Tag: morte

Governador anuncia data de pagamento do Prêmio por Desempenho Policial

Domingos Matos, 03/10/2019 | 08:29

No PapoCorreria de terça-feira (1º), transmitido nas redes sociais ao vivo, o governador Rui Costa anunciou o pagamento, na primeira quinzena de novembro, de R$ 40 milhões do Prêmio por Desempenho Policial (PDP). Os beneficiados diretos são mais de 25,3 mil servidores, entre militares, civis e técnicos, que trabalharam para a meta de reduzir, em pelo menos 6%, o Índice de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) na Bahia, no primeiro semestre deste ano.

No período, de acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), os registros desses crimes caíram 16%. No acumulado do ano, de janeiro a setembro, a Bahia apresentou número 14,2% menor que no mesmo período de 2018. Setembro deste ano traz ainda um dado histórico: o menor número de mortes violentas em um mês dos últimos seis anos, totalizando 347 casos.

Criado pela SSP em 2013, em reconhecimento aos esforços da equipe no combate à criminalidade no estado, o PDP já beneficiou mais de 132 mil servidores com R$ 172 milhões pagos.

Outubro Rosa: uma em cada 12 mulheres receberá o diagnóstico de câncer de mama ao longo da vida

Controle de peso, alimentação balanceada e exames periódicos de rotina são aliados na luta contra a doença

Domingos Matos, 01/10/2019 | 00:21
Editado em 01/10/2019 | 15:28

Levantamento realizado pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA) revelou que o Brasil somará cerca de 60 mil novos casos de câncer de mama em 2019,  número que corresponde a 28% de todos os diagnósticos da doença registrados no país - o que faz dele o tumor mais incidente entre as mulheres depois do câncer de pele-não melanoma. Mundialmente os dados também são alarmantes: o câncer de mama afeta 2,1 milhões de pessoas por ano e é o quinto que mais mata, de acordo com o Globocan 2018, um estudo da Agência Internacional para a Pesquisa do Câncer.

Neste sentido, um dos principais mecanismos de controle e identificação da doença ainda é a mamografia que, de acordo com o INCA, deve ser feita por todas as mulheres com mais de 40 anos. Todavia, é justamente na adesão a este exame de imagem que está um dos entraves para vencer a doença.

A Pesquisa Nacional de Saúde 2013 (PNS),  a mais recente disponível no Brasil, aponta que 3,8 milhões de mulheres de 50 a 69 anos nunca realizaram mamografia, o que corresponde a 18,4% da população feminina nessa faixa etária. O maior índice entre as grandes regiões fica no Norte (37,8%), contra 11,9% do Sudeste, que tem a menor taxa.

“O primeiro e principal passo para combatermos a doença é o conhecimento. Temos que maximizar a exposição das informações para que cada vez mais mulheres e população em geral estejam conscientes da necessidade de realização da mamografia”, afirma Bruno Ferrari, oncologista e Presidente do Conselho de Administração do Grupo Oncoclínicas.

A opinião do médico é endossada por um levantamento da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) que aponta para uma realidade diretamente relacionada à evolução nos índices de  envelhecimento da população: uma em cada 12 mulheres receberá o diagnóstico de um tumor nas mamas até os 90 anos de idade. E a importância das medidas voltadas à conscientização sobre o este tipo câncer ainda é justificada por mais um dado: as chances de cura chegam a 95% dos casos quando o tumor é detectado no início.

Por isso Ferrari é taxativo, o diagnóstico precoce é fundamental para as chances de recuperação dos pacientes. Ele lembra ainda que mulheres com histórico de câncer na família, ou seja, cujas mães, avós ou irmãs tiveram câncer de mama, devem iniciar o rastreio por mamografia mais cedo, aos 35 anos.

“Cerca de 10% dos casos de câncer de mama estão associados a fatores genéticos hereditários, ou seja, transmitidos de pais para filhos. Nessas situações, o controle preventivo deve ser iniciado antes mesmo dos 40 anos por conta do risco aumentado”, explica.

