CMVI

Tag: pm

Operação integrada combate quadrilha em quatro estados

Domingos Matos, 22/05/2019 | 17:29

Uma ação integrada da Polícia Militar da Bahia, com a Polícia Federal e forças de segurança dos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Paraná, na manhã de terça-feira (21), resultou na desarticulação de uma organização criminosa envolvida com tráfico de drogas, de armas, homicídios, roubos, entre outras práticas ilícitas. Em território baiano foram apreendidos pouco mais de 20 kg de drogas e três armas de fogo. Dois criminosos acabaram presos.

Na cidade de Alcobaça, Extremo Sul da Bahia, guarnições da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Mata Atlântica, da 88ª CIPM (Alcobaça) e da PF cumpriram mandado de prisão contra Lídio do Rosário Fonseca, 38 anos. Em sua residência, no bairro Farol, foram encontrados sete quilos de maconha, meio quilo de cocaína e um revólver calibre 32.

Ainda na mesma região, só que na Rua do Atum, os policiais vasculharam uma casa com mandado de busca e apreensão e localizaram mais 1 kg de cocaína com Bruno Paixão Tavares, 22, que terminou preso em flagrante. Em um último endereço descoberto durante a investigação da PF, na zona rural, as forças de segurança acharam mais 10 kg de maconha, três quilos de cocaína e duas espingardas.

Em Foz do Iguaçu, no estado do Paraná, a PF interceptou José Antônio da Paixão Júnior, o 'Juninho Bajon', quando tentava fugir para o Paraguai. Ele é apontado como líder da organização criminosa com atuação interestadual.

“Grande trabalho integrado. Estamos à disposição da nossa coirmã PF para qualquer tipo de missão. Diariamente desempenhamos ações integradas ampliando a nossa parceria e respeito”, comentou o subcomandante-geral da PM, coronel Paulo Uzêda.

 

Curso da Polícia Militar prepara alunos para serviço de oficiais

Domingos Matos, 22/05/2019 | 12:19

Uma das formas de ingresso na carreira de oficial da Polícia Militar (PM), o Curso de Formação de Oficiais (CFO) prepara profissionais com conhecimentos fundamentais para a garantia da segurança pública. Equivalente a um bacharelado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública, o curso dura três anos e tem como objetivo formar o policial para que seja capaz de desenvolver a filosofia institucional da corporação.

“A Academia passa para o futuro policial uma visão integral e necessária na atuação nos mais diversos campos da sociedade. São profissionais que precisam estar muito bem preparados, porque têm uma missão muito complexa. Ao longo desses três anos, o aluno passa por matérias de conhecimentos jurídicos, humanísticos, administrativos e de função técnico policial, além de atividades de condicionamento físico para o desempenho eficaz em campo” explica o tenente Zenivaldo Meira, chefe de Comunicação Social da Academia de Polícia Militar.

Após a formação, o profissional é encaminhado para unidades da Polícia Militar em diversas cidades da Bahia, podendo atuar em áreas dentro dos batalhões, como informática, logística, sessão jurídica, tesouraria e policiamento. O oficial tem como atribuições o comando de pessoas e a análise e administração de processos, em busca de soluções para os variados problemas. 

Desde a infância, Makcinele Oliveira sonhava com a carreira na Polícia Militar. Hoje, ela é aluna do CFO. “Na minha família, não existem policiais. Essa vontade veio de dentro de mim. Sinto que essa é a minha vocação. Estar aqui é um sonho para mim e uma forma de superar os desafios", afirma. 

Makcinele acrescenta ainda que "esta é uma profissão majoritariamente masculina, mas nós, mulheres estudantes a oficiais, provamos para nós mesmas, para os colegas de profissão e para a sociedade que somos capazes. Todos os dias é uma realização maravilhosa ver o que sou capaz”. 

