Câmara Municipal

Tag: ouvidoria

Itabuna: Câmara lança novo sistema de Ouvidoria

Domingos Matos, 15/08/2019 | 15:32

O Legislativo Itabunense inaugura nesta sexta-feira (16), o novo sistema de Ouvidoria com interface fácil, moderno, online e que permite a qualquer cidadão acompanhar os processos da Casa e sugerir melhorias.

Cumprindo um dos objetivos da Mesa Diretora, o novo sistema é mais uma ferramenta de aproximação com a sociedade, possibilitando que a relação do Poder Legislativo com a população itabunense seja cada vez mais pautada na transparência e na cidadania.

Por meio da ferramenta, será possível fazer sugestões, apontar melhoramentos, esclarecer dúvidas acerca dos processos parlamentares e acompanhar, online, todo o trâmite interno de encaminhamento, resolução e resposta acerca da demanda que levou o munícipe ao contato com a Ouvidoria da Câmara de Itabuna.

“A intenção do sistema é ser intuitivo, onde a população entra com sua demanda e pode acompanhar de onde ela estiver, desde a entrada até a conclusão. É um sistema fácil, que possibilita acesso pelo celular e o grande diferencial é a opção de anexar fotos e documentos ao processo, ajudando o Poder Legislativo a averiguar e tomar as providências que forem cabíveis”, apontou o Ouvidor da Câmara de Itabuna, Thales Rodrigues da Silva.

A ferramenta estará disponível no site da Câmara – www.cmvitabuna.ba.gov.br

Ibametro lança aplicativo para denúncias da população

Domingos Matos, 09/08/2019 | 19:32

O Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro), que comemora 23 anos de funcionamento em 2019, lançou o aplicativo oficial do órgão. A ferramenta possibilita que o consumidor possa atuar junto com o Ibametro, de qualquer lugar, dando opiniões, recebendo informações, fazendo denúncias e colaborando em tempo real. A novidade já está disponível gratuitamente para o sistema operacional Android e, em breve, usuários de iOS poderão fazer o download da ferramenta.

Segundo o diretor-geral do Ibametro, Randerson Leal, o aplicativo foi criado para aproximar a população dos serviços oferecidos pelo órgão. "Ele favorece a comunicação direta com o consumidor, que vai ter nas mãos uma forma rápida e prática de passar informações e fazer agendamentos de serviços e denúncias. Ao identificar alguma irregularidade, basta tirar uma foto dentro do próprio aplicativo e nossa ouvidoria irá receber o arquivo. Assim, nós vamos entrar em contato com o fiscal mais próximo do local para que possa observar e verificar se existe algo errado com aquele produto ou serviço", explica. 

O consumidor que quiser fazer uma denúncia precisa se cadastrar pelo próprio aplicativo. O dentista Henrique Santana aprovou a novidade. "Com o aplicativo, fica muito fácil e rápido entrar em contato com o Ibametro. Acho que todos saem ganhando, tanto o consumidor, que sente mais confiante em ter seu direito respeitado, quanto as empresas, que ficam com o compromisso de melhorar cada vez mais o serviço que oferecem".

 

Ibametro

O órgão tem como função assegurar o cumprimento da política de metrologia legal e disseminar a qualidade, com o objetivo de proteger o consumidor e estimular a competitividade empresarial. No comércio, o Ibametro realiza fiscalização e verificação metrológica de produtos e serviços colocados à disposição do cidadão. No setor empresarial, presta serviços de calibração, por intermédio de Laboratório Metrológico de Massa, credenciado pela Rede Brasileira de Calibração.

 

Por 5 votos a 1, TCE aprova contas do governador Rui Costa

Domingos Matos, 05/06/2019 | 23:39

Em sessão realizada na tarde de terça-feira (4), o Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE) aprovou — pelo quarto ano consecutivo — as contas do governador Rui Costa, desta vez por 5 votos a 1. Votaram a favor o relator Antônio Honorato, o vice-presidente do TCE, Marcus Presídio, e os conselheiros Carolina Costa, João Bonfim e Inaldo da Paixão. Contra, apenas o conselheiro Pedro Lino.

