Tag: pastor

Presbiterianos de Itabuna celebram 160 anos em Sessão da Câmara

Domingos Matos, 13/09/2019 | 11:28

Mais de dez pastores evangélicos vieram à Câmara de Vereadores de Itabuna celebrar os 160 anos da Igreja Presbiteriana do Brasil. A Sessão Especial, presidida por Júnior Brandão, foi marcada por momentos de oração, leituras da Bíblia Sagrada e cânticos em ação de graça pela denominação protestante de origem reformada mais antiga do Brasil.

Os líderes ressaltaram a condução divina no surgimento da IPB, desde a chegada do seu fundador, o reverendo norte-americano Ashbel Green Simonton (1833-1867). O pastor Éder Lima, por exemplo, declarou que a obra permanece de pé porque veio de Deus e não de homens. “É sobretudo uma vitória do Evangelho”, ressaltou Lima.

Por sua vez o pastor João Paulo Ferreira destacou que a Igreja Presbiteriana do Brasil “tem crescido à base de lágrimas, oração e clamor”. Já o pastor Egenildo Oliveira disse que a Igreja tem papel vital na formação “de bons cidadãos” com a conversão ao cristianismo. “Quanto mais o Evangelho for propagado, mais transformações vamos ver”, sublinhou.

Meditando uma passagem do Antigo Testamento sobre o líder hebreu Josué, o pastor Marcelo Rocha pontuou as características da doutrina presbiteriana, entre as quais o reconhecimento da soberania de Deus, a salvação pela graça e a fidelidade à Bíblia. “Precisamos ser crentes da Palavra. Bíblia fechada não muda em nada os costumes. O Deus da Palavra está conosco”, concluiu.

 

Legislativo reforça combate exploração infantojuvenil em Itabuna

Domingos Matos, 12/09/2019 | 14:38

Uma alteração no Código de Posturas de Itabuna (Lei 1.331/85) vai ajudar no combate à exploração sexual e o trabalho infantojuvenil no município. A proposição do Pastor Francisco passou por unanimidade no Plenário do Legislativo ontem (11). A mudança inserida no Código aguarda a sanção do prefeito Fernando Gomes para entrar em vigor.

Pela proposta do vereador, estabelecimentos comerciais deverão exibir, em local visível, placa com o aviso: “DISK 100 – Denuncie crimes envolvendo exploração sexual e trabalho infantil”. A obrigatoriedade valerá para bares, postos de combustíveis, hotéis, motéis, casas noturnas e similares. O descumprimento da norma poderá gerar inclusive multa pecuniária.

De acordo com Pastor Francisco, o alerta sobre o DISK 100 visa mobilizar a sociedade itabunense em torno da proteção de crianças e adolescentes explorados sexualmente e da erradicação do trabalho infantil. “Acreditamos que cada um pode contribuir para que consigamos minorar essa situação em nosso município”, sublinhou o parlamentar itabunense.  
 

Polícia suspeita da participação de parentes na morte de pastor

Domingos Matos, 18/06/2019 | 09:18
Editado em 18/06/2019 | 15:29

A Polícia Civil trabalha com a hipótese da suspeita de participação de familiares na morte do pastor evangélico Anderson do Carmo de Souza, marido da deputada federal e cantora gospel Flordelis (PSD-RJ) . O pastor foi morto na madrugada de domingo (16), quando chegava em casa acompanhado da mulher, após receber mais de 30 tiros de pistola nas costas, no peito, na genitália e nas pernas. Nada de valor foi levado da casa, o que fez a polícia trabalhar com hipótese de execução. A maioria dos disparos foi feito à queima-roupa, mas a polícia técnica, não pode precisar o número exato de disparos.

De acordo com a Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo, um dos filhos do casal, Flávio dos Santos Rodrigues foi preso nesta segunda-feira (17) em cumprimento a mandado de prisão pelo crime de ameaça na forma da Lei Maria da Penha. Ele foi ouvido na sede da especializada, em Niterói, região metropolitana do Rio. A prisão ocorreu na hora do velório do pai adotivo. Ele é filho legítimo apenas de Flordeliz. O casal tem 55 filhos registrados, sendo 51 adotados.