 

Inaugurado o Posto do Instituto Pedro Mello no Conjunto Penal de Itabuna

Domingos Matos, 20/05/2019 | 22:13

Autoridades, servidores estaduais e funcionários estiveram presentes hoje (dia 20), no Conjunto Penal de Itabuna, para a inauguração do Posto do Instituto de Identificação Pedro Melo naquela unidade. O equipamento vai facilitar o acesso de pessoas privadas de liberdade aos documentos de identificação, bem como à inscrição no Cadastro de Pessoa Física (CPF). O evento foi conduzido pelo chefe de Gabinete e secretário em exercício Carlos Eduardo Sodré, da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap).

O posto será operacionalizado pela empresa Socializa, cogestora do Conjunto Penal de Itabuna. Dois funcionários da empresa foram treinados pelos peritos do Instituto Pedro Mello para fazer a coleta das informações e repassá-las ao órgão, que irá fazer a conferência e emissão do documento de identidade.

O ato de inauguração marcou o início de um novo momento para o trabalho da equipe multidisciplinar de ressocialização do CPI, uma vez que as demandas por documentos – espontâneas ou provocadas – poderão ser atendidas em tempo muito mais reduzido. “Essa é uma ferramenta que muito nos ajudará no processo de ressocialização na unidade”, afirmou o diretor do CPI, major PM Adriano Valério Jácome da Silva.

Por sua vez, o superintendente de Ressocialização Sustentável da Seap, Luís Antônio Fonseca, destacou a importância do posto no interior da unidade prisional como uma forma de melhorar o acesso das pessoas privadas de liberdade ao trabalho, à educação e às diversas oportunidades  de reinserção social. “Além de Itabuna, já inauguramos um posto semelhante em Lauro de Freitas e vamos estender a todas nossas unidades”.

Ele enfatizou as conquistas no campo da ressocialização destacando as parcerias com a prefeitura de Vitória da Conquista, de Lauro de Freitas, com o Judiciário e com o próprio Governo do Estado, por meio de diversas secretarias, que empregam pessoas privadas de liberdade. “Esse é um grande avanço, porque estamos superando aquela visão de que essas pessoas só podem trabalhar em serviços braçais. Estão no serviço braçal, e também nos órgãos públicos, de acordo com suas aptidões”, destacou o superintendente.

Representando o secretário Nestor Duarte, o chefe de Gabinete Carlos Sodré fez questão de destacar o trabalho da secretaria e do próprio Governo, que tem reduzido o déficit de vagas no sistema prisional. “Como membro do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP), tenho observado que a Bahia é um dos estados com menor déficit de vagas. Seremos um dos primeiros estados a zerar essa deficiência de vagas, o que significa que teremos um sistema mais voltado à ressocialização, por ter melhores condições de convivência”.

Para o secretário em exercício, essas ações, somadas ao combate e, especialmente, à prevenção da prática delituosa, por meio do fortalecimento da educação, fará com que, no futuro, a finalidade da Seap esteja menos voltada à gestão dos presídios e passe a ser mais afeita ao trabalho de ressocialização. “A inauguração do Posto do Instituto Pedro Mello, nesse contexto, é de suma importância, por garantir o exercício da cidadania a pessoas privadas de liberdade com celeridade na emissão de seus documentos”.

Também participaram do evento o diretor-adjunto do CPI, Bernardo Cerqueira Dutra, o presidente da subseção local da OAB, Edmilton Carneiro; o coordenador local do Instituto Pedro Mello, Alberto Durão; o capitão PM Leonardo Jadiel (Esquadrão de Polícia Montada de Itabuna); e o diretor de Vagas da Seap, Julival de Jesus, que representou o superintendente de Gestão Prisional, major PM Júlio César Ferreira dos Santos. 

Instituto Pedro Mello terá Posto de Identificação no Conjunto Penal de Itabuna

Domingos Matos, 17/05/2019 | 14:15
Editado em 17/05/2019 | 16:14

Será implantada na próxima segunda-feira (20), a partir das 9 horas, um Posto de Identificação, do Instituto de Identificação Pedro Mello, no Conjunto Penal de Itabuna. O novo equipamento irá garantir maior celeridade nos processos de ressocialização dos reeducandos que cumprem penas na unidade prisional.