De acordo com Inaldo da Paixão, o seu voto de aprovação das contas de Rui foi "técnico e consciente". Para o vice-presidente do TCE, Marcus Presídio, "é inegável, sobretudo do ponto de vista da gestão fiscal e dos desafios advindos da crise econômica e política do país, que as contas de 2018 apresentam um conjunto satisfatório, implicando em um juízo aprovativo”.

 

Gestão equilibrada

Na contramão do que ocorre no restante do país, a Bahia preserva o equilíbrio das contas, segue pagando em dia servidores e fornecedores. Além disso, tem uma das mais baixas dívidas do país e mantém-se entre os primeiros do país em investimento público nos últimos anos. 

As recomendações do TCE sobre as contas do governo baiano nunca foram tão exaustivamente analisadas e implementadas como nos últimos anos, com monitoramento detalhado das ações corretivas e preventivas adotadas pelas diversas unidades da Administração Estadual. Ainda assim, os conselheiros do TCE fizeram algumas ressalvas ao aprovar as contas de 2018.

As medidas adotadas pelo Estado, em razão das recomendações do TCE, foram possíveis graças ao trabalho desenvolvido nos últimos anos pela Comissão Estadual de Ações Corretivas e Preventivas de ressalvas relativas às Contas Governamentais, instituída por decreto governamental e composta pelas unidades sistêmicas da Administração Estadual e presidida pela Auditoria Geral do Estado (AGE). 

A atuação da comissão contribuiu, significativamente, para tornar a Bahia referência nacional no alinhamento da contabilidade do Estado ao novo Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público. 

Entre as medidas implantadas sob a coordenação da comissão, estão também a implantação do Conselho Gestor de Acesso à Informação (CGAI), a regulamentação do procedimento de classificação e desclassificação de informações sigilosas, a publicação de norma de orientação técnica dedicada aos eventos contábeis relacionados aos contratos de Parcerias Público-Privadas (PPPs), o fortalecimento do trabalho de recuperação de débitos fiscais por meio do Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira) e a possibilidade de interposição de recursos por meio do Sistema de Ouvidoria e Gestão Pública (TAG). 

Reunindo a Casa Civil, as secretarias da Administração (Saeb), da Fazenda (Sefaz) e do Planejamento (Seplan) e a Procuradoria Geral do Estado (PGE), a Comissão analisa os achados de auditoria mencionados nas conclusões de Pareceres Prévios do TCE-BA, define ações corretivas e preventivas e acompanha a sua implementação. O objetivo deste trabalho, de acordo com o decreto que instituiu a comissão, é o aprimoramento das atividades estatais mencionadas nos pareceres prévios.

Queremos Saber: Abuso infantil será discutido nesta terça-feira na Câmara de Itabuna

Domingos Matos, 27/05/2019 | 08:21

A busca de alternativas para evitar o registro de casos de maus-tratos contra crianças e adolescentes, de violação ao ECA-Estatuto da Criança e do Adolescente em Itabuna, e combater o abuso sexual infantil no município são os objetivos da palestra que o juiz aposentado Marcos Bandeira fará na tarde desta terça-feira (28), na Câmara de Itabuna. A explanação do ex-magistrado faz parte da quarta edição do Projeto “Queremos Saber!” e está prevista para às 14 horas, no plenário Raymundo Lima.

“A Câmara de Itabuna encerra maio, o mês que a sociedade brasileira discutiu meios para enfrentar a violência infanto-juvenil, trazendo à discussão esse importante tema que será apresentado por Dr. Marcos Bandeira, profundo conhecedor do assunto’, afirmou Enderson Guinho. O vereador, que é acadêmico de Direito, acrescentou que a palestra terá mais dois convidados: a professora e psicanalista Raquel Rocha, e o membro do Conselho Tutelar de Itabuna, Washington Alves.