Mudanças

Além de realizar exames preventivos com frequência, cultivar uma rotina saudável, de acordo com Ferrari, é a chave para reduzir as taxas de câncer de mama. Parar de fumar, buscar uma alimentação saudável e manter uma rotina de exercícios para ficar em forma estão, em geral, associados à vaidade e a beleza. A boa notícia é que essas e outras atitudes exercem também papel fundamental na prevenção do câncer de mama.

“A prática regular de exercícios físicos e adoção de uma dieta alimentar balanceada são essenciais tanto para reduzir as chances de incidência do câncer de mama quanto para reduzir os riscos de recidiva da doença”, avisa.

Segundo o oncologista, obesidade, sedentarismo e tabagismo estão entre os fatores evitáveis que podem contribuir para o surgimento da doença.

E ele não está sozinho. Uma pesquisa publicada na revista Nature e que contou com a colaboração do Ministério da Saúde revela que uma em cada dez mortes em decorrência de câncer de mama no Brasil – cerca de 12% – poderia ter sido evitada com a prática de atividade física regular. De acordo com a pasta, os números mostram que, em 2015, 2.075 mortes poderiam ter sido evitadas se as pacientes realizassem pelo menos uma caminhada de 30 minutos ao dia cinco vezes por semana.

Um outro estudo da Sociedade Norueguesa de Câncer, realizado com 102.098 mulheres na Noruega e na Suécia durante dez anos, descobriu que, em comparação com os não fumantes, aquelas que fumaram 10 ou mais cigarros por dia durante 20 ou mais anos tinham um três vezes mais risco de desenvolver câncer de mama invasivo. Meninas que começavam a fumar antes dos 15 anos tinham quase 50% mais chances de ter o tumor.

A importância desse tipo de atitude não fica apenas na prevenção, alerta o médico. “Uma série de pesquisas científicas como essas sugerem que indivíduos que praticam atividade física e seguem uma dieta equilibrada têm melhores respostas ao tratamento e, portanto, apresentam taxa de sobrevivência maior ao câncer cinco anos após o diagnóstico”, destaca Bruno Ferrari.

Setembro Amarelo alerta adolescentes sobre suicídio

Domingos Matos, 24/09/2019 | 11:34

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SDS) realizou uma série de palestras com estudantes da rede municipal, estadual e instituições de Ilhéus, para o enfrentamento do suicídio, ações alusivas ao Setembro Amarelo. O suicídio é uma das principais causas de morte no País, ocorrendo em sua maioria, entre jovens na faixa de 15 a 29 anos, segundo o Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM).

Algumas palestras já foram iniciadas para o alunado do Centro Educacional Álvaro Melo Vieira (CEAMEV), Colégio Modelo, Fábio Araripe, Rotary, Colégio da Polícia Militar, Instituto Mix de Profissões e Instituto Federal de Educação e Ciência.      

Dinorá Leão, diretora do Colégio Polícia Militar, disse que as palestras vieram somar com as atividades que foram iniciadas na escola. “Nossos jovens passam por um momento bastante difícil, então, é preciso despertá-los para a valorização da vida. Acompanhamos de perto cada um deles, e quando percebemos algo diferente, encaminhamos o jovem para a Assistência Social ou ao psicólogo e alertamos a família”.

De acordo com os coordenadores, serão realizadas, em breve, outras palestras sobre o tema. A Construtora OAS, Serviço Social da Indústria (SESI) e no Colégio Paulo Américo recebem a iniciativa. As palestras estão sendo realizadas pelos psicólogos Gustavo Pestana, Débora Lino e a neuropsicopedagoga, Dejanira Sodré.

“É importante abordar temas sobre saúde mental, depressão, suicídio não apenas nas escolas, mas em todos os lugares. Mostramos os sinais de alertas durante as palestras, como tristeza profunda durante três semanas, falta de vontade de realizar as atividades rotineiras, alterações do sono, pensamentos de morte, são sinais de alerta", destaca o psicólogo Gustavo Pestana.

