Tag: mulher

Mulher transportava 100 kg de maconha em ônibus

Domingos Matos, 18/11/2019 | 18:41
Editado em 18/11/2019 | 17:18

A Polícia Rodoviária Federal prendeu na noite de domingo (17) uma mulher que transportava 100 Kg de maconha em um ônibus, interceptado num trecho da BR-116, em Jequié, no sudoeste da Bahia. A suspeita de 34 anos não teve o nome divulgado pela PRF.

A acusada viajava em um ônibus que partiu de São Paulo (SP) com destino Arapiraca (AL). O flagrante ocorreu durante fiscalização da Operação Proclamação da República, na altura do KM 677. Os 183 tabletes da maconha estavam distribuídas em duas malas, no compartimento de bagagens

Ao ser interrogada pelos policiais, a mulher relatou que receberia R$ 6 mil para transportar a maconha da região do Brás, em São Paulo, onde recebeu o material, até Aracaju.

Ela foi presa em flagrante e levada para a Delegacia de Jequié. Os tabletes de maconha foram apreendidos e levados para a polícia.

 

Itabuna: polícia investiga assassinato de idoso; vítima foi morta a facadas dentro de casa

Domingos Matos, 18/11/2019 | 16:36
Editado em 18/11/2019 | 17:16

A polícia segue investigando o assassinato de um idoso de 60 anos, morto a facadas dentro da casa onde morava sozinho, no bairro Califórnia, em Itabuna. Uma garota de programa é a principal suspeita do crime, que aconteceu na última sexta-feira (15), feriado de Proclamação da República. Até o fechamento dessa matéria, a mulher não havia sido localizada.

O corpo da vítima, identificada como Odivan Borges dos Santos, foi localizado por vizinhos, que acionaram a polícia. O homem era mais conhecido como "Theo Furão".

O caso está sendo investigado pela delegada Magda Sueli.

Itacaré inicia 2ª etapa da campanha de vacinação contra o sarampo

Domingos Matos, 18/11/2019 | 08:34
Editado em 18/11/2019 | 08:46

A Secretaria Municipal de Saúde de Itacaré iniciou nesta segunda-feira (18) a segunda etapa da campanha de vacinação contra o sarampo, que vai até o dia 30 de novembro. Nessa etapa estão sendo vacinados jovens e adultos na faixa etária de 20 a 29 anos que ainda não foram imunizados contra o sarampo. A orientação é que procurem a unidade de saúde mais próximo de sua residência.

Já no doa 30 de novembro vai acontecer o dia de mobilização nacional, o chamado de Dia D de vacinação contra o sarampo. Para isso a Prefeitura de Itacaré estará realizando a vacinação em todas as unidades de saúde do município e também postos volantes em diferentes pontos da cidade e também na zona rural. O objetivo é atender aqueles que não se vacinaram nos dias úteis ou que esqueceram de procurar os postos para a imunização. Paralelo a esse trabalho, a Secretaria Municipal de Saúde também continua com a vacinação volante da zona rural imunizando desde crianças de 6 meses até os adultos de 49 anos.

Seguindo as orientações do Ministério da Saúde, a campanha é de forma seletiva, ou seja, haverá avaliação da situação vacinal e vacinação conforme o calendário vacinal vigente. Nessa faixa etária, homens e mulheres devem ter comprovadamente 2 doses da vacina tríplice viral (SCR ou MMR). Aqueles que não possuem carteira de vacinação, receberão a primeira dose da vacina e deverão comparecer 30 dias depois para receber a segunda dose. Importante ressaltar que o indivíduo só fica devidamente imunizado, após a segunda dose da vacina.

O sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espira ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina. Em torno de 3 a 5 dias, podem aparecer outros sinais e sintomas, como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que, em seguida, se espalham pelo corpo. Após o aparecimento das manchas, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças menores de 5 anos de idade. 