Raquel Rocha, que também é jornalista, analisará as consequências psíquicas nas crianças e adolescentes dos crimes praticados, enquanto Washington Alves relatará os casos e as dificuldades enfrentadas pelos conselheiros para combater os abusos. “A exploração e o abuso infantil são temas importantíssimos. A sua discussão não deve se restringir apenas ao 18 de maio. Todos os dias precisamos discutir e lutar contra estes crimes que mexem com o psicológico das nossas crianças e adolescentes, e são um grande mal na sociedade”, destacou Enderson Guinho.

“Queremos Saber!” é um projeto criado pela Câmara de Itabuna. Tem o objetivo de promover, na última terça-feira de cada mês, palestras seguidas de debates e apresentação de sugestões, sobre temas de interesse geral, propostos por vereadores ou sugeridos pelos cidadãos, por meio da Ouvidoria da Casa. Os debates, abertos ao público, ocorrem no plenário Raymundo Lima.
 

Juiz Marcos Bandeira confirma palestra sobre abuso infantil no “Queremos Saber!”

Domingos Matos, 19/05/2019 | 08:20

O juiz aposentado Marcos Bandeira confirmou o convite da Câmara de Itabuna para proferir uma palestra no próximo dia 28 de maio, sobre crimes cometidos contra crianças e adolescentes, durante a quarta edição do Projeto “Queremos Saber!”. A informação foi prestada pelo presidente, vereador Ricardo Xavier, ao lembra neste sábado, 18, de maio, a passagem do “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual da Criança e Adolescente”, uma data simbólica para a luta pelo enfrentamento da violência sexual infanto-juvenil no país.

O abuso sexual de crianças e adolescentes é um dos mais graves crimes no Brasil. No sul da Bahia, Itabuna – município cortado por duas rodovias federas e considerada pelas autoridades como uma rota da exploração sexual infanto-juvenil – registra diariamente dezenas de casos de violência e abusos sexuais praticados inclusive no ambiente familiar. Para marcar a Semana, membros do Conselho Tutelar e agentes da Secretaria de Assistência Social promoveram uma série de atividades para conscientização, prevenção e orientação sobre esses graves crimes.

“Os números de casos abusos contra as crianças e os adolescentes itabunenses são preocupantes e pedem uma tomada de providencia por parte das autoridades e população. A Câmara de Itabuna deseja, com a realização da palestra do Dr. Marcos Bandeira, despertar a sociedade, encontrar alternativas para a prevenção da violência e desenvolver ações concretas e efetivas em defesa da criança e do adolescente” garantiu Ricardo Xavier.

Magistrado aposentado, Dr. Marcos Bandeira, é professor de Direito, autor de livros e estudioso do Estatuto da Criança e do Adolescente-ECA. Por mais de duas décadas teve uma atuação marcante na Justiça itabunense. Foi juiz da Vara do Júri, Execuções Penais, Infância e Juventude e Delitos de Imprensa. Realizou mais de duzentos julgamentos, criou o Conselho da Comunidade e realizou um trabalho ressocializador no interior da Cadeia Pública de Itabuna.

Na Vara da Infância e Juventude, Dr. Marcos Bandeira estimulou o número de adoções nacionais com o Projeto “Adote a Esperança”. Membro da Coordenadoria da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça da Bahia, ele é autor de três livros que abordam temas como Guarda e Tutela na Prática Forense, Adoção na Prática Forense, e Atos Infracionais e Medidas Socioeducativas.

“Queremos Saber!” é um projeto criado pela Câmara de Itabuna. Tem o objetivo de promover, na última terça-feira de cada mês, palestras seguidas de debates e apresentação de sugestões, sobre temas de interesse geral, propostos por vereadores ou sugeridos pelos cidadãos, por meio da Ouvidoria da Casa. Os debates, abertos ao público, ocorrem no plenário Raymundo Lima. 
 

