa formada pelas polícias Federal, Rodoviária Federal e Civil de Minas Gerais deflagrou hoje (9) a Operação Caixa-Forte. É para combater crimes de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro, praticados em âmbito nacional.

A ação conta com a participação de 250 agentes públicos para cumprir 52 mandados de prisão preventiva, 48 mandados de busca e apreensão, 45 mandados de sequestro de valores/bloqueio de contas bancárias em 18 cidades e unidades prisionais de Minas Gerais, São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul.

Até o início da manhã, seis pessoas já tinham sido detidas. Expedidos pela Vara de Tóxicos de Belo Horizonte, os mandados foram cumpridos nos municípios mineiros de Uberaba e Conceição da Alagoas; em Campo Grande e Corumbá, em Mato Grosso do Sul; nos municípios paulistas de São Paulo, Ribeirão Preto, Itaquaquecetuba e Embu das Artes; e nas cidades paranaenses de Curitiba, Londrina, São José dos Pinhais, Almirante Tamandaré, Colombo, Fazenda Rio Grande, Goioerê, Mandirituba, Matinhos, Paranaguá, Pinhais e Piraquara.

Segundo nota divulgada pela Polícia Federal, os presos são investigados pelos crimes de tráfico de drogas, participação em organização criminosa e lavagem de dinheiro. As penas podem chegar a 33 anos de prisão.

Estrutura

Iniciadas em novembro de 2018, as investigações identificaram a existência de uma seção “rigidamente estruturada” dentro de uma facção chamada Geral do Progresso. Segundo a PF, o setor era responsável por gerenciar o tráfico de drogas, “distribuindo os entorpecentes que garantem o sustento da organização criminosa, bem como por orquestrar a lavagem de dinheiro dos valores oriundos dos crimes praticados”.

Ainda segundo os investigadores, “pessoas aparentemente estranhas ao grupo criminoso” tinham suas contas bancárias cooptadas com o objetivo de “ocultar e dissimular a natureza ilícita do montante movimentado”.

Nas contas, pequenas quantias eram depositadas de forma a evitar chamar a atenção de autoridades de controle de atividades financeiras (Coaf). Posteriormente, o dinheiro era transferido a outras contas ou mesmo sacado em terminais eletrônicos.

Quarenta e cinco contas bancárias já foram identificadas e bloqueadas pela Justiça, responsáveis por uma movimentação superior a R$ 7 milhões. (Com informações da Agência Brasil) 

Turismo e religião: Bom Jesus da Lapa recebe 600 mil romeiros

Domingos Matos, 06/08/2019 | 16:32

O oeste baiano comemora, nesta terça (6), a festa do Bom Jesus. A celebração encerra a terceira maior romaria do Brasil e principal do município de Bom Jesus da Lapa - conhecido como capital baiana da fé -, que reuniu, durante 10 dias, cerca de 600 mil visitantes. Dentre eles, baianos de outras cidades e turistas de estados como São Paulo, Minas Gerais, Goiás e Espírito Santo, que levaram a rede hoteleira a alcançar a taxa de ocupação de 100%.

Na cidade desde segunda-feira, o secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, participou da última noite da novena consagrada ao Bom Jesus e da missa solene desta terça-feira, auge da festa. Visitou também a catedral de Nossa Senhora do Carmo, em construção.

“Com mais de 300 anos de tradição, a romaria de Bom Jesus da Lapa mostra a força do turismo religioso na Bahia, que ganhará ainda mais evidência com a canonização de Irmã Dulce”, disse Franco durante as comemorações. A estimativa é de que as romarias realizadas por todo o ano atraiam 2,5 milhões de turistas em experiências de fé.

O turismo religioso é o principal chamariz de Bom Jesus da Lapa, que, segundo o prefeito Eures Ribeiro, vai investir R$ 25 milhões em ações de ampliação da esplanada do santuário, novo calçadão e implantação da praça do romeiro e de um museu aberto para contar a tradição das romarias da cidade.

Movidos pela fé 
Vestida de noiva, a mineira Altaíse Oliveira Dias era uma das fiéis a pagar promessas no santuário. Depois de ser curada de um problema no joelho com complicações que poderiam levar à amputação da perna, a moradora da cidade de Almenara participa pela quinta vez da romaria. “Já são cinco anos vindo aqui assim, para agradecer. Agora faltam sete”, explicou a visitante.

