Câmara Municipal

Tag: odontologia

Polícia pede suspensão temporária de clínica onde falso dentista trabalhava em Itabuna

Domingos Matos, 06/08/2019 | 21:28

A Polícia Civil em Itabuna, no sul da Bahia, pediu nesta terça-feira (6), a suspensão temporária da clínica onde um estudante de odontologia atendia pacientes irregularmente. Conforme o delegado Humberto Marques, que investiga o caso, o pedido foi encaminhado para a Justiça.

O estudante Paulo Henrico Almeida, que tem 38 anos, é investigado pelo crime de exercício ilegal da profissão em Itabuna e em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. Em Conquista, em maio deste ano, o Conselho Regional de Odontologia (CRO) o denunciou pela atuação irregular.

De acordo com o delegado Humberto Marques, a clínica era investigada pelo CRO porque não tinha um responsável técnico especializado em implantes. Entretanto, os donos da unidade médica mudaram o nome do administrador.

Humberto Marques informou que a mudança de administrador da clínica foi considerada como uma tentativa de esconder a irregularidade. O delegado ainda contou que o novo administrador também não tem a especialização em implantes odontológicos.

Segundo o delegado, o inquérito do caso deve ser concluído em até 20 dias. O órgão vai ouvir nove dentistas e vai analisar o resultado dos laudos das perícias feitas para constatar as graves lesões nos pacientes. (Com informações do G1)

 

Clínica Escola da Unime oferece atendimento odontológico em Itabuna

Domingos Matos, 13/06/2019 | 14:30

A Clínica Escola de Odontologia da Unime Itabuna oferece serviços odontológicos, como limpeza e remoção de tártaro, aplicação de flúor, extrações e restaurações, gratuitamente. Os interessados devem comparecer ao campus I da unidade de ensino, de segunda a sexta, das 8h30 às 11h30; 14h30 às 17h30 ou 19h às 21h, para efetuar a inscrição. É cobrada taxa única de R$ 25 (para casos de pacientes comprovadamente carentes não há cobrança da taxa).

Inaugurada em agosto de 2018, a Clínica Escola de Odontologia Unime já prestou aproximadamente 1,5 mil atendimentos, realizados por alunos matriculados em disciplinas clínicas e supervisionados por professores da instituição. “Além de muito importante e obrigatório para a formação dos alunos, os atendimentos são fundamentais para a comunidade que, muitas vezes, depende dessa oferta. Trata-se de um atendimento extremamente cuidadoso e feito com muito carinho por todos que fazem parte da clínica”, comenta Vagner Mendes, coordenador do curso de Odontologia.

Os atendimentos são voltados a crianças, jovens, adultos, idosos e pessoas com deficiência. Tratamento de canal (endodontia), radiografias periapicais, prótese fixa (ponte fixa), prótese total (dentadura), prótese parcial removível (Roach), biópsias em regiões da boca e implantes dentários também estão disponíveis na unidade.

Após a inscrição, os pacientes são chamados para atendimento de acordo com o número de vagas que surgem ao longo do ano. "Não há data limite para inscrição ou número de vagas. A renovação do atendimento é constante", justifica Mendes.

 

Faculdade de Ilhéus forma a terceira turma de Odontologia

Domingos Matos, 07/02/2019 | 16:30

Pioneira na implantação do curso de Odontologia na região Sul da Bahia, a Faculdade de Ilhéus graduou a terceira turma de cirurgiões-dentistas, denominada “Turma de Referência Professor Murillo Matos”, na sexta-feira (1º), no auditório do Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães, que ficou literalmente lotado. Trinta e oito bacharelandos em Odontologia colaram grau durante solenidade presidida pelo diretor-geral, Almir Milanesi.

A solenidade transcorreu em clima de alegria, com a presença de amigos e familiares dos formandos, oriundos de Ilhéus, Itabuna e outras cidades da região. O diretor Almir Milanesi destacou a formação de profissionais com qualidade e a colaboração das clínicas-escola implantadas na Faculdade, que chegam a realizar, aproximadamente, 700 atendimentos odontológicos gratuitos, por semana, entre adultos e crianças de Ilhéus e região.

Participaram da mesa oficial da cerimônia, a diretora acadêmica da Faculdade, Sandra Maria Agrizzi Milanesi, o coordenador do curso de Odontologia, professor Fábio Silveira, o patrono da Turma 2018.2, professor Yuri Santos Muniz, o paraninfo, professor Ramon Barreto Mendes, e o secretário acadêmico Paulo César Castro Xavier. A solenidade foi produzida pela Terceira Via Formaturas e Eventos.