O Instituto de Identificação Pedro Mello (IIPM) é o órgão ligado à Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) responsável pela emissão das carteiras de identidade assentadas no Registro Geral (RG). Antes da implantação do posto, os documentos eram emitidos a partir de mutirões realizados pelos peritos papiloscopistas, que visitavam regularmente a unidade.

A partir de agora, as informações necessárias à identificação de cada reeducando serão colhidas por um colaborador da empresa Socializa, que operacionaliza o Conjunto Penal, em regime de cogestão com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap).

Participarão da inauguração representantes do Instituto de Identificação Pedro Mello, da SEAP, da Vara de Execuções Penais e Medidas Socieducativas, do Ministério Público, Defensoria Pública e Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção Itabuna.

 

PMs da Cipe Cacaueira doam 50 bolsas de sangue em Itabuna e Ilhéus 

Domingos Matos, 16/05/2019 | 18:38

Policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Cacaueira) se uniram em uma ação solidária e doaram sangue nos municípios de Ilhéus e Itabuna, na manhã de quarta-feira (15). A iniciativa, que resultou na arrecadação de cerca de 50 bolsas de sangue, faz parte da programação do 13° Aniversário de implantação da especializada

Além da ação solidária, a programação comemorativa, que segue até o dia 23 de maio, incluicompetições esportivas, atividades lúdicas e exercícios operacionais policiais.

“A ação pretende aproximar e integrar a sociedade, além de salvar vidas”, destaca o major da Cipe/Cacaueira, Ricardo Silva.

 

Operação localiza bando que assaltou banco em Barreiras; acusados morrem em confronto

Domingos Matos, 15/05/2019 | 16:26

Três homens pertencentes à quadrilha responsável pelo ataque a agência do Banco do Brasil de Barreiras, crime ocorrido no dia dois de maio, foram localizados na tarde desta segunda-feira (13), em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador. As investigações sobre o grupo tiveram início logo após o crime e culminaram na localização do trio em uma pousada em Ipitanga. Guarnições das Rondas Especiais RMS foram enviadas ao local e, recebidas a tiros, revidaram, atingindo os suspeitos.

De acordo com o delegado Rivaldo Luz, titular da 11ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Barreiras), o trabalho integrado com a polícia de Goiás permitiu a localização e identificação do trio. "Desde a ocorrência que as polícias Civil e Militar de Barreiras e de Goiás estão monitorando o grupo, aguardando o momento correto de agir para efetuar a prisão, mas eles resolveram confrontar a polícia", explicou o delegado.

Eles foram socorridos para o Hospital Menandro de Farias mas não resistiram aos ferimentos. Dario Lucena de Lacerda, Júlio Rodrigues Valente e Douglas Bispo Carvalho foram identificados com a colaboração do Setor de Inteligência da Polícia Civil de Goiás, pois portavam documento falso com indicativo de emissão daquele estado. Com eles foram apreendidos uma pistola 380 e dois revólveres calibre 38.

Além de policiais da 11ª Coorpin, da 84ª e 85ª Companhias Independentes da PM, e das PM e PC de Goiás, também participaram da operação integrada equipes da Rondesp/Oeste e da Companhia Independente de Policiamento Especializado Cerrado.

As investigações continuam com o objetivo de localizar os demais integrantes do grupo.

Igreja Batista Lindinópolis realiza o projeto “Sim família” nesta quarta-feira

Domingos Matos, 14/05/2019 | 15:29

A Igreja Batista Lindinópolis, através do Ministério de Família inicia nesta quarta-feira (15), o “Sim família”, projeto de inclusão social que dará aos cidadãos da comunidade, a oportunidade de acessar gratuitamente serviços de saúde, trabalho, serviço social e jurídicos, além de um ciclo de palestras com temas voltados à família. A ação ocorrerá na Praça J.J Seabra, no centro, em frente à Câmara Municipal de Ilhéus, das 9 às 17h, com a participação da Polícia Militar (PM), Corpo de Bombeiros e Guarda Civil Municipal (GCM).