Pestana ainda salienta que quando uma pessoa comete suicídio ela deu pelo menos três sinais de alerta. “O suicídio acarreta uma depressão, e a depressão é uma doença, não é fressura, não é falta do que fazer. Depressão é uma doença crônica e grave e precisa ser tratada”.

 

Caminhada – No dia 2 de outubro, às 8h, concentração no estacionamento da Avenida 2 de Julho, onde será realizada caminhada de enfrentamento ao suicídio com os estudantes das escolas municipais e estaduais, servidores públicos da SDS.  A caminhada visa chamar a atenção de toda sociedade para o alto índice de suicídio e a valorização da vida. 

O Setembro Amarelo é a campanha de conscientização sobre a prevenção ao suicídio, quando se intensificam as ações de conscientização. O assunto é uma preocupação permanente, mas durante o mês, ganha visibilidade maior.  Ligue 188 e peça ajuda, ou, procure seus familiares e órgãos públicos como o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) para o encaminhamento para um profissional de saúde.

 

Mandante de crime e pistoleiro contratado por eles são presos

Domingos Matos, 23/09/2019 | 10:27

Dois homens envolvidos numa briga entre famílias ciganas, que resultou em sete mortes e 13 tentativas de homicídios, ocorridas em quatro estados e no Distrito Federal (DF), foram presos na última quarta-feira (18), durante uma ação deflagrada pela 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) e policiais militares, de Eunapólis.

O coordenador regional, delegado Moisés Damasceno, informou que o bombeiro militar da cidade de São Paulo Charles Pereira de Araújo, de 42 anos, e o cigano Nivaldo Ribeiro Dantas, estavam na cidade há quatro dias, planejando matar outra família, moradores do bairro Santa Isabel, naquela cidade.

Charles foi preso por volta das 21h de quarta, durante uma abordagem realizada pelo Esquadrão de Motociclista Falcão Sul, do 7º CIPM/Eunápolis. “O militar estava abordo de um automóvel, cuja placa ele havia adulterado com fitas adesivas, num local ermo, nas imediações do bairro Santa Isabel”, explicou o delegado.

Em desdobramento dessa prisão, os investigadores da 23ª Coorpin/Eunápolis identificaram o segundo envolvido no plano, Nivaldo Dantas, que já havia passado por dois hotéis da cidade e foi alcançado no município de Itabela, quando tentava fugir para Vitória/ES. Nivaldo tentou subornar os policiais para não ser preso.

De acordo com o delegado Moisés Damasceno, ficou apurado nas investigações que Nivaldo contratou o policial paulista para matar a família de Zanata Ribeiro Dantas, que também é seu primo. Segundo as informações, o combinado era que o pistoleiro matasse o maior número de pessoas da família, e por isso ele aguardava a oportunidade em que os familiares de Zanata se reunissem.

Charles e Nivaldo foram conduzidos à sede da 23ª Coorpin/Eunápolis e aguardam transferência para o sistema prisional. As investigações prosseguem para identificar a participação de outras pessoas. Os crimes envolvendo as famílias ciganas ocorreram na Bahia, Tocantins, Maranhão, Rondônia e Distrito Federal, entre fevereiro de 2017 e agosto de 2019.

 

Polícia realiza reconstituição da morte do pastor Anderson do Carmo

Domingos Matos, 23/09/2019 | 07:01

A Polícia Civil do Rio de Janeiro realizou entre a noite de ontem e a madrugada de domingo (22) a reconstituição do assassinato do pastor Anderson do Carmo, que era casado com a  deputada federal Flordelis (PSD-RJ).

De acordo com a Secretaria de Polícia Civil, 13 pessoas participaram da reconstituição, que foi realizada na casa da família, onde ocorreu o crime. O procedimento se estendeu das 21h30 de ontem até as 4h de hoje e contou com a colaboração da parlamentar.