 

Hospital de Itacaré não vai mais à leilão

Domingos Matos, 16/11/2019 | 09:01

Em uma ação conjunta da Prefeitura de Itacaré, Câmara de Vereadores, Governo do Estado da Bahia e o deputado estadual Rosemberg Pinto, o governador Rui Costa publicou no Diário Oficial desta quinta-feira o decreto 19.336 considerando de utilidade pública, para fins de desapropriação, o imóvel sede da Fundação Hospitalar de Itacaré, com os bens móveis e benfeitorias nele existentes. Isso significa dizer que o imóvel da Fundação Hospitalar não irá mais a leilão, como estava previsto, e destinará, conforme o decreto, ao funcionamento da Unidade Hospitalar e Ambulatorial de Saúde de Itacaré.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anizio, comemorou a decisão, não somente por garantir a todo o povo do município a permanência do hospital, prestando importantes e relevantes serviços, mas também pela história da Fundação Hospitalar, criada com a missão de salvar vidas e que ao longo desses anos vem garantindo atendimento a todos que procuram esta unidade. E com a desapropriação, a Prefeitura de Itacaré e o Governo da Bahia poderão realizar investimentos, reformas, melhorias e benfeitorias que possam garantir um atendimento cada vez melhor a todo o cidadão.

O prefeito falou da luta de todos para garantir a permanência do hospital, transformando definitivamente numa unidade de atendimento da rede pública, mas fez questão de parabenizar a todas as voluntárias sociais que um dia tiveram o sonho e concretizaram essa missão de criar a Fundação Hospitalar de Itacaré. “Foram tantas mulheres de garra que fizeram desse sonho realidade. Mulheres como Mãe Jú, Dona Geni, Rejane, Cleonice Sá, Dona Zil e tantas outras a quem devemos muita gratidão, respeito e homenagens. A desapropriação é mais uma etapa para que a gente possa melhorar a cada dia o atendimento”, complementou o prefeito.

Fundada em 1970, a Fundação Hospitalar de Itacaré, entidade mantenedora do hospital, vem prestando ao longo desses anos relevantes serviços na área de saúde. Atualmente a entidade conta com o apoio da Prefeitura de Itacaré, que vem garantindo o funcionamento do hospital com a aquisição de equipamentos, materiais, médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e serviços gerais, além das despesas com água, energia e manutenção.

No mês de outubro o prefeito Antônio de Anízio encaminhou à Câmara de Vereadores o projeto de lei declarando de utilidade pública o prédio onde funciona o Hospital de Itacaré e colocando o imóvel com a finalidade de utilização como Unidade Hospitalar. No projeto, que foi aprovado por unanimidade pelos vereadores, o prefeito justifica a necessidade da permanência do hospital, que durante décadas vem servindo à população, beneficiando os itacareenses e turistas com um serviço tão essencial que é a saúde.

 

Polícia conclui que morte de motorista de aplicativo foi premeditada; mandante está preso por tráfico

Domingos Matos, 15/11/2019 | 17:41

A Polícia Civil concluiu que a morte do jovem de 24 anos que trabalhava como motorista por aplicativo na cidade de Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia, foi premeditada. Conforme o delegado Marcus Vinicius, que investiga o caso, o mandante do crime está preso no no conjunto penal do município por tráfico de drogas.

Segundo informações de Marcus Vinicius, os dois jovens, de 21 e 22 anos, que foram presos pela suspeita de matarem a vítima, no sábado (9), mudaram de versões durante as investigações.

De acordo com o delegado, os suspeitos chegaram a usar o celular da vítima para dizer que Hiago Evangelista Freitas tinha envolvimento com o tráfico de drogas.

"Pegou um chip, usou o próprio aparelho da vítima para mandar uma mensagem para a família informando que seria uma dívida do tráfico e colocou o nome de um integrante da facção rival. Nós percebemos logo no início que isso poderia ser uma forma de atrapalhar nossas investigações", disse o delegado.

Os suspeitos contaram em depoimento que Hiago Evangelista Freitas tentou um envolvimento amoroso com a companheira do presidiário e por isso, ele teria ordenado a morte da vítima.

"Segundo informações, a vítima teria começado a tentar um envolvimento com a mulher que tem o seu companheiro preso no conjunto penal. A partir do momento em que esse preso soube disso, ele determinou a morte e a subtração dos bens da vida. Não foi só o homicídio em si, ele também quis subtrair os pertences da vítima", contou Marcus Vinicius.

Ainda segundo o delegado, um dos suspeitos, dias antes do crime, teria feito amizade com Hiago em uma rede social, no dia do crime. A corrida foi contratada por meio de um aplicativo de mensagens.