À tarde, investigadores da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo prenderam Lucas, filho adotado pelo casal, que teve problemas com drogas quando era menor de idade. Ele foi preso em casa, após o enterro do pastor. Lucas foi levado para o Departamento de Ações Socioeducativas (Degase), porque na época de prisão com drogas ainda era adolescente.

A polícia investiga também porque os cães da casa não latiram quando o crime ocorreu. A primeira versão dada pela família é que o pastor Anderson foi até a garagem da casa, que tinha ficado com o portão aberto, quando foi surpreendido por dois homens no terreno da casa. Para a polícia, se os homens fossem estranhos, os cães atacariam. 

Inquérito

Os policiais militares, que foram chamados ao local para atender a uma tentativa de homicídio, depois de ouvirem o relato de pessoas da família e de vizinhos, acionaram agentes da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo . A Secretaria de Estado de Polícia Civil informou que agentes da unidade ouviram testemunhas. A deputada Flordelis, dois filhos e dois netos do casal prestaram depoimento. “Até o momento, as circunstâncias apontam para uma execução, realizada com uma arma de calibre 9 milímetros”, informou a secretaria.

Os policiais da especializada realizaram perícia na casa e no carro do pastor e analisam imagens captadas por câmeras instaladas próximo ao local do crime. As investigações estão em andamento.

O velório do pastor começou na noite desse domingo, com um culto no Ministério Flordelis, a Cidade do Fogo, no bairro Mutondo, em São Gonçalo, igreja fundada pelo casal, na presença de fiéis e de líderes religiosos. A deputada compareceu ao velório. (Com informações da Agência Brasil)

Cabra Macho: mutirão contra o câncer de próstata atende 900 homens em Itabuna

Domingos Matos, 11/06/2019 | 07:01
Editado em 10/06/2019 | 18:47

O Mutirão Cabra Macho, desenvolvido pela Igreja Batista Teosópolis (IBT), de Itabuna, atingiu a marca de 900 pessoas atendidas gratuitamente com exames de detecção do câncer de próstata. A sétima edição do projeto, no domingo (9), teve a participação de 11 médicos urologistas e 180 voluntários.

“Tivemos grandes avanços em relação a 2018, com grande participação na palestra, o que demonstra maior interesse pelo tema. Tivemos ainda uma visível ampliação do voluntariado, facilitando o atendimento, valorizando a cultura de paz entre pessoas de vários estratos sociais”, disse o pastor presidente da Igreja Batista Teosópolis, Geraldo Meireles.

Ele ressalta, ainda, a ampliação do número de urologistas. ”Tivemos a participação de profissionais de Ilhéus, Salvador e de Londrina, no Paraná, onde está radicado hoje um dos nossos idealizadores o médico João Correia”. E completa: “Vamos trabalhar para melhorar ainda mais em 2020, ampliando os serviços oferecidos. Este era um sonho do nosso saudoso Hélio Lourenço ”.

O urologista Júlio Brito Filho, coordenador médico do mutirão, fez um balanço positivo. “Ampliamos o número de pessoas, de médicos voluntários. Tenho grande satisfação em participar do Cabra Macho e acredito que, na ausência do serviço público, devemos realizar outros mutirões, como os de hérnia, vesícula e diabetes, e assim ajudar as pessoas mais carentes. Existe uma carga de preconceito em relação ao câncer de próstata que está sendo superada”, afirmou Júlio Brito Filho.

Danilo Azevedo Júnior, do Ministério da Ação Social da Igreja Teosópolis, comemorou o resultado. “Foi excelente a adesão de mais médicos, de 7 para 11 este ano, e uma ampliação em 27% do número de senhas distribuídas, de 700 para 900. Tem sido uma ação exitosa e tem ajudado a sociedade de Itabuna”, disse ele.

O médico Vilson Martins, de Salvador, fala da satisfação em participar do Cabra Macho. “Cada ano que passa aumenta mais [o número de pessoas atendidas e de volutnários]. Gosto muito de ajudar”, disse. Outro médico vindo de Salvador, Vinicius Castro afirmou que “é muito bom poder ajudar a população que não tem acesso ao serviços de saúde”.