“Queremos Saber” discutirá abuso sexual infantil, anuncia vereador Ricardo Xavier

Domingos Matos, 14/05/2019 | 08:06

O abuso sexual de crianças e adolescentes, considerado um dos mais graves crimes existentes em nossa sociedade, será tema da quarta edição do Projeto “Queremos Saber”, prevista para acontecer no próximo dia 28. O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira, dia 13, pelo vereador Ricardo Xavier, ao destacar a abertura da “Semana Nacional de Prevenção e Combate à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes”.

“A Semana se estenderá até o próximo sábado, 18, o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual da Criança e Adolescente”, uma data simbólica para a luta pelo enfrentamento da violência sexual infanto-juvenil no país. “Em Itabuna, membros do Conselho Tutelar e agentes da Secretaria de Assistência Social promoverão uma série de atividades para conscientização, prevenção e orientação sobre esses graves crimes”, acrescentou Ricardo Xavier.

“Queremos Saber” é um projeto criado pela Câmara de Itabuna. Tem o objetivo de promover, na última terça-feira de cada mês, palestras seguidas de debates e apresentação de sugestões, sobre temas de interesse geral, propostos por vereadores ou sugeridos pelos cidadãos, por meio da Ouvidoria da Casa. Os debates, abertos ao público, ocorrem no plenário Raymundo Lima. 

O convidado no próximo dia 28 será o juiz aposentado Marcos Bandeira. Professor de Direito, autor de livros e estudioso do Estatuto da Criança e do Adolescente-ECA, ele teve por mais de duas décadas uma atuação marcante na Vara da Infância e adolescência de Itabuna. “Nós queremos, com a realização da palestra, despertar a população e encontrar alternativas para a prevenção da violência, principalmente nos ambientes familiar e escolar, desenvolvendo ações em defesa da criança e do adolescente do município” garantiu Ricardo Xavier.


 

Câmara debaterá instituto da audiência de custódia

Domingos Matos, 22/03/2019 | 13:29

Ação institucional da Mesa Diretora do Legislativo de Itabuna, o projeto Queremos Saber, na última terça-feira deste mês, 26/03, debaterá o tema audiência de custódia com o juiz Murilo Luiz Staut Barreto, que responde pela 1ª Vara Crime em Itabuna. Nesta 2ª edição, o projeto ocorrerá à noite (19h), no Plenário Raymundo Lima (antes era realizada no horário vespertino).

 “Nossa intenção é dialogar institucionalmente com os diversos atores sociais de nossa cidade. Essa interação dos Poderes públicos entre si e com a sociedade civil é relevante, pois é do diálogo que solucionamos os desafios”, pontuou o presidente da Casa, Ricardo Xavier (PPS). “O horário noturno vai facilitar a participação do cidadão nesse debate”, destacou Xavier.

Para enriquecer o debate sobre audiência de custódia, a Mesa convidou o tenente-coronel Daniel Riccio, o delegado da Polícia Civil André Aragão, o advogado criminalista Tiago Leal, a promotora de Justiça Cleide Ramos Reis e a comunicadora Silmara Sousa. Tanto os temas quanto os convidados são sugeridos por vereadores e pela população, através da Ouvidoria da Casa.  

Decorrente da aplicação dos Tratados de Direitos Humanos, ratificados pelo Brasil, a audiência de custódia é a apresentação do autuado preso em flagrante delito perante um juiz. A medida, incentivada no Brasil pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), objetiva assegurar o respeito aos direitos fundamentais da pessoa submetida à prisão.

O Conjunto Penal de Itabuna tem 1.164 pessoas privadas de liberdade, mas a capacidade é 670 presos, segundo a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização da Bahia (SEAP). Na população carcerária itabunense, há 571 presos provisórios (40,05%) e 593 condenados (50,95%). Dos sentenciados, 126 detentos cumprem pena em regime semiaberto.