Segundo os organizadores, fazem parte do cardápio da cidadania, serviços de saúde como, vacinação contra a gripe (Influenza), aferição da pressão arterial, teste de glicemia, testes de HIV e teste do Diabetes. A iniciativa vai oferecer ainda à população ilheense alguns serviços sociais de orientação sobre assuntos jurídicos e trabalhistas. Para garantir o atendimento, é necessário ter em mãos um documento com foto, comprovante de residência e cartão do SUS para todos os serviços.

Fortalecimento da família – De acordo com a programação, haverá exibições de vídeos, distribuição de folders, panfletos e cartilhas que ilustram os temas: a importância da família na prevenção do uso de drogas; proteção dos filhos contra a pornografia; pais e filhos; redes sociais e família; vencendo a depressão; influências externas e educação de filhos; violência na família – fatores de vulnerabilidade; expectativa de Deus para a família e, aprendendo a resolver os conflitos em família.

“A igreja do Senhor é o ponto de apoio moral e emocional para a família. Pretendemos ser instrumento promover cidadania ao próximo. Nosso material é bastante rico e contribuirá para os ajustes sociais das famílias, tendo como alicerce principal, as sagradas escrituras. Muitas famílias foram alcançadas pela graça do Senhor Jesus Cristo através da igreja. Por isso, fomos chamados para ajudar na restauração dessas famílias”, salienta o pastor evangélico, Rubens Vieira, coordenador do projeto.

 

PM dá início à Campanha do Agasalho 2019 e arrecada itens até 17 de junho

Domingos Matos, 14/05/2019 | 13:21

Com a proximidade da estação mais fria do ano e com o aumento da incidência e da intensidade das chuvas, a necessidade de quem vive nas ruas aumenta e a solidariedade do baiano aflora. Para facilitar que as doações cheguem a quem precisa, a Polícia Militar da Bahia (PMBA) iniciou, na última quarta-feira (8), a Campanha do Agasalho 2019. As doações de roupas, calçados, agasalhos, cobertores e gêneros alimentícios não perecíveis podem ser realizadas até o dia 17 de junho. O objetivo da corporação é ampliar a responsabilidade social e o respeito aos direitos humanos, estabelecidos no Plano Estratégico 2017- 2025 da PMBA.

O cidadão ou instituição interessada em participar da campanha poderá doar diretamente em qualquer unidade administrativa ou operacional da PM e nas Bases Comunitárias de Segurança (BCS), em todo o estado. Os agasalhos e outros materiais arrecadados serão entregues no dia 19 de junho a pessoas em situação de rua e a entidades de apoio e acolhimento atuantes no tema.

Vigilante e motorista, Edson Gomes mora no cabula e levou caixas e sacolas de doações. “Eu  vi, na reportagem pela manhã, as enchentes em Piatã e em Lauro de Freitas. As pessoas não estão tendo nem onde dormir. Nós temos que ser solidários. Por isso estou doando roupas e sapatos. Geralmente, faço essas doações para o interior, mas aproveitei agora essa campanha e vou ver se consigo mais. Seria bom se todas as entidades tivessem essa iniciativa. Um pouco de cada um torna-se muito”, ressaltou.

A porta-voz da PM, capitã Eva Cachoeira, destacou que o prazo para as doações vai até o dia 17 de junho. “No dia 19 de junho, nós vamos fazer as entregas e, posteriormente, vamos doar o que não for entregue nessa ação para entidades que atuam nesse segmento. Para fazer a entrega basta levar a doação a qualquer unidade da polícia, operacional ou administrativa, além das bases comunitárias, em todo o estado”, reforçou.

Ainda de acordo com a capitã, para saber o lugar mais próximo para realizar a doação, os interessados podem ligar para os telefones (71) 3115-9369 ou 3115-9305. “A Polícia Militar também pode buscar a doação, caso seja uma quantidade maior de itens”, acrescentou a porta-voz. 

 

Bahia: funcionário de banco tem explosivos presos ao corpo durante tentativa de assalto

Domingos Matos, 07/05/2019 | 15:49
Editado em 07/05/2019 | 15:54

Um funcionário de uma agência do Banco do Brasil de Muritiba, no recôncavo da Bahia, teve explosivos presos ao corpo e familiares feitos reféns durante uma ação de criminosos visando roubar a unidade, na manhã desta terça-feira (7).