Gilson Pinheiro, Coordenador do Mutirão, ressalta a atuação da Igreja Teosópolis na comunidade, conseguindo realizar um evento tão grandioso, sem nenhuma verba pública.

 

SAÚDE DO HOMEM

O motorista Antonio Dantas Bomfim, de 53 anos, afirmou que o mutirão é positivo não só para a sociedade de Itabuna, mas para a região. “Atende aquele que não tem condições financeiras de pagar”, frisou Antônio Dantas, que participa pela segunda vez do mutirão.

O aposentado Gilson Alfredo Reis, 66, também apontou para o benefício do Cabra Macho. “O mutirão é muito bom para a comunidade”, completou. Participando pela primeira vez do Cabra Macho, o serralheiro Jamildo Carvalho de Souza, 63, reforçou a dificuldade no acesso a este tipo de exame. “Se não fosse esse trabalho, o que seria da gente?”, questiona. (Com informações do Pimenta)

LDO, Emasa e substituições movimentam Comissões Técnicas da Câmara de Itabuna

Domingos Matos, 05/06/2019 | 07:30

Com alterações pontuais no texto original, as Comissões Técnicas Permanentes da Câmara de Itabuna aprovaram, na última segunda-feira (03), o parecer favorável, emitido pela vereadora Charliane Sousa à Lei de Diretrizes Orçamentárias. A matéria segue para deliberação plenária. A meta do Governo municipal é arrecadar, ao longo de 2020, R$ 628,7 milhões, 11,32% a mais que em 2019.

A votação em dois votos a dois foi desempatada pelo presidente Robinho e a Comissão de Legislação rejeitou o relatório do vereador Babá Cearense que considerava inconstitucional o reajuste de 6,59% na tarifa de água. O aumento vigora desde maio passado. A palavra final sobre o decreto da vereadora Charliane Sousa será dada pelo Plenário, com votação em dois turnos.

Na mesma reunião, os vereadores acompanharam o relator Júnior Brandão no voto favorável à resolução da Mesa Diretora direcionada ao preenchimento de cargos na Câmara. Na proposta, a Mesa quer revogar o parágrafo segundo do artigo 17 do Regimento Interno da Casa, que determina que o provimento ocorra “no exercício subsequente àquele em que se verificar a sua criação”.

Em virtude do descumprimento de prazos regimentais, o presidente Robinho substituiu o relator Chico Reis em duas matérias. Agora, caberá ao vereador Beto Dourado opinar sobre o veto total aposto ao projeto do vereador Ricardo Xavier que altera regras da transferência de alvarás entre taxistas; e ao vereador Babá Cearense, relatar as mudanças propostas por Beto Dourado para o serviço de mototáxi e motofrete.

Dois projetos saíram de pauta a pedido dos vereadores Júnior Brandão e Pastor Francisco. Júnior Brandão quer mais tempo para estudar proposta do vereador Ricardo Xavier, que propõe o uso de embalagens reutilizáveis e biodegradáveis em bares, lanchonetes e afins. Já o pedido de vista de Pastor Francisco adiou a votação do parecer de Júnior Brandão em torno do veto parcial ao Regime Jurídico Único.

Antes do término da reunião, os vereadores Beto Dourado e Júnior Brandão foram designados relatores da revisão salarial de 4,18% aos professores da rede municipal. O vereador Babá Cearense assumiu a relatoria do voto de censura ao secretário municipal de Transporte Trânsito Coronel Gilberto Santana. Por fim, após requerimento verbal do vereador Júnior Brandão, foi encaminhada à Mesa, para inclusão na Ordem do Dia, a concessão de utilidade pública à Escolinha de Futebol do Bairro Conceição.

 

Marcos Bandeira defende inclusão da criança no Orçamento público

Domingos Matos, 30/05/2019 | 14:12

“Para fomentar e fazer valer todos os direitos infanto-juvenis, lugar de criança é no Orçamento”. A declaração foi dada na tarde de terça-feira, dia 28, pelo juiz aposentado Marcos Bandeira durante o “Queremos Saber!”, projeto da Mesa Diretora do Legislativo itabunense. Esta quarta edição debateu abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, cujo dia de combate, no Brasil, é 18 de maio.