Polícia Civil tem Ouvidoria à disposição do cidadão

Domingos Matos, 08/02/2019 | 12:07

Os cidadãos já contam com um serviço para encaminhar as solicitações relacionadas às atividades realizadas pela Polícia Civil. A Ouvidoria da Instituição está em funcionamento, no andar térreo, do edifício-sede, na Piedade.

Instituída por meio de portaria, publicada no Diário Oficial do Estado, a Ouvidoria tem a função de receber, analisar, organizar e encaminhar as demandas da população aos departamentos competentes.

Segundo a coordenadora do setor, delegada Dalva Cardoso do Nascimento, o serviço contribui para a melhoria da gestão. “Esse atendimento direto ao cidadão deve aprimorar a qualidade e eficácia do trabalho exercido pelo órgão”, destaca a delegada.

Além do espaço na sede da Polícia Civil, a Ouvidoria também poderá ser acessada pela internet, por meio do site da PC (www.policiacivil.ba.gov.br), ou pelo telefone (71) 3116-6408. O serviço ainda estará integrado a Ouvidoria Geral da Secretaria da Segurança Pública (SSP) e ao Sistema de Ouvidoria do Estado.

 

Projetos “Ler Faz Bem e Cine Santa Casa são destaques na exposição do Jequitibá Shopping

Domingos Matos, 04/02/2019 | 15:30

Foi com o olhar voltado para a humanização no ambiente hospitalar e a promoção do bem-estar dos acompanhantes dos pacientes, que a provedoria da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna criou os projetos “Ler Faz Bem” e o “Cine Santa Casa”.

Os dois projetos são destaque na exposição da Santa Casa que fica até esta segunda (04) no Jequitibá Shopping. A iniciativa partiu do provedor Eric Júnior e, pelo visto, vemagradando e muito a todos da instituição e ao público que diariamente circula pelo Hospital Calixto Midlej Filho. “A biblioteca e o cinema servem de alento para acalmar a dor, que muitas vezes, envolve o âmbito hospitalar, principalmente dos acompanhantes dos pacientes”, comenta Eric.

A biblioteca está instalada no corredor próximo ao Pavilhão João Otávio e é uma forma entreter as pessoas que estão como acompanhantes dos pacientes durante o internamento. O estoque de livros, que já conta com mais de 627 títulos, é fruto da doação de pessoas da comunidade que apoiam a ideia.

As sessões de cinema acontecem quinzenalmente no auditório do Hospital Calixto Midlej Filho e a escolha dos filmes têm sempre como temática, o humor. Para a concretização desses dois projetos foi fundamental o apoio de diversos setores da Santa Casa, a exemplo da ouvidoria, do serviço social, do marketing e da hotelaria.

 

 

Adeus, carango!

Domingos Matos, 29/03/2017 | 21:50

A partir de abril, a secretaria municipal de Infraestrutura, Transporte e Trânsito de Ilhéus dará início à retirada de carros em situação de abandono que se encontram nas ruas e avenidas. A ação será realizada no contexto da ‘Operação Cidade Limpa’, sob o comando da Superintendência de Transporte e Trânsito (Sutran).

De acordo com Rogério Buralho, superintendente da Sutran, o objetivo da operação é proteger a população, evitando que esses veículos abandonados por longo período sirvam de criadouro do mosquito da dengue ou utilizados por marginais.

“Vale ressaltar que nossa ação visa despoluir o ambiente viário de nossa cidade, e, para isso, contamos com o apoio das secretarias de Saúde e de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável”, ressalta.

Buralho informa que nesta operação, os agentes de trânsito vão intensificar rondas no perímetro urbano. “Aliado isso, iremos fazer diligências através de denúncias vindas por meio do telefone (73) 3234-2500, ou pela ouvidoria da Sutran, através do endereço eletrônico http://sutran.ilheus.ba.gov.br.

Durante as abordagens, os agentes de trânsito vão também conscientizar os proprietáriosdos veículos automotores abandonadosquanto às consequências para a saúde e segurança da população. Caso a situação persista, a Sutran fará a notificação e informará que se o carro não for removido, no prazo de 48 horas, será recolhido com autorização da secretaria municipal de Infraestrutura, Transporte e Trânsito.