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), no entanto, a polícia conseguiu fazer um cerco e os suspeitos fugiram sem levar nenhuma quantia.

As pessoas feitas reféns, que não tiveram identidades divulgadas, foram liberadas depois. Não há informações de feridos.

Os criminosos teriam abordado as vítimas na casa onde elas moram. Em seguida, colocaram os explosivos no corpo do funcionário, para que ele fosse até a agência sacar dinheiro para os bandidos. O plano, no entanto, foi frustrado pela polícia.

Agentes da 27ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) e CIPE Litoral Norte foram enviados ao local e os suspeitos decidiram fugir. Eles levaram alguns reféns e os libertaram depois, na saída da cidade.

Equipes do Esquadrão Antibombas do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) também foram deslocadas para a cidade, para fazer a retirada dos explosivos do corpo do funcionário, que também não teve nome e idade divulgados.

A SSP informou que equipes do Departamento de Repressão a Combate ao Crime Organizado (Draco) já iniciaram as investigações para identificação dos suspeitos de envolvimento no crime. (Com informações do G1)

Toma posse o novo secretário de Meio Ambiente de Itacaré

Domingos Matos, 07/05/2019 | 14:32

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, deu posse na manhã desta terça-feira (07) ao novo secretário municipal de Meio Ambiente, o jornalista, mestre em Meio Ambiente e escritor Marcos Luedy, que ocupa o cargo com a missão de dinamizar ainda mais as ações do setor e elaborar projetos que possam construir um município cada vez mais sustentável. O ex-secretário, Paulo Baracho, que há cerca de dois anos ocupava a função, passará a exercer o cargo de Chefe de Gabinete, mas estará contribuindo com a sua experiência juntos com os projetos e ações da Secretaria de Meio Ambiente.

Durante o ato de posse o prefeito Antônio de Anízio falou da necessidade da renovação na administração municipal para que novos projetos sejam implementados e desenvolvidos e que novas idéias possam surgir sempre para colaborar com o crescimento e o desenvolvimento da cidade. Agradeceu ao empenho e dedicação do ex-secretário Paulo Baracho e falou dos desafios que o novo secretário terá pela frente, de não somente elaborar mais projetos nesse setor, como também trabalhar de forma integrada com as demais secretarias, como também ao lado de associações, órgãos e entidades ambientais que já atual na cidade.

Paulo Baracho destacou algumas das ações que desenvolveu junto com sua equipe e se colocou à disposição para continuar contribuindo com as ações ambientais. Já o novo secretário Marcos Luedy assumiu o cargo anunciando novos projetos, ações e mudanças que serão implementadas a curto, médio e longos prazos. Também destacou a necessidade de trabalhar de forma integrada com as demais pastas da administração municipal e dar continuidade a ações e projetos que já estão sendo desenvolvidos. E logo após a posse já se reuniu com a equipe de trabalho para traçar as ações e metas e ampliar o horário de atendimento ao público. Também já agendou encontros e reuniões com secretários e entidades ambientais.

José Marcos Luedy de Oliveira é bacharel em Comunicação e mestre em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), cursou de Letras Vernáculas pela UESC, possui Técnico em Agropecuária pela Escola Média de Agricultura da Região Cacaueira (EMARC) e Curso de Educação Ambiental pela Universidade de Brasília. Antes da nomeação ocupava o cargo de Diretor de Projetos da Prefeitura de Itacaré.

A solenidade de posse contou com a presença do vice-prefeito Genilson Souza, secretários municipais e diretores de diversas secretarias, do comandante da 72ª CIPM, Major Hossanah Rocha, representantes do gabinete do deputado estadual Rosemberg Pinto, diretores de órgãos, entidades e associações como a Amurc, Bahiater, Recicla Itacaré, Associação de Surf de Itacaré, Sindicato de Hospedagem e Alimentação e também de conselhos municipais.