Em sua palestra, Dr. Marcos Bandeira frisou que o Brasil, após a Constituição de 1988, trocou a Doutrina da Situação Irregular – na qual predominou “a criminalização da infância” – pela Doutrina da Proteção Integral – que assegura ao público infanto-juvenil, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à educação, e outras políticas públicas e também proteção contra toda forma de violência.

A psicanalista Raquel Rocha ressaltou que “a criança nunca é culpada” pelo abuso. Ela declarou que para prevenir é necessário criar um ambiente de confiança por meio do cuidado e do diálogo. Citando alguns ‘sinais’ apresentados por crianças que são abusadas sexualmente, declarou que “é preciso interromper o abuso”, encorajando as vítimas a denunciarem esse crime. 

Pelo Conselho Tutelar, Washington Alves disse que, com a ampliação dos debates em torno do abuso e exploração, as denúncias têm aumentado em Itabuna. O conselheiro reconheceu, no entanto, deficiências no trabalho preventivo e defendeu parcerias para fortalecer o Conselho. “Meu pedido é que a gente crie uma forma de graduandos serem colaboradores”, acrescentou.

Os vereadores Jairo Araújo, Pastor Francisco e Enderson Guinho – que presidiu os trabalhos do “Queremos Saber!” – cobraram que as políticas públicas beneficiem, principalmente, os bairros periféricos. Também exortaram a população a participar da elaboração das peças orçamentárias propondo emendas. “A LDO 2020 está sendo debatida na Casa”, lembrou Guinho.

Participantes sugerem mudança de comportamento para a paz durante sessão especial na Câmara

Domingos Matos, 18/05/2019 | 08:06
Editado em 18/05/2019 | 08:03

“Armas e prisão não mudarão a sociedade. O que muda é o comportamento. Se a gente não alterar a cultura, vai continuar do mesmo jeito, com a violência crescendo.” A declaração é da professora de Direito Penal da Faculdade de Tecnologia e Ciências-FTC Itabuna, Lisdeili Nobre, feita durante Sessão Especial pela Cultura da Paz, na última quinta-feira (16). A Sessão foi proposta pelo vereador Beto Dourado

Lisdeili Nobre, delegada de polícia há quinze anos, enfatizou que a promoção da paz passa pela mudança de comportamento nas situações do cotidiano. Ela citou como exemplo evitar o desrespeito, xingamentos no trânsito e piadas agressivas. “Cultura é comportamento. É refletir nos outros o que a gente faz”, ressaltou.

Outros participantes, como o apresentador de TV, Tom Ribeiro, também endossaram o comprometimento individual pela paz. Representando a Igreja Católica, o vereador Enderson Guinho recordou a máxima do amor ao próximo. Para o pastor batista, Geraldo Meireles, a construção da paz requer o combate à injustiça social. O subtenente da Polícia Militar, Marcos Faustino, mostrou a luta para vencer a discriminação contra as pessoas com deficiência por meio da equoterapia.

Ao final da Sessão, os estudantes da FTC entregaram um manifesto ao Legislativo. No documento, eles propõem um Projeto de Lei no qual apontam ações institucionais para transformar Itabuna numa cidade da paz. “Cada pessoa pode promover a paz. Precisamos educar as pessoas para que elas não pratiquem a violência”, salientou o vereador Beto Dourado, ao encerrar o evento.

Igreja Batista Lindinópolis realiza o projeto “Sim família” nesta quarta-feira

Domingos Matos, 14/05/2019 | 15:29

A Igreja Batista Lindinópolis, através do Ministério de Família inicia nesta quarta-feira (15), o “Sim família”, projeto de inclusão social que dará aos cidadãos da comunidade, a oportunidade de acessar gratuitamente serviços de saúde, trabalho, serviço social e jurídicos, além de um ciclo de palestras com temas voltados à família. A ação ocorrerá na Praça J.J Seabra, no centro, em frente à Câmara Municipal de Ilhéus, das 9 às 17h, com a participação da Polícia Militar (PM), Corpo de Bombeiros e Guarda Civil Municipal (GCM).