As investigações seguem em andamento na Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí, e a previsão é que um laudo seja produzido dentro do prazo de 30 dias.

O crime ocorreu na madrugada do dia 16 de junho, após o pastor retornar para casa, de carro, em companhia da mulher. Anderson foi atingido por mais de 30 tiros na garagem da casa, quando retornou ao carro para apanhar algo que tinha esquecido, e morreu momentos depois de chegar ao hospital.

Nesta semana, policiais estiveram, em quatro endereços da deputada e apreenderam celulares, computadores e documentos em busca de informações que possam ajudar a elucidar o crime.

Dois filhos do casal, Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas dos Santos de Souza são réus no processo e cumprem prisão preventiva, decretada em agosto pela 3ª Vara Criminal de Niterói.  (Com informações da agência Brasil)

 

Pastores acusados pela morte de Lucas Terra vão a júri popular; vítima tinha 14 anos na época do crime

Domingos Matos, 19/09/2019 | 10:27
Editado em 19/09/2019 | 10:43

Os pastores Joel Miranda e Fernando Aparecido da Silva, acusados de assassinarem em 2001 o garoto Lucas Terra (foto), de 14 anos, serão julgados em júri popular, conforme decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Na tarde de ontem (18), a 2ª Turma da Corte acatou, por maioria, o recurso do Ministério Público Federal contra decisão que anulou a pronúncia dos acusados determinada pelo Tribunal de Justiça da Bahia. A denúncia contra os pastores foi oferecida à Justiça pelo Ministério Público estadual em 2008. 

A pronúncia contra os pastores havia sido anulada, em novembro 2018, pelo ministro Ricardo Lewandowsky em decisão monocrática que argumentou pela falta de provas. Ontem, o voto dele foi vencido. Votaram a favor do recurso os ministros Celso de Mello, Edson Fachin, Gilmar Mendes e a ministra Carmen Lúcia.

 

Itacaré realiza palestra sobre a “Prevenção do Suicídio”

Domingos Matos, 16/09/2019 | 07:07

A Prefeitura de Itacaré se une à campanha nacional Setembro Amarelo de Combate ao Suicídio, promovendo uma série de ações, palestras e informações sobre os riscos desse problema e a abordagem de um tema tão complexo que tem tirado muitas vidas. E como parte dessas ações, a Secretaria de Desenvolvimento Social de Itacaré estará realizando na próxima quarta-feira (18), a palestra com o tema “Prevenção ao Suicídio – Setembro Amarelo”, com a psicóloga Ana Paula Laranjeira.

A palestra acontecerá às 10 horas da manhã na sede da Secretaria de Desenvolvimento Social, ao lado do Clube Pirajá, e é aberta a todas as pessoas interessadas em conhecer mais sobre o problema e descobrir as formas de ajudar cada vez mais a mostrar o dom da vida. De acordo com a secretária de Desenvolvimento Social de Itacaré, Sirlândia Lyrio, o objetivo desse trabalho é alertar a comunidade sobre o problema, acompanhar e prestar assistência as pessoas, nformar sobre os fatores de riscos e as formar de apoio, como elevar a autoestima, o bom suporte familiar, os laços sociais estabelecidos, atividades de lazer, o senso de responsabilidade com a família e mostrar a importância da vida.

Setembro Amarelo é uma campanha brasileira de prevenção ao suicídio, iniciada em 2015. É uma iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). O mês de setembro foi escolhido para a campanha porque, desde 2003, o dia 10 de setembro é o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio. A ideia é promover eventos que abram espaço para debates sobre suicídio e divulgar o tema alertando a população sobre a importância de sua discussão.