A oradora da turma de novos bacharéis em Odontologia foi Caroline Santos Fonseca, sendo o requerimento para colação de grau feito pela formanda Ana Terra Freitas Lins. O juramento foi conduzido por Laíne Patrícia Barbosa Fontes, e as formandas Evelly Nobre da Costa Ribeiro e Priscila Ferreira Carvalho atuaram como mestres de cerimônias.

Clínicas - Sob a supervisão dos professores, nas clínicas da Faculdade os alunos atendem a todos os níveis de complexidade na área odontológica, como restaurações, tratamentos de canal, extrações, cirurgia oral menor, próteses, tratamentos preventivos e odontopediátricos. Além disso, o curso de Odontologia está inserido em programas de cooperação técnica em unidades de saúde, hospitais, nas escolas da rede municipal, nos abrigos de idosos, creches, clubes de serviço, associações de bairros e organizações civis.

Dentistas – Os novos cirurgiões-dentistas formados pela Faculdade de Ilhéus são: Adriele Souza Mota, Ana Terra Freitas Lins, Ayalla Reis Souza, Brihgyda Kalled Carvalho Ferreira, Bruna de Jesus Almeida, Camilla Macêdo Matos Santana, Carolina Eduvirgens Loureiro, Caroline Santos Fonsêca, Cláudia Gabrielly Mendes Fagundes, Emanuela Briane Cardoso Vieira, Emilly Guimarães Martins, Evelly Nobre da Costa Ribeiro, Fernanda Luiza Scher do Nascimento, Gabriele Brito Pereira, Gilvan Santos Araújo, Hélio Simões de Oliveira Neto, Iordan Trindade Lopes Alves, Ítala Santana Santos, João Pedro Souza de Andrade, José Luíz Dantas Costa, Juliana Maria Felipe da Silva Fonsêca Santos, Júlio Lima dos Santos, Júlya Matos Oliveira, Laíne Patrícia Barbosa Fontes, Letícia Mendonça Carmo Santana, Louise Vasconcelos de Oliveira, Luara Azevedo Lopez, Marcos Vinícius Souza de Oliveira, Marcus Izaltino Pessoa Junior, Matheus Freire da Silva, Maura Celli Andrade Magalhães, Priscila Ferreira Carvalho e Sandy de Oliveira Maia.

  

Faculdade de Ilhéus faz inscrições na segunda chance do Vestibular 2019.1

Domingos Matos, 11/01/2019 | 08:02

 

A Faculdade de Ilhéus está com inscrições abertas para a segunda chance do vestibular 2019.1 até o próximo dia 16 de janeiro. Os interessados podem concorrer a vagas para os cursos de graduação em Administração, Ciências Contábeis, Direito, Enfermagem, Engenharia Civil, Nutrição, Odontologia e Psicologia. A prova do exame será aplicada no dia 20 deste mês, sendo que os portões serão abertos a partir das 7h30min.

A instituição completou 16 anos de funcionamento e se notabiliza como uma das mais eficientes faculdades da região, com aulas cem por cento presenciais e cursos bem avaliados pelo Ministério da Educação (MEC). As inscrições para a 2ª Chance no vestibular 2019.1 podem ser feitas pelo site www.faculdadedeilheus.com.br ou de forma presencial, na secretaria da Faculdade, localizada à margem da Rodovia BA-001, trecho Ilhéus-Olivença, km 1,5, bairro São Francisco, zona sul da cidade, no horário das 8 às 21 horas. O valor da taxa de inscrição é de 50 reais.

A Faculdade de Ilhéus também utiliza os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) para efeito de preenchimento de vagas remanescentes. Focada no compromisso de oferecer um ensino superior de qualidade, a instituição disponibiliza infraestrutura com sede própria, instalações modernas, salas climatizadas, biblioteca e laboratórios equipados que valorizam o binômio ensino-aprendizagem.

Financiamentos – Com a finalidade de garantir o acesso dos estudantes ao ensino superior, a Faculdade de Ilhéus aceita o financiamento de até 100 por cento do curso através do FIES (Fundo de Financiamento Estudantil), do Governo Federal. A instituição também oferece um sistema próprio de financiamento, o Cred-IES–Cesupi, que garante crédito até 70 por cento da mensalidade, sem juros, do início ao fim do curso. Após a conclusão da graduação, o estudante negocia diretamente a quitação do financiamento.