 

Audiência por videoconferência reúne quatro polos pela primeira vez

Domingos Matos, 02/05/2019 | 08:53
Editado em 02/05/2019 | 09:03

Foi realizada, na terça-feira (30), simultaneamente em Itabuna (Fórum e Conjunto Penal), Serrinha e Salvador, uma audiência de instrução de um processo envolvendo 19 réus, sendo 12 deles custodiados em Itabuna e os demais em Serrinha. Essa foi a primeira vez que uma audiência tão complexa foi realizada por videoconferência.

Conduzida pelo juiz Vicente Reis Santana Filho, a partir do Fórum de Salvador, a audiência permitiu ouvir os réus diretamente dos presídios de Itabuna e Serrinha, enquanto os advogados acompanharam a partir do Fórum de Itabuna.

“Esse tipo de audiência nos garante evitar inúmeros riscos que uma logística de traslado de 19 pessoas poderiam acarretar. Todos foram ouvidos em segurança, tanto em Itabuna quanto em Serrinha”, observa o diretor do Conjunto Penal de Itabuna, capitão PM Adriano Valério Jácome da Silva.

O Conjunto Penal de Itabuna é operacionalizado pela empresa Socializa, em regime de cogestão com o governo do estado, por meio da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap).

 

Dez mil policiais e bombeiros atuarão na Micareta de Feira; festa terá câmeras de reconhecimento facial

Domingos Matos, 18/04/2019 | 11:37

O Governo Estado montou um esquema especial para a Micareta de Feira de Santana, que este ano vai acontecer de 25 a 28 de abril. Cerca de dez mil policiais e bombeiros foram destacados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) para atuar no evento, que contará ainda com o Sistema de Reconhecimento Facial. O equipamento será empregado nos principais pontos de acesso ao circuito.

Testado no Carnaval de Salvador 2019, resultando na identificação de um homicida fantasiado de mulher, a tecnologia vai ajudar a fiscalizar se existem foragidos da Justiça na festa. Criminosos com mandado de prisão em aberto serão monitorados e capturados.

Outra novidade este ano é a mudança na disposição do policiamento ostensivo na festa. Desta vez, os postos elevados de observação vão abrir espaço para o folião pipoca. Os policiais militares vão acompanhar o movimento sobre uma passarela montada ao longo do circuito Maneca Ferreira. A iniciativa visa a oferecer mais espaço aos foliões e agilizar a atuação policial. 

Três Centros Integrados de Comando e Controle (CICC) Móveis (caminhões) também serão empregados na Micareta. Ao longo do circuito, câmeras fixas auxiliarão o patrulhamento ostensivo e ações de inteligência.

Capacitação de condutores de trio

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA) também vai atuar na Micareta de Feira. A festa terá a participação de equipes das áreas de educação e fiscalização do órgão. Antes da festa, o Detran capacita os condutores de trios e faz a vistoria dos veículos que desfilam no circuito, com teste do etilômetro para os motoristas, blitzes da Lei Seca e ações de conscientização entre os foliões. Para retirar de circulação condutores e veículos irregulares, o Detran terá o apoio da 3ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), localizada em Feira de Santana, e da Polícia Militar.

Respeita as Mina

A Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia (SPM-BA) estará na Micareta de Feira de Santana com a campanha Respeita as Mina de enfrentamento à violência contra as mulheres. A SPM levará a Unidade Móvel, que ficará montada próximo ao circuito principal da festa, com uma equipe multidisciplinar para orientações e acolhimento às mulheres. No local também serão distribuídos materiais da campanha como folder, adesivos e ventarolas com informações sobre o combate ao assédio e a importunação sexual em festas populares como a micareta, as várias formas de violência de gênero, como denunciar e onde buscar atendimento.

Internos do CPI são autorizados a cursar Ensino Superior após aprovação em vestibular

Domingos Matos, 18/04/2019 | 00:13

Uma cerimônia, realizada na manhã de quarta-feira (17), autorizou quatro internos que cumprem penas no Conjunto Penal de Itabuna a frequentarem as aulas em uma faculdade do município. Além de terem feito as provas do Enem 2018, eles ainda foram aprovados recentemente em um processo seletivo da instituição de ensino.