No Brasil, o suicídio é considerado um problema de saúde pública e sua ocorrência tem aumentado muito entre jovens. De acordo com números oficiais, 32 brasileiros se matam por dia em média, sendo essa uma taxa maior do que a de vítimas de AIDS e da maioria dos tipos de câncer. De acordo com um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) de 2014, o Brasil está em oitavo dentre os países com maior número de suicídios. No mundo, o suicídio é a terceira causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos e a sétima causa de morte de crianças entre 10 e 14 anos de idade. A OMS também afirma que o suicídio tem prevenção em 90 por cento dos casos.

 

Policiais receberão R$ 40 milhões por redução de mortes no semestre

Domingos Matos, 11/09/2019 | 11:54

Cerca de R$ 40 milhões serão pagos para policiais militares, civis e técnicos que conseguiram reduzir, em pelo menos 6%, os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), na Bahia, no primeiro semestre de 2019, numa comparação com o mesmo período do ano passado. A iniciativa do Governo do Estado faz parte do Prêmio por Desempenho Policial (PDP), ação desenvolvida pela Secretaria da Segurança Pública (SSP), que busca incentivar e reconhecer os esforços no combate à criminalidade.

No total, serão 25,3 mil servidores contemplados, entre eles 19.590 militares, 4.355 civis, 841 técnicos e 563 que atuam em superintendências da SSP. Criado em 2013, o PDP já pagou R$ 172 milhões a 132,5 mil servidores.

“Buscamos sempre valorizar o nosso servidor com novos equipamentos, ampliação das equipes através de concursos, modernização do trabalho com incremento de novas tecnologias, entre outras medidas. O PDP é mais uma ferramenta que reconhece o esforço de todos”, destacou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

Morador passal mal e cai do último andar de prédio em Itabuna

Domingos Matos, 11/09/2019 | 07:01
Editado em 11/09/2019 | 16:52

Um homem morreu na noite de ontem (10), após cair do 14º andar de um prédio na Avenida Garcia, centro de Itabuna. 

A vítima, Alisson Menezes de Araújo, de 34 anos, teria sofrido uma crise de convulsão, no momento em que estava debruçado sobre a sacada do seu quarto. O corpo de Alisson foi sepultado na tarde de hoje (11).  O rapaz fazia parte do Clube de Desbravadores da Igreja Adventista, onde deixou muitos amigos, que lamentaram sua morte nas redes sociais. 

O caso está sendo apurado pela polícia.

Polícia identifica suspeito de matar taxista em Itabuna; vítima morava em Ibicaraí

Domingos Matos, 09/09/2019 | 21:09

O suspeito de executar na noite do último sábado (07), o taxista José Alberto Carvalho Santos (foto), de 55 anos, foi identificado pela polícia, por meio de testemunhas. Trata-se de Carlos Julião Sobrinho, mais conhecido como o “Carlito”, de 35 anos.

O crime aconteceu no bairro Jaçanã, em Itabuna. O taxista morava em Itabuna e estava transportando um casal, que também foi baleado no ataque. O casal teve ferimentos leves e já foi, inclusive, liberado do Hospital de Base.

Segundo a polícia, a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte) foi descartada. O acusado não levou nada da vítima. Até o fechamento dessa matéria, Carlos Julião, que é ex-presidiário, continuava foragido.

Vigilância Sanitária apreende produtos impróprios para o consumo humano

Domingos Matos, 09/09/2019 | 18:45

A Vigilância Sanitária (Visa) da Secretaria de Saúde de Itabuna apreendeu, na ultima sexta-feira (dia 06), um total de 75 litros de leite in natura que estavam sendo comercializados em dois supermercados do bairro Nova Itabuna. A apreensão foi feita durante visita de rotina dos fiscais da vigilância e o leite que estava armazenado em embalagens sem nenhum tipo de registro, foi derramado.  Também foram aprendidos nos supermercados, cerca de 10 quilos de calabresa com prazo de validade vencido, segundos os fiscais.