Feira de Odontologia envolve 582 internos no Conjunto Penal de Itabuna

Domingos Matos, 27/10/2017 | 10:13

Com o objetivo principal de chamar a atenção para a importância da saúde bucal para a qualidade de vida do indivíduo, o Conjunto Penal de Itabuna (CPI) realizou, entre os dias 24 e 27, a sua 1ª Feira de Odontologia – Resgatando Sorrisos. A abertura ocorreu na terça-feira (24), às 9 horas. Ao todo, 582 internos e internas passaram pelos diversos estandes, consultórios e auditórios da feira. Esse número envolve testes rápidos para detecção de HIV e sífilis (167), ouvintes das palestras (287) e atendimentos com profissionais da odontologia (128).

A ação foi realizada pela empresa Socializa Brasil, que faz a administração do presídio em regime de cogestão com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Administração Prisional e Ressocialização (Seap). A unidade já oferece o atendimento odontológico no dia a dia. “Com a feira, concentramos o atendimento e as ações de prevenção, atingindo, dessa forma, um maior número de reeducandos”, afirma o diretor do CPI, Adriano Valério Jácome da Silva.

Foram realizadas ações de educação para a higiene bucal (palestras com concluintes do curso de Odontologia da Unime), atendimentos com odontólogos e com duas técnicas de saúde bucal (TSBs), que realizaram limpezas de tártaro, o que é permitido à profissão. Ao final das palestras todos receberam um kit com escova de dente, creme dental e enxaguante.

Ao longo do evento, profissionais que já trabalham no Conjunto Penal e outros convidados fizeram os atendimentos. Além do consultório da unidade prisional, foi utilizado um consultório móvel. A feira de odontologia foi também uma forma de comemorar o Dia Nacional do Dentista (25 de outubro).

Os números informados incluem os atendimentos, testes e palestra já agendados para as 73 mulheres internas, que ocorrerão na próxima segunda-feira (30), no anexo feminino. A feira também promoverá ações junto aos funcionários do Conjunto Penal de Itabuna, assim como o acesso aos testes rápidos para detecção de HIV e sífilis. O evento contou com apoio das equipes de segurança e da direção da unidade.

Conjunto Penal de Itabuna realiza Feira de Saúde

Domingos Matos, 07/07/2017 | 13:13

Será realizada, na segunda-feira (10), uma feira de saúde no Conjunto Penal de Itabuna (CPI). O evento, em sua segunda edição, é promovido pela Socializa Brasil, empresa que administra a unidade prisional em regime de cogestão com o Governo do Estado, através da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap).

Por meio de parcerias com profissionais médicos, clínicas e ONGs, serão oferecidos, aos internos e internas, atendimentos médicos, palestras educativas e ações preventivas. Diversas especialidades serão contempladas, entre elas clínica geral, ortopedia, odontologia, oftalmologia e nutrição.

Além de atendimentos e consultas nessas especialidades, o Grupo de Apoio e Prevenção à Aids (Gapa), fará oficinas de prevenção e realizará o teste rápido para detecção do HIV. Também serão realizados exames de acuidade visual e teste para detecção da tuberculose.

A II Feira de Saúde do Conjunto Penal de Itabuna é um complemento aos serviços já oferecidos diariamente aos custodiados no CPI. A ideia é reunir num mesmo espaço um grande público, que além de receber atendimentos, será multiplicador das informações de prevenção, tanto junto a outros internos quanto a seus familiares.

No dia a dia, são realizadas dezenas de consultas com clínicos-gerais e outras especialidades, a exemplo de Psiquiatria e Odontologia – incluindo cirurgia buco-maxilar –, além de Psicologia, todas com suporte da Assistência Social, que conta com seis profissionais.

A expectativa é também estender diversos serviços ao público externo, especialmente às visitas e funcionários, que receberão, ao longo da semana, materiais educativos com dicas e orientações para prevenção de doenças e cuidados com a saúde.

A Feira de Saúde também terá eventos dedicados à saúde da mulher e orientações para o acompanhamento das gestações pelas internas grávidas. Atualmente o Conjunto Penal de Itabuna possui cinco mulheres com gravidez confirmada. A equipe de Enfermagem faz o acompanhamento pré-natal com consultas mensais – na rede pública recomenda-se pelo menos seis ao longo da gravidez, o que é, normalmente, usado como número máximo de consultas.

Via Secom

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.