Posteriormente, a retomada do veículo pelo proprietário somente será autorizada mediante apresentação da documentação, em situação regular, e o pagamento dos custos com o guincho e diárias de estacionamento no pátio.

Ou seja, adeus carango!

Ilhéus enfrenta dificuldades com paralisação de serviços públicos

Domingos Matos, 12/11/2010 | 01:16
Editado em 12/11/2010 | 01:26

A secretária interina da Saúde de Ilhéus, Petruska Ferraz, informou que até as 11 horas desta quinta-feira (11), cerca de 85 % do pessoal lotado na Saúde já estavam com os salários de outubro em dia. Esse esforço, que tem a previsão de se estender até essa sexta-feira, tem por objetivo criar condições para o fim da paralisação dos servidores municipais.

Segundo a secretária, a partir de agora, os responsáveis pelo setor financeiro da Saúde estão ultimando esforços no sentido de providenciar o pagamento dos salários do pessoal contratado para os Postos de Saúde da Família (PSF).

A paralisação dos funcionários da saúde iniciada quarta-feira (10) continuou durante a manhã desta quinta-feira (11) com o fechamento dos postos de saúde. Entretanto, os postos de saúde Sara Kubitschek, no bairro Parque Infantil, e a Policlínica, no bairro da Conquista, permaneceram em funcionamento.

A previsão da secretária é de que, com a realização de todos os pagamentos, os serviços sejam normalizados a partir desta sexta-feira (12).

Conversa com a Guarda

O Teatro Municipal (TMI) foi palco na manhã desta quarta-feira (10) de um grande encontro entre o secretário de Segurança, Transporte e Trânsito, capitão Marcelo Barreto, e os atuais componentes da Guarda Municipal de Ilhéus. Na oportunidade, o secretário falou sobre os principais avanços experimentados pela Guarda, detalhou alguns projetos que se encontram em fase de implementação e apresentou os titulares das recém-criadas Ouvidoria Geral (advogado Leandro Gramacho), e Corregedoria Geral (Jamile Seixas).  

Leia mais

Lista não é de Azevedo: sugestão de nomes foi de ''terceiras pessoas''

Domingos Matos, 13/10/2010 | 22:36
Editado em 13/10/2010 | 22:48

Do Cia da Notícia

Marcada para acontecer nesta quarta-feira (13), a propalada reforma administrativa de autoria do prefeito Capitão Azevedo acabou não sendo efetivada. A canetada ficou para ser colocada em papel num período incerto e não sabido.

Pessoas ligadas ao prefeito contam que ele tem recebido uma carga muito grande de pressão, certamente por parte de pessoas atingidas, que teimam em não “largar o osso (a palavra certa seria filet mignon). Enquanto isso, cada vez mais as ações ou promessas de autoria do Capitão Azevedo vão ficando sem credibilidade.

Ao invés de promover a reforma, que atingiria o primeiro escalão do seu governo, trocando peças, imprimindo um ritmo novo e eficiente à administração, vai governando no varejo. Uma prova inequívoca do despreparo do governo Capitão Azevedo é que nenhum dos secretários foi ouvido para indicar nomes à degola, que contou, inclusive, com o nome do Chefe de Gabinete do Prefeito, Ivann Krebs Montenegro, cujo decreto o prefeito se recusou a assinar.

Os secretários não reclamam ao prefeito ou em público, mas se sentem desprestigiados e desrespeitados na sua hierarquia. O que mais chama a atenção é que o prefeito, capitão da Polícia Militar, deveria reconhecer a hierarquia como exemplo a ser seguido, entretanto, é o primeiro a jogar esse dogma militar na lata do lixo. Pelo teor da elaboração das listas, o feitiço vai virando contra o feiticeiro.