Segundo os organizadores, fazem parte do cardápio da cidadania, serviços de saúde como, vacinação contra a gripe (Influenza), aferição da pressão arterial, teste de glicemia, testes de HIV e teste do Diabetes. A iniciativa vai oferecer ainda à população ilheense alguns serviços sociais de orientação sobre assuntos jurídicos e trabalhistas. Para garantir o atendimento, é necessário ter em mãos um documento com foto, comprovante de residência e cartão do SUS para todos os serviços.

Fortalecimento da família – De acordo com a programação, haverá exibições de vídeos, distribuição de folders, panfletos e cartilhas que ilustram os temas: a importância da família na prevenção do uso de drogas; proteção dos filhos contra a pornografia; pais e filhos; redes sociais e família; vencendo a depressão; influências externas e educação de filhos; violência na família – fatores de vulnerabilidade; expectativa de Deus para a família e, aprendendo a resolver os conflitos em família.

“A igreja do Senhor é o ponto de apoio moral e emocional para a família. Pretendemos ser instrumento promover cidadania ao próximo. Nosso material é bastante rico e contribuirá para os ajustes sociais das famílias, tendo como alicerce principal, as sagradas escrituras. Muitas famílias foram alcançadas pela graça do Senhor Jesus Cristo através da igreja. Por isso, fomos chamados para ajudar na restauração dessas famílias”, salienta o pastor evangélico, Rubens Vieira, coordenador do projeto.

 

Pastor Isidório condena decreto das armas e defende inclusão de egressos dos sistema penitenciário

decreto,Bolsonaro,Isidório

Domingos Matos, 10/05/2019 | 10:58
Editado em 10/05/2019 | 11:01

O deputado Pastor Sargento Isidório (Avante-BA) fez um ato na Câmara dos Deputados, em Brasília, em protesto contra o novo decreto do governo que libera armamento para algumas classes profissionais. Ele deitou no chão com a roupa manchada, simulando sangue, e uma arma na mão, que apontou para colegas e visitantes que passavam na Ala das Comissões, segundo a Coluna Esplanada. 

"Derramar sangue, é isso que o governo quer?", dizia um dos cartazes espalhados pelo chão. "Não é essa nação que queremos, nós não somos os EUA. Não somos americanos, somos cidadãos brasileiros, que queremos a paz", defende o deputado. "Agora vai estar todo mundo armado ali dentro, imagine o inferno que será essa nação, com todos os políticos armados, imagine a discussão da reforma da previdência, se por chamar o ministro de tchutchuca terminou daquele jeito... Imagine todo mundo armado".

Ele defendeu a inclusão social de ex-penitenciários. "Queremos um Brasil com educação. Com bandidos e marginais presos e aprendendo profissão, transformar os presídios em escolas agrícolas. Tirar os presídios dos centros urbanos e levá-los para onde tem terras agricultáveis... Os presidiários todos têm vontade de aprender uma profissão, estudar. Ao invés de matar, é bem melhor colocar para aprender uma profissão. Não existe pena de morte na nação", ressaltou.

Prefeito discute com pastores sobre a 10ª Marcha para Jesus de Itacaré

Domingos Matos, 06/05/2019 | 10:16

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, se reuniu no último sábado (04) com pastores e ministros evangélicos de diversas congregações para tratar da organização da 10ª Marcha para Jesus 2019, que acontecerá no dia 13 de julho. A proposta é de realizar um grande momento de louvor a adoração, contando com a participação de fiéis das mais diversas igrejas evangélicas de Itacaré e outros municípios, além de adeptos de outras religiões para bendizer e glorificar no nome de Jesus Cristo e propagar seus ensinamentos.

O objetivo, segundo informou o prefeito, é unir a todos e realizar um evento organizado, participativo e com muita fé, transformando a Marcha num momento verdadeiramente de louvor. A realização é da Prefeitura Municipal e da Ordem dos Ministros Evangélicos de Itacaré(Omedi), contando com o apoio dos pastores e ministros evangélicos de diversas igrejas de Itacaré. Antônio de Anízio também destacou a importância do evento para o turismo da cidade, já que Itacaré vai estar recebendo fiéis de vários municípios e até de outros estados que virão para participar desse momento de louvor.