O diretor da Visa, Manoel Mattos, explicou que a venda do leite in natura  para o consumo humano é proibida e obedece o Código de Postura do Município. Ele lembra que Itabuna tem industrias de beneficiamento de leite, o que não justifica a venda em paralelo. “Quem pratica esse ato está colocando a vida do consumidor em risco de contrair doenças graves”, disse o diretor

Ele informou que tuberculose, salmonela e brucelose, além de intoxicação alimentar  são as algumas das principais doenças transmitidas ao homem, por meio da ingestão do leite in natura. “São doenças graves que podem levar a sérias complicações, inclusive com risco de morte”, alerta o diretor.

Manoel diz ainda que a pasteurização é importante porque diminui a quantidade de bactérias encontradas no leite, isso se o produto estiver dentro do prazo de validade.  Já os fiscais chamam a atenção da população para que, ao comprar qualquer produto em lojas, supermercados ou qualquer outro estabelecimento que venda alimentos, principalmente, observar as condições das embalagens e o prazo de validade de cada item.

Denúncias podem ser feitas diretamente à sede da Vigilância Sanitária, na avenida Manoel Chaves, no bairro São Caetano, ou por meio do telefone 3617-9169 , das 8 da manhã às 17 horas.

 

Assalto, tiros e morte em ponto de ônibus de Ilhéus

Domingos Matos, 09/09/2019 | 14:33
Editado em 09/09/2019 | 14:08

Dois suspeitos foram baleados durante um assalto em um ponto de ônibus no bairro Jardim Savóia, em Ilhéus, na manhã desta segunda-feira (9). Um dos acusados morreu no local e o outro foi socorrido pelo Samu para o Hospital Regional Costa do Cacau.

Segundo a Polícia Civil, os tiros foram disparados por um policial militar, lotado na Cipe/Caema, que reagiu ao assalto. Ele estava em companhia da esposa no ponto de ônibus, no momento em que foram supreendidos pela dupla de assaltantes, que chegou armada e ameaçando as vítimas. 

Denilson de Jesus Pereira, suspeito que sobreviveu, será encaminhado para o presídio Ariston Cardoso, assim que tiver alta.

A polícia vai instaurar inquérito para apurar o caso, mas adiantou que o soldado agiu em legítima defesa. O assaltanto morto não havia sido identificado até o fechamento dessa matéria. 

Preso suspeito de integrar grupo que matou mototaxista durante assalto em Ilhéus

Domingos Matos, 04/09/2019 | 18:35

Um homem foi preso suspeito de participar da morte de um mototaxista, baleado depois de ter a moto roubada por um passageiro, em Ilhéus, cidade do sul da Bahia. Segundo a polícia, a prisão ocorreu na terça-feira (3). Outros dois homens também estão presos pelo crime.

Lucas Lima Silva foi preso no bairro Banco da Vitória e é apontado como mentor do roubo da motocicleta, que terminou na morte de Edgar João dos Santos (foto). O suspeito foi encaminhado para a delegacia e vai passar por audiência de custódia ainda nesta semana.

Edgar foi morto em julho deste ano, depois de aceitar uma corrida para o Condomínio Morada do Porto, na região do Banco da Vitória.

Segundo a polícia, ao chegar no local, o passageiro anunciou o assalto e Edgar tentou reagir, mas acabou baleado na cabeça e morreu no local. O suspeito fugiu com a moto e uma pochete que tinha os documentos da vítima. (Com informações do G1)

 

Hospital de Base abre campanha “Setembro Verde” em prol da doação de órgãos

Domingos Matos, 03/09/2019 | 19:39

Com o tema “O Verdadeiro Herói Está em Você – Doe Órgãos, Doe Vida!”, teve início na manhã desta terça-feira (02) à campanha do Setembro Verde 2019,mês de conscientização acerca da importância da doação de órgãos e tecidos. O evento organizado pela Organização de Procura de Órgãos do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (OPO Sul – HBELEM) reunirá, durante de todo o mês de setembro, uma programação repleta de ações e atividades educativas.