"Ele confirmou que fez amizade na semana do crime, nós verificamos isso e é verdade. Foi para procurar saber um pouco da vida da vítima e investigar a vida. Ele convidou o Hiago para uma corrida pelo WhatsApp", explicou.

O estudante de odontologia desapareceu após sair para fazer uma corrida, foi queimado vivo. A vítima foi encontrada morta no início da tarde de sexta-feira (8).

Alexandre Cruz Brito, de 21 anos e Rodrigo Porto Oliveira Silva, de 22, confessaram o crime à polícia. Ao delegado Fabiano Aurich, responsável pela investigação do crime, a dupla disse que assaltou Hiago com um revólver falso e que o crime foi premeditado.

Segundo informações do delegado Fabiano Aurich, que também investiga o caso, os suspeitos foram encontrados com a ajuda de um cão farejador. O animal levou os investigadores da Polícia Civil a um local próximo da casa do suspeito Rodrigo Porto, onde os policiais encontraram objetos pessoais da vítima.

Hiago Evangelista Freitas era estudante de odontologia e desapareceu na noite de quarta-feira (6), após deixar a namorada em casa para fazer corridas no município.

Ao delegado, os dois disseram ainda que depois imobilizaram Hiago e o levaram para a estrada que liga o bairro de São Sebastião à cidade de Barra do Choça, onde ele foi morto a facadas. O corpo de Hiago foi encontrado carbonizado. Os suspeitos disseram que mataram a vítima porque tinham medo de serem denunciados.

Na casa de Rodrigo, a polícia apreendeu vários objetos pessoais da vítima, incluindo documentos, cartões de banco, a chave do carro que Hiago dirigia e o celular dele. O carro de Hiago foi deixado pelos suspeitos no bairro Alto Maron, também em Vitória da Conquista.

Os policiais encontraram, também na casa de Rodrigo, o revólver falso usado para cometer o assalto. Os dois foram autuados em flagrante por latrocínio, que é o roubo seguido de morte, e por ocultação de cadáver.

Além disso, Rodrigo também responderá por associação ao tráfico de drogas, adulteração de sinal identificador e posse ilegal de munição, por outros materiais encontrados na casa dele.

O corpo da vítima foi enterrado no cemitério municipal de Guanambi, cidade natal do jovem que fica a cerca de 276 km de Vitória da Conquista, no sábado (9).

* Com informações do G1

Avião cai em pista de resort em Maraú, mata uma pessoa e deixa 9 feridas

Domingos Matos, 14/11/2019 | 19:02

Durante o pouso na pista de um resort em Barra Grande, distrito do município de Maraú, na Bahia, uma aeronave caiu matando uma pessoa e deixando outras nove feridas, sendo uma criança, nesta quinta-feira (14).

A pessoa que morreu, segundo a polícia, foi uma mulher, que ficou carbonizada. Ainda não se sabe quantas pessoas ao todo estavam na aeronave, que é um jato executivo.

De acordo com registro da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a aeronave, um bimotor Cessna C550, de prefixo PT- LTJ , é de propriedade do empresário José João Abdalla Filho, dono do Banco Clássico.

Policiais baianos recebem R$ 40 milhões como prêmio

Domingos Matos, 14/11/2019 | 17:32

Cerca de R$ 40 milhões estão sendo pagos, nesta quinta-feira (14), aos policiais militares, civis e técnicos que alcançaram redução de 6% das mortes violentas, na Bahia. O prêmio reconhece o esforço dos efetivos, no primeiro semestre de 2019, comparando com o mesmo período do ano passado.

Pela PM, cerca de 19,6 mil homens e mulheres foram contemplados, com valores mínimos entre R$ 619 e 2,4 mil reais. Já os efetivos das polícias Civil e Técnica, que também alcançaram a meta, receberam premiações variando entre 371 reais e R$ 2,4 mil.

No total, 25,3 mil policiais no estado receberam o PDP. Desde a implantação, em 2013, aproximadamente R$ 172 milhões foram pagos, para cerca de 132,5 mil integrantes da PM, PC e DPT.

"Parabéns a todos os policiais que se esforçam para reduzir a violência e proporcionar uma vida melhor para os baianos", destacou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

 

Itabuna: Mulher em trabalho de parto não consegue atendimento na Ester Gomes

Domingos Matos, 14/11/2019 | 14:01

Uma mulher passou por uma situação de apuros nesta quinta-feira, 14. Ao entrar em trabalho de parto, na porta da Maternidade Ester Gomes, Mariane Conceição, de 26 anos teve o atendimento negado e foi orientada a a se dirigir para a Ilhéus, pois não tinha anestesista naquele momento na unidade hospitalar.