E esse ano a 10ª Marcha para Jesus de Itacaré terá como atração musical a cantora Bruna Karla, considerada como um dos grandes nomes da música cristã da atualidade. Bruna Karla nasceu no Rio de Janeiro e é uma das maiores cantoras brasileira de música cristã contemporânea. Em 2010, foi indicada ao Grammy Latino na categoria "Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa" com o álbum Advogado Fiel, sendo novamente indicada na mesma categoria em 2013 com o álbum Aceito Teu Chamado, e 2015 com o álbum Como Águia E em 2017, foi indicada mais uma vez na mesma categoria com o álbum Incomparável.

No encontro com os pastores o prefeito Antônio de Anízio ressaltou a importância do evento onde todos estarão juntos, unidos e fortalecidos nesse momento de louvor, orações e de alegria para ressaltar o nome de Deus. De acordo com ele, a Marcha para Jesus é importante não somente pelas atrações que virão exaltar o nome de Jesus, mas também pela oportunidade de moradores de diversos bairros e comunidades da cidade e turistas estarem juntos pedindo paz, alegrias, bênçãos e orações para o município e para todo o Brasil.

Assaí de Ilhéus: com obras aceleradas, empresários preveem entrega para junho

Domingos Matos, 18/02/2019 | 07:04

O Assaí Atacadista, empresa do Grupo Pão de Açúcar (GPA), uma das maiores redes de atacado de autosserviço do Brasil, está investindo R$ 40 milhões em sua primeira unidade no Sul da Bahia para gerar 300 empregos diretos e 150 indiretos ao Ilhéus. Na manhã da última sexta-feira (15), o prefeito Mário Alexandre visitou o canteiro de obras na zona sul da cidade, acompanhado de comitiva formada por secretários, vereadores e representantes do comércio local. Os executivos do empreendimento confirmaram entrega para o fim do semestre.

O prefeito Mário Alexandre classificou a chegada do hipermercado “um sonho” que em breve vai se tornar realidade. “Bem localizado, o empreendimento está com as obras a todo o vapor e, depois de pronto, aumento do emprego para nossa cidade. O grupo constantemente procura centros importantes para expansão de sua rede, e, felizmente, viram em Ilhéus, a oportunidade de investir, abrindo as portas da cidade para atração de outros negócios”.

Representantes do comércio ilheense elogiaram os avanços das obras do novo atacadista. “Estamos satisfeitos com os resultados. O empreendimento está localizado numa das áreas que mais cresce na cidade, que é a zona sul”, destaca Clóvis Junior, presidente da CDL. Já o secretário de Indústria e Comércio, Paulo Sérgio comemora os avanços. Segundo ele, “a população irá contar com um dos mais importantes equipamentos de compras e autosserviços do país”.

Mais empregos – O presidente da Associação Comercial de Ilhéus, Libério Menezes lembrou a luta do prefeito Mário Alexandre para atrair o empreendimento. “Isso mostrou que, quando se há interesse em trabalhar em prol do desenvolvimento da cidade as coisas acontecem”. Rafael Pereira representou o Sindicato do Comércio. Para ele, “o município ansiava por estes empregos, afinal, são pais e mães de família que vão garantir o sustento de suas famílias, e é claro que o comércio lucra com isso”, manifestou.

Já o vereador Ivo Evangelista avaliou positivamente o acontecimento. O representante do Poder Legislativo ilheense, ressaltou que iniciativas como esta ajudam a desenvolver economicamente o município. “Aqui está o ponta pé inicial para o ano 2019. Os esforços do prefeito e sua equipe fizeram jus ao trabalho e os resultados estão acontecendo. Um empreendimento com mais de oi mil metros de loja, estacionamento, empregos para alavancar de vez a economia da nossa cidade”.

Crescimento – O Assaí é um dos principais atacados do país e tem registrado um crescimento significativo nos últimos anos. No primeiro semestre de 2018, a rede já cresceu 25%, mantendo o ritmo, e repetiu o desempenho no terceiro trimestre, com um avanço de 25,5%. O crescimento do Assaí pode ser explicado a partir de alguns fatores. Um deles é a assertividade do negócio e a adequação aos diversos públicos que frequentam as lojas, sejam eles consumidores finais em busca de economia, sejam empreendedores que buscam preço baixo para fazer girar o seu negócio de forma viável.