Já Raimundo de Jesus, baiano de Ilhéus, participa da romaria desde a década de 80. “Venho a cada dois ou três anos para agradecer, pois o que se pede ao Bom Jesus sempre dá certo”, relatou.

Também participaram da celebração o prefeito Eures Ribeiro; o secretário de Desenvolvimento Urbano da Bahia, Sérgio Brito; os deputados federal José Rocha e estadual Eduardo Salles; e os secretários municipais de Turismo e de Finanças, Edna Rosa Oliveira e Gildásio Rodrigues Júnior.




Pontos turísticos 
Além do santuário de Bom Jesus da Lapa e suas grutas, Franco visitou o mercado municipal, segundo local mais frequentado pelos visitantes que vão à cidade, localizada às margens do Rio São Francisco. No local, que abriga restaurantes, também são vendidos desde temperos e carnes até artesanato.

Mercado dos romeiros e lojas espalhadas pela cidade mostram como a atividade turística movimenta diversos segmentos da economia, incluindo a produção associada ao turismo, traduzida em artigos como terços, imagens e camisetas, dentre outros.


Hotéis lotados 
Hotéis e pousadas de Bom Jesus da Lapa registraram ocupação máxima. Na Pousada da Lapa, por exemplo, os 62 apartamentos estão ocupados por baianos, mineiros, brasilienses e goianos. Segundo o recepcionista Ivo Dalton, há um mês todas as vagas já estavam reservadas.

Já o hotel La Paz garantiu 100% de ocupação com excursões. “Recebemos grupos que estão nos nossos 60 apartamentos”, disse o recepcionista Denilson Pereira.
 

LBV entrega cestas de alimentos a famílias em situação de vulnerabilidade social no sertão São Francisco

Domingos Matos, 24/07/2019 | 15:52

A Legião da Boa Vontade (LBV) deu início à entrega das cestas de alimentos não perecíveis arrecadados por meio de sua tradicional campanha Diga Sim!, iniciativa de caráter emergencial, que beneficiará famílias em situação de pobreza que enfrentam principalmente nesse período do ano, as estiagens e as cheias.

Com essa mobilização social, a Legião da Boa Vontade visa contribuir para minimizar o sofrimento de crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos em situação de vulnerabilidade social.

No estado baiano, serão entregues 1.350 cestas de alimentos nos dias 14, 15 e 16 de agosto, nos municípios de Sobradinho, Juazeiro e Uauá, localizados no Sertão São Francisco, para famílias atendidas pela LBV e por organizações parceiras da Instituição.

Ação solidária

A meta da LBV é entregar 12.500 cestas de alimentos, contendo itens básicos e que estejam de acordo com os costumes regionais, para famílias nos seguintes Estados: Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Sergipe e Tocantins.

Quem quiser colaborar para a campanha, ainda dá tempo de ajudar! Basta entrar acessar o site www.lbv.org, entrar em contato pelo tel.: 0800 055 50 99, ou ainda dirigir-se a uma das unidades da LBV (lbv.org/enderecos) e levar itens como arroz, feijão, óleo, açúcar, café, leite em pó, macarrão, extrato de tomate, farinha de trigo, farinha de mandioca, flocão de milho, carne de charque, gelatina, massa para bolo entre outros.

Acompanhe a entrega das doações:

14/08 (quarta-feira)

9h – Povoado de Algodões Novos e Velhos (Sobradinho/BA)

11h – Povoado de Correnteza (Sobradinho/BA)

16h – Comunidade de Goiabeira do Salitre (Juazeiro/BA)

15/08 (quinta-feira)

8h – Comunidade de Serra dos Espinhos (Juazeiro/BA)

15h – Povoado do Arraial (Uauá/BA)

16/08 (sexta-feira)

9h – Fazenda de Santana e Fazenda de Umbuzeiros (Uauá/BA)

15h – Sitio do Meio e Sitio Zacarias (Uauá/BA)

Para saber mais sobre a entrega das doações, acesse o endereço LBVBrasil no Facebook, no Instagram e no YouTube.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.