Segundo informações, começou então o desespero da família. Sem poder encaminhar pro Hospital de Base, contactaram o SAMU, que informou que não tinha viatura disponível. “Mandaram arrumar um carro e levá-la pra Ilhéus”, disse um familiar visivelmente transtornado.

O iPolítica tentou contato com a maternidade mas não obteve respostas até o momento desta publicação. (Com informações do Blog Ipolítica)

Incêndio atinge casa e carro no bairro Mangabinha; mulher e três crianças estavam no imóvel

Domingos Matos, 14/11/2019 | 10:54

Uma casa pegou fogo na manhã desta quinta-feira (14), na rua Monte Castelo, no bairro Mangabinha, em Itabuna. Um carro que estava na garagem e que pode ter sido a causa do acidente, ficou completamente destruído.

O Corpo de Bombeiros conseguiu debelar as chamas, mas o estrago no imóvel foi grande. Segundo informações do Blog Verdinho, Luciana Santos Adorno, moradora da casa, e três crianças que estavam no local não chegaram a ser atingidas pelas chamas. No entanto, sofreram pequenas escoriações quando tentavam sair da residência.

A mulher e as crianças foram socorridas para os Hospitais de Base e Manoel Novaes, respectivamente.

Hospital da Mulher atende metade dos casos de câncer de mama na Bahia

Domingos Matos, 13/11/2019 | 18:50

Durante o primeiro ano de funcionamento, o Serviço de Oncologia do Hospital da Mulher (HM), no Largo de Roma, em Salvador, realizou 12,8 mil consultas médicas e multiprofissional e mais de 7 mil sessões de tratamento. Os tumores de mama foram os responsáveis por 71% dos atendimentos, seguidos pelos ginecológico (24%), gastrointestinal (4%) e de cabeça e pescoço (1%). Com esses números, a unidade foi responsável por mais da metade do tratamento de câncer de mama em todo o estado.

“O Hospital da Mulher tem um perfil de atendimento cirúrgico e complementou com oncologia clínica. Neste um ano de funcionamento, nós atendemos 53% dos novos casos diagnosticados de câncer de mama na Bahia. Foram atendimentos cirúrgicos, de quimioterapia e hormonioterapia, quando indicados”, explicou o coordenador médico do setor, Marcos Lyra, se referindo ao período entre novembro de 2018 e outubro de 2019.

Uma das pacientes atendidas foi a faxineira Mônica Santos, que mora em Salvador. Após uma cirurgia de retirada do útero realizada no HM, exames de rotina feitos na unidade hospitalar identificaram um tumor no seio. Com o diagnóstico, ela recebeu o apoio da equipe multidisciplinar do hospital, formada por enfermeiras, farmacêuticas, psicólogas, assistentes sociais, nutricionistas e oncologistas. “O atendimento é ótimo. Gostei muito daqui”, disse a paciente. 

Já a comerciante Marileide Santos mora em Alagoinhas, no nordeste do estado, onde recebeu o diagnóstico de câncer de colo do útero e foi encaminhada pela Central de Regulação Estadual da Secretaria da Saúde (Sesab) para o tratamento de quimioterapia no HM. “Para mim, esse hospital faz toda a diferença. Os funcionários são muito bons. Eles dão carinho e atenção e não deixam ninguém em falta de nada. Depois que cheguei, eu perdi o medo e aquela sensação de desespero. Estou confiante com todo o apoio que estou tendo aqui”. 

O Hospital da Mulher atende exclusivamente mulheres com procedimentos agendados. É preciso procurar uma Unidade Básica de Saúde em um dos 471 municípios baianos para ser encaminhada, via Lista Única, para atendimento no hospital. 

 

Secretário de Saúde e conselheiros da Fundação Fernando Gomes são convocados pela Câmara de Itabuna

Domingos Matos, 12/11/2019 | 10:26

A Câmara de Itabuna convocou, através da Presidência da Comissão Técnica Permanente de Políticas e Defesa dos Direitos da Mulher e Comissões Técnicas Permanentes de Finanças e de Saúde, o Secretário Municipal de Saúde, Uildson Nascimento, e o membro do Conselho Fiscal da Fundação Fernando Gomes, Sérgio Gomes. 