Dos cinco que foram aprovados, quatro deles reúnem as condições jurídicas para sair da unidade diariamente, e foram autorizados pelo juiz Antonio Maldonado a seguir os estudos, pois já estão no regime semiaberto. Com a autorização, estão aptos a deixar diariamente a unidade prisional e frequentar as aulas na faculdade que os acolheu.

O juiz enfatizou que esse é um novo momento, uma nova oportunidade que se abre à frente de cada um deles, alertando para a necessidade de uma boa conduta a partir de agora, quando terão um contato maior com o público externo, com a sociedade.

Para o diretor, capitão PM Adriano Jácome, esse é um momento muito importante para a unidade. “Com os quatro dessa quarta-feira, são nove estudantes que saíram do Conjunto Penal para o Ensino Superior. Temos consciência de que não é simples, mas também sabemos que trabalhando em equipe o resultado aparece. Agradecemos o apoio do Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, Colégio Estadual e de nossa equipe de trabalho”.

A coordenadora de Educação da empresa Socializa, que operacionaliza o Conjunto Penal de Itabuna, Maria do Carmo, lembrou que o principal objetivo de todo trabalho realizado na unidade é a ressocialização. “A Educação é um poderoso instrumento de transformação. Agradeço à direção da unidade e à Socializa, por nos ter dado condições para sonhar e realizar momentos como esse, que estão cada vez mais frequentes”.

A cerimônia reuniu, além do juiz Maldonado e do diretor do CPI, Adriano Valério Jácome da Silva e do diretor adjunto Bernard Dutra, representante do Núcleo Territorial de Educação (NTE), Andrea Bezerra; da instituição de ensino superior parceira no projeto, Shirlei Araújo; e do novo diretor do Conjunto Penal de Eunápolis, major Kleber Santos, além da diretora do Colégio Estadual, Adriana Lima e de integrantes do Corpo Técnico e Administrativo do CPI.

 

Polícias Militar  e Federal encontram meio milhão de cocaína escondido em lixão

Domingos Matos, 09/04/2019 | 12:38

Cerca de meio milhão de reais em cocaína foi encontrado escondido, dentro de um lixão, por equipes das Rondas Especiais (Rondesp) Atlântico da Polícia Militar e da Polícia Federal. O flagrante aconteceu, na região do Ogunjá, no final da tarde de segunda-feira (8).

Uma denúncia de tráfico de drogas chegou ao conhecimento da PF, que imediatamente acionou guarnições da Rondesp Atlântico. A informação anônima indicou que um homem chegou com uma sacola grande e escondeu em um lixão, próximo do Crea, no Vale do Ogunjá. 

Após vasculharem o espaço, os PMs acharam o saco com tabletes de cocaína pesando aproximadamente 21 kg. Buscas foram realizadas à procura do traficante, mas sem sucesso. A droga foi apresentada na Superintendência Regional da PF.

"Mais um caso de parceria entre as forças estadual e federal. Na Bahia a integração falada nos discuros, acontece também na prática", enfatizou o comandante do Policiamento na Região Integrada de Segurança Pública (Risp) Atlântico, coronel Francisco Kerjean.

 

Meia tonelada de maconha é apreendida após apuração de acidente

Domingos Matos, 08/04/2019 | 11:21
Editado em 08/04/2019 | 09:03

Guarnições da 85a Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Luís Eduardo Magalhães) encontraram meia tonelada de maconha, na manhã de domingo (7), no município de São Desidério. O flagrante aconteceu durante apuração de um acidente automobilístico.

Chegando na BA-463, entre a cidade de São Desidério e o distrito de Roda Velha, os PMs acharam o veículo modelo Montana, placa EBN-1637, de São Paulo, capotado. Durante varreduras em busca de encontrar possíveis vítimas, os militares encontraram tabletes de maconha cobertos por uma lona preta, no meio de uma plantação.

"Provavelmente quem estava no veículo transportava os 500 kg dos entorpecentes e tentou esconder. Agora a Polícia Civil aprofundará o caso e chegará ao destino final do material e aos traficantes", ressaltou o comandante de Operações da PM, coronel Paulo Uzêda.

 

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.