A seguir, os nomes dos 20 exonerados e suas funções publicados no Diário Oficial do Município:

WENDEL DAMÁSIO LEITE, CHEFE DA DIVISÃO CONTÁBIL DA EDUCAÇÃO, Símbolo CC-7, da Secretaria da Fazenda; DAMIAN JORQUERA DE RENZO, CHEFE DA DIVISÃO FINANCEIRA DA ADMINISTRAÇÃO GERAL, Símbolo CC-7, da Secretaria da Fazenda; MILENA FÉLIX DE SOUZA, ASSESSOR DE INTEGRAÇÃO MUNICIPAL, Símbolo CC-7, da Secretaria de Planejamento e Tecnologia; NILZETE RAIMUNDA SALES DE OLIVEIRA, ASSESSOR DE CONTROLE INTERNO, Símbolo CC-7, da Controladoria-Geral do Município; EMERSON SANTOS BARRETO, CHEFE ADJUNTO DA DIVISÃO DE MELHORIA HABITACIONAL, Símbolo CC-9, da Secretaria de Assistência Social; ERIVALDO JOSÉ ALVES LEMOS, ASSESSOR ADMINISTRATIVO DE CAMPOS E QUADRAS POLIESPORTIVAS DE BAIRROS, Símbolo CC-10, da Secretaria de Esporte e Recreação; FLÁVIA VITAL PEREIRA, CHEFE DA DIVISÃO DE MANUTENÇÃO DE VEÍCULOS, Símbolo CC-4, da Secretaria de Administração; EDNALVA SOARES DE LIMA, ASSESSOR ADMINISTRATIVO DE CAMPOS E QUADRAS POLIESPORTIVAS DE BAIRROS, Símbolo CC-10, da Secretaria de Esporte e Recreação; CARLOS ROBERTO DOS SANTOS, ASSESSOR DE OUVIDORIA, Símbolo CC-7, da Procuradoria-Geral do Município; JOEL DE FREITAS MATOS FILHO, DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL, Símbolo CC-1, da Secretaria de Assuntos Governamentais e Comunicação Social; EDNALDO OLIVEIRA DE JESUS, ASSESSOR DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL, Símbolo CC-10, da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente; MOACYR VANDERLEY CROESY, CHEFE DA DIVISÃO DE ANÁLISE DE PROJETOS, Símbolo CC-5, da Secretaria de Desenvolvimento Urbano; INDIRA DE FIGUEIREDO SETENTA, ASSESSOR DE FISCALIZAÇÃO AMBIENTAL, Símbolo CC-10, da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente; FRANCISCO FARIAS DE SOUZA JÚNIOR, ASSESSOR DE ANÁLISE DE CONTAS, Símbolo CC-9, da Secretaria de Saúde; THALES CLAY CORREIA VIEIRA, ASSESSOR OPERACIONAL DOS SÍTIOS, Símbolo CC-8, da FUNDAÇÃO MARIMBETA – Sítios de Integração da Criança e do Adolescente; ANDERSON REIS DA SILVEIRA, CHEFE DA DIVISÃO DO SISTEMA DE INFORMAÇÕES DA REGULAÇÃO, Símbolo CC-5, da Secretaria de Saúde; DAVIDSON LEANDRO SOUSA SANTOS, CHEFE DA DIVISÃO DE APOIO ÀS ENTIDADES FILANTRÓPICAS E RELIGIOSAS, Símbolo CC-8, da Secretaria de Assistência Social; URANDI OLIVEIRA FRANCO, ASSESSOR DE PROJETOS, CAPTAÇÃO DE RECURSOS E PESQUISAS, Símbolo CC-4, da Secretaria de Saúde; MARA RUTE DOS SANTOS LIMA, DIRETOR FINANCEIRO, Símbolo CC-5, da FUNDAÇÃO ITABUNENSE DE CULTURA E CIDADANIA – FICC; MARA GLEIDE FRAGA DIAS SILVEIRA, ASSESSOR JURÍDICO, Símbolo CC-5, da FUNDAÇÃO ITABUNENSE DE CULTURA E CIDADANIA – FICC.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.