O requerimento foi assinado pela vereadora Charliane Sousa e pelos vereadores Enderson Guinho e Jairo Araújo. O tema da convocação foi a prestação de contas referentes aos serviços médico-hospitalares de obstetrícia e pediatria e outros resultantes destas áreas, ao município de Itabuna, pela Maternidade Ester Gomes. 

A data agendada para o comparecimento será no próximo dia 19 de Novembro às 09h, na Sala de Comissões Técnicas Filemon de Souza Brandão.

Presa mulher que atirou água fervendo na filha de 16 anos

Domingos Matos, 11/11/2019 | 11:21

Marilucia da Silva Mattos, de 33 anos, que atirou água fervendo na filha de 16, teve o mandado de prisão preventiva cumprido, na última sexta-feira (8), em Conceição do Jacuípe, por investigadores da Delegacia Territorial (DT), daquele município.

O crime ocorreu no sábado (2), durante uma discussão entre mãe e filha. A vítima teve queimaduras de 2ª grau em 17 por cento do corpo e permanece internada, no Hospital Geral do Estado (HGE).

Segundo o titular da DT/Conceição do Jacuípe, delegado Filipe Madureira, Marilucia já responde processos por lesão corporal contra a adolescente, ocorrida em 2018, e pela tentativa de homicídio do irmão.

"Ela será encaminhada para a DT/Santo Amaro, onde permanece à disposição da Justiça", acrescentou o delegado. A prisão de Marilucia contou com o apoio de equipes da 3ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Santo Amaro) e da DT/Amélia Rodrigues.

Internas se emocionam em primeira sessão do Projeto Cinema Legal no Presídio de Itabuna

Domingos Matos, 17/10/2019 | 22:00

A primeira sessão do projeto Cinema Legal proporciocou uma tarde diferente para as internas custodiadas no Conjunto Penal de Itabuna (CPI). A exibição do filme “Extraordinário” (EUA-2017), divertiu e emocionou as expectadoras, numa experiência transformadora com a Sétima Arte. A partir dessa quinta-feira (17), a cada semana uma sessão diferente vai levar diversão, cultura e arte para o público novo que se forma a partir do projeto.

Idealizado pelo Setor Jurídico da empresa Socializa no CPI, o projeto Cinema Legal garante às reeducandas acesso ao direito ao lazer e à cultura, como forma de preparação à reintegração social das custodiadas.

Mais do que diversão, o projeto prevê um crescimento pessoal, por meio do acesso à arte e à cultura, conforme prevê a Lei de Execuções Penais, com a possibilidade de remição da pena, caso seja autorizada pelo Juízo da Vara de Execuções Penais a modalidade de resenhas a serem produzidas pelas cinéfilas.

A seleção dos filmes foi feita pelo próprio Setor Jurídico, e visa levar ao público-alvo sempre uma mensagem de crescimento pessoal, seja por meio dos exemplos de superação das personagens, seja por meio de mensagens positivas transmitidas pela obra em discussão.

Entre os benefícios elencados no projeto, a promoção da saúde mental das mulheres privadas de liberdade, minimizando os efeitos negativos do encarceramento. Os filmes seriam uma válvula de escape psicológica, mas, além disso, uma ferramenta para ajudar a cada uma a lidar diariamente com seus conflitos, encarando a realidade, mas projetando um futuro melhor, fora dos muros prisionais.

Ao longo do projeto, as projeções serão realizadas na área de lazer do pavilhão das internas, acompanhadas de estrutura semelhante. Entre os filmes relacionados inicialmente estão “À procura da Felicidade”, “Vencendo Gigantes”, “O Céu é de Verdade”, “Deus Não Está Morto”, “Um Sonho Possível” entre outros.

Jovem morre e irmão fica ferido após serem baleados dentro de casa em Pau Brasil

Domingos Matos, 09/10/2019 | 17:29

Uma jovem de 20 anos morreu e o irmão dela ficou ferido após terem a casa invadida, em Pau Brasil, no sul da Bahia, na madrugada desta terça-feira (10).