Também fizeram parte da comitiva, os vereadores Pastor Matos, Ery Bar, além de representantes das entidades do comércio de Ilhéus, secretários e agentes de governo municipal.   

 

Bancários recorrem ao Legislativo por agência no São Caetano

Domingos Matos, 13/02/2019 | 16:19

Bancários e clientes do Banco do Brasil do bairro São Caetano solicitaram intermediação do Legislativo de Itabuna para solucionar o impasse em torno da agência instalada no Centro Administrativo Firmino Alves, sede do Governo Municipal. Com o fim do contrato de locação, decretado pelo prefeito Fernando Gomes, a desocupação do imóvel pelo banco tem que ocorrer até sexta, 15.     

Nessa terça, 12, a comissão foi recebida em audiência pelo presidente da Casa, Ricardo Xavier (PPS). A comissão, que é favorável à permanência do banco no endereço, lamentou a recusa do Executivo itabunense. Diante disso, a estratégia agora é sensibilizar o prefeito para que conceda mais tempo, no mínimo um ano, até que o Banco construa ou alugue outro espaço no bairro.   

“Comungamos da ideia de que é importante manter a agência no São Caetano, bairro populoso e economicamente forte. Confiamos que o próprio prefeito irá colaborar na busca da solução que melhor favoreça nossa cidade”, frisou Xavier que deve conversar esta semana com o chefe do Executivo. Conforme o Sindicato dos Bancários, a agência no Centro Administrativo tem 12 mil clientes e gera receita anual de R$ 600 mil para o município (entre aluguel e impostos). 

A comissão que defende a continuidade do BB no São Caetano é formada por representações sindicais, lojistas e de moradores. Também estiveram na audiência os vereadores Manoel Júnior (PV), Guinho (PDT), Babá Cearense (PHS), Jairo Araújo (PCdoB), Pastor Francisco (PRB) e Robinho (PP).    

Estabelecimentos de Ilhéus deverão incluir símbolo de autismo em placas de prioridade

Domingos Matos, 10/01/2019 | 12:01

Os estabelecimentos públicos e privados de Ilhéus terão até o final do mês de janeiro para incluírem o símbolo mundial referente ao autismo nas placas de atendimento prioritário. A lei 3.997/2018 foi publicada no Diário Oficial do Município e sancionada pelo prefeito Mário Alexandre em outubro último. A lei, de autoria do Pastor Matos, prevê que “os estabelecimentos privados em geral ficam obrigados a dar atendimento prioritário às pessoas portadoras do Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), não podendo reter em filas tais cidadãos”, destaca o decreto.

Os estabelecimentos públicos e privados que descumprirem a determinação devem sofrer multas e sanções, de acordo com a nova lei. O autor do projeto explicou que os autistas já possuíam direito ao atendimento prioritário e alegou que a inserção do símbolo na placa é uma forma de conscientização. Os estabelecimentos deverão inserir a imagem da fita quebra-cabeça, a partir da data da publicação e os comércios que não cumprirem a lei sofrerão sanções e multas a serem regulamentadas pelo Poder Executivo.

O autismo, cientificamente conhecido como Transtorno do Espectro Autista, é uma síndrome caracterizada por problemas na comunicação, na socialização e no comportamento, geralmente, diagnosticada entre os dois e três anos de idade. A lei dispõe ainda as características das pessoas com autismo: “deficiência persistente e clinicamente significativa da comunicação e da interação social, manifestada por deficiência marcada de comunicação verbal e não verbal usada para interação social, ausência de reciprocidade social; falência em desenvolver e manter relações apropriadas ao seu nível de desenvolvimento”.

“Deu a vida pelo filho”, diz irmão de pastora assassinada ao tentar separar briga com vizinho

Domingos Matos, 03/01/2019 | 10:08
Editado em 03/01/2019 | 10:20

"Ela deu a vida dela pelo filho". É como o rodoviário Gilvan de Jesus resume a morte da irmã, Norma Lúcia Pereira Daltro de Souza, de 52 anos, que foi atacada a tiros enquanto tentava proteger o filho durante uma briga com vizinhos, na cidade de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador.