Presente no evento de lançamento da campanha, a ex-presidente da Fundação de Atenção a Saúde de Itabuna (FASI), Vânia Cordier, na oportunidade representando Juvenal Maynart, destacou a importância da doação de órgãos e falou sobre a os resultados positivos da OPO Sul no HBLEM. Na ocasião, Vânia agradeceu aos funcionários do hospital pelo acolhimento no período em que esteve à frente da instituição e parabenizou a organização do Setembro Verde. “Conseguimos ver que essa equipe conduz isso com muito amor e só esperamos que todos os setores se empenhem nesta campanha do Setembro Verde, porque doação é vida, doação é amor”, destacou.

A enfermeira coordenadora da OPO Sul, Naama Ramos, explicou o funcionamento do setor, ressaltando a importância de cada profissional que participa do processo de doação, desde o surgimento de um diagnóstico que permite a abertura de um protocolo de morte encefálica, passando pela confirmação da doação por parte da família, chegando até a etapa de captação e envio do órgão para transplante. Segundo Naama, este é um serviço que depende de todos para que as ações deem certo, e por isso é cada vez mais importante a realização de campanhas como o Setembro Verde, que mobiliza a sociedade a conhecer o tema.

Em seu discurso, Naama observou que atualmente ainda existem mais de 600 pessoas na fila de espera por um transplante de córnea e que, por isso, é preciso se manter empenhado em fortalecer as ações educativas para conscientizar as pessoas em relação a importância da doação. “Setembro é um mês especial e acausa da OPO não é só nossa, mas de todo o Hospital de Base, de toda a sociedade. É preciso que todos façam parte desta rede do ‘sim’”, concluiu a enfermeira, explicando que, para ser um doador, é preciso que o cidadão informe à sua família a vontade de praticar este ato de solidariedade, dizendo “sim” à doação. 

 

Hospital Regional Costa do Cacau inicia ações em prol do Setembro Verde

Domingos Matos, 03/09/2019 | 17:32

Uma das maiores dificuldades enfrentadas na captação de órgãos para transplante no Brasil é a negativa familiar. Muitas vezes essa atitude ocorre por diversos fatores, como falta de conhecimento sobre o tema, estado emocional, medo e até mesmo, cultural. Na Bahia, segundo dados do Sistema Estadual de Transplantes, apenas 30% das famílias entrevistadas dizem sim a doação.  

Diante desse quadro preocupante, todos os anos é realizada, em toda a rede de saúde do país, a campanha Setembro Verde, que tem como objetivo sensibilizar a sociedade e familiares de pacientes potenciais doadores - diagnosticados com morte encefálica, internados sob cuidados intensivos, conforme autorização consentida prevista em lei.

No Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), um dos pontos de captação de órgãos no interior da Bahia é coordenado pela Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT). O enfermeiro coordenador, Ronaldo Vital Pereira disse que o setor realiza trabalho de sensibilização com as famílias durante todo o ano, intensificando ações durante a campanha.

“Iniciamos nossas ações em prol do Setembro verde neste domingo, 1º. E nesse processo de doação de órgãos, o principal fator é a humanização, o acolhimento. Nesse momento, a gente explica a situação para os familiares e busca a compreensão de que doar os órgãos de um ente querido é um gesto de amor com o próximo que precisa”, ressalta o coordenador da CIHDOTT – HRCC.  

Já Almir Gonçalves, diretor assistencial do HRCC destaca a importância do Setembro Vede. “A campanha busca conscientizar a população sobre se tornar um doador de órgãos e compartilhar esperança a pessoas que esperam por uma nova oportunidade. A equipe esclarecendo as dúvidas e reconhece que mesmo em um momento de dor, a família tem um gesto nobre que é o de salvar vidas”.

O Setembro Verde tem seu ponto alto no dia 27 de setembro, considerado o dia D da campanha. No último dia 28 de maio, o CIHDOTT – HRCC realizou a captação de múltiplos órgãos (coração, rins, fígado e córnea). Além disso, em 2019, a unidade captou, até agosto, 19 córneas. 

 

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.