Segundo informações da delegacia da cidade, o caso ocorreu no Bairro Genádio de Andrade, por volta das 2h, depois que homens armados foram até o local procurar uma irmã das vítimas. Como o grupo não encontrou a mulher, atirou nos dois.

As vítimas foram atingidas na cabeça e na região do abdômen. Sara de Jesus Santos morreu no local. O corpo dela foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Técnica (DPT) da região.

Já Deivid de Jesus Santos foi encaminhado com ferimentos para o Hospital de Base de Itabuna. Não há informações sobre o estado de saúde dele. O caso é acompanhado pela Polícia Civil da cidade.

 

Polícia investiga divulgação de fotomontagens com advogada Thatiana Poncino

Ministério Público também investiga o caso

Domingos Matos, 08/10/2019 | 15:51
Editado em 08/10/2019 | 16:28

A Polícia Civil instaurou um inquérito para tentar identificar os responsáveis por espalhar em páginas da internet e nas redes sociais fotomontagens com conteúdo de nudez atribuídas a uma advogada de Itabuna. O Ministério Público (MP) também investiga o caso.

Thatiana Poncino do Nascimento registrou um boletim de ocorrência na quarta-feira (2), embora afirme ser a segunda vez que sofra ataque cibernético. Ela conta já ter sido alvo do mesmo tipo de ação entre 2015 e 2016, época em que não procurou as autoridades por não acreditar que os possíveis criminosos pudessem ser descobertos e punidos.

"Na primeira vez, não tinha esperança de encontrar o responsável. Não tinha a investigação que se tem hoje. Eu também teria que reviver a situação. Mesmo não sendo eu, me senti como sendo aquela pessoa. Era vergonhoso pra mim", desabafou em entrevista ao programa "Encontro com Fátima Bernardes", na manhã de segunda-feira (6).

A advogada divulgou um texto no qual descreve como "constrangedora" a situação por que vem passando. "Situação que entristece, que machuca e que me faz refletir diariamente sobre a maldade humana! Mais uma vez estão circulando na internet fotos de mulheres anônimas nuas juntamente com fotos das minhas redes sociais", escreveu.

Ela explica que as imagens são as mesmas disseminadas anteriormente, e foram adulteradas a partir de fotos retiradas de seu perfil no aplicativo. "O responsável pela montagem cortou a cabeça de mulheres despidas e as enviou juntamente com fotos minhas aqui do Instagram, no intuito de induzir aqueles que as recebem a acreditar que sou eu nas imagens de nudez. Não, não sou eu nessas fotos! Nunca fotografei sem roupa, não pretendo e não vejo problema nenhum em quem gosta desses registros, só não é o meu caso. Eu convido você leitor, por um minuto, a se colocar em meu lugar, a se imaginar sendo vítima dessa conduta criminosa", afirma ela no texto.

A assessoria da Polícia Civil informou que a Deam (Delegacia Especial de Atendimento à Mulher) de Teixeira de Freitas instaurou um inquérito para apurar a denúncia de difamação por meios eletrônicos via redes sociais. "Após o registro, realizado na quarta-feira (2), a delegada Kátia Cielber Garcia já ouviu a vítima e recolheu arquivos digitais para serem analisados e complementarem as investigações, que tem o apoio do Grupo Especializado de Repressão aos Crimes por Meios Eletrônicos (GME)", diz no comunicado.

O MP baiano, por sua vez, afirma que os fatos comunicados e documentos apresentados pela advogada Thatiana Poncino estão sendo analisados pelo Nucciber r (Núcleo de Crimes Cibernéticos) do órgão. As investigações, contudo, correm sob sigilo. "Segundo o promotor de Justiça Moacir Silva do Nascimento Júnior, coordenador do Núcleo de Crimes Cibernéticos (Nucciber) do Ministério Público do Estado da Bahia, estão sendo analisados os fatos comunicados e os documentos apresentados à Promotoria de Teixeira de Freitas pela advogada Thatiana Poncino no último dia 26 de setembro. Ele explicou que, nesse tipo de crime, as investigações correm em sigilo para não prejudicar o resultado das diligências e não causar outros danos às vítimas", afirma.

A Comissão da Mulher da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em Itabuna - onde Thatiana atua na área criminal - emitiu nota em que diz repudiar a veiculação de conteúdo criminoso.

Leia AQUI a nota da OAB na íntegra.

Com informações do Universa.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.