O caso ocorreu na noite da terça-feira (1º), no bairro Pampalona, na Rua São Joaquim, onde a família mora. Além de Norma, outras duas pessoas foram baleadas e uma esfaqueada. Os feridos eram amigos da mulher. As três estão internadas no Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana. Norma era pastora e atuava na igreja que fundou há 8 anos.

"Uma tragédia que ainda não caiu a ficha. Ela deu a vida dela pelo filho. Onde muitos foram baleados e minha irmã perdeu a vida. Deu a vida delas pelos filhos. É uma grande perda para a sociedade toda, como no bairro. Perdeu uma mãe, uma pastora, uma pessoa que aconselhava a todos que procuravam ela. Então, foi uma tragédia horrível", disse Gilvan de Jesus.

Testemunhas contaram que houve uma confusão generalizada e, durante a briga, um homem identificado como Erisvaldo da Silva Almeida, que era vizinho da família, atirou duas vezes na pastora. Em seguida, Adailson Macedo Almeida, que estava na casa do suspeito, teria efetuado mais um disparo.

Após o crime, três motocicletas que estavam estacionadas em frente à casa de Erisvaldo foram incendiadas por vizinhos da vítima. O grupo também chegou quebrar garrafas de vidro que estavam no local.

Adailton foi preso logo após a ação. Já Erisvaldo, conhecido como Dinho, é preocurado. Segundo a polícia, em um primeiro momento, Adailton confessou o crime, mas, em seguida, negou envolvimento na ação. O caso está sob investigação da Delegacia de Homicídios de Feira de Santana.

Conforme a polícia, a briga teria sido motivada por uma desavença antiga entre um dos 11 filhos de de Norma e o vizinho. Rebeca Pereira, de 20 anos, que é uma das filhas da pastora, contou como a rixa começou.

"Uma vez, as crianças estavam brincando na frente da casa do irmão dele. Aí, eu não sei como foi, acho que outras crianças fizeram xixi na porta da casa dele. Aí, o irmão dele pensou que era meu sobrinho, filho desse meu irmão. E ele disse que ia agredir meu vizinho. Aí começou a confusão. Esse rapaz que falou isso pediu desculpa. Ninguém tem nada contra ele. Mas o irmão dele [Erisvaldo], já invadiu a casa onde minha mãe mora", contou Rebeca Pereira.

Após passar por necropsia, o corpo de Norma Lúcia foi levado para a igreja fundada pela vítima, "Arca da Promessa", para ser velado. (Com informações do G1).

 

Vítima é velada na igreja que fundou — Foto: Reprodução/TV Subaé

 

Conjunto Penal de Itabuna e Igreja Universal promovem cursos de capacitação para internos

Domingos Matos, 11/10/2018 | 22:43

Dois cursos, na modalidade capacitação profissional, estão sendo realizados no Conjunto Penal de Itabuna (CPI), e vão beneficiar dezenas de internos masculinos e femininos. O primeiro, de Artesanato em Biscuit, já teve a primeira aula realizada, na quarta-feira (10), com uma turma de seis internas.

O segundo, de Garçom, já está em fase de formação de turma, o que é feito a partir de avaliação biopsicossocial, pela equipe multidisciplinar do Centro de Ressocialização e do próprio Corpo Técnico do CPI. A avaliação leva em conta, também, as aptidões de cada indivíduo, o que é feito pela terapeuta ocupacional do presídio.

Já a Universal, que possui um ministério dedicado aos presídios e é uma das diversas denominações que atuam na assistência religiosa no CPI, entra com os profissionais e o ferramental necessário. O pastor Wilson Ernando Tavares, responsável por essa área na igreja, diz que o trabalho da Universal em presídios está sendo ampliado para ações de ressocialização, para além da evangelização.

“Esses cursos, por exemplo, são dissociados da questão religiosa, mas não deixam de ser um ato de caridade cristã. Porém, apenas passamos a parte da capacitação, e o Conjunto Penal cuida da parte terapêutica”, observa.

O curso de Biscuit é ministrado pelo professor Wendell Lima, que trabalha há 4 anos com artesanato, com foco nessa técnica, e supervisionado pela equipe técnica do Centro de Ressocialização do CPI, por meio da empresa Socializa – Soluções em Gestão, que operacionaliza a unidade.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.